Ano letivo em SJB terá inicio no dia 22 de fevereiro
30/01/2016 | 15h22
4375_290116162626_DSCN8108O ano letivo em São João da Barra só terá início no dia 22 de fevereiro. Diferente do calendário divulgado no Diário Oficial do município, as aulas não serão retomadas na rede de ensino nesta terça-feira, 2 de fevereiro. A informação foi repassada aos gestores das unidades escolares na manhã desta sexta-feira, 29, quando a secretaria de Educação e Cultura realizou a primeira reunião de diretores deste ano. De acordo com a secretária, Leide Cristina Fernandes Soares, a decisão foi tomada na última quinta-feira, durante reunião extraordinária do Conselho Municipal de Educação. — Foi uma decisão do Conselho Municipal de Educação, tendo em vista a carência nas unidades da rede, uma vez que os contratos do processo seletivo simplificado não foram renovados. O município já solicitou ao Ministério Público (MP) a prorrogação desse processo seletivo, mas ainda não houve resposta. Diante dessa indecisão, o Conselho decidiu por adiar o início das aulas — explicou a secretária. Vale lembrar que o processo seletivo faz parte de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre o município e o MP. O encontro também teve outros assuntos em pauta. A equipe técnica da secretaria de Educação aproveitou para orientar os gestores escolares sobre procedimentos administrativos, planejamento escolar e também sobre o cardápio de merendas. Também foi debatida a necessidade de o município alcançar a meta estabelecida no Plano Nacional de Educação (PNE). A primeira meta, já para 2016, é universalizar a educação infantil na pré-escola para as crianças de quatro e cinco anos de idade e ampliar a oferta de educação infantil em creches de forma a atender, no mínimo, 50% das crianças de até três anos até o final da vigência do PNE.
Comentar
Compartilhe
SJB paga terceirizados, mas não libera cartão alimentação dos efetivos
29/01/2016 | 17h55
Prefeitura SJBCom a parcela dos royalties depositada no fim da tarde dessa quinta-feira (28), a Prefeitura de São João da Barra quitou nesta sexta-feira (29) o pagamento das empresas terceirizadas referente ao mês de dezembro do ano passado. Estavam sem receber os funcionários das empresas Átrio e Limport. Os royalties foram usados também para quitar os compromissos com a Organização Social (OS) responsável pelo Centro de Emergência do município. Já o cartão alimentação dos servidores públicos municipais efetivos não foi desbloqueado. O benefício foi suspenso (aqui) na última quarta-feira. A expectativa do secretário de Fazenda de SJB, Edson Claudio, é quitar na próxima semana o pagamento dos comissionados e as pendências que ainda existirem com os contratados do processo seletivo. Edson informou ainda que o repasse a Unasp, responsável pelo cartão do servidor, referente ao mês de dezembro, já foi feito. O município recebeu R$ 6.492.118,07 nesta quinta. Em dezembro, o depósito foi de R$ 8.000.717,34 e em janeiro do ano passado, de R$ 8.568.223,20, representando perdas de 18,86% e 24,23%, respectivamente.
Comentar
Compartilhe
Com royalties, SJB desbloqueia cartão alimentação e recursos das terceirizadas nesta sexta
28/01/2016 | 18h02
SJB_aereaSão João da Barra recebeu no fim da tarde desta quinta-feira (28) o valor de royalties de petróleo referente à produção de novembro do ano passado. Normalmente, o repasse acontece no dia 20 de cada mês. O atraso gerou uma série de transtornos no município, que está com o cartão alimentação do servidor bloqueado, além de salários atrasados dos comissionados e terceirizados. De acordo com nota oficial da Prefeitura, a expectativa era de regularização da situação ainda nesta quinta, conforme este blog informou aqui. No entanto, como o dinheiro só caiu na conta do município no fim da tarde, o secretário de Fazenda Edson Cláudio assegura que os compromissos firmados serão cumpridos, quase que em sua totalidade, na sexta-feira (29). Atualização no título e na matéria às 20h20: O secretário de Fazenda Edson Cláudio entrou em contato com o blog para informar que os comissionados não receberão o pagamento nesta sexta. Nova data, na próxima semana, ainda será divulgada. Serão priorizadas as terceirizadas e a OSS responsável pelo Centro de emergência. Logo, o título anterior "Com royalties, SJB desbloqueia cartão alimentação e paga comissionados nesta sexta" precisou ser substituído. O município recebeu R$ 6.492.118,07 nesta quinta. Em dezembro, o depósito foi de R$ 8.000.717,34 e em janeiro do ano passado, de R$ 8.568.223,20, representando perdas de 18,86% e 24,23%, respectivamente. Mais informações sobre a queda dos royalties para a região estão disponíveis no site da Folha Online (aqui). Com o recurso já em conta, será efetuado o desbloqueio do cartão alimentação do servidor efetivo, que está bloqueado (aqui) desde quarta, assim como o pagamento das empresas terceirizadas que prestam serviço ao município, das quais os funcionários ainda não receberam o salário referente a dezembro. Cabe ressaltar que não há como confirmar se os funcionários terceirizados vão receber nesta sexta, uma vez que isso depende do tramite administrativo-financeiro de cada uma das empresas. Quem tem cargo comissionado ou contrato por prazo determinado, através de processo seletivo, não recebeu nesta quinta, junto com os servidores efetivos. O atraso do repasse dos royalties inviabilizou, também, o cumprimento desses pagamentos, que ainda não tem data para ser quitado.
