Carla Machado é candidata a prefeita de SJB com Alexandre como vice
31/07/2016 | 20h25
[caption id="attachment_8587" align="alignleft" width="870"]Convenção aconteceu na noite deste domingo em SJB Convenção aconteceu na noite deste domingo em SJB[/caption]

Carla Machado é a candidata à Prefeita de São João da Barra pelo Partido Progressista. Em convenção na noite deste domingo (31), o partido e mais 16 legendas aliadas referendaram o nome da ex-prefeita como cabeça de chapa e o do atual vice-prefeito sanjoanense, Alexandre Rosa (PRB), para disputar o mesmo cargo. Além de representantes dos diretórios municipais e candidatos a vereadores, participaram do encontro na sede do PP sanjoanense os deputados estaduais João Peixoto (PSDC), Comte Bittencourt (PPS) e Rosângela Zeidan (PT); os vereadores campistas Marcão (Rede) e Fred Machado (PPS); e o ex-prefeito de Campos Sérgio Mendes (PPS). Prefeita do município entre 2005 e 2012, Carla falou em retomada do crescimento e sobre o resgate da autoestima do sanjoanense:

— Este é um passo importante para concretizar o imenso desejo de mudança que está no coração do sanjoanense. Nossa terra precisa que seja retomado o crescimento de forma ordenada e com responsabilidade social. Estamos na luta para que seja resgatada a autoestima do nosso povo e que seja devolvida a alegria e a esperança de dias melhores.

A ex-prefeita de SJB ainda comentou sobre a expectativa da campanha e a confiança de um resultado positivo nas urnas. “Espero, com sinceridade, que os adversários façam uma campanha limpa, pois faremos a nossa de forma propositiva e verdadeira. Com fé, união, determinação e com propostas concretas, temos a certeza da nossa vitória nas eleições que se aproximam”, destacou. Ao lado do PP e PRB, vão caminhar na aliança de oposição PPS, PSDC, PSD, PRB, Rede, PT, Pros, PTN, PEN, PRP, PTB, PCdoB, PSC, PV, PHS e PSB. Esses partidos se dividiram em quatro coligações para a disputa proporcional. Cada coligação terá 18 candidatos a vereador, num total de 72 no palanque de oposição. Adversário – O adversário de Carla na disputa pela Prefeitura de São João da Barra será escolhido até a próxima sexta-feira, limite para a realização das convenções partidárias que definem as candidaturas. Até o momento, tudo indica que o atual prefeito Neco (PMDB) seja candidato à reeleição. A convenção peemedebista acontece na quinta. Na base governista, ainda não há vice definido.

Atualizado às 11h20 com a matéria completa, publicada na edição desta segunda-feira (1) da Folha da Manhã.

Comentar
Compartilhe
TRE revisará eleitorado de SJB, hoje maior que número de habitantes
31/07/2016 | 13h00
aereasaojoao_NovaOs sanjoanenses respiram política partidária. Com disputas na maioria das vezes polarizadas, o povo mete “a cara na reta”, discute, veste a camisa, se dedica à campanha. Claro que não são todos, mas o acirrado clima político contagia e, mesmo os mais comedidos, estão sempre comentando sobre o cenário. Natural para uma cidade com menos de 35 mil habitantes. O que não aparece como tão natural é o fato de o número de eleitores ser superior ao de habitantes na pequena cidade do Norte Fluminense. Foi o que revelou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ao apontar que o município conta com 37.631 títulos regulares, ante 34.583 habitantes, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com base no Censo 2010. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) está de olho e promete fazer um recadastramento biométrico no ano que vem. No entanto, pode ser que não encontre nenhuma irregularidade. Em pesquisa no site do TSE, verifica-se que é “possível ter domicílio eleitoral em local diverso do qual efetivamente reside, por exemplo, onde se encontrem membros da família (familiar), onde se promovam projetos beneficentes (social ou comunitário), onde seja proprietário de empresa ou de investimentos relevantes (patrimonial, negocial ou econômico), onde exerça advocacia, consultoria ou mantenha contrato de trabalho (profissional), onde já tenha sido candidato ou tenha participado de atividade política”. O que o TSE também deixa claro é que, de forma alguma, o eleitor poderá ter mais de um domicílio eleitoral. O TRE está ciente do número de eleitores acima do de habitantes em São João da Barra.  Inclusive informa que “já previu a revisão do eleitorado para 2017 no Plano Diretor da Estratégia do Tribunal”. Em ano eleitoral, o TRE não realiza revisão de eleitorado, conforme resolução do TSE. “A Justiça Eleitoral irá convocar os eleitores inscritos na zona eleitoral do município para que compareçam pessoalmente ao cartório ou em postos para esse fim eventualmente criados, para se verificar a regularidade da sua inscrição eleitoral. A revisão será biométrica, ou seja, os eleitores terão as suas digitais coletadas quando fizeram o procedimento”, informou em nota. Questionado se a situação registrada em SJB se repete em outros municípios do estado do Rio, o TRE não respondeu. Não é a primeira vez que o município aparece com número de eleitores maior que o de habitantes. O fato foi constatado também em 2012 e 2014. Desde então, existem comentários sobre uma revisão eleitoral, agora prevista para 2017. Publicado na edição deste domingo (31) da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
PT já não acredita na volta de Dilma à Presidência
31/07/2016 | 10h42
Dilma_impeachmentCom a proximidade da votação final do processo de impeachment, em agosto, cresce o distanciamento entre a presidente afastada, Dilma Rousseff, e o PT. Com o partido descrente, a resistência à destituição da presidente virou mais um discurso para animar a militância, e tentar conter o desgaste causado pela Operação Lava-Jato, do que uma mobilização para tentar virar votos no Senado que salvem Dilma. A presidente afastada, por sua vez, tem se mostrado mais preocupada em preservar sua biografia do que em voltar ao poder ou trabalhar pela sobrevivência política do PT. Na última quarta-feira, em entrevista à Rádio Educadora, ela jogou para o partido a responsabilidade pelo pagamento do marqueteiro João Santana, que disse ao juiz Sérgio Moro ter recebido recursos relativos à campanha de Dilma em caixa dois, no exterior. Lideranças do PT tentaram minimizar a declaração de Dilma, afirmando ser natural que ela procure se eximir da culpa por eventuais irregularidades às vésperas da votação do impeachment. O partido afirma que todas as operações foram feitas dentro da legalidade e que as contas da campanha de 2010, às quais o marqueteiro se referiu, foram aprovadas pela Justiça Eleitoral. Fonte: O Globo Confira a matéria completa aqui
Comentar
Compartilhe
SFI: PSB confirma candidatura de Francimara com Cláudio Henriques de vice
30/07/2016 | 22h00
[caption id="attachment_8566" align="aligncenter" width="641"]IMG-20160730-WA0050 Convenção foi realizada na tarde deste sábado[/caption] São Francisco de Itabapoana já tem cenário eleitoral definido. Sem nenhuma surpresa nas convenções, o PSB confirmou Francimara Barbosa Lemos como candidata a prefeita neste sábado (30). Sua chapa terá como vice o produtor rural Cláudio Henriques (DEM), que já foi vereador e vice-prefeito na segunda gestão de Pedro Cherene (já falecido, pai do atual prefeito do município). Políticos da região ligados ao PSB, como o vereador campista Gil Vianna, prestigiaram o encontro que referendou a candidatura de Francimara. “Estou muito feliz, pois o sonho de um povo em ver minha cidade sorrir está se materializando. Minha juventude e humildade junto à experiência de Claudio Henriques fará a diferença. A filha de um vendedor de galinha vai ser a primeira mulher a governar São Francisco do Itabapoana”, afirmou. Definições — O PSDB já escolheu o nome de Marcelo Garcia como candidato a prefeito, com Fabinho do Estaleiro (PDT) como vice (aqui). Já o atual prefeito e o vice-prefeito de SFI, Pedrinho Cherene (PMDB) e Amaro Fernandes (PP), respectivamente, vão repetir a dobradinha vitoriosa de 2012 em 2016 (aqui).
Comentar
Compartilhe
SFI: Pedrinho Cherene e Amaro Barros são candidatos à reeleição
30/07/2016 | 16h57
[caption id="attachment_8559" align="aligncenter" width="1040"]IMG-20160730-WA0032 Prefeito e vice de SFI vão buscar segundo mandato consecutivo[/caption] O atual prefeito e o vice-prefeito de São Francisco de Itabapoana, Pedrinho Cherene (PMDB) e Amaro Fernandes (PP), respectivamente, vão repetir a dobradinha vitoriosa de 2012 em 2016. Essa foi a decisão da aliança dos partidos governistas, em SFI, na tarde deste sábado (30). O resultado da convenção, não traz muitas surpresas, pois já era o esperado no município. A aliança conta com 19 partidos — PMDB, PP, PSC, PR, PEN, PTN, PSL, PTC, PT do B, PRB, PPL, PRTB, PV, PC do B, PRP, PPS e PSDC. Serão 116 candidatos a vereador. A reunião que selou a chapa governista em São Francisco contou com a presença do deputado federal Paulo Feijó (PR) e dos deputados estaduais Bruno Dauaire (PR), Jair Bittencourt (PP) e João Peixoto (PSDC). Adversários — O PSDB já escolheu o nome de Marcelo Garcia como candidato a prefeito, com Fabinho do Estaleiro (PDT) como vice (aqui). No PSB, o nome de Francimara Barbosa Lemos será confirmado como candidata a prefeito, com o ex-vice-prefeito Cláudio Henriques (DEM) como vice.
Comentar
Compartilhe
Julgamento final de Dilma Rousseff termina dia 2 de setembro
30/07/2016 | 15h39
Dilma_O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, já acertou com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que terá início dia 29 de agosto e término em 2 de setembro o julgamento final da presidente afastada Dilma Rousseff. Com o término previsto para 2 de setembro, se Dilma for definitivamente afastada, Temer pode viajar tranquilo para a reunião do G-20, na China, a partir de 6 de setembro. Pelas regras de um processo de impeachment, Lewandowski é o presidente do processo a partir da segunda fase, ou seja, a partir do momento em que a presidente é afastada. Segundo assessores do STF, o cronograma foi pactuado entre o presidente da Corte e o Senado. A expectativa é que o julgamento dure pelo menos cinco dias, até dia 2 de setembro. Fonte: O Globo
Comentar
Compartilhe
Na crise, até minutos de atraso geram incertezas
30/07/2016 | 14h04
Sem títuloNo final, deu tudo certo A sexta-feira (29) foi marcada por certa apreensão em São João da Barra. A Prefeitura, pela primeira vez no governo Neco (PMDB), adiou, em um dia, a data do pagamento dos servidores efetivos prevista em calendário divulgado no início do ano. Não seria nada demais se o cenário não fosse como o atual, quando atrasos são registrados todos os meses no pagamento aos comissionados e contratados; dívidas com músicos desde fevereiro; questões em aberto com os terceirizados dispensados em maio e, principalmente, um decreto de emergência econômico-financeira em vigor. De forma acertada, na noite de quarta, um dia antes do previsto para o pagamento, uma nota foi divulgada informando o adiamento. Mas, ontem, os servidores não viram o dinheiro na conta pela manhã, horário habitual: só foi depositado na parte da tarde. Foram só algumas horas, mas que na atual situação do município deu margem para comentários de todo tipo. Para lembrar, no próximo mês o pagamento dos efetivos acontece no dia 31 de agosto. ________________________________________________________________________________________ 20160729_121647PERIGO NA ESTRADA  Não é exclusividade de São João da Barra, em muitas cidades animais são encontrados na pista. Nessa sexta, à tarde, dois cavalos foram flagrados na “curva do Peneirinha”, interseção da BR 356 com a rua Barão de Barcelos. O local já é conhecido por recorrentes acidentes. Com a nova sinalização de trânsito, os que acontecem agora são, na maioria, por imprudência. E por falar nisso, falta prudência aos donos dos animais e falta também maior fiscalização. Esse flagrante foi na área urbana, na entrada de São João da Barra. ________________________________________________________________________________________ Alento A Prefeitura de São João da Barra recebeu na sexta R$ 6,5 milhões referente aos royalties da produção de petróleo no mês de julho. O valor é 23,3% superior ao do mês passado. Um alento nas finanças municipais. Expectativa Após o depósito do valor dos royalties com aumento, a expectativa de que a parcela (trimestral) da participação especial, prevista para o próximo mês, seja maior que o depósito de maio. O último repasse foi o menor da história, em torno de R$ 1,9 milhão. Convenção O PP, que tende a homologar Carla Machado como candidata a prefeita de SJB, vai realizar sua convenção neste domingo (31). O vice na chapa deve ser Alexandre Rosa (PRB). A coligação conta, no total, com 17 partidos. Definições... O cenário político de São Francisco de Itabapoana começou a se definir primeiro que de São João da Barra, ao menos no que diz respeito às convenções dos prefeitáveis. Na sexta, o PSDB confirmou Marcelo Garcia como pré-candidato a prefeito. ...em SFI Hoje é dia de fechar as candidaturas de outros dois partidos em São Francisco. O PMDB vai com Pedrinho Cherene para tentar a reeleição. Já o PSB vai apostar no nome de Franciamara Barbosa Lemos. Skate Sem estardalhaço e sem muita divulgação, foi inaugurada na quinta uma pista de skate em SJB, no terreno do Ciep do município. Foi uma parceria com o governo do Estado. Falta, agora, isolar a passa em da pista para o prédio da escola. Insegurança Tem aumentado, aparentemente, o número de furtos a residências fechadas, as casas de veraneio nas praias de Atafona e Grussaí. Muitas vezes são levados objetos de pouco valor, mas deixam prejuízo enorme devido às obras que os proprietários precisam fazer. “Intrigueiros” O presidente da Câmara de São João da Barra, Aluizio Siqueira (PP), fez um desabafo ao saber que Carla Machado teve duas decisões favoráveis no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Chamou de “intrigueiros” quem sustentava que ela estava inelegível. Reação A reação de Aluizio foi porque, nos bastidores, diziam que ele, aliado de Carla, aguardava uma condenação e queria se lançar a prefeito. Aluizio já deixou claro que vai buscar mais um mandato na Câmara. Cálculos Os pré-candidatos a vereadores estão com a calculadora nas mãos. A apreensão é para saber se as coligações vão conseguir uma cadeira na Câmara. A conferir. Publicado na edição deste sábado (30) da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
SFI: Marcelo Garcia terá Fabinho do Estaleiro como vice
29/07/2016 | 22h56
[caption id="attachment_8563" align="aligncenter" width="656"]Marcelo Chapa foi definida na noite de sexta-feira[/caption] O que antes eram apenas especulações, agora começa a tomar forma. As convenções partidárias em São Francisco de Itabapoana começaram nesta sexta-feira (29) e já foi apresentada a primeira chapa de pré-candidatos a prefeito e vice: os vereadores Marcelo Garcia (PSDB) e Fabinho do Estaleiro (PDT). Na reunião do PSDB e partidos aliados, também foram indicados os vereadores pré-candidatos pela coligação. Fabinho chegou a lançar pré-candidatura a prefeito. Recuou, justamente, ao apoiar o nome de Marcelo para encabeçar a chapa. Além do PDT de Fabinho e do PSDB de Marcelo, participaram da convenção de ontem filiados do Solidariedade, PMB e PHS.
Comentar
Compartilhe
Exame mostra “resolução completa” de câncer de Pezão
29/07/2016 | 21h14
pezao_Exames de imagem realizados, nesta semana, pelo governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) mostraram resolução completa do quadro do linfoma não-Hodgkin anaplásico de células T-Alk positivo. Os dois últimos ciclos de quimioterapia, previsto inicialmente, foram suspensos no momento. De acordo com o cardiologista Claudio Domenico, médico do governador, Pezão permanecerá em tratamento para recuperação clínica, e em licença até o próximo dia 31 de agosto, quando será reavaliado. Pezão foi diagnosticado com um linfoma não-Hodgkin, um tipo de câncer linfático, em 24 de março passado. O governador cumpre licença médica desde o dia 28 daquele mês, e já foi submetido a seis ciclos de quimioterapia. Fonte: Assessoria
Comentar
Compartilhe
Animais na pista em SJB
29/07/2016 | 17h03
20160729_121647 20160729_121627 20160729_121531 20160729_121149A “Curva do Peneirinha”, interseção da BR 356 (Atafona x São João da Barra) e a rua Barão de Barcelos, sempre foi ponto de perigosos acidentes. Ainda acontecem alguns, na maioria das vezes por imprudência, já que alguns motoristas não respeitam as regras de trânsito implementadas em São João da Barra nos últimos anos. No entanto, tem animais que querem “contribuir” para que acidentes aconteçam. No início da tarde desta sexta-feira (29), dois cavalos pastavam tranquilamente na “Curva do Peneirinha”, enquanto veículos passavam pela rodovia. Em determinado momento, os animais tomaram a pista e, desta vez, não causaram acidentes. Falta fiscalização também, dois carros da Prefeitura e uma funcionária da Guarda passaram pelo local em menos de 10 minutos. Ainda assim, ninguém se mobilizou para acionar quem pudesse recolher os bichos. A propósito — Os animais que querem contribuir para acidentes não são irracionais, mas aqueles pensantes que deixam seus bichos soltos à margem da rodovia.
Comentar
Compartilhe
Lula vira réu na Lava Jato
29/07/2016 | 16h23
lula-abr-1O juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara da Justiça Federal de Brasília, aceitou denúncia apresentada pelo Ministério Público e transformou em réus o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS), o ex-chefe de gabinete de Delcídio Diogo Ferreira, o banqueiro André Esteves, o advogado Edson Ribeiro, o pecuarista José Carlos Bumlai e o filho dele, Maurício Bumlai. Eles são acusados de tentar obstruir a Justiça tentando comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. É a primeira vez que Lula vira réu na Lava Jato. A denúncia acusa os sete de três crimes: embaraço à investigação de organização criminosa que prevê pena de três a oito anos; patrocínio infiel (quando advogado não defende corretamente interesses do cliente – os outros foram considerados coautores), que prevê pena de seis meses a três anos; e exploração de prestígio, que prevê pena de um a cinco anos. O magistrado da 10ª Vara Federal de Brasília entendeu que estão presentes elementos probatórios para início de uma ação penal. Ricardo Leite concedeu prazo de 20 dias para os sete acusados se manifestarem sobre a acusação e determinou a retirada do sigilo do processo. No despacho, o juiz também ordenou que as defesas dos réus fossem informadas por e-mail sobre a abertura da ação penal. Leite disse que decidiu informar os acusados por meio eletrônico, e não por intimação, porque o caso possui "interesse midiático" em razão da projeção nacional dos envolvidos na denúncia. Nos últimos meses, Lula tem acusado magistrados e integrantes do Ministério Público de vazarem informações para a imprensa com o objetivo de promover "espetáculos midiáticos" com decisões contra ele. Depois que os advogados dos sete réus se manifestarem, terá início a fase de produção de provas e os interrogatórios de testemunhas de defesa e acusação. Concluída esta fase, o juiz decidirá se condena ou absolve os sete acusados de tentar obstruir o trabalho da Justiça. Fonte: G1 A jornalista Suzy Monteito, em seu blog Na Curva do Rio, também falou sobre o assunto (aqui).
Comentar
Compartilhe
SJB: Prefeitura deposita salário de julho dos efetivos
29/07/2016 | 14h17
3617_270115133325_dinheiro_1764x700Está na conta dos servidores municipais de São João da Barra o salário referente ao mês de julho. Previsto inicialmente para o dia 28, o pagamento foi adiado para o esta sexta-feira (29). Por meio de nota, a Prefeitura informou que “devido a uma falha no processamento de informações dos consignados para conferência da folha de pagamento”. No entanto, na manhã desta sexta, o dinheiro ainda não tinha sido depositado. Os secretários sanjoanenses de Administração, Rogério Zorzal, e de Fazenda, Dalmo Caetano, informaram que os depósitos seriam feitos a partir das 13h. “Depois de solucionarmos o problema do processamento e conferência dos consignados realizamos hoje (sexta) na parte da manhã a transmissão dos arquivos para o Banco Itaú e a Secretaria de Fazenda já está autorizando os pagamentos, a partir das 13 horas estará disponível nas contas dos servidores”, disse Zorzal, em comunicado oficial. Segundo Dalmo Caetano, com o pagamento dos efetivos, são injetados cerca de R$ 5,5 milhões na economia local. Ainda não há previsão para o pagamento dos comissionados e contratados.
Comentar
Compartilhe
Com tempo precioso no ninho, tucano "aceita" ser vice dos rosáceos
29/07/2016 | 11h14
Ponto-final1Tucanos aceitam O vereador Mauro Silva (PSDB), como esta coluna afirmou (aqui) na edição de quinta-feira (28), será o vice de Dr. Chicão (PR) na chapa governista. Oficializado o convite na quarta-feira à noite, não precisou nem de 24 horas para que o vereador tucano “oficializasse” nas redes sociais o aceite, como todo mundo já esperava. As alianças em vários municípios e o respaldo da executiva estadual foram pontos fundamentais para formalização da aliança discutida, na quinta, com o diretório municipal.   Preciosidade no ninho A “noiva” mais cobiçada neste pleito, apesar do desgaste no cenário nacional, é o PT — com futuro ainda indefinido em Campos. O motivo é o precioso tempo de propaganda eleitoral. Mas não é só o PT que terá segundos preciosos todos os dias no rádio e na TV, eles também estão em abundância no ninho tucano. E não há como negar que o tempo generoso do PSDB foi um dos pontos que definiu a vaga de vice em favor de Mauro, como esta coluna mostrou em 5 de julho (aqui).   Revisão A lista revisada do Tribunal de Contas do Estado (TCE) sobre gestores com contas irregulares será enviada ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) até o dia 15 de agosto. Se até lá muitos políticos continuam apreensivos, a ex-prefeita de São João da Barra Carla Machado (PP) teve duas decisões favoráveis de revisões no TCE. Assim, elimina (aqui) as pendências que levaram seu nome para a lista de 2014. Pendências para atrapalhar uma possível candidatura, só se forem novas.   Na disputa Carla é nome dado como certo a ser homologado pelo PP para disputa da Prefeitura sanjoanense. Por outro lado, é cada vez mais claro que o prefeito Neco (PMDB) vai tentar o segundo mandato consecutivo. Na quente política sanjoanense, muito foi especulado sobre a ausência dele no pleito, mas agora Neco afirma que vai para disputa. Até 2012, os dois eram aliados.   Tá com quem? Em entrevista à Folha, publicada em março no blog “Opiniões” (aqui), o vereador “independente” Alexandre Tadeu (PRB), então prefeitável, foi indagado sobre a possibilidade de voltar ao grupo rosáceo. Sem pensar duas vezes, afirmou que “o governo já está ultrapassado” e disse: “voltar a me aliar a eles seria uma incoerência muito grande”. Porém, em recente reunião interna, o líder rosáceo brincou: “Sabe o partido do Tô Contigo? Tá comigo!”. Agora, o secretário de Governo de Campos reafirmou que o PRB vai apoiar a candidatura de Chicão.   Não sabe Indagado nesta quinta se vai caminhar com os rosáceos, Tô Contigo voltou a negar. Disse que seu partido tinha outros acordos em Campos. O que ele ainda parecia não saber é que o próprio presidente da legenda no município, Henrique Monfortes, fala abertamente sobre o apoio ao candidato governista. Como esta coluna informou no último sábado, é uma “troca de favores” pelo apoio do PR de Clarissa Garotinho à candidatura de Marcelo Crivella (PRB) no Rio.   Sem o pai Preterido pelo pai Arnaldo Vianna (PEN), o prefeitável Caio Vianna (PDT) corre agora para não perder os apoios conquistados no período que sua pré-candidatura era embasada no “quem beija meu filho, minha boca adoça”. Já foi ao encontro de Hugo Leal, novo presidente do PSB, junto com o vereador Gil Vianna (PSB), para assegurar a aliança partidária e na chapa majoritária.   Além de Campos O racha entre pai e filho na política campista é um dos assuntos mais comentados não só em Campos, mas nas rodas de conversa de toda a região. Em SJB, cidade que respira a política local, o assunto está em alta. Ontem, o blogueiro Nino Bellieny, que integra o time da Folha Online, falou sobre a grande repercussão e espanto que o fato causou no Noroeste Fluminense. Agora, o real impacto na campanha eleitoral, isso poderá ser analisado após pesquisas.   Publicado nesta sexta-feira (29) da Folha da Manhã
Comentar
Compartilhe
Pagamento dos servidores de SJB será efetuado a partir das 13h, diz secretário
29/07/2016 | 10h31
Prefeitura sjbO pagamento dos servidores público de São João da Barra, previsto para quinta-feira (28), adiado (aqui) para esta sexta-feira (29), não foi depositado pela manhã, como de costume. A Prefeitura informa que os proventos estarão na conta dos funcionários efetivos a partir das 13h. “Depois de solucionarmos o problema do processamento e conferência dos consignados realizamos hoje (sexta) na parte da manhã a transmissão dos arquivos para o Banco Itaú e a Secretaria de Fazenda já está autorizando os pagamentos, a partir das 13 horas estará disponível nas contas dos servidores”, diz o secretário de Administração Rogério Zorzal, em comunicado oficial. O secretário de Fazenda Dalmo Caetano também falou, na rádio Barra FM, que o depósito acontecerá a partir das 13h. Segundo ele, serão injetados cerca de R$ 5,5 milhões na economia local.
Comentar
Compartilhe
Repasse de royalties já na conta da Prefeitura de SJB
29/07/2016 | 09h25
PlataformaFoi depositado na manhã desta sexta-feira (29) nas contas da Prefeitura de São João da Barra o repasse dos royalties do mês de julho, conforme previsão anunciada (aqui) nessa quinta-feira. O valor do crédito é de R$ 6.495.055,40.
Comentar
Compartilhe
SJB recebe R$ 6,5 milhões de royalties em julho
28/07/2016 | 15h11
PlataformaA Prefeitura de São João da Barra recebe R$ 6.495.055,40 nesta sexta-feira (29) referente aos royalties de petróleo do mês de julho. O valor é 23,3% superior ao repassado no mês passado, quando a administração pública recebeu R$ 5.265.366,92. Em 2015, neste mesmo mês, SJB recebeu cerca de R$ 8,6 milhões. Confira o valor dos royalties para todos os municípios da região aqui, na Folha Online, e na edição desta sexta-feira (29) da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
Carla Machado consegue cancelar irregularidades no TCE
28/07/2016 | 13h54
FB_IMG_1467644968035A ex-prefeita e pré-candidata Carla Machado (PP) informou na sua conta do Facebook que obteve mais uma vitória no Tribunal de Contas do Estado (TCE), a segunda nesta semana (confira a outra aqui), nesta quinta-feira (28). Segundo Carla, as duas irregularidades pelas quais seu nome apareceu na lista de gestores com contas rejeitadas em 2014 enviadas do TCE ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), foram canceladas. “Através de um recurso de revisão que interpusemos no Tribunal de Contas do Estado, foi cancelada a nossa irregularidade. Estou muito feliz!”, escreveu Carla. Na terça-feira, o recurso foi com relação a contas de gestão referentes ao ano de 2006. Carla defendia que já tinha resolvido essa questão no TRE e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o que possibilitou a validação dos seus votos na eleição de 2014. Restava apenas a confirmação no TCE. A situação era a mesma, segundo Carla, com relação ao recurso provido nesta quinta.  Este recurso é referente a uma Tomada de Contas Especial sobre uma subvenção feita à Santa Casa de Misericórdia de SJB no ano de 2004 (governo Betinho Dauaire). — Eu havia sido punida por uma subvenção ocorrida em 2004 quando nem mesmo era prefeita ainda, onde o TCE determinou que eu instaurasse uma Tomada de Contas Especial sobre uma subvenção feita no governo de Betinho Dauaire.  Paguei um preço por não ter sido perseguidora dos meus adversários políticos, apesar desses continuarem a praticar uma política retrógrada e mesquinha.  Vida que se segue! Espero que a campanha desse ano seja mais limpa, pois a população abomina esse tipo de comportamento. A verdade está sendo restabelecida! — afirmou Carla em seu perfil no Facebook.
