Açu conclui 50ª operação de transbordo de petróleo
31/08/2018 | 14h55
A Açu Petróleo concluiu, nesta semana, a 50ª operação de transbordo de petróleo (ship-to-ship) no seu terminal no Porto do Açu, em São João da Barra (RJ). O número representa um marco para a empresa, que começou a operar em agosto de 2016. Cada operação movimenta, em média, 1 milhão de barris. 
 — Em apenas dois anos, iniciamos a operação com VLCC (Very Large Crude Carrier) e avançamos no processo de desenvolvimento do Terminal de Petróleo. Hoje, o Toil é a melhor alternativa para as exportações de óleo do Brasil — disse Victor Snabaitis Bomfim, presidente da Açu Petróleo. No total, o terminal já movimentou 50 milhões de barris para os clientes Shell e Petrogal.
Desenvolvido pela Açu Petróleo (parceria da Prumo Logística e a Oiltanking), o Toil é o único terminal privado brasileiro com capacidade para receber navios da classe VLCC. Este ano o Terminal já operou 4 navios tipo VLCC, petroleiros que estão entre os maiores do mundo têm capacidade de armazenamento de até 2 milhões de barris de óleo cru.
As operações com este tipo de navio se tornaram possíveis devido ao investimento de R$ 400 milhões, realizado no ano passado, com as obras de dragagem que levaram a profundidade nominal do terminal para 25 metros.
Comentar
Compartilhe
SJB convoca 28 aprovados no concurso da Educação
31/08/2018 | 14h39
Carla Machado
Carla Machado / Folha da Manhã
A prefeita de São João da Barra, Carla Machado (PP), convocou no Diário Oficial desta sexta-feira (31) 28 aprovados no concurso da Educação realizado em janeiro de 2015, e que tem validade até 7 de março do ano que vem. As vagas foram criadas recentemente, após aprovação da Câmara no último dia 21 (aqui). Os aprovados no certame deverão se apresentar à secretaria de Administração no dia 10 de setembro, às 14h, para entrega dos documentos relacionados no edital 001/2014.
Foram chamados os aprovados para o cargo de Psicopedagogo (1); Professor II – atendimento à educação especial (2); Professor II – 1º ao 5º (3); Professor II – Educação Infantil – pré-escola (2); Professor II – Educação Infantil – creche (2); Professor II – Educação Infantil – auxiliar de creche (2); Professor I – Português (2); Professor I – Ciências (1); Professor I – Educação Física (2); Professor I – Educação Artística (2); Professor I – Inglês (3); Professor I – História (2); Professor I – Geografia (3); e Professor I – Espanhol (1).
Confira os convocados:
 
