Desrespeito ao isolamento leva a engarrafamento na entrada de Búzios na véspera do feriado
30/04/2020 | 22h22
<div style="text-align: center;"><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/30/170x96/1_coronav_rus___foto_do_leitor-1612358.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5eab77f2b6075', 'cd_midia':1612358, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/30/coronav_rus___foto_do_leitor-1612358.jpg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '400', 'cd_midia_h': '240', 'align': 'Center'}"><figure class="Center" style="width:400px;height:240px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/30/coronav_rus___foto_do_leitor-1612358.jpg" alt="" width="400" height="240"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce></div> <div style="text-align: justify;">Em atitude irrespons&aacute;vel, v&aacute;rios n&atilde;o moradores de B&uacute;zios viajaram para o balne&aacute;rio, nesta v&eacute;spera de feriado, gerando engarrafamento quilom&eacute;trico na entrada da cidade, agravado pelas barreiras sanit&aacute;rias, em fotos e v&iacute;deos que viralizaram nas redes sociais.</div> <div style="text-align: justify;">Al&eacute;m de desrespeitarem o isolamento social e correrem o risco de se contaminar, os "turistas" colocam em risco os moradores de B&uacute;zios, podendo levar&nbsp;mais v&iacute;rus para a cidade, que conta com 5 casos confirmados, todos em isolamento domiciliar, e com 6 casos curados. Os habitantes do munic&iacute;pio ficaram revoltados com a falta de consci&ecirc;ncia e protestaram nas redes sociais.</div> <div style="text-align: justify;">O Brasil e o estado do Rio est&atilde;o passando por um grande avan&ccedil;o do coronav&iacute;rus, tanto em n&uacute;mero de casos confirmados, quanto de mortes. O momento &eacute; o pior poss&iacute;vel para o desrespeito ao isolamento social. B&uacute;zios foi listado recentemente&nbsp;entre&nbsp;os munic&iacute;pios&nbsp;com&nbsp;maior defici&ecirc;ncia em estrutura hospitalar para enfrentar a pandemia no estado.</div> <div style="text-align: justify;">Confira mais detalhes <a href="https://oglobo.globo.com/rio/com-previsao-de-sol-buzios-registra-engarrafamento-para-entrar-na-cidade-nesta-quinta-vespera-de-feriado-1-24404171" target="_blank" rel="noopener noreferrer">aqui</a>, em O Globo.</div>
Comentar
Compartilhe
Capa do dia
29/04/2020 | 15h37
<div style="text-align: center;"><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/29/170x96/1_estado_de_minas___e_da___corona___capa_do_dia-1611698.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5ea9c9131ffa1', 'cd_midia':1611698, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/29/estado_de_minas___e_da___corona___capa_do_dia-1611698.jpg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '378', 'cd_midia_h': '635', 'align': 'Center'}"><figure class="Center" style="width:378px;height:635px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/29/estado_de_minas___e_da___corona___capa_do_dia-1611698.jpg" alt="" width="378" height="635"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce></div>
Comentar
Compartilhe
É fake news
29/04/2020 | 13h42
<div style="text-align: center;"><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5ea9ad8e1e6be', 'cd_midia':1611674, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/png/2020/04/29/ao_livro_verde-1611674.png', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '168', 'cd_midia_h': '168', 'align': 'Center'}"><figure class="Center" style="width:168px;height:168px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/png/2020/04/29/ao_livro_verde-1611674.png" alt="" width="168" height="168"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce></div> <div style="text-align: center;">Ao Livro Verde, a centen&aacute;ria e mais antiga livraria do pa&iacute;s, com 175 anos, foi o mais novo alvo de fake news na cidade. A not&iacute;cia falsa mencionava que a loja iria&nbsp;fechar as portas. Como sempre acontece, os fofoqueiros de plant&atilde;o, sem o devido cuidado, n&atilde;o seguraram o seu dedo e espalharam a fake news via WhatsApp, maior meio de desinforma&ccedil;&atilde;o dos dias atuais.</div> <div style="text-align: center;">A livraria continua firme e forte, prestes a completar, em 13 de junho, 176 anos de uma bel&iacute;ssima hist&oacute;ria. Usando a criatividade em tempos de coronav&iacute;rus, "Ao Livro Verde" est&aacute; atendendo atrav&eacute;s de sistemas delivery e "take away" (retirada na loja), com contatos via telefone ou WhatsApp.</div> <div style="text-align: center;">Passar por crises econ&ocirc;micas n&atilde;o &eacute; novidade para a livraria, que transpassou inc&oacute;lume diversos governos: de esquerda, de direita, de centro; diversos regimes: democr&aacute;ticos e ditatoriais; diversos planos econ&ocirc;micos; e diversas moedas. E at&eacute; por uma pandemia, a gripe espanhola, no in&iacute;cio do s&eacute;culo passado.</div> <div style="text-align: center;">Vida longa para "Ao Livro Verde"!</div>
Comentar
Compartilhe
Crise? Que crise?
28/04/2020 | 21h08
<div style="text-align: center;"><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/28/170x96/1_porsche_911-1611516.jpeg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5ea8c4f10356c', 'cd_midia':1611516, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/28/porsche_911-1611516.jpeg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '420', 'cd_midia_h': '286', 'align': 'Center'}"><figure class="Center" style="width:420px;height:286px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/28/porsche_911-1611516.jpeg" alt="" width="420" height="286"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce></div> <div style="text-align: center;">A Porsche&nbsp;cresceu 113% suas vendas no Brasil no 1&ordm; trimestre de 2020, mesmo com a crise da pandemia do coronav&iacute;rus j&aacute; em curso em mar&ccedil;o. A marca alem&atilde; comercializou 809 carros&nbsp;no mercado&nbsp;brasileiro no per&iacute;odo.</div> <div style="text-align: center;">O&nbsp;campe&atilde;o de vendas foi o Porsche 911, com 306 unidades vendidas, crescimento de 386% em rela&ccedil;&atilde;o ao primeiro trimestre de 2019.</div> <div style="text-align: center;"><em>Fontes: Correio da Bahia e Meio&amp;Mensagem</em></div>
Comentar
Compartilhe
Não saia de casa sem
28/04/2020 | 14h15
<div style="text-align: center;"><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/28/170x96/1_campanha_anj_m_scara_coronavirus-1611301.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5ea86447eda43', 'cd_midia':1611301, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/28/campanha_anj_m_scara_coronavirus-1611301.jpg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '362', 'cd_midia_h': '635', 'align': 'Center'}"><figure class="Center" style="width:362px;height:635px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/28/campanha_anj_m_scara_coronavirus-1611301.jpg" alt="" width="362" height="635"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce></div>
Comentar
Compartilhe
Fechou as portas
27/04/2020 | 12h25