Comentar
Compartilhe
Início de ano difícil para economia sanjoanense
28/01/2016 | 15h58
Sem títuloInício de ano difícil Não é novidade para ninguém que 2016 é um ano de cortes. O que não se imaginava era a intensidade com a qual São João da Barra seria atingida já no início. O atraso no depósito dos royalties deste mês fez com que a bola de neve ficasse maior. Cartão do servidor bloqueado, salários atrasados dos terceirizados e risco de atraso também para comissionados. O prefeito José Amaro Martins de Souza, Neco (PMDB), chegou a cortar na própria carne, com a redução do seu salário e dos comissionados, além de diminuir o valor dos contratos vigentes. Pelo jeito será pouco, perto de tanta coisa que tende a piorar devido à “royalties-dependência”. O que o cidadão comum questiona, e com certa razão, é como tantos municípios pelo país que não têm royalties do petróleo sobrevivem à crise nacional. Pior ainda é olharmos para SJB e não encontrarmos um grande feito para creditar como um ícone do tempo das “vacas gordas” da compensação pela exploração do petróleo. Lição Todos sabiam que o petróleo era um bem finito e com valor inconstante, mas poucos se preocuparam com isso em todo Norte Fluminense. SJB sofreu poucos impactos pela exploração do petróleo, mas ganhou muito dinheiro em decorrência dela. Já que não temos legado desse recurso, que a diminuição dele sirva de lição, caso um dia seja tão vultoso como antes. Folia I Em meio ao cenário quase caótico na economia, São João da Barra encerrou uma enquete que definiu a permanência dos blocos de abadá na Joaquim Thomaz de Aquino Filho. Vale lembrar que era possível ao cidadão votar mais de uma vez no site. Logo, pode não representar a opinião da maioria. Folia II Mas, como o cenário financeiro não é dos melhores, estruturar dois espaços para o carnaval não na sede do município não parecia boa opção. Folia III Apesar do cancelamento da folia em cidades da região, tudo indica que em São João da Barra vai ter festa. Do ponto de vista otimista, a decisão pode fomentar o turismo no município do “maior Carnaval do interior do Estado”. Segurança Tradicionalmente, o Carnaval de SJB arrasta muita gente. Se neste ano outras cidades não terão folia, é provável que o público aumente onde terá. Por isso, a Prefeitura deve pedir ao 8º Batalhão de Polícia Militar que reforce o efetivo. Analista O ex-prefeito Betinho Dauaire (PR) tem usado seu perfil no Facebook para analisar o cenário político de São João da Barra. Depois de falar sobre o que classifica como dificuldade de Neco em encontrar seu vice, Betinho disse que Carla Machado (PT) ter muitos postulantes também pode atrapalhar. O que Betinho não tem comentado é sobre o futuro indefinido do PR em SJB. *Publicado na edição desta quinta-feira (28) da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
SJB: pagamento dos efetivos e desbloqueio do cartão alimentação nesta quinta
27/01/2016 | 18h57
Prefeitura SJBA Prefeitura de São João da Barra informou, através de nota oficial publicada (aqui) em seu site, que está previsto para esta quinta-feira (28), o repasse da receita proveniente de royalties de petróleo referente à produção de novembro. Com a confirmação, será efetuado o desbloqueio automático do cartão alimentação do servidor, que está bloqueado (aqui) nesta quarta, assim como o pagamento das empresas terceirizadas que prestam serviço ao município, das quais os funcionários ainda não receberam o salário referente a dezembro. Atualização às 12h - De acordo com o secretário de Fazenda de São João da Barra, Edson Cláudio, em postagem no Facebook, o repasse dos royalties não foi depositado até o fim da manhã desta quinta (28), o que inviabiliza a liberação do cartão e o pagamento das empresas terceirizadas. Mais informações ao longo do dia. Atualização às 17h30 - Os royalties foram depositados no fim da tarde desta quinta (28). O secretário de Fazenda informou que os compromissos firmados, em nota oficial, para esta quinta, caso o depósito acontecesse pela manhã, estão mantidos para esta sexta (29). Quem tem cargo comissionado ou contrato por prazo determinado, através de processo seletivo, não deve receber nesta quinta. O atraso do repasse dos royalties inviabilizou, também, o cumprimento desses pagamentos. A questão deverá ser normalizado com a entrada do recurso. Cabe ressaltar que o pagamento dos servidores públicos concursados e inativos estará obedecendo à previsão do atual calendário de pagamento, ou seja, serão creditados nesta quinta (28), pois os mesmos são efetuados através da receita proveniente da arrecadação própria. Com informações da Secom/SJB
Comentar
Compartilhe
SJB terá Carnaval e blocos continuarão na Joaquim Thomaz
27/01/2016 | 14h12
[caption id="attachment_4591" align="aligncenter" width="1018"]Blocos continuarão desfilando na Joaquim Thomaz de Aquino Filho Blocos continuarão desfilando na Joaquim Thomaz de Aquino Filho[/caption] Em meio a discussões em grupos de Whats'App sobre um possível cancelamento da folia em São João da Barra, devido às medidas adotadas por outros municípios da região neste período de crise, a Prefeitura divulgou uma matéria em seu portal nesta quarta-feira (27) que pode ser usada como a confirmação do Carnaval. Está definido, após enquete, que os blocos de abadá continuarão na Avenida do Samba, a Joaquim Thomaz de Aquino Filho. Também nesta quarta, foram divulgados no Diário Oficial do município os extratos dos convênios com as escolas de Samba Congos, Chinês e Trinca de Ouro, outra evidência que a festa de Momo está garantida. Caso a mudança fosse aprovada pela população, a Avenida Joaquim Thomaz de Aquino Filho, tradicional passarela do samba de São João da Barra, seria utilizada apenas pelas escolas de samba Congos e Chinês, que desfilam no domingo e na terça-feira, Unidos da Chatuba, que se apresenta na segunda-feira, além do bloco Indianos, também na segunda-feira. No restante do tempo, o espaço ficaria aberto aos foliões. Segundo o prefeito Neco (PMDB(, a decisão do público é soberana e será respeitada pelo Executivo. “Destaco a participação popular que decidiu pela manutenção dos blocos de abadá na Avenida do Samba. É importante que essas decisões passem pelo crivo da população, dos foliões e daqueles que estão diretamente ligados ao nosso carnaval”,  disse. Ainda de acordo com Neco, os debates sobre o carnaval no município devem prosseguir nos próximos anos. — Parabenizo também o Conselho Municipal de Cultura que faz a sua parte, realiza debates em busca de avanços no nosso Carnaval. Essas discussões devem continuar para que sempre surjam ideias em prol do nosso carnaval, que é o melhor do interior do Estado do Rio de Janeiro. Com informações da Secom/SJB
Comentar
Compartilhe
Cartão alimentação dos servidores efetivos de SJB está bloqueado
27/01/2016 | 12h13
Sem título Servidores efetivos de São João da Barra que tentaram usar seu cartão alimentação nesta quarta-feira (27) tiveram uma "ingrata surpresa". O saldo está indisponível. Em consulta ao site do Unasp, é possível verificar que o benefício está bloqueado, como mostra a imagem acima. A Prefeitura de São João da Barra ainda não se posicionou sobre o assunto. O fato, possivelmente, é mais um que reflete o cenário de crise no município. Os terceirizados da Prefeitura ainda não receberam o salário referente ao mês de dezembro do ano passado, o que está condicionado ao depósito nos cofres públicos da parcela de royalties referente à produção de novembro, prevista para esta quarta. Atualização às 16h10: Procurada, a Unasp informou que não vai comentar o caso.