 
Comentar
Compartilhe
Região Norte Fluminense foi a que mais gerou empregos no primeiro semestre no RJ
30/08/2018 | 15h03
Divulgação
O Norte Fluminense foi a região do Rio de Janeiro que mais gerou empregos no primeiro semestre de 2018. É o que mostra a terceira edição da série Retratos Regionais — Cenário Econômico, divulgada pela Firjan esta semana. Foram mais de 5.000 vagas criadas na região, principalmente nos setores de agropecuária e indústria de transformação. Já no comércio, as demissões continuam, foram 834 vagas a menos no mesmo período.
A boa notícia se deve à retomada do setor de óleo e gás e às contratações sazonais ligadas à safra de cana-de-açúcar. Campos abriu 2625 novos postos de trabalho, Macaé, 1164 e São Francisco de Itabapoana, 961 e foram as três cidades que mais geraram vagas no estado do Rio nesses primeiros seis meses de 2018.
Outra mostra de que a atividade produtiva da região está sendo retomada é o volume do repasse de royalties, que subiu 20% em 2017, em relação a 2016.
O Norte Fluminense é o segundo polo industrial do estado. A indústria representa 46% do PIB da região, com destaque para o setor de petróleo. Juntos, os municípios de Campos e Macaé, respondem por 81% do Produto Interno Bruto da região. São João da Barra, que representa 11%, tem recebido um volume significativo de investimentos, principalmente devido ao Porto do Açu.
— O Norte Fluminense foi muito impactado pela crise, logo, com a retomada do setor de óleo e gás, a região que tem muito a ganhar — lembra a analista em desenvolvimento econômico da Firjan, Júlia Pestana.
Apesar dos sinais positivos em alguns setores da região, a produção industrial seguiu em queda em junho, segundo a pesquisa Sondagem Industrial. Isso indica que a atividade econômica, apesar da retomada, continua lenta.
Diante desse cenário, as condições financeiras das empresas ainda estão muito ruins, principalmente das pequenas e médias. As margens de lucro estão baixas e o acesso ao crédito, difícil. Dessa forma, para os empresários do Norte Fluminense, os principais entraves para a retomada da economia são a elevada carga tributária e a falta de capital de giro.
Ao observar o ambiente de negócios e como Norte Fluminense está estruturado para receber novos investimentos, é importante olhar, entre outros fatores, a segurança.
A cada cinco dias, uma carga é roubada na região. Apesar dos dados serem menores que no restante do estado, este tipo de roubo preocupa os industriais do Norte Fluminense, na medida em que as empresas transportam suas cargas por todo o estado do Rio, onde são registradas 26 ocorrências a cada 24 horas.
Outra questão preocupante na região é o aumento no registro de casos de letalidade violenta (homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e homicídio decorrente de oposição à intervenção policial), que cresceram 57% no segundo trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Campos é responsável por mais da metade das ocorrências.
Além dos dados positivos do mercado de trabalho, outra boa notícia para a região são os investimentos anunciados, como o Hub de Gás Natural em São João da Barra e a UTE em Macaé. No total, serão R$ 9,3 bilhões em novos investimentos. “Apesar do momento difícil que a região ainda vive, as perspectivas são bastante positivas. Porém para que a atividade econômica da região volte a crescer, é preciso que outros setores, além do de óleo e gás, também se recuperem”, disse a analista em desenvolvimento econômico da Firjan, Júlia Pestana.
Fonte: Ascom/Firjan
Comentar
Compartilhe
Neco na pauta do TRE por contratações irregulares em 2016
29/08/2018 | 20h00
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) julga nesta quinta-feira (30), em sessão plenária, recurso do ex-prefeito de São João da Barra José Amaro Martins de Souza, Neco (MDB), na ação em que ele foi condenado, pelo juízo local, por contratações irregulares em 2016, último ano de sua gestão.
Nos documentos da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije), proposta pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), constam que em maio de 2016, com o decreto de emergência econômica, o então prefeito Neco rescindiu o contrato com empresas terceirizadas, mas parte do pessoal que prestava serviço nas empresas foi admitida diretamente pela Prefeitura entre os meses de junho e julho, com a contratação de aproximadamente dois mil funcionários.
Para o juízo local, ficou configurado “flagrante uso da máquina pública em benefício do grupo político do investigado”. A condenação a oito anos de inelegibilidade (até 2024) e multa de R$ 50 mil.
Seja qual for o resultado na Corte regional, ainda caberá recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Mais detalhes sobre o caso aqui.
Comentar
Compartilhe
Caio Vianna de volta à cena política. E como candidato
29/08/2018 | 19h06
A visita do candidato a governador Romário (Podemos) a Campos na última segunda-feira (27) foi acompanhada bem de perto por Caio Vianna (PDT), candidato a prefeito em 2016, que terminou na terceira posição. Como registrado pelo blog, até então, o nome do filho dos políticos Arnaldo Vianna e Ilsan não aparecia entre os postulantes pedetistas a nenhum cargo. Mas, na última atualização do sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o nome de Caio surge como mais um da região candidato a deputado federal.
Não seria nada de mais o fato de Caio caminhar com Romário, se o PDT não tivesse nome próprio na disputa: o deputado estadual Pedro Fernandes é postulante ao Guanabara.
Comentar
Compartilhe
Morte de jovem em Atafona: revolta com a imprensa e versão da PM contestada
29/08/2018 | 14h32
Capa da edição desta quarta-feira (29)
Capa da edição desta quarta-feira (29) / Reprodução
O assassinato em Atafona do jovem Layron da Silva Costa, de 24 anos, durante ação policial (aqui) na noite domingo (26), gera revolta e protestos. No sepultamento, nessa terça-feira (28), amigos da vítima cobravam por Justiça. Layron pilotava uma moto quando foi baleado na cabeça. O caso foi registrado por policiais como auto de resistência. Grande parte da imprensa de Campos e SJB — a Folha é uma das poucas exceções — chegou a chamar a vítima de bandido, apostando em informações desencontradas e sem a checagem dos fatos, ato primordial no exercício do jornalismo. A família comprovou que o jovem não tinha antecedentes criminais.
Amigos e familiares do Layron demonstraram revolta com a imprensa, o que se justifica devido à forma como o caso foi abordado. Na primeira versão, que está na narrativa policial, a vítima estava dando carona a um suposto chefe do tráfico e houve troca de tiros. Mas existe outra versão, ainda não oficializada, de que sequer o carona teria envolvimento com o tráfico. Seriam dois jovens que saíam de um churrasco no Balneário de Atafona e teriam sido perseguidos e abordados a tiros. A Corregedoria da Polícia Militar já atua no caso (aqui). A sociedade precisa de uma resposta imediata sobre as circunstâncias e a motivação dessa morte.
*Publicado no Ponto Final (aqui) da edição desta quarta-feira (28) da Folha da Manhã
Comentar
Compartilhe
Câmara de SJB empossa motoristas concursados
28/08/2018 | 15h32
Nesta terça-feira (28), o presidente da Câmara de São João da Barra, Aluizio Siqueira (PP), empossou Augusto Cesar da Silva Moreira, Caroline Velasco Batista, Deivison de Souza Alves e Rafael Henrique Carneiro, candidatos aprovados para o cargo de motorista no concurso público (edital nº 001/2016).
Com as provas aplicadas em 4 de setembro de 2016, o concurso da Câmara, aplicado pela Gualimp, teve o resultado final divulgado em 27 de outubro do mesmo ano. Contudo, o resultado final só foi homologado quase 10 meses depois, em 23 de agosto de 2017. Foram chamados os quatro aprovados do cargo de motorista (nível médio), com vencimentos de R$ 1.608,92. Ainda serão convocados os aprovados para cargo de almoxarife (nível médio). Já no nível superior, foram aprovados um tesoureiro e um contador, que terão remuneração de R$ 4.591,17.
A partir de agora, os empossados tornam-se servidores públicos do Legislativo Sanjoanense, iniciando o exercício efetivo de suas atividades no próximo dia 03 e setembro, mediante a publicação da portaria em Diário Oficial.
— Quero desejar boas vindas e muito sucesso nesta nova etapa. Como presidente desta Casa, sinto orgulho em realizar este concurso e dar a posse aos candidatos aprovados, concluiu Aluizio.
Comentar
Compartilhe
Violência assusta em Atafona e respostas são necessárias
28/08/2018 | 13h21
Os recentes números da violência têm assustado bastante a população da nossa região, principalmente com Campos, que aparece entre as cidades mais violentas do mundo. Porém, o que causa mais espanto é o fato de essa violência chegar também aos locais que, para muitos, sempre foi um reduto de paz e tranquilidade. E foi assim no último fim de semana em Atafona, litoral de São João da Barra. O jovem Layron da Silva Costa, de 24 anos, morreu, nessa segunda-feira (27), horas após ser atingido por tiros na cabeça (aqui). Já, em outra ocorrência, uma adolescente de 17 anos denunciou (aqui) no domingo (26) que foi estuprada no dia anterior (26).
Duas investigações que precisam ser esclarecidas logo. No caso do estupro, que teria acontecido na frente de outra menor, grávida, de 14 anos, as respostas logo deverão surgir com os exames do Instituto Médico Legal (IML). No caso do Layron, parece ser mais complexo. E a revolta (aqui) foi grande por parte da população de Atafona, que já realizou protestos e está inconformada com o fato de a suspeita recair sabre a polícia, que registrou o episódio como auto de resistência. Delegado titular da 145ª DP, Carlos Augusto Guimarães assegura que tudo será analisado. E o que se espera é que também seja, logo, elucidado.
*Publicado no Ponto Final (aqui) da edição desta terça-feira (28) da Folha da Manhã
Comentar
Compartilhe
Intervenções no Paraíba adiadas mais uma vez. Motivo: burocracia
27/08/2018 | 16h27
Projeto beneficiará pescadores em Atafona
Projeto beneficiará pescadores em Atafona / Paulo Pinheiro/Divulgação
As intervenções para desobstrução de dois trechos do rio Paraíba do Sul, em São João da Barra, aprovadas pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) desde agosto do ano passado (aqui), agora têm previsão de serem iniciadas em setembro (como mostra matéria do jornalista Victor de Azevedo, publicada na edição do último domingo, 26, da Folha da Manhã). Em julho (aqui), o termo para execução foi assinado e a previsão era que as intervenções começassem neste mês.
Quando de fato saírem do papel, as intervenções vão acontecer em dois trechos: próximo à ilha do Cardoso, local de captação de água; e no canal de navegação da foz do Paraíba do Sul. O recurso para o pagamento das ações é oriundo de compensação ambiental, no valor de R$ 2,4 milhões — referente ao Terminal Sul do Porto do Açu.
Se a desobstrução do canal de navegação passa por todo esse imbróglio, com o anteprojeto de contenção do avanço do mar não é diferente. O recurso que sobrar das intervenções do Paraíba será utilizado para o Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA-RIMA) para a viabilidade do anteprojeto, sonho antigo e luta incessante da comunidade.
Mais detalhes no Folha 1.
Comentar
Compartilhe
Carla Machado declara apoio a Eduardo Paes
23/08/2018 | 16h18
Apesar de ter tabelado com o “Peixe” no período da Copa do Mundo, inclusive recebendo Romário (Pode) em Atafona, a prefeita de São João da Barra, Carla Machado (PP), recebeu nessa quarta-feira (22) o candidato ao governo do Estado Eduardo Paes (DEM) e o vice Comte Bittencourt (PPS), em uma caminhada política. Depois, participou de uma reunião em Campos e declarou seu apoio nas redes sociais:
