Pezão em Campos na sexta-feira
21/10/2014 | 10h50
  O candidato à reeleição, Luiz Fernando Pezão, estará em Campos sexta-feira. Ele participa de uma grande reunião no Automóvel Clube de Campos, às 20h, onde estarão reunidos aliados dos mais diversos partidos em toda região. Ele escolheu a cidade para encerrar sua campanha. Foi aqui que, em 23 de setembro, pela primeira vez apareceu à frente nas pesquisas eleitorais, indicando que estaria no 2 turno. (Com atualização de informações)
Comentar
Compartilhe
Esconde-esconde político
07/10/2014 | 03h03
  No marketing político, mudam os partidos, mas a estratégia é sempre semelhante: minimizar os pontos negativos e exaltar os positivos. Em 2008, a então candidata Rosinha chegou a pedir na Justiça Eleitoral a retirada do "Garotinho" em seu nome de campanha. Mais tarde justificou, dizendo que era mais conhecida pelo primeiro nome. Ainda assim, Garotinho quase não apareceu em sua campanha, ficando nos bastidores. No primeiro turno da campanha para o Governo do Estado no Rio, o governador Luiz Fernando Pezão foi criticado pelos adversários, inclusive pelo próprio Garotinho, por "esconder" o ex-governador Sérgio Cabral, que saiu do governo com alto índice de rejeição. Acontece que... Também no primeiro turno, o senador Marcelo Crivella "escondeu" não só seu tio, o bispo e líder da Igreja Universal, Edir Macedo, como sua própria condição de integrante da Universal, do qual é bispo licenciado. A ideia do marqueteiro Lula Vieira foi dissociar a imagem de Crivella da questão religiosa e fortalecer sua profissão, engenheiro, como mostrou matéria do jornal O Dia (confira). Mas... Como mostra aqui o blog do Bastos, o presidente do PMDB, Jorge Picciani, já avisou que não vai deixar ninguém esquecer: "Crivella é o príncipe herdeiro do bispo Macedo", disparou.  
Comentar
Compartilhe
TRE proibe Universal de realizar cultos com pedidos de votos a Crivella
15/10/2014 | 03h38
[caption id="attachment_14073" align="aligncenter" width="300"] Crivella é bispo da Igreja Universal[/caption] A coordenadora estadual da fiscalização, juíza Daniela Assumpção de Souza determinou que a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) não realize cultos religiosos com pedidos de votos e promoção da imagem do candidato do PRB. Também as emissoras de televisão Record e CNT estão proibidas de veicular a propaganda dissimulada nos cultos da Igreja, que fazem parte da sua programação regular. A multa por desobediência é de R$ 500 mil por dia. A proibição foi motivada por um "pedido urgente de providências", formulado pela coligação "O Rio em 1º Lugar". Como prova da irregularidade, foram juntadas cópias de vídeos que seriam dos cultos transmitidos nas emissoras de televisão, em que pastores da IURD pedem votos. Na decisão, a juíza explica que os atos religiosos eram realizados "em grandes templos e com enorme concentração de público, constatando-se que todos os fiéis responderam em coro o nome do candidato". A IURD, as duas emissoras e o candidato podem responder por abuso de poder econômico, uso indevido dos meios de comunicação e propaganda irregular em bem de uso comum, no caso, os templos religiosos. O relatório detalhado das diligências realizadas pela fiscalização será encaminhado ao Ministério Público Eleitoral, responsável por ajuizar as ações cabíveis. (Fonte: TRE)
Comentar
Compartilhe
Pezão agradece vitória: "A mudança só começou"
26/10/2014 | 07h15

 

 

Reeleito governador do Rio, Luiz Fernando Pezão agradeceu no twitter a vitória conquistada hoje: "Obrigada, Rio. A mudança só começou".

Em Campos, Pezão ganhou em cinco das sete zonas eleitorais. Crivella só venceu na 129ª e 76 ZE. Já Pezão, levou nas 75, 76, 98, 99, 100 e 249.

Comentar
Compartilhe
Garotinho fecha apoio a Crivella
07/10/2014 | 11h04
Do face do vereador Mauro Silva: "Garotinho declara apoio ao candidato Marcelo Crivela no segundo turno para o governo do estado do Rio". Atualização: O Blog do Bastos e a Folha Online postaram antes aqui e aqui.
Comentar
Compartilhe
Pezão vota e diz que reagiu a ataques
26/10/2014 | 02h27
Ao lado dos pais e da esposa, o governador e candidato à reeleição pelo PMDB, Luiz Fernando Pezão chegou para votar, na Escola Municipal de Lajes, em Piraí, no Sul Fluminense, às 11h20 deste domingo. A Justiça Eleitoral proibiu a imprensa de fazer fotos do candidato votando dentro da zona eleitoral. No entanto, na saída da escola, ele falou com repórteres e posou para fotos. Pezão se disse otimista, afirmando que confia nas pesquisas "porque elas refletem o trabalho que foi feito".
"Chegar a governador e ser candidato à reeleição foi um dos melhores sonhos que já pude ter. Espero que se concretize", afirmou o candidato. Perguntado se criticar de forma contundente seu opositor, Marcelo Crivella (PRB), durante o último debate na TV foi a melhor opção, ele respondeu: "Eu fui caçado por todos os meus adversários durante todo o período eleitoral. Só reagi aos ataques", argumentou Pezão.
 (Fonte O Dia)
 
   
Comentar
Compartilhe
Datafolha e CNT/MDA: Empate técnico com Dilma à frente
20/10/2014 | 01h06
  Pesquisa Datafolha divulgada há pouco mostra a presidente Dilma Rousseff numericamente à frente do tucano Aécio Neves no 2º turno, mas os dois continuam em empate técnico. Margem de erro é de 2 pontos percentuais.
 Dilma Rousseff (PT): 52%
Aécio Neves (PSDB): 48% Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo". De acordo com o Datafolha, na reta final da eleição, os candidatos continuam empatados, no limite da margem de erro, de dois pontos percentuais para mais ou para menos, mas Dilma aparece pela primeira vez numericamente à frente de Aécio em um levantamento feito após o primeiro turno. No levantamento anterior, divulgado no dia 15, Aécio tinha 51% e Dilma, 49%. Votos totais Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são: Dilma Rousseff (PT): 46% Aécio Neves (PSDB): 43% - Em branco/nulo/nenhum: 5% - Não sabe: 6% Na margem de erro, os candidatos estão empatados tecnicamente. O Datafolha ouviu 4.389 eleitores no dias 20 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01140/2014. Certeza do voto O Datafolha também perguntou, entre os dois candidatos, em quem os eleitores votariam com certeza, em quem talvez votassem e em qual não votariam de jeito nenhum. Veja os números: Dilma 45% - votariam com certeza 15% - talvez votassem 39% - não votariam de jeito nenhum 1% - não sabe Aécio 41% - votariam com certeza 18% - talvez votassem 40% - não votariam de jeito nenhum 2% - não sabem
 CNT/MDA
A 125ª Pesquisa CNT/MDA, realizada 18 e 19 de outubro de 2014 e divulgada hoje pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra cenários para o 2º turno da eleição presidencial de 2014. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR - 01139/2014. Foram entrevistadas 2.002 pessoas de 137 municípios de 25 Unidades da Federação.
ELEIÇÃO PRESIDENCIAL 2014 INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE (ESPONTÂNEA) Dilma Rousseff (43,8%) Aécio Neves (42,1%)
2º TURNO - INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE (ESTIMULADA)
Dilma Rousseff (PT) – 45,5%Aécio Neves (PSDB) – 44,5%
VOTOS VÁLIDOS (percentual calculado excluindo os percentuais de brancos, nulos e indecisos)
Dilma Rousseff (PT) – 50,5% Aécio Neves (PSDB) – 49,5%
LIMITE DE VOTO
DILMA ROUSSEFF: é a única em que votaria (38,1%); é uma candidata em que poderia votar (19,3%); não votaria nela de jeito nenhum (40,7%); não conhece/não sabe quem é/ nunca ouviu falar (0,2%). AÉCIO NEVES: é o único em que votaria (34,4%); é um candidato em que poderia votar (21,4%); não votaria nele de jeito nenhum (41,0%); não conhece/não sabe quem é/ nunca ouviu falar (1,1%). HORÁRIO ELEITORAL Assistiu ou ouviu no 2º turno: Sim (64,8%), Não (34,5%) Candidato considerado o melhor no horário político (para quem assistiu/ouviu): Aécio (47,4%), Dilma (38,0%) FAVORITISMO DOS CANDIDATOS Candidato que os eleitores acreditam que vencerá as eleições: Aécio Neves (46,7%), Dilma Rousseff (42,5%). Atualização: Em números.
Comentar
Compartilhe
Sem surpresa, Carla com Pezão
08/10/2014 | 10h03
  Não é surpresa o apoio da ex-prefeita de São João da Barra, Carla Machado, hoje no PT, ao governador Luiz Fernando Pezão, que busca a reeleição. A informação sobre o apoio foi postada no blog do Bastos. Carla era do PMDB e sempre foi uma aliada de primeira ordem de Pezão. Inclusive era cotada para coordenar a campanha dele na região, como ele próprio me falou ao telefone em agosto do ano passado: “Quero muito que Carla esteja entre os coordenadores de minha campanha no interior do Estado”, disse o então vice-governador. Em seu face, Carla falou sobre a reaproximação com Pezão: "O Governador Pezao hoje em reunião repetiu várias vezes que "Gratidão não prescreve...", e que por isso ele e Dilma 13. Acredito que essa seja uma virtude somente de pessoas de bom caráter, por isso voto Pezao 15... #Vamuqvamu!!!"
Comentar
Compartilhe
Morre o jornalista Michel Laurence
26/10/2014 | 02h12
  O jornalista Michel Laurence faleceu  ontem, aos 76 anos, em São Paulo, vítima de complicações decorrentes de uma cirurgia no braço. Nascido em 5 de setembro de 1938, em Marselha (França), Michel trabalhou em alguns dos principais veículos de comunicação do país e sempre se preocupou com os problemas do futebol brasileiro. Michel é pai dos jornalistas Bruno Laurence, da TV Globo, e Clarissa Laurence, querida colega campista, qie atuou na Folha da Manhã e mora atualmente em São Paulo. Em 1969, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo, o mais tradicional da imprensa brasileira, pela reportagem "O jogador é um escravo", escrita em parceria com José Maria de Aquino no jornal "O Estado de S. Paulo".
Atuou também no "Jornal da Tarde", "Última Hora" e "Jornal do Brasil". Em 1970, foi um dos fundadores da revista "Placar", onde ajudou a criar o prêmio "Bola de Prata", entregue até hoje aos melhores jogadores do Campeonato Brasileiro. Também teve atuação destacada em emissoras de televisão, como a Globo, Record, Bandeirantes, Manchete e Cultura. Participou da cobertura de oito Copas do Mundo. Como repórter, acompanhou de perto a carreira de Pelé no Santos e na seleção brasileira. O Rei do Futebol concedeu a ele a sua última entrevista como jogador do Peixe, no dia em que se despediu do clube paulista, em 2 de outubro de 1974. (Do Sport TV)  
Comentar
Compartilhe
Istoé/Sensus: Aécio 17 pontos à frente de Dilma
12/10/2014 | 08h16
Do blog de Bastos:
Por alexandre bastos, em 12-10-2014 - 16h35
O candidato pelo PSDB à Presidência da República Aécio Neves largou no segundo turno com ampla vantagem sobre a candidata Dilma Rousseff, que tenta a reeleição pelo PT. Pelo menos é o que mostra a pesquisa do Instituto Sensus divulgada pela revista Istoé.  Segundo o levantamento, o tucano registrou 52,4% das intenções de voto, enquanto Dilma foi preferida por 36,7% dos entrevistados. Brancos, nulos e indecisos somam 11% na pesquisa, que tem margem de erro de 2,2 pontos percentuais. Ao considerar apenas os votos válidos, descontados os brancos e nulos, a pesquisa aponta Aécio com 58,8% e Dilma com 41,2%, uma diferença de 17,6 pontos percentuais. Esta foi a primeira Sensus depois do primeiro turno das eleições, com campo entre os dias 7 e 10 deste mês. O levantamento já pode ter captado parte do impacto da divulgação na quinta-feira de depoimento de ex-diretor da Petrobras à Justiça em que detalha suposto esquema de sobrepreço em contratos da estatal que abastecia partidos políticos, citando o PT, o PP e o PMDB. As entrevistas também ocorreram após o anúncio de apoio formal de partidos à candidatura tucana, como o PSB e o PPS. “Além do crescimento da candidatura de Aécio Neves, observa-se um forte aumento na rejeição da presidenta Dilma Rousseff”, afirma Ricardo Guedes, diretor do Instituto Sensus. Segundo a pesquisa, o índice de eleitores que afirmam não votar em Dilma de forma alguma é de 46,3%. A rejeição de Aécio Neves é de 29,2%. “O tamanho da rejeição à candidatura de Dilma, torna praticamente impossível a reeleição da presidenta”, diz Guedes. O tucano, segundo a pesquisa, vence em todas as regiões do País, menos no Nordeste. No PSDB, a espectativa é de que a diferença a favor de Dilma no Nordeste caia nas próximas pesquisas, principalmente em Pernambuco, na Bahia e no Ceará. Em Pernambuco devido o engajamento da família de Eduardo Campos na campanha. Na Bahia em função da presença mais forte do prefeito de Salvador, ACM Neto, no palanque tucano. E, no Ceará, com a participação do senador eleito Tasso Jereissati. As pesquisas mais acompanhadas pelos analistas são Ibope e Datafolha, que têm abrangência maior. As primeiras pesquisas Datafolha e Ibope para o segundo turno divulgadas na quinta-feira também apontaram vantagem do candidato do PSDB. Segundo esses levantamentos, Aécio teria 51% dos votos válidos contra 49% de Dilma. Como a margem de erro é de 2 pontos percentuais, a presidente e o tucano estão em empate técnico em ambas as pesquisas. PESQUISA ISTOÉ|Sensus Realização – Sensus Registro na Justiça Eleitoral – BR-01076/2014 Entrevistas – 2.000, em cinco regiões, 24 Estados e 136 municípios do País Metodologia – Cotas para sexo, idade, escolaridade, renda e urbano e rural Campo – de 07 a 10 de Outubro de 2014 Margem de erro – +/- 2,2% Confiança – 95%  Fontes: IstoÉ, Agência Brasil e revista Exame 
Atualização: No título.
Comentar
Compartilhe
Paraná volta atrás e descarta suspeita de Ebola
16/10/2014 | 12h57
A Secretaria da Saúde do Paraná descarta a suspeita de  ebola no estado. Segundo assessoria de imprensa do órgão, o paciente, que supostamente seria suspeito de ter ebola, não passou pelo continente africano nos últimos 30 dias. O passaporte dele confirmaria isso. Mais cedo, a Secretaria da Saúde de Foz do Iguaçu afirmou à reportagem que o paciente teria chegado há 23 dias de Serra Leoa, um dos países afetados pela epidemia de ebola que já matou mais de 4 mil pessoas ao redor do mundo. O período de incubação do ebola é de 21 dias - portanto, o paciente estaria fora do período considerado de risco A Unidade de Pronto Atendimento do bairro Jardim das Palmeiras, em Foz de Iguaçu foi fechada na manhã de hoje após um paciente relatar sintomas de febre, segundo informações da Secretária da Saúde da cidade. Funcionários e outras pessoas que estavam no local estão mantidos em isolamento. A unidade fica no bairro Jardim das Palmeiras.
 (Exame)
Comentar
Compartilhe
E o Ideb ó...
03/10/2014 | 11h08
Moradores de Santa Maria espalharam várias faixas, pedindo à prefeita Rosinha professores de português e inglês. Segundo eles, a falta estaria ocorrendo praticamente desde o início do ano e no nono ano, que são as crianças que seguirão para o Ensino Médio a partir de 2015. Com a palavra, a prefeitura.
Comentar
Compartilhe
MP Federal quer condenação de internauta por racismo
09/10/2014 | 02h38
A Procuradoria Regional da República na 2ª Região (PRR2) se manifestou pela condenação da usuária do Facebook acusada de postar mensagens racistas na rede social. Ela foi denunciada pelo Ministério Público Federal no Rio de Janeiro, mas absolvida em primeira instância. Contra a decisão, o MPF/RJ recorreu. Em outubro de 2012, a internauta publicou em seu perfil o seguinte comentário: ““#odeioocentrode qqcidade #odeio esse lugar As vezes entendo o preconceito tem gente que devia permanecer no tronco ! Pessoas ignorantes ECA” Em seguida, comentou sua publicação em resposta a uma crítica: “Tenho muitos amigos afro descendentes e não generalizei em momento algum !!! Não tenho preconceito, disse q entendo algumas vezes... Saibam ler as coisas antes de criticar... Mas tenho pavor a ignorância e infelizmente tem alguns negros q não podem msm ter nenhuma posição …E todos nos sabemos disso ! Não sejamos hipócritas !!!!”
Em parecer ao recurso, o procurador regional da República José Augusto Vagos contesta os fundamentos da decisão da Justiça Federal. Ele argumenta que a absolvição se fundamenta em pelo menos duas premissas equivocadas: a de que a postagem de Kenya foi tirada de contexto pela usuária Mariângela Honorato, que a divulgou, e a de que essa divulgação deu maior visibilidade ao fato.
Hum... Falar pode. Mariângela divulgar o que foi falado é que está errado. Tá bom...
A Procurad
oria Regional da República na 2ª Região (PRR2) se manifestou pela condenação de Kenya Mayrink, usuária do Facebook acusada de postar mensagens racistas na rede social. Ela foi denunciada pelo Ministério Público Federal no Rio de Janeiro, mas absolvida em primeira instância. Contra a decisão, o MPF/RJ recorreu.
Em outubro de 2012, Kenya publicou em seu perfil o seguinte comentário: ““#odeioocentrode qqcidade #odeio esse lugar As vezes entendo o preconceito tem gente que devia permanecer no tronco ! Pessoas ignorantes ECA” Em seguida, comentou sua publicação em resposta a uma crítica: “Tenho muitos amigos afro descendentes e não generalizei em momento algum !!! Não tenho preconceito, disse q entendo algumas vezes... Saibam ler as coisas antes de criticar... Mas tenho pavor a ignorância e infelizmente tem alguns negros q não podem msm ter nenhuma posição …E todos nos sabemos disso ! Não sejamos hipócritas !!!!”
Comentar
Compartilhe
Morre Bispo Emérito de Campos, Dom João Corso
15/10/2014 | 10h46

O Bispo Emérito de Campos, Dom João Corso faleceu aos 86 anos. O corpo está sendo trazido de São Paulo, onde o Bispo estava internado, para velório e sepultamento na Catedral Diocesana. Ele foi Bispo de 1990 a 1995, sucedendo Dom Carlos Alberto Navarro e sendo sucedido por Dom Roberto Guimarães.

Saiba mais sobre Dom João Corso

Foi nomeado Bispo de Campos por sua Santidade o papa João Paulo II no dia 12 de outubro de 1990 sendo sagrado e tomando posse em nossa cidade em 8 de dezembro do mesmo ano na festa da Imaculada Conceição de Maria presidida por D. Carlos Alberto Navaro seu antecessor, já Arcebispo de Niterói. Nasceu em Cajobi - São Paulo na Diocese de Barretos em 1928. Professou na Congregação Salesiana de D. Bosco em 1944 e ordenado Presbítero em 1953 é Doutor em direito canônico na universidade pontifícia Salesiana de Roma (1957), com diploma em sociologia pastoral (Roma) em regência e canto gregoriano (Rio de Janeiro) além de outra especializações pastorais. Antes de se tornar Bispo trabalhava em casa de informações religiosas e sacerdotal por mais de 30 anos, dentre elas estão os institutos Pio XI de São Paulo por 25 anos, na Universidade Pontifícia Salesiana de Roma e no Instituto de Direito Canônico do Rio de Janeiro Foi Professor de Direito Canônico e Direito Civil comparado, Moral Fundamental, Teologia Espiritual, Pastoral Paroquial e Cultural Religiosa. Foi também promotor de justiça e defensor do vinculo por 7 anos, Vigário Judicial e Presidente do Tribunal Regional de Apelação de São Paulo por mais de 5 anos, e ainda Consultor da Comissão para Interpretação do Código de Direito Canônico e da Congregação para o Clero, e Pároco em São Paulo e em São Carlos se dedicando ás Pastorais Paroquial Familiar Como Bispo D. João Corso marcou por suas obras como por exemplo à construção de Seminário Menor Maria Imaculada e reforma do Centro Diocesano de Pastoral, criação de novas paroquiais aumentando o território da Diocese, e um pouco antes de deixar Campos reformou a residência episcopal respeitando seu estilo e arquitetura. Por motivos de saúde pediu exoneração e desde 22 de novembro de 1995 passou a responder como administrador Apostólico, tarefa desempenhada até a sua ordenação e posse de D. Roberto Gomes Guimarães seu sucesso hoje D. João Corso é presidente do Tribunal Eclesiático Regional do Rio de Janeiro e Bispo Emérito de Campos.

