Sem opção
26/04/2019 | 22h31
A aprazível cidade fluminense de Bom Jesus do Itabapoana, que no passado chegou a ter três concessionárias de veículos, hoje, depois da crise econômica do país e do estado, não conta com mais nenhuma. A última a baixar as portas foi a da Volkswagen.
Comentar
Compartilhe
Expandiu
24/04/2019 | 19h46
A Forte Telecom, operadora de telecomunicações original de Cambuci e hoje sediada em Campos, iniciou neste mês suas operações no Nordeste, ao lançar o produto IX Cloud, no Congresso RTI, em Fortaleza, um dos eventos mais esperados pelas empresas de telecomunicações no país.
Atualmente a Forte Telecom é uma das maiores operadoras de telecomunicações do Brasil, com operações nos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo e, agora, Ceará.
Com a ampliação para o Nordeste, a Forte Telecom interliga, através de cabos ópticos submarinos, sua rede de Fortaleza até Miami, nos Estados Unidos, onde também iniciará operação este ano.
Comentar
Compartilhe
100%
24/04/2019 | 13h24
Todas as salas do Cine Araújo exibirão o filme "Vingadores", em versão dublada, na programação que entra amanhã. Em uma das salas será em 3D.
Não há outro filme na programação.
Comentar
Compartilhe
Vai abrir as portas
23/04/2019 | 14h45
Além da unidade em Guarus, anunciada aqui na semana passada, a Drogarias Pacheco irá abrir outra unidade em Campos, no Boulevard Shopping, o principal da cidade. Leitores do blog apontaram a novidade, que foi confirmada com a gestão do shopping. A obra está em andamento e a previsão de inauguração é de 30 a 45 dias.
A rede, que irá para 8 filiais em Campos, tem outras seis unidades na cidade: Praça São Salvador, Rua Lacerda Sobrinho, Boulevard Francisco de Paula Carneiro, todas no Centro; mais duas em direção à Pelinca, sendo uma na Rua Alvarenga Filho e outra na esquina das ruas Voluntários da Pátria e Dr. Siqueira; e a sexta unidade, localizada na Avenida Pelinca.
Comentar
Compartilhe
Estreia da semana
22/04/2019 | 23h16
O destaque entre as estreias da semana em Campos é "Vingadores: Ultimato". O super blockbuster está programado para estrear quinta-feira, dia do seu lançamento em todo o país, no Kinoplex Avenida, em versões legendada e dublada, sendo a atração única da sala vip. Ele também estará no Cine Araújo, em versão dublada. Ambos os cinemas exibirão sessões de pré-estreia do filme na quarta-feira.
"Vingadores: Ultimato" é o blockbuster mais esperado do ano, sendo o principal candidato a maior bilheteria de 2019. O filme é a sequência de "Vingadores: Guerra Infinita", dono do maior público de 2018, com 14,57 milhões de espectadores, e da maior bilheteria de estreia de todos os tempos no Brasil, com 3,65 milhões de público.
Nesta sequência, após Thanos dizimar metade dos seres vivos do Universo, os Vingadores precisam reunir forças, se recuperar de suas próprias perdas, liderar a resistência contra o titã louco e restaurar a ordem do universo. É o ponto culminante da jornada de 22 filmes, interconectados, da Marvel Studios.
Confira abaixo o trailer:  
Fontes: Adoro Cinema e Ingresso.Com
Comentar
Compartilhe
Os filmes mais vistos da semana
22/04/2019 | 22h52
Veja abaixo os filmes mais assistidos na cine semana iniciada na quinta-feira passada, 18 de abril, até ontem, domingo, nas 3.064 salas de cinemas de todo o país:
POS. TÍTULO SALAS SEMANA PÚBLICO PÚBLICO ACUMULADO
1
SHAZAM! 407 3 377.242 2.617.771
2
SUPERAÇÃO - O MILAGRE DA FÉ 567 2 373.127 952.455
3
DE PERNAS PRO AR 3 359 2 305.858 973.858
4
A MALDIÇÃO DA CHORONA 312 1 175.300 175.300
5
DUMBO 207 4 141.537 1.712.602
6
CAPITÃ MARVEL 311 7 91.659 8.922.094
7
AFTER 99 2 44.958 238.609
Fonte: ComScore
Comentar
Compartilhe
Líder
21/04/2019 | 16h02
Em menos de um mês completo no ar, a Folha FM 98.3 assumiu a liderança na cidade no ranking da Radios.Com, que mede a audiência das rádios do estado e do país. A Folha FM é líder geral em audiência em Campos, seja só entre as FMs ou também incluindo as AMs.
