Na Câmara, Rafael faz radiografia de Campos e dá prazo de um ano para resolver problemas
15/02/2017 | 06h45
Rodrigo Silveira
Prefeito na Câmara Municipal / Rodrigo Silveira
Com protestos e a presença do prefeito Rafael Diniz, a Câmara voltou hoje aos trabalhos. Rafael indicou o vereador Fred Machado (PPS) como líder do governo. O prefeito fez uma radiografia da situação do município e deu prazo de um ano para a situação estar resolvida.
O protesto foi de concursados da Educação e que não foram convocados. O presidente do Legislativo, Marcão Gomes (Rede), pediu para que fosse formada uma comissão a ser recebida pelo líder do governo e pelo presidente da comissão da Educação, Genásio.
Comentar
Compartilhe
Início do ano letivo em Campos será dia 15
10/02/2017 | 02h10
As aulas da rede municipal de ensino de Campos que teriam início na segunda-feira (13), serão adiadas em dois dias, retornando na quarta (15). De acordo com o secretário de Educação Brand Arenari, o adiamento se deve ao atraso na entrega das merendas.
— A maioria dos fornecedores é do Espírito Santo e o atraso na entrega de alguns alimentos aconteceu devido ao problema da instabilidade na segurança enfrentado atualmente pelo Estado. Ainda não chegaram, por exemplo, o feijão e o leite em pó. Já conseguimos que alguns alimentos chegassem em prioridade às creches, mas não chegará para todas as unidades em tempo. Sendo assim, não arriscaremos retornar às aulas correndo o risco de alguns alunos ficarem sem a alimentação completa. Precisamos trabalhar com transparência e responsabilidade — afirma Brand.
O secretário de Educação ressaltou ainda que os funcionários estão preparando as unidades escolares desde a última quarta-feira para a recepção dos alunos. “Queremos começar o ano letivo em perfeitas condições, sem nenhum transtorno para os alunos e para os profissionais”.
(Da Secom)
O Sepe havia pedido o adiamento do início das aulas (veja no Folha Online)
Comentar
Compartilhe