— Eles [Paes e Comte] possuem capacidade administrativa para alavancar o nosso Estado e, por isso, são os nossos candidatos.
Quem também já declarou apoio a Paes foi o prefeito de Campos, Rafael Diniz (PPS), como o blog mostrou aqui.
Comentar
Compartilhe
Câmara de SJB aprova convocação de 87 concursados da Saúde e Educação
21/08/2018 | 15h45
Requerimentos, indicações e 13 projetos de lei foram aprovados pela Câmara de São João da Barra nesta terça (21), sendo a maior parte dos projetos de autoria do Executivo. Um deles dispõe sobre a abertura de 87 vagas para cargos efetivos na Prefeitura com o objetivo de convocar candidatos aprovados em concursos públicos ainda vigentes, para suprir demandas nas áreas de Saúde e Educação. Outro projeto aprovado visa alterar a lei nº 105/2008, com o objetivo de aumentar a empregabilidade de sanjoanenses nas empresas instaladas no município.
A lei nº 105/2008 concede redução na alíquota de ISS às empresas localizadas na área do Porto, mediante contratação de um percentual mínimo de sanjoanenses, que varia de 15 a 30% conforme determinados tipos de serviços. A novidade é que, a partir do projeto de lei aprovado hoje, esse percentual vai aumentar para 40%. “Diversas audiências foram feitas aqui, os vereadores já fizeram vários requerimentos para aumentar esse percentual e hoje temos a alegria de aprovar essa importante lei, que tende a proporcionar mais empregos para os nossos sanjoanenses, afinal, qual empresa não quer ter desconto no pagamento de tributos?”, observou o presidente da Câmara, Aluizio Siqueira (PP).
Fonte: Ascom/Câmara de SJB
Comentar
Compartilhe
Romário, Paes e Garotinho em empate técnico no Rio, diz Ibope
20/08/2018 | 19h34
Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (20) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o governo do Rio de Janeiro:
Romário Faria (Podemos): 14%
Eduardo Paes (DEM): 12%
Anthony Garotinho (PRP): 12%
Tarcísio Motta (PSOL): 5%
Indio da Costa (PSD): 3%
Pedro Fernandes (PDT): 2%
Márcia Tiburi (PT): 2%
André Monteiro (PRTB): 1%
Dayse Oliveira (PSTU): 1%
Marcelo Trindade (Novo): 1%
Wilson Ex Juiz Federal (PSC): 1%
Luiz Eugênio (PCO): 0%
Brancos/nulos: 35%
Não sabe/Não respondeu: 11%
A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pela Editora Globo, que edita o jornal O Globo. É o primeiro levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.
Sobre a pesquisa
Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
Quem foi ouvido: 1.204 eleitores em 39 municípios de todas as regiões do estado, com 16 anos ou mais
Quando a pesquisa foi feita: 17 e 20 de agosto
Registro no TRE: RJ-03249/2018
Registro no TSE: BR00596/2018
O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro
0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado
Espontânea
Na modalidade espontânea da pesquisa Ibope (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:
Anthony Garotinho (PRP): 6%
Romário Faria (Podemos): 5%
Eduardo Paes (DEM): 4%
Tarcísio Motta (PSOL): 2%
Outros: 2%
Pedro Fernandes (PDT): 1%
Márcia Tiburi (PT): 1%
Marcelo Trindade (Novo): 1%
Wilson Ex Juiz Federa (PSC): 1%
Indio da Costa (PSD): 0%
André Monteiro (PRTB): 0%
Dayse Oliveira (PSTU): 0%
Brancos/nulos: 34%
Não sabe/Não respondeu: 44%
O candidato Luiz Eugênio não foi citado.
Rejeição
O Ibope também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Nesse item, os entrevistados puderam escolher mais de um nome. Veja os índices:
Anthony Garotinho: 55%
Eduardo Paes: 38%
Romário Faria: 23%
Indio da Costa: 18%
Tarcísio Motta: 12%
Márcia Tiburi: 11%
Pedro Fernandes: 10%
Marcelo Trindade: 10%
Luiz Eugênio: 9%
André Monteiro: 8%
Dayse Oliveira: 8%
Wilson Ex Juiz Federal: 8%
Poderia votar em todos (esp.): 1%
Não sabe/não respondeu: 15%
Fonte: G1
Comentar
Compartilhe
Ibope: sem Lula, Bolsonaro lidera com 20%
20/08/2018 | 19h09
Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (20) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para presidente da República no cenário que inclui como candidato do PT o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva:
Luiz Inácio Lula da Silva (PT): 37%
Jair Bolsonaro (PSL): 18%
Marina Silva (Rede): 6%
Ciro Gomes (PDT): 5%
Geraldo Alckmin (PSDB): 5%
Alvaro Dias (Podemos): 3%
Eymael (DC): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Henrique Meirelles (MDB): 1%
João Amoêdo (Novo): 1%
Cabo Daciolo (Avante): 0
Vera (PSTU): 0
João Goulart Filho (PPL): 0
Branco/nulos: 16%
Não sabe/não respondeu: 6%
A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S.Paulo. É o primeiro levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.
Cenário sem Lula
Lula está preso em Curitiba, condenado em segunda instância no caso do triplex no Guarujá. Pela Lei da Ficha Limpa, ele está inelegível. Por essa razão, a Procuradoria Geral da República pediu a impugnação de sua candidatura. O caso está sendo analisado pelo ministro Luís Roberto Barroso e será decidido pelo TSE depois de ouvir a defesa de Lula, a favor do registro da candidatura. Em razão desse quadro jurídico, o Ibope pesquisou outro cenário com o atual candidato a vice na chapa de Lula, Fernando Haddad. Nesse cenário, o resultado seria:
Jair Bolsonaro (PSL): 20%
Marina Silva (Rede): 12%
Ciro Gomes (PDT): 9%
Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
Fernando Haddad (PT): 4%
Alvaro Dias (Podemos): 3%
Eymael (DC): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Henrique Meirelles (MDB): 1%
João Amoêdo (Novo): 1%
Cabo Daciolo (Avante): 1%
Vera (PSTU): 1%
João Goulart Filho (PPL): 1%
Branco/nulos: 29%
Não sabe/não respondeu: 9%
Sobre a pesquisa
Margem de erro: dois pontos percentuais para mais ou para menos
Quem foi ouvido: 2002 eleitores em 142 municípios
Quando a pesquisa foi feita: de 17 a 19 de agosto
Registro no TSE: protocolo nº BR01665/2018
O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro;
0% significa que o candidato não atingiu 1%; traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado.
Fonte: G1
Comentar
Compartilhe
MP Eleitoral pede impugnação da candidatura de Garotinho
20/08/2018 | 16h08
A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) no Rio de Janeiro impugnou a candidatura a governador de Anthony Garotinho (PRP) por ele estar inelegível, pois o Tribunal de Justiça (TJ/RJ) o condenou por ato doloso de improbidade administrativa com lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito de terceiro. O TJ/RJ julgou em julho o processo sobre desvios de R$ 234,4 milhões da saúde no Estado em 2005 e 2006, quando Garotinho era secretário estadual de Governo. Desde a Lei da Ficha Limpa (LC 135/2010), ficam inelegíveis por oito anos candidatos condenados em órgãos colegiados, como TJs. A defesa de Garotinho (confira a íntegra da nota abaixo) esclarece “que, após apresentação de defesa do candidato, o pedido do MP ainda precisa ser julgado pelo TRE, com possibilidade de recursos ao TSE e STF”. Acrescenta, ainda, “que a decisão anterior do TJ é absurda e teratológica”, “que não houve comprovação de ato ilícito” e que “Garotinho é, mais do que nunca, candidato”.
O registro do político foi impugnado nesta segunda-feira, dia 20, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RJ), que o notificará para se defender. Na ação, o procurador regional eleitoral Sidney Madruga pediu ao TRE que seja dada, se necessário, a oportunidade de produzir prova testemunhal e documental.
A PRE fez consulta a tribunais superiores e não há decisão cautelar que suspenda tal inelegibilidade. No último dia 17, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) não deu seguimento ao pedido de Garotinho para suspender o acórdão do TJ que manteve a condenação à suspensão dos direitos políticos por oito anos. O TJ tinha rejeitado por unanimidade um recurso do ex-governador contra a sentença da primeira instância que também o condenou a ressarcir o dano aos cofres públicos e a outras sanções.
“O ato de improbidade administrativa pelo qual o candidato foi condenado deu-se na forma dolosa, conforme explicitado no acórdão condenatório”, afirmou o procurador regional eleitoral Sidney Madruga, citando a súmula do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) segundo a qual não cabe à Justiça Eleitoral decidir sobre o acerto ou desacerto das decisões que configurem causas de inelegibilidade.
Nota da defesa — “O candidato Garotinho agradece ao MPF por reconhecer sua honestidade. Sem jamais ter encontrado um indício de enriquecimento ilícito em sua vida política, o MP usou o argumento absurdo de enriquecimento ilícito de terceiros. Os advogados de Garotinho esclarecem que, após apresentação de defesa do candidato, o pedido do MP ainda precisa ser julgado pelo TRE, com possibilidade de recursos ao TSE e STF. A defesa acrescenta ainda que a decisão anterior do TJ é absurda e teratológica já que Garotinho foi julgado sem advogado de defesa num processo em que não houve comprovação de ato ilícito algum de sua parte. A defesa esclarece ainda que Garotinho é, mais do que nunca, candidato e segue firme na missão de reconstruir o Estado do Rio, destruído por Sérgio Cabral e seus companheiros”.
Com informações da Ascom/Procuradoria Regional Eleitoral 
Comentar
Compartilhe
MP é contra ação de Bruno Dauaire para suspender aumento do IPTU em SJB
18/08/2018 | 14h56
O Ministério Público (MP) do Estado do Rio de Janeiro deu parecer pelo indeferimento da liminar em uma representação de inconstitucionalidade que o deputado estadual Bruno Dauaire (PRP) protocolou no Órgão Especial do Tribunal de Justiça (TJ), pedindo a anulação da lei municipal aprovada do final do ano passado pela Câmara de São João da Barra que resultou no aumento do IPTU do município. Bruno pediu uma medida cautelar para a suspensão imediata da eficácia da lei, já que os carnês foram distribuídos e, segundo o parlamentar, muitos sanjoanenses não teriam como arcar com os novos valores. 
O pedido do deputado foi noticiado aqui.
Mais informações na edição deste domingo (19) da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
Rafael Diniz anuncia pagamento do RPA de junho nesta terça
16/08/2018 | 17h56
O prefeito Rafael Diniz (PPS) anunciou nesta quinta-feira (16) que vai pagar na próxima terça-feira (21) aos prestadores de serviço que atuaram no mês de junho pelo regime de Recibo de Pagamento Autônomo (RPA). Na última sexta-feira (10), pagou a folha referente ao mês de maio.
O prefeito anunciou que a medida foi adotada após a entrada da última participação especial da produção de petróleo (aqui) que rendeu a Campos pouco mais de R$ 64 milhões. “É importante dizer que no dia 10 de setembro estaremos também realizando o pagamento de mais uma folha integral”, pontuou Diniz.
Rafael também não poupou críticas ao governo passado e falou das dificuldades financeiras enfrentadas na atual gestão:
— Depois de toda essa bomba que nós recebemos, da herança maldita que nós recebemos da última gestão, a dívida com a Caixa Econômica da venda do futuro, mais de R$ 90 milhões que já repassamos para a Caixa. Imagine quanta coisa nos poderíamos ter feito com R$ 90 milhões. Sem falar da dívida com o PreviCampos, todo mês tenho que colocar dinheiro com no PreviCampos para que o nosso aposentado e pensionista possa receber em dia. Sem falar de todos os esforços que temos que fazer para manter, e estamos mantendo, o salário do nosso servidor em dia. E sem se esquecer também da bomba de precatórios. Uma divida que nos estamos pagando, que não pagaram com responsabilidade lá atrás, uma dívida de mais de R$ 68 milhões.
 