<div style="text-align: center;"><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5ea6f940f2e75', 'cd_midia':1610726, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/png/2020/04/27/rascal-1610726.png', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '284', 'cd_midia_h': '88', 'align': 'Center'}"><figure class="Center" style="width:284px;height:88px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/png/2020/04/27/rascal-1610726.png" alt="" width="284" height="88"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce></div> <div style="text-align: center;">O grupo paulista R&aacute;scal, propriet&aacute;rio da rede de restaurantes hom&ocirc;nima, especializada em massas e&nbsp;gastronomia mediterr&acirc;nea, fechou duas de suas tr&ecirc;s unidades no Rio. Foram encerradas, definitivamente, as atividades das unidades do Rio Sul e do Casa Shopping.</div> <div style="text-align: center;">Permanecer&aacute; funcionando no Rio apenas a unidade do Shopping Leblon, que, neste momento de isolamento social, est&aacute; operando somente em sistema de delivery, atrav&eacute;s do iFood. O R&aacute;scal &eacute; conhecido pelo &oacute;timo padr&atilde;o de sua gastronomia.</div> <div style="text-align: center;"><em>Fontes: Ancelmo Gois - O Globo e Di&aacute;rio do Rio</em></div>
Comentar
Compartilhe
Vai expandir
24/04/2020 | 17h51
<div style="text-align: center;"><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/24/170x96/1_house_82_hamburgueria-1609665.jpeg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5ea350e448829', 'cd_midia':1609665, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/24/house_82_hamburgueria-1609665.jpeg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '203', 'cd_midia_h': '203', 'align': 'Center'}"><figure class="Center" style="width:203px;height:203px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/24/house_82_hamburgueria-1609665.jpeg" alt="" width="203" height="203"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce></div> <div style="text-align: center;">O sempre muito antenado jornalista Nino Bellieny, que sabe todas as novidades do Noroeste Fluminense, em especial de Itaperuna, noticiou <a href="http://www.folha1.com.br/_conteudo/2020/04/blogs/blogninobellieny/1260673-empresario-acredita-em-itaperuna-mesmo-em-plena-crise.html" target="_blank" rel="noopener noreferrer">aqui</a> ontem, em seu blog, que a House 82 Hamburgueria vai inaugurar a sua primeira unidade fora de Campos.</div> <div style="text-align: center;">Ela ficar&aacute; no&nbsp;Shopping Gourmet, em Itaperuna, com inagura&ccedil;&atilde;o planejada para agosto. A matriz fica em Campos, no Parque S&atilde;o Caetano, tendo sido aberta uma filial no Boulevard Shopping, o principal de nossa cidade. O empreendedor &eacute; Cristiano Mello, nascido em Cardoso Moreira.</div> <div style="text-align: center;">Confira todos os detalhes&nbsp;<a href="http://www.folha1.com.br/_conteudo/2020/04/blogs/blogninobellieny/1260673-empresario-acredita-em-itaperuna-mesmo-em-plena-crise.html" target="_blank" rel="noopener noreferrer">aqui</a>.&nbsp;</div>
Comentar
Compartilhe
Fechou as portas (2)
24/04/2020 | 10h56
<div style="text-align: center;"><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5ea2eda31f401', 'cd_midia':1609432, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/png/2020/04/24/farm_cia_vieira-1609432.png', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '96', 'cd_midia_h': '96', 'align': 'Center'}"><figure class="Center" style="width:96px;height:96px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/png/2020/04/24/farm_cia_vieira-1609432.png" alt="" width="96" height="96"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce></div> <div style="text-align: center;">A Farm&aacute;cia Vieira, tradicional rede de drogarias campista, gerida de forma competente pelo empres&aacute;rio Orlando Portugal, encerrou as atividades de sua unidade na Rua Formosa.</div> <div style="text-align: center;">No in&iacute;cio da semana a rede de&nbsp;farm&aacute;cias&nbsp;Pague Menos havia fechado a sua unidade do Centro, na Beira-Rio, conforme noticiou em primeira m&atilde;o <a href="https://www.jornalterceiravia.com.br/2020/04/20/coluna-do-balbi-maior-rede-de-farmacia-do-pais-a-pague-menos-encerra-atividades-em-loja-no-centro-de-campos/" target="_blank" rel="noopener noreferrer">aqui</a> o sempre antenado jornalista Aloisio Balbi, no Terceira Via.</div> <div style="text-align: center;">O segmento de&nbsp;drogarias&nbsp;&eacute; um dos poucos a funcionar continuamente durante&nbsp;a pandemia do coronav&iacute;rus.</div>
Comentar
Compartilhe
Vai fechar as portas
23/04/2020 | 18h36
<div style="text-align: center;"><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5ea210517f832', 'cd_midia':1609301, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/23/bono_grill-1609301.jpg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '130', 'cd_midia_h': '130', 'align': 'Center'}"><figure class="Center" style="width:130px;height:130px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/23/bono_grill-1609301.jpg" alt="" width="130" height="130"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce></div> <div style="text-align: center;">O Bonno Grill, tradicional restaurante de self-service, localizado tamb&eacute;m no final da Avenida Pelinca, decidiu encerrar as suas atividades, depois de bela hist&oacute;ria, com longos e bons servi&ccedil;os prestados aos campistas.</div> <div style="text-align: center;">Fui cliente da casa durante muitos anos e era at&eacute; h&aacute; pouco, sempre sendo bem atendido e com comida boa a pre&ccedil;os justos. Deixo registrado aqui o meu agradecimentos aos colaboradores e aos propriet&aacute;rios, por manterem seu estabelecimento de p&eacute; e em bom n&iacute;vel por tantos anos.</div>
Comentar
Compartilhe
Fechou as portas
23/04/2020 | 14h39
<div style="text-align: center;"><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5ea1d282c820f', 'cd_midia':1609175, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/23/vitrine-1609175.jpg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '135', 'cd_midia_h': '135', 'align': 'Center'}"><figure class="Center" style="width:135px;height:135px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/23/vitrine-1609175.jpg" alt="" width="135" height="135"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce></div> <div style="text-align: center;">O Vitrine Music Bar, localizado no final da Avenida Pelinca, entregou o ponto e encerrou as suas atividades.</div>
Comentar
Compartilhe
Fake news sobre fake news
23/04/2020 | 12h58
<div style="text-align: center;">Em um programa da Igreja Universal, veiculado na Rede TV!, uma mulher alerta: "not&iacute;cias falsas dizem que ora&ccedil;&otilde;es n&atilde;o curam coronav&iacute;rus".</div> <div style="text-align: center;"><em>Fonte: Patr&iacute;cia Kogut - O Globo</em></div>
Comentar
Compartilhe
Bombando (2)
22/04/2020 | 13h10
<div style="text-align: center;"><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2017/06/16/170x96/1_netflix-731920.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5944027c9b1fb', 'cd_midia':731920, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2017/06/16/netflix-731920.jpg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '250', 'cd_midia_h': '102', 'align': 'Center'}"><figure class="Center" style="width:250px;height:102px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2017/06/16/netflix-731920.jpg" alt="" width="250" height="102"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce></div> <div style="text-align: justify;">As pol&iacute;ticas de&nbsp;isolamento social e quarentena em grande parte do mundo, com medidas de enfrentamento &agrave; pandemia do coronav&iacute;rus,&nbsp;levaram a Netflix a ganhar impressionantes 15,8 milh&otilde;es de assinantes no primeiro trimestre de 2020.</div> <div style="text-align: justify;">O n&uacute;mero &eacute; o dobro do esperado. Assim como a TV aberta e fechada, o streaming tamb&eacute;m ganhou bastante audi&ecirc;ncia com as pessoas ficando muito mais tempo em casa. A maioria dos novos assinantes veio de fora da Am&eacute;rica do Norte.</div> <div style="text-align: justify;">Na&nbsp;Am&eacute;rica Latina houve acr&eacute;scimo de 2,9 milh&otilde;es de assinaturas. Em contrapartida a receita m&eacute;dia foi afetada pela valoriza&ccedil;&atilde;o do d&oacute;lar. No Brasil, por exemplo, os R$ 32,90 da assinatura padr&atilde;o valiam US$ 8,50 h&aacute; um ano. Hoje valem US$ 6,50.</div> <div style="text-align: center;"><em>Fontes: Folha de S&atilde;o Paulo e ANJ</em></div>