A programação da Folha FM tem por objetivo o conteúdo com qualidade, através da grade musical e das informações e notícias, com apoio da redação da Folha da Manhã.
Entre os destaques está o Folha no Ar 1ª Edição, conduzido pelo âncora Marco Antônio Rodrigues e pelos jornalistas Aluysio Abreu Barbosa e Arnaldo Neto, no ar de segunda-feira à sexta-feira, de 07h00 às 08h30.
Se destaca também o Folha no Ar 2ª Edição, capitaneado por Cláudio Nogueira, gerente da rádio e âncora. Ele vai ao ar de segunda-feira à sexta-feira, de 18h10 às 19h00.
Repete-se em Campos o que ocorreu em Macaé, quando a Rádio Hits 99.7 FM estreou em setembro do ano passado e rapidamente assumiu a liderança no mercado, posição que permanece até hoje. A Hits também é do Grupo Folha e assim como a Folha FM é fruto da migração das rádios AM do grupo para FM.
Comentar
Compartilhe
Reclamação da leitora
19/04/2019 | 16h29
Segue abaixo a reclamação da leitora Gilza Bourguignon, coordenadora na área de Recursos Humanos do Colégio Batista Fluminense, sobre a insegurança pública nos arredores de sua instituição e de outras escolas próximas, tendo como alvos preferenciais os alunos que ali transitam. Confira abaixo o relato, enviado por e-mail:
Boa tarde, Christiano
Acompanho sua coluna diariamente.
Venho compartilhar uma situação que vem se agravando nas ultimas semanas:
No entorno dos colégios Batista, Centro de Estudos, Bittencourt e Alpha aumentou muito as ocorrências de assaltos, tendo como alvo os alunos dessas Instituições, tanto na parte da manhã como na parte da tarde.
Não há sinal de qualquer policiamento nessas áreas, seja da PM ou Guarda Municipal. Os alunos ficam entregues a própria sorte.
Com certeza, a maioria dos alunos ou seus pais não registram o BO na delegacia, dificultando a informação deste surto crescente de assaltos. Até haver uma desgraça maior.
Agradeço se puder ajudar a divulgar, fazendo com que a informação possa chegar às autoridades competentes, e providenciando o policiamento, assim como prendendo estes maus elementos.
Desejo uma Páscoa de fraternidade, com as bênçãos de Deus, para você e sua família.
Att.,
Gilza Bourguignon
Coordenadora Adm. Pessoal - Recursos Humanos
Colégio Batista Fluminense
Comentar
Compartilhe
Vai abrir as portas
18/04/2019 | 18h51
A Drogarias Pacheco irá abrir a sua mais nova unidade em Campos, sendo a primeira a ser instalada em Guarus. Ela ficará localizada na Avenida Tancredo Neves, na descida da Ponte Leonel Brizola (Ponte Rosinha) e tem previsão de funcionamento, diário, até às 23 horas. As obras estão em fase final.
A rede tem outras seis unidades em Campos: Praça São Salvador, Rua Lacerda Sobrinho, Boulevard Francisco de Paula Carneiro, todas no Centro; mais duas em direção à Pelinca, sendo uma na Rua Alvarenga Filho e outra na esquina das ruas Voluntários da Pátria e Dr. Siqueira; e a sexta unidade, localizada na Avenida Pelinca.
Atualização às 15h56 de 19/04/2019: Correção no horário de funcionamento, alertada por leitores no Facebook.
Comentar
Compartilhe
Ocupação hoteleira no feriadão
17/04/2019 | 18h45
A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio (ABIH-RJ) divulgou os números de previsão de ocupação hoteleira no estado para o Feriadão, que englobará os feriados de Sexta-feira Santa (19/04), Tiradentes (21/04) e São Jorge (23/04).
