Definidas tradicionais competições da festa de N. Srª. da Penha, em Atafona
22/04/2019 | 17h08
Os festejos em homenagem a Nossa Senhora da Penha, em Atafona, contarão com a tradicional programação esportiva e tem como ponto alto o Campeonato Sanjoanense de Barco à Vela, às 11 h, no sábado, 27 de abril. E no domingo, 28, a corrida rústica às 8 horas e prova de Ciclismo em seguida. Os eventos são promovidos pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer, Departamento de Esportes, e vão reunir atletas do município e da região. A programação religiosa, que começou no domingo (21), pode ser conferida aqui.
As corridas Rústica e de Ciclismo, no domingo, terão inscrições uma hora antes do evento. Os circuitos serão na Avenida Carmelita Moraes Nascif. Na rústica, as disputas serão nas categorias elite e local, nas provas masculino e feminino. Já a competição de Ciclismo, abrangerá as categorias Master B; Master C; Elite; MTB e feminino. As inscrições também podem ser feitas pelo e-mail [email protected]
O Campeonato Sanjoanense de Barco à Vela é disputado em canoas utilizadas do dia a dia da pesca artesanal e em duplas, sendo uma tradição no município. De acordo com o Departamento de Esportes, o campeonato será realizado por etapas, sendo a primeira na festa de Nossa senhora da Penha, e as demais acontecerão em 11 e 25 de maio e nos dias 8 e 22 de junho, e a última em 29 de junho, na festa de São Pedro, na programação do Circuito Junino. O percurso é da Ilha da Convivência ao Cais do Arlindo (Cais dos Atletas), no Centro.
Além da programação esportiva, tem também a programação recreativa, com início no dia 26, promovida pela Irmandade de Nossa Senhora da Penha.
Confira a programação esportiva e recreativa:
 
26 de abril (sexta-feira)
20h – Quem é o Anjo?
Premiação: R$ 100
Oferta: Drogaria Nossa Senhora dos Navegantes
 
20h30- Guerra de Cotonetes
Premiação: R$100,00
Oferta: Demilton Nunes
 
21h- Touro Mecânico
Premiação: R$100
Oferta: Demilton Nunes
 
21h30- Show de Calouros
Premiação: R$100
Oferta: Demilton Nunes
 
27 de abril (sábado)
 
11h – Campeonato Sanjoanense de Barco à Vela
Organização: Departamento de Esportes
Premiação: R$ 11.000 (divididos para os 10 primeiros colocados)
 
28 de abril (domingo)
8h – Corrida Rústica
Premiação: R$ 3.000 (divididos para o 1º, 2º, 3º , 4º e 5º lugares)
Organização: Departamento de Esportes
 
9h – Prova Ciclística
Premiação: R$ 3.000 (divididos entre os vencedores por categoria)
Organização: Departamento de Esportes
 
13h30 – Pega do Pato no Paraíba (Porto da Penha)
1º lugar – R$ 150 / Oferta: Posto Santa Rita de Cássia
2º lugar – R$ 100 / Oferta: Atamacon Material de Construção
3º lugar – R$ 50 / Oferta: Júnior Monteiro (subsecretário de Turismo)
 
14h – Luta sobre o cavalete no Rio Paraíba (Porto da Penha)
1º lugar – R$ 100
2º lugar – R$ 50
Oferta: Júnior Monteiro (subsecretário de Turismo)
 
29 de abril (segunda-feira)
13h – Concurso de tarrafa (Em frente à Igreja)
Premiação: R$ 150
Oferta: Colônia de Pescadores Z-2
13h30 – Cabo de Guerra para mulheres (Porto da Penha)
1º lugar – R$ 200 / Oferta: Restaurante do Ricardinho
2º lugar – R$ 100 / Oferta: InsideFx
 
14h – Cabo de Guerra para Homens (Porto da Penha)
1º lugar – R$ 200 / Oferta: Pousada e Restaurante Rio Sol
2º lugar – R$ 100 / Oferta: InsideFx
 