Comentar
Compartilhe
Porto do Açu doa insumos para produção de máscaras pelo IFF
21/04/2020 | 20h42
<div style="text-align: justify;">O Comit&ecirc; de Responsabilidade Social e A&ccedil;&otilde;es Humanit&aacute;rias do Porto do A&ccedil;u realizou a doa&ccedil;&atilde;o de insumos para o IFF Campos confeccionar mais de 5 mil m&aacute;scaras do tipo Face Shield (que cobrem todo o rosto), que&nbsp;ser&atilde;o entregues para institui&ccedil;&otilde;es de sa&uacute;de de S&atilde;o Jo&atilde;o da Barra e tamb&eacute;m de Campos.</div> <div style="text-align: justify;">A m&aacute;scara &eacute; fundamental para proteger todos aqueles que est&atilde;o na linha de frente contra o coronav&iacute;rus. A&nbsp;doa&ccedil;&atilde;o&nbsp;&eacute; do Grupo Prumo, representando todas as empresas instaladas no empreendimento portu&aacute;rio: Porto do A&ccedil;u Opera&ccedil;&otilde;es, GNA, A&ccedil;u Petr&oacute;leo, BP Prumo e Ferroport.</div> <div style="text-align: justify;">O Comit&ecirc; est&aacute; atuando em outras frentes no combate e preven&ccedil;&atilde;o da Covid-19 na regi&atilde;o, como na recupera&ccedil;&atilde;o de respiradores pulmonares, na doa&ccedil;&atilde;o de mais de 90 mil EPIs (luvas, aventais e m&aacute;scaras cir&uacute;rgicas) e no apoio &agrave; produ&ccedil;&atilde;o de m&aacute;scaras caseiras.</div> <div style="text-align: justify;">A previs&atilde;o &eacute; que as m&aacute;scaras fiquem prontas, em sua totalidade, em at&eacute; duas semanas. Mas a libera&ccedil;&atilde;o deve ocorrer em lotes graduais, com as primeiras m&aacute;scaras provavelmente estando prontas&nbsp;j&aacute;&nbsp;nesta semana.</div>
Comentar
Compartilhe
Depois do desrespeito recorde, Prefeitura fecha Morro do Rato, Jardim São Benedito e outras áreas
21/04/2020 | 16h27
<div style="text-align: justify;">Depois do desrespeito recorde ao isolamento social de parte da popula&ccedil;&atilde;o campista ao Morro do Rato no fim de semana passado, noticiado <a href="http://folha1.sites.fiveedit.com.br/index.php?id=/blogs/pontodevista/materia.php&amp;cd_matia=1260562" target="_blank" rel="noopener noreferrer">aqui</a>, na InterTv Plan&iacute;cie e em diversos ve&iacute;culos de comunica&ccedil;&atilde;o, n&atilde;o poderia ser diferente, a Prefeitura de Campos decretou o fechamento do acesso ao morro at&eacute; o dia 30 de abril.</div> <div style="text-align: justify;">Al&eacute;m do fechamento Morro do Itaoca, cujo nome popular &eacute; Morro do Rato, a Prefeitura decretou ainda o fechamento do Jardim S&atilde;o Benedito, Horto Municipal e Cidade da Crian&ccedil;a, todos at&eacute; o dia 30 de abril. Infelizmente a falta de bom senso de parte da popula&ccedil;&atilde;o no uso fechar&aacute; temporariamente estes equipamentos.</div> <div style="text-align: justify;">Confira todos os detalhes <a href="http://www.folha1.com.br/_conteudo/2020/04/geral/1260613-prefeitura-decreta-fechamento-do-acesso-ao-itaoca-e-jardim-sao-benedito.html" target="_blank" rel="noopener noreferrer">aqui</a>, no Folha 1, em mat&eacute;ria do jornalista Aldir Sales.</div>
Comentar
Compartilhe
Bombando
21/04/2020 | 16h20
<div style="text-align: justify;">Segundo dados do Painel Nacional de Televis&atilde;o (PNT), medidos pelo Kantar Ibope Media, a audi&ecirc;ncia nas 24 horas do dia da Globo cresceu 15% durante a pandemia do coronav&iacute;rus, passando de 13 para 15 pontos de audi&ecirc;ncia m&eacute;dia em todo o pa&iacute;s.</div> <div style="text-align: justify;">Na faixa hor&aacute;ria de 04h00 &agrave;s 15h00, que engloba 11 horas consecutivas ao vivo, o crescimento da Globo durante a pandemia da covid-19 foi de impressionantes 22% em rela&ccedil;&atilde;o &agrave; m&eacute;dia do ano at&eacute; ent&atilde;o.</div> <div style="text-align: justify;">A TV aberta em geral cresceu sua audi&ecirc;ncia durante o isolamento social. O brasileiro, cuja m&eacute;dia di&aacute;ria de consumo de TV &eacute; o dobro da mundial, passou 07h54&nbsp;assistindo&nbsp;TV no per&iacute;odo de 06 a 12 de abril,&nbsp;que teve intenso notici&aacute;rio sobre o coronav&iacute;rus.</div> <div style="text-align: justify;">Foi um crescimento de 01h20 em rela&ccedil;&atilde;o ao per&iacute;odo anterior &agrave; pandemia no Brasil. Entre as 20 maiores audi&ecirc;ncias do pa&iacute;s dos &uacute;ltimos 5 anos, 13 foram registradas em mar&ccedil;o, no per&iacute;odo inicial do isolamento social.</div>
Comentar
Compartilhe
Desrespeito ao isolamento cresce (2)
20/04/2020 | 12h12
<div style="text-align: justify;">As filas das ag&ecirc;ncias banc&aacute;rias e lot&eacute;ricas t&ecirc;m sido um grande calcanhar de Aquiles do isolamento social em Campos. Falta organiza&ccedil;&atilde;o por parte do poder p&uacute;blico e tamb&eacute;m dos bancos, que t&ecirc;m lucros exorbitantes ano ap&oacute;s ano e cada vez diminuem mais seus efetivos, n&atilde;o se preparando minimamente para este aumento esperado de clientes.</div> <div style="text-align: justify;">Cabe tamb&eacute;m maior consci&ecirc;ncia &agrave; popula&ccedil;&atilde;o, mas &eacute; percept&iacute;vel que a imensa maioria nas filas &eacute; das classes menos favorecidas, que n&atilde;o est&atilde;o ali porque querem, mas porque precisam. Esse fluxo de pessoas foi aumentado em muito com os R$ 600,00 dados pelo governo Bolsonaro e pelo Congresso como ajuda de custo aos trabalhadores informais.</div> <div style="text-align: justify;">Passo quase sempre em frente &agrave; ag&ecirc;ncia da Caixa Econ&ocirc;mica da Rua Formosa, meu caminho natural para vir ao trabalho. Dia ap&oacute;s dia vejo uma enorme fila na rua, sem distanciamento f&iacute;sico, uma festa para o coronav&iacute;rus, que adora aglomera&ccedil;&otilde;es.</div> <div style="text-align: justify;">Hoje foi a fila foi recorde, sa&iacute;a da Rua Formosa e dobrava na Rua Lacerda Sobrinho, quase chegando &agrave; Pra&ccedil;a da Rep&uacute;blica. &Eacute; necess&aacute;rio que o poder p&uacute;blico e os bancos organizem urgentemente esta quest&atilde;o, para que o isolamento social n&atilde;o seja para ingl&ecirc;s ver e que a vida das pessoas n&atilde;o seja colocada em risco.&nbsp;</div>
Comentar
Compartilhe
Desrespeito ao isolamento cresce (1)
20/04/2020 | 11h32
<div style="text-align: justify;">Com o passar das semanas, o desrespeito ao isolamento social cresce. No fim de semana o Morro do Itaoca, popular Morro do Rato, recebeu n&uacute;mero recorde de praticantes de atividades f&iacute;sicas, congestionando os acessos, como se n&atilde;o houvesse nem pandemia, nem amanh&atilde;. Parecia ter mais gente que em tempos sem coronav&iacute;rus.</div> <div style="text-align: justify;">A Prefeitura ter&aacute; que colocar vigil&acirc;ncia no acesso, se quiser ver suas determina&ccedil;&otilde;es cumpridas. E cabe, principalmente, maior consci&ecirc;ncia a todos. &Eacute; poss&iacute;vel praticar atividades f&iacute;sicas, seja em casa, seja at&eacute;&nbsp;ao ar livre, de forma isolada e em hor&aacute;rios de baixo fluxo.</div>
Comentar
Compartilhe
Campos terá 14 vagas para menor aprendiz nos Correios
14/04/2020 | 17h58