Comentar
Compartilhe
Orla política em SJB
26/01/2016 | 14h01
Sem título Orla política em SJB Sem os shows nacionais no verão de São João da Barra e as atrações pulverizadas nos distritos, o público não é o mesmo de outras temporadas. Mesmo assim, alguns “encontros políticos” são registrados. Na orla do Paraíba, nas proximidades da Cedae, por exemplo, o domingo foi de encontros de diversas correntes. Estiveram por lá o vice-prefeito Alexandre Rosa (PRB), a ex-prefeita Carla Machado (PT), o ex-presidente da Câmara Gersinho Crispim (sem partido), e o vereador Kaká (PT do B). Como todos estavam cercados de seus correligionários e são pré-candidatos neste pleito, parecia até um ensaio para as caminhadas políticas que só começarão em agosto. Na foz As chuvas ajudaram os pescadores de Atafona e a foz está com o canal de navegação menos assoreado. A força da natureza trouxe uma solução, mas não é por isso que um projeto para afundar o canal de navegação deve ser esquecido. Padroeira I Mesmo que de última hora, a festa de Nossa Senhora dos Navegantes, no Pontal de Atafona, será realizada nos dias 1º e 2 de fevereiro (próxima segunda e terça). Com apoio da Prefeitura de SJB, a programação da festa em Atafona será divulgada até amanhã. Padroeira II A santa é homenageada também na sede do município e na praia de Guaxindiba, em São Francisco de Itabapoana. No litoral sanfranciscano, por sinal, a festa da padroeira dos pescadores é uma das mais tradicionais. Salários... Os terceirizados da Prefeitura de São João da Barra ainda não receberam os proventos referentes a dezembro. O mês vai chegando ao fim e a preocupação já começa a ser com o salário de janeiro, que deveria ser pago até o dia 5 de fevereiro. ...atrasados O pagamento está condicionado ao depósito nos cofres públicos dos recursos dos royalties referentes à produção de novembro. A expectativa é que o depósito aconteça amanhã, como mostra matéria aqui. Cresceu Outros nomes querem entrar na disputa para ser vice na chapa da pré-candidata Carla Machado (PT). O PC do B, que fechou com Carla na sexta, quer indicar o empresário Gabriel Peixoto. *Publicado na edição desta terça-feira (26) da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
Campos entre as 50 cidades mais violentas do mundo
25/01/2016 | 21h05
[caption id="attachment_4573" align="aligncenter" width="772"]Praça São Salvador 09-01-2016 foto Michelle Richa (128) Cidade não aparecia na lista em 2014. Foto: Michelle Richa[/caption] O Brasil é o país com o maior número de cidades entre as mais violentas do mundo em 2015, de acordo com um ranking internacional publicado nesta segunda-feira (25) por uma ONG mexicana. Das 50 cidades com maior taxa de homicídios por 100 mil habitantes em 2015, 21 são brasileiras. Entre elas, aparece Campos dos Goytacazes, na 39ª posição. O índice foi divulgado em um dia marcado pela violência na planície. Somente nesta segunda-feira (25) foram registrados duas tentativas e um duplo homicídio. Uma das tentativas ocorreu próximo ao Jardim São Benedito, quando um idoso de 76 anos foi baleado durante uma tentativa de assalto (aqui).  Também na manhã desta segunda, uma jovem de 22 anos foi baleada na cabeça, dentro de uma residência, no Centro (aqui). À tarde, dois corpos foram encontrados na lagoa do Sapo, que fica entre os parques Santa Rosa e Eldorado (aqui). Neste ano, pelo menos 21 pessoas foram assassinadas em Campos. A lista, divulgada anualmente pelo Conselho Cidadão para a Segurança Pública e a Justiça Penal, leva em conta o número de homicídios por 100 mil habitantes e inclui apenas cidades com 300 mil habitantes ou mais. Foram excluídos países que vivem “conflitos bélicos abertos”, como Síria e Iraque. Das cidades brasileiras, a primeira a aparecer é Fortaleza, em 12º lugar. Em seguida vem Natal, em 13º, Salvador e região metropolitana, em 14º, e João Pessoa (conurbação), em 16º. Belo Horizonte, que figurava na lista do ano anterior, desta vez não apareceu. O contrário aconteceu com 3 cidades brasileiras, que estavam fora da lista de 2014, mas entraram na de 2015:  Feira de Santana (27º), Vitória da Conquista (36º) e Campos dos Goytacazes (39º) — com 36,16 homicídios em 2015 para cada 100 mil habitantes. Também aparecem Maceió (18º lugar), São Luís (21º), Cuiabá (22º), Manaus (23º), Belém (26º), Goiânia e Aparecida de Goiânia (29º), Teresina (30º), Vitória (31º), Recife (37º), Aracaju (38º), Campina Grande (40º), Porto Alegre (43º), Curitiba (44º) e Macapá (48º). Das 50 cidades da lista, 41 ficam na América Latina: 21 no Brasil, oito na Venezuela, cinco no México, três na Colômbia, duas em Honduras, uma em El Salvador e uma na Guatemala. Outros países com cidades na lista foram África do Sul, Estados Unidos e Jamaica. *Mais informações na edição desta terça-feira (26) da Folha da Manhã. **Com informações do portal G1 (aqui).
Comentar
Compartilhe
“Por que Neco tem tanta dificuldade de conseguir um vice?”, questiona Betinho Dauiare
25/01/2016 | 17h10
betinho-dauaireO ex-prefeito de São João da Barra Betinho Dauaire (PR) usou seu perfil no Facebook para comentar um post do site SJB 24 horas (aqui) que relata sobre os possíveis nomes para vice na chapa do prefeito Neco (PMDB). A matéria do site abre com uma das perguntas mais repetidas nos bastidores da política sanjoanense: “quem será o vice de Neco?”. Betinho, no entanto, levantou um questionamento na via inversa: “por que Neco tem tanta dificuldade de conseguir um vice?”. Cinco nomes já foram ventilados como possíveis vices do atual prefeito. Entretanto, não houve confirmação até o momento, sem falar que alguns nomes citados negaram ter tal intenção. Os nomes ventilados para vice do prefeito foram Sônia Pereira (PT) — descartada, devido à aliança com a pré-candidata de oposição Carla Machado (PT) —; o vereador Kaká (PT do B), que desde que entrou para base governista assumiu um postura de liderança; a empresária Odinéia Pereira; o jovem Maicon Cruz (Solidariedade); e o ex-prefeito Betinho Dauaire. Betinho nunca afirmou tal intenção, mas sempre disse que o PR estaria aberto a conversar com todas as correntes políticas de São João da Barra. O ex-prefeito comentou sobre exploração das “listas de vice”. “Este tema deveria ser debatido internamente pelo conselho político do candidato para ajustar rumos o quanto antes. Para quem já esqueceu vai uma dica: vice é um candidato que tenha volume eleitoral em um determinado distrito inverso ao do candidato principal ou um prestígio eleitoral pulverizado em todo município para compensar os lugares em que o candidato cabeça de chapa esteja fraco. O resto é maquiagem. Todos os candidatos devem buscar um vice que cause impacto quando divulgado”, afirmou Betinho.
Comentar
Compartilhe
Neco recebe candidatos na lista de espera da Educação
25/01/2016 | 13h25
[caption id="attachment_159" align="alignleft" width="300"]Reunião aconteceu no Gabinete Reunião aconteceu no Gabinete[/caption] O prefeito Neco (PMDB), de São João da Barra, recebeu na manhã desta segunda-feira (25,) um grupo de aprovados que está na lista de espera do concurso da Educação, realizado em janeiro do ano passado, no qual foram abertas 24 vagas, além de cadastro de reserva. Neco informou ao grupo que o estudo de impacto orçamentário foi concluído para que novas vagas sejam abertas e um projeto de lei já está em elaboração. Em breve, o texto será enviado à Câmara Municipal brevemente. Para o início do ano letivo, o prefeito pediu autorização ao Ministério Público para renovação do contrato dos aprovados em um processo seletivo simplificado, em vigor no município.  A resposta do MP deve ser conhecida ainda nesta segunda ou na terça-feira. Esta foi a terceira vez que o grupo foi recebido na prefeitura de São João da Barra para esclarecimentos. Da primeira vez (aqui), no último dia 13, todos os passos para abertura das vagas foram explicados aos candidatos. Já da segunda vez (aqui), eles realizaram um protesto, na manhã de terça-feira (19), em frente à Prefeitura. Os candidatos acreditam que o município deveria convocá-los antes do início deste ano letivo, ao invés de manter os contratos do processo seletivo simplificado, como aconteceu no ano passado. O concurso da Educação foi homologado no último dia 7 de março e tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período, para atender o interesse público da administração municipal.