15h – Tradicional Pau de Sebo (Porto da Penha)
Premiação Inicial - R$ 300 / Oferta: TTE Empreendimentos
Compartilhe
Betinho Dauaire lança Franquis pré-candidato a prefeito de SJB
22/04/2019 | 11h34
Ex-prefeito de São João da Barra, Betinho Dauaire concedeu entrevista à Folha, publicada no último dia 16 (aqui), na qual falou sobre o histórico da família na política sanjoanense e fez projeções para 2020. Questionado sobre a corrida eleitoral do ano que vem, Betinho não colocou seu nome no páreo novamente. Não descartou uma candidatura do seu filho, o deputado estadual Bruno Dauaire (PSC), mas diz que “é importante Bruno continuar na Alerj [Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro]”. Contudo, Betinho não deixou de lançar um nome do seu grupo para o pleito de 2020. O escolhido é o vereador Franquis Areas (PR), aliado de longa data da família Dauaire.
— Está aí um nome que eu gostaria que vocês observassem de perto, o Franquis Areas. Mora no município de SJB, tem experiência no Executivo, já que foi secretário de Transporte, vereador no terceiro mandato, tem experiencia na iniciativa privada, empresarial e é um político que mantém uma média comportamental, fidelidade muito grande. Acho que é um nome que vocês têm de observar mais de perto. Hoje o nome de Bruno Dauaire, a gente sente que está na boca do povo da oposição. Fui eu, foi Carla, são ciclos. O nome de Franquis tem que ser observado mais de perto por vocês — afirmou Betinho.
O cenário em SJB fica indefinido por conta de um processo eleitoral que se arrasta desde 2012. A prefeita Carla Machado (PP) está condenada em duas instâncias na ação eleitoral decorrente da operação Machadada. Ela e seus aliados têm esperança de reverter a pena de oito anos de inelegibilidade, com recurso a ser julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Com Carla podendo ser candidata, com a máquina na mão, ela se torna franca favorita. Sem Carla, a eleição é outra, sobretudo se não houver coesão do seu grupo em relação a um nome para a sucessão.
Questionado se em um possível cenário sem Carla levaria a família Dauaire a colocar o nome na disputa, Betinho respondeu: “Na verdade, se você quiser escolher seus adversários, não é democracia. Nós nunca tivemos esse receio. E ela [Carla] também nunca teve esse receio. É por isso que, talvez, esteja aí, uma certa magia na polarização política de SJB”. Dauaire ainda lembrou dos movimentos para candidaturas de terceira via em SJB, citando nomes como o advogado Juliano Rangel e o radialista Emilson Amaral.
— Sempre existe uma vontade de uma terceira via, para fugir dessa polarização. Essa terceira via vem ensaiando desde 1996, com nomes diferentes, mas como SJB é uma cidade com eleição em um turno só, tem suas dificuldades. Mas, sempre com nomes que merecem o nosso respeito. Agora, quem faz essa polarização, que essa terceira via tenta combater, é o próprio eleitor. Não é o Betinho, nem a Carla. (...) Citam vários nomes na terceira via também, como Emilson Amaral, doutor Juliano... Nomes que, em algum momento, tiveram participação na política de SJB.
As movimentações no tabuleiro político de SJB apenas começaram, muita água vai rolar até as convenções do próximo ano.
Compartilhe
Atafona já no clima da festa de Nossa Senhora da Penha
22/04/2019 | 10h31
A praia de Atafona já iniciou os festejos da padroeira Nossa Senhora da Penha. Nesse domingo (21), o Oitavário foi iniciado com a realização de missa solene, no santuário, levantamento do quadro da padroeira na praça e procissão automobilística, que seguiu de Atafona até a sede do município, retornando em seguida ao santuário.
A programação recreativa, esportiva e cultural, que começa na sexta-feira (26), ainda não foi divulgada. A expectativa é pela liberação das atrações o mais breve possível, já que é inconcebível uma festa do porte da Nossa Senhora da Penha, que além do retorno religioso movimenta a economia da praia, começar sem que a Prefeitura, que apoia o evento, publique as atrações que irá ofertar.
Na parte religiosa, organizada exclusivamente pela Irmandade de Nossa Senhora da Penha, a programação já está definida e divulgada há bastante tempo. Confira:
Segunda a quinta-feira (22 a 25 de abril)
19h - Santa Missa