Comentar
Compartilhe
Ponte entre SJB e São Francisco adiada para 2017
28/07/2016 | 13h25
Sem títuloMistérios na política de SJB O grupo político do prefeito Neco (PMDB) deixa para a última hora as definições. Quem serão os candidatos a prefeito e vice? Eles só serão conhecidos na próxima semana. Neco aventou a possibilidade, durante reunião com seu grupo político, de não entrar na disputa. Agora diz que quem fala sobre isso alimenta “fofocas”. O nome do vereador Franquis Areas foi levantado pelo PR, mas o partido foi sondado pelo próprio PMDB de Neco — por meio do presidente estadual Jorge Picciani — para lançar a candidatura do deputado estadual Bruno Dauaire. O pai de Bruno, o ex-prefeito Betinho Dauaire (PR), chegou a ser cotado como vice. Os dois estão fora da disputa majoritária. E nessa novela, ninguém conhece ainda quais os nomes para vice de Neco, embora uma “lista tríplice” esteja sendo elaborada. Nessa campanha de “tiro curto”, essas incertezas tendem a favorecer quem já está com grupo consolidado. No caso da oposição, tudo caminha para que seja homologada a chapa com Carla Machado (PP) e Alexandre Rosa (PRB). Quanto às definições governistas, resta aguardar. _________________________________________________________________________________ [caption id="attachment_8486" align="aligncenter" width="1176"]Pedra fundamental foi lançada em 2014 e conclusão da obra já foi adiada pela quarta vez. Construção dos pilares no Paraíba é a atual fase (Foto: Paulo Pinheiro) Pedra fundamental foi lançada em 2014 e conclusão da obra já foi adiada pela quarta vez. Construção dos pilares no Paraíba é a atual fase (Foto: Paulo Pinheiro)[/caption] Ponte adiada... É uma novela que parece sem fim a construção da Ponte da Integração, sobre o rio Paraíba, entre os municípios de São João da Barra e São Francisco de Itabapoana. A previsão de conclusão foi adiada pela quarta vez. ...para 2017 A pedra fundamental foi lançada em junho de 2014, pelo governador Luiz Fernando Pezão (PMDB). A última previsão de entrega anunciada foi para outubro deste ano. Porém, durante uma visita técnica nesta quarta-feira (27), o prazo foi prorrogado para 2017, até o fim do primeiro semestre. _________________________________________________________________________________ Aposta O grupo governista de SJB aposta na inelegibilidade de Carla por pendências no Tribunal de Contas do Estado (TCE). A ex-prefeita levou dois recursos à Corte. Teve resultado positivo no primeiro. A expectativa é que o outro seja analisado nesta quinta-feira (28). Racha Bruno Dauaire, em entrevista à Folha, afirmou que se Carla não puder ser candidata, o cenário eleitoral muda totalmente na oposição. Ele aposta em um racha. O assunto foi abordado em colunas de jornais cariocas, mas os citados negam qualquer divisão interna no grupo político. Primeiro O primeiro partido com pré-candidato a prefeito de São Francisco de Itabapoana a realizar convenção é o PSDB, que tende a lançar Marcelo Garcia nesta sexta-feira (29). No sábado, será a vez do PMDB, com Pedrinho Cherene, e do PSB, de Francimara Barbosa Lemos. Salário... A Prefeitura de SJB informou que foi adiado para o dia 29, sexta-feira, o pagamento dos servidores efetivos do município. O anúncio foi feito na noite de quarta. Até então, a previsão era que o pagamento fosse efetuado nesta quinta. Calendário O município divulgou no início do ano um calendário com a previsão dos pagamentos dos efetivos de janeiro a dezembro. Vinha, até nesta quinta, cumprindo todas as datas, com exceção da primeira parcela do 13º, antes agendada para 17 de junho. Contratados e comissionados Se com dinheiro dos royalties o município não consegue mais pagar comissionados e contratados junto com efetivos, desta vez, com o repasse em atraso, fica mais difícil ainda. Buracos Alguns reparos foram realizados em SJB no Centro. Para acabar com buracos no asfalto, foram colocados paralelepípedos e areia. Falta o recapeamento asfáltico. Não fica legal esses remendos mal acabados, ainda mais na principal rua da cidade e em frente à Prefeitura. Horários Se existe um ponto que gera reclamação quase unânime em SJB é com relação ao transporte coletivo. As queixas abrangem as linhas municipais, intermunicipais e o transporte alternativo. Os horários, especialmente aos fins de semana, deixam a desejar. Acessibilidade A Câmara de SJB concluiu reformas no prédio no que tange à acessibilidade. Uma plataforma elevatória foi instalada na entrada, antes apenas com escada. Também foi colocado piso tátil para orientar pessoas com deficiência visual e foram adaptados banheiro e salas administrativas. Publicado na Folha da Manhã edição desta quinta-feira (28).
Comentar
Compartilhe
SJB: PR agenda convenção para 4 de agosto
28/07/2016 | 10h39
urna-eletronica-nas-eleicoes-municipais-1347637951253_300x300O Partido da República (PR) em São João da Barra já tem caminho praticamente traçado: apoiar o prefeito Neco (PMDB) à reeleição e buscar cadeiras na Câmara. As últimas declarações de Neco (aqui) e Bruno Dauaire (PR, aqui) sobre o cenário político, praticamente decretam o que vai ser confirmado em convenção partidária agendada para o dia 4 de agosto. Neco já disse que seu vice será da “pedra”, inviabilizando o nome de Franquis Areas (PR), com base eleitoral no 5º distrito. Franquis, embora nunca tenha sido especulado como vice, era o possível nome a prefeito em caso de desistência de Neco. No entanto, com o prefeito afirmando que será candidato, o legislador mais votado em 2012 vai novamente concorrer a uma cadeira na Câmara. Há ainda a possibilidade de o PR indicar um vice, mas é remota. A empresária Odinéia Pereira, nome há muito tempo especulado, está filiado ao partido. No entanto, tudo caminha para que seja um nome com raízes na sede do município, não em Atafona, como é o caso dela. Convenções e registros – De acordo com o calendário eleitoral, as convenções devem acontecer até 5 de agosto. A partir daí, o registro da candidatura deverá ser feito até 15 e a campanha começa no dia seguinte. Nas convenções, os partidos definem seus candidatos a vereador, as coligações, e se vão lançar candidato a prefeito ou irão apoiar um nome de outra legenda.
Comentar
Compartilhe
Pagamento do servidor de SJB adiado para 29 de julho
27/07/2016 | 19h25
dinheiro_no_bolsoA Prefeitura de São João da Barra informou, há pouco, que o pagamento dos servidores efetivos será efetuado na próxima sexta-feira (29). De acordo com o calendário de pagamentos da administração municipal, os proventos seriam pagos nesta quinta-feira (28). Segundo a nota, o adiamento foi “devido a uma falha no processamento de informações dos consignados para conferência da folha de pagamento”. Esta é a primeira vez que o calendário de pagamento elaborado pela equipe do prefeito Neco (PMDB) não é cumprido com relação aos proventos mensais, desde o início da gestão. Neste ano, o município também não conseguiu cumprir com o depósito referente à primeira parcela do 13º salário, previsto inicialmente para 17 de junho. Comissionados e contratados — Se com dinheiro dos royalties o município não consegue mais pagar comissionados e contratados junto com efetivos, desta vez, com o repasse em atraso, fica mais difícil ainda.
Comentar
Compartilhe
Betinho Dauaire: “Obrigado pelos convites, mas não podemos”
27/07/2016 | 17h36
[caption id="attachment_8471" align="alignleft" width="300"]Betinho foi sondado para vice e Bruno para candidato a prefeito Betinho foi sondado para vice e Bruno para candidato a prefeito (Foto: Michelle Richa)[/caption] O ex-prefeito Betinho Dauaire (PR) publicou em seu perfil no Facebook a matéria do blog Opiniões (aqui) sobre a recusa do seu filho e deputado estadual, Bruno Dauaire (PR), ao convite para ser candidato a prefeito de São João da Barra. Betinho também chegou a ser especulado como provável vice do prefeito Neco (PMDB) na disputa à reeleição, mas após um ano de diálogo, declinou: — Quero com muita humildade, agradecer os convites que recebemos de lideranças estaduais e locais para que fossemos candidato nas eleições de São João da Barra. Somos gratos pela lembrança do nosso nome como solução, em um momento tão conturbado da política local. A nossa recusa, que já era conhecida desde 2015 pelos amigos do nosso convívio e que passou a ser de conhecimento público, se deve ao comprometimento com a atuação regional e parlamentar do deputado Bruno Dauaire na Alerj em tempos em que o Estado passa por calamidade pública. Nesta temporária ausência de candidatura, desejamos a todos uma boa eleição! — escreveu Betinho.
Comentar
Compartilhe
Cisões expostas de um lado e luta para esconder rachas de outro
27/07/2016 | 11h04
Ponto-final1 Mudanças "inesperadas" Os movimentos e as articulações políticas surpreendem sempre, mas em Campos as últimas mexidas de peças do tabuleiro estão acima do surpreendente. Quem acompanhou o pleito de 2014, não imaginaria uma eleição em 2016 com Arnaldo Vianna (PEN) e Geraldo Pudim (hoje PMDB), eleitos, respectivamente prefeito e vice em 2000, mas rompidos desde 2002, como aliados. Para apoiar Pudim, Arnaldo tem de preterir ao filho, Caio Vianna (PDT), já com pré-candidatura lançada e líder na última pesquisa Pro4.   Reflexos no futuro Ninguém sabe, ainda, o impacto que essa mudança de Arnaldo trará para a futura campanha de Caio. Os dois estão em evidência na mídia, mas os comentários nos veículos de comunicação nem sempre são dos melhores. E não há dúvida que essa divisão possa ser usada como mote de campanha dos seus adversários. Quando surgirem novas pesquisas, pai e filho terão ideia sobre quem saiu mais prejudicado dos movimentos nesta reta final de articulações.   Aliados Enquanto os opositores buscam se acertar e deixam transparecer cisões até entre pai e filho, os governistas se esforçam para mostrar que está tudo bem, embora existam conflitos internos para escolha do prefeito e vice. Na convenção do PTB, na noite de ontem, Dr. Chicão (PR) e Paulo Hirano (PR), apontados como os favoritos para cabeça de chapa, falaram em tom de união e harmonia. Anfitrião, Edson Batista, presidente do PTB, falou que a legenda apoia a decisão da Frente Popular Progressista na majoritária “seja ela qual for”. Não faltou, porém, quem tentasse indicar o nome de Edson a vice.   Luta para ser vice Aliás, como esta coluna mostrou no dia 6 de julho (aqui), foi o próprio Edson que iniciou a colheita de assinaturas na Câmara para que o líder rosáceo apontasse como candidato a prefeito do grupo um dos vereadores governistas. Ele já tinha deixado a lista de pré-candidatos e desde então não escondeu que trabalhava para ser vice.   Quem será? A lista deu origem ao “conselhão” e eliminou as prévias do Núcleo de Organização Social (NOS).Com a manobra, as chances de Chicão, mais popular entre os rosáceos de acordo com a pesquisa Pro4 seriam reduzidas. Por outro lado, como o cabeça de chapa será do PR, Hirano teria o caminho aberto para ser candidato a prefeito. As dúvidas terminam hoje.   Confirmou O prefeito Neco (PMDB) afirmou na noite de ontem que será o candidato do PMDB em São João da Barra. O anúncio foi feito por ele na noite de ontem, durante a convenção do PDT, na localidade de Barcelos. Sobre seu futuro candidato a vice, o prefeito informou apenas que será “da pedra”: sede do município, Atafona ou Grussaí. A convenção do PMDB sanjoanense só acontece no dia 4 de agosto.   Royalties em atraso O mês vai chegando ao fim e municípios produtores de petróleo ainda não receberam os royalties de julho, cujos depósitos deveriam ter sido efetivados no dia 20. O atraso está nos cálculos da Agência Nacional do Petróleo (ANP), devido a demandas judiciais. A previsão agora é que os repasses sejam feitos até sexta-feira e que os valores se mantenham na média dos depósitos do mês passado.   Prejuízo O superintendente de Petróleo, Gás, Biocombustíveis e Tecnologia de São João da Barra, Wellington Abreu, informou que vai procurar pessoalmente a ANP e a Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro) para verificar o que está acontecendo, já que esses atrasos trazem prejuízos aos municípios, que já passam por dificuldades financeiras. Publicado na edição desta quarta-feira (27) da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
Neco assegura ser candidato: “Não esquentem com as fofocas”
27/07/2016 | 09h30
[caption id="attachment_8466" align="aligncenter" width="1176"]Neco participou da reunião do PDT em Barcelos (Foto: Paulo Pinheiro) Neco participou da reunião do PDT em Barcelos (Foto: Paulo Pinheiro)[/caption] “Estão colocando várias fofocas no ar: que o candidato não vai ser o prefeito Neco, que vai ser o Franquis (Areas, PR). Olha, vocês não esquentem com as fofocas que vem por aí”. As palavras são do prefeito Neco (PMDB) durante a convenção do PDT, na noite desta terça-feira (26), em Barcelos. Este é o indicativo que Neco está disposto a disputar à reeleição, fato que ele mesmo tinha posto em dúvida durante uma reunião com seus aliados políticos. A confirmação do peemedebista como candidato a prefeito será homologada em convenção, a ser realizada no dia 4 de agosto. Ainda sem vice definido na chapa, Neco teria assegurado durante o encontro que o nome a ser escolhido será “da pedra”. Isso indica que será um político com base eleitoral na sede do município ou nas praias de Atafona e Grussaí. O movimento faz de Franquis, especulado a prefeito, praticamente certo como pré-candidato a vereador. A política sanjoanense teve fatos importantes nesta terça. Convidado a ser candidato a prefeito pelo presidente da Alerj e presidente regional do PMDB, Jorge Picciani, o deputado estadual Bruno Dauaire (PR) descartou (aqui) a possibilidade. Já a pré-candidata Carla Machado (PP) comemorou (aqui) o fato de ter um dos recursos aceitos no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Resta agora outro recurso. A previsão é que entre na pauta desta quinta-feira (28).
Comentar
Compartilhe
“Mais uma vitória no TCE”, diz Carla Machado
27/07/2016 | 01h22
FB_IMG_1467644968035A ex-prefeita e pré-candidata Carla Machado (PP) publicou em seu perfil no Facebook que teve uma vitória no Tribunal de Contas do Estado (TCE) nesta terça-feira (26), com relação a contas de gestão referente ao ano de 2006. Essa conta foi uma das responsáveis pela inclusão do nome dela na lista do TCE de 2014, com relação a gestores com irregularidades no Tribunal. Carla defendia que já tinha resolvido essa questão no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o que possibilitou a validação dos seus votos na eleição de 2014. Agora, restava apenas a confirmação no TCE. – Esse processo teve dois pedidos de vista e o voto do conselheiro Aluysio Neves pela aprovação das nossas Contas de Ordenador de Despesa referente ao ano de 2006 foi confirmado pelos mesmos. Após a devolução do processo ao plenário, este finalmente foi votado favoravelmente por todos os Conselheiros. O melhor de tudo é ver que o discurso dos desesperados só vai sendo descartado. O tempo como sempre, é o senhor da verdade! – escreveu a pré-candidata. Existe outro recurso, segundo Carla, na pauta para esta quinta-feira (28). “É referente a uma Tomada de Contas Especial sobre uma subvenção feita à Santa Casa de Misericórdia de SJB no ano de 2004 (governo Betinho Dauaire), que foi determinado pelo TCE para que eu abrisse durante o meu mandato. Essa Tomada de Contas foi instaurada, porém não foram encaminhados os relatórios solicitados e por isso fui penalizada. Já ganhei também esse processo no TRE e TSE por ocasião das eleições de 2014. Essa em especial, por não se tratar de dano ao erário, não me traz prejuízo eleitoral”, disse Carla.
Comentar
Compartilhe
Bruno Dauaire fora da disputa em SJB
26/07/2016 | 20h06
brunnO deputado estadual Bruno Dauaire (PR) não será candidato à Prefeitura de São João da Barra. A informação é do jornalista Aluysio Abreu Barbosa, em seu blog Opiniões (aqui). Como informou a coluna Ponto Final, na edição do último sábado (23) da Folha da Manhã, o presidente da Alerj e do PMDB no Rio, Jorge Picciani, propôs, há cerca de duas semanas, que o deputado estadual viesse candidato a prefeito. Bruno declinou. Mantém o projeto para 2018 em parceria com Wladimir Garotinho (PR). Mais informações no Opiniões (aqui) e na edição desta quarta-feira (27) da Folha.
Comentar
Compartilhe
Neco aguardado na convenção do PDT
26/07/2016 | 15h44
Neco____Em meio ao mistério sobre sua candidatura à reeleição, o prefeito Neco (PMDB) é aguardado na noite desta terça-feira (26) para a convenção do PDT, em Barcelos, às 19h. O Partido Democrático Trabalhista sinaliza que vai apoiar a candidatura governista na majoritária. A presença de Neco no encontro vai nortear os caminhos dos peemedebistas e dos seus aliados. Candidato natural do PMDB à reeleição, Neco chegou a falar que poderia abrir mão da candidatura para apoiar um nome do grupo político. Ganhou destaque então o nome do vereador Franquis Areas (PR), com apoio dos Dauaire e do secretário de Governo de Campos. Nos últimos dias, ganhou força uma articulação do presidente estadual do PMDB e da Alerj, Jorge Picciani, para apoiar a candidatura de Bruno Dauaire a prefeito. Na mesa de negociações, estaria a migração de Bruno para a legenda de Picciani no próximo ano, independente do resultado no pleito municipal. No entanto, com Neco na convenção desta terça, tudo pode voltar à estaca zero ou a definição de seu nome no páreo. O prefeito pode ainda anunciar o possível vice a caminhar com ele no pleito deste ano. Apesar das especulações que podem surgir na reunião do PDT, o martelo só será batido na convenção do PMDB que está marcada para 4 de agosto, um dia antes do prazo final. O blog tentou contato com Neco, por telefone, mas não teve êxito até o momento deste post.
Comentar
Compartilhe
Nem Dilma, nem Temer: maioria quer eleição antecipada, aponta nova pesquisa
26/07/2016 | 14h45
dilma e temerA maioria da população brasileira acredita que a convocação de nova eleição presidencial é “o melhor para o país” – ou seja, não quer nem a presidente afastada Dilma Rousseff nem o presidente interino Michel Temer no comando do governo federal. Segundo pesquisa da consultoria Ipsos, à qual a BBC Brasil teve acesso em primeira mão, 52% dos entrevistados apoiam a convocação de um pleito antecipado para outubro, quando já ocorrem as eleições para prefeitos e vereadores em todo o país. O percentual de 52% que prefere essa saída para a crise é a soma de dois grupos – 38% dizem que o melhor seria Temer ficar no cargo e convocar a nova disputa eleitoral; 14% preferem que Dilma volte ao Palácio do Planalto e seja ela a dar prosseguimento a nova eleição. A pesquisa, realizada entre os dias 1 e 12 de julho, ouviu 1.200 pessoas presencialmente, em 72 cidades do país. Sua margem de erro é de três pontos percentuais. “Isso (o apoio à eleição antecipada) ocorre porque a opinião pública queria a saída de Dilma Rousseff, mas não necessariamente a entrada de Michel Temer”, nota Danilo Cersosimo, diretor da Ipsos Public Affairs e responsável pela pesquisa. Apoio menor ao impeachment — Os dados divulgados nesta terça-feira (26) pela Ipsos são parte de um amplo levantamento feito mensalmente no país, desde 2005, chamado Pulso Brasil. A pesquisa de julho também mostrou a quarta queda consecutiva no apoio ao impeachment de Dilma, que recuou de 54% em junho para 48% neste mês. Já o percentual de quem não apoia o afastamento da presidente passou de 28% para 34%. Fonte: BBC/Último segundo
Comentar
Compartilhe
SJB: Judiciário acionado para resolver impasses do Legislativo
26/07/2016 | 11h19
Sem títuloDa Câmara ao Judiciário O prefeito Neco (PMDB) já contou com apoio dos nove vereadores da Câmara de São João da Barra, mas no decorrer dos anos perdeu cinco para a oposição. Desde que o presidente da Casa, Aluizio Siqueira (PP), começou a indicar que não caminharia mais politicamente com o prefeito, as sessões renderam várias questões que foram parar na Justiça. A mais recente, como este blog mostrou aqui, foi para anular a reunião extraordinária realizada no início de julho e que aprovou as contas da ex-prefeita Carla Machado (PP) referentes aos anos de 2010 a 2012, conforme parecer prévio do Tribunal de Contas do Estado (TCE). O juiz indeferiu pedido de liminar, o que foi comemorado pelos vereadores da oposição e por Carla, principal interessada no desfecho deste caso. Outra questão que se arrastou no Judiciário foi com relação a um ato administrativo de Aluizio. O líder do governo na Casa, Kaká (PT do B), apontou inconstitucionalidade. Mas a ação não prosperou, ao menos que se saiba. Até agora, nos embates judiciais, as vitórias neste ano são do grupo de oposição. “Venda” Existe outra querela no Legislativo. É com relação ao projeto que autoriza o município a tomar empréstimo com royalties como garantia, a chamada “venda do futuro”. Aprovado em agosto do ano passado, a oposição que alterar o texto. Convenção O PDT é o primeiro partido a realizar convenção em São João da Barra. A expectativa é que a legenda sinalize nesta terça apoio ao candidato governista na majoritária, seja ele quem for, e também marque posições quanto às alianças na proporcional. A reunião acontece entre 19h e 22h. PHS... A comissão provisória municipal do PHS, que foi destituída, entrou na Justiça com ação de tutela cautelar a fim de retomar a direção do partido em SJB. Integrantes ainda acreditam em um projeto de candidatura própria à sucessão do prefeito Neco nas eleições deste ano. ...na Justiça Eles dizem que tinham apoio do diretório regional para lançar nome na majoritária, até que uma intervenção do próprio diretório regional destituiu a provisória e levou o PHS para a fileira de partidos que faz parte da aliança em torno da provável candidatura de Carla Machado. Convenções... As convenções que vão definir os candidatos a prefeito em São Francisco de Itabapoana vão acontecer na sexta-feira (a do PSDB) e no sábado (PMDB e PSB). ...em SFI Não são aguardadas muitas surpresas na majoritária. A tendência é que sejam confirmados os nomes de Marcelo Garcia (PSDB), Pedrinho Cherene (PMDB) e Francimara Barbosa Lemos (PSB) para cabeças de chapas. Tradição O dia de São Cristóvão não passou em branco na festeira terra sanjoanense. Como tradicionalmente acontece, uma missa foi celebrada na igreja matriz e, em seguida, a imagem do padroeiro dos motoristas foi levada, em carreata, pela sede do município e nas praias de Atafona e Grussaí. *Publicado na edição desta terça-feira da Folha da Manhã
Comentar
Compartilhe
Pedido para anular sessão que aprovou contas de Carla Machado é negado
25/07/2016 | 16h15
[caption id="attachment_6667" align="alignleft" width="300"]Arquivo Arquivo[/caption] O juiz Leonardo Cajueiro d’Azevedo, responsável pela comarca de São João da Barra, indeferiu pedido dos vereadores da base governista (aqui) de anular a sessão na qual as contas da ex-prefeita Carla Machado (hoje PP), referentes aos anos de 2010, 2011 e 2012 fora, aprovadas, seguindo recomendação do parecer prévio do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Os governistas — Kaká (PT do B), Elísio Rodrigues (PDT), Eziel Pedro (PMDB) e Franquis Areas (PR) — alegavam que houve violação no processo legislativo. — Não foi destacado na inicial nenhum fato específico que possa ficar sem eficácia em caso de provimento final favorável aos impetrantes. (...) No que diz respeito à convocação de sessões extraordinárias, salvo flagrante, evidente e manifesta desnecessidade o juízo de conveniência e oportunidade (ou relevância e urgência como previsto no art. 95 do RI da câmara) cabe a autoridade que as convoca e não deve ser objeto de controle pelo Judiciário em respeito à separação de poderes (ressalvados, insista-se, os casos de evidente afastamento da esfera de discricionariedade estabelecida pela norma) — decidiu o juiz. O presidente da Câmara Aluizio Siqueira (PP) comentou informou que recebeu a notificação na tarde desta segunda-feira (25). “Isso mostra que a sessão está dentro da legalidade, que seguimos e respeitamos o que determina nosso regimento interno e a Lei Orgânica. Cumprimos os prazos determinados para tramitação, apreciação e votação das matérias”, destacou Aluizio. Na sessão extraordinária que aprovou as contas de Carla referente aos anos de 2010 a 2012, apenas os vereadores de oposição compareceram — Aluizio, Alex Firme (PP), Jonas Gomes (PP), Ronaldo Gomes (Pros) e Sônia Pereira (PT). A base governista, apontando irregularidades, foi à Justiça para anulação, mas não obteve sucesso.
Comentar
Compartilhe
SJB: comissão destituída do PHS vai à Justiça e quer candidatura própria
25/07/2016 | 11h42
PHSA destituída comissão provisória municipal do Partido Humanista da Solidariedade (PHS) entrou na Justiça com ação de tutela cautelar a fim de retomar a direção do partido em São João da Barra. Com isso, o PHS pode voltar a acreditar no projeto de candidatura própria à sucessão do prefeito Neco (PMDB) nas eleições de outubro deste ano. Um projeto que, segundo o site SJB Online, contava com o apoio do diretório regional no Estado do Rio, até que uma intervenção do próprio diretório regional destituiu a provisória e levou o PHS (aqui) para a fileira de partidos que faz parte da aliança em torno da candidatura de Carla Machado (PP). A ação se baseia do direito constitucional de ampla defesa e contraditório e no próprio estatuto do PHS, que prevê uma norma administrativa para a dissolução do um diretório ou comissão provisória. Essas etapas, sustenta a ação, que tratam de advertências verbal e escrita, cancelamento de filiação e expulsão foram suprimidas. – Estamos confiantes de que a intervenção do diretório regional, feita sem motivo, por um ato isolado e aleatório, será anulada. É claro o descumprimento de normas do estatuto. Nosso sonho é participar do processo eleitoral em São João da Barra com candidatura própria do PHS e vamos continuar buscando sua realização – disse o presidente da comissão provisória destituída, Lucas Miranda Gomes. Fonte: SJB Online (aqui)
Comentar
Compartilhe
SFI: PSDB vai referendar candidatura própria nesta sexta
25/07/2016 | 10h38
[caption id="attachment_7268" align="alignleft" width="300"]Marcelo Garcia durante reunião que definiu sua pré-candidatura à Prefeitura de SFI Marcelo Garcia durante reunião que definiu sua pré-candidatura à Prefeitura de SFI[/caption] O primeiro pré-candidato a prefeito de São Francisco de Itabapoana a ter o nome referendado em convenção será o vereador Marcelo Garcia (PSDB). Os tucanos agendaram a convenção para a próxima sexta-feira (29). Segundo Marcelo, o partido vai manter candidatura própria para a disputa deste ano. O vereador, que foi líder do governo na Câmara, foi o último a lançar sua pré-candidatura. Se a definição do PSDB acontece na sexta, os outros partidos que tendem a lançar candidatos a prefeito se reúnem no sábado (30). À tarde (aqui), será a vez do PMDB, que vai confirmar o prefeito Pedrinho Cherene (PMDB) como pré-candidato à reeleição. Pouco depois (aqui), o PSB, que conta com a presença do senador Romário (PSB), vai referendar o nome de Francimara Barbosa Lemos.