<div style="text-align: justify;">Os Correios abriram a inscri&ccedil;&atilde;o para o seu Programa Jovem Aprendiz de 2020. S&atilde;o 4.462 vagas em todo o pa&iacute;s, mais a forma&ccedil;&atilde;o de um cadastro de reserva. Em Campos ser&atilde;o 14 vagas, sendo 9 de ampla concorr&ecirc;ncia e 5 para o regime de cotas, sendo 2 para deficientes (PCD) e 3 para pessoas pardas ou negras. Todas as vagas no munic&iacute;pio s&atilde;o para o per&iacute;odo vespertino.</div> <div style="text-align: justify;">Os interessados devem se inscrever&nbsp;<a href="http://www2.correios.com.br/institucional/concursos/correios/lst_concurso.cfm?con_nu=1207" target="_blank" rel="noopener noreferrer">aqui</a>, no site dos Correios, onde encontrar&atilde;o todas as informa&ccedil;&otilde;es sobre o programa e a sele&ccedil;&atilde;o. As inscri&ccedil;&otilde;es podem ser feitas at&eacute; o dia 30 de abril. Para participar, s&atilde;o necess&aacute;rios alguns pr&eacute;-requisitos:</div> <div style="text-align: justify;">- ter entre 14 e 22 anos de idade completos;</div> <div>- cursar, no m&iacute;nimo, o 6&ordm; ano do Ensino Fundamental;</div> <div>- estar matriculado e frequentando a escola;</div> <div>- n&atilde;o ter sido contratado anteriormente como jovem aprendiz dos Correios;</div> <div>- n&atilde;o ter mantido v&iacute;nculo empregat&iacute;cio com&nbsp;os Correios</div> <div style="text-align: justify;">A sele&ccedil;&atilde;o ser&aacute; feita por meio de comprova&ccedil;&atilde;o de requisitos referentes &agrave; renda familiar, a idade no ato da inscri&ccedil;&atilde;o, institui&ccedil;&atilde;o de ensino onde estuda e a partir de pontua&ccedil;&atilde;o detalhada no edital. Os aprovados ir&atilde;o receber o sal&aacute;rio m&iacute;nimo por hora, no valor de R$ 490,83.</div> <div style="text-align: justify;">Al&eacute;m do sal&aacute;rio, o jovem aprendiz dos Correios ter&aacute; direito&nbsp;a&nbsp;uniforme, vale-transporte e vale-refei&ccedil;&atilde;o ou alimenta&ccedil;&atilde;o. No total, a jornada de trabalho ser&aacute; de 20 horas semanais, sendo 4&nbsp;horas di&aacute;rias ao longo do Programa de Aprendizagem.</div> <div style="text-align: justify;">Na regi&atilde;o haver&aacute; ainda vagas para Bom Jesus do Itabapoana (1) e Maca&eacute; (8).&nbsp;</div>
Comentar
Compartilhe
O pior presidente do mundo no combate ao coronavírus
14/04/2020 | 16h15
<div style="text-align: justify;">O Washington Post, respeitado jornal dos EUA, publicou hoje um editorial no qual analisa a condu&ccedil;&atilde;o dos l&iacute;deres mundiais para lidar com a pandemia do coronav&iacute;rus em seus pa&iacute;ses. O peri&oacute;dico cita os governantes da Nova Zel&acirc;ndia, Taiwan, Cor&eacute;ia do Sul e Alemanha&nbsp;como os de melhores desempenhos. Estes pa&iacute;ses foram muito bem sucedidos contra o covid-19 at&eacute; agora.</div> <div style="text-align: justify;">Jair Bolsonaro &eacute; enquadrado na faixa&nbsp;que re&uacute;ne&nbsp;os piores do mundo, ao lado de l&iacute;deres de pa&iacute;ses de economias inexpressivas, como&nbsp;Bielorr&uacute;ssia, Turcomenist&atilde;o e Nicar&aacute;gua, governantes&nbsp;que "rejeitaram a seriedade do v&iacute;rus e incitaram seus cidad&atilde;os a continuar mais ou menos o normal."</div> <div style="text-align: justify;">O presidente do Brasil &eacute; citado como o pior: "L&iacute;deres arriscam vidas minimizando o coronav&iacute;rus. Bolsonaro &eacute; o pior". Ele ganhou&nbsp;destaque exclusivo no jornal:&nbsp;"De longe, o caso mais grave de improbidade &eacute; o do presidente brasileiro Jair Bolsonaro. Quando as infec&ccedil;&otilde;es come&ccedil;aram a se espalhar no pa&iacute;s de mais de 200 milh&otilde;es de pessoas, o populista de direita descartou o coronav&iacute;rus como 'uma gripezinha' e incitou os brasileiros a 'enfrentarem o v&iacute;rus como homem, caramba, n&atilde;o um garoto'. Pior, o presidente tentou repetidamente minar as medidas tomadas pelos 27 governadores estaduais do pa&iacute;s para conter o surto."</div> <div style="text-align: justify;">A informa&ccedil;&atilde;o do Washington Post foi publicada <a href="https://blogs.oglobo.globo.com/lauro-jardim/post/bolsonaro-e-o-pior-no-combate-ao-coronavirus-diz-washington-post.html" target="_blank" rel="noopener noreferrer">aqui</a>, no blog de Lauro Jardim, em O Globo.</div>
Comentar
Compartilhe
Setor de Turismo indica falência de 10% dos hotéis e 30% dos restaurantes no país
14/04/2020 | 16h02
<div style="text-align: justify;">O avan&ccedil;o da pandemia de Coronav&iacute;rus (Covid-19) pelo Brasil e a necessidade de isolamento social levou os setores de Turismo e Hospitalidade&nbsp;a amargam grande preju&iacute;zo. A Federa&ccedil;&atilde;o Brasileira de Hospedagem e Alimenta&ccedil;&atilde;o (FBHA) estima a fal&ecirc;ncia de 10% dos hot&eacute;is.</div> <div style="text-align: justify;">J&aacute; a Confedera&ccedil;&atilde;o Nacional do Turismo (CNTur) estima que 30% dos restaurantes e similares em toda a rede brasileira n&atilde;o suportar&atilde;o a falta de clientes, totalizando cerca de 200 mil estabelecimentos fechando as portas, gerando uma onda maci&ccedil;a de desemprego num curto espa&ccedil;o de tempo.</div> <div style="text-align: justify;">De acordo com Wilson Luiz Pinto, presidente do Sindicato dos Restaurantes, Bares e Similares de S&atilde;o Paulo (SindResBar-SP), o grande problema &eacute; que restaurantes possuem pouco capital de giro, por ser atividade de alto custo e com margem de lucro baixa. "Um ponto comercial precisa ser num lugar bem vis&iacute;vel, com um valor aluguel extremamente caro. A atividade tamb&eacute;m exige muitos funcion&aacute;rios e, al&eacute;m disso, temos uma alta carga de imposto sob os ombros da categoria. &Eacute; imposs&iacute;vel ficar um m&ecirc;s parado, sem faturar".</div> <div style="text-align: justify;">"Estudos da JP Morgan mostram que temos menos f&ocirc;lego pra aguentar a crise, entre todas as atividades econ&ocirc;micas. O documento mostra que setor aguentaria 16 dias fechado, ou seja, j&aacute; entramos num colapso de vendas, com queda de faturamento de 90%", avalia Paulo Solmucci, presidente Associa&ccedil;&atilde;o Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL).</div> <div style="text-align: justify;">O&nbsp;delivery n&atilde;o &eacute; visto como uma solu&ccedil;&atilde;o definitiva por Solmucci. Segundo ele&nbsp;a entrega ameniza, mas n&atilde;o &eacute; o bastante para quitar as contas dos estabelecimentos. "O sal&atilde;o que realmente &eacute; respons&aacute;vel pelo faturamento, a maioria absoluta dos restaurantes n&atilde;o consegue pagar nem mesmo a folha salarial com pedidos por telefone. Essa modalidade &eacute; uma medida paliativa".</div> <div style="text-align: justify;">Hot&eacute;is s&atilde;o os que mais sentem a crise, alega Alexandre Sampaio, presidente da FBHA. "Fomos os primeiros a sofrer com a pandemia e seremos os &uacute;ltimos a voltar &agrave; atividade normal. Estimamos que mais de tr&ecirc;s mil hot&eacute;is e pousadas fechem as portas, durante essa crise, pelo alto custo de manuten&ccedil;&atilde;o e funcionamento desse tipo de estabelecimento", explica.</div> <div style="text-align: justify;">Apesar desta situa&ccedil;&atilde;o nacional, felizmente os hot&eacute;is de Campos v&ecirc;m mantendo boa ocupa&ccedil;&atilde;o, conforme relatado&nbsp;<a href="https://www.folha1.com.br/_conteudo/2020/04/economia/1260280-hoteis-ainda-seguram-clientela.html" target="_blank" rel="noopener noreferrer">aqui</a>&nbsp;no fim de semana passado em uma mat&eacute;ria do Folha 1, em virtude do turismo de neg&oacute;cios propiciado pela cadeia do petr&oacute;leo e pelo Porto do A&ccedil;u.</div>
