Escritório de advocacia campista brilha em ranking nacional
21/11/2017 | 01h36
O escritório campista Bicudo, Bolelli e Campos Advogados Associados brilhou na 12ª Edição do Anuário da prestigiada revista Análise Advocacia. O Anuário é o maior e mais relevante levantamento realizado do mercado jurídico brasileiro, mensurando os mais admirados escritórios de advocacia e advogados do país.
Duas excelentes colocações foram obtidas pelo escritório campista na categoria  "Escritório Abrangente", que abrange aqueles que oferecem um leque amplo de serviços e especialidades. Bicudo, Bolelli e Campos Advogados Associados foram o 3° escritório mais admirado em âmbito Nacional pelo setor de Comércio. 
Ele foi também o 3° escritório mais admirado do Estado do Rio de Janeiro. É a terceira vez que o escritório figura no ranking da Análise Advocacia, mas é a primeira vez que está entre os primeiros colocados. Fazem parte da equipe e estão de parabéns os advogados Carlos Alexandre de Azevedo Campos, Antônio Bicudo, Aléssio Bolelli, Flavio Vianna, Thiago José Sá Freitas, Thiago Fontoura da Silva e Murilo Madruga Faria.
Comentar
Compartilhe
Campos terá novos juízes eleitorais
14/11/2017 | 02h58
O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) designou, em todo o estado, novos juízes eleitorais, cuja posse ocorrerá no dia 22 de novembro. Campos terá designados juízes para 3 de suas 4 zonas eleitorais. Recentemente o município teve suas zonas eleitorais reduzidas de 7 para 4, em uma reorganização feita pelo TRE visando a redução de custos.
Para a 75ª Zona Eleitoral (Baixada Campista), que agora engloba a antiga 249ª, foi designado o juiz Rubens Soares Sa Viana Junior. Para a 98ª Zona Eleitoral, que agora engloba a antiga 99ª, ambas da "pedra", área central e de maior poder aquisitivo da cidade, foi designado a juíza Maria Daniella Binato de Castro.
Para a 129ª Zona Eleitoral foi designado o juiz Ralph Machado Manhães Jr, que foi responsável por várias ações da Operação Chequinho, aquela que condenou vereadores do grupo rosáceo e o ex-governador por compra de votos nas eleições municipais de 2016, todos recorrendo de suas condenações em instâncias superiores.
Na 76ª Zona Eleitoral (Guarus), que agora engloba a antiga 100ª, permanece o juiz Ricardo Coimbra da Silva Starling Barcellos, que herdou as ações penais da Operação Chequinho. 
Comentar
Compartilhe
Placas de Campíos e adjacências (92)
13/11/2017 | 09h00
Veja abaixo a foto tirada por um leitor e enviada através do WhatsApp, registrada na esquina da Rua Manoel Teodoro com a Avenida Pelinca, na obra de uma ótica, situada ao lado de uma sorveteria. Erros como estes constatam que a educação em Campos, irrigada durante sucessivos governos pelos royalties do petróleo, vai muito mal, em todas as esferas, justificando o 48º lugar obtido no Ideb. Confira abaixo:
Veja os links para todas as placas da série aqui.
Comentar
Compartilhe
Adote esta idéia
12/11/2017 | 11h04
A Câmara Júnior Internacional (JCI) entrou com um pedido de adoção da Praça Primeiro de Maio. A praça fica localizada no final da Rua Primeiro de Maio, com acesso também pela Rua Voluntários da Pátria, na altura do Edifício Maximus e das Lojas Americanas.
O processo de adoção está tramitando na Prefeitura de Campos, mas hoje pela manhã a Câmara Júnior já iniciou um trabalho de reforma dos brinquedos e pintura geral da praça. Uma ótima iniciativa e inspiração para as demais instituições e empresas da cidade.
A notícia foi antecipada pela coluna Ponto Final, na edição de hoje da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
Pracinha da Macumba
15/10/2017 | 05h35
Recebi a reclamação de um leitor, enviada através de e-mail, sobre o uso da Pracinha do Flamboyant para práticas religiosas. Confira abaixo:
Pracinha da Macumba
Boa tarde Christiano, primeiramente gostaria de me manter anônimo, e segundo, vale mencionar que não tenho nenhuma motivação religiosa, pois sou ateu.