Atualização:

De acordo com a Mitra Diocesana de Campos o corpo chegará na Catedral Basília Menor Santíssimo Salvador entre 23h a 0h de hoje. Amanhã, quinta-feira haverá Santa Missas as 07h, 12h e às 15h, o sepultamento será as 16h na própria Catedral.
Comentar
Compartilhe
Boca de urna: Pezão e Garotinho no 2º turno
05/10/2014 | 06h03
Luiz Fernando Pezão (PMDB) – 34% Garotinho (PR) – 28% Marcelo Crivella (PRB) – 18% Lindberg Farias (PT) – 11% Tarcisio Motta (PSOL) – 7% Dayse Oliveira (PSTU) – 1% Ney Nunes (PCB) – 1%
 (Informações do Blog Ponto de Vista, de Christiano Abreu Barbosa - aqui)
Comentar
Compartilhe
Procuradoria denuncia Garotinho por compra de votos e abuso de poder
23/10/2014 | 02h04
O deputado federal Anthony Garotinho, que se candidatou ao cargo de governador do Rio de Janeiro nas eleições deste ano, e Márcio Garcia, que concorreu como vice dele, vão responder a mais uma ação de investigação judicial eleitoral proposta pela Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro (PRE/RJ). Desta vez, Garotinho e Garcia são acusados de abuso de poder econômico e compra de votos por meio do programa de rádio “Fala Garotinho”. O radialista Rodrigo Machado, apresentador do programa, também é réu na ação. Se condenados, eles podem ficar inelegíveis por oito anos e pagar multa.
O procurador regional eleitoral, Paulo Roberto Bérenger, relata na ação que o programa “Fala Garotinho”, transmitido pela Rádio Família FM, sorteou brindes aos ouvintes que iam de smartphones a eletrodomésticos. Para participar, bastava ligar de qualquer lugar do estado para o número do programa, ao custo de uma ligação local. O número ficava registrado e, caso a produção ligasse de volta para o ouvinte, ele não deveria dizer “alô” ao atender, e sim “Fala Garotinho”. De acordo com informações da equipe de fiscalização do Tribunal Regional Eleitoral, em apenas dois dias de monitoramento o valor dos prêmios distribuídos ultrapassou R$ 55 mil.
A ação ainda demonstra que, além da distribuição de brindes, o programa promovia a candidatura de Garotinho por meio da divulgação da agenda da Caravana da Paz e das constantes críticas ao governo estadual. “A atividade desenvolvida pelo programa confundia-se com a atividade política de Anthony Garotinho e, por conseguinte, de Márcio Garcia”, afirma Paulo Bérenger.
(Fonte: Assessoria)
Comentar
Compartilhe
Reeleita, Dilma prega união e diálogo
26/10/2014 | 10h49
Em seu primeiro discurso como presidente reeleita do Brasil, Dilma Rousseff pediu união dos brasileiros e enumerou o que será prioridade em seu governo. Ao lado das lideranças dos partidos aliados, Dilma, por duas vezes cumprimentou o vice Michel Temer, o chamando de "companheiro de todas as horas". Fez um agradecimento especial à militância combativa e, mais especial ainda, ao "militante número 1": O ex-presidente Lula. Dilma se comprometeu em lutar pela reforma política, pelos setores econômicos e pelas causas sociais. Disse, também, que o Brasil não saía dividido e que seu primeiro compromisso do novo governo é "buscar o diálogo" Minhas primeiras palavras são de chamamento à base e à união. Nas democracias, união não significa necessariamente unidade de ideias. Pressupõe, em primeiro lugar, abertura e disposição para o diálogo. Essa presidenta está disposta para o diálogo e esse é meu primeiro compromisso para o segundo mandato: diálogo - disse. Dilma lembrou que "mudança" foi o termo mais presente ao longo da campanha e disse que foi "reconduzida ao poder" para fazer "grandes mudanças".  
Comentar
Compartilhe
Promotores expedem recomendação sobre greve de ônibus no dia da eleição
02/10/2014 | 10h21
Os promotores eleitorais de Campos expediram recomendação em conjunto e dirigida aos sindicatos envolvidos na questão da greve dos ônibus. Eles orientam, sob as penas da lei, que as decisões da Justiça do Trabalho no que tange ao funcionamento da frota de veículos sejam rigorosamente cumpridas no dia 5 de outubro e, por conseguinte, para que a normalidade das eleições seja garantida. Confira no link abaixo: Recomendacao Conjunta n. 001.2014
Comentar
Compartilhe
Votação dos candidatos ao Governo do Estado
05/10/2014 | 12h32
[caption id="attachment_13870" align="aligncenter" width="300"] Ernesto Carriço - O Dia[/caption] Luiz Fernando Pezão O governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), que busca à reeleição no Estado, fez uma verdadeira ‘maratona’ para votar em Piraí, no Sul Fluminense. O candidato caminha cerca de oito quilômetros do Centro até o bairro de Ribeirão das Lajes, onde fica a sua zona eleitoral. Antes, Pezão tomou café da manhã com a sua esposa Maria Lúcia e a acompanhou até o Centro do município, onde ela votou. O candidato, que seguiria logo após votar para a capital fluminense, mudou a agenda e só vai voltar na parte de tarde. [caption id="attachment_13871" align="aligncenter" width="300"] Leo Berenger[/caption]
 Anthony Garotinho
"Esperança no 2 turno e em aliança de forças populares" Em segundo nas pesquisas, o deputado Anthony Garotinho (PR) chegou por volta das 10h deste domingo a Campos. Ele veio do Rio de helicóptero e, antes de votar, passou em casa, onde cumprimentou vizinhos e apoiadores de sua candidatura. Em seguida, por volta das 11h, foi andando até o local de votação, o Ciep Nilo Peçanha. Depois de votar, Garotinho disse que espera que as candidaturas populares estejam unidas no segundo turno, em uma sinalização de que vai apoiar ou ser apoiado pelo senador Marcelo Crivella (PRB), terceiro lugar nas pesquisas recentes. — Sabíamos que as forças conservadoras do estado iam se unir contra uma candidatura popular, em torno da candidatura do Pezão. Infelizmente, alguns setores populares não entenderam isso e se dividiram no primeiro turno. Mas espero que, caso uma das candidaturas populares vá para o segundo turno, nós estejamos juntos e possamos derrotar esse governo que trouxe tanta injustiça para a maioria das pessoas — afirmou, acompanhado de Rosinha e as filhas Clara e Amanda. Marcelo Crivella "Garotinho é coisa do passado e Pezão representa o que está aí" O senador e candidato ao governo do estado do Rio de Janeiro Marcelo Crivella (PRB) disse que “Garotinho é coisa do passado e Pezão representa o que está aí”. Ele chegou para votar às 9h28 no Clube dos Marimbás, em Copacabana, acompanhado da mulher, dos dois filhos e da nora. Cumprimentou eleitores e conversou com a imprensa. — As pessoas querem algo diferente, estou muito esperançoso. Lindberg Farias "Estou otimista e torcendo pelo segundo turno" Com atraso de mais de uma hora, o candidato e senador Lindberg Farias (PT) votou na Igreja de São Jorge e Nossa Senhora de Fátima, no centro de Nova Iguaçu, e disse acreditar em sua presença no segundo turno. — Estou otimista com o segundo turno. Agora vou para casa com minha família acompanhar os resultados — disse o senador, que seguiu para seu apartamento do Leblon. Ao chegar numa van com a mulher, Maria Antônia Goulart, os três filhos, a mãe Ana Maria, de 72 anos, o irmão e primos, o ex-prefeito foi aplaudido e vaiado ao mesmo tempo. A mãe do candidato, inclusive, chegou a ir atrás de um eleitor que vaiou seu filho. Tarcísio Motta ¨Debates foram importantes" O candidato a governador do Rio Tarcísio Motta (PSOL) votou, na manhã deste domingo, no Instituto João Alves Affonso, em Laranjeiras, no Rio. Ele foi à seção 37 da 16ª zona eleitoral por volta das 9h20 e chamou a atenção de quem estava no local. Até mesmo os mesários pediram para tirar selfie com o candidato. Eleitores que estavam na seção também pediram pra tirar uma foto com Tarcísio. Nenhuma delas foi feita próximo à cabine de votação. Ao final da votação, o candidato se disse esperançoso de ir para o segundo turno: — Os debates foram muito importantes para a gente porque todos os candidatos tiveram o mesmo tempo de fala.  O blog do Bastos também postou aqui. (Fontes: O Dia, O Globo e Extra)
   
Comentar
Compartilhe
TRE manda e Google tira vídeo do Porta dos Fundos que cita Garotinho
01/10/2014 | 04h19
Por determinação da coordenadora estadual da fiscalização, juíza Daniela Assumpção de Souza, a Google Brasil retirou, nesta terça-feira (30), o vídeo "Você me Conhece", do canal de humor "Porta dos Fundos", veiculado no Youtube. Postado na segunda-feira (29), quando teve mais de 188 mil visualizações, o vídeo faz propaganda negativa do candidato ao governo Anthony Garotinho (PR), associando o ex-governador a um criminoso fictício que se candidata a deputado federal. Em caso de desobediência, a empresa pagaria multa diária de R$ 100 mil. Com uma arma apontada para a cabeça de um refém, chamado de "Marcelo", o candidato a deputado federal Tião do Fuzil ameaça "dar um tiro na cabeça dele", se não receber o voto do "eleitor brasileiro". O candidato ainda lembra que o povo pode confiar nele, porque "o Brasil sabe que eu nunca roubei, matei nem estuprei ninguém sem motivo". Após dizer que também sequestrou a mãe, o pai, a irmã e a mulher do refém Marcelo, o criminoso anuncia o bordão "pela família, pela vida, vote Tião; para governador, Garotinho", que foi considerado ofensivo ao candidato do PR. (Fonte: TRE)
Comentar
Compartilhe
Aliança em torno de Pezão já reúne 21 partidos
13/10/2014 | 10h24
  O governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), candidato à reeleição, hoje o apoio do PROS e do PDT e a adesão de uma corrente do PCdoB liderada por Adolfo Konder, que foi candidato a deputado estadual. Com isso, a aliança do governador alcançou o apoio formal de 21 siglas. Além das 18 que fazem parte da coligação desde o primeiro turno e das duas que anunciaram a posição hoje, o PTdoB também declarou apoio a Pezão. O governador conta ainda com a adesão da corrente do PT liderada pelo prefeito de Niterói, Rodrigo Neves. Agora, Pezão está atuando para contar com prefeitos e outros nomes do PSB, que liberou os filiados no Rio. A aliança é a retomada de uma parceria que quase se confirmou no primeiro turno. Felipe Peixoto seria indicado como candidato a vice de Pezão, mas a escolha de Cesar Maia (DEM) para concorrer ao Senado na chapa encabeçada pelo PMDB desfez o acordo, e o PDT ficou oficialmente neutro no primeiro turno. No entanto, Lupi e o próprio Peixoto participaram ativamente da campanha de Pezão. (Fonte: O Globo)      
Comentar
Compartilhe
Inscrições abertas para Tecnologia em Segurança Pública
16/10/2014 | 05h15
O governo do estado, por meio da Fundação Cecierj (Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro), órgão da Secretaria de Ciência e Tecnologia, abriu as inscrições para o vestibular do curso de tecnologia em segurança pública. Oferecida na modalidade de ensino a distância em regime semipresencial, a graduação gratuita é uma parceria entre o Governo do Estado e a Universidade Federal Fluminense (UFF). As inscrições podem ser feitas até dia 30 deste mês, no site www.cederj.edu.br. São 500 vagas destinadas a profissionais da ativa da Segurança Pública, sendo 80% para policiais civis e militares do Rio de Janeiro e 20% a guardas municipais, agentes penitenciários, bombeiros, policiais rodoviários federais, policiais federais, membros das Forças Armadas, agentes portuários e policiais civis e militares de outros estados.
 (Fonte: Assessoria)
Comentar
Compartilhe
Nildo Cardoso: "A oposição agora teve os votos que foram da prefeita em 2012"
06/10/2014 | 01h18
Líder da oposição e presidente do PMDB em Campos, o vereador Nildo Cardoso não se surpreendeu com o resultado das eleições: "Avisei em mar que Pezão estava no 2 turno. Só não sabia contra quem". Nildo disse que, em entrevista na tarde de sábado, afirmou que Crivella estava no segundo turno e que Garotinho faria em Campos os mesmos votos da oposição em 2012 e a oposição faria os votos que elegeram a prefeita Rosinha: 62% a 38%: "Ontem o resultado foi 61% a 39%. Não sou Mãe Dinah, mas sei entender o que vejo e ouço nas ruas". O vereador disse, ainda, que Pezão voltará a Campos para agradecer os votos conquistados e pedir apoio para continuar seu trabalho pelo povo de todo o Estado do Rio.
Comentar
Compartilhe
Os 27 senadores eleitos no país
06/10/2014 | 01h36
A apuração ainda não foi concluída em todos os Estados, mas já estão definidos os 27 senadores que terão mandato a partir de 1º de janeiro. PMDB com cinco senadores, PDT com quatro, PSDB com quatro, PSB com três e DEM com três foram os grandes vencedores. Veja a seguir a lista completa dos eleitos (os percentuais de voto ainda podem ser alterados): São Paulo: José Serra (PSDB), com 58,49% dos votos válidos (11.105.874 milhões de votos). Rio de Janeiro: Romário (PSB), com 63,4% dos votos válidos. Minas Gerais: Antonio Anastasia (PSDB), com 56,7% dos votos válidos. Acre: Gladson Cameli (PP), com 55,1% dos votos válidos. Alagoas: Fernando Collor de Mello (PTB), com 57,6% dos votos válidos. Amazonas: Omar Aziz (PSD), com 58,7% dos votos válidos. Amapá: Davi Alcolumbre (DEM), com 36,3% dos votos válidos. Bahia: Otto Alencar (PSD), com 55,1% dos votos válidos. Ceará: Tasso Jereissati (PSDB), com 58,1% dos votos válidos. Distrito Federal: Reguffe (PDT), com 57,61% dos votos válidos. Espírito Santo: Rose de Freitas (PMDB), com 46,2% dos votos válidos. Goiás: Ronaldo Caiado (DEM), com 47,6% dos votos válidos. Maranhão: Roberto Rocha (PSB), com 51,6% dos votos válidos. Mato Grosso do Sul: Simone Tebet (PMDB), com 52,6% dos votos válidos. Mato Grosso: Wellington Fagundes (PR), com 48,1% dos votos válidos. Pará: Paulo Rocha (PT), com 45,9% dos votos válidos. Paraíba: José Maranhão (PMDB), com 37,3% dos votos válidos. Pernambuco: Fernando Bezerra Coelho (PSB), com 64,5% com votos válidos. Piauí: Elmano O Veín Trabalhador (PTB), com 61,8% dos votos válidos. Paraná: Alvaro Dias (PSDB), com 77% dos votos válidos. Rio Grande do Norte: Fátima (PT), com 55,2% dos votos válidos. Rondônia: Acir Gurcacz (PDT), com 42% dos votos válidos. Roraima: Telmário Mota (PDT), com 40,5% dos votos válidos. Rio Grande do Sul: Lasier Martins (PDT), com 37,4% dos votos válidos. Santa Catarina: Dário (PMDB), com 42,8% dos votos válidos. Sergipe: Maria do Carmo (DEM), com 48,9% dos votos válidos. Tocantins: Katia Abreu (PMDB), com 41,7% dos votos válidos.
 

Comentar
Compartilhe
Campanha de Crivella buscou Aécio, mas...
09/10/2014 | 07h58
Coordenadores da campanha do senador Marcelo Crivella, que concorre ao Governo do Rio, tentou aproximação com o comando da campanha do senador Aécio Neves, candidato à presidência da República, mas os tucanos acharam melhor não "encompridar a conversa". Além de não querer complicar a relação com o presidente regional do PMDB, Jorge Picciani, que encabeça o movimento "Aezão" - Aécio/Pezão - desde o início, temem que o o PRB queira apenas pressionar o PT, da presidente Dilma Rousseff. A informação é do Informe O Dia. Ontem, no debate promovido pela ‘Veja’ na OAB-RJ, Crivella lançou uma farpa na direção da aliada Dilma Rousseff. Falou no “assalto” de R$ 1 bilhão à Petrobras. Disse que o rombo pode chegar a R$ 10 bilhões. Não foi a primeira vez. No último debate do primeiro turno, apesar da declarada dobradinha formada com Lindberg Farias, Crivella também citou as denúncias contra a Petrobras.    
Comentar
Compartilhe
Prefeitura desmente rombo de R$ 600 milhões
31/10/2014 | 12h44
Do Blog do Bastos:

Prefeitura garante: “não existe rombo de R$ 600 milhões”

