Marcus Alexandre tomará posse?
27/02/2010 | 13h15
Depois de um dia complicado, dou um giro pelos blogs para saber as impressões sobre os assuntos de ontem (quando estive fora do ar), como a cassação do vereador “metralhadora” Marcos Bacellar. Há um questionamento interessante da jornalista Jane Nunes (leia aqui), que fala sobre o “furo” do blog do ex-governador Anthony Garotinho (leia aqui), o primeiro a noticiar sobre a decisão do juiz Leonardo Grandmasson: “Como esquecer o nome de Marcus Alexandre se é justamente ele quem está sendo acusado junto de sua esposa de terem sido beneficiados pela compra de votos na Operação Cinquentinha? Alias será que o suplente poderá tomar posse?”. Opino aqui. Marcus Alexandre corre o risco de não tomar posse. Adenúncia sobre a operação “Cinquentinha” está nas mãos do próprio juiz Grandmasson. Marcus Alexandre não é denunciado, assim como a prefeita, segundo a Polícia Federal e a Ministério Público, por não ter se conseguido chegar à origem do dinheiro (que inveja do CSI). Mas a condenação dos 21 denunciados pode ter desdobramentos para Alexandre e para a prefeita. No caso dela, se o juiz aceitar o pedido do MP e encaminhar cópia do inquérito para a Procuradoria, no Rio. Mas nada que tenha resultado prático nessa geração. Além do mais, Alexandre, aliado de Bacellar, tem outros problemas na Justiça Eleitoral. Talvez seja melhor é o terceiro suplente, Guilherme Martins, começar a se preparar.
Comentar
Compartilhe
Rio das Ostras também ficará de portas fechadas
25/02/2010 | 19h21
Além de Campos, Quissamã e Macaé, o comércio de Rio das Ostras também irá fechar suas portas dia 4 de março, em uma mobilização para tentar chamar a atenção do presidente Lula e da Justiça sobre o projeto que propõe mudanças nas regras dos royalties e que será votado na Câmara Federal dia 4 de março. A decisão foi tomada hoje, em reunião ocorrida no Palácio da Cultura.
Comentar
Compartilhe
Comércios de Campos, Macaé e Quissamã vão parar dia 4 de março
25/02/2010 | 18h56
Os comércios de Campos, Macaé e Quissamã vão parar dia 4 de março numa mobilização regional pela defesa dos royalties. Os municípios também querem audiências com o Supremo Tribunal Federal (STF) para discutir o assunto.
Comentar
Compartilhe
Rosinha diz que Campos vai morrer sem royalties e convoca manifestação
25/02/2010 | 18h12
A prefeita Rosinha Garotinho convocou a sociedade civil organizada para uma manifestação contra as mudanças no sistema de partilha dos royalties que está para ser votada na Câmara Federal. Em reunião que continua no Palácio da Cultura, Rosinha disse que Campos e o Estado do Rio vão morrer se a proposta passar e chamou os comerciantes a fecharem suas portas para chamar a atenção do presidente Lula.
Comentar
Compartilhe
Petrobras acha petróleo no pré-sal da Bacia de Campos
25/02/2010 | 17h02
Com a perfuração de um único poço (6-BR-63A-RJS) a Petrobras descobriu duas novas acumulações de petróleo em reservatórios localizados na Bacia de Campos, uma no pós-sal e outra no pré-sal. O poço exploratório foi perfurado na área de concessão de produção de Barracuda, a cerca de 100 km do litoral do Estado do Rio de Janeiro, em águas onde a profundidade é de 860 metros. A Petrobras já tem estrutura de produção e escoamento instalada na área. Uma das acumulações descobertas foi em reservatórios carbonáticos do pré-sal e está localizada a 4.340 metros de profundidade. Estimativas preliminares indicam a presença de petróleo leve (28º API), com volumes recuperáveis de, aproximadamente, 40 milhões de barris, em reservatórios com boa produtividade, confirmada pelos testes realizados. A outra descoberta, também no poço 6-BR-63A-RJS, foi uma acumulação de petróleo em reservatórios arenosos do pós-sal, que já apresentam histórico de produção na área de Barracuda. Estima-se que o volume de óleo recuperável nessa acumulação seja de 25 milhões de barris. Aproveitando a completa infraestrutura de produção e escoamento já instalada na área, a Companhia estuda a possibilidade de interligar o poço 6-BR-63A-RJS à plataforma P-43, que já opera no Campo de Barracuda. As descobertas serão objeto de plano de avaliação, a ser apresentado brevemente à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).
Comentar
Compartilhe
Chegou a chuva
25/02/2010 | 16h50
Enfim, a chuva. Depois de calor super-intenso dos últimos dias, está chovendo em Campos. Porém, se for apenas uma chuva de verão não trará os benefícios necessários à agropecuária.
Comentar
Compartilhe
Hoje na Curva — Permita-se
24/02/2010 | 20h48