Sexta-feira (26 de abril)
17h - Romaria Luminosa de Nossa Senhora da Penha (saída, em caminhada, da Igreja Matriz de São João Batista)
19h - Santa Missa
Sábado (27 de abril)
19h - Santa Missa
20h - Auto de Maria Tema: Maria, Mãe da Eucaristia.
Domingo (28 de abril)
9h - Santa Missa — Dia da Divina Misericórdia
11h – Batizados
15h30 - Saída da Procissão Fluvial
17h - Chegada da Procissão Fluvial ao Porto da Penha e Cerimônia de Coroação
18h30 - Santa Missa
20h - Tradicional Leilão (prendas podem ser doadas na igreja até a hora do leilão)
Segunda-Feira (29 de abril)
5h - Alvorada
9h -Missa Solene (Campal)
11h30 - Batizados
17h - Tradicional Procissão de Nossa Senhora da Penha - Patrimônio Cultural Imaterial do Estado
20h30 – Cerimônia de Coroação
Compartilhe
Ônibus da 1001 voltam a circular em Chapéu de Sol
20/04/2019 | 11h47
Foto - Isaias Fernandes
Quem escolheu ir para Atafona, em São João da Barra, no feriado prolongado e precisou do transporte público intermunicipal teve uma surpresa. A Auto Viação 1001, responsável pela linha, voltou a atender à localidade de Chapéu de Sol nesta sexta-feira (19). Sem aviso prévio, em plena temporada de verão, a empresa decidiu suspender o serviço em janeiro, escolhendo o local conhecido como praça do Repolinho como ponto final em Atafona. Sempre que consultado, o Departamento de Transportes Rodoviários do Rio de Janeiro (Detro) informava que não havia autorização para tal mudança. Ainda assim, a alteração permaneceu por três meses. Moradores de Chapéu de Sol acionaram o Ministério Público e acreditam que o retorno no atendimento, também sem nenhum aviso prévio, tem relação com a luta deles.
Em nota, a Auto Viação 1001 informou apenas “que a operação de Chapéu de Sol foi retomada na manhã desta sexta-feira para garantir o serviço à população conforme entendimento com o Detro”.
Morador da praia, o jornalista João Noronha conta que um grupo de moradores procurou a 1ª Promotoria de Tutela Coletiva do Ministério Público, em Campos, no dia 21 de março, para uma representação contra o Detro e a 1001 com a seguinte narrativa:
“Desde o dia 25 de janeiro de 2019, a empresa 1001, que atende temporariamente à localidade, cortou o atendimento à população, atendida pela linha intermunicipal há mais de meio século, alegando poucos moradores, responsabilidade do município e ‘assaltos’, obrigando os moradores, trabalhadores e estudantes a caminharem sob o sol e a chuva por seis quilômetros. Comunicado o problema ao Detro, o órgão não resolveu o problema e os moradores continuam sofrendo pela falta de transporte. Como o serviço é essencial e tira o direito de ir e vir da população até Campos, para resolver seus compromissos, estamos sem a quem recorrer”.
Ainda de acordo com Noronha, até a tarde de quinta-feira (18) não havia nenhum posicionamento concreto do MP, mas ele acredita que o retorno do atendimento tenha relação com o movimento dos moradores. “Não ia voltar assim, de uma hora para outra. Levamos o caso ao Ministério Público para ter uma solução. Não tivemos apoio de político nenhum, a prefeita não veio, vereadores não vieram, secretário de Transporte não veio, deputados da região... Ninguém apareceu aqui”, afirmou, acrescentando que, neste sábado (20), nem todos os ônibus da linha Campos-Atafona estavam cumprindo o trajeto até Chapéu de Sol.
O blog questionou a 1001 para saber se houve alguma recomendação do MP ou decisão Judicial, mas a resposta fala somente em “conforme entendimento com o Detro”.
Compartilhe
Bruno Dauaire: Presidente do PSC em SJB foi infiel, apoiou Paes
19/04/2019 | 15h05
O deputado estadual Bruno Dauaire rebateu o posicionamento do ex-presidente do diretório municipal do seu novo partido, o PSC, em São João da Barra. Ao deixar a legenda e a presidência do diretório (aqui), Renato Thimoteo afirmou que Bruno entrou no PSC por “oportunismo” e que não existe nenhuma relação ou motivo para dividir o mesmo espaço partidário com o parlamentar. Bruno, no entanto, aponta que Thimoteo — aliado da prefeita Carla Machado (PP) e atual presidente do regime de previdência municipal — foi infiel ao PSC já que na campanha de 2018 a governador teria declarado apoio a Eduardo Paes (DEM) e não ao governador Wilson Witzel (PSC).