Por alexandre bastos, em 30-10-2014 - 14h06
Na última segunda-feira (27) o jornal online Terceira Via publicou matéria informando que “menos de um mês após a eleição que derrotou o candidato ao Governo do Estado Anthony Garotinho, Campos experimenta o mesmo momento turbulento que viveu o ex-governador depois que recebeu o resultado da apuração dos votos no dia 5 de outubro. Segundo informações de fontes ligadas à Secretaria de Governo, do início da campanha eleitoral deste ano até agora foram gastos mais de R$ 600 milhões dos cofres da Prefeitura de Campos – dinheiro público usado na campanha do ex-candidato. Coincidência ou não, pequenas, médias e grandes empresas instaladas na cidade – e que prestam serviços à prefeitura – estão fechando as portas ou tomando empréstimos bancários porque não receberam os repasses que lhes eram devidos”. Ontem (29), dois dias depois, a Prefeitura divulgou nota informando que a matéria é “leviana, inverídica e sem comprovação jurídica”. De acordo com a nota, a Prefeitura vai “interpelar juridicamente os autores da reportagem para que iformem suas fontes ou para que apresentem provas”. Sobre as  pendências com os fornecedores, a Prefeitura informa que a culpa é do “dos atrasos dos repasses dos royalties do petróleo”. Confira a nota:
Comentar
Compartilhe
Aécio vota, mas não faz "V" da vitória
26/10/2014 | 11h27
  Acompanhado da esposa, o candidato à Presidência da República pelo PSDB Aécio Neves votou, às 10h30 deste domingo, no Colégio Estadual Central, na região central de Belo Horizonte. Em menos de 10 minutos, ele confirmou o seu voto na urna eletrônica. Na saída, o presidenciável cumprimentou eleitores e mesários na sala de votação e, ao invés de fazer o clássico "V" da vitória, ele optou por posar para fotos fazendo um "45" com as mãos.
Comentar
Compartilhe
Churrascão no Asilo do Carmo
11/10/2014 | 11h15
O Asilo do Carmo, que completou 110 anos na última quinta-feira, realiza hoje, domingo, um churrascão. Vale a pena conferir:
Comentar
Compartilhe
Superiores orientaram Sabesp a não alertar população a respeito da falta de água
24/10/2014 | 09h49
Se alguém tinha dúvidas da irresponsabilidade do governo paulista diante da crise da água, leia a matéria e ouça o áudio. Quem serão os "superiores" da presidência da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo S.A? Em uma reunião com a cúpula dos dirigentes da Sabesp, a presidente da estatal paulista, Dilma Pena, admitiu ter recebido ordens de seus superiores para não orientar a população de São Paulo a economizar água. A informação foi noticiada hoje por O Globo. De acordo com o áudio, Dilma Pena critica a orientação superior, mas diz que é obrigada a obedecer: "Cidadão, economize água". Isso tinha de estar reiteradamente na mídia, mas nós temos de seguir orientação, nós temos de seguir orientação, nós temos superiores, e a orientação não tem sido essa. Mas é um erro”, diz a presidente da estatal, na gravação. Ela afirma ainda que contestou essas ordens para seus próprios superiores, mas não foi ouvida. Confira aqui.
Comentar
Compartilhe
PRE pede - de novo - inelegibilidade de Garotinho e vice
01/10/2014 | 01h01
A Procuradoria Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (PRE/RJ) questiona em duas novas ações o uso indevido dos meios de comunicação pelos candidatos a governador Anthony Garotinho e a vice-governador Márcio Garcia, ambos do PR. Em uma delas, também respondem o candidato a deputado federal Renatinho da Construção (PR) e o representante do Jornal Regional, de Vassouras (RJ), Luiz Fernando dos Santos. Na outra, responde o representante do Jornal Agora, de Campos dos Goytacazes (RJ), Carlos Cunha. A ação aponta que os dois jornais divulgaram amplamente a candidatura de Garotinho e veicularam notícias para denegrir a imagem de seus adversários políticos, especialmente Sérgio Cabral e Pezão. No caso do Jornal Regional, seu uso indevido a favor de Garotinho e Renatinho da Construção é ilustrado com trechos de matérias com títulos como “Cabral gasta bilhões com os ricos e Garotinho ouve queixas dos pobres” e “Renatinho é homenageado em Paraíba do Sul”. No caso do Jornal Agora, são citadas manchetes como “Cabral roubou tudo, até a rejeição de Garotinho” e “Dá pra levar esse candidato a sério?”, acompanhada de uma foto do candidato Pezão apoiando os pés descalços sobre uma mesa. “A gravidade da conduta é indiscutível, considerando-se que a imagem de Anthony Garotinho foi intensamente privilegiada, não só pelo espaço que recebeu para depreciar seus adversários, como pela forma como foi construída a redação da reportagem pelos jornais e pela sua maciça divulgação da propaganda eleitoral do candidato”, argumenta o procurador regional eleitoral, Paulo Roberto Bérenger.   O uso indevido dos meios de comunicação acontece quando o conteúdo divulgado tem potencial para influenciar no resultado das eleições. Se foram condenados, os representados podem ter cassada a candidatura ou diploma (se eleitos) e ficarem inelegíveis oito anos. (Fonte: Ascom PRE)
ONTEM Como foi noticiado no Bastos, a PRE pediu cassação de registro do governador Pezão por "pacote de bondades" A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE/RJ) quer a cassação do registro da candidatura do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) por publicar, em junho e julho, leis que concederam reajustes para 24 carreiras do funcionalismo público estadual, além de reestruturar e criar planos de carreiras para diversos órgãos públicos. Para garantir eleições equilibradas, a legislação proíbe a realização de revisão geral de remuneração, a partir de 8 de abril até a posse dos eleitos, que superem os índices de inflação constatados no ano das eleições (Lei 9.504/97, art. 73, VIII c/c Resolução TSE nº 23.404, art. 50, inciso VIII).
Comentar
Compartilhe
Crivella desiste de sabatina sobre economia
10/10/2014 | 11h05
Depois de confirmar presença, e de sua assessoria participar de todas as etapas de discussão das regras do "Encontro do Comércio", realizado pela Fecomércio do Rio de Janeiro, com o apoio do Senac e do jornal O DIA, o candidato do PRB ao Governo do Estado, senador Marcelo Crivella, entrou em contato com a produção do evento para informar que não iria participar da sabatina da manhã desta sexta-feira, que seria mediada pelo jornalista Octávio Costa, chefe de redação do jornal Brasil Econômico. Durante a campanha no primeiro turno, Crivella e todos os principais candidatos haviam participado da sabatina. Porém, a participação do governador e candidato à reeleição, Luiz Fernando Pezão (PMDB), no "Encontro do Comércio", está confirmada para a tarde desta sexta, às 15h30.
 (Fonte: O Dia)
Comentar
Compartilhe
Ibope e Datafolha: Dilma lidera para Presidência
25/10/2014 | 08h42
  Pesquisa Ibope divulgada hoje aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República: - Dilma Rousseff (PT): 53% - Aécio Neves (PSDB): 47% Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo". No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 23, Dilma tinha 54% e Aécio, 46%. Votos totais Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são: - Dilma Rousseff (PT): 49% - Aécio Neves (PSDB): 43% - Branco/nulo: 5% - Não sabe/não respondeu: 3% O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 206 municípios nos dias 24 e 25 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01195/2014. Datafolha Pesquisa Datafolha divulgada hoje aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República: - Dilma Rousseff (PT): 52% - Aécio Neves (PSDB): 48% Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo". De acordo com o Datafolha, a presidente Dilma Rousseff (PT) chega à véspera da votação empatada tecnicamente com seu adversário, Aécio Neves (PSDB). Mas, segundo o instituto, "é maior a probabilidade de Dilma estar à frente". No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 23, Dilma tinha 53%, e Aécio, 47%. Votos totais Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são: - Dilma Rousseff (PT): 47% - Aécio Neves (PSDB): 43% - Em branco/nulo/nenhum: 5% - Não sabe: 5% Os dois candidatos estão tecnicamente empatados dentro do limite da margem de erro. O Datafolha ouviu 19.318 eleitores em 400 municípios nos dias 24 e 25 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01210/2014. O Blog do Bastos publicou primeiro aqui.
Comentar
Compartilhe
Morre advogado Francisco de Assis Ribeiro
06/10/2014 | 03h44

  A OAB/Campos divulgou nota há pouco comunicando e lamentando o falecimento do advogado Francisco de Assis  Cardoso Ribeiro. Advogado há mais de 60 anos, era comum, até pouco tempo, encontrar com ele caminhando pela av. 7, indo ou voltando do Centro.
Nota de Falecimento "A vida não passa de uma oportunidade de encontros." (Victor Hugo) Tomada de profundo pesar, a OAB/Campos informa o falecimento do advogado Dr. FRANCISCO DE ASSIS CARDOSO RIBEIRO, brilhante causídico que há mais de 60 anos atuava de forma correta, íntegra e firme no exercício da advocacia, sendo um exemplo para todos os colegas que puderam desfrutar de sua convivência.
Informamos que o sepultamento se dará às 17 horas do dia de hoje (06 de outubro) no Campo da Paz, local em que o corpo encontra-se sendo velado. Aos familiares e amigos, nosso abraço consternado.  
Comentar
Compartilhe
Ibope e Datafolha mostram Dilma na frente
23/10/2014 | 07h23
  Pesquisa Ibope divulgada hoje aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República: - Dilma Rousseff (PT): 54% - Aécio Neves (PSDB): 46% Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo". No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 15, Aécio tinha 51% e Dilma, 49%. Votos totais Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são: - Dilma Rousseff (PT): 49% - Aécio Neves (PSDB): 41% - Branco/nulo: 7% - Não sabe/não respondeu: 3% O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 203 municípios entre os dias 20 e 22 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01168/2014. Datafolha Pesquisa Datafolha divulgada hoje aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República: - Dilma Rousseff (PT): 53% - Aécio Neves (PSDB): 47% Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo". De acordo com o Datafolha, a presidente Dilma Rousseff (PT) tem uma vantagem inédita sobre Aécio Neves (PSDB) no segundo turno da eleição presidencial. No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 22, Dilma tinha 52%, e Aécio, 48% dos votos válidos. Votos totais Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são: - Dilma Rousseff (PT): 48% - Aécio Neves (PSDB): 42% - Em branco/nulo/nenhum: 5% - Não sabe: 5% O Datafolha ouviu 9.910 eleitores em 399 municípios nos dia 22 e 23 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01162/2014. (Fonte: G1) O Blog do Bastos postou primeiro aqui.
Comentar
Compartilhe
Desemprego em setembro é menor no mês desde 2002
23/10/2014 | 10h23
A taxa de desemprego ficou em 4,9% em setembro, informou hoje o IBGE, praticamente estável em relação a agosto, quando havia sido de 5%. É a menor taxa para o mês desde o início da série histórica, em 2002. Por outro lado, a procura por emprego, que tinha subido em agosto, voltou cair 0,3% no mês passado em relação ao mês anterior. Já o contingente de pessoas fora da força de trabalho registrou um avanço de 0,7% frente a agosto e uma alta de 3,7% na comparação com setembro de 2013. No mês passado, o contingente de desocupados ficou em 1,2 milhão de pessoas. A ocupação caiu 0,2% entre agosto e setembro e registra recuo de 0,4% em relação a setembro do ano passado. (Fonte: O Globo)  
Comentar
Compartilhe
Com 95% dos votos apurados: Dilma 50,99%, Aécio 49,01%
26/10/2014 | 08h01
Saiu a primeira parcial para a presidência da República: Dilma 50,99%, Aécio 49,01%
Comentar
Compartilhe
STF investiga 140 deputados federais: 11 são do Rio e 2 de Campos
02/10/2014 | 01h31
O blog do sempre atento Ricardo André Vasconcelos (aqui) traz levantamento dos deputados federais investigados pelo Supremo Tribunal Federal. Dos 140 parlamentares (1/3 do total), 11 são do Rio e 2 (os únicos dois, aliás) de Campos. Ricardo grifou em seu post os do Rio, ao que acrescentei outro grifo, vermelho. Vale ressaltar que são investigações. Condenação é outra história.
  quarta-feira, 1 de outubro de 2014