Permita-se

Se a cada nome que imagina chamar, é o dele que chega primeiro aos seus lábios, no instante seguinte de ter ultrapassado seus pensamentos, permita-se pronunciar aquele nome, nem que seja baixinho, apenas para satisfazer seus próprios ouvidos. Fale e repita, não abra mão de sentir o som mergulhando em sua alma, fazendo lembrar um tempo em que suas vozes se confundiam entre outros sons.

Se é o corpo dele que o seu anseia tão desesperadamente, por que fingir prazeres em outros braços? Ou, o que é pior, acostumar com o menos do que excepcional? Se é corpo dele, seu amor maluco, seus sonhos desvairados, permita-se ama-lo. Nada pagará o soprar de sua respiração se quietando depois do amor.

Se são os olhos dele que invadem seus sonhos sem pedirem licença, povoando de possibilidades seu imaginário, não se recuse mais a dormir. Permita-se receber a visita dele, mesmo sem querer. Permita-se aproveitar essa visita e guarde-a para lembrar nos momentos mais áridos. E aqueles olhos passeando entre seus sonhos, sorrindo, embora a boca esteja muda é tocar um pouco o paraíso.

Se é, à simples passagem dele, que teu corpo reage, você está perdida. Mas não se preocupe demais. Permita ser guiada pelas mãos dele, mesmo que isso não faça sentido algum. Esgotar o amor, ir fundo nele, até para se necessário, poder partir para outra sem culpas, sem aquele insistente gostinho do que poderia ter sido. A cada amor que termina é cobrado que se esqueça tudo o que viveu e corra, imediatamente, para outros braços. O luto do desamor parece sempre coisas de fracos. Mas, para assumir que, apesar de tudo, ainda ama é preciso força. Permita-se viver os amores ata a última gota, porque...

“Vou te contar

Os olhos já não podem ver

Coisas que só o coração pode entender

Fundamental é mesmo o amor

É impossível ser feliz sozinho

O resto é mar

É tudo que eu nem sei contar

São coisas lindas que eu tenho pra te dar

Vem de mansinho a brisa e me diz

É impossível ser feliz sozinho

Da primeira vez era a cidade

Da segunda o cais e a eternidade

Agora eu já sei

Da onda que se ergueu no mar

E das estrelas que esquecemos de contar

O amor se deixa surpreender

Enquanto a noite vem nos envolver...”

