Reforma e ampliação
28/01/2020 | 21h42
O Laboratório Plínio Bacelar, considerado o melhor da cidade, completa, em 2020, 78 anos de fundação. Em constante evolução, as suas instalações passam por reforma e ampliação, no segundo e terceiro andar do prédio. O objetivo é melhorar a infraestrutura para aperfeiçoar o atendimento aos clientes e à classe médica.
Foi adquirido um novo gerador de energia e novos equipamentos, gerando uma maior integração entre os setores administrativo e técnico. A fachada da Rua Lacerda Sobrinho (foto abaixo) passará por modernização, assim como os espaços internos. A reforma acontece paralelamente ao funcionamento regular do laboratório.
Há investimento também em mão de obra, com contratações como a do médico geneticista Dr. Olavo Ferreira de Siqueira, que já faz parte da equipe técnica do Laboratório, como assessor científico no setor de BioMol (Genética e Biologia Molecular). Ele tem residência em Genética Médica pela UniRio e prática em oncogenética pelo Hospital do Amor, situado em Barretos (SP).
Compartilhe
Super Bowl em Campos
28/01/2020 | 19h33

O Kinoplex Avenida, localizado no Shopping Avenida 28, irá exibir o Super Bowl LIV, a 54ª edição da final do National Football League (NFL), o principal campeonato de futebol americano dos EUA e do mundo. O evento será transmitido ao vivo, no próximo domingo, a partir das 20h00, direto do Hard Rock Stadium, em Miami Gardens, Flórida.

A transmissão, em alta tecnologia, é fruto de uma parceria entre a ESPN e a CineLive, com narração exclusiva para os cinemas. O megaevento, com previsão de 03h30 de duração, terá shows de Jennifer Lopez e Shakira. Os ingressos podem ser comprados aqui, no site da Ingresso.Com, parceiro de vendas do Kinoplex, aos preços de R$ 30,00 a meia e R$ 60,00 a inteira.

O Super Bowl será transmitido com exclusividade em Campos pelo Kinoplex Avenida, único cinema do interior do estado do Rio credenciado para o evento. A narração será de Rômulo Mendonça e os comentários de Antony Curti, com geração, pela ESPN, exclusiva para os cinemas.

A sessão está marcada para 20h00. Já a grande final entre o San Francisco 49ers e o Kansas City Chiefs será iniciada às 20h30. O 49ers, campeão 5 vezes do Super Bowl (81, 84, 88, 89 e 94), busca o hexa. Já o Chiefs, campeão uma única vez (69), busca o bicampeonato.

Compartilhe
Estreia da semana
28/01/2020 | 18h09
O grande destaque entre as estreias da semana em Campos é "Bad Boys para Sempre". O filme está programado para estrear quinta-feira, dia do seu lançamento em todo o país, no Kinoplex Avenida e no Cine Araújo, ambos somente em versão dublada.
"Bad Boys para Sempre" é um filme de ação e comédia, estrelado por Will Smith e Martin Lawrence, sendo o terceiro filme da franquia. O primeiro, "Bad Boys", data do já longínquo ano de 1995. "Bad Boys II" veio em 2003, marcando a franquia com longos intervalos entre as sequências. Confira abaixo o trailer:
Fontes: Adoro Cinema e G1
Compartilhe
Mudança de paradigma
27/01/2020 | 19h50
Em plena sexta-feira de verão, a noite de Campos estava bem movimentada. No início da Rua Formosa, estavam cheios e com fila na porta o Mundo Animal, o Sem Frescura e o Fratello. No sábado, o árabe Syrianna estava com bom movimento, assim como o Kinoplex Avenida, com boa ocupação das salas, e o Secreto, com as mesas do salão tomadas à noite.
Apesar de ainda acontecer o movimento de manada das férias de verão rumo aos destinos tradicionais e de sempre como Grussaí, Atafona, Guarapari, Búzios e Farol de São Tomé, esse movimento nos bons estabelecimentos campistas mostra que a cidade se transforma ano a ano, com muitas pessoas também ficando em Campos.
Compartilhe
Quem anuncia também
27/01/2020 | 12h59
Outra empresa (entenda aqui) que vem anunciando nos trailers do Kinoplex Avenida é o Facebook, para a divulgar a funcionalidade dos seus grupos, tão em moda no WhatsApp. O Facebook vem anunciando também recentemente na mídia impressa nos grandes centros. A rede social vem recorrendo ao mundo analógico para se comunicar.