Comentar
Compartilhe
Caiu na Rede: Lista dos vices em SJB aumenta
23/01/2016 | 12h00
Sem títuloLista dos vices aumenta Já estamos em ano de eleição e daqui a pouco a janela para mudança partidária vai ser fechada. O que hoje é apenas um esboço do cenário eleitoral, se apresentará mais concreto. Em São João da Barra, não há segredos quanto aos pré-candidatos a prefeito: o atual, José Amaro Martins de Souza, Neco (PMDB), e a antecessora, Carla Machado (PT). O mistério fica por conta dos vices da chapa. Do lado de Neco, já surgiram nomes como o do vereador Kaká (PT do B), da vereadora Sônia Pereira (PT, aliada de Carla), da empresária Odinéia Pereira (sem partido) e Maicon Cruz (Solidariedade), que foi candidato a vereador em 2012. Já entre os aliados de Carla, o jornalista Saulo Pessanha informou ontem, em sua coluna Painel Político, publicada na Folha, quatro possíveis nomes: Alexandre Rosa (PRB), Aluizio Siqueira (PMDB, a caminho do PP), André Fontoura (PPS) e Osvaldo Barreto (PSDC). Agora, o PSD também coloca um nome no páreo, o do ex-secretário de Obras de São João da Barra, Alexandre Magno. Composição Desde a emancipação de São Francisco de Itabapoana, todas as chapaa que venceram as eleições em SJB foram compostas por um nome com domicílio eleitoral no antigo 1° distrito (sede, Atafona e Grussaí) e outro do 5° distrito. Vantagem? Os nomes ventilados no grupo de Neco são todos da sede ou Atafona, enquanto ele é do 5° distrito. Já na lista de Carla, que é de Atafona, só Osvaldo Barreto tem raízes no 5°. Seria uma vantagem para o ex-vereador? Repercussão Após os nomes revelados por Saulo e o presidente do PSD municipal, João Paulo Almeida, incluir Alexandre Magno no páreo, entre os governistas a aposta é no ex-secretário de Obras. Carla, no entanto, já havia dito que só abordaria o assunto próximo às convenções. Incógnita Quem também já esteve na — agora mais extensa do que nunca — lista de possíveis vices foi o ex-prefeito Betinho Dauaire (PR). Notícias sobre diálogos com o grupo governista e de oposição já chegaram a circulas. Nada oficializado até hoje. Atraso I A expectativa anunciada pelo prefeito Neco no último sábado, que o pagamento dos terceirizados da Prefeitura de São João da Barra poderia ser realizado até ontem, não foi concretizada. Os funcionários das empresas Átrio e Limport, que prestam serviço ao município, ainda não receberam. Atraso II A Átrio informou que a empresa está captando recursos e a previsão para a normalização dos salários é segunda-feira. A Limport não se posicionou sobre o assunto. Já a Prefeitura aguarda o repasse dos royalties para quitar os pagamentos. Cursos... Novos cursos profissionalizantes serão ofertados aos sanjoanenses que estão em busca de qualificação para se inserir e permanecer no mercado de trabalho, por meio de parceria entre a Prefeitura e o IFF. ... definidos Na lista dos cursos, ainda sem previsão de início, estão: informática; solda MIG e MAG; instalações elétricas de baixa tensão; culinária; camareira; apoio ao cooperativismo; bordados e corte e costura. *Publicado na edição deste sábado (23) do jornal Folha da Manhã.    
Comentar
Compartilhe
Carla Machado fecha aliança com PC do B e chega a 13 partidos aliados
22/01/2016 | 21h11
[caption id="attachment_4558" align="alignleft" width="300"]Encontro aconteceu nesta sexta Encontro aconteceu nesta sexta[/caption] Pré-candidata a prefeita de São João da Barra pelo PT, Carla Machado alcançou na noite desta sexta-feira (22), a meta de 13 partidos para sua futura coligação na eleição deste ano. O número de legendas pretendidas já havia sido estipulado por ela desde o ano passado. O PC do B se juntou ao grupo para "fechar a conta". O acordo foi selado em reunião da qual participaram o presidente da legenda no município, Fábio Júnior Alves, o tesoureiro Sthevão Batista, e o vice-presidente, Édipo Paes. Vale lembrar que em 2014 os comunistas chegaram (aqui) a lançar pré-candidatura própria, mas depois caminharam (aqui) para uma aliança com o prefeito Neco (PMDB). Posteriormente, o prefeito e vereadores governistas prestigiaram (aqui) um encontro do PC do B, na localidade de Água Preta, 5º distrito do município, no qual Analiel Vianna, que foi suplente de vereador pelo PT do B e o 14º mais votado no último pleito municipal, assinou sua ficha de filiação à legenda, com a presença da presidente do diretório do Partido Comunista do Brasil no Rio de Janeiro, a deputada estadual Enfermeira Rejane. Além de somar seus 13 partidos, Carla ainda tira mais um do "rolo compressor" que deve apoiar a candidatura de Neco à reeleição. Agora, no grupo de Carla estão, além do próprio PT, PP, PSDC, Pros, PSD, PRB, PHS, PTB, PPS, PEN, PV, PTN e PC do B. Futuro — Ainda não há definição sobre o futuro de Analiel no partido comunista. A janela para troca de partidos em 2016 fecha no dia 2 de abril.
Comentar
Compartilhe
Terceirizados de SJB ainda sem salário de dezembro
22/01/2016 | 14h04
Prefeitura SJBA expectativa anunciada pelo prefeito Neco (PMDB) no último sábado (aqui), que o pagamento dos terceirizados da Prefeitura de São João da Barra poderia ser realizado até esta sexta-feira (22), não foi concretizada. Os funcionários das empresas Átrio e Limport, que prestam serviço ao município, ainda não receberam os proventos de dezembro. Oficialmente, não há posicionamento das empresas quanto à data para pagamento dos funcionários. O que tem de concreto é que a Prefeitura ainda não recebeu os recursos dos royalties e pretende quitar as pendências com essa verba.
Comentar
Compartilhe
Caiu na Rede: Por que não, Prumo?