Comentar
Compartilhe
Após recusar vice de Neco, os Dauaire vão entrar na disputa sanjoanense?
24/07/2016 | 15h19
Ponto-final1Dauaire no cenário O ex-prefeito Betinho Dauiare (PR), de São João da Barra, figurou por mais de um ano como possível vice do prefeito Neco (PMDB). Recusou o convite(aqui) no início de junho, disse que não participaria do processo e lançou o nome do vereador Franquis Areas (PR) como possível candidato do partido, caso Neco, que enfrenta altos índices de rejeição, desista da candidatura à reeleição. No entanto, uma articulação por cima, com o presidente da Alerj, Jorge Picciani (PMDB), quer trazer o nome Dauaire para a disputa sanjoanense, como esta coluna informou (aqui e aqui) neste sábado (23).   Pouco tempo Se Betinho ficou mais de um ano cozinhando Neco em banho-maria, o deputado estadual Bruno Dauaire (PR) não tem o mesmo tempo para informar sua decisão a Picciani. O convite feito há duas semanas tem que ser respondido antes das convenções. O PMDB sanjoanense vai decidir seu rumo no pleito no dia 4 de agosto. Antes disso, os passos têm de estar bem coordenados, para que ninguém erre quando estiver diante do público.   E Franquis? Vereador mais votado em 2012 e apontado como possível candidato do PR em SJB, Franquis fica em uma “dupla espera”. Antes era se Neco seria ou não candidato, para então lançar seu nome, caso fosse consenso do grupo governista. Agora, aguardará uma decisão, também, de Bruno. Leal à família Dauaire desde que Betinho era prefeito (1997-2004), Franquis se define como um “soldado do grupo” que está à espera por decisões superiores.   Na disputa Enquanto o PR sanjoanense continua na indecisão, os pré-candidatos de SJB são Carla Machado (PP) e Neco. Carla, em passagem pela cidade do Rio, visitou o governador em exercício Francisco Dornelles (PP) na última sexta-feira para, segundo ela, “aprender com quem sabe”. Neco deve tomar rumo também à capital nesta semana, para as últimas articulações antes da convenção do PMDB.   Concurso Termina amanhã o prazo de inscrição para o concurso da Câmara de São João da barra. São sete vagas imediatas: almoxarife (1) e motorista (4); tesoureiro (1) e contador (1). Os salários são de R$ 1.608,92 e R$ 4.591,17, médio e superior, respectivamente. Os interessados podem se inscrever pelo site www.gualimp.com.br onde também é possível ler o edital.   Otimismo (I) O Dia dos Pais deverá ser a primeira data promocional do calendário do comércio a indicar uma reação positiva no consumo. A análise é do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Campos, Joilson Barcelos, que prevê percentuais modestos.   Otimismo (II) Joilson acredita que o mesmo deve se repetir no Dia das Crianças, em outubro, e no Natal. Acrescenta que com um Natal com vendas mais robustas, se apresentará outro forte indicativo: o de que o ano de 2017 marcará o início da retomada do consumo. PT sinaliza nome próprio As articulações do político da Lapa para levar o precioso tempo de propaganda do PT para a Frente Popular Progressista parecem ter sido em vão. Petistas de Campos se reuniram nesse sábado com membros das executivas estadual e nacional (aqui). A sinalização foi de candidatura própria, com o sindicalista Hélio Anomal. Se não conseguiu o minuto de propaganda eleitoral de TV à tarde e noite, mais oito spots de 30 segundos diários do PT, o líder rosáceo poderá se conformar com as tentativas de inviabilizar que os mesmos caíssem no colo de Caio Vianna (PDT) ou Rafael Diniz (PPS), pré-candidatos mais bem colocados em pesquisa que os nomes do governo.   Publicado na edição deste domingo (24) da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
Manobras PR e PRB, entre Rio e Campos, por que papai mandou?
23/07/2016 | 14h26
Ponto-final1Para apoiar quem? A deputada Clarissa Garotinho (PR) saiu da disputa pela Prefeitura do Rio (aqui). Para quem acompanhou o recuo (aqui) da candidatura de Alexandre Tadeu, o Tô Contigo (PRB), a prefeito de Campos, com a justificativa dos planos do partido em outras cidades, parece claro que o apoio dela vai para o senador e pré-candidato Marcelo Crivella (PRB). Aliás, o diretório carioca do PR já teria sinalizado tal apoio.   Articulações Mas esse tabuleiro é mais complexo do que se pode imaginar. A executiva estadual, sob o comando do pai da deputada, estaria disposta a apoiar o deputado federal Indio da Costa, do PSD. O partido esteve na oposição em Campos, mas após articulações passou a integrar a Frente Popular Progressista. A ideia seria simular um rompimento entre pai e filha para conseguir agradar Indio e Crivella.   De novo? Se a perspectiva for confirmada, seria mais uma rasteira que o senador levaria do ex-governador: derrotado no primeiro turno em 2014, ele prometeu (aqui) a Crivella uma vitória em Campos no segundo. No entanto, com apoio da oposição, o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) foi mais votado no município (aqui), vencendo em cinco das sete zonas eleitorais.   O que papai mandou O PRB pode se arrepender de ter recuado em Campos. Afinal, quando é para intervir nas decisões do PR, e da filha, o secretário de Governo de Campos não é de ficar para trás. Em abril, às vésperas da votação do impeachment na Câmara, Clarissa — que chegou a declarar (aqui) apoio ao afastamento de Dilma Rousseff — tirou licença de 120 dias. Sua ausência foi voto favorável à petista. Como noticiado na mídia nacional (aqui), o afastamento foi barganhado pela terceira “venda do futuro” de Campos, com parcelas até 2026, sacramentada nos últimos minutos de Dilma no Planalto, em 11 de maio. Publicado na edição deste sábado (23) da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
Cacique do PMDB no Rio, Picciani sonda Bruno como candidato a prefeito de SJB
23/07/2016 | 12h05
brunnO quadro político em São João da Barra pode ter mudança radical nos próximos dias e com apoio do cacique do PMDB no Rio, Jorge Picciani, presidente do partido e da Alerj. Como informou a coluna Ponto Final na edição deste sábado (23) da Folha da Manhã, Picciani propôs, há cerca de duas semanas, que o deputado estadual Bruno Dauaire (PR) viesse candidato a prefeito de São João da Barra. O cacique estaria preocupado com o alto índice de rejeição, registrado em pesquisas, do candidato natural entre os peemedebistas sanjoanenses, o prefeito Neco. Nas negociações, Bruno concorreria pelo PR, mas depois da eleição, independente do resultado, migraria ao PMDB. Vale destacar que o jovem deputado teve apoio irrestrito de Wladimir Garotinho (PR), impedido pelo próprio pai de concorrer à vaga, na campanha de 2014. Mas em 2018 Wladimir pode ser candidato. O convite de Picciani seria uma alternativa a Dauaire. Contestado pela coluna, Bruno foi evasivo: “Converso bastante com o presidente sobre a Alerj, o Estado do Rio e a política da nossa região”. A assessoria de Picciani, questionada por e-mail, não respondeu.
Comentar
Compartilhe
Partido de Neco e aliados agendam convenções; PP, de Carla, remarca
23/07/2016 | 09h17
[caption id="attachment_6052" align="alignleft" width="1092"]Carlaaa-e-Necooo22222 Partidos dos pré-candidatos a prefeito definiram dias para convenções[/caption] Como determina o calendário eleitoral deste ano, os partidos têm até 5 de agosto para realizar convenções. À exceção do PR, os outros que tendem a lançar candidatos a prefeito já definiram suas datas. O PMDB, do prefeito Neco, vai realizar a reunião no dia 4 de agosto, das 20h às 22h. Já o PP, da pré-candidata Carla Machado (PP), que havia convocado a reunião para este domingo (24), transferiu para o dia 31 de julho (também domingo), das 10h às 19h. Aliados governistas — Também já definiram as datas das suas convenções outros partidos que tendem a caminhar na base governista. PSDB, PT do B e DEM farão suas reuniões no mesmo dia do PMDB.
Comentar
Compartilhe
SFI: PMDB fará convenção dia 30 e Pedrinho será confirmado à reeleição
22/07/2016 | 22h48
Pedrinho ChereneO PMDB já agendou a data de sua convenção em São Francisco de Itabapoana: será no dia 30 de julho, mesmo dia para o qual está marcado ma reunião do PSB. Os peemedebistas devem confirmar o nome do prefeito Pedrinho Cherene como candidato à reeleição. Após seu primeiro mandato à frente da Prefeitura, Cherene vai ter o nome testado nas urnas novamente. Seus prováveis adversários são Francimara Barbosa Lemos (PSB), ex-secretária de Assistência Social e primeira-dama na gestão que antecedeu Pedrinho; e o vereador Marcelo Garcia (PSDB), que foi líder do governo na Câmara até abril deste ano. A próxima semana será de definições no quadro político sanfranciscano.
Comentar
Compartilhe
Carla vai ao encontro de Dornelles
22/07/2016 | 22h26
[caption id="attachment_8397" align="alignleft" width="300"]Reprodução/Facebook Reprodução/Facebook[/caption] Na reta final das articulações políticas, tendo em vista o período de convenções, a pré-candidata a prefeita Carla machado (PP), esteve nesta sexta-feira (22) com o governador em exercício Francisco Dornelles, presidente de honra do Partido Progressista. “Aproveitando a estada aqui no Rio para aprender com quem sabe”, escreveu a pré-candidata. A convenção do PP em São João da Barra estava marcada para este domingo, dia 24. No entanto, como todos os partidos de oposição tem mudado as datas de suas convenções, é provável que a do PP também seja alterada, ao menos adiada para a próxima semana. Comentário — Devido a recentes notas publicadas por jornais cariocas, como Extra (aqui) e O Dia (aqui), com relação a uma possível inelegibilidade, Carla fez um comentário nas redes sociais: “Sempre nessa época pré-eleitoral nós sofremos muitos ataques caluniosos e não será diferente dessa vez. Como vcs sabem, nas últimas eleições devido à incapacidade de ganhar no voto, nossos adversários vem com armações e estorinhas repetidas, tipo: ‘vão ganhar e não vão levar’, ‘não serão candidatos’, pesquisas inventadas e por aí vai... e nem mesmo com essas apelações e baixarias, conseguiram nos tirar a o longo desses anos a alegria da vitória”.
Comentar
Compartilhe
Moro diz que grampos poderiam justificar prisão de Lula
22/07/2016 | 20h43
noticia_125927_img1_3f1Em despacho de quinze páginas, o juiz federal Sérgio Moro fulminou, um a um, os argumentos da defesa do ex-presidente Lula que pedia sua suspeição para continuar na condução das investigações sobre o petista. Moro decidiu, taxativamente, não abrir mão do caso e disse que ‘falta seriedade’ à argumentação da defesa. O magistrado afirmou ainda que os grampos que pegaram o ex-presidente em março deste ano, na Operação Aletheia, poderiam justificar a prisão temporária de Lula, mas que na ocasião, acabou-se optando por ‘medida menos gravosa’, no caso, a condução coercitiva do petista. lula-abr-1A defesa de Lula informou, em nota, ter conhecimento que “Moro recusou-se a reconhecer que perdeu a imparcialidade para julgar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e apresentou sua defesa para futuro julgamento pelo Tribunal Regional Federal da 4ª. Região”. Segundo os advogados do petista, “a defesa apresentada por Moro, todavia, apenas deixou ainda mais evidente a sua parcialidade em relação a Lula, pois a peça: acusa; nega, de forma inconsistente, as arbitrariedades praticadas; faz indevidos juízos de valor; e, ainda, distorce e ignora fatos relevantes”. Fonte: Blog do Fausto Macedo (aqui)/ Estadão
Comentar
Compartilhe
MP requer afastamento do prefeito de Cabo Frio
22/07/2016 | 16h45
[caption id="attachment_8389" align="alignleft" width="300"]Alair enfrenta grave crise em Cabo Frio e este com Dornelles nesta semana em busca de recurso, mas o governador respondeu que Dornelles respondeu que não tem “nem para o cafezinho” Alair enfrenta grave crise em Cabo Frio e este com Dornelles nesta semana em busca de recurso, mas o governador respondeu que Dornelles respondeu que não tinha “nem para o cafezinho”[/caption] O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro  ajuizou ação civil pública, com pedido de liminar, que requer à Justiça o afastamento do prefeito de Cabo Frio, Alair Francisco Corrêa, e a suspensão da nomeação dos secretários de Fazenda e Assistência Social, cargos ocupados pelo irmão e filha do prefeito, respectivamente. A medida foi tomada pela 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo Cabo Frio em razão das diversas irregularidades verificadas na gestão de Alair Corrêa, que vai responder por improbidade administrativa. Subscrito por seis promotores de Justiça, o documento narra que o prefeito violou a independência entre os poderes ao não submeter à Câmara dos Vereadores o julgamento das contas municipais de 2012, que tiveram parecer contrário do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro.  De acordo com ação, o prefeito subjugou o Poder Legislativo Municipal, cujo presidente é seu filho, ao fazer a seguinte declaração à imprensa: “até as contas dele, que estão rejeitadas pelo Tribunal de Contas... eu tenho um filho presidente, e eu tinha maioria, não coloquei em votação até hoje”. A ação também acusa Alair de nepotismo. Ele nomeou o irmão, Axiles Francisco Corrêa, para o cargo de Secretário Municipal de Fazenda e a filha, Carolina Trindade Corrêa, para a pasta da Assistência Social do município. Entre as irregularidades verificadas pelo MPRJ na atual gestão estão também a desordem e completo caos na saúde, assistência social, educação e saneamento básico da cidade. Inúmeras denúncias chegam diariamente à Ouvidoria do MPRJ dando conta da ausência de prestação de serviços essenciais. “Greves, protestos e tumultos tornaram-se frequentes em Cabo Frio nos últimos meses”, ressaltam os promotores. Atraso nos vencimentos de servidores, ausência de prestação de contas ao TCE-RJ, falta de publicidade dos atos oficiais e descumprimento reiterado de decisões judiciais e TAC’s firmados com o MPRJ são, ainda, irregularidades apontadas na ação. Fonte: Assessoria
Comentar
Compartilhe
Após PRB recuar em Campos, Clarissa desiste de candidatura no Rio
22/07/2016 | 13h58
clarissa-mrA deputada federal Clarissa Garotinho (PR) desistiu da candidatura à Prefeitura do Rio. Ela disse que estava encontrando dificuldades para firmar o seu nome dentro do próprio partido, já que esta vai ser uma eleição com muitos candidatos e pouco tempo de campanha, conforme informou a jornalista Berenice Seara, no Extra (aqui). A desistência de Clarissa acontece dois dias de uma decisão “por cima” minar os planos do vereador Alexandre Tadeu, o Tô Contigo (PRB), de disputar a Prefeitura de Campos. Como a Folha mostrou (aqui), a decisão do partido da Igreja Universal teria sido tomada para garantir alianças em outros municípios. Na cidade do Rio, por exemplo, o senador Marcelo Crivella (PRB) tem a intenção de disputar à Prefeitura e articulava apoio do PR e da então pré-candidata Clarissa Garotinho. Tô Contigo aparecia bem nas pesquisas de intenção de votos em Campos. Na última sondagem do instituto Pro4, divulgada pela Folha (aqui) em 12 de junho, o vereador estava em segundo lugar com 13,4%, tecnicamente empatado na primeira colocação com Caio Vianna (PDT - 15,2%), Rafael Diniz (PPS – 11,3%) e Dr. Chicão (PR – 8,4%). Com base eleitoral popular como a do grupo rosáceo, a pré-candidatura de Alexandre teria sido minada pelos governistas. O secretário de Governo chegou a ir por três vezes ao programa comandado por Tadeu – que na Câmara é da bancada independente – falar dos feitos do governo Rosinha (PR).  
Comentar
Compartilhe
Neco: depois de tantas decepções, encontramos pessoas de caráter
22/07/2016 | 12h30
FB_IMG_1466038658050A saída do PSB do arco de aliança de Neco (PMDB) para apoiar (aqui) a pré-candidata Carla Machado (PP) já se desenhava há algum tempo nos bastidores da política sanjoanense, mas só foi concretizada na semana passada. A insatisfação de Analiel Vianna, principal nome do partido no município, com o grupo do prefeito era visível. No entanto, ainda faltava definir o rumo político de alguns pré-candidatos a vereador, que estiveram no governo até o prazo limite para desincompatibilização. Segundo Neco, eles mostraram que são “companheiros leais, fiéis e acima de tudo, amigos”. O prefeito ainda destinou duras críticas a Analiel e — Depois de tantas decepções que tivemos, encontramos pessoas de caráter e de respeito. Estou me referindo aos amigos Francisco Gregório, Merrinho e Nenel (até então pré-candidatos a vereador pelo PSB). Todos de São João da Barra e que não viviam diariamente comigo fazendo mil promessas de fidelidades. O traidor foi sozinho com o partido vendido - PSB. Mais uma vez venho parabenizar estes três homens de palavra, que infelizmente não tive nos demais que saíram. Estes merecem respeito de todos nós. Hoje tenho certeza que muitos que foram se arrependerão por promessas que receberam e não foram e não serão cumpridas — escreveu o prefeito.
Comentar
Compartilhe
PSB confirmará pré-candidatura de Francimara em SFI dia 30 de julho
22/07/2016 | 11h40
[caption id="attachment_8370" align="alignleft" width="300"]Partido da pré-candidata a prefeita tem convenção marcada (Reprodução/Facebook) Partido da pré-candidata a prefeita tem convenção marcada (Reprodução/Facebook)[/caption] O PSB vai realizar sua convenção no dia 30 de julho em São Francisco de Itababoana. O partido tende a lançar como candidata a prefeita Francimara Barbosa lemos. Ex-secretária de Assistência Social, Francimara chegou a ser primeira dama do município, quando Frederico Barbosa Lemos assumiu o comando do município, após a cassação de Beto Azevedo. A pré-candidatura de oposição foi uma das primeiras anunciadas no município. No mesmo dia, Rede e DEM realizam suas convenções no município sanfranciscano.
Comentar
Compartilhe
SJB: PSL agenda convenção; PPS remarca
22/07/2016 | 10h20
urna-eletronica-nas-eleicoes-municipais-1347637951253_300x300Mais um partido que tende a caminhar com a aliança governista agendou sua convenção em São João da Barra. Os membros do PSL estarão reunidos no dia 2 de gosto. Já entre as legendas que vão caminhar no arco de oposição, o PPS remarcou sua convenção para o dia 29 de julho. Anteriormente, a reunião estava prevista para ter acontecido no último dia 20. De acordo com o calendário eleitoral, as convenções devem acontecer até 5 de agosto. A partir daí, o registro da candidatura deverá ser feito até 15 e a campanha começa no dia seguinte. Nas convenções, os partidos definem seus candidatos a vereador, as coligações, e se vão lançar candidato a prefeito ou irão apoiar um nome de outra legenda.
Comentar
Compartilhe
SFI: PMB declara apoio a Marcelo Garcia
22/07/2016 | 09h30
[caption id="attachment_8363" align="alignleft" width="300"]Luciano Freitas declara apoio a Marcelo Garcia Luciano Freitas declara apoio a Marcelo Garcia[/caption] Mudanças nos bastidores da política de São Francisco de Itabapoana. O Partido da Mulher Brasileira (PMB), que até então caminharia na coligação que apoiará o prefeito Pedrinho Cherene (PMDB), pré-candidata à reeleição, informou que a partir de agora caminha com o vereador Marcelo Garcia (PSDB). Segundo Luciano Freitas, representante do PMB na região, o partido “Acreditamos que SFI pode muito mais”, afirmou Luciano. A disputa em São Francisco deve contar com as pré-candidaturas de Pedrinho, Marcelo e Francimara Barbosa Lemos (PSB). Antes de divulgar interesse em disputar à Prefeitura, Marcelo era líder do governo na Câmara.
Comentar
Compartilhe
Romário deixará presidência do PSB no Rio e não vai disputar Prefeitura
21/07/2016 | 16h48
Romário_SenadoO senador Romário (PSB-RJ) desistiu de se candidatar à Prefeitura do Rio. A decisão foi comunicada na tarde desta quinta-feira (21) durante uma reunião com o presidente do PSB, Carlos Siqueira, o senador Renato Casagrande (PSB-ES) e o secretário-geral do PSB no Rio, Marco San. O encontro aconteceu em um hotel no Flamengo, Zona Sul do Rio. Romário também deixará a presidência dos diretórios municipal e estadual do partido. As novas composições das instâncias partidárias serão anunciadas amanhã. Caberá aos novos dirigentes conduzir a aliança na capital. Uma das possibilidades é o apoio ao senador Marcelo Crivella, pré-candidato do PRB. Na região — O senador chegou a ser considerado padrinho de uma tabelinha entre Caio Vianna (PDT) e Gil Vianna (PSB) para disputa da Prefeitura de Campos, respectivamente como prefeito e vice. Desde que lançou sua pré-candidatura, Gil condicionou o seu nome ao apoio de Romário. Agora, com a mudança na direção estadual, os rumos da política na planície também pode mudar. Em São João da Barra, o partido chegou a declarar apoio ao prefeito Neco (PMDB), mas nos últimos dias declarou apoio à pré-candidata Carla Machado (PP). Já em São Francisco de Itabapoana, também com apoio do senador, foi lançada a pré-candidatura a prefeita de Francimara Barbosa Lemos. Com informações do Extra
Comentar
Compartilhe
SJB : Número de eleitores é maior que o de habitantes
21/07/2016 | 16h12
Sem títuloEleitores em SJB Dados divulgados nesta quarta-feira (20) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revelaram (aqui), mais uma vez, que São João da Barra tem um número de eleitores superior ao de habitantes. Segundo o TSE, para o pleito de 2016, 37.631 eleitores sanjoanenses estão aptos. Na disputa de 2014, o município contava com 34.506 eleitores regulares — um aumento de cerca de 9% em dois anos. Nas estimativas do IBGE, com base no Censo 2010, o município conta com 34.583 habitantes atualmente. Não é a primeira vez que São João da Barra aparece com número de eleitores superior ao de moradores em uma eleição municipal. O fato também foi observado no pleito de 2012. À época, o chefe de cartório da 37ª Zona Eleitoral informou que o domicílio eleitoral pode ser diferente do civil. A discrepância surge daí. Só é necessário comprovar algum vínculo (social, trabalhista, etc.) com o município no qual deseja votar. Por óbvio, não é possível ter dois ou mais domicílios eleitorais. Água Problema com abastecimento de água em São João da Barra são recorrentes. A Cedae às vezes nega, depois confirma problema. E o povo vai tentando se “ajustar” aos dias que a língua salina não chega ao ponto de captação. Câmara... O número de vereadores que não vão concorrer a um mandato no mesmo cargo poderia chegar a três, agora não vai passar de dois. Aluizio Siqueira (PP) e Sônia Pereira (PT) abriram mão de ser pré-candidatos a vice na chapa de oposição para tentar uma cadeira na Casa novamente. Indefinição Se o caso dos dois já foi definido, resta saber ainda o destino de Kaká (PT do B) e Franquis Areas (PR). O vereador do PR é cotado como prefeitável. Kaká surge como quem poderia compor a chapa governistas. A confirmar. Convenções Após ter agendado todas as convenções para o período entre 20 e 24 de julho, os partidos da oposição em SJB começaram a remarcar as reuniões para a semana seguinte. Os governistas começam a agendar as suas. Reeleição? O prefeito Neco (PMDB), ainda não confirmou se será candidato à reeleição. Vale lembrar que o período de convenções partidárias já começou e nada de oficial foi divulgado até agora. Pelo visto o mistério só chegará ao fim no dia da convenção do PMDB, ainda sem data definida. Aliança Por falar em mistério, durante uma reunião com seu grupo político na última segunda-feira, Neco saiu às pressas após receber uma ligação do secretário de Governo de Campos. A aliança PMDB e PR já estaria fechada? E quem vai encabeçar a chapa? Atafona A Câmara de SJB realizou mais um “Câmara Cultural”, desta vez com Atafona como tema. O evento no recesso do Legislativo sanjoanense, que já homenageou outros distritos, está consolidado de vez no calendário cultural. E Atafona, como já disse o poeta e ilustrou o convite do evento, “não tem par”. *Publicado na edição desta quinta-feira (21) da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
MPF denuncia Lula por obstrução à Lava Jato
21/07/2016 | 15h44
lula-abr-1O Ministério Público Federal em Brasília ofereceu, nesta quinta-feira (21), à Justiça denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-senador Delcídio Amaral, o banqueiro André Esteves e o pecuarista José Carlos Bumlai e mais três pessoas por agirem para atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato. A Procuradoria da República confirmou denúncia que havia sido oferecida em dezembro pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot. O caso estava no Supremo Tribunal Federal, mas com a cassação de Delcídio desceu para a primeira instância. O procurador Ivan Cláudio Marx confirmou a denúncia de Janot e ainda fez acréscimos à acusação inicial. Eles foram acusados pelos crimes de organização criminosa, exploração de prestígio e patrocínio infiel. A denúncia está sob sigilo, mas o MPF pediu que a Justiça abra os detalhes da apuração. Fonte: Coluna do Estadão (aqui)/Estadão
Comentar
Compartilhe
O Dia: impasse na oposição sanjoanense
21/07/2016 | 14h42
odiaA política sanjoanense tem chamado atenção também de jornais cariocas. Depois de a jornalista Berenice Seara, do jornal Extra, publicar nota em sua coluna sobre contas (aqui) da ex-prefeita Carla Machado (PP) a serem revisadas no Tribunal de Contas do Estado, desta vez foi Paulo Campeli, na coluna “Informe”, do jornal O Dia, quem comentou sobre um suposto desgaste no grupo de oposição, envolvendo Carla e o presidente da Câmara, Aluizio Siqueira (PP). Segundo a nota, Aluizio quer se lançar à Prefeitura, no caso de Carla ficar inelegível, mas ela não aceitaria o seu nome. O presidente da Câmara de SJB acredita que a nota tenha sido “plantada” por adversários para tentar fazer intrigas entre o grupo. “A minha pré-candidata a prefeita é Carla, estou com ela, sou pré-candidato a vereador. Nada daquilo (da nota) procede. Isso é para fazer intriga”, declarou Aluizio. Carla nega a inelegibilidade e diz que são fatos criados pelos adversários. Ela recorda que na campanha de 2014, quando disputou uma cadeira na Alerj, circulou a mesma história: “Fui candidata em 2014 a deputada estadual. Obtive quase 25 mil votos, todos foram validados e fui inclusive diplomada como suplente de deputada”. Existem dois pedidos de revisão de contas da ex-prefeita no TCE. Na reunião(aqui) da última sexta , quando foi definido o nome de Alexandre Rosa (PRB) como pré-candidato a vice do grupo, o presidente da Câmara retirou seu nome da disputa, uma vez que, em pesquisa para ser o vice, estaria à frente de Rosa e atrás de Sônia Pereira (PT), que também desistiu. Aluizio teria dito que Alexandre merecia ser o vice e que a decisão tinha o intuito de evitar rachas no grupo. Atualizado às 17h — Inclusão da fala de Aluizio.
