Jorge Aragão e Fágner em Campos
21/10/2019 | 20h55
Será realizado no dia 30 de novembro, um sábado, no Rancho da Ilha, o Forte Music Festival. O evento, privado e para convidados, terá como atrações principais Jorge Aragão e Raimundo Fágner, duas estrelas da música brasileira.
O festival, com início marcado para 10h00, foi concebido para ser uma plataforma de confraternização, comemoração e também de negócios. A proposta da Forte Telecom, realizadora do evento, é um dia inteiro de descontração e networking, regado a música de alta qualidade e gastronomia variada, reunindo clientes, parceiros e amigos.
A Forte Telecom é uma operadora de telecomunicações original de Cambuci, sediada hoje em Campos. É uma das maiores do Brasil, com operações nos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo e Ceará.
Compartilhe
Heptacampeão
21/10/2019 | 16h30
Foto: Alexandre Vidal - Flamengo
Foto: Alexandre Vidal - Flamengo
A campanha espetacular do Flamengo de Jorge Jesus, que enfim fez o clube valer o poderio financeiro dos últimos anos em conquistas e bom desempenho dentro do campo, praticamente garantiu ao rubro-negro, jogando o melhor futebol do país na atualidade, o heptacampeonato brasileiro.
Só um desastre de proporções bíblicas tira o título do Brasileiro do Flamengo, não só pela gigante vantagem de 10 pontos na tabela em apenas 27 rodadas, mas pela supremacia em campo e pela falta de adversários que tenham desempenho e futebol à altura.
Será a sétima conquista do Brasileiro pelo Flamengo. As outras foram em 80, 82, 83, 87, 92 e 2009. Na contagem oficial o clube terá 6 conquistas, pela decisão bizarra, esportivamente, da justiça em obrigar a CBF a não considerar 1987 como conquista.
Na antiga contagem de 1971 para cá, o Flamengo passaria a ser, ao lado do Corinthians, o maior vencedor de Brasileiros, com 7 conquistas. Palmeiras e São Paulo viriam logo atrás, com 6. Vasco teria 4. Inter, Fluminense e Cruzeiro 3.
A atual contagem computa, com justiça, os campeonatos Roberto Gomes Pedrosa de 1967 a 1970, o "Robertão", que de fato eram os Brasileiros da época, pois reuniam equipes de todo o país, divididas em dois grupos nos quais todos jogavam contra todos.
A CBF também incluiu na contagem atual os campeões da Taça Brasil, de 1959 a 1968, um equívoco, no meu ponto de vista. A competição era similar ao início da Copa do Brasil, com a participação somente de campeões estaduais e os times mais fortes apenas entrando na fase decisiva, muitas vezes, diretamente na semifinal. Se fosse para unificar, seria mais plausível Taça Brasil com Copa do Brasil.
Com a inclusão do Robertão e da Taça Brasil na contagem oficial do Brasileirão, o Palmeiras passou a ser o maior campeão brasileiro, com 10 conquistas, seguido pelo Santos, com 8. Corinthians e, agora, o Flamengo, vem depois com 7, deixando para trás o São Paulo com 6. Vasco, Fluminense e Cruzeiro têm 4 e o Inter 3. Bahia, Botafogo e Grêmio possuem 2.
Compartilhe
Segundo plano
20/10/2019 | 08h05
Em 27 rodadas do Campeonato Brasileiro, o Grêmio jogou 12 com seu time reserva, como fez ontem. Os titulares foram poupados em função de bons desempenhos na Libertadores, onde disputa a semifinal contra o Flamengo, e também da Copa do Brasil, onde caiu na semifinal para o futuro campeão Athlético/PR/.
Nos últimos anos o Grêmio tem se notabilizado por ir sempre bem nestas competições. É a terceira semifinal seguida de Libertadores, tendo sido campeão em 2017 e caído nas semifinais em 2018 para o River Plate.
Os tricolores gaúchos têm imensa tradição na competição sul-americana, tendo sido finalista 5 vezes, sendo tricampeão (1983, 1995 e 2017), e semifinalista 8 vezes. Na Copa do Brasil, o Grêmio esteve em 6 semifinais nos últimos 9 anos, tendo sido campeão em 2016.
Pelo bom desempenho nestas competições, os gaúchos acabam relegando o Brasileiro, que não conquistam desde 1996, a segundo plano. Faz o básico apenas para ficar no G4, onde terminou em 3 dos últimos 4 Brasileiros. Em 2019, não poupasse seus titulares, muito provavelmente o Grêmio estaria disputando o título brasileiro com o Flamengo e o Palmeiras, donos dos melhores elencos do país na atualidade.
Compartilhe
Saiu da Globo
18/10/2019 | 21h53
Depois de 23 anos, Glenda Kozlowsky está deixando a Globo, de comum acordo entre as partes. Ela entrou na emissora em 1996, para apresentar o "Esporte Espetacular." Glenda irá atuar em outros ramos de negócio e desenvolverá um projeto de inteligência artificial com a IBM.
Fonte: UOL
Compartilhe
Casas Pedro em Campos?
