Raphael Thuin desmente agressão
25/09/2017 | 12h40
O presidente da Fundação Municipal dos Esportes (FME) de Campos, Raphael Thuin, viu o seu nome envolvido em uma polêmica no fim de semana que passou. Circulou nas redes sociais e em sites rosáceos a cópia de um Termo de Declaração feito na 128ª Delegacia de Polícia do Estado do Rio, em Rio das Ostras.
No documento (confira abaixo), um menor, de 12 anos, acusa, junto com o seu tio, Raphael de agressão física e verbal, com acusação de socos e tapas. O tio também teria gravado um relato em vídeo e postado em sua rede social. A confusão teria acontecido no condomínio fechado Terras de Leripe, situado no bairro de Costa Azul, em Rio das Ostras.
Raphael morou durante muitos anos em Rio das Ostras, onde foi Secretário de Esportes no governo de Alcebíades Sabino, residindo neste condomínio por oito anos. Na noite de sábado passado houve a recepção de um casamento de uma das moradoras do condomínio, com várias famílias amigas se confraternizando, a maioria delas levando as suas crianças.
O menor de 12 anos não reside no condomínio, mas o visita com frequência. Ele e seu tio não estavam entre os convidados da festa, porém em um condomínio fechado as crianças interagem na área comum.  Em nota oficial, Raphael, pai de 3 filhos, afirma que o menino, de 12 anos, agrediu a sua filha, de 6 anos, com socos na cabeça, e que teria agredido ainda outras crianças na noite da festa.
O presidente da FME, que trabalhou durante anos com crianças em projetos sociais, desmente e repudia as acusações de agressão física feitas pelo menino e pelo tio, afirmando que entrará na justiça por calúnia e difamação. Confira abaixo a nota oficial de Raphael:
Gostaria de esclarecer e não deixar a menor dúvida sobre um fato ocorrido esse final de semana.
Eu estava com minha família, esposa e 3 filhos, numa festa de casamento no conjunto residencial onde morei por 8 anos em Rio das Ostras, cercado de amigos, familiares e crianças.
Por volta das 21:30 minha filha de 6 anos de idade, chega a mim, com várias amiguinhas, chorando muito dizendo que tinha sido agredida, levando 3 socos violentos na cabeça de um menino bem maior que ela, um adolescente de 13 anos que não é morador do condomínio, dei a mão a ela e fui averiguar o ocorrido. Por surpresa o tio do agressor, pegou o carro e entrou numa rua do condomínio onde não tem saída e estavam alguns brinquedos da minha filha e os atropelou destruindo o seu skatenet. Repreendi VERBALMENTE o adolescente e o tio visivelmente alterado começou a discutir comigo, por surpresa vários pais foram se aproximando dizendo que esse adolescente agrediu várias crianças, inclusive mais de 6 pais relataram por escrito nesse dia no livro de ocorrência do condomínio, inclusive já estão com meu advogado a cópia desses relatos.
O tio e o menor agressor foram a delegacia e prestaram queixa contra mim alegando agressão minha. Isso nunca aconteceu e será provado!
Não houve agressão alguma vindo da minha parte! Nenhuma!
Existem diversas testemunhas que estavam por perto!
Minha vida sempre foi dedicada ao esporte e as crianças, hoje sou pai de 3 filhos e nunca levantaria um dedo a uma criança.
Essa é a única verdade!
Vamos processa los!
Tenho certeza absoluta que a justiça será feita e os caluniosos punidos!
Raphael Thuin