DOS 140 DEPUTADOS INVESTIGADOS PELO STF, 11 SÃO DO RJ E DOIS DE CAMPOS

Veja a relação dos 140 integrantes da Câmara alvos de inquérito ou ação penal no Supremo Tribunal Federal e o cargo que cada um disputa este ano. "AP" é a abreviatura de Ação Penal e significa que o parlamentar já teve a denúncia aceita pelo STF e "Inq" é Inquérito, ou seja, ainda está sendo investigado e os ministros do STF (por maioria) podem aceitar ou arquivar as denúncias.Como a Câmara tem 503 deputados, os 140 representam cerca de 1/3 do total da Casa. Dos 46 deputados eleitos pelo Rio de Janeiro, 11 estão na lista, incluindo Anthony Garotinho (duas ações penais e três inquéritos) e Paulo Feijó (uma ação penal).
Abaixo a relação dos deputados com Ação Penal ou Inquérito. Os do Estado do Rio foram destacados pelo Blog. A relação original está no site Congresso em Foco (aqui). Veja o que disseram os que retornaram o contato da reportagem do Congresso em Foco (aqui).
Abelardo Camarinha (PSB-SP)Deputado estadual AP  478 – Crimes contra a honra AP 417   Crimes contra o meio ambiente Inq   2869  Crimes contra a ordem tributária Inq   3316   Corrupção passiva, peculato Inq   3667  Crimes da Lei de Licitações Adrian  (PMDB-RJ)Deputado federal Inq 3676 – Crimes eleitorais (denúncia recebida pelo STF em 30/09/14) Inq 3725 – Crimes eleitorais
Aelton Freitas  (PR-MG) Deputado federal Inq 3811  Crimes contra a paz pública/incitação ao crime
Afonso Florence (PT-BA)Inq 3474   Improbidade administrativa
Aguinaldo Ribeiro (PP-PB)Deputado federal Inq 3146  Crimes da Lei de Licitações
Alexandre Roso (PSB-RS)Deputado federal AP  625  Homicídio simples Inq  3495  Crimes praticados por funcionários públicos contra a administração em geral
Alexandre Leite (DEM-SP)Deputado federal Inq 3760  Crimes eleitorais
Alfredo Kaefer (PSDB-PR)Deputado federal Inq 2642  Crimes eleitorais Inq 3678  Crimes contra o patrimônio
Aline Corrêa (PP-SP)Deputado federal AP 621  Falsificação de documento público
André Moura (PSC-SE)Deputado federal Inq 3110  Crimes eleitorais Inq 3204  Quadrilha ou bando, improbidade administrativa Inq 3221  Crimes de responsabilidade Inq 3224  Crimes de responsabilidade, quadrilha ou bando Inq 3516  Crimes de responsabilidade (c/ parecer pelo recebimento da denúncia) Inq 3594  Crimes da Lei de Licitações, peculato
Aníbal Gomes  (PMDB-CE)Deputado federal AP  347  Crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores Inq  3527  Crimes eleitorais, captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral Inq  3655  Peculato Inq  3668  Peculato
Anthony Garotinho (PR-RJ)Governador AP  640 – Corrupção passiva, quadrilha ou bando, crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores AP  867 – Calúnia e difamação Inq  2601 – Crimes eleitorais Inq 3519 – Peculato Inq 3741 – Ameaça e difamação
Antônia Lúcia   (PSC-AC)Deputado federal AP  585  Peculato AP  587  Crimes eleitorais Inq 3083  Crimes eleitorais Inq 3338  Crimes Eleitorais
Antônio Andrade (PMDB-MG)Vice-governador Inq 3863  Falsidade ideológica
Antonio Bulhões (PRB-SP)Deputado federal Inq 2930  Peculato
Arthur Lira  (PP-AL)  Deputado federal Inq  3515  Crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores, corrupção passiva AP   869  Ameaça
Assis Carvalho  (PT-PI)Deputado federal Inq 3103  Apropriação indébita previdenciária Inq  3664  Crimes praticados por funcionários públicos contra a administração em geral Inq 3175  Apropriação indébita previdenciária Inq 3664  Peculato
Assis Melo (PCdoB-RS)Deputado federal Inq 3651  Invasão de estabelecimento industrial, comercial ou agrícola, sabotagem
Augusto Coutinho (SD-PE)Deputado federal Inq 3669  Crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético
Berinho Bantim (SD-PR)Deputado estadual AP 704 – Peculato, quadrilha ou bando
Bernardo Santana de Vasconcellos (PR-MG)Deputado federal AP  611  Crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético Inq  3273  Crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético, uso de documento falso (denúncia recebida parcialmente) Inq  3276  Crimes contra a ordem tributária
Beto Mansur (PP-SP)Deputado federal AP 580  Crimes de responsabilidade AP 635  Redução a condição análoga à de escravo Inq 2519  Crimes praticados por funcionários públicos contra a administração em geral Inq 2688  Crimes de responsabilidade Inq 3793  Crimes contra a liberdade pessoal/redução a condição análoga à de escravo Inq 3013  Crimes de responsabilidade
Bonifácio de Andrada (PSDB-MG)Deputado federal Inq 2757  Apropriação indébita previdenciária, sonegação de contribuição previdenciária
Camilo Cola (PMDB-ES)Deputado federal Inq 3775  Crimes contra a ordem tributária Inq  3859  Crimes contra o patrimônio Inq  3808 – Crimes contra a liberdade pessoal/redução a condição análoga à de escravo
Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO)Deputado estadual Inq  3443  Corrupção passiva
Carlos Bezerra  (PMDB-MT)Deputado federal AP  520  Peculato, crimes da Lei de Licitações Inq 3128  Crimes eleitorais
Carlos Magno (PP-RO)Vice-governador AP 566  Peculato AP 638  Crimes de responsabilidade, crimes da Lei de Licitações
Carlos Melles (DEM-MG)Deputado federal Inq 3860  Crimes contra o sistema financeiro nacional
Carlos Souza (PSD-AM)Deputado federal AP 671  Crimes de tráfico ilícito e uso indevido de drogas Inq 3643  Captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral
Celso Jacob (PMDB-RJ)Deputado federal Inq 3674 – Crimes da Lei de Licitações
César Halum (PRB-TO)Deputado federal Inq 3611  Peculato, falsidade ideológica, corrupção passiva
Chico das Verduras (PRP-RR)Deputado federal AP  711  Peculato
Cláudio Puty (PT-PA)Deputado federal Inq 3505  Corrupção passiva
Cleber Verde (PRB-MA)Deputado federal AP 497  Inserção de dados falsos em sistema de informações
Dalva Figueiredo (PT-AP)Deputado federal AP 491  Prevaricação Inq 2671  Peculato  (denúncia recebida) Inq 2838 – Peculato
Danilo Forte (PMDB-CE)Deputado federal Inq 3873  Crimes previstos na legislação extravagante/crimes da Lei de Licitações Inq 3317  Crime eleitoral
Décio Lima (PT-SC)Deputado federal Inq 2958   Sonegação de contribuição previdenciária
Delegado Protógenes   (PCdoB-SP) Deputado federal Inq 3764  Crimes praticados por funcionários públicos contra a administração em geral/violação do sigilo funcional AP  563  Violação do sigilo funcional, fraude processual
Dilceu Sperafico (PP-PR) Deputado federal AP   464  Apropriação indébita Inq 3655  Peculato Inq 3668  Peculato
Dimas Fabiano (PP-MG) Deputado federal Inq 3358   Crimes eleitorais (c/ parecer da PGR pelo recebimento da denúncia)
Domingos Neto (PSB-CE)Deputado federal Inq 3633  Crimes eleitorais, competência por prerrogativa de função
Edio Lopes (PMDB-RR)  Deputado federal Inq   2952  Crimes eleitorais
Edson Pimenta (PSD-BA) Deputado federal Inq   3803  Crime contra as finanças públicas
Eduardo Barbosa (PSDB-MG)Deputado federal Inq  3650  Peculato
Eduardo Gomes (SD-TO)Senador Inq  3784  Crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores Inq  3787  Crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores
Efraim Filho (DEM-PB)Deputado federal Inq 3653  Crimes da Lei de Licitações
Eliene Lima (PSD-MT)Deputado federal AP   882  Crimes eleitorais Inq 2678  Crimes Eleitorais Inq 2950  Crimes Eleitorais (c/ parecer pelo recebimento da denúncia) Inq 3785 – Crimes previstos na legislação extravagante /crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético
Erika Kokay (PT-DF)Deputado federal Inq 3098  Crimes contra a ordem tributária Inq  3699  Investigação penal
Evandro Milhomem (PCdoB-AP)Deputado federal Inq 3591  Assédio sexual
Félix Mendonça Júnior  (PDT-BA)Deputado federal Inq 3756   Crimes previstos na legislação extravagante
Fernando Marroni (PT-RS)  Deputado federal AP 523  Crimes da Lei de Licitações
Fernando Torres (PSD-BA) Deputado federal Inq 3784  Crimes previstos na legislação extravagante/crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores Inq 3787  Crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores
Flaviano Melo  (PMDB-AC)  Deputado federal AP 435  Peculato e crimes contra o sistema financeiro
Francisco Tenório (PMN-AL) Deputado estadual Inq 3015  Crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores AP  853  Peculato, quadrilha ou bando, crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores
Genecias Noronha (PMDB-CE) Deputado federal Inq 3288  Crimes eleitorais Inq 3403  Crimes eleitorais
Geraldo Resende (PMDB-MS) Deputado federal Inq 3352  Corrupção passiva
Geraldo Simões (PT-BA)Deputado federal AP 632  Crimes de responsabilidade Inq  2759  Crimes de Responsabilidade
Giovanni Queiroz (PDT-PA) Deputado federal Inq 3783  Crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético
Gladson Camelli (PP-AC) Senador Inq 3533  Crimes de trânsito Inq 3786  Crimes eleitorais/crimes contra a fé pública eleitoral/falsificação ou alteração de documento público para fins eleitorais
Gorete Pereira (PR-CE)Deputado estadual Inq 3387  – Convênio médico com o SUS
Guilherme Campos (PSD-SP) Deputado federal Inq 3514  Crimes eleitorais
Hugo Napoleão (PSD-PI) Deputado federal AP 628  Peculato, quadrilha ou bando
Izalci (PSDB-DF) Deputado federal Inq 3344  Prestação de contas (denúncia recebida) Inq 3671  Peculato
Jair Bolsonaro   (PP-RJ) Deputado federal Inq 3788 – Crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético (c/ parecer pelo recebimento da denúncia)
Jairo Ataíde (DEM-MG) Deputado federal AP 432  Crimes de responsabilidade AP 450  Crimes de Responsabilidade
Jânio Natal (PRP-BA) Deputado estadual AP 666  Sonegação de contribuição previdenciária, falsidade ideológica AP  682  Peculato, quadrilha ou bando, crimes de responsabilidade Inq 3437  Apropriação indébita previdenciária Inq 3510  Crimes de responsabilidade Inq  3518   Crimes de responsabilidade, prestação de contas Inq  3568  Crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético Inq  3585   Crimes da Lei de Licitações Inq 3656  Crimes de Responsabilidade Inq 3657  Crimes de Responsabilidade
Jaqueline Roriz (PMN-DF) – barrada pela Lei da Ficha Limpa, desistiu da candidatura e lançou no lugar o filho, Joaquim Roriz Neto (PMN-DF) Deputado federal AP  646  Uso de documento falso Inq 3113  Peculato Inq 3325  Falsidade ideológica Inq  3502  Investigação penal
Jefferson Campos (PSD-SP) Deputado federal AP  521 – Corrupção ativa, corrupção passiva, peculato, crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores
João Carlos Bacelar (PR-BA) Deputado federal Inq  2793  Desacato Inq  3701  Falsidade ideológica e peculato
João Lyra (PSD-AL) Deputado federal Inq 3412  Redução a condição análoga à de escravo Inq 3564  Frustração de direitos assegurados por lei trabalhista, aliciamento de trabalhadores de um local para outro do território nacional (denúncia recebida) Inq 3644  Crime ambiental Inq 3669  Crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético Inq 3686  Redução a condição análoga à de escravo, frustração de direitos assegurados por lei trabalhista
João Magalhães (PMDB-MG) Deputado estadual AP 670  Corrupção passiva Inq  2427  Crimes da Lei de Licitações Inq  3027  Crimes contra o sistema financeiro nacional Inq 3396  Tráfico de influência Inq 3539  Peculato Inq 3627  Corrupção passiva, crimes da Lei de Licitações Inq 3691  Crime de responsabilidade Inq 3712  Crime de responsabilidade
João Maia (PR-RN) Vice-governador Inq 3766  Crimes eleitorais
João Paulo Lima (PT-PE) Senador AP 561  Crimes da Lei de licitações AP 578  Improbidade administrativa Inq 3222  Crimes da Lei de Licitações
José Aníbal (PSDB-SP) 1º Suplente de senador Inq 3815  Crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores (o relator, ministro Marco Aurélio Mello, apresentou voto pelo arquivamento no dia 23/09, mas o julgamento foi adiado a pedido do ministro Roberto Barroso)
José Stédile (PSB-RS) Deputado federal AP 599  Crimes contra o sistema financeiro nacional Inq 3825  Direito processual penal/jurisdição e competência Inq 3582 – Crimes da Lei de Licitações
Josué Bengtson (PTB-PA) Deputado federal AP 695  Corrupção ativa, corrupção passiva, peculato, crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores AP 702 – Quadrilha ou bando, corrupção passiva, peculato, crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores, crimes da Lei de Licitações
Júlio Lopes (PP-RJ) Deputado federal Inq  3323  Uso de símbolos governamentais em propaganda eleitoral Inq 3414  Apropriação indébita previdenciária
Lelo Coimbra  (PMDB-ES) Deputado federal Inq  3071  Crimes eleitorais/captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral
Leonardo Quintão (PMDB-MG) Deputado federal Inq  2792  Crimes eleitorais
Lincoln Portela (PR-MG) Deputado federal Inq 3037  Crimes da Lei de Licitações
Lira Maia (DEM-PA) Vice-governador AP  517   Crimes de responsabilidade AP  518   Crimes de responsabilidade AP  524  Crimes previstos na legislação extravagante/crimes da Lei de Licitações AP 484  Crimes previstos na legislação extravagante/crimes de responsabilidade Inq 2742  Peculato Inq 2762   Crimes de responsabilidade Inq 2991  Crimes praticados por funcionários públicos contra a administração em geral Inq 3036  Crimes de responsabilidade Inq 3049  Crimes contra a organização do trabalho Inq 3057  Crimes contra a organização do trabalho Inq  3058  Crimes contra a organização do trabalho Inq  3301  Crimes eleitorais
Lourival Mendes (PTdoB-MA) Deputado federal Inq 3744  Crimes praticados por funcionários públicos contra a administração em geral/peculato
Luís Tibé (PTdoB-MG) Deputado federal Inq 3744  Crimes praticados por funcionários públicos contra a administração em geral/peculato Inq  3500  Crimes eleitorais, falsificação de documento público para fins eleitorais
Luiz Argôlo (PP-BA) Deputado federal Inq 3274  Crimes eleitorais
Luiz Carlos Heinze (PP-RS) Deputado federal Inq  3862  Crimes contra a paz pública/apologia de crime ou criminoso
Magda Mofato (PR-GO) Deputado federal Inq   3743  Crimes previstos na legislação extravagante/Crimes da Lei de Licitações
Marçal Filho (PMDB-MS) Deputado federal Inq  3352  Corrupção passiva
Marcelo Matos  (PDT-RJ)Deputado federal Inq  3082 – Crimes da Lei de Licitações
Márcio França (PSB-SP) Vice-governador Inq  3641  ITCD – Imposto de Transmissão Causa Mortis
Marco Feliciano (PSC-SP) Deputado federal Inq  3646  Investigação penal Inq  3835  Crimes previstos na legislação extravagante/crime resultante de preconceito de raça ou de cor
Marco Tebaldi  (PSDB-SC) Deputado federal AP  556  Crimes de responsabilidade AP  595  Crime de responsabilidade AP   560  Crimes da Lei de Licitações AP  569  Falsidade ideológica Inq 3073  Crimes de responsabilidade Inq 3753   Crimes da Lei de Licitações
Marcos Medrado (PDT-BA)Deputado federal Inq  3046  Crimes eleitorais
Mário Feitoza   (PMDB-CE) Deputado federal Inq  2872  Crimes contra o sistema financeiro nacional
Maurício Quintella Lessa (Pros-AL) Deputado federal Inq  2893  Peculato
Maurício Trindade (Pros-BA) Deputado federal AP 510  Tráfico de influência Inq 3139  Crimes eleitorais Inq 3219  Crimes eleitorais
Mauro Benevides (PMDB-CE) Deputado federal Inq 3682  Emprego irregular de verbas ou rendas públicas
Newton Lima    (PT-SP)Deputado federal AP  568   Crimes da Lei de Licitações
Nilson Leitão    (PSDB-MT) Deputado federal Inq  3492  Crimes da Lei de Licitações Inq  3605  Crimes da Lei de Licitações, quadrilha ou bando Inq  3629  Crimes da Lei de Licitações Inq  3630  Crimes da Lei de Licitações Inq  3631  Crimes da Lei de Licitações Inq  3632  Crimes da Lei de Licitações Inq  3711  Corrupção passiva AP 645  Crimes da Lei de Licitações
Osmar Terra (PMDB-PR) Deputado federal Inq  3320  Direito administrativo e outras matérias de direito público
Otávio Leite (PSDB-RJ) Deputado federal Inq 3717 – Crimes eleitorais
Paulo Cesar Quartiero  (DEM-RR) Vice-governador AP  590  Dano AP  603  Crimes contra a segurança nacional, a ordem política e social AP  649  Constrangimento ilegal, quadrilha ou bando AP  651  Sequestro e cárcere privado AP  668  Crimes contra o patrimônio AP  686 – Sequestro e cárcere privado Inq 3200  Crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético Inq 3275  Explosão, crimes contra a ordem econômica Inq 3537   Crimes de responsabilidade (denúncia recebida) Inq 3670  Crimes contra o patrimônio (denúncia recebida parcialmente) Inq  3713  Crimes contra a vida/homicídio qualificado Inq  3805  Crimes contra a incolumidade pública/incêndio
 Paulo Feijó (PR-RJ)
Deputado federal AP  694 – Corrupção ativa, corrupção passiva, peculato, crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores
Paulo Magalhães (PSD-BA) Deputado federal Inq 3732  Crimes praticados por particular contra a administração em geral/tráfico de influência Inq 3695  Crimes eleitorais
Paulo Maluf  (PP-SP) Deputado federal AP  477  Crimes contra o sistema financeiro nacional AP  863  Crimes contra o sistema financeiro nacional Inq 3545  Investigação penal (c/ parecer da PGR pelo recebimento da denúncia) Inq 3601  Crimes eleitorais
Paulo Pereira da Silva   (PDT-SP) Deputado federal Inq 2905  Peculato Inq 2725  Não informado Inq 2905  Peculato Inq 3901  Corrupção passiva
Paulo Pimenta (PT-RS) Deputado federal Inq 3499  Crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores
Pedro Fernandes  (PTB-MA) Deputado federal Inq 3728  Peculato
Pedro Novais    (PMDB-MA) Deputado federal Inq 3576  Peculato
Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO) Deputado federal Inq 3089  Peculato (denúncia recebida) Inq 3571  Peculato e crimes da Lei de Licitações Inq 3581  Peculato e crimes da Lei de Licitações (denúncia recebida) Inq 3587  Peculato e crimes da Lei de Licitações Inq 3588  Peculato e crimes da Lei de Licitações (denúncia recebida) Inq 3731  Crimes da Lei de Licitações Inq 3789   Crimes da Lei de Licitações
Ratinho Junior  (PSC-PR) Deputado estadual Inq  3357  Crimes eleitorais
Renan Filho (PMDB-AL) Governador Inq 3272   Crimes da Lei de Licitações
Roberto Balestra (PP-GO) Deputado federal Inq 3821  Procedimentos fiscais/quebra de sigilo bancário
Roberto Britto  (PP-BA) Deputado federal AP  512  Crimes eleitorais
Roberto Santiago (PSD-SP) Deputado federal Inq  3306  Crimes eleitorais
Rodrigo Bethlem (PMDB-RJ) – desistiu da reeleição após divulgação de gravação em que admite ter recebido propina e ter conta na Suíça
Deputado federal Inq  3896 – Corrupção passiva
Rodrigo Garcia (DEM-SP) Deputado federal Inq 3815  Crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores (o relator, ministro Marco Aurélio Mello, apresentou voto pelo arquivamento no dia 23/09, mas o julgamento foi adiado a pedido do ministro Roberto Barroso)
Rogério Carvalho (PT-SE) Senador Inq  3335   Investigação penal Inq  3522  Crimes da Lei de Licitações, falsidade ideológica
Rosinha da Adefal (PTdoB-AL) Deputado federal Inq  3744  Peculato
Rubens Otoni   (PT-GO) Deputado federal Inq  3726  Crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores
Sabino Castelo Branco  (PTB-AM) Deputado federal AP   538   Peculato Inq  3599  Uso de documento falso Inq  3639  Peculato
Sandes Junior   (PP-GO) Deputado federal Inq 3444  Corrupção passiva, crimes contra a administração pública em geral
Sebastião Bala Rocha    (PDT-AP) Deputado federal AP  508  Corrupção passiva, prevaricação e crimes da Lei de Licitações Inq  2709  Crimes da Lei de Licitações
Silas Câmara   (PSD-AM) Deputado federal AP  579  Falsificação de documento público AP  864  Crimes praticados por funcionários públicos contra a administração em geral
Takayama (PSC-PR) Deputado federal AP  647  Peculato, estelionato e crimes contra a ordem tributária
Urzeni Rocha    (PSDB-RR) Deputado federal AP  850  Peculato, quadrilha ou bando AP  856  Crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético Inq  2967  Crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético Inq  2766  Crimes contra o meio ambiente
Valdivino de Oliveira (PSDB-GO) Deputado federal AP  634  Crimes contra as finanças públicas AP  573  Crimes praticados por funcionários públicos contra a administração em geral Inq  3900  Crimes contra as finanças públicas Valmir Assunção (PT-BA) Deputado federal AP  619  Dano
Valtenir Pereira (Pros-MT) Deputado federal Inq  3653  Crimes da Lei de Licitações
Vander Loubet (PT-MS) Deputado federal Inq 2859  Crimes contra a ordem tributária Inq 2861  Crimes contra a ordem tributária Inq 2862  Crimes contra a ordem tributária Inq  2863  Crimes contra a ordem tributária Inq  2864   Crimes contra a ordem tributária e crimes da Lei de licitações
Vilalba (PRB-PE) Deputado federal Inq  3350  Crimes eleitorais
Vinícius Gurgel (PR-AP) Deputado federal Inq 3529  Crimes contra a ordem tributária Inq 3697  Crimes contra a ordem tributária
Vitor Paulo (PRB-RJ) - concorre a novo mandato agora pelo Distrito Federal, não mais pelo Rio de Janeiro Deputado federal AP  592  Crimes eleitorais
Walney Rocha  (PTB-RJ) Deputado federal Inq  3769 – Corrupção passiva
Washington Reis (PMDB-RJ) Deputado federal AP  618 – Crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético, quadrilha ou bando Inq  3493 – Crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores Inq 3538 – Crimes de responsabilidade Inq 3554 – Quadrilha ou bando Inq 3610 – Crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores, crimes de responsabilidade Inq  3665 – Crimes da Lei de Licitações Inq  3727 – Crimes de responsabilidade e da Lei de Licitações
Wellington Fagundes   (PR-MT)Senador Inq  3496  Peculato
Weverton Rocha (PDT-MA) Deputado federal AP  683  Crimes da Lei de Licitações AP  700  Crimes da Lei de Licitações AP  678   Peculato e receptação Inq 3621  Crimes da Lei de Licitações
Wladimir Costa  (SD-PA)Deputado federal AP  528  Peculato AP  865  Crimes contra a honra
Zé Silva (SD-MG)Deputado federal Inq   3810  Crimes eleitorais
Zequinha Marinho (PSC-PA) Vice-governador Inq 3666  Peculato e concussão
Zoinho (PR-RJ)Deputado federal Inq 3749 – Emprego irregular de verbas ou rendas públicas
 
Comentar
Compartilhe
Crivella passa Garotinho e está no 2 turno com Pezão
06/10/2014 | 01h11
A eleição para governador do Rio será mesmo decidida em segundo turno. Com 100% dos votos apurados, o atual governador e candidato à reeleição no Rio Luiz Fernando Pezão, do PMDB, obteve 40,57% dos votos (3.242.401 votos) e irá enfrentar Marcello Crivella, o segundo mais votado com 20,26% (1.619.086). O candidato do PRB disputou voto a voto com o candidato do PR, Anthony Garotinho, que terminou com 19,73% (1.576.478). Somados, os votos em branco - 592.981 votos (6,12%) - e os nulos - 1.108.593 (11,44%)-, totalizaram1.701.574 votos, ultrapassando o total obtido por Crivella e por Garotinho. Lindberg Farias (PT) ficou na quarta posição, com um total de 798.861 votos (10%), seguido por Tarcísio Motta, do PSOL, com 712.711 (8,92%). Dayse Oliveira (PSTU) obteve 33.441 votos (0,42%) e Ney Nunes (PCB), 8.949 (0,11%). (Leia a cobertura completa das eleições no Ponto de Vista, de Christiano Abreu Barbosa e no Bastos, de Alexandre Bastos)
Comentar
Compartilhe
CNT/MDA aponta Aécio no 2 turno
04/10/2014 | 03h28
CNT/MDA divulgou na manhã deste sábado a 124ª rodada de pesquisas sobre as intenções de voto para o primeiro turno das eleições presidenciais. Pela primeira vez o candidato Aécio Neves, do PSDB, aparece na frente de Marina Silva, do PSB, na disputa pelo segundo lugar. Dilma Rousseff, do PT, continua na frente na corrida presidencial. Como a margem de erro da pesquisa é de 2,2%, Marina e Aécio ainda estão empatados tecnicamente. A pesquisa também simulou cenários para o segundo turno das eleições. Se a disputa em segundo turno for entre Dilma e Aécio, a petista seria reeleita com 46% dos votos e o tucano teria 40,8%. Brancos e nulos totalizariam 9,7%, e outros 3,5% dos entrevistados não sabem ou não responderam. Na segunda simulação, entre Dilma e Marina, a petista teria 47,6% contra 37,9%. Brancos e nulos representam 11,1%, e 3,4% não sabem ou não responderam. O terceiro cenário do segundo turno seria entre Aécio e Marina. O tucano teria 43% dos votos, e Marina 37,1%. Para 15,7% dos entrevistados o voto seria branco ou nulo, e 4,2% não sabem ou não responderam. A pesquisa foi realizada entre os dias 2 e 3 de outubro, quando foram entrevistados 2.002 eleitores. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais. A pesquisa foi registrada sob o número BR-01032/2014 no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). (Fonte: O Globo) Atualização: A Folha Online postou primeiro aqui.
Comentar
Compartilhe
Guerra em Quissamã
11/10/2014 | 02h54
    Ao que parece, os próximos dois anos do governo Octávio Carneiro não serão nada fácil. Essa semana, o prefeito sofreu uma derrota ao perder a maioria na Câmara - Luiz Carlos (PROS), Dr. Jorge (PPS), Kitiely Freitas (PR), Marquinhos da Marikita (PROS), Ronaldo Costa (PROS) e Marcelo Batista (PV), presidente do Legislativo deixaram a base do governo. Líder do governo, Kitiely Freitas, além de sair da base, entregou o cargo e disparou no facebook, com um comunicado à população:
População de Quissamã. Esta manhã, após refletir muito sobre tudo o que vem acontecendo em nossa cidade, e depois de todo tempo que era possível esperar para que a gestão municipal entendesse que as pessoas é que devem ser prioridade e não havendo mudanças de rumo, decidi entregar oficialmente a liderança do Governo. Fizemos isso na sessão desta manhã, na Câmara. É um rompimento pelo bem de Quissamã. Não há mais tempo a perder. O município precisa voltar a se desenvolver. Não adotaremos a linha da crítica pela crítica como alguns fazem. Queremos e vamos é cobrar ainda mais para que os serviços básicos sejam feitos e oferecidos à população e a dignidade do quissamaense restituída. Todos que me conhecem sabem que ultrapassei todos os limites esperando que o Governo cumprisse o que prometeu. Agora, vamos dar sequência ao nosso trabalho. Vamos arregaçar ainda mais as mangas. Conto e espero mais uma vez pelo apoio de vocês que, assim como eu, amam esta cidade!
Kitiely é do PR do deputado Anthony Garotinho. Já Octávio Carneiro é do PP, partido do senador Francisco Dornelles, candidato a vice na chapa de Luiz Fernando Pezão. Mas não é só "fogo amigo" que Octávio está enfrentando. O ex-prefeito Armando Carneiro também utilizou a rede social para disparar contra o prefeito, seu tio, mas com quem está rompido há anos:
Que fique bem claro a todos. Nunca apoiei e não vai ser agora que vou apoiar este desgoverno de Quissamã. Se eles agora querem vir apoiar nosso governador Luiz Fernando Pezão, que venham, afinal, em eleição a gente não recusa voto. Mas isso não quer dizer que terão nossa simpatia e apoio. Tem gente que anda espalhando por aí uma possível aproximação nossa com este governo fracassado. Jamais farei isso porque não compactuo com nada que esta sendo feito por este grupo. Também não fiz oposição eleitoreira. como alguns que tentam chegar ao poder de qualquer maneira. Sou a favor de Quissamã e de seu povo. Sempre estive ao lado de quem mais precisa e é assim que vou continuar a minha vida.
  Atualização: Recebi a informação, não confirmada, que o prefeito já teria "aparado as arestas" com os vereadores aliados e que eles devem voltar à base. Apenas Kitiely teria ficado de fora.
Comentar
Compartilhe
Fred Machado parte em defesa de Carla
12/10/2014 | 12h35
  O vereador Fred Machado partiu em defesa da irmã, Carla Machado, e chamou "para a briga", ideológica, explica, adversários da ex-prefeita de São João da Barra.
Hora nenhuma me manifestei para dizer nada sobre algo ou alguém, política é a arte de trazer para perto de você pessoas boas e de caráter. Hoje, vendo a falta de caráter de várias pessoas venho aqui me manifestar.Tenho muita pena de pessoas que viviam em nossa casa, junto à minha irmã ,junto a mim, e principalmente junto a Mãinha traçando caminhos do mal e me idgno de saber que pessoas são compráveis e falsas. Quero aqui dizer que não estive pendurado no pescoço de minha irmã o tempo todo,pois sabemos que a política verdadeira é a democracia,coisa que esta corja de políticos interesseiros e ditadores não sabem fazer. Como diz o Garotinho,quem não andar do meu lado pode incorrer em infidelidade partidária. Hoje estou livre para dizer, nenhum prego desta região,chega aos pés da minha irmã,e chamo para briga quem quiser tocar ou falar o nome dela. Deixem de ter medo,deixem de serem subservientes e coloquem para fora o melhor que existe dentro do coração de vocês. Fica aqui o desafio,se não tenho medo do patrão de quem fala mal dela, imagina de um Boneco. Se quiseram briga, arrumaram, e agora vamos ver quem tem disposição para cair para dentro.Estou falando sobre São João da Barrra, pois aqui em Campos tenho o respeito e admiração de meus colegas de Legislativo,e não vai ser meia dúzia de ingratos que vão falar de minha irmã e querer ser meu amigo. Caiam para dentro,chegou o meu limite, agora, é porrada,tiro e bomba. Estou dentro, caiam para dentro quem tiver disposição. E deixem de serem falsos. Quem não gosta da minha irmã, não gosta de mim. Cai para dentro quem quiser, e os amigos que vivem esta opressão,conte com um amigo, que não precisa oprimir, mas vai ser como em Campos,um Cavalo se precisar para estar junto com vocês.Agora entrei na briga.!!!! Vamos ver quem tem disposição! Cai para dentro, cambada de ingratos!
Atualização: Também em seu face, Fred explicou a polêmica expressão "tiro, porrada e bomba": "
Antes que pensem que tiro,porrada e bomba,sejam de verdade,retifico aqui, é somente um jeito de mandar um beijinho no ombro,para o recalque passar longe! Bom dia !"
 