Comentar
Compartilhe
Morre Paula Virgínia
24/02/2010 | 14h22
Faleceu na manhã de hoje, a jornalista e bancária Paula Virgínia de Souza Oliveira, 51 anos. Ela estava internada na UTI do Hospital Escola Álvaro Alvim desde 3h da madrugada de segunda-feira. Os médicos atestaram choque séptico e pneumonia como causas da morte. O velório acontecerá no Cemitério Campo da Paz, onde haverá às 17h30.
Comentar
Compartilhe
Sepe convoca concursados para ato público
22/02/2010 | 17h32
O SINDICATO ESTADUAL DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO(SEPE), convoca os concursados de 2008 da Secretaria Municipal de Educação de Campos, para participarem do ATO PÚBLICO, nesta quinta-feira, dia 25, às 10 horas, em frente ao Palácio da Cultura.
Comentar
Compartilhe
Parabéns, botafoguenses
21/02/2010 | 20h44
Sem muita confiança, o Botafogo chegou à final. Sem muita confiança, conseguiu vencer o Vasco e é campeão. Ou “bi-campeão”, como faz questão de frisar Paulo Roberto, editor de Esportes. Então, parabéns aos botafoguenses meus amigos, que sofrem o ano inteiro... Lucas Soares, Alexandre Bastos, Paulo Roberto, Matheus Mandy... e Luiz Costa.
Comentar
Compartilhe
Pezão: fofocas carnavalescas
19/02/2010 | 21h54
O vice-governador Luiz Fernando Pezão sobre a declaração do presidente Lula de que não quer palanque duplo, mesma opinião do governador Sérgio Cabral: “Ele (Cabral) está afinado com o presidente Lula. Os discursos em contrário são apenas ondas e marolas pré-eleitorais. Fofocas carnavalescas”.
Comentar
Compartilhe
Lula não quer palanque duplo
19/02/2010 | 18h49
O presidente Lula afirmou hoje que não participará de campanha em estados onde houver palanque duplo. Isso nem mesmo se um dos palanques for de um candidato de seu próprio partido, o PT. Disse, também, que estará fora da campanha onde não for possível aliança com PMDB. O recado foi dado em Minas, mas tem linha direta com o Estado do Rio, onde se falava na possibilidade da ministra Dilma Rousseff estar nos palanques do governador Sérgio Cabral e de seu adversário, Anthony Garotinho. Com a declaração, o presidente mostra que estará com Cabral na campanha, parceria que se desenvolveu nos quatro anos de mandato do peemedebista. Corrigindo: A declaração de Lula foi dada no Mato Grosso do Sul.
Comentar
Compartilhe
Cadê a revitalização do Centro??
18/02/2010 | 21h49
Fio solto no Centro ,rs.jpg (2) Andar pelo Centro de Campos é uma aventura. Sem a revitalização prometida, quem se arrisca nesse rali diário tem que enfrentar vários problemas, como esse emaranhado de fios que parecem que vai cair a qualquer momento. O clique é de Rodrigo Silveira.
Comentar
Compartilhe
Horário de verão
18/02/2010 | 01h40
Domingo termina horário de verão. Com isso, os relógios terão que ser atrasados em uma hora. Que pena, voltam s dias mais curtos, com o sol indo embora na hora noral. Mas quem gosta de normalidade???
Comentar
Compartilhe
Locais sem luz
17/02/2010 | 22h51
Vários barirros de Campos estão sem luz há várias horas. São João da Barra, Atafona e Grussaí ficaram por cerca de 20 minutos.
Comentar
Compartilhe
Missa em homenagem a Zilda Arns
17/02/2010 | 20h16
A fundadora da Pastoral da Criança, Dra Zilda Arns Newman e as vítimas do terremoto no Haiti, serão homenageadas nesta sexta feira, dia 19, a partir das 19h, na Catedral Diocesana de Campos com missa presidida pelo Bispo Dom Roberto Gomes Guimarães e co-celebrada por vários sacerdotes. A santa celebração reunirá líderes e membros assistidos pela Pastoral da Criança de diversas comunidades carentes do município. A pediatra e sanitarista Zilda Arns faleceu no dia 13 de janeiro, vítima do terremoto no Haiti, a médica visitava o país para divulgar o seu trabalho a frente da Pastoral da Criança, órgão ligado a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil). Dra Zilda era irmã de dom Paulo Evaristo Arns, Arcebispo Emérito de São Paulo. Em 2006, ela foi indicada ao Prêmio Nobel da Paz. (Da assessoria)
Comentar
Compartilhe
Fim de festa
17/02/2010 | 19h13
Depois de longos dias de descanso e trabalho, de um Carnaval show em SJB, estou retornando (aos poucos, bem aos poucos) às atividades. Unidos da Tijuca já é campeã, Flamengo enfrenta o Botafogo mais tarde. Enfim, tudo vai entrando no ritmo da vida normal.