As cidades do Rio têm, até agora, em média, estimativa de 79% de ocupação no período de Semana Santa até Tiradentes e de 73% se o período for estendido até São Jorge. Os destaques vão para Búzios, Petrópolis, Nova Friburgo e Cantagalo, com previsão de 100% de ocupação.
Paraty e Visconde de Mauá vêm em segundo lugar, com 90% dos quartos ocupados. Entre os turistas que virão para o estado, 90% é do mercado nacional, com São Paulo e Minas Gerais como os principais estados emissores. 
A cidade do Rio tem previsão de 62% de ocupação entre 19 e 23 de abril, com expectativa de alcançar 70%. Os bairros mais procurados são, na sequência: Leme / Copacabana: 67%; Ipanema / Leblon: 64%; Flamengo / Botafogo: 61%; Centro: 60%; Barra da Tijuca / São Conrado 55%. 
Comentar
Compartilhe
Estreia da semana
17/04/2019 | 10h37
O destaque entre as estreias da semana em Campos é "A Maldição da Chorona". O filme de terror está programado para estrear amanhã, dia do seu lançamento em todo o país, no Kinoplex Avenida, em versões legendada e dublada, e no Cine Araújo, em versão dublada.
"A Maldição da Chorona" se passa na Los Angeles da década de 1970. Uma assistente social cria seus dois filhos sozinha, depois de ficar viúva. Ela começa a ver semelhanças entre um caso que está investigando e a entidade sobrenatural La Llorona (A Chorona).
A lenda conta que, em vida, La Llorona afogou seus filhos e depois se jogou no rio, se debulhando em lágrimas. Agora ela chora eternamente, capturando outras crianças para substituir os filhos. Confira abaixo o trailer:  
Fonte: Adoro Cinema
Comentar
Compartilhe
Mudou de mãos
15/04/2019 | 20h21
A Dical, concessionária de caminhões Mercedes Benz em Campos e com posto avançado em Casimiro de Abreu, não pertence mais ao Grupo Líder. Ela foi comprada pelo Grupo Parvi, comandado por Pedro Schwambach e sediado em Recife(PE), no Nordeste.
O Grupo Líder decidiu sair totalmente da linha de caminhões. Ele tinha 2 concessionárias neste segmento, 1 Ford e 1 Mercedez, com a Dical. A Ford anunciou o fechamento de sua fábrica e está saindo do segmento em toda a América do Sul.
O Grupo Parvi, que possui mais de 60 concessionárias, espalhadas em 13 estados, assumirá a Dical em 02 de maio. O imóvel que abriga a Dical continuará pertencendo ao Grupo Líder, que possui cerca de 70 concessionárias de veículos concentradas nos estados de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio, entre elas as de Campos: Bracom (Ford), Recreio (Volkswagen), SGA (Toyota) e Tai Motors (Hyundai).
Comentar
Compartilhe
Vem novidade aí
12/04/2019 | 19h35
O Potenza ganhou dois novos sócios. O casal de publicitários formado por Anna Carolina Quitete e Guilherme Paixão se associou a André Mansur, restaurateur que comanda o restaurante há 10 anos. Os três sócios atuarão na operação, com André mais focado na gastronomia, seu ponto mais forte.
A casa desde o início desta semana está fechada para reforma, em obras que visam dar maior estrutura em sua área externa, para aumentar a sua capacidade e comodidade, adequando-a também para receber eventos particulares e corporativos. A previsão de inauguração é entre o final de maio e início de junho.
A nova sociedade já gerou um novo filho, o Potenza Risotteria, que está se instalando no simpático Sobre Rodas Foodpark, situado na Rua do Príncipe. A risoteria servirá refeições rápidas, buscando o mesmo sabor e essência do Potenza, tendo no menu risotos, massas e opções de drinks.
Comentar
Compartilhe
Ranking dos clubes com mais vitórias em Libertadores
11/04/2019 | 13h27
Os campeonatos estaduais, com baixo nível técnico e muitos jogos de pouca expressão e relevância, enfim chegaram em sua fase final, que no Rio será decidida, com justiça, apesar do regulamento bizarro, por Flamengo e Vasco, campeões dos dois turnos.