21/01/2016 | 13h08
Sem títuloCaiu na Rede: Por que não, Prumo? Apesar das chuvas e do rio Paraíba ter tomado muita água nos últimos dias, a situação na foz voltou a complicar para os pescadores de Atafona. Eles acreditam que a solução seria, somente, um tipo de dragagem no canal de navegação. Por falar em dragagem, a Prumo Logística fará uma audiência pública na quarta-feira, às 19h, para discutir os impactos ambientais do aprofundamento do canal de navegação de um dos seus terminais no Açu. Típica reunião para “inglês ver”. Para o empreendimento sempre é mais fácil conseguir a liberação para as intervenções. Não faltam técnicos na elaboração dos melhores relatórios para apresentar aos órgãos de fiscalização ambiental. O que a Prumo poderia cogitar é o financiamento de um estudo e posterior dragagem do canal de navegação para os pescadores como forma de compensação à classe. O entreposto pesqueiro apresentado como tal, que até começou a ser construído em Atafona, não passa de um “elefante branco”, como todos que passam pelo local já perceberam. Fora Quem ainda tinha dúvidas, agora não tem mais. O deputado estadual João Peixoto não disputará como candidato a prefeito em São Francisco de Itabapoana. Além disso, Peixoto tem aparecido muitas vezes com Pedrinho Cherene, pré-candidato à reeleição. No entanto, apoio oficial ainda não foi declarado. Primeiro O aluno João Carlos da Silva Ribeiro, que concluiu em 2015 o ensino fundamental na Escola Municpal Luiz Délio Mendonça, em Cazumbá, foi aprovado em primeiro lugar no curso de eletromecânica no Instituto Federal Fluminense de SJB. Motivo de orgulho para comunidade escolar e a secretaria de Educação de SJB. Perigoso O trecho da BR 356, nas proximidades do IFF, ainda exige atenção redobrada dos motoristas. Apesar de estar bem iluminado e com quebra-molas instalados de forma emergencial, acidentes ainda são registrados. O Dnit ainda “deve” os redutores eletrônicos de velocidade naquela região. Festejado Durante décadas, o dia 20 de janeiro foi de festa na ilha da Convivência. As comemorações em homenagem a São Sebastião movimentavam a ilha, até mesmo quando era pouco habitada devido ao avanço do mar. As águas chegaram à capela e as festas na ilha, atualmente território sanfranciscano, terminaram. Tradição Não foi por causa do mar que São Sebastião ficou sem comemoração. A comunidade de Vila Esperança, em Atafona, que é reduto de parte das famílias oriundas da ilha, celebrou o dia do santo. São Sebastião também foi celebrado no Telê Santana, em Grussaí, e na localidade de Barra do Itabapoana, em SFI. Cancelados As atrações programadas para o último fim de semana foram suspensas em SJB. O motivo foi a fina chuva que caiu no sábado e no domingo. Das três semanas de verão até aqui, em duas os shows não aconteceram. Economia? Com tantas atrações canceladas, a Prefeitura nem terá necessidade de contratar shows para o Carnaval. É só usar as atrações que ficaram de  “crédito”. Será uma baita economia! Esquentando Por falar em Carnaval, as vendas dos abadás para os blocos já começaram. Só na sede do município desfilam cerca de 20. O “passaporte da folia” custa entre R$ 25 e R$ 40. Concursos Estão abertas até o dia 3 de fevereiro as inscrições para o Concurso de Máscaras e Dominós, Rei Momo, Rainha e Musa do Carnaval sanjoanense. Os formulários estão disponíveis no Palácio Cultural Carlos Martins. Mais detalhes (aqui) na Folha Dois. Atraso Os terceirizados da Prefeitura ainda não receberam o pagamento referente ao mês de dezembro. O prefeito José Amaro Martins de Souza, Neco (PMDB), disse no último sábado que a expectativa é que o compromisso seja quitado até amanhã. “Corridão” Dentro da programação esportiva de verão em SJB, acontece neste sábado, a partir das 8h, o “Corridão de Verão”. De cunho solidário e de confraternização, a prova não terá vencedor e os 100 participantes ganharão um kit que inclui camisa personalizada. As inscrições são feitas na secretaria de Turismo, Esporte e Lazer, sendo necessário levar 2 kg de alimentos não perecíveis. *Publicado na edição desta quinta-feira (21) da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
Câmara de SJB aprova quatro projetos de lei
20/01/2016 | 13h12
ExtraordináriaA Câmara de São João da Barra aprovou quatro projetos de lei do Executivo, durante sessão extraordinária realizada nesta quarta-feira (20) no Auditório Municipal Sarur Dauaire, já que o plenário do Legislativo está em obras. Por motivo de tratamento de saúde, o presidente Aluizio Siqueira (PMDB) não pôde estar presente, sendo a sessão presidida pelo vice-presidente Alex Firme (PMDB). Todos os projetos foram aprovados por sete votos. Como estava ocupando a função de presidente, Alex não pôde participar da votação (presidente só vota em caso de empate). O primeiro projeto reduzirá em 10% os salários dos cargos de provimento em comissão e das funções gratificadas da Prefeitura, do subsídio do prefeito, vice-prefeito e secretários, além das gratificações pagas a qualquer título aos servidores da administração direta e indireta, com exceção das previstas no Estatuto dos Servidores. Em seguida, os edis aprovaram dois projetos autorizando a Prefeitura a ceder área territorial na BR-356, no Centro e por prazo indeterminado: uma de 771,30 metros quadrados ao Tribunal de Justiça do Estado para a construção de novo fórum e a outra de 1.236,40 metros quadrados à Defensoria Pública do Estado para a construção da nova defensoria. O último projeto autoriza e regulamenta no âmbito do município, a contratualização dos serviços de saúde com hospitais integrantes do Sistema Único de Saúde (SUS) públicos, privados com ou sem fins lucrativos, previsto na portaria nº 3.410/2013 do Ministério da Saúde. Ao final da sessão, a vereadora Sônia Pereira (PT) sugeriu à Prefeitura que priorize os convênios com a Santa Casa e os laboratórios de SJB. “A gente pede que só se feche convênio com outros municípios em casos de atendimentos que não são feitos aqui”, observou Sônia. – A Santa Casa adquiriu recentemente um tomógrafo e solicito a ampliação do convênio para que as tomografias sejam realizadas aqui, assim como outros exames e procedimentos de saúde já ofertados em nossa cidade – ressaltou o vereador Alex. Fonte: Ascom/Câmara SJB
Comentar
Compartilhe
SJB define calendário de pagamento dos servidores em 2016
19/01/2016 | 13h44
3A prefeitura de São João da Barra, por meio da secretaria de Administração, divulgou nesta terça-feira (19) o calendário de pagamento dos servidores municipais referente ao ano de 2016. As datas fixadas e divulgadas com antecedência garantem ao funcionário maior comodidade e melhor organização financeira. No ano passado, o calendário divulgado foi cumprido sem nenhum atraso com os servidores efetivos. Confira as datas deste ano: Janeiro - 28 Fevereiro - 29 Março - 31 Abril - 29 Maio - 31 Junho - 17 - primeira parcela 13º salário Junho - 29 Julho - 28 Agosto - 31 Setembro - 29 Outubro - 31 Novembro - 30 Dezembro - 20 - segunda parcela 13º salário Dezembro - 29 Fonte: Secom/SJB
Comentar
Compartilhe
Manifestação em frente à Prefeitura de SJB
19/01/2016 | 13h15
protesto_Cerca de 20 candidatos que estão em cadastro de reserva na lista de classificação do concurso da Educação em São João da Barra realizaram um protesto na manhã desta terça-feira (19) em frente à Prefeitura. Eles acreditam que o município deveria convocá-los antes do início deste ano letivo, ao invés de manter os contratos de um processo seletivo simplificado, como aconteceu no ano passado. Na semana passada (aqui), os candidatos foram recebidos por secretários do município em uma reunião na Prefeitura. Nesta terça, o chefe de Gabinete Edson Jack Azevedo recebeu representantes do grupo. No encontro da semana passada, o secretário de Administração Alan Rios informou que um estudo de impacto financeiro já está em elaboração na Prefeitura para a admissão de novos aprovados. Ele também falou sobre a possibilidade de contratar o pessoal levando em consideração a ordem de classificação no concurso vigente. Segundo Alan, na medida em que novas vagas para cargos efetivos fossem criadas, os aprovados tomariam posse. Ainda de acordo com o secretário de Administração, um projeto de lei para abertura de novas vagas será encaminhado à Câmara. Para suprir as necessidades das escolas neste início do ano, foi enviado ao Ministério Público um pedido de prorrogação de um processo seletivo simplificado, uma vez que a realização do concurso público faz parte de um Termo de Ajustamento de Conduto (TAC) firmado entre o município e o MP. Até a manhã desta terça, não havia resposta sobre o caso. A manifestação foi realizada porque, segundo os candidatos, já estaria definida à manutenção dos contratados no processo seletivo simplificado, ao invés da abertura das vagas efetivas do concurso. protesto_1O resultado do concurso da Educação foi homologado (aqui) no dia 7 de março e tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período, para atender o interesse público da administração. Inicialmente, o concurso foi para uma vaga em 24 cargos. Até o momento deste post (às 13h15), ainda não havia posicionamento sobre a reunião entre os manifestantes e o chefe de Gabinete, o que será incluído assim que obtivermos a informação.