Comentar
Compartilhe
Prefeito preso em Bangu
11/02/2010 | 16h29
Preso hoje pelo GAP, o ex-prefeito de Cambuci Willian Portes será encaminhado para Bangu. Ele, um ex-funcionária da Prefeitura e dois empresários são suspeitos de desvio de verba do Brasil Alfabetizar.
Comentar
Compartilhe
Cesar Maia em Campos
10/02/2010 | 21h29
O ex-prefeito Cesar Maia estará em Campos no mês de abril para uma grande reunião com lideranças do DEM. Figura emblemática, Maia virá conversar com o novo DEM do município e da região.
Comentar
Compartilhe
Silvio Lopes vice de Gabeira?
10/02/2010 | 18h18
O ex-prefeito de Macaé e deputado federal pelo PSDB, Silvio Lopes, está cotado para compor a chapa de Fernando Gabeira, do PV, ao Governo do Estado. Na reunião de bancada do PSDB na ALERJ, semana passada, sobre a eleição 2010, foi anunciada a aliança do PSDB com PV de Gabeira (como candidato). O tucanoAdemir Melo disse que o melhor nome para vice-governador é o de Silvio Lopes por ser uma pessoa conhecida no interior do Estado. Lopes, no momento, não quer comentar o assunto.
Comentar
Compartilhe
Lupi fala
09/02/2010 | 15h20
No blog do jornalista Alexandre Bastos, o ministro do Trabalho e presidente licenciado do PDT, Carlos Lupi, deu claros sinais de que irá sacramentar a aliança com o PR para campanha de Garotinho para governador. Leia aqui.
Comentar
Compartilhe
Avança namoro entre Garotinho e PDT de Arnaldo
08/02/2010 | 13h08
Em seu blog, o ex-governador Anthony Garotinho fala sobre o encontro com o presidente nacional do PDT e ministro do Trabalho, Carlos Lupi, ocorrido na noite de domingo. Segundo Garotinho, o entendimento tem avançado e com grande chance de se concretizar: “Lupi diz que é praticamente impossível, o PDT apoiar Cabral. E vamos continuar a nossa conversa até chegarmos a um entendimento comum. Uma coisa é certa: a base social do PDT tem muita simpatia pelo meu nome e grande resistência a apoiar Sérgio Cabral”. Caso a aliança aconteça, Garotinho poderá ganhar um prêmio extra: ferir, ainda mais, politicamente seu adversário Arnaldo Vianna.
Comentar
Compartilhe
Garotinho de namoro com PDT de Arnaldo
08/02/2010 | 00h52
O ex-governador Anthony Garotinho já demonstrou incontáveis vezes sua capacidade de articulação política. De olho nas eleições deste ano para governador, Garotinho (que é presidente do PR) se reuniu hoje com o presidente do PDT, Carlos Lupi. Do encontro participaram, ainda, o deputado federal Geraldo Pudim e a vereadora do Rio, Clarissa Garotinho. Se a conversa “for para frente”, o partido do deputado federal Arnaldo Vianna poderá se aliar ao PR, colocando-o em uma situação difícil. Seria possível os dois adversários declarados ficarem em um mesmo lado????? Como diz um amigo meu, a política é muito dinâmica, mas será tanto assim?
Comentar
Compartilhe
Números oficiais de Carapebus
07/02/2010 | 20h03
Com 5.055 votos, o candidato pela coligação “Mudança para valer” (PRB-PDT), Amaro Fernandes dos Santos, tornou-se o novo prefeito de Carapebus, no Norte Fluminense, com Luiz Carlos Fragoso Filho no cargo de vice-prefeito. A chapa recebeu 62,84% dos 8.044 votos válidos e derrotou o candidato do PMDB, Francisco Alypio Fragoso, que obteve 2.989 votos. Dos 9.278 eleitores aptos a votar em Carapebus, apenas 942 deixaram de comparecer, numa votação marcada pela tranquilidade nas 27 seções eleitorais e pela festividade nas ruas da cidade.
Comentar
Compartilhe
Amaro Fernandes é novo prefeito de Carapebus
07/02/2010 | 19h45
Amaro Fernandes é novo prefeito de Carapebus
Comentar
Compartilhe
Sem resultado oficial, população comemora vitória de Amaro
07/02/2010 | 18h59
Ainda não há resultado oficial, mas a população já está nas ruas comemorando a vitória de Amaro Fernandes (PRB). Amaro concorreu com Eduardo Cordeiro em 2008, mas ficou em 2º lugar. Eduardo, porém, não foi empossado por ter o registro cassado.
Comentar
Compartilhe
Eleição em Carapebus
07/02/2010 | 16h01
Falta apenas uma hora para terminar a eleição suplementar no município de Carepebus. De acordo com o TRE, tudo está ocorrendo em um clima de tranquilidade.
