Caminhada neste domingo alerta para importância da prevenção ao câncer
20/10/2018 | 13h12
A importância da prevenção ao câncer é o tema da caminhada que acontece neste domingo, dia 21, a partir das 9h, com saída da na Praça da República (atrás da Rodoviária do centro) e parada no Jardim São Benedito, onde ocorrerá uma AÇÃO GLOBAL.
O evento será realizado pela AMUNNF – Associação das mulheres do Norte e Noroeste Fluminense - em parceria com a ONG Mulheres que Fazem – RJ, Grupo Amigas Guerreiras (Grupo de Apoio a Mulheres com Câncer), Instituto Missionário Aviva Senhor a Sua Obra (ASSO).
O objetivo é conscientizar a população sobre a importância da prevenção contra o câncer, conhecimentos e serviços essenciais voltados à área da saúde.
No Jardim São Benedito haverá vários stands como o de Saúde bucal, Nutrição, Enfermagem, Entretenimento, Saúde alternativa, Espaço da beleza, Orientação psicológica e Stand para doação de cabelo.
ADQUIRA SUA CAMISA:
99834-2075
Priscilla
Compartilhe
"WhatsAppgate": TSE instaura para investigar compra de disparos por aplicativo de mensagem
19/10/2018 | 22h35
O corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ministro Jorge Mussi, decidiu nesta sexta-feira (19) instaurar a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) em que a Coligação O Povo Feliz de Novo pede que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) declare o candidato Jair Bolsonaro (PSL) inelegível por oito anos por abuso do poder econômico e uso indevido de meios de comunicação digital. A coligação é integrada pelos partidos PT, PCdoB e PROS.
 Mussi rejeitou os pedidos cautelares feitos pela autora relativos à busca e apreensão de documentos na sede da empresa Havan e na residência do proprietário da companhia, Luciano Hang, o depósito de documentação contábil, financeira, administrativa e de gestão referentes a possíveis atividades e gastos que o empresário tenha realizado no sentido de contribuir, direta ou indiretamente, para a campanha do candidato Jair Bolsonaro.
 O ministro negou ainda a quebra do sigilo bancário de Hang, bem como das empresas de tecnologia e desenvolvimento de software citadas na ação apresentada pela coligação.
 O corregedor-geral também indeferiu o pedido para que o TSE determinasse à empresa WhatsApp a apresentação, no prazo de 24 horas, de um plano de contingência para suspender o disparo em massa de mensagens ofensivas ao candidato Fernando Haddad e aos partidos que integram a coligação, sob pena de suspensão de todos os serviços do aplicativo de mensagem até o cumprimento da determinação.
 “Apesar da previsão legal de concessão de liminares antes mesmo da oitiva da parte contrária, postergando-se o contraditório, essa medida deve ser acompanhada de muita cautela no caso concreto e concedida em caráter excepcional, de forma a prestigiar as garantias constitucionais”, afirmou Mussi. Ele abriu prazo de cinco dias para que os representados apresentem defesa, caso queiram.
Disparo de mensagens
 De acordo com a ação apresentada pela Coligação O Povo Feliz de Novo, Jair Bolsonaro estaria se beneficiando diretamente de empresas de disparo de mensagens em massa via WhatsApp, contratadas por empresários que apoiam o candidato, fato que configuraria conduta vedada pela legislação eleitoral.
 A autora da ação acrescenta que as mensagens disparadas constituem fake news contra seu candidato a presidente, Fernando Haddad, e buscam desequilibrar o pleito. “Resta evidente o abuso de poder econômico na medida em que a campanha do candidato representado ganha reforço financeiro que não está demonstrado nos gastos oficiais de arrecadação eleitoral”, afirma no pedido inicial. “Não é crível atribuir apenas à militância orgânica de Jair Bolsonaro e Hamilton Maurão a capacidade de produzir e disseminar com tamanha eficácia todas as notícias falsas editadas em detrimento da coligação (do PT)”, acrescenta.
 A ação é baseada em reportagem da Folha de S. Paulo, publicada nesta quinta-feira (18), que revelou supostos indícios de que foram comprados pacotes para disparo de mensagens em massa no WhatsApp contra o PT e a Coligação O Povo Feliz de Novo. A sigla afirma que a reportagem do jornal teve acesso a contratos firmados entre empresas privadas, as quais pertenceriam a pessoas que publicamente apoiam o candidato Jair Bolsonaro, dentre elas o proprietário da Havan Lojas, Luciano Hang.
  Além disso, a PGR (Procuradoria-Geral da República) divulgou nota afirmando que pediu inquérito para investigar criminalmente empresas que possam ter sido contratadas para disseminar notícias contra candidatos. A PGR pediu investigação sobre as duas campanhas, de Bolsonaro e do petista Fernando Haddad.
  