Comentar
Compartilhe
Romário lidera em nova pesquisa para o governo do Rio
16/08/2018 | 15h41
O instituto RealTime Big Data divulgou pesquisa nessa quarta-feira (15) com relação à corrida ao Guanabara. Como vem apontando também o instituto Paraná (aqui e aqui), o senador Romário (Podemos) aparece na liderança, seguido por Eduardo Paes (DEM) e Anthony Garotinho (PRP). No quesito rejeição, o político campista aparece na liderança.
Na sondagem estimulada encomendada pela TV Record, Romário tem 25% das intenções de voto, Paes com 19% e Garotinho com 14%. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Na sequência, aparecem Índio da Costa (PSD), com 6%; Márcia Tiburi (PT), com 3%; Tarcísio Motta (Psol), com 3%, Pedro Fernandes (PDT), com 3%; e Marcelo Trindade (Novo), com 2%, todos tecnicamente empatados. O candidato Wilson Witzel (PSC) conta com 1% das intenções de voto.
Votos brancos e nulos somam 20%, e indecisos, 4%.
Foram 2 mil entrevistados, de maneira presencial, entre 10 e 12 de agosto. O nível de confiança é de 95% e o levantamento está registrado no TSE sob o protocolo RJ-02317/2018.
Espontânea
Na pesquisa espontânea, aquela em que os nomes dos candidatos não são apresentados e o eleitor fala o candidato que vem à cabeça, Romário (12%) e Paes (9%) aparecem tecnicamente empatados. Anthony Garotinho (7%) e Índio da Costa (1%) são citados na sequência. Neste cenário, votos nulos e brancos somam 21% e indecisos, 50%.
Segundo turno — O instituto também simulou alguns cenário de segundo turno.Confira:
- Romário X Eduardo Paes
Romário: 37%
Eduardo Paes: 29%
Nulo/Branco: 25%
Indecisos: 9%
- Romário X Anthnoy Garotinho
Romário: 39%
Anthony Garotinho: 19%
Nulo/Branco: 33%
Indecisos: 9%
- Eduardo Paes X Anthony Garotinho
Eduardo Paes: 36%
Anthony Garotinho: 20%
Nulo/Branco: 33%
Indecisos: 11%
Rejeição — A pesquisa mostrou o índice de rejeição, com possibilidade de escolha em mais de um nome, dos eleitores aos candidatos.
Anthony Garotinho: 69%
Eduardo Paes: 53%
Romário: 47%
Índio da Costa: 45%
Tarcísio Motta: 42%
Márcia Tiburi: 38%
Wilson Witzel: 37%
Pedro Fernandes: 34%
Marcelo Trindade: 32%
Não rejeita ninguém: 8%
Com informações do portal R7
Comentar
Compartilhe
MP Eleitoral quer multas para Garotinho por campanha em rede social
16/08/2018 | 14h33
Anthony Garotinho
Anthony Garotinho / Foto - Antônio Leudo
Por causa de postagens na rede social Facebook, a Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) no Rio de Janeiro quer que o ex-governador Anthony Garotinho (PRP) seja condenado a pagar multa de R$ 25 mil por propaganda antecipada e outra de R$ 30 mil por propaganda eleitoral na internet atribuída a terceiros. Os valores pedidos ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RJ) são os máximos previstos na legislação para cada caso e, na avaliação da PRE, devem ser somados se for condenado por ambos.
A PRE pediu ao TRE a punição mais severa por considerar ainda que o pré-candidato ao governo do Estado já respondeu neste ano por propaganda antecipada, o que atesta a reiteração da conduta. A procuradora regional eleitoral auxiliar Adriana de Farias, autora da ação, narrou que o político usou conteúdo com nítidos contornos de propaganda eleitoral muito antes do início do processo eleitoral, nesta quinta-feira, dia 16.
Em seu post, Garotinho usou declaração atribuída a um cidadão como forma de pedir voto, criando uma situação de desigualdade entre quem concorre nestas eleições. Para a PRE, não há como afastar a responsabilidade do ex-governador pela ilicitude, pois se trata de violação à legislação eleitoral na página de sua propriedade na rede social.
“Ele tenta dissimular o pedido explícito de voto atribuindo indevidamente a terceiro as expressões 'desejo de votar' e 'você vai ter o meu apoio', entretanto, é absolutamente ineficaz a intenção do então pré-candidato de ludibriar a fiscalização eleitoral”, afirmou a procuradora regional eleitoral auxiliar. “Qualquer cidadão, mesmo com o mínimo grau de instrução, suficiente apenas à leitura da publicação, é capaz de perceber o pedido de voto formulado na rede social, o que se verifica, inclusive, pela leitura de dois dos comentários que se seguiram à publicação”.
 