Comentar
Compartilhe
Da Folha e você
11/04/2020 | 19h51
<div><span style="color: #008000;">Pelos pr&oacute;ximos dois meses, a contar de hoje, a Folha da Manh&atilde; deixar&aacute; de circular diariamente. &Eacute; o per&iacute;odo projetado ao pico da Covid-19 em Campos, regi&atilde;o e pa&iacute;s, que tem no Estado do Rio um dos seus epicentros. At&eacute; que esse prazo se cumpra, o jornal impresso circular&aacute; apenas aos domingos. A cobertura da pandemia e todos os demais assuntos di&aacute;rios, seguir&aacute; normalmente no Folha1, site mais acessado do interior fluminense. </span></div> <div><span style="color: #008000;">O motivo desse resumo impresso da semana no domingo &eacute; simples. Os principais anunciantes do jornal s&atilde;o com&eacute;rcio e empresas, quase todos fechados pela necessidade de isolamento social. Que tamb&eacute;m afeta diretamente a procura dos an&uacute;ncios classificados e a venda em bancas. Por sua vez, os assinantes da Folha receber&atilde;o o mesmo n&uacute;mero de exemplares pelo qual pagaram, complementadas assim que a edi&ccedil;&atilde;o impressa di&aacute;ria for retomada.</span></div> <div><span style="color: #008000;">O dilema crise na sa&uacute;de x crise econ&ocirc;mica &eacute; tema de debate em todo o mundo. Embora ningu&eacute;m respons&aacute;vel possa ter d&uacute;vida. Na condi&ccedil;&atilde;o orgulhosa de porta voz de Campos e regi&atilde;o h&aacute; mais de quatro d&eacute;cadas, a Folha da Manh&atilde; tem certeza: a prioridade &eacute; a preserva&ccedil;&atilde;o da sa&uacute;de das pessoas, n&atilde;o da economia. Mesmo quando graves e inevit&aacute;veis, perdas financeiras podem ser recuperadas; vidas perdidas, n&atilde;o!</span></div> <div><span style="color: #008000;">Nesta hist&oacute;ria de mais de 42 anos contando as hist&oacute;rias di&aacute;rias da sua comunidade, esta talvez seja a maior crise enfrentada por Campos, Norte Fluminense, Estado do Rio, Brasil e mundo. Quem n&atilde;o entender isso agora, poder&aacute; ter que faz&ecirc;-lo da pior forma poss&iacute;vel daqui a algumas poucas semanas. O que reafirma a import&acirc;ncia das not&iacute;cias confi&aacute;veis do jornalismo profissional, em meio &agrave; pandemia das fake news nas redes sociais &mdash; anterior &agrave; do coronav&iacute;rus.</span></div> <div><span style="color: #008000;">Em impresso ou digital, o compromisso da Folha da Manh&atilde; &eacute; com voc&ecirc;. Foi constru&iacute;do por tantos outros jornalistas, dia a dia, nos &uacute;ltimos 42 anos. E ser&aacute; mantido. Custe o que custar.</span></div> <div><span style="color: #008000;">* Editorial publicado hoje, domingo, na Folha da Manh&atilde;</span></div>
Comentar
Compartilhe
Jim Jones tupiniquim
11/04/2020 | 19h50
<div style="text-align: center;"><strong><span style="color: #008000;">O PT DA PR&Oacute;XIMA ELEI&Ccedil;&Atilde;O</span></strong></div> <div style="text-align: center;"><strong><span style="color: #008000;">Jim Jones tupiniquim</span></strong></div> <div style="text-align: left;"><span style="color: #008000;">* Por Merval Pereira</span></div> <div style="text-align: left;"><span style="color: #008000;">O presidente Jair Bolsonaro est&aacute; cavando um abismo a seus p&eacute;s lutando contra a realidade tr&aacute;gica da Covid-19. N&atilde;o h&aacute; sa&iacute;da honrosa para ele diante da perspectiva de recess&atilde;o econ&ocirc;mica - o ministro da Economia Paulo Guedes j&aacute; teme um PIB negativo de 4%, h&aacute; bancos prevendo at&eacute; 6% - e de um dram&aacute;tico n&uacute;mero de mortes, que j&aacute; est&aacute; na casa do milhar antes de um m&ecirc;s de quarentena.</span></div> <div style="text-align: left;"><span style="color: #008000;">As demonstra&ccedil;&otilde;es di&aacute;rias de irresponsabilidade acintosa v&atilde;o ganhando perigosos ares de desequil&iacute;brio comportamental que, em vez de aumentar suas chances de concorrer &agrave; reelei&ccedil;&atilde;o, v&atilde;o lhe retirando essa possibilidade, reduzindo seu apoio a um grupo de fan&aacute;ticos.</span></div> <div style="text-align: left;"><span style="color: #008000;">A mais recente pesquisa DataFolha mostra que 17% dos eleitores que votaram em Bolsonaro no segundo turno est&atilde;o arrependidos, o que quer dizer que cerca de 10 milh&otilde;es de pessoas o abandonaram, fazendo com que tivesse hoje, teoricamente, menos votos do que obteve no primeiro turno.</span></div> <div style="text-align: left;"><span style="color: #008000;">N&atilde;o quer dizer, por&eacute;m, que todos os que n&atilde;o se declararam arrependidos estejam contentes com o governo Bolsonaro. Muitos, certamente, n&atilde;o se arrependeram porque consideram que o principal papel de seu voto foi derrotar o PT.</span></div> <div style="text-align: left;"><span style="color: #008000;">Pesquisas de opini&atilde;o p&uacute;blica mostram que Bolsonaro mant&eacute;m um apoio em torno de 30% da popula&ccedil;&atilde;o, o mesmo &iacute;ndice que o PT costumava ter antes de chegar ao poder, igual ao percentual de votos que o candidato petista Fernando Haddad obteve no primeiro turno.</span></div> <div style="text-align: left;"><span style="color: #008000;">N&atilde;o h&aacute; indica&ccedil;&otilde;es de que o PT tenha mantido seu n&iacute;vel de apoio de l&aacute; para c&aacute;, e o desgaste de Bolsonaro &eacute; n&iacute;tido. Por isso a polariza&ccedil;&atilde;o contra o PT &eacute; bom, teoricamente, para os dois, mas especialmente para Bolsonaro se ele j&aacute; n&atilde;o tivesse provado que n&atilde;o &eacute; apenas um antipetista, mas um desequilibrado, t&eacute;cnica e emocionalmente incapaz de enfrentar crises como a que atravessamos, e moralmente corrupto.</span></div> <div style="text-align: left;"><span style="color: #008000;">N&atilde;o acredito que o PT tenha, nesses anos recentes, recuperado a imagem de honestidade e credibilidade que conseguiu introjetar no eleitorado, e acho, portanto, que uma repeti&ccedil;&atilde;o da polariza&ccedil;&atilde;o dificilmente acontecer&aacute;. Os extremos j&aacute; se mostraram incapazes de dar uma solu&ccedil;&atilde;o para o pa&iacute;s.</span></div> <div style="text-align: left;"><span style="color: #008000;">O desgaste de Bolsonaro s&oacute; se acentuar&aacute; nos pr&oacute;ximos anos, j&aacute; que ele &eacute; incapaz de ser outra pessoa. J&aacute; era assim antes da campanha, mas era o que tinham os que queriam alijar o PT. O centro pol&iacute;tico foi incapaz de apresentar uma alternativa ao eleitor de centro-direita que demonstrasse viabilidade eleitoral, diante da radicaliza&ccedil;&atilde;o que tomou conta da elei&ccedil;&atilde;o.</span></div> <div style="text-align: left;"><span style="color: #008000;">Abre-se um caminho largo at&eacute; 2022 para candidatos de centro se firmarem no cen&aacute;rio pol&iacute;tico nacional, e os governadores, que s&atilde;o protagonistas dessa guerra contra a Covid-19, podem colher resultados positivos, como j&aacute; demonstram as pesquisas de opini&atilde;o e as redes sociais. Por isso, a cada vez que surge um pol&iacute;tico que se destaque, passa a ser potencial candidato a presidente: &eacute; assim com Mandetta, &eacute; assim com Moro.</span></div> <div style="text-align: left;"><span style="color: #008000;">O comportamento do presidente Bolsonaro, ao sair &agrave;s ruas em Bras&iacute;lia, &eacute; acintoso, atitude que n&atilde;o pode ser vista como normal. Por causa desse comportamento, nossa pol&iacute;tica de isolamento social est&aacute; come&ccedil;ando a afrouxar, a ser rompida por grupos incentivados pelo presidente.</span></div> <div style="text-align: left;"><span style="color: #008000;">N&atilde;o &eacute; assim que a economia vai melhorar, e esse afrouxamento provocar&aacute; mais mortes, mais sofrimento. N&atilde;o &eacute; &agrave; toa que a embaixada alem&atilde; est&aacute; recomendando a seus cidad&atilde;os que regressem ao seu pa&iacute;s.</span></div> <div style="text-align: left;"><span style="color: #008000;">Bolsonaro ser&aacute; responsabilizado pessoalmente pelo aumento das mortes. N&atilde;o &eacute; poss&iacute;vel ter um presidente que estimula a popula&ccedil;&atilde;o a se arriscar numa pandemia, como um l&iacute;der m&iacute;stico levando seus seguidores para o suic&iacute;dio coletivo. Bolsonaro, nosso Jim Jones tupiniquim, ser&aacute; o PT da pr&oacute;xima elei&ccedil;&atilde;o, aquele a quem ser&aacute; preciso afastar do poder.</span></div> <div style="text-align: left;"><span style="color: #008000;">* Publicado em O Globo em 11/04/2020</span></div>