— Ele deveria ter saído do partido desde a campanha no ano passado, quando resolveu ser infiel com o então candidato a governador pelo PSC, Wilson Witzel, apoiando abertamente o Eduardo Paes e o grupo do Cabral. Ele me usa como desculpa para esconder o oportunismo político e a falta de vontade política própria. Apoiei o Witzel na campanha e fui convidado pelo próprio para ingressar no partido e liderar a bancada na Alerj — ressaltou Bruno.
Ao responder ao blog, Bruno ainda enviou um print de uma rede social de Thimoteo, que consta um banner de campanha de Paes:
Compartilhe
Presidente do PSC em SJB renuncia após filiação de Bruno Dauaire
17/04/2019 | 22h38
O presidente do Partido Social Cristão (PSC) em São João da Barra, Renato Timotheo, comunicou ao Diretório Estadual, nesta quarta-feira (17), sua renúncia do cargo e consequente desfiliação da sigla. A decisão foi tomada, segundo ele, por discordar da recente filiação do deputado Bruno Dauaire. À frente do Diretório Municipal desde 2016, Timotheo esclarece que não existe nenhuma relação ou motivo para dividir o mesmo espaço partidário com o parlamentar.
— Está bem claro, para mim, que o deputado entra no PSC por puro oportunismo. No ano passado seu projeto era ajudar a eleger o [Anthony] Garotinho governador, mas os planos deram errado, então se aproximou do governador Wilson Witzel para tentar usufruir da máquina — argumenta.
Deixando o futuro partidário ainda em aberto, ele expõe seu ponto de vista em relação à postura do deputado como representante de SJB. “Vejo que política se faz com presença. Para mim ele é 'virtual', aparece no município esporadicamente, talvez duas ou três vezes ao ano. Não conhece a necessidade nem realidade do povo”.
Aliado de longa data da prefeita Carla Machado (PP), Renato Thimoteo classifica seu atual grupo político como “competente e que tem compromisso com o desenvolvimento de São João da Barra”, e isso, para ele, reforça a decisão em não permanecer no mesmo partido do deputado.
Renato, atualmente, é presidente do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) dos servidores municipais sanjoanenses, o SJBPrev.
Compartilhe
Feriadão de sexta a terça em SJB: ponto facultativo na segunda-feira
17/04/2019 | 09h42
A Prefeitura de São João da Barra decretou, no Diário Oficial desta quarta-feira (17), ponto facultativo nas repartições públicas municipais no dia 22 de abril, segunda-feira. Desta forma, o feria-dão começa na sexta-feira Santa (19), e as atividades só serão retomadas na próxima quarta-feira (24), após o feriado estadual de São Jorge (23).
O ponto facultativo não abrange os setores responsáveis por serviços públicos essenciais, que não podem ser paralisados.
Compartilhe
Tradição da procissão do fogaréu em SJB
16/04/2019 | 21h52
Fotos: Paulo Pinheiro/Divulgação
A noite ficou mais escura, apenas com a iluminação de tochas nesta terça-feira (16) no Centro de São João da Barra. O motivo foi a realização de mais uma Procissão do Fogaréu, que representa a perseguição dos soldados romanos a Jesus Cristo, em Jerusalém. O evento, resgatado em 2013, após uma interrupção de mais de 100 anos, atraiu moradores e visitantes.
A realização é da Irmandade do Santíssimo Sacramento, da Paróquia São João Batista, com apoio da Prefeitura, consolidando uma importante manifestação de fé e tradição popular no município. O Circuito Religioso prossegue até domingo, com as celebrações da Semana Santa, e continua até 29 de abril, com as comemorações da padroeira da praia de Atafona, Nossa Senhora da Penha.
Nesta quarta-feira (17), na programação da Semana Santa, acontece a Procissão do Encontro, às 19h, com celebração de missa na sequência. Confira as atividades religiosas previstas até o domingo de Páscoa na sede do município:
Quinta-Feira Santa (18 de Abril)
- Início do Tríduo Pascal
19h- Santa Missa da Ceia do Senhor, Cerimônia do Lava-Pés e adoração ao Santíssimo Sacramento.
Sexta-Feira Santa (19 de Abril) – “O Cordeiro é imolado”
06h - Adoração ao Santíssimo Sacramento
15h - Solene Ação Litúrgica da Paixão do Senhor, Leitura Solene da Paixão, Adoração do Cristo na Cruz, na Igreja Matriz de São João Batista.
19h - Piedosa e Solene Procissão do Enterro do Senhor Morto, na Igreja Matriz de São João Batista.