 
 
Compartilhe
Rafael Diniz inaugura 12ª escola municipal reformada
19/10/2018 | 20h37
A Escola Municipal José Giró Faísca ganhou uma nova sede nesta sexta-feira. Após quase 10 anos funcionando em um imóvel alugado, a unidade escolar passou reforma completa e ampliação e foi inaugurada pelo prefeito Rafael Diniz.
É a 12ª a passar por reparos no governo Rafael Diniz. No local são atendidos mais de 200 estudantes de Educação Infantil e primeiro segmento de Ensino Fundamental e agora conta com salas amplas, banheiros novos e acessíveis, laboratório de informática, refeitório, parquinho, jardim e toda estrutura necessária.
Compartilhe
Eleições: WhatsApp notifica agências e bane milhares de contas
19/10/2018 | 16h28
O WhatsApp notificou extrajudicialmente as agências Quickmobile, Yacows, Croc services e SMS Market, determinando que parem de fazer envio de mensagens em massa e de utilizar números de celulares obtidos pela internet, que as empresas usavam para aumentar o alcance dos grupos na rede social. A empresa também baniu as contas do WhatsApp associadas a essas agências. Reportagem publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, quinta-feira (18), mostrou que empresas bancaram uma campanha de mensagens anti-PT com pacotes de disparos em massa. A prática é ilegal, pois se trata de doação de campanha por empresas, vedada pela legislação eleitoral, e não declarada. O valor gasto chegaria a R$ 12 milhões.
O senador eleito pelo Rio, Flávio Bolsonaro (PSL), filho do presidenciável Jair Bolsonaro, disse que sua conta no WhatsApp foi reativada nesta quinta-feira, 19, depois de ter sido bloqueada. O WhatsApp informou em nota que a conta tinha sido suspensa há alguns dias por comportamento de spam.
O TSE convocou uma coletiva esta tarde para falar sobre o assunto, mas remarcou para domingo a tarde.
Compartilhe
Deputado Paulo Feijó passa por cirurgia e já recupera-se no quarto
19/10/2018 | 15h54
Nota da assessoria de Paulo Feijó:
Informamos que após procedimento cirúrgico o deputado federal Paulo Feijó se encontra sob observação e em plena recuperação. Segue a nota do Hospital Dr. Beda com maiores informações da Direção Clínica.
 BOLETIM MÉDICO
 O paciente Paulo Feijó foi submetido a uma cirurgia na quinta-feira (18/10) no Hospital Dr. Beda, para uma desobstrução intestinal, depois de a anomalia ser diagnostica no curso de uma consulta de rotina. A cirurgia foi bem sucedida e o pós-operatório transcorre normalmente com o paciente lúcido, havendo apenas uma momentânea restrição quanto a alimentação. Ele se encontra em um apartamento particular do Hospital Dr. Beda e alta médica será definida após avaliação do pós-operatório nos próximos dias.
 
 
Direção Clinica do Hospital Dr. Beda
Compartilhe
Deputado Paulo Feijó passa mal e é internado às pressas
19/10/2018 | 12h33
O deputado Paulo Feijó (PR) foi internado em um hospital particular de Campos, após passar mal e ser levado às pressas.
Segundo informações ainda não confirmadas, ele foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva, UTI.
 A assessoria do deputado informou que divulgará uma nota nesta tarde.
Compartilhe
Outubro Rosa: HEAA realiza evento com palestra e confraternização dia 23
19/10/2018 | 12h16
O Hospital Escola Álvaro Alvim (HEAA) realiza, na próxima terça-feira, dia 23, um evento para marcar o Outubro Rosa.
  A abertura, às 10h, será com o coordenador do Setor de Oncologia do HEAA, Dr. Frederico Barbosa. Em seguida, haverá momento de oração com Alex Caetano. Prosseguindo, palestra com Anna Carolina Fernandes, sob o tema "A minha história". O encerramento será com música e poesia, através do médico Dr. Antônio de Pádua.
Compartilhe
Vox Populi: Bolsonaro 53% e Haddad 47% dos votos válidos
19/10/2018 | 11h15
Pesquisa feita pelo instituto Vox Populi e divulgada nesta sexta-feira mostra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) com 53% dos votos válidos e seu adversário Fernando Haddad (PT) com 47%. O levantamento foi feito na terça-feira e quarta-feira, antes, portanto, da publicação das denúncias envolvendo a prática de crime eleitoral da campanha de Bolsonaro, por meio do financiamento empresarial da distribuição em massa de fake news via listas de WhatsApp.
 No voto estimulado, Haddad lidera na região Nordeste, vencendo Bolsonaro por 57% a 27%. Nas demais regiões, o presidenciável do PSL lidera, alcançando 21 pontos percentuais de vantagem sobre o adversário nas regiões Sudeste e Sul.
 Em termos absolutos, Bolsonaro aparece com 44% e Haddad com 39%. Brancos e nulos somam 12% e outros 5% disseram não saber. A pesquisa foi contratada pela CUT e contou com 2 mil entrevistas aplicadas em 120 municípios. A margem de erro é de 2,2%, estimada em um intervalo desconfiança de 95%. A sondagem foi registrada no TSE com o número BR-08732/2018.
 