Comentar
Compartilhe
Eleição de Clarissa também foi fraudada?
21/10/2014 | 10h57
Do jornalista Lauro Jardim:  
terça-feira, 21 de outubro de 2014

Acusações delirantes

Garotinho: descendo a borduna na Globo Garotinho: mau perdedor Anthony Garotinho entrou ontem com uma ação na Justiça acusando de fraude a apuração dos votos no Rio de Janeiro – eleição em que sempre apareceu em primeiro ou segundo lugar nas pesquisas. As “provas” disso são as relações da empresa com o advogado do PMDB, Eduardo Damian, e os contratos com o governo do Estado. Será que Garotinho também acha que houve fraude na eleição da sua filha, Clarissa, uma das mais votadas do Rio?
Por Lauro Jardim
 
Comentar
Compartilhe
Dilma e Aécio no 2º turno
05/10/2014 | 09h17
A presidente Dilma Rousseff, candidata do PT à reeleição, e o candidato do PSDB, Aécio Neves, vão disputar o segundo turno da eleição para presidente da República. Em uma das mais disputadas eleições presidenciais brasileiras, Dilma lidera a apuração, com 41,32% dos votos válidos, de acordo com dados parciais divulgados na noite deste domingo pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Com 97,42% das urnas verificadas até as 20h43, Aécio aparece em segundo lugar, com 32,85%. Marina Silva (PSB) tem 21,26%. Os votos brancos somam 3,85% e os nulos, 5,78%.  
Comentar
Compartilhe
Roberto Henriques: "Acolho com serenidade a decisão das urnas"
06/10/2014 | 11h46
O deputado Roberto Henriques, que obteve 18.005 votos, mas não se reelegeu, divulgou no facebook um agradecimento a seus eleitores, dizendo que irá concluir seu mandato com o entusiasmo de sempre  
Comentar
Compartilhe
Em Campos, apuração: Pezão ou Crivella?
26/10/2014 | 05h43
Em Campos, o resultado parcial é: Luiz Fernando Pezão (PMDB) 58,44% Marcelo Crivella (PRB) 41,56% Com 81,08% Pezão - 51,44% Crivella - 48,56% Com 85,29% Pezão - 50,89% Crivella - 49,11% Com atualização de números.
Comentar
Compartilhe
Datafolha: Pezão 30% e disputa entre Garotinho e Crivella pelo 2 lugar
02/10/2014 | 07h57
O governador Luiz Fernando Pezão, candidato à reeleição pelo PMDB, se mantém em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto, com 30%. De acordo com pesquisa do Datafolha divulgada na tarde desta quinta-feira, está o ex-governador e deputado federal Anthony Garotinho, do PR, com 21% das intenções de voto. Em terceiro aparece o senador Marcelo Crivella (PRB), com 17%, e, em quarto, o senador Lindbergh Farias (PT), com 13%. O Datafolha aponta dois empates técnicos, tendo em vista que a margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais para cima ou para baixo: Garotinho e Crivella, na disputa pelo segundo lugar (e pela passagem ao segundo turno), e Crivella e Lindbergh, pelo terceiro lugar. Tarcísio Motta, do PSOL, atingiu 6% das intenções de voto na última pesquisa. Dayse (PSTU), 1%, e Ney Nunes (PCB) não pontou. Segundo o levantamento realizado entre ontem e hoje com 1.469 eleitores em 36 municípios, 8% votariam em branco ou nulo, e 5% não souberam ou não quiseram responder. Segundo turno O instituto fez três levantamentos sobre o segundo turno fluminense. No primeiro deles, Pezão teria 52%, e Garotinho, 30% das intenções de voto. Nesse caso, 15% votariam em branco ou nulo, e 3% não souberam ou não quiseram responder. No segundo cenário, Pezão venceria Crivella, com 47% das intenções de voto contra 39% do senador do PRB. Um total de 11% votaria em branco ou nulo, e 3% não souberam ou não quiseram responder. No terceiro cenário, Crivella venceria Garotinho, com 49% contra 30% do ex-governador. Um total de 18% dos eleitores votaria em branco ou nulo, e 3% não souberam ou não quiseram responder. Rejeição aos candidatos
O Datafolha mediu ainda a rejeição dos candidatos ao Palácio Guanabara. Garotinho aparece na frente com 48% de rejeição. Lindbergh tem 21%; Pezão, 20%; e Crivella, 15%.
Ney Nunes tem 14% de rejeição. Tarcísio, 13%, assim como Dayse. Rejeitaram todos os candidatos, 4% dos entrevistados, e um total de 7% não rejeitou nenhum. A pesquisa está registrada registrada no TSE sob o nº RJ-00059/2014 e BR-00933/2014.
 
Comentar
Compartilhe
A cidade que deu maior votação a Aécio foi... Miami
27/10/2014 | 07h03
A cidade que deu maior votação ao candidato do PSDB Aécio Neves não está no Brasil: Foi em Miami, Estados Unidos, que o tucano por pouco não atinge os 100% dos votos. Aécio obteve 91, 79% da preferência do eleitorado, contra 8,21% da presidente Dilma Rousseff, que foi reeleita. No Brasil. Em terras brasileiras, Aécio obteve maior votação em Nova Pádua (RS), com 88,14% dos votos. E Dilma conquistou em Belágua, no Maranhão, 93,9% dos votos válidos. (Fonte: Folha de S. Paulo)
Comentar
Compartilhe
Vox Populi: Dilma 51%, Aécio 49% dos votos válidos
13/10/2014 | 10h42
Nova pesquisa divulgada hoje pelo instituto Vox Populi mostra a presidenta Dilma Rousseff empatada tecnicamente com o adversário do PSDB, Aécio Neves. De acordo com a consulta, Dilma tem 45% e Aécio 44%. Ibope e Datafolha também apontam o empate entre os candidatos, mas é a primeira vez no segundo turno que a presidenta aparece numericamente à frente de Aécio em um levantamento entre os eleitores.
Brancos e nulos são 5%, mesmo percentual de eleitores indecisos.  A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. Se forem considerados apenas os votos válidos, Dilma teria 51% e Aécio 49%. O Vox Populi também perguntou a opinião dos eleitores sobre o governo Dilma: 40% avaliaram positivamente a atuação da presidenta, 37% a consideram regular e 22% reprovaram a condução da presidência pela petista. 1% não soube opinar.
(Fonte: O Dia)
Comentar
Compartilhe
Prumo divulga nota sobre sua primeira operação
28/10/2014 | 10h50
No último sábado (25), o Porto do Açu concluiu com sucesso sua primeira operação. O navio “Key Light” foi carregado com 80 mil toneladas de minério de ferro no píer dedicado do T1. O carregamento marcou o início de operação do empreendimento. A embarcação, que chegou ao porto no dia 22, está atualmente a caminho da China. “Este primeiro navio representa um marco histórico para o porto. Já temos vários clientes produzindo, mas o embarque da Anglo American é o primeiro realizado. Agora estamos focados em iniciar a movimentação de embarcações no Terminal 2 até o fim do ano”, comemora Eduardo Parente, presidente da Prumo Logística. Um dos marcos conquistados na última semana foi a conclusão da instalação de 28 boias de sinalização, que auxiliam os navios no trajeto de entrada dos canais. Foram colocadas 18 unidades no T1, e outras 10 no T2. As boias, que são do tipo articuladas submersíveis, ficam abaixo da linha d´água, apenas com uma haste com a lanterna de fora. Este tipo de boia oferece maior segurança à navegação por ser fixa e não se deslocar da posição original, como geralmente acontece com a boia flutuante. Com uma espécie de âncora em sua base, chamada de poita, que fica presa no fundo do canal, além de uma lanterna na superfície que permite melhor visualização do navegador, este tipo de boia dispensa o uso de faróis de alinhamento. O trabalho de instalação levou cerca de dois meses e foi realizado com o apoio de embarcações, que lançaram as boias que possuem de 12 a 14 metros de comprimento e pesam cerca de 28 toneladas cada. Outra tecnologia em funcionamento no Porto do Açu, e que garante o aumento da segurança da navegação no canal do T2, é o radar VTS. Instalado no Centro de Controle Operacional do Tráfego Marítimo (CCOTM), o equipamento funciona como um scanner 360º e detecta, em tempo real, embarcações de pequeno porte dos mais diversos tipos, como barcos de apoio e de pesca, além de surfistas. O radar tem alcance de cerca de 25 milhas náuticas de distância, equivalente a 50 quilômetros. O Porto do Açu é o primeiro porto brasileiro a contar com o sistema, que fornece uma série de informações como localização, velocidade, porte, calado, tipo de carga e bandeira das embarcações. O monitoramento é realizado por meio de câmeras de vigilância e sensores, que recebem dados que permitem monitorar e controlar o tráfego marítimo.
 (Fonte: Assessoria)
Comentar
Compartilhe
GPP registrada no TRE
15/10/2014 | 05h09
Do blog Opiniões (a pesquisa também foi replicada nessa blog):

Pesquisa do GPP registrada no TRE: Pezão tem 54,6% e Crivella, 45,4% dos votos válidos

Por Aluysio, em 15-10-2014 - 16h56
Este blog e a Folha erraram. A pesquisa do GPP ao governo do Estado do Rio, publicada inicialmente no site Jornal do Brasil, na última segunda, dia 13, republicada neste blog no mesmo dia e na manchete de capa do jornal do dia seguinte, não tinha registro no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Pelo menos foi o que a consulta de hoje ao site do TRE mostrava, na qual uma outra pesquisa GPP aparece registrada sob o protocolo RJ-00068/2014. Nela, o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) surge na frente, com 54,6% dos votos válidos, seguido pelo senador Marcello Crivella (PRB), com 45,4%, com 2,2 pontos na margem de erro. Embora as posições tenham sido as mesmas, com pequenas diferenças nos números, a pesquisa GPP publicada no Jornal do Brasil e republicada neste blog e na Folha, foi feita nos dias 6 e 7 de outubro, enquanto a que foi divulgada ontem e aparece registrada no TRE foi apurada nos dias 11 e 12 deste mesmo mês. Aos candidatos Pezão e Crivella, seus eleitores e sobretudo a você, leitor, o nosso pedido de desculpas. Conheça abaixo os números da pesquisa GPP registrada no TRE:   GPP1     GPP2    
Comentar
Compartilhe
O "bacanal" do segundo turno
05/10/2014 | 11h47
Desde o início da manhã os brasileiros começaram a ir às urnas para definir quais serão seus governantes e representantes nos próximos quatro anos. No Estado do Rio, tudo indica um segundo turno entre o governador Pezão e o ex-governador e deputado federal Anthony Garotinho. E as articulações já começaram. Os últimos debates já demonstraram a "tabelinha" entre Lindberg Farias e Marcelo Crivella. O presidente do PT, Washington Quaquá afirmou que, se Crivella for para o segundo turno, amanhã anuncia apoio. Garotinho e Crivella também articulam. E com o apoio do PT a Crivella, Garotinho conta com isso para ter, também, apoio do PT. Será um segundo turno interessante: PT com Garotinho (recebendo ou dando apoio) - Garotinho encabeçou campanha "Fora Lula", chamou Lindberg de "candidato dos mensaleiros" e o atacou sistematicamente em seu blog. Adversários históricos na região, petistas tradicionais como o vereador Marcão, a ex-vereadora Odisséia Carvalho, Hélio Anomal, Eduardo Peixoto participarão da campanha? E Benedita da Silva? Sobre Crivella, Garotinho já reproduziu em seu blog afirmações como a que "era a arma do PMDB contra ele (Garotinho)", que Crivella, enquanto ministro da Pesca teria desviado R$ 18 milhões, de acordo com o MP Federal e ainda o chamou de ingrato:"Com certeza não foi na Bíblia que o Bispo Marcelo Crivella aprendeu essa postura de jogar pedras naquele que o levantou. Quanta ingratidão! " O "bacanal" eleitoral alardeada pelo prefeito Eduardo Paes antes do início da campanha, referindo-se às alianças formadas por seu partido, o PMDB, parece que vai bombar nessa reta final. Leia mais aqui, aqui e aqui.
Comentar
Compartilhe
Istoé/Sensus: Aécio com 9 pontos à frente de Dilma
24/10/2014 | 11h15
Pesquisa ISTOÉ/Sensus realizada a partir da terça-feira 21 reafirma a liderança de Aécio Neves (PSDB) sobre a petista Dilma Rousseff nos últimos dias da disputa pela sucessão presidencial. Segundo o levantamento que entrevistou 2 mil eleitores de 24 Estados, o tucano soma 54,6% dos votos válidos, contra 45,4% obtidos pela presidenta Dilma Rousseff. Uma diferença de 9,2 pontos percentuais, o que equivale a aproximadamente 12,8 milhões de votos. A pesquisa também constatou que a dois dias das eleições 11,9% do eleitorado ainda não decidiu em quem votar. “Como no primeiro turno, deverá haver uma grande movimentação do eleitor no próprio dia da votação”, afirma Ricardo Guedes, diretor do Instituto Sensus. Se for considerado o número total de votos, a pesquisa indica que Aécio conta com o apoio de 48,1% do eleitorado e a candidata do PT 40%.
PESQUISA ISTOÉ/Sensus
Realização – Sensus
Registro na Justiça Eleitoral – BR-01166/2014
Entrevistas – 2.000, em cinco regiões, 24 estados e 136 municípios do País
Metodologia – Cotas para sexo, idade, escolaridade, renda e urbano e rural
Campo – De 21 a 24 de outubro
Margem de erro - +/- 2,2%
Confiança – 95%
(Fonte: Istoé)
Comentar
Compartilhe
Clarissa: "Sonho em ser prefeita do Rio"
29/10/2014 | 12h16
A mulher mais votada do Brasil para a Câmara Federal com 335.061 votos, Clarissa Garotinho deu uma ampla entrevista ao Portal Terra, onde falou de suas realizações e de seus sonhos. Um deles é ser prefeita do Rio de Janeiro, embora não confirme que estará no páreo em 2016, que já tem como pré-candidatos o deputado Marcelo Freixo (Psol), o senador Romário (PSB) e Pedro Paulo (PMDB), um dos nomes prováveis a ser indicados por Eduardo Paes. Confira a entrevista completa aqui.
Comentar
Compartilhe
Crivella vota e critica pesquisas
26/10/2014 | 11h23
  Ao lado da esposa, da nora e dos filhos, o candidato ao governo do Estado do Rio pelo PRB Marcelo Crivella votou, às 9h deste domingo, no Clube Marimbás, no Forte de Copacabana, no bairro da Zona Sul do Rio. Ao sair, o candidato disse que estava confiante na vitória. "Estou confiante na vitória e nós vamos vencer essa eleição no segundo turno. Vai se difícil, mas acho que vai dar pra vencer", afirmou Crivella. O candidato ainda comentou a disputa ao Palácio da Guanabara, que contou com pouco tempo de propaganda na TV. "Dificílima com um partido só, com poucos recursos e no segundo turno graças a Deus com 10 minutos a gente pôde passar de 20% que tínhamos para 50% ou quase isso. Então temos muita chance, muita probabilidade de ganhar a eleição", disse o candidato. "Essa é a sexta eleição que eu disputo. Venho pra cá de manhã, voto e depois corro as seções, a Região Metropolitana para agradecer as pessoas e os militantes", falou Crivella sobre seu hábito de percorrer as seções eleitorais. Na noite da última sexta-feira, fiscais do Tribunal Regional Eleitoral lacraram uma Igreja Universal do Reino de Deus, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, após encontrar material de campanha de Crivella. O candidato comentou o caso: "Decisão da Justiça não se discute, se cumpre. Então se cumpriu", disse. (Fonte: O Dia) E mais: Jornalistas foram impedidos, por despacho do juiz eleitoral Sandro Espíndola, de registrar imagens do candidato ao Governo do Estado, Marcelo Crivella (PRB), votando, na manhã deste domingo. De acordo com a assessoria do Tribunal Regional Eleitoral, a proibição se restringe à Zona Eleitoral em que o candidato vota, no Clube Marimbás, em Copacabana, Zona Sul da cidade. No entanto, não foi informado o motivo da decisão.
Comentar
Compartilhe
Ibope e Datafolha: Pezão na liderança para Governo do Estado
25/10/2014 | 08h54
  Pesquisa Ibope divulgada hoje aponta os seguintes percentuais de intenção de votos válidos na corrida para o governo do Rio de Janeiro: Luiz Fernando Pezão (PMDB) - 56% Marcelo Crivella (PRB) - 44% Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo. No levantamento anterior do instituto, divulgado na quinta-feira (23), Pezão tinha 55% e Crivella, 45%. Votos totais Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são: Luiz Fernando Pezão (PMDB) - 48% Marcelo Crivella (PRB) - 37% Branco/nulo – 11% Indecisos – 4% O Ibope fez a pesquisa entre os dias 23 e 25 de outubro. O instituto ouviu 2002 eleitores. A margem de erro é de dois pontos, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. O que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral com o número RJ-00077/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR-01196/2014. Datafolha Pesquisa Datafolha divulgada hoje mostra os seguintes percentuais de intenção de votos válidos na corrida para o governo do Rio de Janeiro no segundo turno: Luiz Fernando Pezão (PMDB) - 55% Marcelo Crivella (PRB) - 45% Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos em branco, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Na pesquisa anterior, divulgada na quinta-feira (23), os candidatos obtiveram os mesmos percentuais. Votos totais Se forem incluídos os votos em brancos e nulos e os dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são: Luiz Fernando Pezão (PMDB) – 46% Marcelo Crivella (PRB) – 38% Em brancos/nulo/nenhum – 10% Indecisos – 5% Os percentuais de cada informação estão arredondados sem casas decimais. Por esse motivo, a soma simples deles pode não dar 100%. Número para confirmar ou anular o voto Foi perguntado aos eleitores qual o número eles vão digitar na urna eletrônica para confirmar ou anular seu voto para governador. A pesquisa mostra o seguinte resultado: Menções corretas: 77% Não sabe o número do candidato: 17% Menções incorretas: 3% Não sabe como anular o voto: 4% Decisão de voto Apresentados os dois candidatos que estão na disputa pelo governo do Rio, a pesquisa perguntou aos eleitores sobre sua decisão de voto. Os percentuais são os seguintes: Luiz Fernando Pezão Votaria com certeza: 43% Talvez votasse: 20% Não votaria de jeito nenhum: 37% Não sabe: 1% Marcelo Crivella Votaria com certeza: 36% Talvez votasse: 20% Não votaria de jeito nenhum: 43% Não sabe: 1%. A pesquisa foi realizada entre os dias 24 e 25 de outubro, com 2.969 entrevistados em 38 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de três pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número RJ 00078/2014 BR-01210/2014.
Comentar
Compartilhe
SJB paga funcionalismo nesta sexta
24/10/2014 | 12h44
A prefeitura de São João da Barra antecipou para esta sexta-feira, 24, o pagamento do funcionalismo municipal referente ao mês de outubro. A liberação dos vencimentos estava prevista no Calendário Anual para acontecer na próxima quarta-feira, 29. A mudança da data deve-se ao feriado da próxima terça-feira, 28,  pelo Dia do Servidor Público, e ao ponto facultativo decretado pelo prefeito José Amaro de Souza Neco para a próxima segunda-feira, dia 27.
Comentar
Compartilhe
Freixo votará em Dilma
06/10/2014 | 07h12
    Reeleito domingo, o deputado estadual Marcelo Freixo (Psol) declarou ontem em entrevista à CBN, que apoiará Dilma Rousseff (PT) no segundo turno da disputa presidencial. Freixo admitiu críticas ao governo petista em questões como Reforma Agrária, direitos das minorias e política econômica. No entanto, disse não admitir a possibilidade de um retrocesso, se referindo à possibilidade de um governo tucano do candidato Aécio Neves (PSDB). "Independente do que o partido possa vir a decidir, eu vou votar na Dilma no segundo turno”, destacou o deputado. Freixo disse que manterá críticas e diz ter a responsabilidade de não admitir o governo tucano. (Fonte: O Dia)
Comentar
Compartilhe
Ibope: Pezão 54%, Crivella 46%
16/10/2014 | 07h49
Pesquisa Ibope divulgada hoje aponta os seguintes percentuais de intenção de votos válidos na corrida para o governo do Rio de Janeiro: Luiz Fernando Pezão (PMDB) - 54% Marcelo Crivella (PRB) - 46% Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo. O Ibope afirma que, se as eleições fossem hoje, Pezão seria eleito governador do Estado do Rio. Votos totais Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são: Luiz Fernando Pezão (PMDB) - 45% Marcelo Crivella (PRB) - 38% Branco/nulo – 12% Indecisos – 5% O Ibope fez a pesquisa nos dias 13 a 15 de outubro. O instituto ouviu 2002 eleitores. A margem de erro é de dois pontos, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. O que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral com o número RJ-00070/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR 01101/2014. (Fonte: G1) O Blog do Bastos postou primeiro aqui.
Comentar
Compartilhe
Garotinho apela para "tapetão" para tentar Governo do Estado
20/10/2014 | 04h36
    Muita gente estranhou  (plagiando Garotinho, como verá abaixo) a placidez com que o deputado Anthony Garotinho aceitou o resultado das eleições para o Governo do Estado. Mas, duas semanas após e, aparentemente, recuperado do golpe, Garotinho usou seu blog para informou que protocolou uma Ação Eleitoral no TRE, alegando um suposto esquema para desviar votos e disse que, na manhã de hoje, orientou Marcelo Crivella sobre o assunto:
Muita gente estranhou o resultado da eleição no 1º turno, mas como democrata que sou, minhas declarações imediatas foram de que respeito a soberania do povo. O povo tem o direito de escolher o melhor caminho - na sua visão - para o estado. Porém nos dias seguintes comecei a receber uma série de denúncias, que foram se encaixando, e orientado por advogados e especialistas em sistemas eletrônicos de voto, resolvi ingressar com uma ação, que hoje foi distribuída no Tribunal Regional Eleitoral, para o desembargador Edson Vasconcelos. O número da reclamação é 794431, e questiona as ligações de uma empresa responsável pela inseminação, votação e totalização das urnas com o Governo do Estado. A empresa além de ser cliente do Estado é defendida pelo escritório de Caputo Bastos, que tem como parceiros de advocacia os senhores Eduardo Damian (chefe de gabinete de Wilson Carlos, secretário de Governo de Cabral, e advogado do PMDB) e Terence Zveiter, que vem a ser primo do ex-presidente do TRE, Luiz Zveiter e do atual deputado federal Sérgio Zveiter, ligados à campanha de Pezão. O resumo da ação é o seguinte: em cada urna a cada três votos que eu recebia, dois ficavam para mim, o terceiro era distribuído alternadamente entre Pezão, nulo e branco. Alertei hoje, num encontro que tive pela manhã com o senador Marcelo Crivella, nosso candidato a governador, que solicite ao TRE providência no sentido de que uma firma especializada, independente, possa realizar testes que impeçam uma fraude como as denúncias que os senhores poderão verificar na ação que está no link abaixo. Confira aqui.  
O Blog do Bastos postou sobre o assunto aqui.
Comentar
Compartilhe
Garotinho lidera... em ações propostas pelo MP Eleitoral
02/10/2014 | 05h50
  De julho a setembro, a Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) no Rio de Janeiro propôs 16 ações pedindo a cassação do registro e a inelegibilidade de candidatos e 325 ações por propagandas irregulares, que sujeitam os réus a multas e suspensão da irregularidade. Nesses meses, chegaram à PRE 2.981 denúncias de possíveis irregularidades, levando os procuradores responsáveis e suas equipes a analisarem se os casos relatados configuravam ilícitos eleitorais como abuso de poder, uso indevido de veículo de comunicação ou propaganda irregular. Nesse combate a campanhas ilícitas, o procurador regional eleitoral Paulo Roberto Bérenger e a procuradora regional eleitoral substituta Adriana Farias propuseram 16 ações de investigação judicial eleitoral (AIJE) contra três candidatos a governador e seis a deputado estadual. Confira abaixo os principais réus de 16 AIJEs com pedido de cassação de registro e inelegibilidade • Anthony Garotinho (cinco): abuso de poder (Caravanas da Paz, evento de campanha ilegal e uso de centro cultural com fins eleitoreiros) e uso indevido de meio de comunicação (promoção pessoal nos jornais Regional e Agora) • Luiz Fernando Pezão (três): abuso de poder político e conduta vedada (reajustes eleitoreiros e propaganda oficial ilícita no Twitter e em canteiros de obras) • Lindbergh Farias (duas): abuso de poder (Caravana da Cidadania e evento de campanha ilegal) • Bebeto (uma): abuso de poder (uso de centro social) • Cidinha Campos (uma): abuso de poder político e conduta vedada (propaganda oficial ilícita em site do governo) • Daniele Guerreiro (uma): uso indevido de meio de comunicação (promoção pessoal em jornal Panorama) • Fatinha (uma): abuso de poder (uso de centro social) • Gustavo Tutuca (uma): abuso de poder econômico e uso indevido do meio de comunicação (promoção pessoal em informativo Prestando Contas) • Roberto Henriques (uma): uso indevido de meio de comunicação (promoção pessoal no jornal Repórter) Réus por propaganda irregular 1. Anthony Garotinho - 36 2. Leonardo Picciani - 35 3. Luiz Fernando Pezão - 30 4. Rafael Picciani - 25 5. Pedro Paulo Carvalho - 22 6. Jorge Picciani - 17 7. Lindbergh Farias - 14 Clarissa Garotinho - 14 9. Lucinha - 13 10. Marco Antônio Cabral - 11 11. Eduardo Cunha - 10 12. Paulo Mello - 8 13. Gustavo Tutuca - 7 Carlos Roberto Osório - 7 15. Jorge Felippe Neto - 6 16. Rafael do Gordo - 5 Cristiane Brasil - 5 Marcelo Mattos - 5 19. Bebeto Tetra - 4 Laura Carneiro - 4 Samuquinha - 4 Thiago Pampolha - 4 Cidades com mais propagandas irregulares 1. Rio de Janeiro - 179 2. Guapimirim - 14 3. Magé - 13 4. Duque de Caxias - 12 Volta Redonda - 12 6. Mangaratiba - 11 7. São Gonçalo - 9 8. São João de Meriti - 8 9. Itaperuna – 5 Natividade - 5 (Fonte: PRE)
Comentar
Compartilhe
Crivella sobre Pezão: "Espero que esse clone criado no 2º turno morra"
15/10/2014 | 06h48

