Campista é vencedor do Prêmio "João Batista Rocha"
26/06/2017 | 12h18
O campista Rodrigo Nunes Rangel foi o vencedor do concurso cultural “Prêmio João Batista Rocha”, promovido pelo Porto do Açu. Um total de 1.306 que participaram do concurso, que teve como tema o município de São João da Barra. Os fotógrafos amadores da região tiveram a missão de tomar a cidade como personagem principal de seus registros para entrarem na disputa. Todas as fotografias publicadas no Instagram com #premiojbatistarocha foram submetidas à avaliação de uma Comissão Julgadora, que selecionou as 10 melhores imagens. Foram utilizados critérios como originalidade, criatividade e adequação ao tema proposto.
Os selecionados no concurso foram: Bruna Peixoto Gomes; Danilo Coutinho; Joel de Sá Rosa; Lívia de Siqueira Manhães; Matheus Drumond Costa Junior; Rafaela França da Silva; Raphael Fonseca de Souza; Rodrigo Nunes Rangel; Victor de Aquino Vianna Fernandes; Victor Hugo Rangel Duarte. Todos participaram de uma cerimônia para entrega de certificados, no Centro Cultural Narcisa Amália, em São João da Barra, onde foi inaugurada uma exposição das fotos escolhidas. A mostra estará disponível até o dia 15 de julho.
O ganhador do concurso retratou um momento de descontração de uma família, no Pontal de Atafona. Além do certificado de participação, Rodrigo Nunes Rangel recebeu uma câmera fotográfica Cannon T5 I.
E Rodrigo passou por um juri de peso, que teve os fotógrafos profissionais Leonardo Berenger, Paulo Sérgio Pinheiro e Diomarcelo Pessanha.
Comentar
Compartilhe
Grito Rock Goytacá hoje e amanhã no Cepop
08/04/2017 | 06h22
O Grito Rock Goytacá, produzido pelo coletivo Casinha, volta a conectar o Brasil através do rock no próximo final de semana. Produzido de forma colaborativa, realizado em rede e executado concomitantemente em diversas cidades do mundo, o festival foi criado em 2007 como uma alternativa ao carnaval em Cuiabá, desde então vem sendo realizado em várias cidades do Brasil e do mundo.
Em Campos a 2ª edição do Grito Rock está com realização marcada para os dias 8 e 9 de abril, no Cepop, com entrada gratuita e início das atividades marcada para às 14h. As bandas, no entanto, começam a tocar às 16h. Músicos de Campos, da região Norte e Noroeste Fluminese, além de músicos de várias partes do país passarão pelo palco do Grito Rock Goytacá. Cerca de 150 inscrições foram realizadas superando o número da edição de 2016.
Lívia Amorim, do Coletivo Casinha, trabalhou na curadoria do evento e destaca a pluralidade de sons e estilos. “Levamos em consideração desde o trabalho realizado em cada cidade e o públioc aqui em Campos e como ele se comporta. Trouxemos bandas que estão brilhando lá fora e certamente irão brilhar aqui no Cepop”, declarou.
As bandas confirmadas são: Riders Machines, SuperEgo, Atalanta, Purano, Anesthesie Of Beer, Ativittá Power Trio, Tubarão Martelo, Bender, Overdrive Saravá, Sound Bullet, André Prando, PSA, Masserao Benedito, Favela Groove, Psychobreak, Shallrise, Eixo Nacional, Coletivo Sociedade Livre e James Coroico.
Além de fomentar o cenário musical, o Grito Rock Goytacá propõe possibilidades diversas de integração com outras linguagens artísticas e de economia colaborativa. Para Mariana Fagundes, uma das produtoras do GRG, e também do Casinha, essa é um dos maiores ganhos do Festival. “A Casinha trabalha com o empreendedorismo e com a economia criativa e colaborativa. O Grito Rock parte também dessa premissa, então estamos felizes por poder abraçar esse festival”.
Para essa edição, que acontecerá no Cepop, o público também deve contar com o Breja - Festival de Cerveja Artesanal, além de Food Trucks. Para colaborar, interagir e saber mais sobre o Grito Rock, acesse: gritorock.org, e acompanhe a nossa página do coletivo Casinha no Facebook (@casinha360).
O Grito Rock é um festival colaborativo realizado pelo coletivo Fora do Eixo, iniciativa financiada pelo Fora do Eixo Card e produzido com o apoio do Toque no Brasil.
Comentar
Compartilhe
Morre o cantor Al Jarreau
12/02/2017 | 05h11
Poucos dias após anunciar que estava se aposentando dos palcos, o cantor Al Jarreau, uma das maiores vozes da música americana, morreu, aos 76 anos, na manhã deste domingo, em Los Angeles. A informação foi publicada pelos representantes do músico em seu site oficial.
