Secretário de Ciência e Tecnologia deixa governo Pezão
11/07/2017 | 11h33
O secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social, Pedro Fernandes, deixou o governo. Em entrevista à rádio CBN, Fernandes se queixou da diferença do tratamento dado a servidores de sua pasta, como a Uerj e a Faetec em relação aos demais do estado. Os funcionários de áreas como Educação e Segurança recebem antes dos outros. Um servidor do Hospital Universitário Pedro Ernesto - que faz parte da Ciência e Tecnologia - recebe depois de um médico de outro hospital estadual subordinado à Secretaria de Saúde.
- Não posso admitir que outras sejam mais importantes que a nossa. Respeito a Segurança, a Educação, a Fazenda, mas tenho certeza de que nenhuma delas é mais importante que a Uerj, a Faetec ou qualquer entidade da nossa secretaria - disse Fernandes.
Fernandes, é deputado estadual pelo PMDB e disse que retornará à Assembleia assim que acabar o recesso parlamentar. Ele frisou que não brigou com o governo Pezão:
- Não estou saindo brigado com o governo. Estou saindo porque não concordo com algumas atitudes que o governador está tomando. Sou do PMDB. Já votei contra, já votei a favor e será essa minha posição - explicou.
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Suzy Monteiro

[email protected]