 
Compartilhe
Prefeitura esclarece fake news sobre cursos e mamografia
19/10/2018 | 10h24
A Prefeitura de Campos dos Goytacazes esclarece que não procedem as informações de inscrição para cursos no Centro Administrativo José Alves de Azevedo e de exames de mamografia na Praça da República.
É importante ressaltar que o município tem vários programas de qualificação profissional, gerenciados pela Superintendência Municipal de Trabalho e Renda, pela Fundação Municipal da Infância e Juventude, pela superintendência de Igualdade Racial, pela secretaria de Educação, pela secretaria de Desenvolvimento Humano e Social e conta, também, com o Espaço da Oportunidade, nos altos da Rodoviária Roberto Silveira. As aberturas de vagas são frequentes e sempre divulgadas através do portal da Prefeitura.
Já com relação à mamografia, dentro da Campanha Outubro Rosa, através da Secretaria de Saúde, foram disponibilizadas 1,4 mil vagas cuja marcação é feita em qualquer UBS da cidade, após consulta com um ginecologista.
Não caia em fake news! Todas as ações desenvolvidas pela Prefeitura de Campos são noticiadas em seu Portal oficial (www.campos.rj.gov.br).
Compartilhe
Processo seletivo para residência médica no HFM
18/10/2018 | 22h10
A direção do Hospital Ferreira Machado (HFM) abriu inscrição para processo seletivo do primeiro ano do programa de residência médica em Medicina Intensiva. As inscrições devem ser feitas, de forma presencial ou por meio de procuração, no Centro de Estudos, situado no 4º andar do HFM, até o dia 30 de novembro, das 10h às 16h. São ofertadas 5 vagas.
 De acordo com o coordenador médico do Centro de Terapia Intensiva (CTI) do HFM, Elbo Batista Júnior, que também irá coordenar o curso de residência, o programa de residência médica em Medicina Intensiva é pioneiro em Campos. “O programa de residência já estava aprovado há pelo menos três anos, mas nunca havia sido implementado de fato. A residência vai acontecer no HFM, mas dentro da proposta de especialização os profissionais também atuarão em outras unidades que possuem atendimentos de UTI que o Ferreira ainda não abrange. O curso terá duração de 24 meses”, explicou ao ressaltar que o CTI passou por uma inspeção do Ministério da Educação (MEC), que autorizou a abertura das cinco vagas.
 Para concorrer a uma vaga, os interessados devem possuir residência em Anestesiologia, ou Clínica Médica, ou Cirurgia Geral, ou Infectologia, ou Neurologia (2 anos) reconhecida pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM). O processo de seleção será composto por duas fases: prova objetiva de múltipla escolha e entrevista com análise e arguição de currículo. A prova está marcada para o dia 18 de dezembro, às 8h, no Centro de Estudos, e terá duração de quatro horas. O resultado da primeira fase será divulgado no portal da Prefeitura de Campos, no dia 3 de janeiro de 2019.
 Já a segunda fase está prevista para acontecer no dia 7 de janeiro de 2019, às 8h, no Centro de Estudos do HFM. A classificação final do processo seletivo será divulgada no portal da Prefeitura no dia 15 de janeiro de 2019. E os resultados finais, após os julgamentos dos recursos, serão divulgados exclusivamente no portal da Prefeitura de Campos a partir do dia 24 de janeiro de 2019.
 O CTI do Hospital Ferreira Machado possui 30 leitos divididos em quatro ilhas estruturadas em sistema de box que oferece mais privacidade ao paciente. O setor conta com a atuação de uma equipe multidisciplinar composta por médicos intensivistas, cardiologistas e clínicos gerais, além de enfermeiros, fisioterapeutas, odontólogos, assistentes sociais, psicólogos, técnicos de enfermagem e pessoal de apoio administrativo.
Compartilhe
Sobre o autor

Suzy Monteiro

[email protected]