Comentar
Compartilhe
Redução dos salários do prefeito e comissionados na pauta da Câmara de SJB
18/01/2016 | 15h42
Prefeitura SJBA Câmara de Vereadores de São João da Barra vai realizar uma sessão extraordinária nesta quarta-feira (20), às 10h, para apreciar quatro projetos de lei enviados pelo Executivo. A reunião acontecerá no Auditório Municipal Sarur Dauaire, pois o plenário do Legislativo está passando por obras de reforma e acessibilidade. O primeiro projeto visa reduzir em 10% os salários dos cargos de provimento em comissão e das funções gratificadas da Prefeitura, do subsídio do prefeito, vice-prefeito e secretários, além das gratificações pagas a qualquer título aos servidores da administração direta e indireta, com exceção das previstas no Estatuto dos Servidores. Tal projeto faz parte das medidas de economicidade (aqui) anunciadas pelo prefeito Neco na semana passada. O segundo projeto tem o objetivo de autorizar a Prefeitura a ceder, por prazo indeterminado, ao Tribunal de Justiça do Estado, uma área de 771,30 metros quadrados em complementação a outra área já cedida na BR-356, no Centro do município, para a construção de novo fórum. O outro projeto visa autorizar a Prefeitura a ceder, por prazo indeterminado, à Defensoria Pública do Estado, uma área de 1.236,40 metros quadrados na BR-356, Centro, para a construção da nova defensoria, também à custa do cessionário. O último projeto a ser apreciado tem a finalidade de autorizar e regulamentar no âmbito do município, a contratualização dos serviços de saúde com hospitais integrantes do Sistema Único de Saúde (SUS) públicos, privados com ou sem fins lucrativos, previsto na portaria nº 3.410/2013 do Ministério da Saúde. Fonte: Ascom/Câmara SJB
Comentar
Compartilhe
Caiu na Rede: Disputa acirrada
16/01/2016 | 16h17
Sem títuloDisputa acirrada Apesar de esta semana ser marcada por mais medidas econômicas devido à crise, com cortes nos salários do prefeito e seus comissionados, além da redução de contratos, São João da Barra discute como fará seu Carnaval. A disputa agora não é mais a famosa entre Congos e Chinês. O duelo é para saber se serão mantidos os blocos de abadá na Avenido do Samba. O prefeito José Amaro Martins de Souza, Neco (PMDB), quer saber a opinião popular e mandou abrir uma enquete no site da Prefeitura. A ideia até foi legal, mas quem programou a página permite que a mesma pessoa vote várias vezes. Dessa forma, o resultado do “plebiscito” — seja qual for — pode não refletir a verdadeira opinião da população sanjoanese. A enquete segue até 25 de janeiro. Necessário São João da Barra não está imune à crise. Se todos os municípios da região “cortaram na carne” para encarar o ano de 2016, na terra de Narcisa Amália não poderia ser diferente. Com as medidas econômicas, o município pretende poupar R$ 60 milhões neste ano. Cortes O que não se sabe ainda é como ficaram as empresas com a redução de 30%. Não precisar ser expert em finanças para saber que o número de funcionários terceirizados vai diminuir nos próximos dias. Pagou? Por falar em terceirizados, muitos deles ainda não receberam os proventos referentes ao mês de dezembro. A Limport, uma das terceirizadas, informou que pagaria até a última quinta-feira a segunda parcela do 13º, em atraso. Já com relação ao pagamento de dezembro, a previsão é de ser efetuado até sexta. Audiência A Prumo Logística vai realizar mais uma audiência pública em SJB. O objetivo é discutir o estudo de impacto ambiental da dragagem de aprofundamento do canal do terminal 1 do Porto do Açu. A audiência será no dia 27, no estádio municipal. Comédia O “Cine Teatro Comedy”, novo projeto lançado pela produtora Multiplural, dirigida por Silvano Motta, traz seu primeiro espetáculo para SJB: um stand up comedy com Gustavo Corradi. A apresentação acontece hoje, às 20h30, no Cine Teatro São João e tem classificação de 14 anos. Continua A única agência dos Correios de São Francisco de Itabapoana continua sendo alvo de reclamações. O sistema de atendimento ficou fora do ar e só deve ser reparado esta semana. Em suma, o serviço esteve mais tempo suspenso este ano do que funcionando. Ciclismo Um passeio ciclístico, às 8h, marca o lançamento da Escola de Ciclismo de SJB, que será desenvolvida no município por meio de parceria entre a secretaria de Turismo, Esporte e Lazer do município, Associação de Ciclismo Sanjoanense, secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude e Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro. Circuito Amanhã, a partir das 9h, será realizado na pista do Balneário, em Atafona, o 1º Circuito XCC Mountain Bike, que é uma categoria com mais obstáculos dentro da modalidade. Comemoração O município de São Francisco de Itabapoana celebra nesta segunda-feira, dia 18 de janeiro, 21 anos de emancipação político-administrativa. A data será marcada por solenidades oficiais, além de celebrações religiosas. *Publicado na edição deste sábado (16), da Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
Expectativa é quitar salário dos terceirizados até sexta, diz Neco
16/01/2016 | 12h28