Comentar
Compartilhe
Eleição em Carapebus
06/02/2010 | 18h37
Clima é quente em Carapebus, onde os mais de nove mil eleitores voltam às urnas amanhã. Ontem ocorreu uma apreensão de documentos na Câmara dos Vereadores, onde a presidente Tânia Cabral (vice de Chiquinho) é presidente. Os policiais federais já estão na cidade para evitar qualquer tipo de enfrentamento entre eleitores e possibilidade de compra de votos. Tomara que tudo corra bem.
Comentar
Compartilhe
Verdade popular
06/02/2010 | 16h40
“O mau do urubu é achar que o boi tá morto”
Comentar
Compartilhe
A mágoa de Arnaldo
05/02/2010 | 15h19
A Folha traz hoje uma matéria do jornalista Alexandre Bastos com o deputado federal Arnaldo Vianna (PDT), onde ele descarta possibilidade de dobradinha com o ex-prefeito Alexandre Mocaiber (PSB) nas eleições deste ano. No blog do mesmo jornalista (leia aqui). Arnaldo também fala sobre já “estar acostumado com aliados passarem para outro lado”. Em novembro do ano passado, Arnaldo me deu uma longa entrevista em seu apartamento. Não fazia as brincadeiras características e demonstrava bastante mágoa em relação a várias situações e pessoas, especialmente Mocaiber, seu amigo de infância. Abaixo, reproduzo a entrevista. Como se é possível perceber, não foi um desabafo de momento. O texto é longo, mas vale a pena ler. Entrevista com Arnaldo Viana Foto Silésio Correa (5) Entrevista à Folha
Folha – Hoje, um ano depois da eleição, o que o Senhor acha que deu errado na sua campanha? Arnaldo – Várias coisas. Vou revelar para você pela primeira vez. Guardei para mim, porque, se eu falasse, daria um problema muito sério. Não tinha condições físicas de fazer a campanha, tanto que, logo depois, fui internado e operado. Fiz a campanha toda com dificuldades de saúde. Tive um problema sério que evoluiu para pancreatite. Os médicos que me acompanhavam, que eram Maron e Jomar, pediam o tempo todo para que eu me afastasse da campanha, mas não podia fazer isso. A doença me tirou um pouco da participação de corpo a corpo, me tirou um pouco do trabalho da articulação. Já deixei de participar de eventos na campanha por estar passando mal. Me lembro que, em um desses debates, antes de descer na televisão, tive que parar o carro para vomitar. Isso me atrapalhou, como me atrapalhou o fato de que não tinha o mesmo dinamismo de outras campanhas. A segunda parte foi a traição e hoje está muito claro quem traiu É só olhar a composição da Câmara. E quem traiu paga. Arnaldo não está se movimentando para tirar Altamir (Bárbara, vereador do PSB, que corre risco de cassação). Jorge Rangel me traiu e outros. Cito esses dois porque falei na cara deles. Altamir, para poder arranjar uma briga comigo, um dia, em uma reunião aqui na minha casa, chegou e, vendo Ilsan, disse: com essa mulher eu não participo da reunião. Respondi: você pode falar isso na sua casa. Na minha entra quem eu quero. Como fala isso na minha casa? Falta de respeito. Outra questão foi falta de recursos.Talvez, em virtude daquelas denúncias absurdas do senhor Garotinho, as pessoas não quissessem me ajudar, pensando que eu tinha tanto dinheiro fora, iria precisar como? Tirasse dinheiro dessa conta milionária que ele tem nos Estados Unidos e investisse na campanha. Isso também me atrapalhou, porque quantas pessoas acreditaram nas mentiras do senhor Garotinho? E só pude provar depois. Durante muito tempo também, diziam que eu não poderia ser candidato. No final do segundo turno que foram ver que isso não tinha nada. E hoje o grupo de Garotinho tenta de novo. A grande preocupação dele é Arnaldo. Pensa o tempo todo em mim. Talvez porque eu nunca tenha feito o jogo dele. Isso também foi uma outra questão. A compra de votos também foi terrível. E isso foi demonstrado por denúncias que chegaram à Polícia Federal, mas o delegado optou por não chamar a prefeita para depor. Hoje é muito difícil fazer campanha na nossa região. Antigamente as pessoas entravam em uma campanha porque admiravam um candidato. Hoje em dia é tudo por dinheiro. Os líderes de equipe pedem determinadas quantias para trabalharem e muitos deixaram de trabalhar para mim porque não tinha dinheiro. Muitas pessoas