A pracinha do Flamboyant que fica na Rua Caldas Viana virou um verdadeiro terreiro de despacho, não que eu tenha algo contra a religião, por mim podem praticar a vontade, não estou falando que essa prática tem que ser proibida, mas por que não fazem esses trabalhos em lugares sem movimento, terrenos baldios, ou mesmo dentro de seus próprios terreiros?
A praça é um local onde pais vão passear com seus filhos e esses trabalhos causam curiosidade das crianças, ainda mais que e a maioria dos despachos tem sido feitos com balas e refrigerante, o que leva as crianças a querer pegar. Isso com certeza afasta pessoas que querem passear por lá.
Não sei se você já recebeu esse tipo de reclamação, nem sei se vale comentar sobre isso, hoje em dia tudo virou preconceito, mas estou enviando para seu conhecimento. Presenciei hoje a cena e registrei algumas imagens, todas em árvores diferentes, gerando bastante sujeira.
Comentar
Compartilhe
Placas de Campíos e adjacências (91)
11/10/2017 | 04h11
Veja abaixo a foto tirada pelo leitor Jeremias e enviado através de e-mail. Erros como este constatam que a educação em Campos, irrigada durante sucessivos governos pelos royalties do petróleo, vai muito mal, em todas as esferas, justificando o 48º lugar obtido no Ideb. Confira abaixo:
Veja os links para todas as placas da série aqui.
Comentar
Compartilhe
Segurem os seus maridos
04/10/2017 | 05h29
Esta é a semana de inauguração da Paradise Drink Club, nova casa de saliência da cidade, localizada no KM 10 da BR-101. As, digamos, atividades da semana começaram ontem e irão até sexta-feira, a partir das 22h00. A fonte da notícia é um leitor assíduo, que preferiu se recolher ao anonimato.
Comentar
Compartilhe
Laudos de corpo delito dão negativo e desmontam acusação de agressão contra Raphael Thuin
27/09/2017 | 04h08
Raphael Thuin, presidente da Fundação Municipal dos Esportes (FME) de Campos foi acusado no fim de semana passado de agressão por um menor de 12 anos e pelo tio do adolescente, em um condomínio em Rio das Ostras, em notícia que viralizou em redes sociais e foi referendada em sites rosáceos. 
Desde o início Raphael negou as acusações, relatando que sua filha sofreu agressão do menor, e mostrou relatos de vários moradores do condomínio confirmando a sua versão, com denúncias de agressões do menor a outras crianças.
Após a acusação contra Raphael ser feita na 128ª Delegacia de Polícia do Estado do Rio, em Rio das Ostras, foi necessário um exame de corpo de delito para comprovar a veracidade das acusações alegadas pelo tio e pelo menor.
O laudo, obtido pelo blog, deu negativo, para todos os dois, comprovando que não houve a agressão alegada. Confira abaixo:
Comentar
Compartilhe
Raphael Thuin desmente agressão
25/09/2017 | 12h40
O presidente da Fundação Municipal dos Esportes (FME) de Campos, Raphael Thuin, viu o seu nome envolvido em uma polêmica no fim de semana que passou. Circulou nas redes sociais e em sites rosáceos a cópia de um Termo de Declaração feito na 128ª Delegacia de Polícia do Estado do Rio, em Rio das Ostras.
No documento (confira abaixo), um menor, de 12 anos, acusa, junto com o seu tio, Raphael de agressão física e verbal, com acusação de socos e tapas. O tio também teria gravado um relato em vídeo e postado em sua rede social. A confusão teria acontecido no condomínio fechado Terras de Leripe, situado no bairro de Costa Azul, em Rio das Ostras.
Raphael morou durante muitos anos em Rio das Ostras, onde foi Secretário de Esportes no governo de Alcebíades Sabino, residindo neste condomínio por oito anos. Na noite de sábado passado houve a recepção de um casamento de uma das moradoras do condomínio, com várias famílias amigas se confraternizando, a maioria delas levando as suas crianças.