Comentar
Compartilhe
SJB: PMB e PMN agendam convenções; PEN, PSC, PRB, PC do B e PSB remarcam
21/07/2016 | 09h51
urna-eletronica-nas-eleicoes-municipais-1347637951253_300x300Mais mudanças no calendário de convenções sanjoanense. Em publicações nesta quinta-feira (21), mais cinco partidos da aliança de oposição remarcaram as datas e o PMB e PMN, que tendem a caminhar entre os governistas, agendaram as datas das suas reuniões. As convenções do PMB e do PMN vão acontecer no dia 30 de julho. Já entre os partidos de oposição, o PEN, que faria a convenção no dia 20 de julho, adiou para o dia 28; a convenção do PSC, marcada a princípio para 21 de julho, foi adiada para o dia 29; já as convenções do PRB, que seria no dia 21, do PC do B, inicialmente agendada para o dia 22, e do PSB, antes prevista para o dia 24, foram adiadas para o dia 31 de julho. De acordo com o calendário eleitoral, as convenções devem acontecer até 5 de agosto. A partir daí, o registro da candidatura deverá ser feito até 15 e a campanha começa no dia seguinte. Nas convenções, os partidos definem seus candidatos a vereador, as coligações, e se vão lançar candidato a prefeito ou irão apoiar um nome de outra legenda.
Comentar
Compartilhe
Cardoso Moreira: Gegê Cantarino lidera pesquisa Pro4
20/07/2016 | 20h53
cardosoO cenário que aparecia (aqui) indefinido e marcado por empates técnicos em Cardoso Moreira, agora apresenta nova realidade. A mais recente pesquisa do instituto Pro4 no município apresenta o prefeito Gegê Cantarino (PMDB) com vantagem, além da margem de erro, sobre o principal adversário, o ex-prefeito Gilson Siqueira (PP).  Caso as eleições fossem hoje, aponta pesquisa, Gegê teria 56,3% dos votos, ante 43,7% de Gilson Siqueira (PP), em um cenário estimulado (apenas com os dois como candidatos), excluindo os votos brancos, nulos e indecisos. A edição da Folha da Manhã desta quinta-feira (21) mostra os números da sondagem espontânea, com dois cenários distintos na estimulada e com votos válidos (excluindo brancos, nulos e indecisos), além da rejeição dos pré-candidatos. Os números podem ser conferidos na Folha Online (aqui). O Pro4 ouviu 431 eleitores de Cardoso Moreira no dia 15 de julho. Encomendada pela Folha, a pesquisa tem margem de erro de 4,7 pontos percentuais para mais ou para menos, está registrada no Tribunal Superior Eleitoral, sob a inscrição RJ-04147/2016. Atualização às 9h30 - No texto e título.
Comentar
Compartilhe
Os números da pesquisa Pro4 em SJB
20/07/2016 | 15h50
Sem títuloOs números da Pro4 em SJB Na cidade que respira política, a expectativa nesta terça-feira (19) era pela chegada de mais uma pesquisa eleitoral registrada, revelada pela Folha da Manhã. Tão logo o jornal chegou à cidade, teve fogos — acredita-se que para comemoração de alguns —, e houve quem questionasse o resultado. O Instituto Pro4 apontou que Carla Machado (PP) venceria em qualquer cenário caso a disputa fosse hoje. E a vantagem sobre os adversários seria ampla, superior 70%, excluídos os brancos, nulos e indecisos, tanto contra o prefeito Neco (PMD), como contra o vereador Franquis Areas (PR). A comparar com a última pesquisa do mesmo instituto, publicada em maio, Carla cresceu 9,6% na pesquisa espontânea, enquanto Neco teve queda de 3,1%. Infooo1 Motivos Não é de se estranhar que os números para Neco estejam pior nesta pesquisa. Foi a primeira após as medidas impopulares do decreto de emergência econômico-financeira. Além disso, as incertezas no grupo colaboram para isso. Ele vai disputar o segundo mandato? Tem vice definido? São perguntas sem respostas até esta quarta-feira (20), quando os partidos dão início às convenções. Infooo2Surfando Por outro lado, Carla conseguiu tirar algumas legendas importantes que tinham declarado apoio a Neco e conta com apoio de muitos dos que se sentiram penalizados de alguma forma pelo decreto. Ela também conseguiu articular com seu grupo, sem rachas aparentes, a indicação de um vice em comum acordo, o atual, Alexandre Rosa (PRB). Risco Para não dizer que tudo são flores na oposição, a jornalista Berenice Seara, em sua coluna no jornal Extra, trouxe à tona o risco de inelegibilidade da ex-prefeita e pré-candidata ao mesmo cargo. São pendências no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Carla aguarda revisão, mas salienta que todos os problemas que teve em 2014 foram solucionados e não teve seu nome incluído na lista do Tribunal de Contas da União (TCU). Todos aguardam, agora, a lista do TCE. Infooo3Rejeição Além de apresentar resultados muito baixos nas intenções de votos, seja na espontânea (9,9%) ou na estimulada (12,4%), Neco aparece bem à frente dos demais no quesito rejeição, chaga 73,2%. Um risco muito alto para quem tenta o primeiro mandato, ainda mais para reeleição em um cenário de crise. A rejeição de Carla chega a 11% Infooo4Crescimento O vereador Franquis aparece com rejeição (34,3%) menor que a metade de Neco. Ainda assim um número alto. Porém, Franquis tem uma parcela considerável, algo que gira na casa de 1/3 dos entrevistados, que afirmou não o conhecer. É um eleitorado que pode ser conquistado, como pode também ser um eleitorado difícil de atrair nesta campanha de “tiro curto” — 45 dias. Reflexo Quem acompanha política está cansado de saber: pesquisa é o reflexo do momento. Vamos aguardar o desenrolar dos fatos e a avaliação do cenário em outros momentos. Realizada entre os dias 8 e 10 de julho, com 426 sanjoanenses, a pesquisa, que tem margem de erro de 4,7 pontos percentuais para mais ou para menos, está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob a identificação RJ-04190/2016. Publicado na edição desta quarta-feira (20) da Folha da Manhã
Comentar
Compartilhe
SJB tem 37,6 mil eleitores; limite de gastos na campanha é de R$ 719 mil
20/07/2016 | 14h30
aereasaojoao_NovaCandidatos a prefeito de São João da Barra poderão gastar até R$ 719.021,86 na campanha eleitoral deste ano, enquanto para vereadores o teto é de R$ 51.717,27. Os valores foram divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral nesta quarta-feira (20) em uma relação para gastos eleitorais nos 5.570 municípios do país (confira aqui). Ainda segundo informações do TSE, o número de eleitores sanjoanenses aptos no pleito deste ano é de 37.631. Confiram o limite em outras cidades da região Norte Fluminense:

Cidade

Eleitorado Limite de gastos para prefeito Limite de gastos para vereador
Campos dos Goytacazes 359.323 R$ 2.123.379,03 (1º turno) R$ 637.013,71 (2º turno) R$ 280.295,75
São Francisco de Itabapoana 37.180 R$ 293.841,52 R$ 18.060,84
São Fidélis 30.753 R$ 592.102,49 R$ 107.589,97
Cardoso Moreira 11.621 R$ 146.186,85 R$ 10.803,91
Macaé 156.977 R$ 2.577.907,44 R$ 253.322,86
Carapebus 12.363 R$ 270.680,40 R$ 10.803,91
Conceição de Macabu 17.631 R$ 181.048,23 R$ 18.085,19
Quissamã 18.091 R$ 456.896,08 R$ 74.306,37
Comentar
Compartilhe
Bruno Dauaire: efetivo da PM na região não será deslocado para Olimpíadas
20/07/2016 | 11h46
Bruno_PMO deputado estadual Bruno Dauaire (PR) informou na manhã desta quarta-feira (20) que os policiais militares do interior, especialmente do Norte Fluminense, não serão deslocados para atender à capital fluminense em agosto durante os jogos Rio 2016. “Ontem (19) me reuni com o comandante geral da PM, Duarte, e com o major Marcos (interlocutor da PM) para tratar de assuntos relacionados à segurança na região. Foi batido o martelo que nossos policiais não servirão às Olimpíadas e ficarão na região”, afirmou. No encontro, Bruno aproveitou para conversar sobre melhor estrutura para PM, o retorno de policiais que tinham sido transferidos dos batalhões do interior e sobre a importância do Regime Adicional de Serviços (RAS) para dar suporte aos municípios do interior.
Comentar
Compartilhe
“Resultado foi satisfatório, nunca me coloquei prefeitável”, diz Franquis Areas
20/07/2016 | 10h47
Feijoada da Folha da Manhã, Franquis Areias 05-06-2016 foto Michelle Richa (76)O vereador Franquis Areas (PR), nome que tem o apoio do partido para uma possível candidatura à Prefeitura de São João da Barra, disse estar satisfeito pelo resultado da pesquisa Pro4 divulgada (aqui) na edição de terça-feira (19) da Folha da Manhã, na qual ele aparece praticamente com o mesmo índice de intenções de votos do prefeito Neco (PMDB) e apresenta uma rejeição 50% inferior a dele. “Nunca me apresentei como pré-candidato a prefeito aos meus amigos, aos que caminham comigo. Então, esse resultado, praticamente com os mesmos números do Neco, me deixou muito feliz. A pesquisa mostrou que 1/3 dos entrevistados não me conhece, acredito que seja pessoalmente. Mas isso deixa claro que temos a possibilidade de chegar perto deste eleitorado, de fazer o nosso nome crescer. Estamos aguardando um posicionamento do prefeito. Na segunda (18) tivemos uma reunião de pré-candidatos, advogado e contador. O grupo está empolgado”, afirmou. A pré-candidata Carla Machado (PP) também avaliou a pesquisa, como você pode conferir aqui. Neco, procurado na terça para comentar o resultado, não atendeu aos telefonemas.
Comentar
Compartilhe
“Pesquisa retrata expectativa do meu retorno”, diz Carla Machado
20/07/2016 | 10h47
FB_IMG_1467644968035*Com informações do jornalista Mário Sérgio Junior Pré-candidata a prefeita, e liderando com folga a pesquisa do Instituto Pro4 divulgada (aqui) na edição de terça-feira (19) da Folha da Manhã, Carla Machado (PP) considera o resultado como reflexo da insatisfação da população com a atual gestão e a expectativa por seu retorno à Prefeitura. Carla já foi prefeita por duas vezes (2005-2012) e participou ativamente da campanha que elegeu o prefeito Neco (PMDB), seu então aliado político. “A pesquisa retrata a insatisfação da população sanjoanense com a atual gestão. Fico muito feliz em aparecer com um bom resultado nas intenções de voto, principalmente nesse momento quando o país está tão desacreditado no meio político. Só tenho a agradecer a Deus e a população que desde sempre esteve comigo e que agora tem essa expectativa do meu retorno. Essa satisfação é refletida desde o último ano de meu governo quando tive 87% de aprovação, sendo 73% de ótimo e bom”, afirmou. O vereador Franquis Areas (PR) também avaliou a pesquisa, como você pode conferir aqui. Neco, procurado na terça para comentar o resultado, não atendeu aos telefonemas.
Comentar
Compartilhe
SJB: PDT agenda convenção; Rede, PT, PTB, PV, PRP e PSDC remarcam
20/07/2016 | 10h02
urna-eletronica-nas-eleicoes-municipais-1347637951253_300x300Mais mudanças no calendário de convenções sanjoanense. Em publicações nesta quarta-feira (20), primeiro dia autorizado pela Justiça Eleitoral para realização das convenções, seis partidos da aliança de oposição remarcaram as datas e o PDT, que tende a caminhar entre os governistas, agendou o dia da sua reunião. A convenção do PDT vai acontecer no dia 26 de julho. Já entre os partidos de oposição, Rede e PT, que fariam as convenções no dia 22 de julho, e o PSDC, que havia convocado a reunião para o dia 23 de julho, adiaram para o dia 30; já as convenções do PV, que seria no dia 21, do PTB e PRP, inicialmente agendadas para o dia 22, foram adiadas para o dia 28 de julho. De acordo com o calendário eleitoral, as convenções devem acontecer entre os dias 20 de julho e 5 de agosto. A partir daí, o registro da candidatura deverá ser feito até 15 e a campanha começa no dia seguinte. Nas convenções, os partidos definem seus candidatos a vereador, as coligações, e se vão lançar candidato a prefeito ou irão apoiar um nome de outra legenda.
Comentar
Compartilhe
STF derruba decisão que bloqueou WhatsApp no país
19/07/2016 | 17h53
whatsO presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, decidiu derrubar a decisão da Justiça do Rio de Janeiro que suspendeu (aqui) o serviço do aplicativo de troca de mensagens WhatsApp. O aplicativo deve voltar a funcionar após as operadoras de telefonia serem notificadas da decisão. O pedido liminar, feito pelo PPS, foi encaminhado para o presidente da Corte devido ao período de recesso de julho no tribunal. O bloqueio do WhatsApp foi determinado nesta terça-feira (19) pela juíza Daniella Barbosa Assumpção de Souza, da 2ª Vara Criminal de Duque de Caxias. Na decisão, a magistrada alegou que o aplicativo descumpriu decisão judicial de interceptar mensagens trocadas pelo aplicativo de troca de mensagens em uma investigação criminal. Essa é a terceira vez que o WhatsApp é suspenso no país. Após a decisão, Facebook, que é proprietário do aplicativo WhatsApp, alegou que não poderia cumprir a decisão porque as mensagens são criptografadas e, portanto, não acessíveis. Desde abril deste ano, o WhatsApp começou a adotar o recurso de segurança chamado criptografia de ponta-a-ponta. Fonte: Agência Brasil
Comentar
Compartilhe
Rede e PSL correm risco de não disputar eleições em Campos
19/07/2016 | 14h01
urna-eletronica-nas-eleicoes-municipais-1347637951253_300x300O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) determinou a suspensão de cerca de 300 órgãos partidários — regionais e municipais — por não terem comunicado à Justiça Eleitoral sua inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), conforme determina o artigo 35, § 9º, da Resolução TSE 23.465/2015. Com a decisão, esses órgãos ficam impedidos de lançar candidatos para as eleições de outubro, caso não supram a pendência até a data de realização de suas convenções partidárias. Em Campos, o Rede, partido do vereador Marcão, e o PSL, do vereador Miguelito, são os partidos que estão em pendência com a Justiça. Além de haver informado previamente a todos os órgãos sobre a necessidade de comunicação de sua inscrição no CNPJ, a Justiça Eleitoral enviou, em 21 de junho, ofício aos diretórios regionais do Estado alertando-os sobre a necessidade de orientarem os diretórios municipais que ainda não haviam declarado o número de CNPJ que o fizessem "com a maior brevidade possível, a fim de evitar a suspensão de suas anotações". A inscrição no CNPJ é necessária para que os órgãos partidários possam proceder à abertura de conta bancária específica para movimentação de seus recursos financeiros e, por consequência, realizar as demais atividades de arrecadação e gastos de recursos financeiros, como a emissão de recibos eleitorais e a própria prestação de contas. O Blog do Bastos postou a nota do TRE primeiro (aqui). Fonte: Ascom/TRE Atualização às 15h03 — Correção no título e texto
Comentar
Compartilhe
Justiça determina novo bloqueio do WhatsApp
19/07/2016 | 11h47
whatsA juíza de fiscalização da Vara de Execuções Penais do Rio Daniela Barbosa Assunção de Souza determinou a suspensão do serviço do aplicativo de mensagens WhatsApp em todo o Brasil. Esta é a terceira vez que o WhatsApp é bloqueado pela Justiça no Brasil. Em todos os casos, a suspensão foi uma represália da Justiça por a empresa ter se recusado a cumprir determinação de quebrar o sigilo de dados trocados entre investigados criminais. O bloqueio teve início às 14h. Fonte: O Globo
Comentar
Compartilhe
Adiada a visita do ministro do Desenvolvimento ao Porto do Açu
19/07/2016 | 10h57
marcos-pereira-prb-foto-douglas-gomesA assessoria de imprensa da Prumo Logística, empresa responsável pelo Porto do Açu, em São João da Barra, informou na manhã desta terça-feira (19) que a visita do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Marcos Pereira, prevista (aqui) para a próxima quinta-feira (21) foi adiada. Também estariam no Porto o secretário de Transportes do Estado do Rio de Janeiro, Rodrigo Vieira, e de deputados da Comissão de Viação e Transportes da Câmara Federal. O motivo seria uma mudança na agenda do ministro. “Em breve, divulgaremos uma nova data para o evento, quando o grupo conhecerá o empreendimento e as características que o tornam apto a sediar uma Zona de Processamento de Exportação (ZPE)”, informou a Prumo.
Comentar
Compartilhe
Carla Machado lidera com folga pesquisa Pro4 em SJB
19/07/2016 | 10h20
[caption id="attachment_8267" align="aligncenter" width="951"]IMG-20160718-WA0080 Comparação dos resultados entre Carla e Neco nas pesquisas de maio e julho; resultado da espontânea deste mês; confronto entre Carla e Franquis e avaliação por pré-candidato (Infográfico de Eliabe de Souza)[/caption] A pré-candidata Carla Machado (PP) venceria com folga a disputa pela Prefeitura de São João da Barra, em qualquer cenário, se as eleições fossem hoje. Isso é o que aponta a mais recente pesquisa do Instituto Pro4, realizada entre os dias 8 e 10 de julho, com 426 sanjoanenses. A vantagem de Carla sobre o atual prefeito Neco (PMDB) é superior à divulgada pelo mesmo instituto no início de maio (aqui). A possibilidade de um confronto entre Carla e o vereador Franquis Areas (PR) também foi consultada, mas, considerando a margem de erro de 4,7 pontos percentuais para mais ou para menos, o resultado é praticamente o mesmo. E se a vantagem é ampla nos números da pesquisa, Carla precisa antes resolver uma questão no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Segundo nota (aqui e aqui) da jornalista Berenice Seara, do jornal Extra, a ex-prefeita de SJB estaria entre os prefeitáveis que aguardam a revisão de processos para sair da lista de inelegíveis do Tribunal. Na pesquisa espontânea do Pro4 deste mês, Carla aparece com 50,2% das intenções de votos, ante 9,9% do atual mandatário do município. O vereador Elísio Rodrigues (PDT), que não é pré-candidato a prefeito, foi citado por 0,5% dos entrevistados. Brancos e nulos somam 2,3%, não souberam ou não responderam, 37,1%. Na pesquisa divulgada em maio, Carla aparecia com 48,4%, Neco com 13,6% e o ex-prefeito Betinho Dauaire (PR) tinha 0,7%. No cenário estimulado neste mês, tendo Carla e Neco como adversários, a ex-prefeita aparece com 71,1%, contra 12,4% de Neco. Brancos e nulos são 3,1%, enquanto 13,4% não sabem ou não responderam. Em maio, ela tinha 61,5%. O atual prefeito somava 15,5%. Descartados os votos brancos, nulos e os indecisos, Carla chega a 85,1%, ante 14,9% de Neco. Em maio, a diferença era um pouco menor: 79,9% a 20,1%. De maio a julho, muitas mudanças ocorreram no cenário político. Betinho descartou a possibilidade de ser candidato a prefeito ou o vice de Neco. O prefeito decretou emergência econômica no município, adotando medidas impopulares, e em reunião com o seu grupo falou sobre a possibilidade de não ser candidato. Nesse meio tempo, Betinho lançou Franquis como possível nome do PR na disputa. No cenário com Franquis como candidato do grupo governista, Carla tem 70% das intenções de votos, enquanto o vereador do PR chega a 10,1%. Brancos e nulos somam 4,2%, enquanto 15,2% não sabem em quem votar ou não responderam. Nos votos válidos, Carla tem 87,4%, ante 12,6% de Franquis. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob a identificação RJ-04190/2016. Rejeição — Em avaliação de cada pré-candidato a prefeito de SJB, o Pro4 aponta que o prefeito Neco tem rejeição de 73,2%, enquanto Franquis aparece com 34,3% e Carla, 11,5%. Tribunal vai revisar contas da pré-candidata A jornalista Berenice Seara, em sua coluna no jornal Extra dessa segunda (18), destacou que às vésperas do registro de candidaturas e da divulgação da relação de políticos inelegíveis, o TCE vai revisar as contas de políticos que estariam impedidos de concorrer. Segundo a coluna, entre eles está Carla Machado. A coluna informou que ela teve as contas rejeitadas pelo colegiado em 2011, mas pediu a revisão em abril. As contas são de gestão, diferente das que foram aprovadas na Câmara dos oito anos (2005-2012) da administração de Carla. Em 2014, ela concorreu ao cargo de deputada estadual, teve os votos validados e foi diplomada como suplente pela Justiça Eleitoral. Nas redes sociais, Carla comentou sobre a nota. Disse que a inelegibilidade citada é uma “possibilidade remota” na qual seus adversários estão apostando. Ela aproveitou para “alfinetar” o grupo governista, já que um secretário de Neco teria amizade com a jornalista que publicou a nota: “Até agora ninguém sabe quem concorrerá conosco como prefeito e vice”. Publicado na edição desta terça-feira (19) da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
SJB: PTN e Pros remarcam datas de convenções
19/07/2016 | 10h14
[caption id="attachment_4189" align="alignleft" width="300"]Corrida eleitoral vai ganhando contornos finais Corrida eleitoral vai ganhando contornos finais[/caption] O grupo de oposição em São João da Barra, que já havia marcado (aqui) as datas das convenções dos seus 17 partidos entre 20 e 24 de julho, teve duas alterações. O PTN e o Pros mudaram as datas das suas reuniões de definições partidárias. O PTN, que faria convenção (aqui) no dia 22 de julho, e o Pros, que teria o encontro (aqui) no dia 23, transferiram as convenções para o dia 29 de julho. Entre os governistas, as únicas convenções confirmadas, até o momento, é a da Solidariedade, no dia 31 de julho. Nas convenções, os partidos definem seus candidatos a vereador, as coligações, e se vão lançar candidato a prefeito ou irão apoiar um nome de outra legenda.
Comentar
Compartilhe
SJB: Pesquisa eleitoral “no forno” para publicação nesta terça
18/07/2016 | 20h42
aereasaojoao_NovaA edição da Folha da Manhã desta terça-feira (19) vai mostrar a mais recente pesquisa eleitoral do Instituto Pro4 em São João da Barra. O cenário, como este blog informou na semana passada (aqui), já traz a possibilidade de o vereador Franquis Areas (PR) ser candidato a prefeito caso Neco (PMDB) não dispute a reeleição. A sondagem foi feita com a possibilidade da pré-candidata Carla Machado (PP) enfrentar um ou outro no pleito deste ano. Além disso, os números apontam a rejeição dos três pré-candidatos. Entre os dias 8 e 10 de julho, foram 426 sanjoanenses entrevistados pelo Instituto Pro4, em pesquisa registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob a identificação RJ-04190/2016. A margem de erro é de 4,7 pontos percentuais, para mais ou para menos. Em maio, o Pro4 divulgou (aqui) a primeira pesquisa registrada sobre a corrida eleitoral sanjoanense. Nela, Carla apareceu com 79,9% das intenções, ante 20,1% do prefeito Neco. Confira os detalhes na edição desta terça da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
Carla Machado: Adversários investem numa possibilidade remota de inelegibilidade
18/07/2016 | 15h05
Ex-prefeita de São João da Barra e pré-candidata ao mesmo cargo, Carla Machado (PP), fez uma publicação em seu perfil no Facebook, sobre nota (aqui) da jornalista Berenice Seara, na sua coluna Extra, Extra, sobre uma possibilidade, considerada por ela como “remota”, de inelegibilidade: “Diz na matéria que processo no TCE julgado em 2011 poderia inviabilizar nossa candidatura, mas esqueceu do mais importante, que é dizer que independente disso, fui candidata em 2014 a deputada estadual. Obtive quase 25 mil votos, todos foram validados e fui inclusive diplomada como suplente de deputada”, escreveu Carla. A pré-candidata aproveitou para alfinetar o grupo governista, já que atribuiu à veiculação da nota a amizade da jornalista com um secretário de Neco (PMDB). “Até agora ninguém sabe quem concorrerá conosco como prefeito e vice”. Confira o post de Carla: [caption id="attachment_8254" align="aligncenter" width="498"]Carla_post_extra Publicação da ex-prefeita nas redes sociais. Carla diz que a coluna é do jornal O Dia, mas publicação foi no Extra (Reprodução)[/caption]  
Comentar
Compartilhe
Deu no Extra: contas rejeitadas de Carla Machado serão revisadas no TCE
18/07/2016 | 11h44
ExtraA jornalista Berenice Seara, em sua coluna Extra, Extra, desta segunda-feira (18), destaca que às vésperas do registro de candidaturas e da divulgação da relação de políticos inelegíveis, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) vai revisar as contas de políticos que estariam impedidos de concorrer. Segundo a coluna, entre eles está a ex-prefeita de São João da Barra e pré-candidata ao mesmo cargo, Carla Machado (PP). A coluna destaca que ela teve as contas rejeitadas pelo colegiado em 2011, mas pediu a revisão em abril. As contas são de gestão, modalidade diferente das que foram aprovadas na Câmara (aqui) dos oito anos (2005-2012) da administração de Carla. Em 2014, ela concorreu ao cargo de deputada estadual, teve os votos validados e foi diplomada como suplente pela Justiça Eleitoral, apesar de constar na lista da TCE. Em uma reunião na última sexta-feira (aqui), na qual foi escolhido Alexandre Rosa (PRB), Carla teria falado sobre a revisão das contas. A expectativa seria pela revisão até a próxima quarta-feira (20).