[caption id="attachment_1358" align="alignleft" width="300"]Declarações foram feitas na manhã deste sábado durante o "São João da Barra no ar" Declarações foram feitas na manhã deste sábado durante o "São João da Barra no ar"[/caption] O prefeito Neco (PMDB), de São João da Barra, participou de um programa de rádio na manhã deste sábado (16), na comunitária Barra FM, e falou sobre assuntos que movimentaram as notícias sobre o município nesta semana. Entre eles, o atraso do pagamento dos terceirizados (aqui) e a sensação de insegurança no 5º distrito (aqui). Já a respeito da discussão sobre mudanças (aqui e aqui) no Carnaval sanjoanense, ele diz ter certeza que o município continuará oferecendo a melhor festa do interior do Rio. Neco ainda alfinetou adversários políticos e advertiu que usará de meios jurídicos contra as ofensas que vem recebendo nas redes sociais. Quanto ao salário dos terceirizados, Neco admitiu a dívida e afirmou que o município fará de tudo para quitar com seus compromissos até o fim da semana. O prefeito ainda salientou o pagamento das férias (aqui) dos servidores da Educação e a regularização (aqui) do cartão alimentação e o 13º dos funcionários da Limport. “Brevemente, vamos sanar com todos os compromissos com terceirizados. Talvez na semana que vem”, assegurou. Sobre os roubos registrados no 5º distrito do município, Neco disse estar preocupado com a situação, mas que já buscou apoio das policias Civil e Militar para discutir ações que possam coibir o crime na região. Carla Machado — A ex-prefeita de São João da Barra, provável adversária de Neco neste pleito, também foi alvo de críticas. Ele salientou que as obras concluídas por Carla no fim do mandato dela aumentaram o custeio do município já no início da atual gestão, que, segundo o prefeito, sofre com a atual crise e a redução dos royalties. Neco ainda destacou a implantação do Plano de Cargos e Salários dos servidores, além do Regime Próprio de Previdência Social que deve ser implementado até abril. “A ex-prefeita, que é servidora pública, ficou oito anos à frente da Prefeitura, mas não pensou em fazer caixa previdenciário para beneficiar o funcionário. Por que não fez? O que ela fez foi criar o Plano de Cargos e Salários, mas só criar. O custeio ficou para minha gestão e eu que coloquei em prática”, garantiu Neco. Aluizio Siqueira — O presidente da Câmara, que recentemente deu uma entrevista à Folha (aqui) criticando veementemente o prefeito, não passou despercebido. Neco voltou a cobrar transparência no uso dos recursos que são passadas ao legislativo. O prefeito fez questão de salientar que quando cobra esclarecimentos à Câmara, ele está falando diretamente com o presidente da Casa. Redes sociais — Sobre as críticas ofensivas que, segundo o prefeito, circulam nas redes sociais, Neco afirmou que vai buscar a Justiça para que as pessoas provem o que dizem pela internet. “Essas pessoas hoje criticam porque estão vendo a seriedade da administração. O que querem fazer é politicagem. Eu não vou ficar envolvido em Facebook, no WhatsApp, em críticas para tirar a concentração do meu trabalho”, salientou o prefeito.
Comentar
Compartilhe
SJB paga férias dos servidores da Educação
15/01/2016 | 09h47
[caption id="attachment_1320" align="alignleft" width="300"]Benefício foi depositado nessa quinta-feira Benefício foi depositado nessa quinta-feira[/caption] Em um dia “tumultuado” com o anúncio dos cortes na Prefeitura de São João da Barra (aqui) para enfrentar o ano de crise, o município depositou nessa quinta-feira (14) na conta dos servidores da Educação as férias — o valor de remuneração mensal mais o adicional de um terço — referente ao ano de 2015. No ano passado, o benefício foi pago (aqui) no dia 8 de janeiro. A não divulgação à imprensa de uma data para o pagamento este ano já causava certa “apreensão”. No entanto, as escolas da rede municipal já haviam sido comunicadas que o benefício seria pago até essa sexta-feira (15). Com o pagamento das férias, a municipalidade injetou cerca de R$ 2,5 milhões na economia local, de acordo com informações passadas pela secretaria de Comunicação Social. Atualizado às 12h46 — Inclusão do valor injetado na economia local.
Comentar
Compartilhe
Bebê de sete meses morre no HFM com suspeita de dengue hemorrágica
14/01/2016 | 15h36
[caption id="attachment_4368" align="alignleft" width="256"]Caso foi confirmado pela assessoria do HFM Caso foi confirmado pela assessoria da secretaria de Saúde[/caption] Um bebê de sete meses, menino, da localidade de Goitacazes, em Campos, morreu nesta quinta-feira (14)  no Hospital Ferreira Machado (HFM) com suspeita de dengue hemorrágica. A informação foi confirmada pela secretaria de Saúde, alertando que resultados de exames iniciais foram positivos para dengue. Porém, amostras serão enviadas para o Laboratório Central de Saúde Pública do Rio de Janeiro Noel Nutels (Lacen/RJ) para confirmar diagnóstico. O bebê foi internado no HFM no dia 1º de janeiro e morreu nesta quinta, às 7h30. A secretaria de Saúde informou ainda que o serviço de Vigilância em Saúde está acompanhando o caso e familiares do paciente. O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) vai fazer visita na residência novamente e comunicou que realizou mutirões contra dengue em Goitacazes em 2015. Somente neste ano, 122 casos de dengue já foram confirmados pela secretaria de Saúde de Campos. A título de comparação, em todo mês de janeiro de 2015 foram 28 casos notificados. Na última sexta-feira (8), o secretário Geraldo Venâncio admitiu (aqui) a possibilidade de uma epidemia de dengue em 2016 está cada vez mais concreta. “Quinhentos e quinze casos em dezembro é um número totalmente fora do usual. Esse número grande de casos confirmados nos remete a uma possibilidade cada vez mais concreta de uma epidemia este ano”, disse ele, que falou sobre a importância de combater o mosquito transmissor da doença. Zika e chikungunya –  Campos tem um caso confirmado e 46 suspeitos, sendo 35 gestantes. Já os casos de chikungunya foram três confirmados em Campos (importados da região Nordeste) e dois casos suspeitos. Mortes – Ao fechar o boletim epidemiológico de 2015, a secretaria de Estado de Saúde anunciou que Campos teve quatro óbitos por dengue (aqui). O diretor de Vigilância em Saúde de Campos, Charbell Kury, afirmou que a informações discrepantes são naturais, uma vez que os casos ficam em aberto no sistema até março, enquanto as investigações continuam. Campos foi a cidade com o segundo maior número de mortes no estado durante o ano, atrás somente de Resende, com oito casos.