  Em caminhada na tarde de hoje, em Itaboraí, Crivella voltou a dizer que Pezão é "bipolar" ao comentar os ataques sofridos por sua ligação com a Igreja Universal. O candidato fez a declaração ao comentar a divisão entre das lideranças do PMDB sobre o tom dos ataques feitos por Pezão, como o DIA mostrou na edição de hoje. "Espero que Pezão se reencontre e que esse clone criado por ele no segundo turno morra e que ele volte a debater Saúde, Transporte e Segurança, sem ataque à religião. Vamos tratar do que o povo quer." (Fonte: O Dia)
Comentar
Compartilhe
João Peixoto: "Vamos agora para ganhar"
06/10/2014 | 02h20
[caption id="attachment_13923" align="aligncenter" width="300"] João Peixoto abraça vereador José Carlos na festa da vitória - face do vereador[/caption] Único deputado de Campos eleito (Bruno Dauaire, também eleito, apesar da expressiva votação na cidade tem domicílio eleitoral em São João da Barra),João Peixoto disse que a responsabilidade aumenta para seu sexto mandato. Mas, por enquanto, seu pensamento é outro: "A partir de amanhã (hoje) começa a campanha para eleger nosso governador Pezão. Lá atrás disse que o jogo estava só começando. Agora, vamos para o segundo tempo do jogo e para ganhar", afirmou o deputado que, no lançamento de sua campanha, em agosto, contou com a presença de Pezão. Atualização: Para alteração na foto.
Comentar
Compartilhe
PT: Prefeitos com Pezão, Lindberg com Crivella
08/10/2014 | 11h54
  A direção do PT no Rio anunciará daqui a pouco, durante reunião na Associação Comercial, no Centro, que vai liberar os seus filiados, incluindo prefeitos e deputados, a apoiarem qualquer um dos candidatos ao governo do estado que disputarão o segundo turno das eleições. A decisão ocorreu ontem após um conversa, em Brasília, entre o presidente nacional do partido, Rui Falcão, e o presidente regional da sigla, Washington Quaquá. Rui Falcão argumentou que um apoio do PT apenas à candidatura do senador Marcelo Crivella (PRB) prejudicaria a campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff no estado. Sendo assim, o grupo do candidato derrotado Lindbergh Farias pedirá votos Crivella. Já o bloco liderado pelo prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, vai acompanhar o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB). Lindbergh oficializará o apoio a Crivella, às 13h30m, ao lado de Quaquá. No mesmo horário, em um hotel no Centro, Rodrigo Neves fará um ato pró-Pezão. (Fonte: O Globo)
Comentar
Compartilhe
Seca leva São Fidélis a situação de emergência
03/10/2014 | 11h30
  O município de São Fidélis teve decretada situação de emergência em função da seca. De acordo com a Defesa Civil, 150 cabeças de gado já foram perdidas, 30 apenas de um proprietário. Ten. Cláudio, da Defesa Civil, explicou a chuva ocorrida nas últimas terça e quarta-feiras não melhorou a situação. Pelo contrário: - Com a chuva nasceram uns brotinhos. O gado, fraco, vai comer e acaba tendo diarréia e morrendo. O secretário de Meio Ambiente, Leandro Peixoto, informou que a prefeitura está mobilizada para ajudar proprietários rurais, mas a demanda tem sido muito grande: “Através da emergência esperamos conseguir mais tranqüilidade para os proprietários, como a lei permite. A situação é muito grave”, disse.  Leia a matéria completa na edição da Folha da Manhã deste sábado.
Comentar
Compartilhe
Garotinho na secretaria de Governo de Rosinha
14/10/2014 | 08h00
Em 2008, quando a então candidata Rosinha Garotinho disputava pela primeira vez a prefeitura de Campos, ela afirmou, em entrevista à InterTV, que seu marido, Anthony Garotinho,  seria "o que quiser no governo". Desde então, embora chamado de "prefeito" por adversários e aliados, nunca assumiu um cargo de fato na gestão de sua esposa. Agora, o candidato derrotado ao Governo do Estado, e que estará sem mandato a partir do próximo ano, parece ter decidido o que será: secretário municipal de Governo. A intenção foi anunciada ontem, durante reunião que, em princípio, seria para debater o segundo turno e confirmar o apoio à candidatura de Marcelo Crivella, mas se tornou um ato de reafirmação da liderança de Garotinho à frente de seu grupo político. Nele, Garotinho anunciou que "com relação a cidade de Campos sabe que administrativamente e em especial, politicamente, terá que intervir e realizar alguns ajustes, anunciando inclusive que a partir de janeiro, ‘está a disposição da prefeita Rosinha Garotinho para assumir a Secretaria de Governo do município’" - Informações do site Ururau. Vale lembrar que, embora numericamente tenha sido o candidato ao governo mais votado em Campos, em termos percentuais, Garotinho obteve 39,8% dos votos em Campos, enquanto os de oposição conquistaram 61% (confira Na Curva). Foi o desempenho ruim em seu berço político que tirou Garotinho do segundo turno (confira Ponto de Vista). Então, como se afirma no interior que é "o olho do dono que engorda o boi", com sua presença no governo, Garotinho quer segurar uma eventual debandada (lembre Na Curva) e evitar que a vaca vá para o brejo de vez (entenda Opiniões).
O blog de Fernando Leite falou sobre o assunto aqui.
Comentar
Compartilhe
Romário: "Vejo Pezão como um grande administrador do nosso Estado"
17/10/2014 | 08h40
O deputado federal Romário (PSB), eleito senador, fez hoje sua primeira participação em atos de campanha do governador Luiz Fernando Pezão à reeleição. Antes de visitarem as instalações Associação Niteroiense dos Deficientes Físicos (ANDEF), os dois — que chegaram juntos — concederam uma entrevista coletiva. O clima ficou pesado quando Romário foi questionado sobre a decisão de apoiar o peemedebista após fazer diversas críticas ao governo de Sérgio Cabral, por conta dos gastos durante a obra do Maracanã. Inicialmente, Romário tentou desvincular o aliado — que era coordenador de infraestrutura, tendo a Secretaria de Obras como subordinada direta — na ocasião. — Eu continuo cobrando e fiscalizando, com certeza daqui para frnete muito mais do que antes porque minha responsabilidade é muito maior. O meu apoio não é para o governo Cabral, é para o governo Pezão. É o Pezão que eu vejo como um grande administrador do nosso estado e que eu estou dando meu apoio porque vai fazer um grande governo nesses próximos quatro anos e melhorar tudo aquilo de negativo que foi deixado pelo governo anterior — Após ser confrontado com a participação direta de Pezão na reforma do Maracanã, Romário desconversou — Vou continuar fiscalizando e aonde eu encontrar coisa errada, o Pezão sabe muito bem que vai ser colocado da minha parte o que sempre coloquei como deputado.
(Fonte: O Globo) 
 