Comentar
Compartilhe
Ministro do Desenvolvimento visita o Porto do Açu nesta quinta
18/07/2016 | 11h23
marcos-pereira-prb-foto-douglas-gomesO Porto do Açu recebe, nesta quinta-feira (21) a visita do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Marcos Pereira, do secretário de Transportes do Estado do Rio de Janeiro, Rodrigo Vieira, e de um grupo de deputados que integram a Comissão de Viação e Transportes da Câmara Federal. O objetivo é conhecer o porto e as características que o tornam apto a sediar uma Zona de Processamento de Exportação (ZPE). A visita foi agendada após reuniões realizadas em Brasília, no mês de junho. – O Porto do Açu tem todas as condições para sediar uma ZPE. Nosso porto está operacional, localizado próximo aos maiores mercados consumidores e possui acesso logístico. A infraestrutura do porto está pronta, e agora vamos desenvolver o distrito industrial. E a ZPE é o elemento para alavancar isso – afirmou José Magela Bernardes, presidente da Prumo, empresa que desenvolve e opera o Porto. No encontro em Brasília, o ministro Marcos Pereira se comprometeu a acompanhar todas as fases da criação da ZPE. “Queremos contribuir para o desenvolvimento da região norte fluminense e de todo o estado do Rio de Janeiro”, disse. Um dos diferenciais do Porto do Açu é o seu Terminal Multicargas (T-MULT), que conta com 500 metros de cais, aproximadamente 200 mil m2 de área alfandegada e 2 guindastes MHCs com capacidade de içamento de 100 toneladas e alcance de lança de 46 metros. Autorizado a operar com graneis sólidos, carga de projetos e contêineres, o terminal já movimenta bauxita produzida pela Votorantim, em Miraí (MG). Além disso, o Porto do Açu contará com um ramal ferroviário da EF-118, que ligará o empreendimento às cidades do Rio de Janeiro e Vitória. A ferrovia, de alta capacidade, possibilitará o transporte de diversos produtos, como granéis, rochas ornamentais e grãos, entre outros. A previsão é que a ZPE, que será a segunda do estado do Rio de Janeiro, e a primeira da região Norte Fluminense, esteja constituída em 18 meses. As ZPE’s são áreas de livre comércio, destinadas à instalação de empresas, com 80% de sua produção voltada para a exportação. Fonte: Assessoria
Comentar
Compartilhe
Neco participa de encontro com Moreira Franco no Rio
17/07/2016 | 16h36
[caption id="attachment_8241" align="aligncenter" width="960"]Reunião aconteceu na manhã de sábado (Reprodução/Facebook de Marco Antonio Cabral) Reunião aconteceu na manhã de sábado (Reprodução/Facebook de Marco Antonio Cabral)[/caption] O prefeito de São João da Barra, Neco (PMDB), que ultimamente tem feito poucas aparições públicas e não comenta sobre o seu futuro político, esteve no Rio de Janeiro no último sábado (16) em um encontro com o secretário-executivo do Programa de Parcerias de Investimento do Governo Federal, Moreira Franco. A reunião aconteceu na Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude — sob o comando de Marco Antônio Cabral. Na pauta, as dificuldades dos municípios com a queda de arrecadação do petróleo. Os prefeitos e secretários discutiram alternativas e soluções para os problemas enfrentados. “Obrigado ao secretário Moreira Franco, ao secretário Paulo Melo e a todos os prefeitos que aceitaram vir de longe, num sábado de manhã, para esse encontro”, escreveu Cabral em sua página no Facebook. Além de Neco, os prefeitos Leozinho do Banco (PMDB), de Italva, e Alfredão, de Itaperuna, estiveram na reunião. Empréstimo — O prefeito Neco já fez inúmeras viagens ao Rio e Brasília para tentar selar um acordo com a Caixa, um empréstimo com royalties futuros — a chamada “venda do futuro”. Apesar de ter autorização do Legislativo desde agosto do ano passado, a transação ainda não foi efetivada. Neco atribuiu aos opositores manobras para obstruir o empréstimo.
Comentar
Compartilhe
Datafolha: Lula lidera disputa, mas vitória no 2º turno seria difícil
17/07/2016 | 15h10
lula-abr-1Nova pesquisa Datafolha sobre intenção de voto indica que o ex-presidente Lula lidera o primeiro turno da disputa para presidente nas eleições de 2018. Num cenário onde a disputa fica entre Lula, Marina (Rede) e o senador Aécio Neves (PSDB), o petista lidera com 22%, Marina fica em segundo com 17% e o tucano teria 14%. Nesse caso, Jair Bolsonaro (PSC) teria 7%, Ciro Gomes (PDT) 5%, Michel Temer (PMDB) 5%, Luciana Genro (PSOL) 2% e Ronaldo Caiado (DEM) e Eduardo Jorge (PV) teriam 1% cada um. De acordo com o Datafolha, o ex-presidente Lula não conseguiria vencer num possível segundo turno a ex-senadora Marina Silva (Rede) ou o ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB). A pesquisa foi realizada nos dias 14 e 15 de julho e entrevistou 2.792 pessoas em 171 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%. Fonte: G1
Comentar
Compartilhe
Alexandre Rosa será o vice de Carla Machado
16/07/2016 | 01h48
[caption id="attachment_8232" align="aligncenter" width="960"]Carla entre os pré-candidatos a vice na noite que foi definido o nome de Alexandre em sua provável chapa Carla entre os pré-candidatos a vice na noite que foi definido o nome de Alexandre em sua provável chapa[/caption] Já foi batido o martelo. O vice-prefeito Alexandre Rosa (PRB) é pré-candidato ao mesmo cargo, desta vez na chapa de oposição, que tende a ser encabeçada pela ex-prefeita e pré-candidata Carla Machado (PP). A decisão foi acertada na noite desta sexta-feira (15), em um encontro entre presidentes dos 17 partidos da aliança de oposição, os vereadores do grupo e os pré-candidatos a vice-prefeito. O acordo será confirmado nas convenções dos próximos dias, entre quarta-feira (20) e domingo (24). Nas consultas internas, a preferência seria pela vereadora Sônia Pereira (PT), seguido pelo presidente da Câmara, Aluizio Siqueira (PP). Na sequência, aparecia o nome de Alexandre. Sônia abriu mão da disputa, que ainda seria referendada entre os presidentes do partido e demais membros no encontro. Aluizio também abriu mão. Eles devem tentar um novo mandato na Câmara. Aluizio teria salientado ainda que Alexandre seria o nome ideal do grupo, pois mostrou lealdade a Carla desde que ela saiu do PMDB para ser candidata a deputada estadual pelo PT. Como consequência, acredita o grupo, ele foi deixado na “geladeira” pelo atual prefeito, Neco (PMDB). Além disso, foi recordado pelos presentes a “Operação Machadada”, quando Carla e Alexandre chegaram a ser presos juntos, em uma ação policial que a oposição considera "injusta". Todos os pré-candidatos a vice declararam apoio a Alexandre, por considerar que ele foi “injustiçado” no atual governo e para manter a união do grupo, sem a possibilidade de rachas. Em recente declaração ao blog (aqui), Alexandre falou sobre o desejo de ser novamente candidato a vice, desta vez com Carla, e, se eleitos, “ter a oportunidade de mostrar que não ajudou o atual prefeito, administrativamente, porque não teve espaço”. À Folha (aqui), Carla disse que aconteceria uma reunião com os pré-candidatos a vice para definições antes do período de convenções, já que “pesquisa com sete nomes a vice poderia não refletir a realidade”. Após conseguir a informação, o blog tentou a confirmação com Alexandre e Carla. Alexandre disse que a definição seria tomada nos próximos dias, mas não quis confirmar o seu nome. Carla deu retorno cerca de duas horas após a publicação deste post, confirmando as informações das fontes ligadas ao grupo: o martelo já havia sido batido. Confirmou - Duas horas após este blog divulgar em primeira mão que Alexandre será o vice de Carla, a pré-candidata a prefeita fez uma publicação em seu perfil no Facebook confirmando a informação: CarlaeAlexandre Atualizado às 8h08 - Alteração no texto e inclusão da confirmação de Carla sobre o nome de Alexandre como seu pré-candidato a vice.
Comentar
Compartilhe
SJB: Solidariedade estuda possibilidade de “caminhada independente”
15/07/2016 | 18h48
solidariedade Mais um partido pode mudar seu rumo político em São João da Barra. O Solidariedade informou nesta sexta-feira (15) a possibilidade seguir um caminho “independente”, conforme publicação na página do partido no Facebook. A legenda foi um das primeiras a anunciar que iria caminhar com o grupo do prefeito Neco (PMDB). No entanto, também foi um dos primeiros a “roer a corda”, já que chegou a ser anunciada aliança Carla Machado (PP), o que gerou o seguinte questionamento: Com quem vai ficar o Solidariedade? Depois de mais uma “virada”, a legenda voltou para o grupo que apoia Neco. E agora, qual será o próximo passo do Solidariedade?
Comentar
Compartilhe
Quissamã: PSDB oficializa pré-candidatura de Nilton Furinga
15/07/2016 | 18h29
a68683e1-16c5-492e-a4a0-526374c17461O prefeito Nilton Furinga é o o pré-candidato do PSDB à prefeitura de Quissamã. A decisão pela disputa à reeleição foi oficializada na noite da última quinta-feira (14), durante encontro promovido pelo diretório local.  O evento contou com cerca de mil pessoas. O discurso do pré-candidato a prefeito, Nilton Furinga, foi um pedido de atenção à realidade do município neste momento. Ele propôs um debate aberto, com verdade e diálogo com a população. — É preciso que população faça uma reflexão com informações verdadeiras, o cidadão tem o direito de saber. Nos últimos meses, Quissamã perdeu R$90 milhões em orçamento. Quem disser que vai fazer muito sem recursos, está mentindo. Como servidor público da área contábil, fiz contas para todos os prefeitos durante 25 anos e não desaprendi nesse tempo — afirmou o prefeito. O presidente da Executiva Estadual do PSDB, o deputado federal Otávio Leite, foi representado por Leandro Barreto, que também discursou sobre as complexidades do momento político, e da necessidade dos quissamaenses em analisar com profundidade o que esperam de seus representantes nestas eleições, tanto na Prefeitura como na Câmara. Fonte: Assessoria
Comentar
Compartilhe
SJB: PP, partido de Carla Machado, agenda convenção para 24 de julho
15/07/2016 | 15h42
[caption id="attachment_4189" align="alignleft" width="300"]Corrida eleitoral vai ganhando contornos finais Corrida eleitoral vai ganhando contornos finais[/caption] O PP, partido que tende a lançar Carla Machado candidata a prefeita de São João da Barra, já tem dia definido para sua convenção. Será no domingo, 24 de julho, das 10h às 19h. O encontro será na sede do partido em SJB — Rua São Benedito. Outras legendas que possivelmente irão compor a aliança com o Partido Progressista realizam suas convenções entre 20 e 24 de julho. Nas convenções, os partidos definem seus candidatos a vereador, as coligações, e se vão lançar candidato a prefeito ou irão apoiar um nome de outra legenda. Em SJB, a expectativa também é por quem será o pré-candidato a vice na possível chapa de Carla. Seis nomes estão na disputa: Alexandre Magno (PSD), Alexandre Rosa (PRB), Aluizio Siqueira (PP), Filipe Estefan (Rede), Osvaldo Barreto (PSDC) e Sônia Pereira (PT). Já agendaram as convenções: PEN (20 de julho), PPS (20), PSD (20), PV (21), PSC (21), PRB (21), PT (22), PC do B (22), PTN (22), Rede (22), PTB (22), PRP (22), PHS (22), PSDC (23), Pros (23) e PSB (24, entre 9h e 11h). Entre os partidos que tendem a caminhar na base governista, o Solidariedade agendou a convenção para o dia 31 de julho.
Comentar
Compartilhe
PSB deixa grupo de Neco e vai caminhar com Carla Machado
15/07/2016 | 14h40
[caption id="attachment_8215" align="aligncenter" width="960"]13728929_1147659618632067_554129905627121006_n PSB, agora, tende a caminhar com Carla Machado nas eleições deste ano[/caption] Novas mudanças no cenário eleitoral de São João da Barra. O arco de aliança da ex-prefeita e pré-candidata Carla Machado (PP) tem mais um partido, o 17º: o PSB. A decisão foi publicada pelo pré-candidato a vereador Analiel Vianna em seu perfil no Facebook: — Depois de consultar a maioria de vocês pessoalmente, tomei a decisão de caminhar com a nossa pré-candidata Carla Machado. Tenho certeza que vocês estarão me apoiando como sempre, e juntos conquistaremos nosso tão sonhado espaço. Essa foi uma decisão democrática, pois ouvi a maioria desse grupo que sempre me ergueu nos momentos mais difíceis, vocês que me sustentam politicamente são os únicos que devo satisfação, aos outros fica meu respeito. Obrigado Gil Vianna (principal nome do PSB na região) por todo apoio e confiança — escreveu o pessebista. A saída de Analiel do grupo de Neco não é nenhuma novidade nos bastidores da política sanjoanense. Ele já havia saído do grupo de WhatsApp dos pré-candidatos a vereador da base governista e já sinalizava que não caminharia com Neco. A indecisão era se ele iria declarar apoio a Carla, o que só foi confirmado nesta sexta-feira (15). O motivo da saída do grupo governista seria a insatisfação com o prefeito, que estaria dando preferência a outros pré-candidatos. De acordo com Analiel, pesou na decisão do PSB o apoio de Carla a Romário, senador eleito pelo PSB em 2014. “A executiva municipal, em consenso com a estadual, decidiu ajudar Carla Machado”, disse. Entre os possíveis candidatos a vereador do PSB, existem nome que participaram do governo Neco até a reta final — Merrinho e Francisco Gregório, que foram candidatos em 2012, são exemplos. Segundo Analiel, eles vão poder decidir se vão para disputa, mas terão que apoiar Carla: “Quem decidir ser candidato, vai ter que caminhar com Carla. As executivas municipal e estadual decidiram caminhar com Carla. Por enquanto, são muitos pré-candidatos, eles que vão decidir”. A novela da mudança de Analiel é longa. Candidato a vereador em 2012 no palanque de Betinho Dauaire (PR), obteve 667 votos (número significativo na cidade), ficando como suplente no PT do B. Em junho do ano passado, Analiel foi para o PC do B. O partido chegou a anunciar apoio a Neco, que participou (aqui) com o pré-candidato a vereador e outros nomes do PC do B de uma reunião no 5º distrito. Em janeiro deste ano, o PCdoB declarou (aqui) apoio a Carla. Com a mudança, Analiel deixou o partido e foi para o PSB, partido que caminharia com Neco. O prefeito chegou a “escalar” (aqui) Analiel no seu time, mas agora ele optou por apoiar a pré-candidata do PP. Além do PSB, sinalizam apoio a uma candidatura do PP com Carla na majoritária o PPS, PSDC, PSD, PRB, Rede, PT, Pros, PTN, PEN, PRP, PTB, PCdoB, PSC, PV e PHS. Atualizado às 15h40 — Inclusão da fala de Analiel sobre a situação dos filiados do PSB.  
Comentar
Compartilhe
Câmara de SJB vai contar a história de Atafona em evento cultural
14/07/2016 | 22h30
Praia_Com o intuito de contar a história de Atafona, 2° distrito de São João da Barra, o Legislativo sanjoanense promoverá mais um projeto “Câmara Cultural - Conhecendo Nosso Município”. O evento terá início no próximo dia 20, às 19h, estendendo-se até o dia 26 de julho. Em sua estreia, haverá debate cultural com educadores, moradores, comerciantes, líderes religiosos, entre outros. E para embalar a noite, música ao vivo com Benedito Sanfoneiro, além da dupla Zé Carlos e Rogério (Os sertanejos do mar) e apresentação de dança com o Grupo Cultural Lourenço do Espírito Santo. Com exposição de fotos, vídeos, artesanato, comidas típicas da Associação Arte e Peixe, o evento passeará pelos costumes, tradição e lembranças de Atafona. Sem esquecer, da força que a história do pontal exerce na construção cultural de localidade, além da religião e da pesca. A devoção à Nossa Senhora da Penha, padroeira de Atafona, também será lembrada no evento, com uma atração surpresa. Mar_O projeto “Câmara Cultural” acontece sempre no recesso e já homenageou o 5° distrito, Barcelos, Cajueiro, Degredo e Grussaí. “Nossos recessos são marcados por trabalho, realizando audiências públicas, e o já famoso Câmara Cultural, sempre interagindo com nossa população e divulgando a beleza, a arte e a rica história dos nossos distritos. Agora chegou a vez da nossa querida Atafona, berço da nossa SJB”, destacou o presidente da Câmara, Aluizio Siqueira. Fonte: Assessoria 
Comentar
Compartilhe
PMDB pode ficar fora da disputa sanjoanense pela primeira vez
14/07/2016 | 15h47
Sem títuloSJB sem o PMDB na disputa? Nas últimas cinco eleições municipais em São João da Barra, o PMDB foi o partido que saiu vencedor das urnas. Foi assim nos dois mandatos do ex-prefeito Betinho Dauaire (hoje PR), nas eleições de 1996 e 2000, depois nos dois mandatos de Carla Machado (agora PP), nos pleitos de 2004 e 2008, e com atual prefeito, o peemedebista Neco, eleito em 2012. No entanto, a atual conjuntura política pode quebrar essa hegemonia do partido antes mesmo de a disputa começar: o PMDB ficaria sem nome nas urnas, caso o prefeito não seja candidato à reeleição. A possibilidade aventada por ele em encontro com partidários, ganha força nos bastidores. Sem Neco, o nome que ganha espaço entre os governistas é o de Franquis Areas, do PR. Se o que hoje é tendência for confirmado, será a primeira vez na história que o PMDB não disputará uma eleição municipal, desde antes da redemocratização, nos tempos de MDB e Arena. Exceção PR e PMDB não devem compor coligações no Estado do Rio. A não ser em raras exceções, como já informou o líder regional do PR. Pela aproximação de Neco com nomes do partido, SJB deve se enquadrar neste perfil das raras exceções. Câmara O legislativo sanjoanenese pode renovar, no mínimo, 1/3 dos atuais vereadores. É que o atual cenário tende a levar três legisladores a não tentar mais um mandato na Casa. A conferir. SFI Pré-candidatos a prefeito em São Francisco de Itabapoana, pela oposição, apostam que o cenário está totalmente indefinido. Isso baseado em consultas internas. Não há, até o momento, nenhuma pesquisa eleitoral registrada no município. Pesquisa E por falar nisso, o Instituto Pro4 voltou às ruas de SJB para mais uma sondagem. O resultado da pesquisa, registrada no TSE, será divulgado na próxima semana. Convenções Os partidos já estão definindo as datas para as convenções em SJB. Pelo visto, todo cenário estará definido até o fim deste mês, embora o prazo para as reuniões só termine em 5 de agosto. Empregos... A Câmara de São João da Barra discute hoje, às 16h, em audiência pública, uma questão polêmica: empresas do Porto do Açu estariam exigindo que postulantes a vagas de emprego sejam moradores de Campos. As chances seriam nulas para os sanjoanenses. ...no Açu Se for verdade, é absurdo. Vale lembrar que a cobrança é com relação à área de construção civil. A perspectiva é que milhares de empregos em outros setores sejam gerados em breve. Ainda dá tempo de buscar qualificação. De olho... O vereador Kaká (PT do B), de SJB, aparece na lista dos que podem não concorrer a uma cadeira na Câmara. Ele é suplente do deputado estadual Marcos Abrahão (PT do B), que pretende disputar a Prefeitura de Rio Bonito. ...na Alerj Abrahão figura com certo favorotismo em sua cidade. Até por isso, com a quase certeza de uma cadeira na Alerj em 2017, Kaká estaria dispoto a tentar voos mais altos no pleito deste ano. Postura A cobertura política local evidencia como alguns atores estão mal-acostumados com o papel da imprensa. Esperam subserviência. Se assim não for, dizem que os repórteres estão a trabalho “do outro lado”. Coerência e equilíbrio não agradam. Culpados? Nem sempre os culpados pelos fatos narrados na nota anterior são os políticos, mas as pessoas que vivem com eles, com o intuito de um cargo na administração (atual ou futura). São os famosos bajuladores, com os quais políticos deveriam ser mais receosos do que com a atuação dos jornalistas. Na conta A Prefeitura de SJB pagou aos contratados e comissionados o salário referente a junho.
Comentar
Compartilhe
SJB: pagamento na conta dos comissionados e contratados
14/07/2016 | 08h37
3617_270115133325_dinheiro_1764x700A Prefeitura de São João da Barra, que programou o pagamento dos comissionados e contratados para esta sexta-feira (15), antecipou para esta quinta-feira (14) o depósito dos proventos referente ao mês de junho. A informação é do secretário de Administração de SJB, Rogério Zorzal.
Comentar
Compartilhe
Rodrigo Maia é o novo presidente da Câmara
14/07/2016 | 00h12
maia O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi eleito nos primeiros minutos desta quinta-feira (14), à 0h12, presidente da Câmara dos Deputados. Ele assume no lugar de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que renunciou (aqui) na semana passada. Na disputa pela presidência, ele venceu o parlamentar Rogério Rosso (PSD-DF) no segundo turno. Rodrigo assume um mandato tampão, que vai até fevereiro. No total, 460 deputados votaram no segundo turno. Maia recebeu 285 votos. Rosso teve 170 votos. Houve cinco votos em branco, do Psol. Após a proclamação do resultados, foram registrados gritos de "Fora Cunha!". Rogério Rosso presidiu a comissão do impeachment e era tido como nome próximo a Cunha na disputa para sucedê-lo. Com o apoio oficial das bancadas de PSDB, DEM, PPS e PSB, Maia já tinha vencido Rosso no primeiro turno com uma diferença de 14 votos – o placar havia sido 120 votos contra 106. No segundo turno, conseguiu angariar também o apoio de PDT, PCdoB, PR e PTN. Então presidente interino, Waldir Maranhão (PP-MA), declarou a vitória de Rodrigo Maia à 0h15 e passou a cadeira ao recém eleito. Ao sentar-se na cadeira de presidente da Câmara, Maia elogiou o segundo colocado na disputa, e disse que a corrida por votos foi "limpa, na política". Ao falar do seu pai César Maia (DEM), ex-prefeito do Rio, o deputado chorou e foi aplaudido. "Vamos, a partir de amanhã, governar com simplicidade. Nós temos que pacificar esse plenário, temos que dialogar com a maioria, com a minoria".  
Comentar
Compartilhe
Eleição na Câmara terá 2º turno entre Rodrigo Maia e Rogério Rosso
13/07/2016 | 21h57
CâmaraA eleição para presidente da Câmara dos Deputados será decidida em segundo turno entre os deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Rogério Rosso (PSD-DF). Eles eram apontados, desde o início da disputa, como favoritos. Dentre os 13 candidatos, Maia e Rosso foram os mais votados. Maia recebeu 120 votos e Rosso, 106.
Comentar
Compartilhe
Pro4 realiza mais uma pesquisa em São João da Barra
13/07/2016 | 20h48
aereasaojoao_NovaO Instituto Pro4 registrou mais uma pesquisa de intenção de votos em São João da Barra. Segundo consta no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), RJ-04190/2016, as entrevistas foram realizadas entre os dias 8 e 10 de julho. O resultado será divulgado a partir do dia 19 de julho. Na consulta estimulada, o Pro4 trabalhou com três cenários: Carla Machado (PP) x Neco (PMDB); Carla x Franquis Areas (PR), e o último cenário com os três candidatos. Em maio, a pesquisa do Pro4, também registrada, apontou (aqui) Carla Machado com 79,9% das intenções, ante 20,1% do prefeito Neco.
Comentar
Compartilhe
SJB: Kaká de olho na suplência de deputado?
13/07/2016 | 15h44
[caption id="attachment_8178" align="alignleft" width="300"]Kaká esteve com o deputado no rio na última terça Kaká esteve com o deputado no rio na última terça[/caption] O vereador Kaká (PT do B), de São João da Barra, pode ter um incentivo a mais para não disputar uma cadeira na Câmara, como este blog mostrou aqui. O vereador é suplente do deputado estadual Marcos Abrahão (PT do B), que pretende disputar a Prefeitura de Rio Bonito, na região metropolitana do Rio. Em consultas preliminares, Abrahão estaria aparecendo entre os favoritos na disputa. Vale lembrar que Kaká chegou a ensaiar uma mudança do PT do B para o PMDB, mas recuou. Ele é o primeiro suplente de Abrahão e, ao sair do partido, perderia o direito a uma cadeira na Alerj em caso de afastamento do titular. Nos bastidores da política sanjoanense, Kaká é apontado como provável vice em uma chapa encabeçada por Franquis, caso o prefeito Neco (PMDB), de quem é líder na Câmara, não seja candidato à reeleição.
Comentar
Compartilhe
Câmara de SJB pode mudar, no mínimo, 1/3 dos vereadores
13/07/2016 | 12h30
[caption id="attachment_5093" align="aligncenter" width="1006"]Câmara_Terça Dos nove que estão na atual legislatura, três podem não disputar novamente o mesmo cargo[/caption] As definições sobre o cenário político em São João da Barra só devem ser confirmadas nas convenções, que vão acontecer a partir da próxima quarta-feira (20), mas as tendências que ganham força nos corredores nesta reta final levam a especulação que ao menos 1/3 dos vereadores com mandato não vai disputar a reeleição. Na oposição, Aluizio Siqueira (PP) e Sônia Pereira (PT) figuram na lista dos possíveis vices na chapa que tende a ser encabeçada pela ex-prefeita Carla Machado (PP). Eles não são os únicos, a lista ainda conta com outros quatros nomes – Alexandre Magno (PSD), Alexandre Rosa (PRB), Filipe Estefan (Rede) e Osvaldo Barreto (PSDC). Se o escolhido pelo grupo for um dos dois vereadores, já abre uma cadeira na Câmara. Entre os governistas, ganha cada vez mais força a possibilidade de o vereador Franquis Areas (PR) sair candidato a prefeito, caso o prefeito Neco (PMDB) não seja candidato à reeleição. Com Franquis encabeçando a chapa, o nome que ganha força para vice é o do também vereador Kaká (PT do B). Assim, são menos dois vereadores na disputa pelas cadeiras que detêm na atual legislatura. Se as tendências a uma semana das convenções forem confirmadas até o dia 5 de agosto, prazo final para as convenções, a Câmara de São João da Barra vai renovar, no mínimo, 1/3 dos seus vereadores.
Comentar
Compartilhe
PEN, PPS, PV, PSC, Pros e PSDC com convenções marcadas
13/07/2016 | 11h46
[caption id="attachment_4189" align="alignleft" width="300"]Corrida eleitoral vai ganhando contornos finais Corrida eleitoral vai ganhando contornos finais[/caption] As definições no cenário político sanjoanense vão se aproximando. Em publicação na Folha da Manhã desta quarta-feira (13), mais seis partidos agendaram as suas convenções. No dia 20 de julho, o primeiro autorizado para as reuniões partidárias para definir o rumo a seguir no pleito deste ano, as convenções serão do PEN e do PPS. No dia seguinte, os filiados do PV e do PSC vão estar reunidos. Já no dia 23 de julho, PSDC e Pros realizam suas convenções. As seis legendas sinalizam apoio a uma aliança de oposição, que tende a lançar como candidata a ex-prefeita Carla Machado (PP). Também já agendaram a data das suas convenções (aqui), Solidariedade, PT, PC do B, PTN e Rede. Nas convenções, os partidos definem seus candidatos a vereador, as coligações, e se vão lançar candidato a prefeito ou irão apoiar um nome de outra legenda.