O menor de 12 anos não reside no condomínio, mas o visita com frequência. Ele e seu tio não estavam entre os convidados da festa, porém em um condomínio fechado as crianças interagem na área comum.  Em nota oficial, Raphael, pai de 3 filhos, afirma que o menino, de 12 anos, agrediu a sua filha, de 6 anos, com socos na cabeça, e que teria agredido ainda outras crianças na noite da festa.
O presidente da FME, que trabalhou durante anos com crianças em projetos sociais, desmente e repudia as acusações de agressão física feitas pelo menino e pelo tio, afirmando que entrará na justiça por calúnia e difamação. Confira abaixo a nota oficial de Raphael:
Gostaria de esclarecer e não deixar a menor dúvida sobre um fato ocorrido esse final de semana.
Eu estava com minha família, esposa e 3 filhos, numa festa de casamento no conjunto residencial onde morei por 8 anos em Rio das Ostras, cercado de amigos, familiares e crianças.
Por volta das 21:30 minha filha de 6 anos de idade, chega a mim, com várias amiguinhas, chorando muito dizendo que tinha sido agredida, levando 3 socos violentos na cabeça de um menino bem maior que ela, um adolescente de 13 anos que não é morador do condomínio, dei a mão a ela e fui averiguar o ocorrido. Por surpresa o tio do agressor, pegou o carro e entrou numa rua do condomínio onde não tem saída e estavam alguns brinquedos da minha filha e os atropelou destruindo o seu skatenet. Repreendi VERBALMENTE o adolescente e o tio visivelmente alterado começou a discutir comigo, por surpresa vários pais foram se aproximando dizendo que esse adolescente agrediu várias crianças, inclusive mais de 6 pais relataram por escrito nesse dia no livro de ocorrência do condomínio, inclusive já estão com meu advogado a cópia desses relatos.
O tio e o menor agressor foram a delegacia e prestaram queixa contra mim alegando agressão minha. Isso nunca aconteceu e será provado!
Não houve agressão alguma vindo da minha parte! Nenhuma!
Existem diversas testemunhas que estavam por perto!
Minha vida sempre foi dedicada ao esporte e as crianças, hoje sou pai de 3 filhos e nunca levantaria um dedo a uma criança.
Essa é a única verdade!
Vamos processa los!
Tenho certeza absoluta que a justiça será feita e os caluniosos punidos!
Raphael Thuin
Vários moradores do Terras de Leripe registraram no livro de ocorrências do condomínio queixas e relatos de violência praticada contra os seus filhos pelo menor de 12 anos, na grande maioria dos casos mais novos do que ele. As agressões às crianças teriam ocorrido no dia da festa e em outras ocasiões também. Os moradores pedem a proibição ao acesso do menor de 12 anos ao condomínio. Confira:
Comentar
Compartilhe
Rua em área nobre vira alvo de bandidos
22/09/2017 | 03h40
A violência em Campos continua crescente, atingindo todos os locais da cidade, seja área nobre ou não. Os bandidos recentemente têm escolhido alvos na Rua Primeiro de Maio, mesmo ela sendo bem movimentada durante o dia e estando a um quarteirão da 134ª DP.
Dois professores do Tênis Clube de Campos foram assaltados lá recentemente, no trecho da Rua Primeiro de Maio situado entre as ruas Barão de Miracema e Câmara Jr. Na noite de quarta-feira, por volta de 20h00, um professor foi assaltado por dois bandidos em uma moto.
O professor já havia entregue o seu smartphone quando os bandidos pediram a sua carteira. Ao tentar pega-la o professor deixou, sem querer, sua mochila de mão cair no chão. Os bandidos então deram 2 tiros, à queima-roupa. Por sorte o revólver falhou e não disparou.
Moradores se queixam de falta de policiamento e ronda policial naquela região, permitindo que os bandidos façam o que querem por ali.
Comentar
Compartilhe
Próximo >
Sobre o autor

Christiano Abreu Barbosa

[email protected]