Comentar
Compartilhe
MP Eleitoral propõe ação contra dois políticos e membros da Universal
30/10/2014 | 05h47
A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE/RJ) propôs ações contra dois políticos – o deputado federal reeleito Francisco Floriano (PR) e o recém-eleito deputado estadual Milton Rangel (PSD) – e três religiosos das igrejas Mundial do Poder de Deus e Universal do Reino de Deus. Os cinco vão responder por abuso de poder econômico ao desvirtuarem o uso de templos, onde a legislação veda atividades de campanha eleitoral.
Na primeira ação, a PRE pede que o TRE casse os diplomas dos deputados recém-eleitos, impedindo suas posses na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa (Alerj), respectivamente. O outro réu é o pastor Leonardo Carlos Machado, o Pastor Léo, da Igreja Mundial do Poder de Deus, em Duque de Caxias. Fiscais da Justiça Eleitoral apreenderam materiais de campanha como centenas de panfletos, cartões e adesivos onde se divulgavam as candidaturas de Floriano e Rangel.
A outra ação tem como réus os bispos Daniel Santos e Junior Reis, da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD). Eles são acusados de usar os templos da IURD em Del Castilho e Nova Iguaçu para a promoção pessoal dos candidatos Marcelo Crivella (PRB, a governador), Roberto Sales e Rosangela Gomes (PRB, dep. federal), Tia Ju (PRB, dep. estadual) e Benedito Alves (PMDB, dep. estadual). Nos autos do processo, a PRE incluiu como prova do ato abusivo uma gravação feita por equipe de reportagem do jornal O Globo.
Todos os réus serão julgados por buscarem captar votos em celebrações religiosas e ficam sujeitos também à pena de declaração de inelegibilidade por oito anos. As ações foram movidas pelo procurador regional eleitoral, Paulo Roberto Bérenger, e já foram protocoladas no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RJ).
“Em uma democracia a liberdade religiosa é plena, o que é inadmissível é a transformação de templos religiosos em comitês eleitorais”, diz o procurador regional eleitoral, Paulo Roberto Bérenger.
Comentar
Compartilhe
Rede de empregabilidade no Açu
14/10/2014 | 11h13
  Olha que boa notícia:
A Prumo implementou a Rede de Empregabilidade, programa que irá concentrar, em um único banco de dados, a mão-de-obra disponível local e os trabalhadores que atuam nas obras do Complexo Industrial do Porto do Açu. O objetivo é que todas as empresas que estão se instalando no Complexo, assim como os prestadores de serviços, utilizem este banco de dados para contratação. O programa visa promover a sustentabilidade do empreendimento a partir da melhor gestão do fluxo de mão-de-obra. Segundo a gerente de Recursos Humanos da Prumo, Beatriz Taranto, a Rede de Empregabilidade irá ampliar a oportunidade de inclusão dos trabalhadores regionais. “Nossa premissa é ampliar a divulgação dos profissionais da região disponíveis no mercado. Queremos que eles permaneçam na região e tenham oportunidade de trabalho no porto”, ressaltou. Além disso, a Rede de Empregabilidade fará o monitoramento das desmobilizações que acontecerem no Complexo a fim de organizar, controlar e, na medida do possível, reduzir o fluxo migratório. Estes profissionais serão cadastrados no banco de dados para se candidatarem a novas vagas. Para cadastrar o currículo no banco de dados da Rede de Empregabilidade, o profissional deve encaminhá-lo para o e-mail [email protected]. Todos os currículos recebidos serão analisados, classificados e depois encaminhados para os processos seletivos das empresas interessadas, de acordo com a disponibilidade de vagas e adequação de perfil. As vagas disponíveis na Prumo poderão ser acessadas pelo Trabalhe Conosco no site da Prumo, por meio de cadastro no portal Vagas.com.
 (Fonte: Assessoria)
Comentar
Compartilhe
GPP: Pezão 56,8%, Crivella 43,2%
13/10/2014 | 10h27
  Pesquisa Estadual GPP de intenções de voto para o governo do Rio de Janeiro, divulgada hoje mostra o candidato do PMDB, Luiz Fernando Pezão, com 56,8% dos votos válidos, e o candidato do PRB, Marcelo Crivella, com 43,2%. Com a inclusão dos votos inválidos, Pezão tem 47,8%, Crivella tem 36,3%, brancos e nulos somam 10,5%, e não sabem em quem votar, 5,4%. No levantamento de intenções de voto por região, Pezão tem 47,2% na capital, 43,5% na região metropolitana, e 53,7% no interior. Crivella tem 33,4% na capital, 42,7% na região metropolitana, e 32,7% no interior. A pesquisa foi realizada nos dias 6 e 7 de outubro. O Blog Opiniões postou primeiro aqui. (Fonte: JB)  
Comentar
Compartilhe
Contagem regressiva: Dilma ou Aécio?
19/10/2014 | 08h23
  Há uma semana da eleição, fica a pergunta: Dilma ou Aécio? (Com base em Lauro Jardim (aqui)
Comentar
Compartilhe
Segundo exame também é negativo para ebola
13/10/2014 | 04h36
O ministro da Saúde, Arthur Chioro, informou há pouco que o segundo exame feito pelo africano internado no Rio de Janeiro com suspeita de ebola deu resultado negativo. O homem foi o primeiro caso suspeito da doença no Brasil. "Nós recebemos há pouco o lado do Instituto Evandro Chagas, em Belém do Pará, confirmando o resultado negativo da segunda amostra. Consideramos o caso suspeito como caso descartado", disse Chioro. O primeiro exame também já havia dado negativo.
Seguindo o protocolo da Organização Mundial de Saúde, o africano fez dois testes. O resultado do primeiro saiu no sábado pela manhã e apontou que ele não tinha a doença, mas o ministério decidiu não desmobilizar os esforços até a análise da segunda amostra para seguir as orientações de prevenção. Chioro afirmou que as medidas de prevenção contra o avanço da doença no país seguem sendo adotadas, incluindo simulações em portos e aeroportos. Ele também declarou que o ministério está comunicando a Organização Mundial da Saúde e as secretarias de Cascavel, no Paraná, e Rio de Janeiro sobre o resultado. Além disso, a pasta suspendeu o monitoramento das 64 pessoas que tiveram contato com Bah. "Eu me sinto aqui na obrigação de comunicar a todos que esse segundo resultado é negativo, felizmente é negativo. Portanto, damos como suspenso o monitoramento dos outros pacientes." O secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, informou que o paciente vai passar por novos exames para identificar que doença ele teve. Segundo o gestor, os testes não foram feitos antes para minimizar riscos de contágio já que havia suspeita de ebola. Saiba mais sobre o caso aqui. (Fonte: G1)
Comentar
Compartilhe
ZEN de Conceição de Macabu
21/10/2014 | 11h36
No dia 22 de outubro, a partir das 10h, a Prefeitura de Conceição de Macabu/RJ e a empresa Mangal Agropecuária Ltda, estarão lançando a Zona Especial de Negócios - ZEN Conceição de Macabu. Na oportunidade do lançamento, haverá abertura do evento pelo Prefeito, Claudio Linhares e apresentação de um vídeo institucional do empreendimento, seguido de um brunch. Trata-se de uma parceria público-privada estabelecida, com a destinação de uma área total de aproximadamente 1.203.000 m², dividida em 24 lotes com áreas entre 24.000m² até 50.000m², às margens da BR 101, no trevo com a Rodovia RJ 196 (Macabuzinho x Quissamã). A prefeitura está viabilizando os serviços de coleta e tratamento de esgoto sanitário e fornecimento de água em parceria com a empresa Águas do Paraíba. A área conta com disponibilidade de energia elétrica de baixa tensão, e está em andamento negociações com a AMPLA para viabilizar a de alta tensão. A ZEN Macabu tem localização privilegiada, e está equidistante das cidades de Macaé e Campos dos Goytacazes (50km), e próxima também dos empreendimentos do Porto do Açu em São João da Barra (85km), e o da Barra do Furado, em Quissamã (35km). De acordo com informações, os lotes serão vendidos a um preço muito competitivo, e escriturados em cartório em nome dos adquirentes. “As empresas industriais que vierem a se instalar na ZEN de Conceição de Macabu, poderão obter benefícios fiscais do Governo do Estado, conforme previsto na Lei nº 5636/2010 (2% de ICMS), e do Município através da Lei nº 1290/2014 (redução de 50% no ISS, IPTU, ITBI, e de até 80% nas taxas e emolumentos)”, ressaltou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Luiz Imbiriba. O Lançamento da ZEN Conceição de Macabu acontecerá no próprio espaço, na Rodovia RJ-196, no entroncamento com a BR 101, km 125 (trevo de Macabuzinho com Quissamã).
(Fonte: Assessoria)
Comentar
Compartilhe
Anglo American confirma primeiro embarque de minério de ferro
27/10/2014 | 10h33
A Anglo American anuncia o primeiro embarque de minério de ferro do Projeto Minas-Rio, dentro do prazo e do orçamento previamente informados. O primeiro navio com mais de 80 mil toneladas de minério de ferro para o mercado de pellet feed foi carregado no terminal dedicado de exportação de minério de ferro no Porto do Açu, Rio de Janeiro, no dia 25 de outubro, e a embarcação está atualmente a caminho da China. Mark Cutifani, presidente global do Grupo Anglo American, disse: “A realização do primeiro embarque de minério de ferro do Projeto Minas-Rio é uma grande vitória do nosso time e um dos três principais compromissos com nossos acionistas este ano. O Minas-Rio é um depósito mineral excepcional em termos de escala e qualidade, o que nos permitirá disponibilizar pellet feed da mais alta qualidade no mercado para nossos clientes no Oriente Médio e Ásia, proporcionando-nos uma clara vantagem competitiva. Apesar do cenário desfavorável de preços que vivemos no momento, a característica integrada do Sistema Minas-Rio, da mina ao porto, nos garante custos operacionais atrativos e nos permitirá manter uma posição competitiva a longo prazo.” Paulo Castellari, presidente da Unidade de Negócio Minério de Ferro Brasil da Anglo American, acrescentou: “Estamos muito contentes com a realização do primeiro embarque do Projeto Minas-Rio e essa é uma prova do grande esforço e dedicação de todo o time, incluindo nossas empresas contratadas, fornecedores, parceiros e o apoio das autoridades reguladoras e do governo no Brasil ao longo dos anos. Nosso foco daqui em diante é alcançarmos nossa capacidade de produção anual de 26,5 milhões de toneladas de minério de ferro nos próximos 18-20 meses, e na manutenção de licenças e de autorizações necessárias à medida que avançamos na nossa operação.”  
Comentar
Compartilhe
Carla lança o Dilmão: Dilma + Pezão
15/10/2014 | 04h01
Comentar
Compartilhe
Datafolha: Aécio 51%, Dilma 49%
15/10/2014 | 06h24
  Pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira (15) aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República: Aécio: 51% Dilma: 49% Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo". De acordo com o Datafolha, "o segundo turno da disputa pela Presidência da República continua empatado após a retomada das propagandas no rádio e na TV". Votos totais Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são: - Aécio Neves (PSDB): 45% - Dilma Rousseff (PT): 43% - Em branco/nulo/nenhum: 6% - Não sabe: 6% Na margem de erro, os candidatos estão empatados tecnicamente. No último levantamento, divulgado no dia 9, Aécio tinha 46% e Dilma, 44%. O Datafolha ouviu 9.081 eleitores em 366 municípios nos dias 14 e 15 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01098/2014. (Fonte: G1) O Blog do Bastos postou primeiro aqui.
Comentar
Compartilhe
Parcial: 97,30%, Pezão 40,80%; Crivella 20,19%
05/10/2014 | 08h00
Com 97,30%, Pezão - 40,80% Crivella - 20,19% Garotinho 19,58%
Comentar
Compartilhe
Brasil tem segundo caso suspeito de Ebola
16/10/2014 | 11h31
Uma Unidade de Pronto Atendimento de Foz de Iguaçu, no Paraná, foi fechada na manhã de hoje após um paciente, oriundo de Serra Leoa, relatar sintomas de febre. O caso está sendo tratado como suspeita de ebola. A informação foi confirmada pela Secretária da Saúde da cidade. Serra Leoa é um dos países afetados pela epidemia de ebola que já matou mais de 4 mil pessoas. (Fonte: Revista Exame)
Comentar
Compartilhe
Pezão conversa com Lindberg
06/10/2014 | 08h08
    Além da aliança "surpresa", que ainda será anunciada, o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) procurou ontem outras lideranças políticas em busca de apoio para o segundo turno. Uma delas foi o senador Lindberg Farias, que disputou com ele o primeiro turno. De acordo com o jornal O Dia, Pezão ligou para Lindberg e questionou o senador sobre um possível apoio: "Ele (Lindberg) falou que tendia a apoiar Crivella. Eu fiz um apelo para que ele ouvisse as minhas propostas.", disse Pezão.
 (Fonte: O Dia)
Comentar
Compartilhe
MP Eleitoral propôs 62 ações somente hoje
05/10/2014 | 07h02

Neste domingo (05/10), a Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro (PRE/RJ) propôs 62 ações por propaganda irregular neste dia de votação. Cinquenta e oito desses processos têm como réus candidatos envolvidos no despejo de “santinhos” e outros materiais de campanha em vias públicas – prática conhecida como “voo da madrugada”. Os outros processos decorrem do uso abusivo de placas com nomes, fotos e números de candidatos.

Os candidatos a governador Anthony Garotinho (PR) e Luiz Fernando Pezão (PMDB) foram os réus que respondem ao maior número de processos (13, cada). O senador Marcelo Crivella (PRB) responde a três ações, enquanto Lindbergh Farias é réu em uma ação.

As irregularidades que motivaram os processos foram detectadas em 21 cidades (algumas ações citam fatos em mais de uma cidade):

Belford Roxo (uma)

Campos dos Goytacazes (quatro)

Duque de Caxias (14)

Eng. Paulo de Frontin (três)

Itaocara (duas)

Itaguaí (uma)

Mesquita (duas)

Nilópolis (três)

Niterói (uma)

Nova Friburgo (quatro)

Paraíba do Sul (dois)

Piraí (uma)

Porto Real (uma)

Quatis (uma)

Queimados (três)

Resende (cinco)

Rio de Janeiro (três)

S. Gonçalo (três)

S. João de Meriti (duas)

Teresópolis (sete)

Valença (três)