18/10/2019 | 13h52
A Casas Pedro foi tema ontem de uma nota aqui na coluna de Ancelmo Gois, em O Globo. O jornalista saudou o rejuvenescimento da marca de 87 anos e sua expansão, passando, segundo ele, de 40 para 46 lojas, com as novas unidades sendo instaladas nos shoppings cariocas Norte Shopping, Grande Rio e Nova América e também nas cidades de Cabo Frio, Itaboraí e Campos.
Seu ramo de atividade é definido pela própria Casas Pedro como mercearia gourmet e loja de alimentos naturais. Em seu site, a marca confirma apenas a inauguração em breve de lojas no Norte Shopping e Shopping Grande Rio. Em seu Facebook, a Casas Pedro publicou ontem, após a nota de Alcelmo Gois, a inauguração em breve no Shopping Nova América.
Não há anúncio oficial sobre as cidades da Cabo Frio, Itaboraí e de Campos, nem no site, nem no Facebook. Perguntada sobre local e previsão de inauguração aqui na cidade, a Casas Pedro respondeu oficialmente "ainda não temos previsão, mas estamos de olho na região".
Compartilhe
A difícil arte de empreender no país
17/10/2019 | 22h31
Empreender no Brasil não é fácil. Com carga tributária alta, encargos sociais elevados, exigências cada dia maiores e legislação que muda constantemente, manter uma empresa viva é quase um ato de heroísmo. Os números comprovam.
Segundo dados do IBGE divulgados hoje, referentes ao ano de 2017, cerca de 15,2% das empresas abertas no país fecham com menos de 1 ano. Sobrevivem ao primeiro ano 84,8%.
Quando se avalia o período de 5 anos, apenas 39,8% sobreviveram ao quinto ano no mercado. Entre aberturas e fechamentos, o Brasil perdeu 22,9 mil empresas no ano de 2017.
Fonte: Exame
Compartilhe
Capa do dia
16/10/2019 | 13h42
Capa do jornal Estado de São Paulo de hoje - Foto: Gabriela Biló
Compartilhe
Ampliou
16/10/2019 | 12h25
A Folha FM concluiu na semana passada a ampliação de sua torre em 4 metros e de seu sistema irradiante, o que aumentará ainda mais a abrangência do seu sinal.
Compartilhe
Denúncia do leitor - Problema resolvido
16/10/2019 | 10h27
Uma denúncia feita pelo leitor Fernando Júnior e publicada aqui no blog há 15 dias, sobre a má conservação da Ponte da Água Preta, foi resolvida. A ponte fica situada em uma rodovia estadual, que liga Campos a Quissamã, na altura de Dores de Macabu.
O leitor informou que o Departamento de Estradas e Rodagem do Estado do Rio de Janeiro (DER-RJ), consertou a ponte na segunda-feira. Confira abaixo o e-mail enviado, ontem à noite, por Fernando Júnior:
Boa noite!
O DER-RJ consertou ontem (14/10/2019) a ponte de madeira em Dores de Macabu. Obrigado pela atenção e pelo apoio!
Agora a luta é pelo asfaltamento da RJ 180 entre Dores de Macabu e Quissamã (7 Km). No sol é poeira e solavanco, e na chuva é lama na estrada de chão, que fica intransitável.
Quando chega o Verão, as fortes chuvas provocam alagamentos entre Quilombo e Guriri e entre Quissamã e Dores de Macabu, cuja comunidade fica isolada.
Até a próxima! Boa Noite!
Fernando Correia Júnior
No e-mail, Fernando agradece e clama pelo asfaltamento dos 7 quilômetros da estrada que ainda são de terra, uma demanda antiga da região e fruto de promessa de vários políticos, anos a fio, e nunca resolvida, nem nos tempos das vacas gordas.
Compartilhe
Estreia da semana
15/10/2019 | 19h58
O destaque entre as estreias da semana em Campos é "Malévola - Dona do Mal". O filme está programado para estrear amanhã, dia do seu lançamento em todo o país, no Kinoplex Avenida, em versões legendada e dublada, sendo atração da sala vip, e no Cine Araújo, somente dublado.
"Malévola - Dona do Mal" é a sequência de "Malévola", sucesso de 2014 baseado no conto de "A Bela Adormecida". O filme traz novamente Angelina Jolie como Malévola e Elle Fanning como a Princesa Aurora. Como novidades no elenco traz Michelle Pfeiffer como Rainha Ingrith e Chiwetel Ejiofor como Conall.
A sequência se passa 5 anos após Aurora despertar do sono profundo. A agora rainha dos Moors é pedida em casamento pelo príncipe Phillip (Harris Dickinson). Ela aceita o pedido e, com isso, parte rumo ao reino de Ulstead ao lado de Malévola, no intuito de conhecer seus futuros sogros, John (Robert Lindsay) e Ingrith.
O jantar entre eles deveria ser de celebração entre os reinos, mas os interesses de Ingrith vêm à tona quando é criado um atrito com Malévola e os demais seres mágicos. Confira:
Fontes: Adoro Cinema e O Globo
Compartilhe
Sobre o autor

Christiano Abreu Barbosa

[email protected]