Leia mais

Compartilhe
Quem anuncia
27/01/2020 | 12h16
Entre os anunciantes da parte comercial dos trailers, exibidos antes do início dos filmes, no Kinoplex Avenida, em janeiro, está a Netflix. Muitos consideram os serviços de streaming como concorrente dos cinemas. Ocorre que os públicos dos dois tipos de mídia são, até o momento, complementares.
São opções de entretenimento com propostas distintas, sem que um afete a audiência do outro, até o momento. O streaming tem a seu favor o custo, a praticidade e a disponibilidade 24 horas. O cinema tem a seu favor ser um programa completo de lazer, a qualidade de som e imagem e a imersão completa no conteúdo, sem interrupções e distrações.
A Netflix tem divulgado no seu comercial no cinema "The Witcher", que estreou em dezembro de 2019 e se tornou a maior audiência de uma série sua em primeira temporada, tendo sido assistida 76 milhões de vezes nas primeiras quatro semanas de exibição.
Compartilhe
Quatro vezes mais
26/01/2020 | 15h45
O Brasil já produz quatro vezes mais petróleo do que a Venezuela, com 3 milhões de barris por dia, contra 700 mil barris dos venezuelanos, conforme noticiou hoje Lauro Jardim, em O Globo. Afundado em uma crise econômica sem fim, sob a ditadura de esquerda do péssimo governo de Nicolás Maduro, o país sucateia sua indústria petrolífera e não consegue usufruir das suas riquezas.
A Venezuela é dona das maiores reservas de petróleo do mundo, com 300,9 bilhões de barris de reservas comprovadas, a frente dos países árabes e bem acima do Brasil, que no último ranking divulgado, referente ao ano de 2018, aparece em 15º lugar.
Confira abaixo as maiores reservas de petróleo do mundo, com dados até 2018, em tabela publicada pela revista Época Negócios:
Fontes: Lauro Jardim - O Globo, Época Negócios e O Petróleo
Compartilhe
Usain Bolt em Campos
24/01/2020 | 18h26
Um médico oftalmologista realizou, em menos de 10 minutos, exame de vista em 9 clientes que foram à clínica na qual atua, localizada na Rua Miguel Heredia, para renovar a sua carteira de motorista junto ao Detran-RJ.
Compartilhe
Melhor em 6 anos
24/01/2020 | 14h12
O Brasil criou 644 mil empregos de carteira assinada em 2019, o melhor resultado desde 2013. Após a maior recessão econômica de sua história, no governo Dilma Rousseff, a economia segue seu lento caminho de retomada na geração de empregos.
A recuperação foi iniciada no governo Michel Temer e continuada no governo Jair Bolsonaro, sob o competente comando do ministro Paulo Guedes. Maiores detalhes podem ser obtidos aqui, no G1, fonte do gráfico abaixo.
Compartilhe
Outro patamar
23/01/2020 | 20h01
O Flamengo, que vem reforçando o seu já ótimo elenco, anunciou hoje a contratação, por empréstimo da Fiorentina, de Pedro. O bom centroavante, dispensado erroneamente da base do rubro-negro em 2011, migrou para o Fluminense em 2014 e brilhou em Xerém, sendo alçado ao time titular.
No tricolor, brilhou no time principal, sendo artilheiro de competições e tendo sido convocado em 2018 para a seleção principal, onde acabou não jogando por ter se machucado. Pedro foi operado e ficou 8 meses sem jogar. Pouco após voltar a atuar pelo Fluminense foi negociado com a Fiorentina.
Na Itália, repetindo o que ocorreu com Gérson (outro ex-Flu) e com diversas jovens revelações negociadas muito jovens para a Europa recentemente, Pedro não deu certo. Foi reserva, pouco entrou em campo e não fez nenhum gol.
Ocorre que o futebol praticado aqui no Brasil é de outro patamar, de qualidade mais baixa, sensivelmente mais baixa. Em via de regra, quem atua aqui ou é muito jovem ainda, ou não teve mercado nos principais centros importadores de jogadores ou é veterano em fim de carreira.
Se destacar aqui, como Pedro se destacou, não necessariamente é atestado de qualidade e muito menos sinônimo de que dará certo em um país com futebol de primeiro mundo a nível de clubes. Isso sem contar com a adaptação de mudança de país, de cultura, distância da família e dos amigos.
E muitas vezes esses jogadores que fracassam na Europa voltam para o Brasil e se destacam novamente, como ocorreu com Gérson, que alcançou no Flamengo a melhor fase da carreira após não dar certo na Roma e no Fiorentina. Ou Gabigol, que voltou a brilhar no Santos e ainda mais no Fla após fracassar na Inter de Milão e no Benfica.
É bem verdade que nem todos se destacam na volta precoce, haja visto o caso de Ganso, hoje no Fluminense após frustrada passagem no exterior, que nunca mais foi o jogador do início de carreira no Santos.
Com a economia do país ainda engatinhando uma retomada após a sua pior recessão na história e o câmbio nas alturas, os clubes brasileiros têm pouco poderio financeiro para competir com os clubes de países de primeiro mundo do futebol e até com os emergentes.
Mesmo o Flamengo, muito bem administrado desde o presidente Bandeira de Mello, hoje com grande poderio econômico a nível nacional, rivalizando com o Palmeiras nesse aspecto, não consegue competir no mercado externo, contratando de lá quem não prosperou, com exceção dos jogadores em fim de carreira.
Compartilhe
Sobre o autor

Christiano Abreu Barbosa

[email protected]