Comentar
Compartilhe
TRF nega recurso da Caixa e mantém parcela de 10% pela venda do futuro
15/08/2018 | 20h08
A Prefeitura de Campos conquistou mais uma vitória na justiça em relação à operação de crédito, realizada em 2016 pela gestão passada, que ficou conhecida como “venda do futuro”. A 8ª Turma do Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª região julgou o recurso da Caixa Econômica Federal nessa terça-feira (14) e manteve a decisão de descontar os 10% sobre o repasse de royalties e Participações Especiais, feito ao município, conforme decisão inicial em abril deste ano.
A partir da decisão favorável ao município, em abril último, a Caixa Econômica Federal entrou com embargo de declaração pleiteando que o pagamento fosse feito, conforme o previsto no contrato inicial, que era valor bem superior ao descontado das receitas petrolíferas no momento. Segundo o Procurador Geral do Município, José Paes Neto, a decisão do TRF evita que o município seja ainda mais prejudicado.
Mais informações na edição desta quinta-feira (16) da Folha da Manhã
Comentar
Compartilhe
Plenário do CNJ nega recurso a Garotinho contra atuação do juiz Glaucenir
14/08/2018 | 16h39
O Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu nesta terça-feira (14) negar provimento a um recurso administrativo em que o ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, questionava a atuação de um juiz do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) no episódio da prisão do político, em 2016, na operação Chequinho. O juiz eleitoral da 100ª Zona Eleitoral de Campos dos Goytacazes, Glaucenir Silva de Oliveira, determinou a transferência de Garotinho do Souza Aguiar, hospital público no Centro do Rio de Janeiro, para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu.
Segundo o ex-governador, o juiz teria abusado de suas prerrogativas funcionais ao ignorar laudos e pareceres médicos que indicavam o quadro de saúde de Garotinho, “ameaçando de prisão médicos que se insurgiam contra tal decisão”, de acordo com a decisão do relator do processo, o corregedor Nacional de Justiça, ministro João Otávio de Noronha. O político acusou o juiz eleitoral Glaucenir Silva de Oliveira de violar o dever funcional de imparcialidade, pois teria “amizade íntima com o coordenador de campanha de adversário político” de Garotinho.
Em novembro de 2016, o ministro corregedor negou liminar a Garotinho, que pedia o afastamento do juiz Oliveira do processo. Na mesma decisão, Noronha determinou que o pedido de apuração dos fatos fosse encaminhado à Corregedoria-Geral da Justiça Eleitoral. O órgão ouviu testemunhas e recolheu provas que indicaram não ter havido “indício de desvio de conduta ou efetiva falta funcional cometida pelo juiz”.
Com base na apuração da Justiça Eleitoral do Estado do Rio de Janeiro, o ministro Noronha rejeitou novamente a pretensão do político em 22 de maio de 2017. Garotinho insistiu com o pedido para que o CNJ decidisse pela instauração de processo disciplinar contra o magistrado, quando julgasse o mérito da questão, o que ocorreu nesta terça.
No julgamento, os conselheiros do CNJ decidiram negar, por unanimidade, o recurso do político fluminense.
Comentar
Compartilhe
SJB define horários do transporte municipal que começa a circular nesta terça
13/08/2018 | 18h20
Transporte municipal em SJB
Transporte municipal em SJB / Divulgação
O transporte coletivo municipal em São João da Barra entra em operação nesta terça-feira (14), como informou o Folha 1. Nos primeiros 15 dias, período em que os veículos irão circular em caráter experimental, os usuários utilizarão o serviço gratuitamente. Depois, a tarifa única será no valor de R$ 2, com rotas atendendo todos os seis distritos. Os horários que irão atender inicialmente estão listados abaixo. 
A Prefeitura comunica que nesta terça, primeiro dia de funcionamento em caráter experimental, os ônibus sairão da rodoviária Dr. Fernando Hélio Pinheiro, a partir das 11h. SJB estava com o serviço de transporte público municipal suspenso desde 1º de junho do ano passado.
Confira os horários:
Linha 1 – Circular (Orla) – Centro/Atafona/Grussaí/Bairro Nossa Senhora Aparecida;
Segunda a segunda-feira
Saída da Nossa Senhora Aparecida (outro lado da Lagoa, em Grussaí):
6h15
8h15
13h15
16h30
Saída da rodoviária municipal (São João da Barra)
7h15
9h15
14h15
17h15
 