pensam assim: Arnaldo foi prefeito por dois mandatos, deve estar muito bem. Não estou não. O que eu ganhava na Prefeitura era o meu salário. E do meu dinheiro que ganhava, uma parte usei para me defender. Pagando advogados para me defender das mentiras de Anthony Garotinho. Depois que saí da Prefeitura, passei por um período de muita dificuldade. Disso tudo, tenho uma mágoa muito grande, de alguém que sempre fui muito amigo. E que sabia que estava me prejudicando dizer que era amigo dele, perdi alguns votos por dizer que era amigo do doutor Alexandre Mocaiber. E em que ele me ajudou? Em que Alexandre Mocaiber me ajudou?
Folha – O Senhor tem essa característica de não negar seus amigos. Farei a mesma pergunta que fiz para Ilsan. Na campanha, a prefeita Rosinha, em determinado momento, pediu à Justiça que fosse retirado seu "sobrenome" Garotinho. Ela alegou, mais tarde, que era de melhor identificação usar apenas Rosinha. No caso de Ilsan, o senhor citou essa reunião. Várias pessoas do PSB alegaram essa proximidade, como o motivo de afastamento do senhor. Como é sua relação com Ilsan? Arnaldo — É uma relação muito madura. Ela hoje tem uma pessoa que vive com ela, eu conheço. Quem eu gosto está aqui (apresenta a pedagoga Beatriz). Eu não sei ser Judas. Não vou negar que tive uma convivência com Ilsan. Tive um filho maravilhoso. Quero que ela seja muito feliz. Tenho por ela respeito. E ela tem por mim. Somos hoje grandes amigos. Não admito que ninguém chegue perto de mim para falar mal dela, assim como sei que ela faz comigo também.
Folha — O PDT já definiu os pré-candidatos a deputado estadual aqui em Campos? Arnaldo — Ainda não. Falam que seria Ilsan, mas não será. Um dos nomes seria Edilson Peixoto, mas ...
Folha — Ele agora está com Garotinho. Arnaldo — O que não me estranha. Para quem já passou por Zezé Barbosa, passou por Rockfeler, passou por Garotinho, por Sérgio Mendes, por Garotinho de novo, passou por Arnaldo, passou por Campista e por Mocaiber, agora está com Rosinha. Não é surpresa para mim. Eu sei que ele sempre foi uma pessoa: Zezé Barbosa. Isso ele nunca escondeu. A gratidão que ele tem é por Zezé Barbosa. E Paulo Albernaz. Mas, ele me dizia absurdos nesse período de afastamento de Garotinho. Não sei como poderá olhar para mim e desdizer tudo. É a mesma coisa se você me vir ao lado de Garotinho. Pode chegar para mim e dizer: Arnaldo tudo que você falava de Garotinho era mentira? Nunca mais você vai me ver ao lado de Garotinho. Mamãe está lá entre a vida e a morte. Sei que ela não faria isso, mas nem se ela me pedisse. É difícil falar isso, mas eu sei o que aguentei. E o que mais me doeu foi naquele episódio do dinheiro, que provei que não tinha nos Estados Unidos e depois ele disse que tinha sido na Alemanha e que não tinha sido depositado por mim, tinha sido por Caio. E minha defesa foi a certidão de nascimento de Caio. No ano em que ele disse que Caio depositou, Caio não havia nascido. Ele não tinha o direito de fazer isso. Eu nunca desrespeitei Wladimir. Muito pelo contrário, tanto é que Wladimir gosta de mim. Em várias situações eu defendi Wladmir. Ele me chama até hoje de tio.
Folha — O senhor falou dessa mágoa com Mocaiber e sobre pessoas que trairam o senhor, sobre isso... Arnaldo — ... Nossa amizade vem desde o colégio primário. Quando a gente era molecote, de calças curtas, eu ia na casa dele e ele ia na minha casa. A mãe dele me recebia lá e a minha o recebia aqui. Quando chamei Alexandre para ser secretário de Saúde ele não tinha nenhum experiência política. Eu briguei com minha irmã, quando ele ganhou a vaga de vereador e Rodrigo (sobrinho de Arnaldo) perdeu. Sabe quem coloquei para coordenar a campanha de Alexandre? Ilsan. Imagine como Rodrigo (sobrinho de Arnaldo) ficou. Era uma amizade de muitos anos. Outro diz soube que ele esteve em Brasilia com Alexandre Cardoso. Por que não me ligou, não ligou lá para o gabinete? Me dói isso. Porque não é uma amizade de 10 anos. É uma amizade de 50 anos. Por que eu iria colocar em risco, naquela época (campanha de 2006), apoiar Alexandre? Ele ganhou uma vaga porque era presidente da Câmara? E como ele se tornou presidente da