Comentar
Compartilhe
O novo antipetismo
11/04/2020 | 19h41
<div style="text-align: justify;">H&aacute; algum tempo venho publicando nas redes sociais, no Twitter e no Facebook, as grandes similaridades do petismo e do bolsonarismo, assim como de seus adeptos, os petistas e os bolsonaristas. Na grande maioria dos casos, parecem irm&atilde;os siameses, de sinal trocado, por causa da te&oacute;rica "ideologia" defendida por essas correntes.</div> <div style="text-align: justify;">Normalmente esses coment&aacute;rios s&atilde;o publicados no Twitter, uma rede muito menos t&oacute;xica e muito mais informativa que o Facebook.&nbsp;Ontem&nbsp;o jornalista Merval Pereira publicou um &oacute;timo texto em sua coluna em O Globo, intitulada "Jim Jones tupiniquim" (confira <a href="http://folha1.sites.fiveedit.com.br/_conteudo/2020/04/blogs/pontodevista/1260273-jim-jones-tupiniquim.html" target="_blank" rel="noopener noreferrer">aqui</a> o texto, que republiquei), no qual analisa a p&eacute;ssima condu&ccedil;&atilde;o do presidente durante a pandemia do coronav&iacute;rus.</div> <div style="text-align: justify;">Preocupado exclusivamente com a economia e, principalmente, como ela pode afetar as suas chances de reelei&ccedil;&atilde;o, Jair Bolsonaro briga contra a realidade, tentando subestimar os efeitos da pandemia, que avan&ccedil;ou rapidamente e de forma mortal sobre&nbsp;grande parte das economias do mundo, com maior gravidade em pa&iacute;ses com economia e sa&uacute;de bem mais fortes do que o Brasil.</div> <div style="text-align: justify;">Outros l&iacute;deres amea&ccedil;aram adotar tal postura, mas sucumbiram diante da realidade e mudaram de posi&ccedil;&atilde;o, ainda que a condu&ccedil;&atilde;o inicial equivocada tenha provavelmente ceifado centenas de vidas a mais.</div> <div style="text-align: justify;">Brigando contra a inevit&aacute;vel realidade, Bolsonaro perdeu a chance de ser o l&iacute;der do enfrentamento da pandemia no pa&iacute;s. Mostrou a sua total incapacidade de lidar com uma grande crise, perdendo in&uacute;meros eleitores de centro e a chance de aumentar sua popularidade. E deu espa&ccedil;o para que&nbsp;outros l&iacute;deres ocupem a lacuna de poder deixado, com o ministro da Sa&uacute;de, Luiz Henrique Mandetta, sendo o l&iacute;der federal e os governadores os l&iacute;deres em seus estados.</div> <div style="text-align: justify;">A&nbsp;briga contra a queda na economia, tentando evitar o isolamento social, j&aacute; era perdida. A recess&atilde;o, seja aqui ou no mundo, era inevit&aacute;vel e irrevers&iacute;vel com a pandemia. Com sua postura equivocada,&nbsp;s&oacute; acumulou p&eacute;ssimos resultados, ainda que o seu eleitorado cativo, mais extremo, possa aplaudir, como faz com qualquer coisa que ele fa&ccedil;a.</div> <div style="text-align: justify;">Em seu texto, Merval analisa pontos pr&oacute;ximos a esses e conclui que Bolsonaro ser&aacute; o pr&oacute;ximo PT da elei&ccedil;&atilde;o, aquele que ser&aacute; preciso afastar do poder, com grande rejei&ccedil;&atilde;o. Projetando pelo cen&aacute;rio de&nbsp; hoje (pol&iacute;tica &eacute; sempre mutante), quem conseguir encarnar o antibolsonarismo seria o detentor de maiores chances de vit&oacute;ria em 2022. Como aconteceu em 2018, quando ele encarnou o antipetismo.</div> <div style="text-align: justify;">Pelo desgaste dos 14 anos de poder, da maior recess&atilde;o econ&ocirc;mica da hist&oacute;ria na qual enfiou o pa&iacute;s, dos crimes de corrup&ccedil;&atilde;o e da falta de nomes, dificilmente o PT ocupar&aacute; esse lugar. Fica um espa&ccedil;o enorme aberto para pol&iacute;ticos de centro, centro-direita e centro-esquerda tentarem ocupar, encarnando o antibolsonarismo e tamb&eacute;m impedindo a volta ao poder dos petistas.</div> <div style="text-align: justify;">Quem ganha espa&ccedil;o hoje s&atilde;o os governadores, especialmente aqueles que t&ecirc;m protegido a popula&ccedil;&atilde;o da grave amea&ccedil;a da pandemia do coronav&iacute;rus. Nesse ponto, com mais exposi&ccedil;&atilde;o por governarem os maiores centros, Jo&atilde;o D&oacute;ria e Wilson Witzel v&ecirc;m se destacando. Romeu Zema, do Novo, tem ido mal, ali&aacute;s, como o seu governo. M&aacute; estreia do partido que pretende ser "novo".</div> <div style="text-align: justify;">Al&eacute;m deles, h&aacute; no governo federal o destaque do Ministro da Sa&uacute;de, Mandetta, muito bem na gest&atilde;o da pandemia do coronav&iacute;rus. Um o&aacute;sis de esperan&ccedil;a, condu&ccedil;&atilde;o t&eacute;cnica e serenidade em um governo err&aacute;tico. Sem contar a sempre&nbsp;boa imagem do Ministro da Justi&ccedil;a, S&eacute;rgio Moro, muito mais pelo que ele fez na Lava-Jato no combate &agrave; corrup&ccedil;&atilde;o.</div> <div style="text-align: justify;">H&aacute; ainda no cen&aacute;rio de 2022 os candidatos &agrave; presid&ecirc;ncia derrotados em 2018.</div> <div style="text-align: justify;">A conferir.</div>
Comentar
Compartilhe
Campos tem primeira morte por coronavírus
11/04/2020 | 16h09
<div style="text-align: justify;">O jornalista Aluysio Abreu Barbosa, sempre &agrave; frente das apura&ccedil;&otilde;es do avan&ccedil;o do coronav&iacute;rus em Campos, registrou <a href="http://opinioes.folha1.com.br/2020/04/11/hudisson-dos-santos-caminnoneiro-39-anos-e-1a-morto-da-covid-19-em-campos/" target="_blank" rel="noopener noreferrer">aqui</a>, em seu blog Opini&otilde;es, a primeira morte pela doen&ccedil;a em Campos.&nbsp;Hudisson Pinto dos Santos, tinha 39 anos, deixa esposa e dois filhos.</div> <div style="text-align: justify;">Ele, caminhoneiro, estava internado, em estado grave, na UTI do Centro de Controle e Combate ao Coronav&iacute;rus (CCC), tendo apresentado sintomas h&aacute; apenas uma semana. Confira todos os detalhes <a href="http://opinioes.folha1.com.br/2020/04/11/hudisson-dos-santos-caminnoneiro-39-anos-e-1a-morto-da-covid-19-em-campos/" target="_blank" rel="noopener noreferrer">aqui</a>, no blog Opini&otilde;es, no Folha 1.</div> <div style="text-align: justify;">Que essa triste not&iacute;cia sirva de alerta aos campistas, que insistem em se aglomerar no mercado, nos supermercados, loterias, ag&ecirc;ncias banc&aacute;rias e avenidas palcos de atividades ao ar livre. Aglomera&ccedil;&atilde;o &eacute; tudo o que coronav&iacute;rus gosta para se expandir rapidamente.</div> <div style="text-align: justify;">Uma vez dentro do seu corpo, ele age r&aacute;pido. E pode ser letal.</div>
Comentar
Compartilhe
Quais esportes praticar ao ar livre?