Comentar
Compartilhe
SJB: mudança no diretório do PHS confirma apoio a Carla Machado
13/07/2016 | 11h21
[caption id="attachment_8168" align="aligncenter" width="443"]PHS_Face Reprodução/Facebook[/caption] Na reta final para a costura de alianças, a pré-candidata a prefeita Carla Machado (PP) divulgou nesta quarta-feira (13), em seu perfil no Facebook, uma mudança no diretório municipal do PHS, agora sob o comando de pessoas que são apresentadas como suas aliadas. O PHS foi a última legenda a chegar (aqui) para o provável arco de aliança partidária da ex-prefeita. Até então, o partido chegou a ser listado como entre os aliados do prefeito Neco (PMDB). Além do PHS, sinalizam apoio a uma candidatura do PP com Carla na majoritária o PPS, PSDC, PSD, PRB, Rede, PT, Pros, PTN, PEN, PRP, PTB, PCdoB, PSC e PV.
Comentar
Compartilhe
Neco e vereadores governistas no Rio acertam peças no tabuleiro?
12/07/2016 | 19h30
Tabuleiro-1O prefeito Neco (PMDB), de São João da Barra, foi à capital fluminense com vereadores da base governista — Kaká (PT do B), Elísio Rodrigues (PDT), Eziel Pedro (PMDB) e Franquis Areas (PR). O deputado estadual Bruno Dauaire (PR) e o presidente da Alerj, Jorge Picciani (que também preside a executiva estadual do PMDB) foram alguns do que receberam a comitiva. Mediante ao atual cenário político sanjoanense, com a incerteza de o prefeito ser candidato à reeleição, os últimos acordos eleitorais podem ter sido costurados nesta terça-feira (12), inclusive reforçando a tese de uma pré-candidatura do PR encabeçada por Franquis. Tudo ainda é tratado em clima de mistério no tabuleiro político. Até sexta-feira (15), Neco deve participar de um encontro com seus secretários e pré-candidatos para oficializar a posição a ser adotada por ele e pelo seu partido no pleito deste ano. Ao blog, Bruno Dauaire confirmou que os vereadores e o prefeito estiveram na Alerj, mas não deu mais detalhes sobre o assunto. Neco também foi procurado, por telefone, mas não atendeu e nem retornou chamada até a publicação deste post.
Comentar
Compartilhe
Hugo Leal retira pré-candidatura à presidência da Câmara Federal
12/07/2016 | 15h15
LealO deputado federal Hugo Leal (PSB-RJ) retirou sua pré-candidatura à presidência da Câmara Federal. Autor da Lei Seca, Hugo foi um dos primeiros a demonstrar interesse em disputar o mandato tampão, até fevereiro, no lugar de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que renunciou na semana passada (aqui). A eleição para o novo presidente acontece nesta quarta-feira (13). A assessoria de Leal informou que o partido decidiu, em reunião na noite da segunda-feira (11), que terá apenas um candidato na disputa: Júlio Delgado (PSB-MG). Outro nome do PSB que chegou a registrar candidatura foi Heráclito Fortes (PI). Na mesma decisão interna dos partidos, Heráclito teria afirmado que também vai tirar seu nome da disputa em apoio a Delgado. Do Rio de Janeiro, continua inscrita como candidata a parlamentar Cristiane Brasil (PTB). Filha do ex-deputado Roberto Jefferson, delator do mensalão, está em seu primeiro mandato de deputada federal, Cristiane já foi vereadora no Rio de Janeiro. Ela também já foi secretária extraordinária da Terceira Idade e secretária especial de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida da Prefeitura do Rio. Outro parlamentar do Rio, e que figura entre os favoritos, é Rodrigo Maia (DEM). Até o momento, ele não registrou a candidatura. O limite é até as 12h desta quarta.
Comentar
Compartilhe
Solidariedade, PT, PC do B, PTN e Rede com convenções marcadas em SJB
12/07/2016 | 10h25
[caption id="attachment_4189" align="alignleft" width="300"]Corrida eleitoral vai ganhando contornos finais Corrida eleitoral vai ganhando contornos finais[/caption] Os partidos políticos já começam a articular o início da campanha. Antes, porém, precisam homologar as candidaturas e coligações em suas convenções. E algumas legendas já marcaram data para suas reuniões. Em publicação oficial realizada no fim do mês passado, o Solidariedade agendou sua convenção para o dia 31 de julho. Já nesta terça-feira (12), as publicações foram do PT, PC do B, PTN, Rede – todos com convenção no dia 22 de julho. Nas convenções, os partidos definem seus candidatos a vereador, as coligações, e se vão lançar candidato a prefeito ou irão apoiar um nome de outra legenda.
Comentar
Compartilhe
André Fontoura foca no legislativo e deixa lista dos possíveis vices de Carla
11/07/2016 | 22h54
[caption id="attachment_4160" align="alignleft" width="300"]PPS anunciou apoio a pré-candidatura de Carla em reunião no ano passado, com a presença de Comte Bittencourt PPS anunciou apoio a pré-candidatura de Carla em reunião no ano passado, com a presença de Comte Bittencourt[/caption] A pré-candidata a prefeita Carla Machado (PP) vai definir, junto com o seu grupo político, o nome que vai compor a provável chapa encabeçada por ela para disputar a Prefeitura de São João da Barra neste ano. Até hoje, o número de pretensos candidatos era sete. Agora, caiu para seis. Indicado pelo PPS, o endocrinologista André Fontoura afirmou nesta segunda-feira (11) que já foca o trabalho em sua pré-candidatura a vereador. “Já conversamos, vou seguir o trabalho como pré-candidato a vereador no grupo político”. Carla afirmou que o diálogo no grupo é intenso e que a definição sobre o nome do provável vice deve acontecer nas próximas semanas, com a abertura do prazo para convenções partidárias — de 20 de julho a 5 de agosto. Agora a lista conta com Alexandre Magno (PSD), Alexandre Rosa (PRB), Aluizio Siqueira (PP), Filipe Estefan (Rede), Osvaldo Barreto (PSDC) e Sônia Pereira (PT). Mais informações na edição desta terça-feira (12) da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
SJB paga comissionados e contratados nesta sexta
11/07/2016 | 20h21
Prefeitura sjbA Prefeitura de São João da Barra anunciou nesta segunda-feira (11) que vai pagar aos comissionados e contratados o salário referentes ao mês de junho nesta sexta-feira (15). A informação contraria a nota divulgada por este blog (aqui), que o município só teria recurso para pagar aos comissionados ou aos terceirizados. A nota divulgada pela Prefeitura não informa o valor da folha deste mês. Terceirizados — Sobre os salários atrasados dos terceirizados, não há novidades.  Tudo ainda depende de decisões judiciais. Com informações da assessoria
Comentar
Compartilhe
“Trabalho para ser o candidato a vice”, diz Alexandre Rosa
11/07/2016 | 12h10
[caption id="attachment_8138" align="alignleft" width="300"]Reunião do PRB foi realizada na última sexta-feira (Foto: Gil Miranda) Reunião do PRB foi realizada na última sexta-feira (Foto: Gil Miranda)[/caption] O vice-prefeito de São João da Barra, Alexandre Rosa (PRB), vem trabalhando seu nome para continuar no cargo, mas dessa vez na chapa que tende a ser encabeçada por Cala Machado (PP), já que está rompido com Neco (PMDB) desde 2013. O problema é que, além de Alexandre, existem outros seis nomes na mesma expectativa: Alexandre Magno (PSD), Aluizio Siqueira (PP), André Fontoura (PPS), Filipe Estefan (Rede), Osvaldo Barreto (PSDC) e Sônia Pereira (PT). Alexandre já afirmou: "Se eu não for candidato a vice, não vou disputar a eleição para vereador. Estou trabalhando para isso". Na última sexta-feira (8), o vice-prefeito, que preside o diretório local do PRB, realizou um encontro, em local fechado, na sede do município, com filiados e simpatizantes. A decisão sobre o vice só deve ser anunciada no fim de julho, durante as convenções. Em 2011, no governo Carla, Alexandre se afastou do mandato na Câmara para assumir a secretaria de Turismo e, depois, foi o escolhido do grupo para compor a chapa com Neco.  
Comentar
Compartilhe
Tradicional Festival do Maracujá nesta semana em SFI
11/07/2016 | 11h31
Maracuja_SFIVariados shows, competição esportiva, cavalgada e comidas típicas são as atrações que vão estar disponíveis ao público que prestigiar a 30 º edição do Festival de Maracujá, que acontece entre os dias 15 e 17 de julho, na localidade de Travessão de Barra, em São Francisco de Itabapoana. Na sexta-feira (15) o arrasta-pé vai embalar os festeiros, ao som de Alex do Forró e na sequência Amigos do Forró.  O sábado (16), às 8h, haverá torneio de Futebol Infantil e, às 15h, Amistoso de Futebol Feminino.  A noite está por conta do sertanejo universitário de Rômulo Arantes e, logo após, quem se apresenta é Juninho do Forró. O domingo (17) vai começar com esporte radical: o Velo Terra, às 10h. Depois terá uma cavalgada, às 14h, e show com Amigos do Forró. Encerrando o Festival, a partir das 21h, acontecerão shows dos artistas gospel: Simone Batalha e da banda Discopraise. Fonte: Assessoria
Comentar
Compartilhe
Nem terça, nem quinta: sucessor de Cunha pode ser escolhido na quarta
11/07/2016 | 11h06
CâmaraDepois de reviravoltas, deputados podem acertar nesta segunda-feira (11) a data definitiva para eleição do sucessor de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na presidência da Câmara. Negociações travadas por telefone e em reunião entre alguns parlamentares na tarde de domingo (10) sinalizam para a votação na próxima quarta-feira (13). A data era defendida, desde o anúncio da renúncia de Cunha, pelo primeiro secretário da Mesa Diretora, Beto Mansur (PRB-SP) que argumentava ser o dia tradicionalmente mais cheio da Casa, garantindo quórum para que o pleito fosse realizado. Os líderes partidários defendiam que a eleição acontecesse nesta terça (12), mas o presidente interino da Casa, Waldir Maranhão (PP-MA), contrariando a decisão, definiu que a votação seria na quinta-feira (14). Um dos favoritos para presidir a Câmara, o líder do PSD, deputado Rogério Rosso (DF), confirmou nesta segunda que vai disputar a eleição para o comando da Casa. ele é tido como um dos principais nomes para vencer a eleição, ao lado do deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ). Com informações da Agência Brasil e do G1.
Comentar
Compartilhe
Cobertor curto...
10/07/2016 | 16h03
cobertor_curtoA Prefeitura de São João da Barra não passa por uma boa fase financeira. Nesta semana, a expectativa é que o município pague o salário dos seus comissionados, que não receberam junto com os efetivos no fim do mês passado. Também vive a expectativa de pagamento os primeiros contratados do mês passado. Nos bastidores, a conversa é direta: a Prefeitura está com um cobertor curto, se pagar a um, não paga ao outro. A conferir! Em tempo – Vale lembrar que a situação é ainda pior com os terceirizados demitidos em maio. Muitos deles não tiveram acesso aos direitos trabalhistas e estão com os salários atrasados desde fevereiro.
Comentar
Compartilhe
Depois de alfinetar Neco, Garotinho com Franquis e os Dauaire
08/07/2016 | 20h44
Betinho_FranquisParece que o PR vai mesmo lançar candidatura própria em São João da Barra. Após o presidente estadual do partido, Anthony Garotinho, alfinetar (aqui) o prefeito Neco (PMDB), durante reunião em Campos na quinta-feira (7), nesta sexta (8), o líder rosáceo esteve reunido com o vereador de SJB Franquis Arêas, Betinho e Bruno Dauaire. Betinho, ex-prefeito sanjoanense, é defensor de uma candidatura própria da legenda em São João da Barra e não esconde a preferência por Franquis, seu aliado desde quando prefeito. Por outro lado, Franquis caminha na base de sustentação de Neco desde 2013 e só seria candidato se o prefeito não disputasse à reeleição. As definições acontecem até o fim deste mês. “Soldado do grupo” — Franquis já afirmou (aqui) que é um “soldado do grupo”. Mais votado na disputa pela Câmara em 2012, o vereador, estrategicamente, não diz de qual grupo é soldado: o de Neco ou o dos Dauaire. Bruno no páreo? — O deputado estadual Bruno Dauaire, pela regras eleitorais, ainda pode ser candidato. Como parlamentar, ele não precisar deixar o cargo para disputar uma Prefeitura. Em outras oportunidades, Bruno, que preside o PR em SJB, disse que iria focar o trabalho na Alerj. Betinho fora ou não? — Betinho já afirmou que não pretende disputar a eleição deste ano e aposta na renovação da política. Ele recusou (aqui) ser vice de Neco em uma possível chapa na disputa deste ano. “Turma de fé” — A empresária Odinéia Pereira, cotada desde o ano passado para ser vice de Newco, foi a primeira a comentar a foto do ex-prefeito: “Essa é minha turma de fé”.
Comentar
Compartilhe
"Neco não tem dinheiro nem para pagar os efetivos", diz Garotinho
08/07/2016 | 13h30
[caption id="attachment_8116" align="aligncenter" width="550"]Depois de "vender o futuro" de Campos, Garotinho usou crise em SJB como exemplo para vender a imagem de uma Campos bem melhor Depois de "vender o futuro" de Campos, Garotinho usou crise em SJB como exemplo para vender a imagem de uma Campos bem melhor (Foto: Rodrigo Silveira/Folha da Manhã)[/caption] “Agora há pouco, quando eu estava vindo pra cá, a Dinalva, minha secretária, disse: ‘olha, o prefeito Neco, de São João da Barra, tá aqui no telefone querendo falar com o senhor. Já ligou quatro vezes’. Eu falei: ‘bota o prefeito pra falar aí. Como vai prefeito?’. Ele disse: ‘Garotinho o que é que eu faço? Eu já tirei o vale alimentação do povo, já acabei com a passagem social, os meus cargos de confiança, os DAS, já não recebem há três meses, mandei embora todos os terceirizados da Prefeitura, e o que é pior, mês que vem eu não tenho dinheiro para pagar nem os funcionários efetivos’. É grave a situação!”. Foi com essa história que o secretário de Governo de Campos, Anthony Garotinho (PR), iniciou sua apresentação na noite desta quinta-feira (7), durante a reunião do Núcleo de Organização Social (NOS), no Rio Branco (aqui), que cancelou as prévias rosáceas e definiu que a escolha do candidato do grupo será feita por um “conselho”, composto por vereadores, presidentes de partidos e os “nomes de carreira” do grupo. O movimento já havia sido antecipado pela Folha da Manhã na coluna Ponto Final das edições de quarta (aqui) e quinta-feira (aqui), e tem o intuito de lançar Paulo Hirano como candidato. A menção à situação financeira de São João da Barra foi o trampolim para Garotinho vender a imagem de uma Campos perfeita, após três “vendas do futuro”. Politicamente, o PR de Garotinho dá sustentação a Neco na Câmara de SJB, mas, como revelou o ex-prefeito Betinho Dauaire (PR), não esconde o desejo de lançar o vereador Franquis Areas (PR) como candidato a sucessão. Seria o “fogo amigo” uma intenção de minar de vez a candidatura de Neco à reeleição? Interlocutores do prefeito negam a possibilidade de o salário do servidor efetivo ser atrasado. Apesar da crise financeira, atrasos com terceirizados e comissionados, Neco tem cumprido o calendário elaborado para pagamento dos quadros fixos. A exceção, conforme o planejamento divulgado, foi com a primeira parcela do 13º salário (previsto para 17 de junho, mas sem nova data). Além disso Garotinho citou que a passagem social estava suspensa, o que não procede. Então, vai saber o que das palavras do secretário de Governo de Campos é verdadeiro. A conversa por telefone, na quinta-feira, diga-se de passagem, realmente aconteceu. Ao prefeito Neco, o espaço está, como sempre, aberto ao contraditório.  
Comentar
Compartilhe
Ponto Final – De governador a “interventor” de hospitais
08/07/2016 | 11h01
Ponto-final1 Garotinho de plantão Ex-deputado, ex-governador, ex-prefeito e atual secretário de Governo de Campos, Anthony Garotinho (PR), quer incluir mais uma função em seu currículo: vai ser plantonista nos hospitais. A missão, segundo ele, foi passada pela prefeita Rosinha (PR). Ela percebeu agora, a menos de seis meses do fim do seu segundo mandato, que os Hospitais Ferreira Machado e Geral de Guarus, além dos Postos de Urgência do Saldanha Marinho e de Guarus, não oferecem bom atendimento à população. Solução? Garotinho disse que vai levar aos hospitais um choque de gestão. Na análise do secretário de Governo, não adianta ter dinheiro se não tiver uma boa administração. Modesto, como sempre, acredita que a solução será sua presença nas unidades hospitalares. Desde que passou a integrar a equipe de governo da esposa, se empenhou em três “vendas do futuro”. Um bom precedente para quem quer interferir na administração dos hospitais? Barrados A equipe da Folha causou certo tumulto ao chegar à reunião (aqui) dos rosáceos na noite de quinta-feira (8). É que a entrada no Rio Branco, até então liberada, passou a ser condicionada à apresentação da carteirinha do Núcleo de Organização Social (NOS). Mas não era só a equipe de reportagem que não tinha, muita gente havia esquecido o documento, não exigido no convite para o encontro, e foi barrada na entrada. O secretário-geral do PR no Estado do Rio, Thiago Godoy, intermediou a liberação. Dúvida O Partido Republicano Progressista (PRP) vem sendo apontado, em Campos, como uma legenda que seguirá com o candidato do grupo governista para a sucessão de Rosinha Garotinho (PR). Mas uma reunião na noite de ontem, com a presença da presidente do diretório regional do Estado do Rio, Eliane Cunha, deixou meio em dúvida quem esteve lá. Eliane chegou a falar que a cidade é “limpinha”, mas está “feia”. Ela disse ainda que não está definido em que palanque de candidato a prefeito o partido vai estar. Não convenceu A reunião aconteceu na Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) no mesmo momento em que os rosáceos se reuniam no Rio Branco. Anthony Garotinho (PR) saiu do evento do NOS e foi ao encontro do PRP. Elaine Cunha não jogou confetes e se manteve séria. Garotinho até fez um discurso confiante e de vitória no primeiro turno, mas parece não ter convencido nem mesmo quem vem de longe e acha que a cidade está “feia”. Parlamento Juvenil (I) Em todo o estado do Rio de Janeiro, alunos da rede pública estadual votaram no primeiro turno das eleições do Parlamento Juvenil (PJ) 2016, na última quarta-feira. A capital fluminense foi a campeã de inscrições, com 66 candidatos em 34 escolas. O projeto é da Alerj e tem o objetivo de aproximar os jovens da política. O PL é coordenado pelo deputado Wanderson Nogueira (PSol). Parlamento Juvenil (II) Os candidatos são estudantes da rede estadual, de 14 a 17 anos, que cursam o 1º ou 2º ano do ensino médio e que tentarão vencer as eleições para representar seus municípios na Alerj, em novembro. Alunos do 8º ano em diante podem votar. Os jovens eleitos vão viver a rotina de um deputado estadual durante uma semana, com direito a discutir e apresentar projetos que podem virar lei, além de participar de palestras e programas culturais. Parlamento Juvenil (III) Treze municípios tiveram apenas uma inscrição, portanto, os parlamentares juvenis já estão automaticamente eleitos. No primeiro turno, são selecionados os candidatos dentro de cada escola e, no segundo, que será realizado no dia 20 de julho, serão eleitos os representantes das cidades. Em 50 municípios haverá segundo turno. Os resultados finais serão divulgados até o fim de julho. *Publicado na edição desta sexta-feira (8).
Comentar
Compartilhe
Concurso da Câmara de SJB: inscrições, edital com brasão errado e reclamação do valor
08/07/2016 | 09h20
[caption id="attachment_8098" align="aligncenter" width="632"]Brasões_ empresa responsável pelo edital do concurso "esqueceu" o brasão de Queimados no lugar do de SJB[/caption] A Câmara de São João da Barra abriu concurso público com sete vagas. De nível médio, haverá oportunidade para almoxarife (1) e motorista (4). Já para nível superior as vagas são de tesoureiro (1) e contador (1). Os salários são de R$ 1.608,92, para os dois primeiros e R$ 4.591,17 para os dois últimos, além de auxílio alimentação, saúde e transporte para todos. As inscrições começaram nesta sexta-feira (8) e seguem até as 23h59 do dia 25 de julho. O valor da inscrição é contestado por alguns candidatos e o edital de convocação contém um erro nas dez últimas páginas: ao invés do brasão de São João da Barra, traz o município de Queimados. Fachada Câmara 3A taxa de inscrição para o concurso é de R$ 115 para o nível superior e de R$ 92 para o médio. Como o quadro de vagas imediatas não é dos maiores, da mesma forma que a perspectiva de chamada de novos funcionários do cadastro de reserva, alguns candidatos avaliam que a taxa de inscrição é muito alta. O pedido de isenção de taxa de inscrição poderá ser realizado de 08 a 13 de julho. E o brasão do município? No edital, lançado pela Câmara nessa quinta-feira (7), o brasão de São João da Barra encabeça 28 páginas, mas nas outras 10, as que constam os anexos, a empresa responsável pelo concurso parece ter reaproveitado o documento do município de Queimados, brasão que consta em 10 páginas.
Comentar
Compartilhe
Rosáceos cancelam prévias e “conselho” definirá candidato do grupo
07/07/2016 | 22h55
[caption id="attachment_8093" align="aligncenter" width="640"]Reunião aconteceu nesta quinta-feira no Rio Branco. (Foto: Rodrigo Silveira) Reunião aconteceu nesta quinta-feira no Rio Branco. (Foto: Rodrigo Silveira)[/caption] O candidato que terá o apoio do grupo governista em Campos não será escolhido pelas prévias do Núcleo de Organização Social (NOS), mas por um “conselho” formado pelo casal Garotinho, vereadores, presidentes de partidos e os mais experientes dos rosáceos. O vice-prefeito Dr. Chicão (PR), que chegou a ser apontado (aqui) como candidato da máquina à sucessão de Rosinha (PR), não apareceu. Embora a mudança de estratégia já tivesse sido anunciada pela Folha da Manhã nas edições de quarta-feira (aqui) e desta quinta (aqui), tudo foi “definido” em reunião, no Clube de Regatas Rio Branco. Diante da plateia do NOS, em um movimento que já era o esperado, Garotinho (PR) colocou em votação a possibilidade de manutenção das prévias, da escolha ficar nas mãos dele e de Rosinha ou a instauração de um conselho, com 50 membros. Como a maioria dos integrantes do NOS são os funcionários contratados da Prefeitura e os DAS, “exército” que oposição aponta ser comandada por vereadores da base governista, não era difícil de deduzir o resultado: conselho. Mais informações na edição desta sexta-feira (8) da Folha da Manhã.         
Comentar
Compartilhe
E o motivo da suspeição na Machadada?
07/07/2016 | 16h25
Sem títuloE o motivo da suspeição? Uma sentença da “Operação Machadada” era aguardada para o início de julho, mas a movimentação mais recente do processo deixa claro que vai demorar um pouco mais. Denunciado em 2012, o caso pode chegar ao pleito de 2016 sem desfecho. A defesa do vereador Alex Firme (PP) apresentou a suspeição do juiz da 37ª Zona Eleitoral, Leonardo Cajueiro, e até uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro, nada será definido. Mas há uma dúvida neste caso: quais os motivos alegados para a suspeição. Desde segunda-feira (4), quando os autos estavam suspensos, a pergunta foi enviada ao TRE, por e-mail, mas nenhuma resposta foi dada até agora. Por telefone, os assessores do Tribunal disseram que na teriam acesso a tal informação. Nesta quarta-feira (6), a consulta foi ao advogado de Alex, Robson Maciel Júnior. Ele também não informou os motivos, pois, segundo ele, só pode comentar sobre o caso após a decisão do TRE. Enquanto isso, não tem como saber, ao menos por enquanto, o que foi argumentado para alegar a suspeição. Comentários As notas publicadas na coluna Ponto Final (aqui), na edição da Folha dessa quarta-feira (7), sobre a corrida eleitoral em SJB, renderam. Em um dos tópicos foi afirmado que o prefeito Neco (PMDB) não tem nomes indicados para compor chapa, caso seja candidato à reeleição. Quem? Existe um convite feito desde o ano passado à empresária Odineia Pereira, mas ainda sem resposta. Outro sondado foi Betinho Dauaire (PR), que já negou a possibilidade. Se existe alguém com intenção de ser vice, o grupo governista não divulgou a lista. No Rio Neco esteve no Rio cumprindo agenda. Seus compromissos não foram divulgados, mas tudo indica que seja mais uma vez para buscar empréstimos com royalties futuros, aind ançao concretizado. Convenções Faltam menos de três meses para eleição e os partidos já se movimentam para o período de convenções. Antes, porém, é necessário definir os nomes para encabeçar as chapas e seus respectivos vices. Será? Ganha força nos bastidores a possibilidade de uma das chapas na disputa sanjoanense ser totalmente feminina. Nada é oficial, mas os comentários continuam a rolar. Doação... Tem pré-candidato a vereador em São João da Barra com tanta certeza de ser eleito no próximo pleito, que já anuncia pelos quatro cantos a adoção de outra estratégia: vai doar uma parte de seus votos a amigos que também serão candidatos. ...de votos? Não é uma aliança. É que, acreditem, tem pré-candidato calculando os sufrágios pelo número de amigos ou seguidores no Facebook. Não sabem eles que as urnas, sempre, podem surpreender. Balanço A Câmara de São João da Barra divulgou um balanço dos trabalhos do Legislativo neste primeiro semestre deste ano. Foram aprovadas mais de 200 matérias, em um período marcado também por polêmicas entre as bancadas governistas e de oposição. Trabalho Mesmo em período de recesso, a Câmara de SJB tem trabalho intenso. Nesta sexta (8) é dia de uma audiência pública sobre o Estatuto Geral das Guardas Municipais. Na próxima quinta (14), a pauta de outra audiência é a empregabilidade no Porto do Açu. Resumo Prefeitura de SJB e Átrio não chegaram a um acordo sobre o pagamento dos terceirizados, pois já havia uma ação judicial sobre o caso, movida pelo sindicato dos funcionários do setor. A questão agora é judicial. Em resumo, não há prazo para pagamento. Cartão Informações sobre o cartão “Viver Melhor”, programa de transferência de renda de SJB, são divulgadas a cada dia. A secretaria de Assistência precisa emitir posicionamento oficial: está ou não está suspenso? *Publicado na edição desta quinta-feira (7) da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
Eduardo Cunha renuncia à presidência da Câmara
07/07/2016 | 13h34
[caption id="attachment_8079" align="aligncenter" width="1049"]CUNHA2 Cunha chora em coletiva ao renunciar à presidência da Câmara[/caption] Afastado da Câmara dos Deputados e investigado em três inquéritos da Lava Jato que tramitam no Supremo Tribunal Federal, além de um pedido de cassação em andamento, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) renunciou nesta quinta-feira (7) à presidência da Casa. Ele afirmou que vai provar usa inocência. Cunha chorou durante leitura do comunicado à imprensa. Ele se diz vítima de perseguição covarde, contra si e sua mulher e filha. Diz ter certeza de sua inocência. E de que fez o país melhor, ajudando o país a "se livrar do governo do PT", tirando o país do "caos" causado pela desastrosa e criminosa gestão de Dilma. — É público e notório que a Casa está acéfala — afirmou Cunha, em referência ao deputado Waldir Maranhão (PP), que assumiu a presidência em seu lugar. Cunha disse que só a sua renúncia poderá colocar fim à "instabilidade sem prazo". E que, durante seu mandato, soube conduzir condizentemente a Casa, tocando as pautas necessárias. A informação da renúncia foi adiantada no blog de Ilimar Franco (aqui), do jornal O Globo. Na Folha Online, o Blog do Bastos (aqui) falou sobre o assunto primeiro.