Enquanto isto, ocorre o campeonato que realmente tem relevância esportiva neste primeiro semestre, a Libertadores, no qual estão os melhores times do Brasil e da América do Sul. Do Rio, só está o Flamengo, único dos grandes que está com um elenco à altura do clube.
O rubro-negro tem tudo para golear hoje o fraco time boliviano do San José e assumir a liderança do seu grupo pelo saldo de gols, ficando a um empate contra a LDU em Quito para se classificar para a 2ª fase com uma rodada de antecedência.
Nesta semana os outros três dos quatro melhores elencos do país venceram seus jogos na Libertadores: Cruzeiro, Grêmio e Palmeiras. O Cruzeiro joga hoje, no meu ponto de vista, o melhor futebol do Brasil, embora o Palmeiras seja o de elenco mais qualificado.
Athlético/PR/ e Inter também venceram e encaminharam sua classificação. O Atlético/MG/ foi goleado e está a um passo da eliminação, dissabor que o São Paulo já sofreu.
Cruzeiro, Grêmio e Palmeiras disputam a primazia de ser o clube brasileiro com mais vitórias na história da Libertadores. Veja abaixo o ranking de clubes que mais venceram na Libertadores, com os 10 primeiros em geral e depois todos os demais brasileiros:
 CLUBE VITÓRIAS PARTICIPAÇÕES
RIVER PLATE 166 35
NACIONAL (URU) 162 47
PEÑAROL 161 47
BOCA JUNIORS 148 28
OLIMPIA 119 41
CERRO PORTEÑO 111 40
GRÊMIO 96 19
PALMEIRAS 94 19
CRUZEIRO 94 17
COLO-COLO 93 33
BOLÍVAR 91 32
SÃO PAULO 90 19
SANTOS 71 14
CORINTHIANS 63 14
FLAMENGO 62 15
INTER 56 12
ATLÉTICO/MG/ 39 10
VASCO 30 9
FLUMINENSE 26 6
ATLÉTICO/PR/ 26 6
BOTAFOGO 21 5
SÃO CAETANO 13 3
GUARANI 9 3
SPORT 7 2
BAHIA 6 3
CORITIBA 4 2
Fontes: Rodolfo Rodrigues R7 e Torcedores.Com
Comentar
Compartilhe
Estreia da semana
10/04/2019 | 13h52
O maior destaque entre as estreias da semana em Campos é "Superação - O Milagre da Fé". O filme está programado para estrear quinta-feira, dia do seu lançamento em todo o país, no Kinoplex Avenida, em versões legendada e dublada, e no Cine Araújo, em versão dublada.
"Superação - O Milagre da Fé" é baseado em fatos reais. Em uma pequena cidade dos EUA, onde todos se conheciam, um terrível acidente mexeu com a sociedade. O jovem atleta John Smith (Marcel Ruiz) caiu em um lago congelado e foi resgatado após passar cerca de 15 minutos afogado.
As chances de sobrevivência eram mínimas e os médicos deram o caso como perdido. Ele chegou a ser dado como morto. Porém, com o amor e a fé inabaláveis de Joyce Smith (Chrissy Metz), sua mãe, indo contra o conhecimento científico e as previsões pessimistas, John sobrevive e passa a lutar pela vida.
A fé e o amor de Joyce Smith causaram comoção e perplexidade. Unidos, todos acabaram se envolvendo numa grande corrente de orações pela recuperação de John, descobrindo, juntos, o poder da esperança.
Foi este filme que fez o presidente Jair Bolsonaro deixar o expediente em meio à crise com o Congresso, no final de março, para assistir uma sessão de pré-estreia exclusiva com a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, em um shopping de Brasília.
Confira abaixo o trailer:  
Fontes: Adoro Cinema e Cine Pop
Comentar
Compartilhe
Aluno do Censa que fez ameaças é suspenso das aulas e depõe na 134ª DP
09/04/2019 | 19h46
Viralizou hoje nas redes sociais o caso do menor S., de 14 anos, aluno do Censa (Centro Educacional Nossa Senhora Auxiliadora - Auxiliadora), que fez em seus perfis sociais ameaças de um ataque na escola. As imagens com as postagens começaram a circular no WhatsApp desde ontem, chegando hoje a vários grupos de WhatsApp de pais e mães de alunos. De grupo em grupo rapidamente elas se alastraram virtualmente pela cidade.