09/04/2020 | 11h56
<div style="text-align: center;">Em tempos de coronav&iacute;rus e isolamento social, o mestre da motricidade humana Marcos Almeida esclareceu <a href="http://folha1.com.br/_conteudo/2020/04/blogs/sermotriz/1260135-coronavirus-saiba-quais-esportes-podem-ser-praticados-ao-ar-livre-em-tempos-de-pandemia.html" target="_blank" rel="noopener noreferrer">aqui</a>, no blog Ser Motriz, quais atividades f&iacute;sicas podem ser praticadas ao ar livre e em quais condi&ccedil;&otilde;es. Confira <a href="http://folha1.com.br/_conteudo/2020/04/blogs/sermotriz/1260135-coronavirus-saiba-quais-esportes-podem-ser-praticados-ao-ar-livre-em-tempos-de-pandemia.html" target="_blank" rel="noopener noreferrer">aqui</a>.</div>
Comentar
Compartilhe
Ponto de inflexão
08/04/2020 | 13h43
<div style="text-align: justify;">O jornal O Globo fez uma &oacute;tima mat&eacute;ria na sua edi&ccedil;&atilde;o de domingo (<a href="https://oglobo.globo.com/cultura/consagrado-por-fotografar-de-tragedias-lugares-intocados-sebastiao-salgado-analisa-pandemia-somos-aliens-dentro-do-planeta-24351948" target="_blank" rel="noopener noreferrer">aqui</a>, somente para assinantes) com o consagrado rep&oacute;rter fotogr&aacute;fico Sebasti&atilde;o Salgado, de renome internacional, que vem preparando uma exposi&ccedil;&atilde;o sobre a Amaz&ocirc;nia.</div> <div style="text-align: justify;">Habituado a rodar o planeta retratando as maiores trag&eacute;dias humanas (entre guerras, &ecirc;xodos ou a fome) e os mais belos e intocados cen&aacute;rios (em expedi&ccedil;&otilde;es para o projeto &ldquo;G&ecirc;nesis&rdquo;), Sebasti&atilde;o Salgado&nbsp;est&aacute; hoje confinado em casa, com sua esposa, como boa parte do mundo.</div> <div style="text-align: justify;">Na entrevista, que aborda a vis&atilde;o dele deste momento do mundo, destaco essa passagem, que vale para reflex&atilde;o de todos:</div> <div style="text-align: justify;"><span style="color: #008000;"><strong>O Globo - Voc&ecirc; fotografou as maiores aglomera&ccedil;&otilde;es humanas e paisagens intocadas. Qual seu sentimento ao ver, hoje, o mundo parado?</strong></span></div> <div><span style="color: #008000;">Tenho a impress&atilde;o de que estamos vivendo um ponto de inflex&atilde;o. Daqui para frente, certamente ser&aacute; uma outra coisa. Acredito que haver&aacute; uma preocupa&ccedil;&atilde;o muito maior com a natureza e com o planeta. Nossa sociedade foi se dirigindo cada vez mais para a superficialidade. Veja o que &eacute; o Produto Interno Bruto (PIB) dos pa&iacute;ses ricos. Quando se anda na rua, se nota a enorme quantidade de lojas de roupas e de alimenta&ccedil;&atilde;o sofisticadas, e de tantas coisas que, se cessarem, n&atilde;o mudar&aacute; nada para a sociedade, porque nada disso &eacute; essencial. Fomos na dire&ccedil;&atilde;o de uma composi&ccedil;&atilde;o do PIB feita de superficialidades, de sofistica&ccedil;&otilde;es desnecess&aacute;rias. Quanto mais se &eacute; rico, mais se torna consumidor de coisas superficiais, que t&ecirc;m, cada uma delas, um pre&ccedil;o para o planeta, por sua marca de carbono, de mat&eacute;rias-primas, de minerais, de petr&oacute;leo. O conceito de essencial para n&oacute;s foi mudando. Estamos muito perto da pr&oacute;pria morte ou da morte de nossos pr&oacute;ximos para dar valor &agrave; superficialidade. Penso que com que o agravamento desta epidemia, muitos valores v&atilde;o mudar na sociedade. Voltaremos a um conceito de essencial, de proteger a natureza, de realmente produzir pelo bem-estar do ser humano, e n&atilde;o por seu ego&iacute;smo e por outros valores que foram sendo impostos por todo um sistema. A raz&atilde;o de viver &eacute; viver, &eacute; o bem-estar.</span></div>
Comentar
Compartilhe
Parabéns pra você
06/04/2020 | 12h58
<div>Hoje &eacute; anivers&aacute;rio da ex-prefeita e ex-governadora Rosinha.</div>
Comentar
Compartilhe
Política sem ideologia
06/04/2020 | 08h43
<div style="text-align: justify;">Uma mat&eacute;ria da edi&ccedil;&atilde;o da Folha da Manh&atilde; de ontem (confira <a href="http://www.folha1.com.br/_conteudo/2020/04/politica/1259965-retrato-da-camara-apos-a-janela.html" target="_blank" rel="noopener noreferrer">aqui</a>) mostrou que dos 25 vereadores de Campos, 24 s&atilde;o candidatos &agrave; reelei&ccedil;&atilde;o. Destes, apenas 4 se mantiveram em seus partidos: Abu e Fred Machado, no Cidadania; &Aacute;lvaro C&eacute;sar, no PRTB; e Rosilane do Ren&ecirc;, no PSC.</div> <div style="text-align: justify;">Pastor Wanderley, &uacute;nico que n&atilde;o &eacute; pr&eacute;-candidato &agrave; reelei&ccedil;&atilde;o, se manteve no Republicanos. Os outros 20 vereadores mudaram de partido, de olho principalmente na&nbsp;possibilidade que a nominata do novo partido lhe daria para sua reelei&ccedil;&atilde;o e se sua nova legenda estaria sob o comando do seu pr&eacute;-candidato a prefeito.&nbsp;</div> <div style="text-align: justify;">Ideologia &eacute; pouco ou nada relevante, com alguns vereadores fazendo trocas bem estranhas de partido no que se refere &agrave; linha ideol&oacute;gica.</div>
Comentar
Compartilhe
Isecensa produz capotes e protetores faciais para doação
03/04/2020 | 22h04
<div style="text-align: center;"><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/03/170x96/1_isecensa_ajuda_no_coronav_rus-1598815.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5e87dca0a699c', 'cd_midia':1598815, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/03/isecensa_ajuda_no_coronav_rus-1598815.jpg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '203', 'cd_midia_h': '269', 'align': 'Center'}"><figure class="Center" style="width:203px;height:269px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/jpg/2020/04/03/isecensa_ajuda_no_coronav_rus-1598815.jpg" alt="" width="203" height="269"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce></div> <div style="text-align: justify;">Os professores dos cursos de Enfermagem e Fisioterapia do ISECENSA est&atilde;o realizando uma a&ccedil;&atilde;o volunt&aacute;ria para ajudar no combate ao coronav&iacute;rus, confeccionando capotes cir&uacute;rgicos para serem doados aos hospitais p&uacute;blicos de Campos e regi&atilde;o.