Após procissão, encenação do Auto da Paixão de Cristo na Praça de São João Batista.
Sábado Santo (20 de Abril)
20h - Solene Vigília Pascal: Benção do Fogo Novo, Preparação do Círio Pascal, canto do “Exultet”, Liturgia da Palavra, Liturgia Batismal e Liturgia Eucarística, na igreja São João Batista.
Domingo de Páscoa (21 de Abril)
06h - Festiva Procissão da Ressurreição, Praça de São João Batista.
07h - Santa Missa de Páscoa, Praça de São João Batista.
19h - Santa Missa de Páscoa, Praça de São João Batista.
Compartilhe
Prefeitura de SJB cobra R$ 3,3 milhões a ex-secretários de Neco
15/04/2019 | 18h43
Prefeitura de São João da Barra
Prefeitura de São João da Barra / Folha da Manhã
Foi publicado no Diário Oficial da Prefeitura de São João da Barra, nesta segunda-feira (15), uma decisão preliminar, que tem como base em uma auditoria realizada e já comunicada ao Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE), na qual foram apontadas irregularidades em um contrato de R$ 3.311.561,49 com o escritório Amaral & Barbosa Advogados. A secretaria de Administração de SJB determinou a adoção das medidas administrativas, entre elas a devolução do valor ao erário público.
Foram notificados o secretário de Administração à época dos fatos, Rogério Zorzal, o escritório Amaral & Barbosa Advogados, como beneficiários, e na publicação em Diário Oficial consta Edson Cláudio como secretário de Fazenda à época dos fatos, mas o responsável pela pasta no período, segundo Zorzal, não seria ele.
Ao Portal OZK, que divulgou matéria sobre o assunto (aqui), Zorzal comentou sobre a situação:
“A sociedade de advogados foi contratada com a finalidade de prestação de serviços técnicos jurídicos especializados para levantamento de eventuais créditos decorrentes de pagamentos indevidos de contribuições sociais e previdenciárias. O objetivo, portanto, da contratação é exatamente fazer frente aos inúmeros decréscimos de receitas ocorridos ao longo dos últimos anos. Ou seja, com a contratação, visava-se a obtenção de recursos oriundos de pagamentos indevidos à União Federal de forma a viabilizar o pagamento de mais de R$ 16 milhões.
Esclareça-se que os honorários foram estipulados em percentual sobre o montante a ser apurado e, por outro lado, o valor citado refere-se ao máximo que poderia ser despendido em razão dos créditos efetivamente aproveitados.
Por fim, saliente-se que a contratação foi concretizada nos estritos termos do que dispõe a Lei 8.666/1993, que estabelece as regras para contratação com órgãos públicos, não havendo nenhuma ilicitude nem de forma e, muito menos, de objeto.
Vou aguardar ser convocado pela Tomada de Contas que será realizada pelo controle interno e fazer minha defesa”.
Na publicada em Diário Oficial, a Prefeitura deu prazo de 15 dias para que o valor seja devolvido aos cofres municipais.
Compartilhe
Revista Época: Machadada é exemplo da morosidade da Justiça Eleitoral
15/04/2019 | 18h29
O jornalista Guilherme Amado, da revista Época, publicou uma matéria (aqui) sobre a morosidade da Justiça Eleitoral. O exemplo utilizado é o da Ação de Investigação de Judicial Eleitoral (Aije) resultante da operação Machadada, deflagrada em 2012. Até hoje, o processo está sem desfecho na Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As decisões de primeira e segunda instâncias só foram proclamadas em 2017, ambas pela inelegibilidade dos réus Carla Machado (PP), Alexandre Rosa (PRB), Alex Firme (PP) e o ex-prefeito Neco (MDB).
Vale lembrar que se a sentença de segunda instância fosse publicada antes do pleito de 2016, as duas candidaturas pela Prefeitura estariam barradas, já que Carla venceu Neco nas eleições. Apesar da condenação em colegiado, foi publicado um efeito suspensivo da condenação, em março de 2018, por meio de um embargo de declaração concedido de forma monocrática pelo então presidente em exercício do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Carlos Santos de Oliveira.
No TSE, o processo está parado no gabinete do ministro Og Fernandes sem nenhuma movimentação desde 13 de fevereiro. Em entrevista à Folha, o deputado federal Wladimir Garotinho (PSD) disse ter informações sobre o julgamento ainda este ano.
Compartilhe
Sobre o autor

Arnaldo Neto

[email protected]