S. havia postado fotos simulando armas com dedos apontando para sua cabeça, fotos com o dedo médio em riste, colocou em seu status no WhatsApp "Esperando a morte", escreveu em uma postagem no Instagram "The Great Day Is Getting Closer" - "O Grande Dia Está Se Aproximando" e escreveu no Stories "Leva arma pra escola amanhã kkkkjkj".
Com todas as tragédias que vem acontecendo mundo afora, em especial nos EUA, importadas infelizmente agora aqui no Brasil, como nos casos emblemáticos das escolas de Suzano (2019) e Realengo (2011), logo as ameaças alarmaram pais e mães de alunos do Auxiliadora.
Hoje em dia é difícil saber até onde as ameaças de um menor em redes sociais de um suposto ataque são uma brincadeira de péssimo gosto, uma maneira de chamar a atenção ou se de fato são para valer e ele realmente pretende acabar com a vida de colegas e com a própria.
Após ter ciência do caso a direção do Censa tomou as providências que entendeu cabíveis, afastando e suspendendo o aluno S. do Colégio em caráter preventivo, até que o caso seja devidamente apurado, esclarecido e se determine a medida definitiva adequada.
A direção também chamou os pais do aluno S. para uma reunião, realizada hoje, para que eles tomassem ciência dos atos praticados pelo seu filho e para cientifica-los do seu afastamento do colégio.
Polícia Civil, Ministério Público Estadual, Polícia Militar, Polícia Federal intervieram no caso de forma a contribuir para as investigações visando a sua elucidação e a adoção das medidas cabíveis.
O menor S. foi conduzido pela Polícia Civil até à 134ª DP, acompanhado de sua mãe, e prestou depoimento hoje no final da tarde. O Folha 1 divulgou aqui, mais cedo, matéria sobre o caso.
Comentar
Compartilhe
Campos terá seu primeiro crematório
05/04/2019 | 20h43
O primeiro crematório de Campos ficará no Campo da Paz, cemitério de melhor padrão da cidade. Ele ficará em uma nova construção situada à esquerda da edificação principal, onde hoje se situam a capela central e as capelas laterais.
As obras estão em andamento e o projeto é do arquiteto Ronaldo Linhares, autor também do projeto original do cemitério, contando com assistência técnica de Ronaldo Linhares Filho, que é quem comanda a execução da obra.
A moderna construção terá duas novas capelas para velório. Além delas terá a capela principal, onde acontecerá a cerimônia humanizada, podendo ter recursos como efeito de luz, tela de projeção de imagens com data show, música e queda de pétalas de rosa do teto.
O crematório contará com um Columbário, opção disponível em poucos crematórios no país. O Columbário é um local humanizado e climatizado, com nichos individuais onde os familiares podem guardar as urnas com as cinzas do seu ente querido, junto com objetos de grande valor sentimental.
Saiba mais sobre o processo de cremação aqui.
Comentar
Compartilhe
Expandiu
04/04/2019 | 20h23
O personal trainer e especialista em reabilitação funcional e performance Fabrício Bastos irá expandir o seu studio, localizado na Rua Manoel Teodoro, quase dobrando de tamanho, passando de 60 m² para 110 m². O projeto é do arquiteto Leo Teles.
A expansão ocorre em pouco mais de um ano de atividade, corroborando o sucesso alcançado, e sua  inauguração será na próxima segunda-feira, 08 de abril. Fabrício é também um talentoso corredor, seja em trilhas ou asfalto, sendo ainda dono da assessoria esportiva MOVEmente Run.
Comentar
Compartilhe
O processo de cremação
04/04/2019 | 20h11
A cremação é uma técnica funerária milenar, usada por povos antigos como gregos e romanos. Por restrições religiosas, durante muito tempo essa prática não foi adotada em alguns países. No Brasil, de predominância católica, o primeiro crematório somente surgiu em 1974, o Municipal de Vila Alpina, em São Paulo.