Vários moradores do Terras de Leripe registraram no livro de ocorrências do condomínio queixas e relatos de violência praticada contra os seus filhos pelo menor de 12 anos, na grande maioria dos casos mais novos do que ele. As agressões às crianças teriam ocorrido no dia da festa e em outras ocasiões também. Os moradores pedem a proibição ao acesso do menor de 12 anos ao condomínio. Confira:
Comentar
Compartilhe
Rua em área nobre vira alvo de bandidos
22/09/2017 | 03h40
A violência em Campos continua crescente, atingindo todos os locais da cidade, seja área nobre ou não. Os bandidos recentemente têm escolhido alvos na Rua Primeiro de Maio, mesmo ela sendo bem movimentada durante o dia e estando a um quarteirão da 134ª DP.
Dois professores do Tênis Clube de Campos foram assaltados lá recentemente, no trecho da Rua Primeiro de Maio situado entre as ruas Barão de Miracema e Câmara Jr. Na noite de quarta-feira, por volta de 20h00, um professor foi assaltado por dois bandidos em uma moto.
O professor já havia entregue o seu smartphone quando os bandidos pediram a sua carteira. Ao tentar pega-la o professor deixou, sem querer, sua mochila de mão cair no chão. Os bandidos então deram 2 tiros, à queima-roupa. Por sorte o revólver falhou e não disparou.
Moradores se queixam de falta de policiamento e ronda policial naquela região, permitindo que os bandidos façam o que querem por ali.
Comentar
Compartilhe
Surpresa no drive thru
22/09/2017 | 12h54
O leitor Vagner Manhães enviou, através do Facebook, esse curioso flagrante, feito nesta madrugada, de cavaleiros gaiatos em suas montarias no drive thru do McDonald´s. Confira:
Comentar
Compartilhe
Escritório de advocacia Miller é vítima de fake news
14/09/2017 | 06h10
As redes sociais e suas fakes news fizeram mais uma vítima em Campos. O conceituado escritório de advocacia Miller, comandado pelo respeitado Dr. Fernando Miller, emitiu hoje uma nota de esclarecimento a cerca de falsas notícias que circulam em redes sociais, em especial no WhatsApp, ligando a sua empresa ao ex-Procurador da República Marcelo Miller.
Marcelo Miller, como tem sido noticiado amplamente pela mídia nacional, é suspeito de ter feito jogo duplo na delação da JBS, tendo sua prisão pedida pelo Procurador Geral da República Rodrigo Janot. A única coisa que ele tem em comum com o escritório campista, um dos principais da cidade, é o sobrenome. Mais nada. Nem parentesco, nem relação profissional.
Dr. Fernando Milller até tem um filho Procurador da República, Thiago Simão Miller, mas que mora no estado do Rio, jamais atuou em Brasília, e atua em São Gonçalo. A falsa notícia vem circulando nas redes sociais e, o pior sempre nestes casos, vem sendo repassadas por usuários, alguns até esclarecidos, que repassam a frente o que não sabem se é verdade, ávidos por serem repórteres por um segundo, no que antigamente se chamava de fofoca.
Recentemente eu mesmo fui vítima de fake news, como relatei aqui, após uma brincadeira irresponsável e infame aproveitada politicamente por rosáceos. Vale sempre o alerta: não repasse a frente o que não sabe se é verdade. Quando não é notícia de um veículo de comunicação, é grande a chance dela não ser verdadeira.
Confira abaixo a nota de esclarecimento:
Comentar
Compartilhe
Desperdício de dinheiro público
14/09/2017 | 01h02
Enquanto o Governo do Estado tenta recuperar as sua finanças destruídas, aderindo a um plano de recuperação fiscal da União, o desperdício do dinheiro dos contribuintes continua acontecendo. Um leitor enviou, através do Facebook, o relato abaixo, mostrando o flagrante no Liceu de Humanidades de Campos, com luzes internas de salas acesas durante toda o feriadão de 07 de setembro.