Comentar
Compartilhe
Organização de Procura de Órgãos inaugurada nesta quinta em Itaperuna
22/10/2014 | 07h12
O Programa Estadual de Transplantes (PET) inaugura nesta quinta-feira, 23 de outubro, às 14h, a terceira Organização de Procura de Órgãos (OPO) do estado. A unidade vai funcionar em Itaperuna, no Hospital São José do Avaí. A OPO atenderá 26 municípios das regiões dos lagos, norte e noroeste fluminense.  A OPO foi criada para descentralizar e aperfeiçoar o processo de captação de órgãos e tecidos nos hospitais abrangidos por cada uma dessas novas unidades. As notificações de órgãos continuarão a ser feitas ao PET através do Disque-Transplantes (155).   As duas primeiras OPOs já funcionam no Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro (Iecac), bairro do Humaitá; e no Hospital São Francisco de Assis, na Tijuca; ambas na capital.   Ainda nesta quinta-feira, às 17h, será inaugurada a Clínica da Família em Aperibé. Com investimento de R$ 1,3 milhão dos cofres estaduais para construção, além dos equipamentos, a unidade será a 11ª inaugurada no estado. O objetivo da Secretaria de Estado de Saúde é, através das Clínicas da Família, trabalhar a prevenção, promoção da saúde, diagnóstico precoce de doenças e tratamento, fortalecendo o atendimento de atenção básica nas regiões. A gestão da Clínica será entregue à Prefeitura de Aperibé.
(Fonte: Secom)
Comentar
Compartilhe
Prumo conclui outra etapa para início de operação do Porto
17/10/2014 | 07h55
  A Prumo concluiu mais uma importante etapa para a operação do Porto do Açu: a finalização da construção do cais do Terminal Multicargas (TMULT), com 500 metros de extensão e 14,5 metros de profundidade. Todas as defensas e cabeços de amarração já foram instalados e o cais já esta pronto para a atracação dos primeiros navios. O projeto do TMULT é dividido em três fases e a operação da 1º fase, com granéis sólidos e cargas de projeto, está prevista para o primeiro semestre de 2015. O TMULT está capacitado para receber navios do tipo Panamax. (Fonte: Assessoria)
Comentar
Compartilhe
Caminhar sobre o Paraíba
14/10/2014 | 11h53
[caption id="attachment_14062" align="aligncenter" width="168"] Foto: Ellena Monteiro[/caption] Na tarde de hoje, fui até Barcelos conferir se era possível o que haviam me dito: atravessar o Paraíba a pé. Não chegamos a atravessar, mas avançamos quase 300 metros e vimos que o rio acabou se tornando uma ilha ao inverso: água cercada de terra por todos os lados. Leia a matéria completa na edição de amanhã da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
Na capital, Tarcísio Mota ganhou Garotinho
06/10/2014 | 06h07
  Surpresa na eleição para governador, o professor Tarcísio Motta (PSOL) teve 14,6% (451.024 mil) dos votos válidos na capital fluminense, terminando a disputa em terceiro lugar atrás de Luiz Fernando Pezão (43,6%) e Marcelo Crivella (22,6%). Tarcísio o candidato ficou à frente de Anthony Garotinho (PR), que, na capital, teve apenas 10,7% dos votos válidos — 332.847 mil votos. Em nível estadual, Garotinho ficou em terceiro lugar, com 19,7%. Em toda a corrida eleitoral, Tarcísio ocupou a quinta posição, oscilando entre 1% e 6% das intenções de voto do Estado. (Fonte: R7)  
Comentar
Compartilhe
Parcial Rio: Pezão 41,19, Garotinho e Crivella empatados em 19%
05/10/2014 | 07h22
Com 87, 78% dos votos apurados, o governador Luiz Fernando Pezão aparece com 41,19% dos votos. Crivella com 19,95% Garotinho com 19,55%  
Comentar
Compartilhe
Datafolha: Pezão dispara com 56%. Crivella tem 44%
16/10/2014 | 07h27
Pesquisa Datafolha divulgada quinta-feira mostra os seguintes percentuais de intenção de votos válidos para o Governo do Estado no segundo turno: Luiz Fernando Pezão (PMDB) - 56% Marcelo Crivella (PRB) - 44% Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos em branco, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Votos totais Se forem incluídos os votos em brancos e nulos e os dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são: Luiz Fernando Pezão (PMDB) – 46% Marcelo Crivella (PRB) – 36% Em brancos/nulo/nenhum – 10% Indecisos – 8% Momento da decisão do voto A pesquisa mostra em que momento os eleitores decidiram seu voto no primeiro turno nas eleições. Os percentuais são os seguintes: Pelo menos um mês antes da eleição – 63% 15 dias antes da eleição – 11% Uma semana antes da eleição – 9% Na véspera da eleição – 5% No próprio dia da eleição – 12% Número para confirmar ou anular o voto Foi perguntado aos eleitores qual o número eles vão digitar na urna eletrônica para confirmar ou anular seu voto para governador. A pesquisa mostra o seguinte resultado: Menções corretas: 64% Não sabe o número do candidato: 30% Menções incorretas: 3% Não sabe como anular o voto: 4% Decisão de voto Apresentados os dois candidatos que estão na disputa pelo governo do Rio, a pesquisa perguntou aos eleitores sobre sua decisão de voto. Os percentuais são os seguintes: Luiz Fernando Pezão Votaria com certeza: 41% Talvez votasse: 21% Não votaria de jeito nenhum: 36% Não sabe: 2% Marcelo Crivella Votaria com certeza: 34% Talvez votasse: 22% Não votaria de jeito nenhum: 43% Não sabe: 2%. A pesquisa foi realizada nesta quarta-feira (15), com 1.493 entrevistados em 36 municípios. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de três pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número RJ-00069/2014 e BR-01098/2014. (Fonte: G1) Atualização: O blog "Estou procurando...." postou primeiro aqui.
Comentar
Compartilhe
Carros com até três anos de uso serão isentos de vistoria anual
31/10/2014 | 12h50
  O governador Luiz Fernando Pezão anunciou, ontem, em entrevista à TV Rio Sul, afiliada da Rede Globo, que pretende estender para carros com até três anos de uso a liberação da vistoria anual. A iniciativa deve entrar em vigor já em 2015. Hoje, o benefício se aplica a veículos com até dois anos. Segundo o Detran, a medida é consequência de relatórios técnicos de controle de emissão de gases veiculares. O estudo observou que veículos novos não causam danos ao meio ambiente. A iniciativa seguirá o critério usado atualmente, que beneficia somente automóveis de passeio, com capacidade para até cinco passageiros. Por meio de nota, o Detran ressaltou que a vistoria será obrigatória quando houver necessidade de novo Certificado de Registro de Veículo (CRV), nos casos de mudança de domicílio ou residência, transferência de propriedade, alteração de características e mudança de categoria. Os proprietários de veículos isentos devem, no entanto, pagar o IPVA e retirar o CRV todos os anos nos postos.  
Comentar
Compartilhe
Dilma reeleita!!!!!
26/10/2014 | 08h13
Na campanha mais disputada dos últimos anos, a presidente Dilma foi reeleita presidente do Brasil.
Comentar
Compartilhe
Garotinho perdeu para Garotinho
06/10/2014 | 02h06
    Desde a manhã de ontem, quando se recusou a fazer o "V" da vitória ao votar, o deputado Anthony Garotinho já sinalizava que as coisas não iam bem. As lentes do repórter fotográfico Leonardo Berenger não deixavam negar. Na verdade, bem antes disso, sua campanha já vinha baixando o tom, não nos ataques, mas no ânimo. No último debate, Garotinho foi isolado pelos adversários Marcelo Crivella e Lindberg Farias, que montaram a estratégia de trocar perguntas e atacar Pezão para um dos dois chegar ao segundo turno. Conseguiram. Sábado, Garotinho reconheceu dificuldades na reta final - de arrecadação e  dívidas na casa dos milhões. Ele reconheceu ter chegado  ao seu limite físico: “Eu não sei como eu vou começar a campanha se eu for para o segundo turno”. Ontem, depois de votar, chegou a dizer que voltaria para o Rio, mas decidir ficar na emblemática casinha da Lapa, onde a tensão reinou durante todo o dia. O pouco de alívio que chegou com a pesquisa de boca de urna, que sinalizava Garotinho do 2 turno, logo foi superado pelas urnas. Soberanas, como disse o próprio Garotinho. Garotinho perdeu para Pezão e Crivella. Mas perdeu para as urnas, para as ruas, para ele próprio. Porque o Garotinho de quase três décadas atrás, que pregava mudança, acabou se tornando um senhor tão semelhante ao que ele condenava no princípio. Ininterruptamente a política, a política, a política, a busca pelo poder através de atos tão antigos e tão igualmente condenáveis. Talvez a principal lição dessa derrota seja que a política do ataque, da difamação e do assistencialismo não seja mais o que a população quer. Talvez a população queira um líder combativo, não alguém que dispare sua metralhadora sem pesar em quem atinge. Talvez, só talvez, esteja na hora de repensar, calçar as tais sandálias da humildade para poder seguir em frente.
Comentar
Compartilhe
Senai com 2.840 vagas para cursos
01/10/2014 | 05h27
O Sistema FIRJAN está com inscrições abertas para 240 vagas gratuitas em cursos do SENAI Rio nas regiões Norte e Noroeste Fluminense. As oportunidades, oferecidas através do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), são para cursos técnicos presenciais. Em todo o estado do Rio, há 2.840 vagas disponíveis. As inscrições podem ser feitas até o dia 13 de outubro. O objetivo é formar cada vez mais trabalhadores de acordo com os novos perfis demandados pela indústria fluminense e, consequentemente, aumentar as possibilidades de inserção no mercado de trabalho. Do total de vagas para o Norte Fluminense, 160 são para Macaé, nos cursos técnicos em Mecânica (80), Eletrotécnica (40) e Automação Industrial (40). Já em Campos, são ofertadas 40 vagas, no curso técnico em Petróleo e Gás. No Noroeste Fluminense, o SENAI Rio disponibiliza 40 oportunidades no curso técnico em Logística, na cidade de Santo Antônio de Pádua. Podem se inscrever alunos das escolas estaduais, que estejam cursando o 2º ano do Ensino Médio regular. A Secretaria de Estado de Educação será responsável pela seleção dos candidatos, que levará em conta o desempenho escolar. Informações sobre como participar do processo seletivo podem ser obtidas no site www.cursosenairio.com.br. As aulas do programa estão previstas para iniciar na primeira quinzena de novembro e serão ministradas de segunda à sexta-feira, nos turnos da manhã, tarde e noite, dependendo do curso e da unidade escolhida. (Fonte: Senai)
Comentar
Compartilhe
Caso suspeito de Ebola no Brasil
10/10/2014 | 12h15
O Ministério da Saúde e a Secretaria de Estado da Saúde do Paraná informam que a Unidade de Pronto Atendimento Brasília, em Cascavel (PR), recebeu nesta quinta-feira (9), no período da tarde, um paciente classificado como suspeito de infecção por ebola. Trata-se de um homem, de 47 anos, vindo da Guiné (escala em Marrocos), país de origem, que chegou ao Brasil, no dia 19 de setembro.  Ele relatou que ontem (8) e nesta manhã (9) teve febre. Até o início da noite, estava subfebril e não apresentava hemorragia, vômitos ou quaisquer outros sintomas. Está em bom estado geral e, mantido em isolamento total. Por estar no vigésimo primeiro dia, limite máximo para o período de incubação da doença, foi considerado caso suspeito, seguindo os protocolos internacionais para a enfermidade. Guiné é um dos três países que concentram o surto da doença na África. O ebola só é transmitido através do contato com o sangue, tecidos ou fluidos corporais de indivíduos doentes, ou pelo contato com superfícies e objetos contaminados. O vírus somente é transmitido quando surgem os sintomas. Imediatamente após a identificação da suspeita, o paciente foi isolado na unidade e adotadas medidas previstas no protocolo nacional, como a comunicação à secretaria estadual de saúde e ao Ministério da Saúde. O caso está sendo acompanhado pelas equipes de vigilância em saúde do Ministério da Saúde e do Paraná. Assim que foi comunicado, o Ministério da Saúde enviou imediatamente equipe para Cascavel, por meio da FAB (Força Aérea Brasileira), onde coordenarão in loco as medidas de atendimento e a identificação de possíveis contatos para orientação e controle. O paciente será transferido, conforme protocolo de segurança, para o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, no Rio de Janeiro (RJ), referência nacional para casos de ebola. A transferência será feita por meio de aeronave da Polícia Rodoviária Federal.
 (Fonte: Ministério da Saúde)
Comentar
Compartilhe
Crivella: "Eles (Garotinho e Rosinha) que se aliaram a mim"
14/10/2014 | 12h24
O senador Marcelo Crivella foi o entrevistado de ontem do “RJ TV 2ª edição”. O candidato ao Governo do Estado pelo PRB defendeu a adesão dos novos aliados Anthony Garotinho (PR) e Lindbergh Farias (PT) à sua candidatura, e criticou o escândalo que se instalou na Petrobras. As denúncias atingem em cheio o governo da presidente Dilma Rousseff, aliada do senador, e também respingaram em Lindbergh. Segundo Crivella, porém, “apoio não se nega”. Sobre o governo de Garotinho e de sua sucessora, a prefeita de Campos Rosinha Garotinho (PR), Crivella exaltou aspectos positivos das gestões do casal, mas deixou claro que seu interesse é nos 1,5 milhão de votos que o candidato derrotado obteve no primeiro turno: — Não fui eu que me aliei, eles que se aliaram. Há coisas positivas no governo deles, e essas podemos aprimorar. O cuidado com os pobres era um coisa característica deles, coisa que a gente não via na índole do governo Sérgio Cabral. Mais de 1,5 milhão de pessoas votaram no governador Garotinho e na Rosinha. O apoio que ele teve nas urnas foi determinante para que tivéssemos o apoio deles. Não é Garotinho e Rosinha, são os 1,5 milhão de fluminenses que votaram neles — declarou. (Fonte: O Globo)
Comentar
Compartilhe
Datafolha: Pezão 36%; Garotinho e Crivella na disputa pelo 2 turno
04/10/2014 | 06h50
Pesquisa Datafolha divulgada hoje mostra os seguintes percentuais de intenção de votos válidos na corrida para o governo do Rio de Janeiro: Luiz Fernando Pezão (PMDB) - 36% Anthony Garotinho (PR) – 25% Marcelo Crivella (PRB) - 22% Lindberg Farias (PT) – 10% Tarcísio Motta (PSOL) – 6% Dayse Oliveira (PSTU) – 1% Ney Nunes (PCB) - 0% Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos em branco, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.Votos totais Se forem incluídos os votos em brancos e nulos e os dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são: Luiz Fernando Pezão (PMDB) - 31% Anthony Garotinho (PR) – 21% Marcelo Crivella (PRB) - 19% Lindberg Farias (PT) – 9% Tarcísio Motta (PSOL) – 6% Dayse Oliveira (PSTU) – 1% Ney Nunes (PCB) - 0% Em branco/nulo/nenhum - 8% Não sabe - 5% Levantamento anterior Na pesquisa Datafolha anterior, divulgada na quinta-feira (2), considerando os votos totais Pezão tinha 30%, Garotinho , 21%, Crivella, 17%, e Lindberg, 13%. Na pesquisa divulgada na quarta-feira (1º), também considerando os votos totais, Pezão tinha 31%, Garotinho, 24%, e Crivella, 17%, segundo o Datafolha. Segundo turno O Datafolha fez duas simulações de segundo turno. Veja os resultados: Cenário 1 Pezão: 60% dos votos válidos Garotinho: 40% dos votos válidos Pezão: 48% dos votos totais Garotinho: 32% dos votos totais Em branco/nulo/nenhum: 18% Não sabe: 2% Cenário 2 Pezão: 51% dos votos válidos Crivella: 49% dos votos válidos Pezão: 44% dos votos totais Crivella: 41% dos votos totais Em branco/nulo/nenhum: 13% Não sabe: 3% A pesquisa foi realizada entre a sexta-feira (3) e este sábado (4) com 1.949 entrevistados em 36 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de três pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número RJ-00063/2014 e BR-01037/2014. Atualização: O Blog do Bastos deu primeiro aqui.
Comentar
Compartilhe
Datafolha e Ibope: Pezão 10 pontos à frente de Crivella
23/10/2014 | 07h31
  Do blog do Bastos:  
Por alexandre bastos, em 23-10-2014 - 19h05
Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (23) mostra os seguintes percentuais de intenção de votos válidos na corrida para o governo do Rio de Janeiro no segundo turno: Luiz Fernando Pezão (PMDB) – 55% Marcelo Crivella (PRB) – 45% Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos em branco, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Votos totais - Se forem incluídos os votos em brancos e nulos e os dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são: Luiz Fernando Pezão (PMDB) – 46% Marcelo Crivella (PRB) – 38% Em brancos/nulo/nenhum – 10% Indecisos – 6% Número para confirmar ou anular o voto - Foi perguntado aos eleitores qual o número eles vão digitar na urna eletrônica para confirmar ou anular seu voto para governador. A pesquisa mostra o seguinte resultado: Menções corretas: 72% Não sabe o número do candidato: 23% Menções incorretas: 3% Não sabe como anular o voto: 3% Decisão de voto - Apresentados os dois candidatos que estão na disputa pelo governo do Rio, a pesquisa perguntou aos eleitores sobre sua decisão de voto. Os percentuais são os seguintes: Luiz Fernando Pezão:  Votaria com certeza: 41% Talvez votasse: 22% Não votaria de jeito nenhum: 36% Não sabe: 1% Marcelo Crivella:  Votaria com certeza: 36% Talvez votasse: 21% Não votaria de jeito nenhum: 42% Não sabe: 1%. A pesquisa foi realizada entre os dias 22 e 23 de outubro, com 1.554 entrevistados em 38 municípios. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de três pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número RJ-00075/2014 e BR-01162/2014. Pesquisa – Ibope  Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (23) também mostrou Pezão com 55% contra 45% de Crivella. Votos Válidos: Luiz Fernando Pezão (PMDB) – 55% Marcelo Crivella (PRB) – 45% A pesquisa foi encomendada pela TV Globo. No levantamento anterior do instituto, divulgado na segunda-feira (20), Pezão tinha 56% e Crivella, 44%. Votos totais Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são: Luiz Fernando Pezão (PMDB) – 46% Marcelo Crivella (PRB) – 37% Branco/nulo – 12% Indecisos – 5%
O Ibope fez a pesquisa entre os dias 20 e 22 de outubro. O instituto ouviu 2002 eleitores. A margem de erro é de dois pontos, para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral com o número RJ-00076/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR 01164/2014. Fonte: G1
Comentar
Compartilhe
Mulher e filha de Crivella tem casas nos EUA
23/10/2014 | 12h22
  Apresentada desde o início da campanha como uma mulher dedicada à igreja e à família, como mostra o próprio site do partido do marido, Marcelo Crivella, Sylvia Jane Crivella, de acordo com documentos obtidos pelo GLOBO, é dona de dois imóveis na Flórida, propriedades avaliadas em quase US$ 500 mil. Segundo a assessoria de imprensa de seu marido, foram comprados “com recursos próprios” dela. A primeira casa fica em Orange County, em Orlando. Faz parte de um condomínio fechado, construído em 2006, e tem uma área total de 194 metros quadrados. A propriedade tem dois quartos, dois banheiros e vale cerca de US$ 220 mil no mercado americano atual. Sylvia Jane é sua proprietária desde abril de 2011. A segunda propriedade fica em Seminole County, também na Florida, e foi construída no ano passado. Além de Sylvia, aparece como proprietária do imóvel Deborah Crivella Lopes, uma das filhas do candidato. Hoje em dia, a propriedade é avaliada em US$ 266 mil. Procurada pela reportagem, a assessoria de Crivella informou que Sylvia e Deborah “são empresárias, portanto têm recursos próprios para adquirir os imóveis”. Além disso, a campanha destacou que o primeiro imóvel “está devidamente declarado no imposto de renda de Sylvia Jane” e que o segundo foi comprado, em parte, por Deborah e, em parte por Crivella, “através de empréstimo contratado junto ao Banco do Brasil, declarado no imposto de renda do senador, e que ainda está em processo de quitação”. Sylvia formou-se em Letras, lecionou por anos e já publicou três livros. Deborah é arquiteta. Hoje mora na segunda propriedade listada e trabalha nos Estados Unidos. Juntas, mãe e filha têm uma empresa em comum. São donas da Berry Cool, uma rede que vende iogurte e tem três lojas em Brasília. Na declaração de bens que apresentou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Crivella listou um patrimônio de R$ 739 mil. Leia a matéria completa em O Globo.  
Comentar
Compartilhe
Rafael Diniz: "Dizem que fazemos acusações vazias. Quero ver trazer defesa com prova"
29/10/2014 | 01h05
O clima foi tenso hoje na Câmara dos Vereadores. O vereador  Marcão (PT) foi à tribuna, onde mostrou matéria falando de "um rombo de R$ 600 milhões da prefeitura durante a campanha e que prestadores estariam sem receber" e ainda a questão do UH Saúde, que não estaria atendendo servidores porque não estaria recebendo da prefeitura. A dívida seria de R$ 50 milhões. Depois, o vereador Rafael Diniz também usou a tribuna, lembrando que eles provam as denúncias que fazem e é preciso, também, que a defesa por parte da situação seja através de provas: "Muitas somos acusados de acusações vazias. Apresentamos sempre documentos. Agora serão defesas vazias. Que sejam apresentados documentos também que provem que não há. Que não houve esse rombo, que não deve a UH".  
Comentar
Compartilhe
Campanha para cantar... Nelson Nahim
02/10/2014 | 01h06
Quase, quase no final... chegou esse: Nelson Nahim. Nem vou escrever porque o vídeo com o jingle já diz tudo:    
Comentar
Compartilhe
Com 25,18% das urnas apuradas: Pezão 59,61%, Crivella 40,39%
26/10/2014 | 05h33
Começou a apuração das urnas para saber quem será o novo governador do estado do Rio. Parcial Pezão 59,61% Crivella - 40,39%  
Comentar
Compartilhe
Manifestação hoje na Câmara de SJB
14/10/2014 | 10h22
  Segundo informações, haverá manifestação hoje, às 17h, na Câmara de Vereadores de São João da Barra, cobrando uma posição dos membros do Legislativo, a respeito das recentes exonerações feitas pelo prefeito Neco. No último sábado foram publicadas mais de 40.
Comentar
Compartilhe
Datafolha: Dilma 52%, Aécio 48%
22/10/2014 | 11h47
Pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira (22) aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República: - Dilma Rousseff (PT) 52% - Apecio Neves (PSDB): 48% Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. A pesquisa foi encomendada pelo jornal "Folha de S.Paulo". De acordo com a pesquisa, na reta final da eleição, os candidatos continuam empatados, no limite da margem de erro, de dois pontos percentuais para mais ou para menos. No levantamento anterior, divulgado no dia 20, o resultado foi o mesmo: Dilma tinha 52%, e Aécio, 48% dos votos válidos. Votos totais Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são: - Dilma: 47% - Aécio: 43% - Em branco/nulo/nenhum: 6% - Não sabe: 4% Segundo o Datafolha, 82% dos eleitores de Dilma acham que a presidente será reeleita. Entre os eleitores de Aécio, 78% acham que o tucano será o vencedor neste segundo turno. Segmentos sociais Nos segmentos sociais, a pesquisa confirma avanços da petista entre as mulheres, que tem a preferência de 47%; e no grupo das pessoas que recebem entre dois e cinco salários mínimos, com 45% de preferência. No Sudeste, Dilma tem a preferência de 40% dos eleitores entrevistados. O instituto ainda perguntou se o eleitor tem grande interesse pela eleição e 50% responderam sim, contra 39% do registrado no fim de agosto.
O Datafolha ouviu 4.355 eleitores no dia 21 de outubro em 256 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01160/2014.
(Fonte: G1)
O Blog Opiniões, de Aluysio Abreu Barbosa, postou primeiro aqui.
Comentar
Compartilhe
Candidatos com últimos atos de campanha em Campos
26/10/2014 | 11h20
Os candidatos ao Governo do Estado, Luiz Fernando Pezão (PMDB) e Marcelo Crivella (PRB), tiveram seus últimos atos de campanha em Campos. Na sexta-feira, Pezão participou de uma ampla carreata ao lado do senador eleito Romário e lideranças da oposição de toda região. Confiante na vitória, a oposição (que obteve quase 67% dos votos em Campos no primeiro turno), quer consolidar de vez o município como ponto estratégico na política fluminense. Ontem, sábado, foi a vez dos aliados de Crivella, capitaneados pelo ex-governador e agora quase ex-deputado Anthony Garotinho. O blog do Bastos mostrou aqui a carreata, dizendo que a meta do grupo é dar uma expressiva votação a Crivella: "Nas últimas reuniões em Campos o deputado Anthony Garotinho avisou que deseja ver uma votação expressiva de Crivella em Campos. Além disso, muitas lideranças que estão na “corda bamba” precisam mostrar serviço para evitar a degola". Talvez mais que isso: Uma votação ruim de Crivella em Campos pode sentenciar não só a degola, mas como a debandada dos insatisfeitos que ainda estão no grupo. O que irá acontecer realmente, só após as urnas serem abertas.
Comentar
Compartilhe
Cuspindo marimbondo
07/10/2014 | 11h01
Enquanto a família de Nelson Nahim está "um poço de mágoas" com Garotinho, irmão do ex-vereador, e chegou a desabafar no face, comemorando a derrota dele na corrida pelo Governo do Estado, como mostrou Christiano Abreu Barbosa, em seu Ponto de Vista, tem gente "cuspindo marimbondo". O pessoal ligado a Magal também está longe de perdoar o que chama de falta de apoio por parte do governo na campanha do vereador a deputado federal. Mesmo assim, Magal obteve 15.944 votos. A postagem de Johnatan Santana teve 104 curtidas e diversos comentários de apoio a Magal, especialmente de sua família.
Obrigado à todos os 15.944 eleitores que acreditaram e deram seu voto de confiança e que lutaram até o final. Essa votação ( mesmo não o elegendo) só demonstra o prestígio de Magal e o quanto ele é querido pelo povo, que mesmo SEM O APOIO DO GOVERNO, e ainda tendo o mesmo CONTRA a nossa campanha, ainda assim tivemos uma votação bem expressiva. A todos os amigos e companheiros de campanha, nosso muito obrigado.
Comentar
Compartilhe
Crivella vem a Campos por apoio de Garotinho
06/10/2014 | 04h11
O senador Marcelo Crivella (PRB), candidato ao Governo do Estado, virá a Campos para pedir apoio do deputado federal Anthony Garotinho (PR), candidato derrotado. Em seu comitê, no Centro do Rio, ele recebeu o presidente regional do PT, Washington Quaqua, que não quis ser fotografado.Todos os dirigentes das siglas disseram a Crivella que terão encontros das executivas antes da decisão sobre o possível apoio. Do PR, Crivella falou com a famíliaGarotinho, enquanto teve conversas reservadas com Marcelo Freixo e Chico Alencar, do PSOL. Embora reconheça mais dificuldade nesta aliança, Crivella se mantém confiante. "A idéia é que digam 'Pezão, não', mais ou menos como fizeram na disputa presidencial: 'Aécio, não'. Normalmente não declaram apoio, mas dizem não ao outro candidato", disse ele. Em nota, na tarde desta segunda, Anthony Garotinho informou que receberá Crivella amanhã, em sua casa, na Lapa.
Comentar
Compartilhe
Dilma vota e lamenta tom da campanha
26/10/2014 | 11h32
  A presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff(PT) , votou por volta das 8h43 deste domingo (26) na Escola Estadual Santos Dumont, na Zona Sul de Porto Alegre. Acompanhada do governador do Rio Grande do Sul e também candidato à reeleição, Tarso Genro (PT), a presidente levou poucos segundos para registrar seus votos na urna.
Dilma chegou sorridente à seção eleitoral, cumprimentou jornalistas, eleitores e mesários. A presidente também tirou fotos com admiradores. Antes de votar, ela tomou chimarrão de uma cuia que estava com um dos mesários.
(G1)
Comentar
Compartilhe
Ibope: Pezão 37%, Garotinho 27%, Crivella 20%
04/10/2014 | 07h53
Pesquisa Ibope divulgada hoje aponta os seguintes percentuais de intenção de votos válidos na corrida para o governo do Rio de Janeiro: Luiz Fernando Pezão (PMDB) - 37% Anthony Garotinho (PR) – 27% Marcelo Crivella (PRB) - 20% Lindberg Farias (PT) – 9% Tarcísio Motta (PSOL) – 5% Dayse Oliveira (PSTU) – 1% Ney Nunes (PCB) - 1% Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto. Segundo o Ibope, haverá disputa de segundo turno no estado. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo. Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são: Luiz Fernando Pezão (PMDB) – 31% Anthony Garotinho (PR) – 23% Marcelo Crivella (PRB ) – 17% Lindberg Farias (PT) – 8% Tarcísio Motta (PSOL) – 5% Dayse Oliveira (PSTU ) – 1% Ney Nunes (PCB) – 0% Branco/nulo – 10% Indecisos – 5% No levantamento anterior, divulgado em 30 de setembro, Pezão tinha 31%, Garotinho, 21% e Crivella 16%. Na pesquisa divulgada em 23 de setembro, Pezão tinha 29%, Garotinho, 26% e Crivella, 17%. Segundo turno O Ibope fez três simulações de segundo turno. Veja os resultados: Cenário 1 Luiz Fernando Pezão: 47% Garotinho: 29% Branco/nulo: 19% Indecisos: 5% Cenário 2 Luiz Fernando Pezão: 43% Crivella: 36% Branco/nulo: 17% Indecisos: 4% Cenário 3 Crivella: 42% Garotinho: 31% Branco/nulo: 23% Indecisos: 4% (Fonte: G1) A Folha Online postou sobre o assunto aqui.
Comentar
Compartilhe
Neco com Pezão
19/10/2014 | 06h09
[caption id="attachment_14134" align="aligncenter" width="300"] Foto: Paulo Pinheiro[/caption]   A edição impressa da Folha da Manhã traz hoje matéria do jornalista Arnaldo Neto a respeito de apoios dos prefeitos para candidatos ao Governo do Estado e Presidência da República. Confira aqui. Na região, o prefeito de São João da Barra, Neco, tem sido um dos mais incansáveis e um dos primeiros a abraçar a campanha de Pezão. Desde o primeiro turno colocou seu time em campo, realizando caminhadas e reuniões em torno do candidato de seu partido, Luiz Fernando Pezão. O empenho deu resultado: Pezão foi o primeiro colocado em SJB, com  quase 50%, ou mais de 12 mil votos. Agora no segundo turno, a expectativa é que esse número seja ampliado
Comentar
Compartilhe