Comentar
Compartilhe
Agentes de pesquisa eleitoral em SFI são conduzidos à PF
07/07/2016 | 10h02
[caption id="attachment_8076" align="alignleft" width="300"]Carro dos agentes de pesquisa foi levado para o Fórum de SFI (Foto: Vnotícia) Carro dos agentes de pesquisa foi levado para o Fórum de SFI (Foto: Vnotícia)[/caption] Dois funcionários de um instituto que estava realizando pesquisas eleitorais em São Francisco de Itabapoana foram conduzidos na manhã desta quarta-feira (6) à Delegacia da Polícia Federal em Campos para prestarem esclarecimentos sobre a sondagem. A denúncia, que chegou à Justiça Eleitoral e motivou a fiscalização, era de uma pesquisa tendenciosa e fora dos padrões estabelecidos em lei. Fiscais do Tribunal Regional Eleitoral fizeram a abordagem aos pesquisadores com apoio da Polícia Militar, por volta das 10 horas da manhã, no distrito de Praça João Pessoa. Foram encontradas fichas de pesquisas já preenchidas. A fim de averiguar a denúncia, o juiz eleitoral de São Francisco de Itabapoana Paulo Maurício Simão Filho determinou que os pesquisadores fossem conduzidos até a Polícia Federal para apuração dos fatos. No site do Tribunal Superior Eleitoral não há, até o momento, nenhuma pesquisa registrada para o município de São Francisco de Itapabaona. Ainda não há informações sobre o desfecho do caso. Com informações do site Vnotícia (aqui).
Comentar
Compartilhe
Dornelles anuncia para dia 14 quitação dos salários de junho
06/07/2016 | 20h06
Francisco-Dornelles-625x403O Governo do Estado do Rio de Janeiro fará o pagamento integral da folha de junho a todos os servidores ativos, inativos e pensionistas no dia 14, décimo dia útil do mês, conforme calendário previsto anteriormente. O pagamento foi confirmado nesta quarta-feira (6) pelo governador em exercício, Francisco Dornelles (PP). Os salários e benefícios de junho dos servidores ativos, inativos e pensionistas da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e secretarias estaduais de Segurança e Administração Penitenciária (Seap) estão sendo pagos nesta quarta. O valor líquido depositado pelo estado é de R$ 694 milhões. Também estão sendo pagos nesta quarta R$ 218 milhões relativos aos valores pendentes do Regime Adicional de Serviço (RAS), Programa Estadual de Interação na Segurança (Proeis) e premiações do Sistema de Metas Integrado das polícias Militar e Civil. Fonte: Agência Brasil
Comentar
Compartilhe
Acordo entre Prefeitura e Átrio inviabilizado por decisão judicial
06/07/2016 | 18h30
Prefeitura sjbNão prosperou o acordo extrajudicial que a Prefeitura esperava firmar com Átrio nesta quarta-feira (6), durante reunião no Ministério Público do Trabalho (MPT), em Campos, com o objetivo de quitar, ao menos parcialmente, os débitos com terceirizados. Na condição de “devedor”, representantes do município estiveram na audiência, mas impossibilitados de tentar qualquer tipo de acordo, uma vez que o sindicato, também presente, já havia acionado à Justiça do Trabalho. A partir de agora, qualquer decisão, só nos autos do processo. No início de julho, a Justiça do Trabalho concedeu liminar em uma ação civil pública movida pelo Sindicato dos Empregados em Turismo e Hospitalidade de Campos que bloqueia os créditos que a Átrio tem a receber da Prefeitura. Em resumo, o município não deverá fazer o pagamento à empresa, mas um depósito judicial. — Não tem como fazer um acordo extrajudicial. Seria até antagônico. Já existe uma ação e uma decisão judicial. Gostaria de deixar claro que o município não tem nenhum débito trabalhista. O que a gente tem é um débito empresarial — explicou o Procurador do município, Jefferson Nogueira. Na manhã desta quarta (aqui), o prefeito Neco (PMDB) chegou a anunciar em sua página na rede social Facebook a realização da reunião para tentar selar o acordo.  
Comentar
Compartilhe
Ponto Final — SJB: oposição caminha para união e governo ainda em dúvida
06/07/2016 | 11h06
Ponto-final1Certezas e dúvidas em SJB Se no cenário eleitoral de Campos “alianças convergem oposição e disputas dividem o governo”, como destacou a manchete da Folha e esta coluna de opinião (aqui) na edição de terça-feira (5), em São João da Barra, cidade bem menor, mas com tom visceral na disputa, não é muito diferente. A pré-candidata Carla Machado (PP), de oposição, é nome dado como certo como cabeça de chapa e tem sete pretensos vices, a ser definido em pesquisa. Entre os governistas, a possibilidade de Neco (PMDB) não disputar à reeleição, como aventado por ele em reunião, divide opiniões. Plano B? Na última pesquisa do instituto Pro4 nas terras de Narcisa Amália, divulgada no início de maio, Carla abriu larga vantagem sobre Neco. Dias depois, devido à queda de arrecadação, o prefeito decretou emergência econômico-financeira e adotou diversas medidas impopulares. Até mesmo governistas, que antes refutavam o resultado da sondagem, que mostrava Carla com 79,9% das intenções de votos, ante 20,1% de Neco, começaram a admitir que os números de rejeição eram altos, mas esperavam reverter o quadro sem a necessidade de um plano B. Sobra a um, falta ao outro Enquanto Carla tem sete postulantes a vice, o grupo governista não tem nenhum. Assim, fica ainda mais difícil definir quem seria o candidato com o apoio da máquina caso Neco recue estrategicamente. Foi então que o PR, aproveitando o cenário instável, lançou o nome do vereador Franquis Areas, mais votado em 2012 e ligado historicamente a família Dauaire, que tem o comando do partido em SJB. Neste caso a divisão é por outro fator: têm personagens no grupo que rejeitam tanto espaço para os Dauaire, pois ainda que sem o nome na urna, Franquis aparece como candidato deles, não de Neco. “Soldado do grupo” Para incendiar ainda mais a fogueira política sanjoanense, Franquis se apresenta como um “soldado do grupo”, não deixa claro se esse grupo é o governista, com o qual caminha desde 2013, ou o da família Dauaire, no qual está junto desde que Betinho (PR) foi prefeito entre 1997 e 2004. E se existem alguns com o intuito de barrar uma indicação do PR, há também os que só ficam no arco de aliança se Franquis for o cabeça de chapa. Uma reunião estava prevista para ontem e poderia clarear o horizonte, mas Neco foi cumprir agenda no Rio e o encontro será remarcado. Contas da discórdia Com esse cenário indefinido e a menos de 15 dias para abertura do prazo de convenções, a Câmara de São João da Barra levou ao plenário as contas de Carla entre os anos de 2010 a 2012. Foram aprovadas pela bancada de oposição, maioria na Casa. A base governista, que não compareceu a sessão extraordinária, vai recorrer alegando irregularidades na convocação. Segundo o líder do governo, vereador Kaká (PT do B), a intenção do presidente da Câmara, Aluizio Siqueira (PP), de julgar as contas a pouco tempo do pleito foi estratégica, para plantar pauta positiva com o nome de sua partidária e pré-candidata a prefeita. Publicado na edição desta quarta-feira (6) da Folha da Manhã
Comentar
Compartilhe
Relator aceita recurso e defende anular votação da cassação de Cunha
06/07/2016 | 11h02
Eduardo CunhaO deputado Ronaldo Fonseca (Pros-DF) começou a apresentar nesta quarta-feira (6) na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) seu relatório que defende a anulação da votação da cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no processo de cassação do Conselho de Ética, apontando violações no devido processo legal. Ao se justificar antes de começar a leitura do voto, Fonseca afirmou que levou em conta a defesa do "Estado democrático de direito" e que não se trata, na CCJ, de dizer se Cunha recebeu propina em contas no exterior, mas apenas violações no processo. "Sei o quanto serei cobrado pela minha posição, não tenho receio, minhas convicções defenderei sempre", afirmou. O parecer foi protocolado na terça (5) e mantido em sigilo. O envelope entregue ontem ao presidente da CCJ, Osmar Serraglio (PMDB-PR), foi aberto somente no início da sessão desta manhã, quando houve uma pausa nos trabalhos para que a secretaria do colegiado pudesse tirar cópias do documento para os demais parlamentares. Fonte: Folha de São Paulo
Comentar
Compartilhe
Reunião define pagamento dos terceirizados da Átrio
06/07/2016 | 10h40
[caption id="attachment_7594" align="alignleft" width="300"]FB_IMG_1466038658050 Neco falou sobre reunião em seu perfil no Facebook[/caption] Acontece nesta quarta-feira (6) uma reunião no Ministério Público do Trabalho, em Campos, com a presença de representantes da Prefeitura de São João da Barra, da empresa Átrio e do sindicato para ser determinada a forma de pagamento de todos os salários e direitos trabalhistas desses funcionários. Dispensados desde maio, eles ainda não receberam. Os funcionários da Átrio chegaram a realizar um protesto (aqui). A informação foi confirmada pelo prefeito Neco (PMDB), em seu perfil Na rede social Facebook: "Foi marcada para essa manhã no Ministério Público do Trabalho - MPT uma audiência de conciliação, para que junto com o Sindicato da categoria, empresa Átrio Rio e representantes da Prefeitura fosse estabelecido a forma de pagamento de todos os salários e rescisão, como também a liberação imediata das chaves para recebimento do Fundo de Garantia e Seguro de Desemprego de todos os funcionários contratados pela referida empresa", escreveu Neco. Mais informações ao longo do dia.  
Comentar
Compartilhe
PF prende no Rio ex-presidente da Eletronuclear
06/07/2016 | 10h06
policia_federal_marcelo_camargo_abr_0A Polícia Federal prendeu o ex-presidente da Eletronuclear Othon Luiz Pinheiro da Silva, num condomínio na Barra da Tijuca, na zona oeste da cidade, onde já cumpria prisão domiciliar. Ele foi levado para a sede da PF, de onde seguirá para o Complexo Penitenciário de Bangu, na zona Oeste da cidade. A prisão do ex-presidente da Eletronuclear ocorre no âmbito da Operação Pripyat, deflagrada no início da manhã de hoje (7). O nome da operação é uma referência à cidade ucraniana onde ocorreu o acidente nuclear de Chernobyl. A ação é executada em conjunto com o Ministério Público Federal e tem como objetivo desarticular organização criminosa que atuava na Eletronuclear. A operação envolve 130 policiais federais que cumprem, no Rio de Janeiro e em Porto Alegre, seis mandados de prisão preventiva, outros três de prisão temporária, nove de condução coercitiva e 26 mandados de busca e apreensão de pessoas envolvidas em irregularidades no processo de licitação de obras da Usina Nuclear de Angra 3, em Angra dos Reis, no litoral sul fluminense. Expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, os mandados atingem seis funcionários da Eletronuclear, que integravam o “núcleo operacional das fraudes”, e tiveram a prisão preventiva decretada, além do ex-presidente da Eletronuclear Othon Luiz Pinheiro da Silva. As investigações da PF constataram a existência de um clube de empreiteiras atuava para desviar recursos da Eletronuclear, principalmente os destinados às obras da Usina Nuclear de Angra 3. A Operação Pripyat apura os crimes de corrupção, peculato, organização criminosa e lavagem de dinheiro, sendo um desdobramento da 16ª fase da Operação Lava Jato, denominada Radioatividade (aqui). Fonte: Agência Brasil
Comentar
Compartilhe
Machadada: processo suspenso até decisão de “suspeição do juiz”
05/07/2016 | 20h23
ForumQuem esperava uma decisão da Operação Machadada no início deste mês, vai aguardar mais um pouco. A defesa do vereador Alex Firme (PP), um dos réus no processo, levantou a suspeição do juiz da 37ª Zona Eleitoral de São João da Barra, Leonardo Cajueiro d’Azevedo. O magistrado não acatou o pedidos, mas o processo está suspenso até que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) faça a análise do pedido. Machadada — A expectativa sobre a “Machadada” é grande porque envolve os principais atores da política sanjoanense, que atualmente figuram como pré-candidatos para a corrida eleitoral de 2016. Entre os réus estão os prefeitáveis Carla Machado (PP) e Neco (PMDB), além do vice-prefeito Alexandre Rosa (PRB). O denunciante é o PR da família Dauaire, que ainda não se posicionou no tabuleiro eleitoral sanjoanense, apesar de o nome do ex-prefeito Betinho ter sido aventado como vice de Neco. A denúncia foi impetrada em 2012, pelo Partido da República, a coligação “São João da Barra vai mudar para melhor” e o então candidato a prefeito Betinho Dauaire. A alegação era que o grupo governista, com o prefeito Neco como candidato à sucessão de Carla montou um esquema de compra de candidaturas adversárias. Carla e o então candidato a vice Alexandre chegaram a ser presos às vésperas do pleito, após um comício. O site Parahybano (aqui) também falou sobre o processo sobrestado.
Comentar
Compartilhe
Mauro Silva sobre candidatura: “Vou lutar até o fim”
05/07/2016 | 18h12
Mauro-Silva-3-400x267Pré-candidato a prefeito de Campos pelo PSDB, o vereador Mauro Silva afirmou nesta terça-feira (5) que não será o próximo a tirar seu nome da lista rosácea. Desde a semana passada, quando em uma reunião teria sido determinado que a cabeça de chapa do grupo será do PR (aqui), o número de pré-candidatos governistas caiu de dez para sete. Líder do governo na Câmara, Mauro continua a defender duas candidaturas com o apoio do casal Garotinho e diz que vai “lutar até o fim”: — Eu defendo que o grupo tenha dois candidatos. Sempre me coloquei como uma candidatura alternativa, não como auxiliar, da forma que alguns tentam passar. Vou lutar até o final. Quero o apoio da prefeita Rosinha (PR) e do Garotinho (PR), como o PSDB sempre apoiou o governo. O que está se fazendo agora não tem sentido, são boatos. O Blog da coluna, de Murilo Dieguez (aqui), traz a informação que Mauro vai anunciar a desistência nesta noite, assim como diz o blog de Cláudio Andrade (aqui). Desistiram — Retiraram os nomes da lista de prefeitáveis o presidente da Câmara de Campos, Edson Batista (PTB), a vereadora Auxiliadora Freitas (PHS) e o ex-secretário de Desenvolvimento Humano, Thiago Ferrugem (PR). Favoritos — Conforme a coluna Ponto Final informou (aqui) nesta terça, os favoritos do grupo rosáceo seriam Dr. Chicão (PR) e Paulo Hirano (PR). Correndo por fora, também teria chance Thiago Godoy, braço direito de Garotinho no partido e no governo.
Comentar
Compartilhe
Com tantas explosões, por que não instalar câmeras na rodoviária de SJB?
05/07/2016 | 16h16
Sem títuloInsegurança na rodoviária A rodoviária de São João da Barra precisa de um sistema de câmeras de monitoramento. E tem que ser de forma urgente. Esta seria uma resposta, tardia, diga-se de passagem, às constantes investidas de bandidos que usam explosivos para arrombar os terminais de autoatendimento que existiam no local. Já chegaram a ser quatro, hoje não tem mais nenhum. O último, da Caixa Econômica Federal, foi totalmente destruído na madrugada de sábado (aqui). De nada adianta cobrar que as instituições bancárias disponham terminais em pontos distintos da cidade se na rodoviária, ao lado da sede administrativa da Guarda Civil Municipal — que também foi atingida pela explosão —, não há nenhum tipo de segurança. A partir de agora, resta ao sanjoanense ter de utilizar os serviços apenas nas agencias bancárias. Não quer dizer que as câmeras vão impedir a ação dos bandidos, mas saber que elas estão lá podem inibir, além de auxiliar à polícia na elucidação do caso. Comemorou A ex-prefeita Carla Machado (PP), pré-candidata ao mesmo cargo neste ano, comemorou a aprovação das contas de sua gestão, entre os anos de 2010 e 2012, nas redes sociais. Indireta? Carla relatou a “novela” até que as contas entrassem na pauta. Líder do governo e presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, o vereador Kaká (PT DO B) quer anular a sessão. Sem citar nomes, Carla disse que o fato é a aprovação e o resto é “choro de inconformado”. Cancelou O grupo político do prefeito Neco teria uma reunião nesta terça (5) na sede do município. Não vai ter mais. Neco cumpre agenda no Rio de Janeiro e não vai poder participar do encontro, que ainda não tem nova data para acontecer. Mais um? Ainda existe a possibilidade de outro partido lançar candidatura a prefeito em São João da Barra. O motivo é a insatisfação de seus principais quadros com o grupo a qual pertence e a resistência em caminhar no outro. Definições até o fim da semana. Notificada... Após esta coluna publicar no último sábado (aqui) uma nota sobre o risco da “Caixa d’água” de Atafona desabar, o coordenador da Defesa Civil de SJB, Frlício Valiengo, informou que a Cedae já foi notificada. ...sobre risco Felício relatou que, diferente do Atafona Praia Clube, que ninguém se manifestou para evitar a demolição ou efetuar por conta própria, a Cedae demonstrou interesse. Cabe a companhia, então, a resolução do problema. Ventos O Grupo Cultural Lourenço do Espírito Santo, de Atafona, já começa a preparar mais uma “Festa dos Ventos”. A previsão é que o evento aconteça entre os dias 20 e 21 de agosto, na praça Nossa Senhora da Penha. *Publicado na edição desta terça-feira (5) da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
Clarissa Garotinho lança enquete sobre candidatura a prefeita do Rio
05/07/2016 | 15h44
A deputado federal Clarissa Garotinho (PR) ainda não decidiu se será candidata a prefeita do Rio de Janeiro. Em um longo texto na rede social Facebook (aqui), ela aponta a crise no estado e diz que no município as mazelas vão aparecer após as Olimpíadas. Com um discurso contrário ao PMDB, partido do atual prefeito Eduardo Paes, Clarissa lembra que 10 nomes já estão lançados para sucedê-lo, mas  que ela ainda é questionada se também será candidata. Para isso, está usando sua página na rede social nesta terça-feira (5) para saber a opinião dos cariocas quanto ao assunto. Há quem defenda também que Clarissa será s vice numa possível chapa encabeçada pelo senador Marcelo Crivella (PRB). Essa aliança, "por cima", poderia interferir no tabuleiro campista, deixando Alexandre Tadeu (PRB), um dos líderes na pesquisa (veja aqui, no Opiniões) Pro4, fora do páreo. Tadeu, no entanto, confirmou que sua candidatura está firme e até apresentou possível vice (leia aqui, Na Curva do Rio). Confira o post da deputada: Clarissa_Face
Comentar
Compartilhe
TCE bloqueia R$ 198 milhões da Odebrecht e Andrade por fraude no Maracanã
05/07/2016 | 15h01
917637-maracana_rj_3_1O Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovou por unanimidade nesta terça-feira (5) o relatório do conselheiro José Gomes Graciosa sobre as obras de reforma do complexo do Maracanã para a Copa de 2014. Uma das medidas aprovadas é o bloqueio de R$ 198 milhões em créditos vigentes para as construtoras Odebrecht e Andrade Gutierrez. A punição foi pedida, como mostrou jornal O Globo neste domingo, pelo conselheiro Graciosa. A sessão plenária aconteceu dias após a divulgação de trecho da delação premiada de Clóvis Renato Numa Peixoto Primo, ex-dirigente da Andrade Guitierrez, na qual ele afirma ter autorizado o pagamento de propina para o TCE no valor de 1% do contrato do Maracanã, reformado por um consórcio formado pela Andrade Guiterrez, pela Odebrecht e pela Delta. Na mesma delação, ele também disse que pagou 5% de propina ao ex-governador Sérgio Cabral (PMDB). Pelo contrato original, o governo do estado deveria ter pagado R$ 705 milhões pela reforma, mas a inclusão de 16 aditivos fez a obra saltar para R$ 1,2 bilhão. Entre 2010 e 2014, o TCE instaurou 21 processos para analisar o contrato, os 16 aditivos e o resultado de quatro auditorias especiais da obra. Embora os auditores do tribunal tivessem apontado irregularidades e pedido a devolução de R$ 93 milhões (à época), até hoje o TCE não havia tomado qualquer decisão sobre o assunto. Fonte: Época
Comentar
Compartilhe
Governistas cancelam reunião política em SJB
05/07/2016 | 09h01
Neco____O grupo que apoia o prefeito Neco (PMDB), pré-candidato à reeleição, cancelou uma reunião que estava marcada para esta terça-feira (5) na sede do município de São João da Barra. Como Neco levantou a possibilidade de não disputar um segundo mandato, abrindo espaço para um nome do grupo, a expectativa é que a decisão dele fosse anunciada neste encontro, antes das convenções partidárias autorizadas a partir de 20 de julho. No entanto, o encontro foi desmarcado porque o prefeito cumpre agenda na capital fluminense.
Comentar
Compartilhe
SJB: Câmara aprova LDO com oito emendas
04/07/2016 | 18h30
[caption id="attachment_8023" align="alignleft" width="300"]Os nove vereadores de SJB estiveram na sessão que apreciou a LDO Os nove vereadores de SJB estiveram na sessão que apreciou a LDO[/caption] Diferente da sessão extraordinária convocada para a manhã desta segunda-feira (4), na qual só os vereadores de oposição compareceram (aqui) e aprovaram as contas de Carla Machado (PP), referentes aos anos de 2010, 2011 e 2012, a Casa estava cheia na reunião, também extraordinária, convocada para tarde. Os legisladores de São João da Barra apreciaram o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício 2017. A sessão marcou, também, o início do recesso parlamentar. A matéria recebeu oito emendas apresentadas pelos nove vereadores — todas com o objetivo de adicionar incisos ao parágrafo 4º do artigo 2º do projeto de lei. São elas: manutenção do passe estudantil (R$ 500 mil); manutenção do Cartão Universitário de até 80% da mensalidade (R$ 1,5 milhão); melhoria da infraestrutura, insumos, exames e contratação de médicos para o centro de emergência e postos de saúde (R$ 3,5 milhões); aquisição de um mamógrafo (R$ 300 mil); aquisição de dois aparelhos de ultrassonografia (R$ 600 mil); pavimentação das estradas de acesso e ramais dos distritos dos polos de agricultura familiar (R$ 3 milhões); limpeza e manutenção dos rios e canais fluviais (R$ 2 milhões) e arborização das ruas e avenidas (R$ 1 milhão). — Essas emendas foram encaminhadas a esta casa, pelo Projeto Núcleo de Educação da Bacia de Campos (NEA-BC) e os vereadores as encamparam — explicou o presidente da Câmara, Aluizio Siqueira (PP). A LDO dispõe sobre as diretrizes a serem observadas na elaboração do orçamento. Com informações da assessoria
Comentar
Compartilhe
Câmara de SJB corrige edital e concurso terá sete, não oito vagas
04/07/2016 | 13h59
Fachada Câmara 3A Câmara de São João da Barra abre inscrições para concurso público nesta sexta-feira (8) a fim de preencher 07 vagas. De nível médio, haverá oportunidade para almoxarife (1) e motorista (4). Já para nível superior as vagas são de tesoureiro (1) e contador (1). Os salários são de R$ 1.608,92, para os dois primeiros e R$ 4.591,17 para os dois últimos. O legislativo também concede auxílio alimentação, saúde e transporte. O certame está sendo organizado pela Gualimp Assessoria e Consultoria Ltda. O edital será divulgado nesta quinta-feira (7) pelos sites: www.gualimp.com.br e www.camarasjb.rj.gov.br. Os interessados terão até as 23h59 do dia 25 de julho para efetuarem as inscrições, exclusivamente pelo site da organizadora. O concurso terá provas objetivas, de títulos e prática, de caráter eliminatório e classificatório. As objetivas, de múltipla escolha, serão realizadas em SJB, com data prevista para quatro de setembro. As vagas serão preenchidas no quadro efetivo da Câmara; com base na lei nº 238/2013 com suas devidas alterações, bem como as que vagarem ou forem criadas durante o prazo de validade do concurso, em consonância com as legislações federal, estadual e municipal. Todos os cargos são para trabalhar 40 horas semanais. O certame será coordenado por uma comissão formada por três servidores da Casa. As demais publicações relativas ao assunto serão disponibilizadas nos sites www.gualimp.com.br e www.camarasjb.rj.gov.br. Mais informações, pelo e-mail [email protected]. Este blog divulgou (aqui) que o número de vagas seria oito, conforme primeira publicação em Diário Oficial.
Comentar
Compartilhe
Câmara de SJB aprova contas de Carla; governistas querem anular sessão
04/07/2016 | 12h12
04_07_2016_11_29_10Em sessão extraordinária, que só contou com a presença da bancada de oposição, a Câmara de São João da Barra aprovou nesta segunda-feira (4) as prestações de contas da ex-prefeita Carla Machado (PP), referentes aos anos de 2010, 2011 e 2012. Líder do governo na Casa e presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, Kaká (PT do B) já informou (aqui) que vai recorrer ao Ministério Público para anular a sessão por entender que há irregularidades em sua convocação, além de o colegiado não ter exaurido parecer pela aprovação ou reprovação. O Tribunal de Contas do Estado (TCE) deu parecer prévio pela aprovação, com ressalvas e determinações. FB_IMG_1467644968035Relator da Comissão na Câmara de SJB, Jonas Gomes (PP) afirmou que ele redigiu o parecer pela aprovação em todos os anos por entender que não há motivos para discordar do TCE. Jonas falou também que esse parecer foi levado ao colegiado. "Já fiz parte dessa comissão outras vezes e nunca presenciei o que aconteceu. Desde 2005, as contas do ex-prefeito Betinho Dauaire (PR) e Carla Machado, todas que vieram com parecer favorável do TCE foram mantidas pela comissão e por esta Casa". O presidente da Câmara de SJB, Aluizio Siqueira (PP) afirmou que a "comissão foi respeitada e todos os prazos foram respeitados". "O relator da comissão na Câmara, cumprindo seu papel, enviou ofício com o seu parecer aos decretos, acompanhando o que o TCE já tinha referendado. Tentaram manobras procrastinatórias", disse o presidente. Além dos vereadores já citados, votaram pela aprovação Alex Firme (PP), Ronaldo Gomes (Pros) e Sônia Pereira (PT). A bancada givernista - Kaká, Elísio Rodrigues (PDT), Eziel Pedro (PMDB) e Franquis Areas (PR). Recurso - Kaká chegou a pedir por ofício que a Câmara não realizar a sessão. Ele alega que a comissão realizou pedidos de informações não respondidos pela ex-prefeita, o que teria impedido a continuidade dos trabalhos. Segundo o vereador, o prazo para o colegiado terminar de avaliar as contas termina em 4 de agosto, uma vez que, de acordo com ele, os prazos são suspensos a partir de 30 de junho, data do recesso legislativo na Lei Orgânica. O vereador relata também que a comissão já recebeu o projeto do decreto com as contas aprovadas, antes de o colegiado avaliar, com espaço em branco somente para os membros da comissão assinarem. Kaká vai recorrer ao Ministério Público para invalidar a sessão.