 
Linha 2 – Direto (Br-356) – Centro/Barcelos/Roças Velhas;
Segunda a sábado
Saída de Roças Velhas
5h30
9h30
15h
19h
Saída de da rodoviária municipal (São João da Barra)
7h30
11h30
17h
21h
Linha 3 – Centro/Barcelos – via Praias e Bairro Nossa Senhora Aparecida;
Segunda a sábado
Saída de Roças Velhas
6h
12h
18h
Saída de da rodoviária municipal (São João da Barra)
9h
15h
21h
Linha 4 – Centro/Açu via RJ-240;

Segunda a sexta-feira

Saída de da rodoviária municipal (São João da Barra)

6h30 - (via Porto) rotatória via Rio Minas – Porto do Açu

9h45

11h30

14h

16h

18h – (via Porto) rotatória via Rio Minas – Porto do Açu

21h


Sábados, Domingos e feriados

6h30

18h

Saída do Açu

6h45 - (via Porto) rotatória via Rio Minas – Porto do Açu

9h30

11h45

13h30

16h

18h30

21h30


Sábado, domingos e feriados

6h45

18h30
Linha 5 – Centro/Quixaba – via Pipeiras;
Segunda a sexta-feira
Saída de Quixaba
5h30
11h30
17h30
 Sábados, domingos e feriados
11h30
17h30
Saída de da rodoviária municipal (São João da Barra)
8h30
14h30
20h30
Sábados, domingos e feriados
8h30
14h30
 
Linha 6-A – Circular – Quixaba/Mato Escuto – Via Açu;
Segundas, quartas e sextas
Saída de Quixaba
4h
8h30
13h
17h30
Saída de Mato Escuro – terminal da integração
5h30
10h
14h30
19h
Passando pelo Açu
6h20
10h50
15h20
19h50
Passando por Mato Escuro – Terminal a Integração
7h10
11h40
16h10
20h10
Chegada em Quixaba
8h30
13h
17h30
21h30
 