Não é a primeira notícia sobre desperdício de dinheiro na escola. Outros dois casos foram relatados, um aqui, em 2016, e outro aqui, em 2014. Confira o relato do leitor:

Christiano,

Boa noite!

Está difícil ver o desleixo do poder público, pois quem sofre é o povo. As luzes de 3 salas do Liceu ficaram acesas desde quarta-feira, 6/9, até o fim do feriadão, gerando desperdício e despesa, sendo que nós é que pagaremos a conta.

Abs,

 

Comentar
Compartilhe
Novo viaduto liberado pela Autopista na BR 101
08/09/2017 | 05h13
A Autopista Fluminense informou que o motivo do fechamento do perigoso retorno em frente ao Oásis, que facilitava o acesso de quem trafega na BR-101 no sentido Rio-Campos, noticiado aqui no domingo passado, foi a abertura do viaduto do trevo do km 194, no distrito de Professor Souza, em Casimiro de Abreu.
Segundo a concessionária, todos os retornos atuais em nível, como este fechado do Oásis, que são feitos estreitando a pista dupla para uma única, de forma a isolar a outra para um perigoso retorno, são provisórios, para moradores do local não terem que percorrer grandes distâncias para retornar na rodovia.
O planejamento é que todos sejam substituídos por retornos em desnível, no formato de um viaduto, dando maior segurança aos motoristas. O próximo retorno a ser fechado será substituído pelo viaduto no km 204, que está em fase avançada de obra, situado no bairro Industral, em Casimiro de Abreu.
Comentar
Compartilhe
Perdeu
03/09/2017 | 10h39
A Autopista Fluminense fechou o retorno em frente ao Oásis, da poderosa Auto Viação 1001, que facilitava o acesso a quem trafega na rodovia no sentido Rio-Campos. Agora o Oásis se iguala a outras paradas tradicionais da BR-101, como Route 66, Sabor Rural e Café Dodge, que hoje só são acessadas por um sentido da rodovia. A dona do Oásis já procura outro ponto na estrada para não perder o fluxo no sentido Rio-Campos.
Comentar
Compartilhe
O que precisa melhorar
21/08/2017 | 12h35
O projeto "Via Esporte" foi uma grande sacada da Prefeitura de Campos. Na falta de um parque público na cidade, apesar dos sucessivos orçamentos bilionários antes da crise atual, a Avenida Artur Bernardes preenche uma lacuna, possibilitando que adultos e crianças tenham um espaço de lazer para a iniciação e prática de atividades esportivas ao ar livre.
Porém, há ajustes a serem feitos. O trecho que concentra mais pessoas, na rotatória no meio do caminho entre o início da avenida, no "Santo", e a Beira-Valão, onde ficam localizadas várias barraquinhas de venda de alimentos, conta apenas com uma lixeira, a da foto abaixo. No meio da manhã ela já está transbordando de lotada, com o lixo ganhando o chão.
Há vários postes ali onde poderiam ser fixadas outras lixeiras, pelo menos mais duas, para dar conta do lixo produzido até o fim do evento. Outro ponto que merece atenção é o bloqueio parcial da entrada da avenida, na BR-101. Os guardas municipais já não ficam mais ali. Preferem uma sombra vários metros a frente.
Comentar
Compartilhe
Ciclistas perto de ganhar lei para maior segurança nas estradas estaduais
18/08/2017 | 09h04
Foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), em segunda discussão, um projeto de lei apresentando no ano passado pelo deputado Bruno Dauaire (PR), que propõe a obrigatoriedade de sinalização nas rodovias estaduais alertando os motoristas sobre a presença frequente de ciclistas.
A votação ocorreu ontem e o governador Luiz Fernando Pezão tem até 19 de setembro para sancionar a matéria. A iniciativa do deputado tem como objetivo proporcionar mais segurança aos adeptos de uma prática que vem crescendo, impulsionada principalmente pelo estímulo à atividade física e saúde e à utilização de meios de transporte menos poluentes.
“É preciso alertar os motoristas sobre a prática do ciclismo, modalidade esportiva que cresce a cada dia. No Norte Fluminense é hoje um dos esportes que mais crescem. E com isso há um aumento no número de acidentes” - afirmou o deputado Bruno Dauaire.
O ciclismo tem crescido muito em Campos, São João da Barra e na região, ganhando a cada dia novas lojas e mais adeptos, que precisam de maior segurança no trânsito para a prática da atividade. Que o governador sancione a lei e que Município e União se inspirem para fazer o mesmo em suas estradas.
Entre as estradas estaduais muito utilizadas pelos ciclistas em Campos estão, entre outras, a RJ-238 (Estrada dos Ceramistas), RJ-216 (Campos-Farol), RJ-208 (Tapera-Lagoa de Cima), RJ-158 (Campos-São Fidélis) e RJ-224 (Travessão-São Francisco de Itabapoana).
Comentar
Compartilhe
Aplicativo controla velocidade do veículo através da música
08/08/2017 | 06h39
A Arteris, empresa que administra a Autopista Fluminense, lançou o Speed-O-Track, um aplicativo que tem por objetivo controlar a velocidade do veículo em relação aos limites máximos da rodovia, através do som da música escutada pelos passageiros.
O Speed-O-Track usa dois aplicativos que são referências em seus mercados, Google Maps e Spotify. Ao entrar no aplicativo, o usuário é conectado em sua conta no Spotify, carregando as suas playlists. Quando o veículo trafegar na rodovia, o Google Maps informará ao Speed-O-Track os limites de velocidade impostos em cada trecho.
Ao comparar, através da função GPS do smartphone, a velocidade atual com o limite, o Speed-O-Track irá acelerar a música, gerando aquele aúdio característico que incomoda os ouvidos. Alertado e incomodado, o motorista tenderá a desacelerar o carro e se enquadrar.
O app está disponível gratuitamente para Android e iOS, mas funciona apenas para assinantes Premium do Spotify. A Arteris está oferecendo aqui um mês gratuito no Spotify. O Speed-O-Track é uma ótima sacada, mas requer, como exposto acima, uma conta no Spotify, o que envolve custo para quem ainda não é assinante deste aplicativo.
Comentar
Compartilhe
Próximo >
Sobre o autor

Christiano Abreu Barbosa

[email protected]