Câmara? Primeiro, como ele se tornou vereador, para tornar-se presidente da Câmara e assim a Justiça colocá-lo naquela situação de interinidade? Não havia consenso dentro do partido. Briguei no Rio com Lupi para que fosse Alexandre o candidato a prefeito. O candidato seria Roberto (Henriques, atual secretário de Governo do município). Falei que se não fosse Mocaiber, eu sairia do partido. Aí Mocaiber, em um gesto magnânimo, fala a bobagem de que poderia fazer uma composição e Roberto vir como vice. E deu no que deu. Aliás, Roberto é outro que não pode olhar na minha cara e dizer como pode hoje estar do lado de Garotinho. Você acha que sou raivoso quando falo de Garotinho? Tinha que ver Roberto Henriques há uns três anos. E hoje está lá e pretende ser candidato. Mas as pessoas não observam uma coisa: Garotinho vai fazer mais uma vez o que já fez: lançar um monte de candidatos e não eleger nenhum. Serão vários candidatos a deputados estaduais, como serão vários candidatos a deputados federais com o objetivo de atrapalhar minha candidatura. Será que Alexandre não está vendo isso? ...
Folha — O senhor acha que a história recente da política de Campos é uma história de traições? Arnaldo — É. Cada vez pior. No passado a gente não via tanto assim. No passado, tinha grupos. Tinha o grupo de José Alves, era firme com José Alves. Tinha o grupo de Alair (Ferreira), era firme com Alair. O de Zezé, de Rock, a mesma coisa. Agora não tem mais isso. O cara está com você hoje, amanhã não está mais. E trai por qualquer coisa. Basta estar em dificuldade financeira, chegar alguém oferecer algo. Isso é o que mais acontece. Está muito difícil ficar na política. Algumas vezes me enoja. Já me deu vontade desistir. Mas não posso. Iria induzir a outros a fazerem a mesma coisa e aí ficaria nas mãos somente de quem faz sujeira? Por isso vamos lutando, vamos resistindo.
Comentar
Compartilhe
Suspeita de incêndio criminoso
04/02/2010 | 23h49
Esta noite, durante o lançamento do Bairro Legal, no Eldorado, a prefeita Rosinha afirmou que o incêndio no depósito da Prefeitura, que consumiu quase R$ 1 milhão em material didático, pode ter sido criminoso. De acordo com o site Ururau (aqui), há imagens que comprovam o crime. A prefeita dará coletiva junto com a Polícia Civil para falar sobre o assunto.
Comentar
Compartilhe
Calor de matar (ou melhor) de desmaiar
04/02/2010 | 00h07
O comentarista de futebol Batista desmaiou hoje, ao vivo, durante uma transmissão do campeonato gaúcho. O motivo foi o forte calor que está assando o Brasil.
Comentar
Compartilhe
Hoje Na Curva — A hora “daquela conversa”
03/02/2010 | 11h29
Um dia eles são só prazer que explodiu dentro de você em um gesto de amor. Tá. Pode não ter sido com tanto amor assim. Talvez tenha sido uma paixão arrebatadora ou um encontro de fim de festa. Mas a verdade é que ele iniciou assim. Depois foi crescendo. Nasceu e continuou a crescer. Ainda ontem engatinhava pela casa tão inseguro dos passos que ainda viria a dar. Hoje, já corre pelo mundo e você tenta, ao menos, acompanhá-lo. Quem tem uma filha adolescente sabe o quão difícil é a luta diária contra a maré. Olha para seu fruto e não acredita que tenha sido igual. Acha sempre que foi mais calma, responsável, madura. Ainda que hoje insista em fazer umas loucuras vez por outra. É complicado criar um adolescente, aliás, um filho, num mundo onde há a necessidade cada vez mais urgente de se ter alguma coisa. Com isso, os pais tem que trabalhar mais e mais e os filhos ficam entregues a terceiras mãos, sejam de avós, empregadas ou as suas próprias. Uma boa opção, dizem os psicólogos, é conhecer seus gostos. Saber como é o mundo deles para falar a mesma língua. Seguindo esse pensamento, já assisti “High School Musical” (1 e 2!) umas... 10 vezes? Sei lá. Perdi a conta. Como desisti de contar as vezes que assisti “Operação Cupido” ou os episódios repetidos de “Os feiticeiros de Waverly place”. Ninguém merece. Ah, “Ninguém merece” é o nome de outra série de TV a cabo e que me deu o tema dessa crônica. A série mostra o cotidiano de uma pré-adolescente, que, como a maioria das meninas de sua idade, tem que lidar com todas as mudanças do seu