</div> <div style="text-align: justify;">A confec&ccedil;&atilde;o e o preparo, com empacotamento e esteriliza&ccedil;&atilde;o, est&atilde;o sendo realizados nas m&aacute;quinas autoclaves dos laborat&oacute;rios do Isecensa, garantindo confiabilidade ao material doado para uso dos profissionais de sa&uacute;de, que est&atilde;o na linha de frente do atendimento aos pacientes v&iacute;timas do coronav&iacute;rus. Dois destes profissionais, inclusive, testaram positivo para a covid-19, fato anunciado hoje.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Nesta primeira fase ser&atilde;o doados 200 capotes, mas a produ&ccedil;&atilde;o continuar&aacute;. Outra iniciativa do Isecensa vem da equipe do Makerspace da institui&ccedil;&atilde;o, que est&aacute; trabalhando no desenvolvimento de protetores faciais fabricados a partir da manufatura aditiva (Impress&atilde;o 3D) e corte &agrave; laser.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Os face shields est&atilde;o sendo produzidos, seguindo as normas e exig&ecirc;ncias da ANVISA, por uma equipe composta por alunos da Arquitetura e Urbanismo e Engenharia de Produ&ccedil;&atilde;o.</div> <div>&nbsp;<br /></div>
Comentar
Compartilhe
Contra recomendações, campistas ignoram confinamento e se aglomeram
02/04/2020 | 13h08
<div style="text-align: justify;">Recentemente viralizou nas rede sociais, incluindo sendo tema de mat&eacute;ria no Folha 1, a aglomera&ccedil;&atilde;o&nbsp;e fila na Caixa Econ&ocirc;mica do Centro, contrariando as determina&ccedil;&atilde;o das autoridade p&uacute;blicas como medidas de combate &agrave; r&aacute;pida prolifera&ccedil;&atilde;o do coronav&iacute;rus.</div> <div style="text-align: justify;">Hoje o m&eacute;dico Jo&atilde;o Sobral Filho, considerado um dos melhores cirurgi&otilde;es pl&aacute;sticos da cidade, sen&atilde;o o melhor, fez a filmagem abaixo, mostrando grande aglomera&ccedil;&atilde;o e enorme fila na ag&ecirc;ncia do Banco Ita&uacute; no Centro, contrariando das determina&ccedil;&otilde;es oficiais.</div> <div style="text-align: justify;">&Eacute; preciso que bancos e poder p&uacute;blico disciplinem o acesso aos bancos, com os devidos cuidados sanit&aacute;rios, at&eacute; porque a popula&ccedil;&atilde;o s&oacute; vai &agrave; ag&ecirc;ncia banc&aacute;ria porque precisa. Enquanto isso, o coronav&iacute;rus pode estar encontrando terreno f&eacute;rtil para se espalhar na cidade. Confira abaixo o v&iacute;deo:</div> <div style="text-align: center;"><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://i.ytimg.com/vi/ZeZ28B_vBC0/hqdefault.jpg', 'id_midia_tipo':'4', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'ZeZ28B_vBC0', 'cd_midia':1597127, 'ds_midia_link': 'https://m.youtube.com/watch?v=ZeZ28B_vBC0', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '10', 'cd_midia_w': '420', 'cd_midia_h': '315', 'align': 'Center'}"><iframe width="420" height="315" class="Center" src="http://www.youtube.com/embed/ZeZ28B_vBC0" frameborder="0" allowfullscreen></iframe></tinymce></div>
Comentar
Compartilhe
Nota de falecimento
02/04/2020 | 12h18
<div style="text-align: center;"><tinymce class="clickTinyMCE" title="{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.folha1.com.br/_midias/png/2020/04/02/170x96/1_fernando_chalita-1597107.png', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5e86015b5aa8f', 'cd_midia':1597107, 'ds_midia_link': 'http://www.folha1.com.br/_midias/png/2020/04/02/fernando_chalita-1597107.png', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '213', 'cd_midia_h': '401', 'align': 'Center'}"><figure class="Center" style="width:213px;height:401px;"> <img src="http://www.folha1.com.br/_midias/png/2020/04/02/fernando_chalita-1597107.png" alt="" width="213" height="401"> <figcaption> </figcaption> </figure></tinymce></div> <div style="text-align: justify;">Morreu hoje, pela manh&atilde;, Fernando Chalita Hissa, aos 54 anos. Ele estava internado na Santa Casa de Miseric&oacute;rdia de Campos desde o final de fevereiro, quando fez uma cirurgia no intestino com quadro de diagn&oacute;stico de diverticulite.</div> <div style="text-align: justify;">Fernando Chalita teve complica&ccedil;&otilde;es em seu p&oacute;s-cir&uacute;rgico, que geraram duas reopera&ccedil;&otilde;es, sendo a &uacute;ltima anteontem, quando, j&aacute; debilitado, apesar de sua luta pela vida, n&atilde;o resistiu e veio a falecer nesta manh&atilde;.</div> <div style="text-align: justify;">N&atilde;o fomos contempor&acirc;neos, mas conhecia Fernando de vista j&aacute; h&aacute; algum tempo. Vim a conhec&ecirc;-lo pessoalmente nos &uacute;ltimos anos, quando ele come&ccedil;ou a namorar uma grande amiga da minha fam&iacute;lia. Aos poucos, com seu jeito cativante, ele se inseriu na fam&iacute;lia e no rol dos amigos dela.</div> <div style="text-align: justify;">Fernando era dono de bom cora&ccedil;&atilde;o, muito gentil, do bem, sempre disposto a servir, gostava de receber, de cozinhar, de cerveja, de fazer churrasco, de m&uacute;sica e, principalmente, de cantar (tinha boa e potente voz).&nbsp;</div> <div style="text-align: justify;">O m&eacute;dico Vitor Mussi, amigo de Fernando, deixou um belo depoimento sobre ele: "Fernando &eacute; e sempre ser&aacute; um amigo meu, pois acredito que a morte &eacute; apenas f&iacute;sica. Nos deixou um cara com uma hist&oacute;ria bonita de vida, um posicionamento hoje de fam&iacute;lia muito elegante, muito bonito. Deus, nos des&iacute;gnios dele, nos tira esse irm&atilde;o, mais que amigo. Estou muito triste, tentando reaver for&ccedil;as, diante desse cen&aacute;rio terr&iacute;vel da pandemia do coronav&iacute;rus. Mas Deus sabe de todas as coisas. Fica meu pesar pela nova fam&iacute;lia, que tanto o alegrava, mas que ele seja recebido l&aacute; em cima com o merecimento que tem."</div> <div style="text-align: justify;">O&nbsp;vel&oacute;rio ocorre na Capela do Cemit&eacute;rio do Caju e o enterro ser&aacute; amanh&atilde; &agrave;s 10h00, no referido cemit&eacute;rio. Transmito aqui os meus p&ecirc;sames aos seus familiares e entes queridos.</div>
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Christiano Abreu Barbosa

[email protected]

Arquivos