 
Linha 6-B – Circular – Mato Escuro – via Caetá
Terças e quintas
6h
8h15
14h
16h15
*Atualização às 16h56, de 14/08 — Correção na linha 5, conforme informação da Prefeitura. 
Comentar
Compartilhe
Campos e SJB recebem participação especial com alta
09/08/2018 | 16h10
Divulgação
As prefeituras de Campos e São João da Barra vão receber nesta sexta-feira (10) a terceira parcela deste ano de participação especial com relação à produção de petróleo. O valor é referente ao segundo trimestre deste ano. Para Campos, o depósito será de R$ 64.182.022,04, valor 19% maior que o depositado no mês de maio. Já SJB vai receber R$ 15.728.019,94, alta de 23,1% em comparação ao último repasse.
Já Quissamã registra queda. O repasse será de R$ 81.620,86, enquanto em maio o depósito foi de R$ 511 mil. Macaé teve alta de 5%, e vai receber R$ 4,9 milhões.
Maricá e Niterói tiveram os maiores repasses: R$ 257 milhões, R$ 226,2 milhões, respectivamente.
Mais informações na edição desta sexta-feira (10) da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
STJ volta a negar recurso da defesa pela liberdade de Lula
09/08/2018 | 14h57
Lula
Lula / Foto - Diomarcelo Pessanha
A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou por unanimidade um recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para que tivesse garantido o direito de recorrer em liberdade contra sua condenação no caso do triplex em Guarujá (SP).
O pedido já havia sido negado pelo relator, ministro Felix Fischer, em 11 de junho. Em sessão realizada no início do mês, os ministros Jorge Mussi, Reynaldo Soares da Fonseca, Ribeiro Dantas e Joel Ilan Paciornik o acompanharam. O acórdão (decisão colegiada) do julgamento está previsto para ser publicado nesta sexta-feira (10).
Na solicitação ao STJ, a defesa de Lula destacou 17 pontos que teriam sido violados no processo que resultou na prisão do ex-presidente ou que atestam a ilegalidade da medida. Os advogados argumentaram ainda que os direitos de Lula estão sendo seriamente cerceados por ele estar impedido de participar do processo eleitoral.
Os ministros do STJ entenderam não haver urgência em conferir ao recurso de Lula no tribunal o chamado efeito suspensivo, quando a execução de pena do condenado fica suspensa enquanto a apelação à instância superior não é julgada.
Lula está preso desde 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, onde cumpre a pena de 12 anos e um mês pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, imposta pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), segunda instância da Justiça Federal.
O recurso especial de Lula ao STJ já teve sua admissibilidade apreciada pelo TRF4 e ainda deve ser analisado na Corte Superior.
Fonte: Agência Brasil
Comentar
Compartilhe
Clarissa Garotinho é candidata a deputada federal, assegura presidente do Pros
07/08/2018 | 21h26
O deputado federal Felipe Bornier, presidente do Pros, assegura que a colega de bancada Clarissa Garotinho está na disputa pela reeleição. Há alguns dias começaram a circular na imprensa especulações de que a filha do ex-governador Anthony Garotinho (PRP), que é novamente candidato ao cargo, poderia ficar de fora do páreo. O assunto voltou a ganhar força nessa segunda-feira (6), quando o Pros desembarcou da coligação que apoia Garotinho. Nesta terça-feira (7), enfim, Bornier confirmou a candidatura da deputada:
— A Clarissa é candidata à deputada federal. Essa sempre foi a vontade do nosso partido. Nunca houve nenhuma intenção nossa de retirá-la da disputa. Isso é intriga e fofoca. Nossa bancada está unida.
Praticamente ao mesmo tempo em que o presidente do Pros no Rio falou ao blog, a deputada Clarissa Garotinho publicou um vídeo na sua rede social, direto de Brasília, confirmando que está na disputa por uma cadeira na Câmara dos Deputados.
Coincidência ou não, o discurso de Clarissa teve a mesma linha da resposta de Bornier com relação ao motivo de o Pros deixar a coligação de apoio a Garotinho. E em mais uma das coincidências políticas, Bornier não pôde responder mais cedo porque, segundo a sua assessoria, estava em uma reunião partidária.
Mais informações na edição desta quarta-feira (8) da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
Partido de Clarissa fora da coligação de Garotinho
06/08/2018 | 21h47
O candidato a governador Anthony Garotinho (PRP) divulgou nesta segunda-feira (6) sua candidata a vice (aqui) e também a lista de partidos que vão caminhar em sua coligação. O Pros, legenda da deputada federal Clarissa Garotinho, está fora.
Representantes do Pros chegaram a marcar presença na convenção do PRP, de Garotinho, no domingo (5). No entanto, não chegaram a um acordo e a desistência aconteceu nesta segunda.
Há alguns dias existiam rumores de que o Pros não continuaria na aliança do político da Lapa, que coloca seu nome na disputa ao governo do Rio pela terceira vez. Existia, inclusive, (e ainda existe) a possibilidade de Clarissa ficar fora do páreo, como a Folha vem noticiando (as últimas informações foram publicadas na coluna Ponto Final desse sábado, 4).
Apesar de muitas tentativas, uma posição do deputado federal Felipe Bornier, presidente do Pros no Rio de Janeiro, sobre a candidatura de Clarissa ainda não foi obtida. O que está certo é que ela, apesar do posicionamento do partido, continuará dando apoio ao pai.
Por ora, a tendência é que Clarissa seja candidata, mais uma vez, a deputada federal. E o Pros deve caminhar com o PSC, que tem como candidato ao Guanabara o juiz Wilson Witzel.
Comentar
Compartilhe
Vice de Garotinho é vereadora do PRB em Caxias
06/08/2018 | 21h29
Vereadora Leide, de Duque de Caxias
Vereadora Leide, de Duque de Caxias / Foto: site do PRB
A coligação de apoio ao candidato ao governo do estado Anthony Garotinho será formada pelo PRP (partido de Garotinho) PRB, PTC, Patriota e PMB. O nome da coligação será "O povo vai voltar a ser feliz". A vice da chapa será a vereadora Leide (PRB), de Duque de Caxias, conforme informou a assessoria do candidato nesta segunda-feira (6).
Os candidatos ao Senado serão Eduardo Lopes (PRB), que buscará a reeleição, e Walter Cristie, presidente do Patriota no município de São Gonçalo.
No último domingo (5), O PRP homologou o nome de Garotinho como candidato da sigla ao Guanabara. É a terceira vez que o político da Lapa entra na disputaa pelo governo do Rio.
Comentar
Compartilhe
Após namoro com Garotinho e Paes, PR firma apoio a Romário e indica vice
03/08/2018 | 13h57
Marcelo Delaroli na tribuna da Câmara
Marcelo Delaroli na tribuna da Câmara / Foto: Luis Macedo/Ag.Câmara
O presidente do Partido da República (PR) no Rio de Janeiro, o deputado federal Altineu Côrtes, que havia confirmado um diálogo com o antigo mandachuva do partido e pré-candidato ao governo do Rio Anthony Garotinho (PRP), bateu o martelo com os seus companheiros nesta sexta-feira (3): o apoio do partido vai para candidatura do senador Romário (Podemos). O deputado federal Marcelo Delaroli, que é do PR, será o vice na chapa.
Além de Garotinho, existia a expectativa de o PR indicar Delaroli como vice na chapa de Eduardo Paes (DEM).
O Podemos já confirmou à imprensa a composição de chapa com o deputado do PR. A convenção do partido de Romário acontece neste sábado (4). Já o PR tem convenção marcada para domingo (5).
 