corpo, a primeira paixão e se sente deslocada com a família. Dia desses, o episódio foi sobre “aquela conversa”. Não estou suprimindo a palavra sexo por uma questão pudica. É que durante o tempo todo, a menina fugia dos pais com vergonha de ter “aquela conversa”. Lembrei de como foi constrangedora ter “aquela conversa” com minha mãe. Ela sentada na cama do quarto, em um tempo de tempestade sobre nossa família, lendo um livro que mais confundia do que explicava. Eu, sem saber como dizer que já sabia daquelas coisas. Suspiramos aliviadas quando “aquela conversa” terminou. Hoje procuro conversar sobre tudo. Graças a Deus não tive exatamente de ter “a conversa”, mas fui explicando o que precisava no tempo em que ela me perguntava. Procurava alertar do necessário, mostrar exemplos. Até porque, em um mundo dominado pela internet e televisão, as informações vão chegando cada vez mais cedo e, muitas vezes, de maneira equivocada. Acho que o caminho é esse: não ter um ato formal para falar de outro natural e que, de uma forma ou de outra, sempre fará parte da vida. Ser amigo, sem esquecer-se de ser pai e mãe. Preparar para que os passos de adulto (ou quase adulto) sejam mais seguros do que aqueles primeiros, quando iniciou a caminhada.
Comentar
Compartilhe
LLX faz soltura de tartarugas
03/02/2010 | 11h27
A LLX Minas-Rio fará uma soltura de filhotes de tartarugas marinhas no Superporto do Açu, amanhã, quinta-feira. O evento será realizado na praia do Açu, próximo ao empreendimento, e é uma parceria da empresa com o Projeto Tamar. No mesmo dia, haverá o plantio simbólico de uma árvore de restinga no Superporto do Açu, que simbolizará o início do programa de plantio em áreas degradadas, com plantio inicial de 200 mil mudas já reproduzidas no viveiro da região. (Da assessoria)
Comentar
Compartilhe
Prefeitura de Campos com novo site
02/02/2010 | 00h34
A Prefeitura de Campos amanhece hoje com novo site. Na verdade, um portal, com notícias, fotos e vídeos. Tem, inclusive, TV Prefeitura. O portal também está no twitter, you tube, orkut, navegador, email e celular. Para acessar o portal clique aqui.
Comentar
Compartilhe
TRE apreende faixas em homenagem a Garotinho
01/02/2010 | 18h47
A equipe de fiscalização do TRE-RJ apreendeu hoje cerca de 20 faixas espalhadas em locais estratégicos do município de Quissamã, no Norte Fluminense. A juíza da 255ª ZE, Elisabete Franco Longobardi entendeu haver indícios de propaganda eleitoral antecipada no material, que saudava a ida do ex-governador Anthony Garotinho e do Pastor Manoel Ferreira à cidade, para uma reunião política no sábado (30). Assinada pelo diretório municipal do PR, pelo vereador de Quissamã Juninho e pelo vereador Chico Machado, de Macaé, as faixas permaneciam expostas no Portal da cidade, na rua principal, a Barão de Vila Franca, e nas proximidades da Câmara Municipal dois dias após o evento.
Comentar
Compartilhe
O trabalho de Feijó
01/02/2010 | 16h41
Já Paulo Feijó, também nomeado fiscal sanitário, continua em plena atividade, no setor de Engenharia Ambiental, cumprindo horário e fazendo vistorias em “vários locais da cidade”.
Comentar
Compartilhe
Loureiro pediu para sair
01/02/2010 | 16h37
De acordo com informações da assessoria da Vigilância Sanitária, o ex-prefeito de São Fidélis, ex-secretário de Obras de Campos e agora ex-fiscal sanitário, David Loureiro, pediu para sair do setor. Hoje, 21 dias após a divulgação de sua nomeação pelo blog (leia aqui), a assessoria garantiu, também, que ele exercia suas funções no setor de Informação, Educação e Comunicação elaborando palestras para serem ministradas em escolas.
Comentar
Compartilhe
David Loureiro não é mais fiscal sanitário
01/02/2010 | 14h35
Mesmo sem o Diário Oficial da Prefeitura estar on line hoje, o jornalista Ricardo André Vasconcelos traz a informação de que o ex-prefeito de São Fidélis, David Loureiro, não é mais fiscal sanitário da Prefeitura (leia aqui). A portaria que torna sem efeito a nomeação do também ex-secretário de Obras de Campos é de 28/01/10, enquanto a que  o nomeou é de 01/12/10. Isso significa que ele teve direito a quase dois meses de salário. davidnaoémaisfiscal
Comentar
Compartilhe