Vencedor de sete prêmios Grammy, sendo o único intérprete a ser agraciado com a estatueta de melhor performance vocal em três categorias distintas, Jarreau foi internado recentemente em Los Angeles. As notícias publicadas em suas redes sociais sugeriam que ele estava se recuperando bem. No último dia 9, o filho disse que pegou o pai cantando “Moonlight” para uma das enfermeiras.
(Fonte: O Globo)
Comentar
Compartilhe
Doce poesia Na Curva do Rio
27/01/2017 | 03h00
Para quem pensa que a curva do rio é só seca árdua do cotidiano, a prova de que aqui também florescem coisas lindas.
Em cima da linda foto da amiga jornalista Daniela Abreu, do último dia 18, o amigo radialista Alfredo Soares escreveu um texto tão lindo quanto. Divido com vocês, com o desejo de um final de semana de muita luz para todos nós.
"Na curva do rio ela observa
O reflexo do sol nas águas agora barrentas.
Mãe das águas doce costuma caminhar sobre elas exibindo seu domínio.
Quando quer mergulha sem se molhar. Seu vestido balança com o soprar do vento nordeste. Seu cabelo cacheado, ornado de flores, ora esconde seu rosto, ora revela.
Um jogo de sedução capaz de fazer o pescador mais experiente virar seu barco, prender sua rede nas pedras, soltar o pescado da tarrafa.
Dizem que em noite de lua cheia ela canta e encanta aqueles que são de ouvir e os que são de ver.
Seus filhos, no entanto, sentam na curva do rio e ficam a admirar.
Respeitam sua divindade, sabem esperar. Na hora certa serão convocados.
São guerreiros entrincheirados prontos pra defender a mãe e seu reinado que vai da nascente até o mar.
O rio corta a cidade sem nela entrar.
Quando entra tudo alaga pra terra germinar.
Mãe que dá de beber e saciar.
Que rega e pode levar.
Renovando toda vida do lugar.
(Foto Daniela Abreu/Texto Alfredo Soares)
Comentar
Compartilhe
Movimento negro do PMDB se manifesta contra propaganda do governo
07/01/2017 | 12h33
whatsapp-image-2017-01-06-at-20-41-26 whatsapp-image-2017-01-06-at-20-41-261 Uma propaganda veiculada pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil motivou reclamação formal do PMDB negro à Presidência da República. A mensagem publicitária, veiculada em várias partes do país, mostra um rapaz negro e o texto: "O melhor aluno da sala pode matar". Lamentável como uma coisa dessas ainda aconteça nos dias de hoje. Veja abaixo a mensagem: whatsapp-image-2017-01-06-at-20-41-25 Atualização: O ministro dos Transportes, Maurício Quintella Lessa, informou que vai retirar a polêmica propaganda sobre segurança no trânsito "Gente boa também mata". Saiba mais no G1.
Comentar
Compartilhe
Coração de garoto
19/12/2016 | 05h53
ideia-trocada A boa forma do ex-governador Garotinho, que, recém operado do coração, tem aparecido nas redes sociais malhando enquanto fala de política, já gerou muitos comentários e tem, inclusive repercutido em sites que questionam a rápida recuperação. Mas, como o melhor do Brasil é mesmo o brasileiro, está impagável o anúncio do novo programa Ideia Trocada, que estreia na próxima semana.
Comentar
Compartilhe
Morre o "cardeal da esperança"
14/12/2016 | 02h29
paulo_evaristo_arns_1982 Morreu hoje, o arcebispo emérito de São Paulo Dom Paulo Evaristo Arns, aos 95 anos. Ele estava internado desde o dia 28 de novembro no Hospital Santa Catarina, região central de São Paulo. De acordo com o comunicado do hospital, ele faleceu em decorrência de falência múltipla de órgãos. Ele será velado na Catedral da Sé, região central de São Paulo, numa cerimônia que deve durar 48 horas. O corpo deverá será enterrado na cripta da catedral.   Arcebispo metropolitano de São Paulo de 1970 a 1998, dom Paulo foi um dos principais nomes na luta contra a ditadura e ficou conhecido como o "cardeal da esperança". Quando assumiu a Arquidiocese de São Paulo, em 1970, uma de suas primeiras medidas foi vender o Palácio Pio XII, residência oficial do arcebispo, para financiar terrenos e construir casas na periferia. Ao lado do pastor presbiteriano Jaime Wright, coordenou o projeto Brasil Nunca Mais, que reuniu documentos e denunciava a prática de crimes cometidos por agentes de Estado contra presos políticos. Em livro, relataram métodos de tortura e acusações ilegais. Em 1972, criou a Comissão Brasileira Justiça e Paz, que articulou denúncias contra abusos do regime militar. Em 1985, o cardeal criou a Pastoral da Infância, com o apoio da irmã Zilda Arns, que morreu no terremoto de 2010 no Haiti, onde realizava trabalhos humanitários.  