A Igreja Católica proibia a cremação até 1963. Foi quando, em 05 de julho de 1963, no Concílio Vaticano II, o Papa Paulo VI publicou a Instrução do Santo Ofício "Piam et constantem", autorizando a cremação para católicos, desde que fossem respeitadas as cinzas e que os motivos da escolha fossem cristãos.
Dez anos após o fim da proibição pela Igreja Católica uma lei federal regulamentando o processo de cremação foi sancionada pelo então presidente Emílio Garrastazu Médici, em 1973, lei que vigora até hoje.
O crematório de Vila Alpina, de 1974, foi o único do país até meados da década de 90. Dali em diante o número de crematórios foi crescendo até atingir a casa de 3 dezenas no final da década passada, alcançando então 5% de cremações em cerimônias fúnebres, segundo os números da Associação dos Cemitérios e Crematórios do Brasil (Acembra).
Estes números vem subindo progressivamente e exponencialmente nos últimos anos, chegando a 9% dos rituais fúnebres no país e em até 20% nos grandes centros, onde há opções disponíveis. Fatores como menor custo, falta de espaço nos cemitérios, mudança de hábitos, entre outros, têm levado cada vez mais pessoas a optarem pela cremação.
É um fenômeno que já vem acontecendo há mais tempo nos grandes centros mundiais. No Japão as cremações representam mais de 95% dos ritos funerários. Na Inglaterra, mais de 70%. No Canadá, desde o início da década passada elas são maioria.
Nos EUA, com mais de 2.100 crematórios, em duas décadas as cremações passaram de 20% do total a mais de 50%. No estado da Califórnia, elas representam entre 60% e 80%.
No processo de cremação, o corpo é levado a uma câmara frigorífica por pelo menos 24 horas. Após esse período, o corpo e o caixão são incinerados a uma temperatura de 850°C a 1200°C em um dos fornos crematórios. A maior parte do corpo, como o tecido, é vaporizada, ou carbonizada, deixando apenas os restos dos ossos, cujas partículas restantes após o fim do processo são as "cinzas".
Quem opta pela cremação deve firmar um documento chamado “Declaração de Vontade” e registrar em cartório, para deixar expresso o seu desejo de rito funerário e evitar questionamentos.
Em Campos quem faz a opção de cremação como rito funerário normalmente tem seu corpo transladado para crematórios das regiões metropolitanas do Rio ou de Vitória, junto com os familiares que acompanharão a cerimônia fúnebre. Isso muda com a cidade recebendo o seu primeiro crematório (confira aqui).
Fontes: Exame, Época, SINCEP e Super Interessante
Comentar
Compartilhe
Domínio
03/04/2019 | 18h04
A Disney foi responsável no Brasil pela venda no fim de semana de incríveis 67,6% dos ingressos nas salas de cinema. O estreante "Dumbo" foi o filme mais assistido, por 609 mil pessoas, fazendo em um fim de semana mais do que o vencedor do Oscar, "Green Book", conseguiu em 10 semanas de exibição, com 608 mil espectadores.
"Capitã Marvel" segue sua trajetória de sucesso, beirando já os 8 milhões de ingressos, com 7.962.582 espectadores nas salas de cinemas do país, sendo 504 mil no fim de semana passado. "Dumbo" e "Capitã Marvel" somados deram a Disney o total domínio das bilheterias brasileiras, com mais de 2/3 do público.
 Fonte: Filme B
Comentar
Compartilhe
Presidencialismo é de coalizão!
03/04/2019 | 11h21
Por Sergio Abranches (cientista político)
A confusão sobre o presidencialismo de coalizão tem sido enorme. O centro das incompreensões tem sido as coalizões. Presidencialismo de coalizão é o nosso modelo político desde 1946. Foi quando o Brasil optou pelo presidencialismo, uma Federação com muitos estados, a eleição de deputados pelo voto proporcional e de mesmo número de senadores por estado, pelo voto majoritário, em um sistema aberto a muitos partidos políticos. Essa combinação de elementos institucionais tornou objetivamente impossível aos presidentes fazerem a maioria no Congresso com seus partidos. Eles precisam de outros partidos para alcançar a maioria e governar. Precisam de uma coalizão multipartidária. Daí, presidencialismo de coalizão.