Comentar
Compartilhe
Líder de Neco quer barrar sessão para julgar contas de Carla
04/07/2016 | 10h07
[caption id="attachment_5093" align="alignleft" width="300"]Câmara_Terça Sessão extraordinária está convocada para as 11h desta segunda-feira (4). (Arquivo)[/caption] Que viria mais uma polêmica entre o presidente da Câmara de São João da Barra, Aluizio Siqueira (PP), e o líder do governo na Casa, Kaká (PT do B), com a convocação da sessão extraordinária para julgar as contas da ex-prefeita Carla Machado (PP), não havia dúvidas (aqui). Presidente da Comissão de Finanças e Orçamentos, Kaká aponta irregularidades na decisão de Aluizio em levar direto ao plenário, nesta segunda-feira (4), às 11h, as prestações de contas de Carla referentes aos exercícios de 2010, 2011 e 2012, antes de o colegiado exarar parecer. Kaká alega que a comissão realizou pedidos de informações não respondidos pela ex-prefeita, o que teria impedido a continuidade dos trabalhos. Segundo o vereador, o prazo para o colegiado concluir a avaliação das contas termina em 4 de agosto, uma vez que, de acordo com ele, os prazos são suspensos a partir de 30 de junho, data do recesso legislativo na Lei Orgânica. O vereador relata também que a comissão já recebeu o projeto do decreto com as contas aprovadas, antes de o colegiado avaliar, com espaço em branco somente para os membros da comissão assinarem. Kaká vai recorrer ao Ministério Público para invalidar a sessão da manhã desta segunda, marcada para as 11h. Para justificar o ato executivo para apreciar as prestações de conta, Aluizio cita que a Comissão de Finanças e Orçamento não convocou reunião do colegiado, que teria recebido os documentos da prestação de contas em 11 de maio, para deliberar sobre o assunto. Agora, o vereador Jonas Gomes (PP), relator das prestações de contas, encaminhou um ofício à presidência da Casa relatando que a Comissão não se reuniu para emitir parecer. Segundo Aluizio, o prazo para emissão do parecer já teria expirado.
Comentar
Compartilhe
Porto do Açu inaugura área para instalação de lojas In Company
04/07/2016 | 10h06
[caption id="attachment_8003" align="alignleft" width="300"]Primeira unidade, já em funcionamento, vai fornecer EPIs Primeira unidade, já em funcionamento, vai fornecer EPIs[/caption] O Porto do Açu inaugura, nesta segunda-feira (4), um espaço de 7 mil m² destinado à implantação do projeto Lojas In Company. Instaladas dentro do Complexo Portuário, as lojas são estruturadas em contêineres que têm 12 metros de comprimento por 3 metros de largura, e atendem exclusivamente às demandas das empresas e clientes do empreendimento. A primeira loja, que fornece EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), já começou a funcionar. Segundo o gerente de Suprimentos do Porto, João Kapiska, as próximas lojas devem ser inauguradas em breve. “Percebemos que atrair os fornecedores para dentro do Complexo Portuário iria trazer mais agilidade e eficiência no atendimento aos nossos clientes. Por isso, desenvolvemos o projeto Lojas In Company. A loja que fornece EPIs já é uma realidade e o nosso objetivo é expandir este projeto”. A definição do tipo de produto ou serviço que será fornecido pelas lojas é do Comitê de Suprimentos do Porto do Açu, formado por representantes de todas as empresas que atuam no empreendimento. Nos encontros, que são realizados mensalmente, as empresas indicam suas demandas e dificuldades de contratação. A partir disso, são definidos os produtos e serviços, e é realizada uma concorrência para definir a empresa que irá atuar na Loja in Company. —O fornecimento de EPIs no Porto era uma das principais demandas das empresas, que sempre tiveram dificuldade na aquisição imediata destes produtos. Mas as possibilidades para o local são muitas. Entre elas estão a venda de materiais elétricos e de ferramentas e a instalação de laboratório para aferição de equipamentos — contou Kapiska. O local pode abrigar um total de 43 lojas, todas em contêineres. A previsão é que na próxima fase, que está prevista para Set/16 deste ano, sejam instaladas mais cinco lojas. Fonte: Assessoria
Comentar
Compartilhe
PF deflagra nova fase da Lava Jato
04/07/2016 | 09h22
Imagem_LavaJatoA Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda-feira (4) a 31ª fase da Lava Jato – denominada Operação Abismo – para investigar desvios em licitações para a reforma do Cenpes (Centro de Pesquisa da Petrobras), no Rio de Janeiro, onde são feitos estudos sobre a exploração em águas profundas. Ao todo, foram expedidos 35 ordens judiciais, sendo quatro de prisão temporária, uma de prisão preventiva, 23 de busca e apreensão, além de sete conduções coercitivas, que é quando a pessoa é levada para prestar depoimento. O esquema no Cenpes envolve R$ 39 milhões em pagamentos de propina para empresa participante do certame, diretoria de Serviços da Petrobras e também para o PT, segundo as investigações. As diligências são realizadas em São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal. Um dos alvos da operação é o ex-tesoureiro do PT, Paulo Adalberto Alves Fernandes, que já se encontra preso desde o dia 23 na superintendência do órgão em São Paulo, em decorrência da operação Custo Brasil, também da PF. A operação é feita em parceria com a Receita Federal, que mobilizou 20 de seus servidores para auxiliarem o trabalho dos 110 policiais. São investigados os crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e fraude em licitação, no que configurou, segundo a PF, um esquema que impôs prejuízos sistemáticos à Petrobras, através inclusive da realização de pagamentos indevidos a funcionários da companhia e repasses de dinheiro a partido político em decorrência de negócios fechados com outras empresas. Criado há 40 anos, o Cenpes -  Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Petrobrás - foi recentemente ampliado e modernizado para atender às demandas de exploração do pré-sal. A reforma do local já havia aparecido em delações premiadas anteriores como fonte de desvios de recursos públicos para partidos. Com informações da Agência Brasil e do portal G1
Comentar
Compartilhe
No DO de domingo, Neco exonera dois para nomear quatro
04/07/2016 | 09h08
Prefeitura sjbA semana começou com mais mudanças na estrutura administrativa do prefeito Neco (PMDB). No Diário Oficial de domingo (3), Neco exonerou dois cargos em comissão na sua administração, mas ao mesmo tempo nomeou quatro. A lista foi divulgada um dia após a polêmica da exoneração de 21 na última sexta-feira (aqui), mas a nomeação de 27 (aqui) no dia seguinte. Em maio deste ano (aqui), Neco decretou emergência econômico-financeira em São João da Barra e determinou cortes e reduções em diversos programas, entre eles o cartão do servidor (suspenso), redução de ajuda de custa da bolsa universitária e a suspensão do passe estudantil para quem não é bolsista. As publicações foram divulgadas no jornal Folha da Manhã e estão disponíveis (aqui) no portal da Prefeitura. Atualizado às 18h13 — Inclusão do link para o portal da Prefeitura.
Comentar
Compartilhe
Dúvidas no tabuleiro político de SJB são as mesmas
02/07/2016 | 15h17
Sem títuloAs dúvidas são as mesmas Julho chegou para a política de São João da Barra com as mesmas dúvidas de junho: Neco (PMDB) será candidato à reeleição? Caso sim, quem será seu vice? Do contrário, quem o grupo governista vai apoiar? Será que o prefeito vai conseguir a chamada “venda do futuro”? E a sentença da Machadada, em primeira instância, não estava prevista para junho? Esses fatores podem alterar o cenário ou a pesquisa divulgada até agora é o reflexo atual? E Carla Machado (PP), quando vai colocar pesquisa na rua para escolha do seu vice? As respostas para a maioria desses questionamentos devem começar a surgir nas próximas duas semanas. As convenções partidárias estarão liberadas entre os dias 20 de julho e 5 de agosto. Antes disso, Neco deve oficializar se tentará ou não a disputa de um segundo mandato. Carla já deve ter em mãos a consulta popular para seu nome de vice. Já a Machadada, julgamento que envolve personagens de todas as correntes políticas do município, deve ter seu desfecho em primeira instancia. Os autos estão conclusos para despacho desde o início desta semana. _________________________________________________________________ [caption id="attachment_7987" align="aligncenter" width="960"](Foto: Leandro caldas/Facebook) (Foto: Leandro caldas/Facebook)[/caption] QUESTÃO DE TEMPO?  A “Caixa d’água” de Atafona parecer ser a próxima construção a sucumbir ao avanço do mar no litoral sanjoanense. O antigo castelo d’água, que fica no final da rua João Batista de Almeida, no encontro com o que restou da avenida Atlântica, corre o risco de desabar. Por muito menos, o Atafona Praia Clube foi demolido no ano passado. Não custa a Defesa Civil avaliar a necessidade de adotar a mesma medida ___________________________________________________________________ Definições... Só quando o cenário da disputa majoritária clarear é que será possível saber quantas cadeiras estarão totalmente “livres” na Câmara de SJB. Hoje, os nove legisladores surgem como pré-candidatos ao mesmo cargo. ...na Câmara Quando todas as respostas do primeiro tópico desta coluna forem respondidas, alguns vereadores podem caminhar para disputar o cargo de prefeito ou vice. Assim, saberemos o número mínimo da renovação na Casa. Indireta... Após “lançar” o vereador Franquis Areas (PR) como prefeitável, o ex-prefeito Betinho Dauaire (PR) mandou uma indireta bem direta no Facebook: “Se você não pode voar, então deixe que outro voe no seu lugar. Fica a dica”. ...bem direta Betinho, durante a Feijoada da Folha, disse que Neco foge da escolha de Sofia: resolver a crise, cumprir a lei de Responsabilidade Fiscal ou tentar se reeleger. Para o ex-prefeito, são objetivos não andam juntos no ambiente político. Então, seria mais fácil deixar outro “voar”? Cansou Ex-prefeita e pré-candidata, Carla Machado diz que já nem dá mais importância quando é acusada por Neco, seu ex-aliado, de tudo que possa dar na administração pública. Disse até que nem responde mais, deixa que o povo faça isso. Reunião O grupo político de Neco planeja uma reunião para a próxima semana. A intenção é mostrar união, mesmo em período de crise. O encontro será na sede do município. Dia e horário, ainda a confirmar. Deu certo... O jornal Folha de S. Paulo trouxe uma matéria sobre os empreendimentos iniciados pelo Grupo EBX, do empresário Eike Batista, mesmo com a derrocada do homem que já foi o mais rico do país. O destaque foi o Porto do Açu. ...no Açu A Folha mostrou que o Açu teve de deixar a visão megalomaníaca de Eike. Ele chegou a prometer fábrica de carros elétricos, área industrial com térmicas a carvão e empresas de chips eletrônicos. Agora, o Porto volta sua atenção ao petróleo. Futebol Campos vive a expectativa de o tapetão definir se a final da Taça corcovado, quando o Roxinho bateu o Americano será validada. Isso garantiria, pelo menos, uma equipe campista na Série A em 2017. Agora e o Esporte Clube São João da Barra, que fim levou? Cultura A secretaria de Educação e Cultura de São Francisco de Itabapoana lançou a “Cartilha Cultural Online”. No espaço virtual estão registros e informações das manifestações culturais e dados históricos do município.
Comentar
Compartilhe
Câmara de SJB julga contas de Carla Machado nesta segunda
02/07/2016 | 11h32
[caption id="attachment_3386" align="alignleft" width="300"]Duas sessões extraordinárias vão acontecer nesta segunda-feira (Arquivo) Duas sessões extraordinárias vão acontecer nesta segunda-feira (Arquivo)[/caption] O presidente da Câmara de São João da Barra, Aluizio Siqueira (PP), convocou sessão extraordinária para esta segunda-feira (4), às 11h, com a finalidade exclusiva de apreciar e julgar as contas da ex-prefeita Carla Machado (PP) referentes aos exercícios de 2010, 2011 e 2012. A convocação tende a marcar mais uma polêmica entre as bancadas governistas e de oposição. A comissão de Finanças e Orçamento, presidida pelo vereador Kaká (PT do B), líder do governo Neco (PMDB) na Casa, não convocou reunião do colegiado, que teria recebido os documentos da prestação de contas em 11 de maio, para deliberar sobre o assunto. Agora, o vereador Jonas Gomes (PP), relator das prestações de contas, encaminhou um ofício à presidência da Câmara e Aluizio decidiu, por meio de um ato executivo, levar as matérias ao plenário. Entre os considerandos da publicação, Aluizio relatou que em razão do extravio de documentos a Casa não apreciou antes as contas dos últimos três anos da gestão de Carla Machado. Contudo, a Câmara conseguiu segunda via no Tribunal de Contas do Estado, que foram encaminhados à Comissão de Finanças e Orçamento sanjoanense, além de cópias dos pareceres prévios do TCE para todos os vereadores. Mais uma sessão – Também nesta segunda-feira, a Câmara se reúne, às 17h, para apreciação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) referente ao exercício financeiro de 2017. Após a aprovação da LDO, os vereadores iniciam o recesso legislativo e retomam as sessões em agosto, mês no qual será iniciada a campanha eleitoral.  
Comentar
Compartilhe
Neco exonera 21 em um dia, mas nomeia 27 no outro
02/07/2016 | 09h47
necoooO prefeito Neco (PMDB), de São João da Barra, que decretou emergência econômico-financeira em maio (aqui), continua a fazer mudanças em seu estafe administrativo. Após exonerar 21 membros do governo (aqui), na maioria possíveis candidatos a vereadores, Neco nomeou 27 pessoas, entre cargos comissionados (21) e funções gratificadas (6). A publicação está no Diário Oficial deste sábado (2), a Folha da Manhã. Desde que o decreto de emergência foi publicado, determinando corte do cartão alimentação do servidor, redução na ajuda de custo da bolsa universitária, suspensão de passes para quem não é bolsista, entre outras medidas impopulares, a sensação é que nas nomeações não houve tanto impacto. Em junho, por exemplo, o governo exonerou pessoas em uma semana, mas revogou grande parte do ato na semana seguinte (aqui), além de colocar nomes novos no governo (aqui). Agora, mais uma leva de nomeações e FGs, superior ao de exonerações.
Comentar
Compartilhe
Bandidos explodem caixa eletrônico na rodoviária de SJB
02/07/2016 | 09h10
[caption id="attachment_7969" align="aligncenter" width="1280"]Explosão ocorreu na madrugada deste sábado (2) Explosão ocorreu na madrugada deste sábado (2) na rodoviária de SJB (Foto: Nicholas Sampaio)[/caption] O único caixa eletrônico da rodoviária de São João da Barra, um terminal da Caixa Econômica Federal, foi alvo de bandidos na madrugada deste sábado (2). Com dinamites, eles explodiram o terminal, que ficou totalmente destruído. Os estilhaços da explosão, que assustou moradores do entorno, destruiu parte da sede da Guarda Municipal e dos guichês. Ainda não se tem informações sobre quantia levada na ação, tampouco de suspeitos do crime. Durante o ano de 2015, foram registradas cerca de cinco explosões em caixas eletrônicos na rodoviária. Em nenhuma delas foi usada a quantidade de explosivos como desta vez, que destruiu todo terminal. As consequências dos crimes anteriores foram as retiradas de dois terminais do banco Itaú e um do Bradesco. Havia restado, apenas, um da Caixa. O caso está registrado na 145ª Delegacia de Polícia de São João da Barra. Atualizado às 15h22 — De acordo com o site Parahybano (aqui), mais de R$ 6 mil foram recuperados pela polícia no local do crime. Ainda não há suspeitos detidos. Câmeras pra quê? Criar um circuito de segurança com câmeras de monitoramento em toda a cidade neste mandato do prefeito Neco (PMDB) parece inviável. Embora ainda haja tempo, não é fácil concluir todas as etapas de licitação, homologação, contrato, execução e “inauguração” em menos de seis meses, ainda mais com a emergência econômica decretada. No entanto, priorizar um ou outro ponto paliativamente é necessário. Um deles é a rodoviária municipal, que contava com quatro caixas eletrônicos de três bancos diferentes. Agora, não tem nenhum, já que o da Caixa, que restava, foi destruído. E os outros foram retirados após constantes investidas dos assaltantes. De nada adianta os vereadores cobrarem das empresas bancárias a instalação de caixas eletrônicos em diferentes pontos da cidade, se o município não oferecer segurança. A instalação de um circuito câmeras na rodoviária seria o primeiro passo. Além de inibir a ação dos bandidos, dá maior segurança aos passageiros que às vezes ficam sozinhos aguardando seus ônibus, principalmente à noite, além de ser seguro para quem necessita realizar alguma transação nesses terminais fora das agências bancárias. Mas o pensamento para não colocar as câmeras, pelo menos essas paliativas, em pontos estratégicos, deve ser simples: “as agências bancárias têm câmera e mesmo assim arrombam seus terminais. Então, câmeras pra quê?”. A câmera não impede o crime, mas inibe a atitude do bandido, além de auxiliar, e muito, na elucidação do crime. (Adaptação de um texto de opinião deste blog em 18 de abril de 2015, quando bandidos explodiram o caixa eletrônico do Bradesco, também na rodoviária) Mais informações a qualquer momento.
Comentar
Compartilhe
"Vaquinha" virtual de Dilma arrecada R$ 500 mil e atinge meta em dois dias
01/07/2016 | 23h19
DilmaA presidente afastada Dilma Rousseff atingiu a meta de arrecadar R$ 500 mil pela internet em pouco mais de dois dias. Até as 22h30 desta sexta-feira (1), mais de 7400 pessoas haviam contribuído para a "vaquinha" virtual com vistas a financiar viagens da petista pelo país. Surpresos, auxiliares de Dilma ainda não definiram a próxima marca a ser estipulada. De acordo com auxiliares da petista, a meta de meio milhão de reais só seria alcançada em cerca de quinze dias. Ainda não foi definida qual será a próxima meta de arrecadação. A primeira viagem de Dilma já com o dinheiro do financiamento coletivo deve ser feita na próxima semana. As quantias doadas mais frequentes são de valores baixos, de R$ 10 a R$ 20. Até o fim da noite desta sexta, a média de doação por pessoa era de cerca de R$ 65. A petista lançou o crowdfunding (financiamento coletivo) depois que o governo do presidente interino Michel Temer limitou o uso de aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) aos trajetos de Brasília a Porto Alegre, onde mora a família de Dilma. As duas últimas viagens feitas por Dilma foram bancadas pelo PT. Contudo, uma decisão da Justiça Federal do Rio Grande do Sul autorizou Dilma a usar o avião da FAB em qualquer trajeto, desde que as despesas sejam pagas pela presidente afastada. No campo onde aparece no site o responsável por ter criado a campanha de arrecadação, estão "Celeste e Guiomar" — Guiomar Silva Lopes e Maria Celeste Martinez —, duas amigas da presidente afastada que lutaram com ela contra a ditadura. O objetivo é "lutar contra o golpe". Pelas regras do Catarse, plataforma de financiamento coletivo, Dilma receberá 83% do que foi arrecadado. O portal fica com 13%, enquanto 4% vão para impostos. Fonte: O Globo
Comentar
Compartilhe
Petróleo como nova vocação do Açu é destaque na Folha de S. Paulo
01/07/2016 | 15h29
[caption id="attachment_7468" align="alignleft" width="300"]Terminal de petróleo no Açu foi inaugurado no último dia 7 (Foto: Michelle Richa) Terminal de petróleo no Açu foi inaugurado no último dia 7 (Foto: Michelle Richa)[/caption] A derrocada do antigo grupo EBX, do empresário Eike Batista, manchou a face privada dos projetos de infraestrutura brasileiros e levou ao prejuízo milhares de investidores. Cedidos a credores e vendidos a novos gestores, no entanto, vários desses empreendimentos foram reformulados e conseguiram, finalmente, sair do papel. Dois dos projetos mais emblemáticos do grupo, o porto do Açu e o porto do Sudeste foram adiante, porém não com a escala inicialmente imaginada por Eike Batista. Propagandeado como a Roterdã dos Trópicos, o porto do Açu, em São João da Barra (norte do Rio), nasceu sob o conceito de porto industrial, na qual compunham o empreendimento dois grandes terminais de atracação de navios acoplados a um distrito industrial com usinas térmicas e áreas de transbordo de minério e de petróleo. Com área prevista de 90 quilômetros quadrados, o porto do Açu tinha obras tocadas pela LLX, a empresa de logística do grupo EBX. O controle saiu da mão de Eike no final de 2013 e passou para o fundo americano EIG. Criou-se então a empresa Prumo Logística, que retomou as obras praticamente paradas na ocasião. A Prumo foi a única das empresas originárias do grupo que não pediu recuperação judicial. Em outubro de 2014, chegou o primeiro carregamento de minério de ferro da empresa Anglo American, cujo contrato remontava a parceria cavada por Eike Batista. No dia 7, a empresa inaugurou um terminal de comercialização de combustível marítimo em parceria com a BP. Um terminal de transbordo de petróleo, que também entrou em operação, tem como primeiro cliente a BG/Shell. O contrato, que deve movimentar 200 mil barris por dia, nasceu com a nova administração do porto. Outro terminal multicargas também iniciará sua operação movimentando bauxita para a Votorantim. Mais adiante esse terminal poderá, segundo a Prumo, movimentar contêineres. Nova vocação O porto do Açu renasce agora sob uma nova ótica. Eike, que chegou a prometer inclusive uma fábrica de carros elétricos no local, pensou em uma área industrial com térmicas a carvão, que seriam operadas pela então MPX (empresa de energia do grupo, que passou às mãos da alemã E.ON e hoje se chama Eneva) e empresas de chips eletrônicos, volta sua atenção ao petróleo. “Fizemos uma mudança na gestão e também no projeto inicial, porque tínhamos a convicção de que, pela localização, o porto tinha vocação principalmente para petróleo e gás”, disse o presidente da Prumo, José Magela Bernardes: — Demos sorte de, no momento em que o petróleo caía no mercado internacional, estarmos ainda construindo o porto. Agora, acreditamos que o ciclo de baixa está se revertendo. Publicado na Folha de S.Paulo no dia 30 de junho. Confira a matéria completa aqui.
Comentar
Compartilhe
Aprovação do governo Temer é de 13%, diz pesquisa
01/07/2016 | 11h21
temer_O governo do presidente interino Michel Temer é avaliado como ótimo ou bom por apenas 13% dos brasileiros. Além disso, 31% aprovam sua maneira de governar, enquanto 53% a desaprovam. É o que aponta uma pesquisa divulgada na manhã desta sexta-feira (1º) pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) em parceria com o Ibope. No último levantamento referente à presidente afastada Dilma Rousseff, em março, 10% disseram que seu governo era ótimo ou bom e 14% aprovavam seu modo de governar, enquanto 82% desaprovavam. Na pesquisa divulgada nesta sexta-feira, o índice de rejeição a Temer, os que consideram ruim ou péssimo o seu governo, é de 39%. Dilma chegou em março passado a 69% de entrevistados que consideravam seu governo ruim ou péssimo. Ainda, 36% consideram a gestão Temer regular. A pesquisa foi realizada entre 24 e 27 deste mês, com 2.002 pessoas em 141 municípios brasileiros, e tem margem de erro de dois pontos percentuais. O levantamento aponta ainda que Temer tem 27% de confiança dos brasileiros. Outros 66% disseram não confiar no peemedebista. No levantamento anterior, em março, quando Dilma ainda não havia sido afastada, ela tinha 18% de grau de confiança, contra 80% de desconfiança da população. Quase metade diz que gestão é igual a de Dilma Em comparação ao governo Dilma, 44% dos entrevistados consideram que a gestão Temer está sendo igual a da petista, 23% avaliaram que está sendo melhor, e 25% avaliaram como pior o governo Temer do que o de Dilma. As perspectivas com relação ao restante do governo são melhores que a avaliação atual, mas o saldo permanece negativo: 24% acham que a gestão Temer vai melhorar; 32% avaliam que ficará regular; e 35% disseram que vai piorar e ficar ruim ou péssimo. Os pontos com maior índice de desaprovação de Temer são os impostos e a taxa de juros. Dos entrevistados, 76% desaprovam a política de juros, contra 16% favoráveis. Quanto aos impostos, 77% são contra o peso da carga tributária e 17% a consideram adequada. Para 40% dos entrevistados, as notícias recentes sobre corrupção são mais desfavoráveis ao governo Temer, enquanto 10% consideraram mais favoráveis do que para Dilma. Outros 25% não consideraram nem favoráveis, nem desfavoráveis. Em março, 76% consideravam o noticiário ruim para Dilma. Fonte: O Globo
Comentar
Compartilhe
Neco exonera 21, nem todos são pré-candidatos a vereador
01/07/2016 | 10h16
Como este blog antecipou (aqui), o Diário Oficial de São João da Barra trouxe nesta sexta-feira (1º) a publicação de uma lista de cargos comissionados. A grande maioria é de pré-candidatos a vereador, cumprindo o que determina a Justiça Eleitoral quanto à desincompatibilização de cargo público comissionado, três meses antes do pleito. Mas nem todos são incluídos nesta lista, há também nome de exonerados que não demostram interesse de disputar cargo eletivo neste ano. São 20 exonerações de cargos comissionados e uma destituição de função gratificada. A publicação está na edição desta sexta-feira da Folha da Manhã e pode ser conferida abaixo ou aqui, no Portal da Prefeitura: Publicação_1Publicação_2
Comentar
Compartilhe
Câmara de SJB abre concurso com oito vagas
01/07/2016 | 09h25
Fachada Câmara 3A Câmara de São João da Barra publicou nesta sexta-feira (1º) o edital do concurso público para o preenchimento de oito vagas no quadro efetivo da Casa, sendo sete para provimento imediato e uma para cadastro de reserva. São eles: tesoureiro, nível superior completo em qualquer área (1); contador (2), nível superior em Ciências Contábeis + registro no CRC; motorista, nível médio (4); e almoxarife, também nível médio (1). A empresa G-Strategic Gestão, Assessoria, Serviços e Logística será a responsável pela aplicação das provas objetivas, previstas para 4 de setembro. O certame consiste também em avaliação de títulos e prova prática. As inscrições serão realizadas de 0h do dia 08 de julho às 23h59 do dia 25 de julho, exclusivamente via internet no site www.gualimp.com.br. O Edital completo contendo todas as condições para realização do Concurso Público estará publicado e disponível para download a partir do dia 07, nos endereços eletrônicos www.gualimp.com.br e www.camarasjb.rj.gov.br. A publicação está no Diário Oficial do município, a Folha da Manhã, desta sexta-feira (1º). A informação de que a Câmara iria abrir um concurso público foi publicada em primeira mão neste blog (aqui).
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Arnaldo Neto

[email protected]