 
Comentar
Compartilhe
Toffoli nega pedido da PGR e mantém Caixa d'Água suspensa
02/08/2018 | 17h48
O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), indeferiu, nesta quinta-feira (2), o pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e manteve suspensa a operação Caixa d’Água.
No mês de junho, Toffoli atendeu um recurso do ex-presidente nacional do PR Antonio Carlos Rodrigues e suspendeu a ação penal resultante da operação Caixa d’Água, que investiga extorsão a empresários para doações a campanhas eleitorais dos ex-governadores Anthony (PRP) e Rosinha Garotinho (Patri). A defesa do ex-presidente do PR alega que o caso não seria competência da Justiça Eleitoral e, sim, da Federal.
Na última quarta-feira (1), a PGR pediu a reconsideração da decisão do ministro do STF (veja Na Curva do Rio), defendendo a cisão do processo de forma que os crimes eleitorais e os crimes comuns estaduais sejam julgados pela 98ª Zona Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE). Já os crimes comuns federais devem ser julgados pela Justiça Federal, na Seção Judiciária do RJ.
No documento, Dodge rebate o argumento de que TRE não tem competência para atuar no caso. O propósito e o modo de funcionamento da organização criminosa eram voltados principalmente para arrecadar recursos destinados a financiar campanhas eleitorais via caixa dois.
Em relação aos crimes indicados na denúncia que envolvem repasses de recursos feitos pela JBS, Raquel Dodge indica a competência da Justiça Federal. Com efeito, a competência federal tem sede constitucional, razão pela qual tais delitos não podem ser julgados pela Justiça Eleitoral.
Na decisão em que Toffoli indeferiu o pedido da PGR, o ministro considera que “os argumentos trazidos à baila pelo Parquet Federal relacionam-se com as questões de mérito da impetração, que deveram ser reservadas à competente análise do colegiado, por ocasião do seu julgamento, tão logo, concluída a instrução do feito com o recebimento na Corte de cópia do inteiro teor do julgado proferido pelo TSE no habeas corpus do paciente”.
 
 
Comentar
Compartilhe
Altineu Côrtes: O PR ouviu todo mundo, inclusive Garotinho
02/08/2018 | 17h06
O presidente do Partido da República (PR) no Rio de Janeiro, deputado federal Altineu Côrtes, não nega que existe um diálogo com o antigo mandachuva do partido, o ex-governador e pré-candidato Anthony Garotinho (PRP).
— O partido ouviu todo mundo, inclusive o Garotinho. Esse apoio vai ser definido amanhã (3). A nossa convenção acontece no domingo (5), mas amanhã a gente vai ter uma decisão sobre isso — afirmou Altineu nesta quinta-feira (2).
Nessa quarta-feira (1), a jornalista Suzy Monteiro informou Na Curva do Rio que depois de sair do PR, em janeiro, dizendo “cobras e lagartos”, Garotinho (PRP) ensaia uma reaproximação, segundo blogs garotistas.
No diálogo com Garotinho, assim como com Eduardo Paes, o PR tem pleiteado indicar o vice-governador (que seria o Marcelo Delaroli) e pleiteado também uma coligação na proporcional que seja interessante. “A gente tem ouvido a proposta de todo mundo. O partido tem bastante gente. Eu estou na presidência, mas não decido nada sozinho. Ouço os companheiros. E eles estão realmente divididos. Amanhã nós vamos estar fazendo essa reunião e vamos bater o martelo porque já chegou a hora”, afirmou Côrtes.
E Marcão? — Vale lembrar que no cartel de pré-candidatos do PR está o presidente da Câmara de Campos, Marcão Gomes. Uma aliança por cima poderia fazer tremer o tabuleiro político também na planície goitacá.
E Garotinho? — O blog tenta um posicionamento do pré-candidato do PRP, mas ainda não recebeu uma resposta.
Comentar
Compartilhe
Arraiá beneficente no Retiro São João Batista, em São João da Barra
02/08/2018 | 16h11
O Retiro São João Batista, de São João da Barra, tem uma programação especial nesta sexta-feira (3) e no sábado (4). Será realizado mais um arraiá beneficente. O evento contará com shows, brincadeiras, barraquinhas e também é uma oportunidade de visitar os idosos que lá residem. A entrada é 1kg de alimento não perecível.
Confira a programação:
Sexta-feira
16h - Abertura dos Festejos
18h - Grupo Tudo Nosso.com
19:15h - Inauguração da sala de Fisioterapia
19:30h - Apresentação da Quadrilha do 150 Gemar Lourenço Espírito Santo
20h - Apresentação da Quadrilha Lourenço do Espírito Santo
20:30h - Grupo Dimais
22h - Xandão do Forró
Sábado
16h - Abertura dos Festejos
17h - Vaval Ferreira & Sol
18h - Grupo Hits do Samba
20h - Alex Maya
22h - Grupo Free Samba
Comentar
Compartilhe
Rafael Diniz em reunião que define apoio do PPS a Eduardo Paes
01/08/2018 | 20h17
O prefeito de Campos, Rafael Diniz, esteve no Rio de Janeiro nesta quarta-feira (1), onde se reuniu com diversas lideranças do Partido Popular Socialista (PPS), do qual é vice-presidente Estadual. Na ocasião, ficou definido que o PPS irá apoiar o ex-prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes (DEM) na disputa pelas eleições para governador do Rio.
Durante o encontro, que contou com as presenças de, além do prefeito de Campos, do deputado estadual Comte Bittencourt, Rubens César, até então pré-candidato ao governo do Rio, o prefeito de São Gonçalo, José Luiz Nanci, Georgette Vidor, vereadores e pré-candidatos a deputado estadual e federal pelo PPS.
De acordo com Rafael Diniz, a opção por Eduardo Paes ao governo do Estado foi pela capacidade administrativa do ex-prefeito do Rio. “Entendemos que o candidato mais preparado é o Eduardo, sem dúvida. Ele tem capacidade para enfrentar este processo de reconstrução do Estado do Rio”, afirma o prefeito de Campos.
Comentar
Compartilhe