Presidentes têm, em geral, a capacidade de negociar uma coalizão majoritária, alavancados pela vitória eleitoral. Não é, necessariamente, cooptação, conchavo, toma lá dá cá, nem corrupção. Podem negociar essas alianças com base em programas, princípios e valores. Se um presidente fez uma campanha com um projeto claro e viável de governo, ele pode usá-lo como base dessa negociação. A Constituição de 1988 remodelou o presidencialismo de coalizão e deu ao presidente mais poderes para controlar a agenda de políticas públicas.
Mas o Congresso multipartidário manteve a capacidade de bloquear a agenda presidencial e concentrou poderes de coordenação política na presidência das Mesas e nas lideranças partidárias. A principal força do Congresso vem do fato de praticamente todas as políticas públicas precisarem de leis para serem instituídas. As políticas mais relevantes, como a Previdência, foram inscritas na Constituição, requerendo maioria de três quintos (60%) dos votos, para regulá-las ou modificá-las. Presidentes precisam, portanto, de maioria ampla e coesa para implantar políticas públicas novas, mudar as existentes, ou fazer reformas.
Negociar uma coalizão majoritária não é escolha, é um imperativo. Um presidente não governa sem ela, não aprova suas medidas no Congresso, e o governo fica paralisado. Além disso, arrisca-se a ver o Legislativo aprovar medidas contrárias à sua agenda, como aconteceu na Câmara, com as emendas impositivas. Jânio Quadros e Fernando Collor não negociaram coalizões majoritárias e não governaram. Mas presidentes não precisam trocar favores com o Congresso, distribuir benesses ilegítimas. Podem negociar a pauta e os princípios para formulação de políticas e, legitimamente, compartilhar o poder, nomeando ministros qualificados, indicados pelos partidos da coalizão, selecionados por critérios fixados pelo Executivo.
A participação no governo consolida o compromisso dos partidos com as políticas acertadas. Presidentes têm três recursos básicos para negociar uma coalizão legítima: a força do voto popular nacional que os elegeu, a liderança política e a persuasão. Com esses três recursos na mão, eles e seus líderes têm condições de conduzir a articulação política para formar a coalizão. É uma negociação, mas não precisa ser um troca-troca espúrio. Negociar é conversar, acertar pontos em comum e compartilhar o poder governamental, sem abrir mão da primazia presidencial.
Qual o problema hoje? Bolsonaro deixou o seu capital eleitoral se dissipar, insistindo em miudezas, e não apresentou uma agenda clara e relevante, capaz de unir o país. Fixou-se em questões menores, que dividem muito. Não demonstrou ter liderança. Não se empenhou a favor das propostas de seus ministros da Economia, para a reforma da Previdência, e da Justiça, para a legislação anticorrupção. Descartou indicações políticas, mas nomeou ministros visivelmente ineptos. Preferiu hostilizar o Congresso, a dialogar politicamente. O resultado é paralisia decisória e perigoso impasse político. A trégua recente é uma pausa, não o fim dos atritos.
* Publicado hoje no Ex-Blog de Cesar Maia
Comentar
Compartilhe
Estreia da semana
02/04/2019 | 18h18
O maior destaque entre as estreias da semana em Campos é "Shazam!". O filme está programado para estrear quinta-feira, dia do seu lançamento em todo o país, no Kinoplex Avenida, em versões legendada e dublada; e no Cine Araújo, em versão dublada. Ambos terão amanhã sessões de pré-estreia dele.
"Shazam!" é a versão para o cinema do super-herói dos gibis da DC. Na estória, o mago Shazam, interpretado por Djimon Houson, transfere seus poderes ao jovem Billy Batson (Asher Angel), de 14 anos, que vive com uma família adotiva após o desaparecimento da mãe.
Billy passa então a viver o sonho de toda criança e adolescente, bastando ele gritar a palavra “Shazam!” para se transformar num super-herói adulto, intepretado por Zachary Levy, com superpoderes. Ele terá de enfrentar as forças do mal, lideradas pelo vilão Dr. Thaddeus Sivana (Mark Strong).
Confira abaixo o trailer:
Fontes: Adoro Cinema e Correio Braziliense
Comentar
Compartilhe
Para todos os bolsos
01/04/2019 | 21h35
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Christiano Abreu Barbosa

[email protected]