Comentar
Compartilhe
Comemoração ao Dia da Samba cancelada por causa da morte do jogador Bruno Rangel
01/12/2016 | 09h21
Nota de Cancelamento e Esclarecimento Por motivo de força maior, é que a ABOIPIC representante oficial de todas as Agremiações Carnavalescas de Campos dos Goytacazes - RJ na atualidade, vem cancelar o evento em comemoração do Dia Nacional do Samba, que seria realizado nesta 6ª feira 02/12/2012 na Banca do Coliseu. Sendo assim, de forma solidária vimos prestar condolências, a toda a família do atleta campista Bruno Rangel envolvido no trágico acidente aéreo com a equipe de futebol da Chapecoense. Dia 02 de Dezembro, é quando se comemora o dia Nacional do Samba, mas não apenas os sambistas estão tristes, mas toda a nossa cidade em todos os seus seguimentos e manifestações de quaisquer naturezas, que se sentem solidários com esta perda irreparável que ficará marcada na história da nossa cidade de Campos dos Goytacazes. Marciano da Hora Ribeiro (Dada) Presidente da ABOIPIC (Associação de Bois Pintadinhos de Campos dos Goytacazes – RJ 01/12/2016
Comentar
Compartilhe
Cultura de Campos já tem nova equipe
28/11/2016 | 12h03
[caption id="attachment_23807" align="aligncenter" width="300"]nova-cultura Foto: Divulgação[/caption] A Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima, que será presidida por Cristina Lima (veja no Opiniões, de Aluysio Abreu Barbosa) já respira novos ares. A equipe que está desenvolvendo projetos culturais para o município na gestão de Rafael Diniz foi definida em uma reunião na manhã de hoje. Pessoas que conhecem a fundo a cultura de Campos e que desenvolvem projetos importantes. Parabéns e sorte a todos!  
Comentar
Compartilhe
Porto do Açu em apoio ao incentivo à leitura
08/11/2016 | 02h32
sao-joao-da-barra   O Porto do Açu vai apoiar um encontro promovido pelo governo do estado com educadores e representantes da área, no Auditório Municipal de São João da Barra. O objetivo é fomentar o hábito da leitura, democratizando o acesso ao livro e contribuindo para a formação de mediadores no processo de incentivo à literatura. O encontro, que acontece na próxima quarta-feira, das 9h30 às 13h, inclui a apresentação do Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas do Rio de Janeiro (PELLLB/RJ), seguido da Oficina Dinamização e Incentivo dos Espaços de Leitura.  O evento é uma parceria entre o Sistema Estadual de Bibliotecas, a Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, a Superintendência da Leitura e do Conhecimento e a prefeitura de São João da Barra, além do Porto do Açu. “É com muito orgulho que o Porto viabiliza um projeto como este. Incentivar a formação de leitores na nossa região e suscitar em cada um deles o gosto pela leitura não é apenas uma tarefa do estado. É nosso papel também, como sociedade que quer se desenvolver e evoluir. Se podemos contribuir com a educação e a cultura na nossa comunidade, nós certamente vamos nos empenhar para isso”, afirmou Gleide Gomes, coordenadora de Responsabilidade Social do Porto do Açu. As palestras e debates serão ministrados por Renata Costa, Michele Silva e Hanna Gledyz, da Coordenação do Sistema Estadual de Bibliotecas e terão como público alvo professores, bibliotecários, estudantes, gestores e leitores da Região Norte Fluminense. Durante o evento, será realizada uma eleição on-line do Grupo de Trabalho que será responsável por nortear o PELLLB/RJ e ele deve ser composto por representantes da sociedade civil. Este encontro é apenas um dos acontecem nos municípios do Rio de Janeiro como parte das atividades de sensibilização, incentivo e esclarecimentos sobre o Plano. A Oficina, que vai encerrar o encontro, tem como foco a criação de espaços de leitura em todo o estado. Estes espaços serão abordados como caminhos de transformação social. Para isso, representantes de bibliotecas públicas, particulares e comunitárias vão discutir como deve ser este novo cenário, como torná-lo atraente para a comunidade e como organizar o acervo de livros de forma a respeitar a diversidade e a experiência local. Para Bruno Costa, conselheiro estadual de Política Cultural da região Norte Fluminense, esta é uma excelente oportunidade de troca de experiências, principalmente por se tratar de um assunto de extrema importância para a formação social. “Abordar biblioteca, livro e leitura é focar no coração de uma sociedade que quer avançar. Quando abandonamos esta temática, certamente contribuímos para uma cidade ineficiente. Não adianta enxergar uma biblioteca como um depósito de livros de prateleira. E sim como um local propício a transformações sociais”, ressalta o conselheiro.
Comentar
Compartilhe
Próximo >