Comentar
Compartilhe
Neco corta 10% do próprio salário e dos seus comissionados
14/01/2016 | 14h19
[caption id="attachment_2629" align="alignleft" width="280"]Medidas foram anunciadas em reunião com secretários Medidas foram anunciadas em reunião com secretários[/caption] Para enfrentar mais um ano de crise, o prefeito Neco (PMDB) “cortou na própria carne”. Como já havia sido antecipado pela coluna Caiu na Rede, assinada por este blogueiro e publicada na edição de 9 de janeiro da Folha da Manhã (aqui), Neco começou o ano anunciando o corte de 10% do próprio salário, do vice, secretários, cargos comissionados e dos que exercem funções gratificadas. A medida foi anunciada em reunião com os secretários nessa quarta-feira (13). Também haverá redução de 30% nos contratos de empresas. A expectativa é que com os cortes o município economize R$ 5 milhões por mês. Outras medidas de economia serão adotadas. Entre elas, estaria a suspensão dos aparelhos celulares da Prefeitura que ficam à disposição dos secretários e outros cargos de confiança — o que não foi confirmado no anúncio oficial. Como o secretário de Fazenda Edson Cláudio havia dito à Folha (aqui), em matéria publicada na última quarta, na tarde desta quinta-feira (14) o município anunciou oficialmente “as medidas que serão adotadas para dirimir essa crise financeira difícil, que assola nosso município e todo o país”. Outras medidas — A Prefeitura divulgou no fim da tarde desta quinta as outras medidas de economicidade que serão adotadas no município para enfrentar o período de crise. Além dos cortes nos salários, Neco vai reduzir em 30% os contratos com as empresas prestadoras de serviço. — Durante todo o ano de 2015, atuamos para diminuir o máximo os efeitos desta grave crise financeira que afeta todo nosso país. Todos os serviços essenciais mantidos, programas sociais funcionando, diferente de outros municípios vizinhos que demitiram, reduziram salários, acabaram com programas sociais, entre outros prejuízos. Chegamos ao nosso limite e é preciso ter responsabilidade financeira e é isso que estamos fazendo ao anunciar essas medidas — disse Neco. Em 2015, a Prefeitura de São João da Barra esperava arrecadar R$ 347 milhões em receitas provenientes dos royalties do petróleo, porém, entraram nos cofres do município R$ 176 milhões, ou seja, uma perda de R$ 171 milhões. Ainda de acordo com Neco, as medidas priorizam a melhoraria dos serviços públicos disponibilizados para a população. Atualizado às 16h50 — Para inclusão das informações oficiais da Prefeitura de SJB.
Comentar
Compartilhe
Limport diz que paga 2ª parcela do 13º dos terceirizados de SJB nesta quinta
14/01/2016 | 14h02
Prefeitura SJBEm resposta aos prestadores de serviço da empresa Limport, terceirizada pela Prefeitura de São João da Barra, que ainda não receberam os proventos referentes ao mês de dezembro e a segunda parcela do 13° salário, publicado por este blog (aqui) nessa quarta-feira (13), um e-mail foi enviado na tarde desta quinta-feira (14). Segundo a Limport, será efetuado hoje (quinta, 14) o "pagamento da segunda parcela do décimo terceiro e fazendo a recarga do ticket alimentação referente à janeiro". Quanto ao pagamento de  dezembro, a empresa informou que vai efetuar "no máximo na próxima semana". Questionada sobre os motivos do atraso, a empresa não respondeu. O blog tentou contato com a Prefeitura, mas não teve um posicionamento sobre o caso até o momento. Com a Átrio, também com o pagamento atrasado, ainda não conseguimos contato. A Folha da Manhã publicou matéria sobre o assunto na edição desta quinta, que pode ser conferida aqui na Folha Online.
Comentar
Compartilhe
Caiu na Rede: Violência no 5º distrito
14/01/2016 | 13h06
Sem títuloViolência no 5º distrito Longe dos holofotes da mídia como está o litoral neste período de alta temporada, o 5º distrito do município vem sofrendo com o aumento da violência. De acordo com informações de moradores das localidades que fazem o distrito, são constantes os assaltos à mão armada na região. Apesar de nos últimos anos as localidades terem recebido melhor infraestrutura e o acesso à sede do município ser mais fácil, nem todas as ocorrências são registradas na delegacia, o que faz com que as estatísticas caiam. No entanto, a sensação de insegurança é perceptível em todas as localidades. Oposição I Um nome começa a ganhar força na oposição de São Francisco de Itabapoana: Francimara Barbosa Lemos. Se o nome for consolidado, vai encarar nas urnas o candidato à reeleição Pedrinho Cherene, que terá o apoio do governador Pezão neste ano. Oposição II Francimara é esposa do ex-prefeito Frederico Barbosa Lemos, que assumiu após a cassação de Beto Azevedo. Ela foi secretaria de Assistência Social do município no início do governo Beto, período em que seu marido, exercendo o cargo de vice, esteve alinhado com o governo. Oposição III Após o rompimento entre prefeito e vice, Francimara deixou a secretaria. Apesar de cotada como candidata para disputar a Prefeitura, ela nunca teve o nome testado nas urnas. Uma reunião nesta semana reuniu outros nomes da oposição sanfranciscana que possivelmente apoiarão Francimara. Crise Em recente declaração à Folha, o secretário de Fazenda de SJB, Edson Cláudio, informou que o município terá de fazer alguns ajustes para a programação financeira para o ano de 2016 devido à queda na arrecadação dos royalties. As medidas que serão adotadas para dirimir essa crise financeira serão anunciadas hoje, segundo o secretário. Transporte A Empresa Municipal de Trânsito de São Francisco de Itabapoana divulgou uma nota oficial negando boatos sobre a autorização de reajuste na tarifa para o transporte alternativo que circula no município. Cultura... Atafona recebe amanhã uma reunião para discutir a produção cultural da praia. O encontro é aberto ao público e acontecerá na Colônia de Pescadores Z-2, às 14h. ...em debate A iniciativa faz parte das medidas adotadas por Bruno Costa, eleito recentemente conselheiro estadual de Cultura. Ele pretende fazer um levantamento de todas as manifestações culturais do município, distrito a distrito. Reclamações Os serviços dos Correios tem sido alvo de queixas constantes nas duas cidades da foz do Paraíba. Em São Francisco, o sistema dos Correios praticamente não funcionou este ano. Em São João da Barra, sortudos são aqueles que recebem suas faturas antes da data de vencimento, devido aos constantes atrasos. Blocos A enquete no portal da Prefeitura sobre a mudança dos blocos de abadá para a Barão de Barcelos a partir deste ano está bem acirrada. Às 21h dessa quarta-feira (13), o resultado era 49% sim e 51%, não. A enquete ficará aberta até o dia 25. *Publicado na edição da Folha da Manhã desta quinta-feira (14).  
Comentar
Compartilhe
Educação de SJB convocará mais concursados este ano
13/01/2016 | 17h12
[caption id="attachment_4500" align="alignleft" width="300"]Reunião aconteceu nesta quarta-feira Reunião aconteceu nesta quarta-feira[/caption] Uma comissão com cerca de 20 aprovados que estão em cadastro de reserva no concurso público da Educação de São João da Barra, realizado em janeiro de 2015, esteve na Prefeitura nesta quarta-feira (13) para buscar informações sobre a convocação de profissionais para este ano letivo. O concurso, inicialmente, foi para uma vaga em 24 cargos. O número de vagas que será aberta não foi divulgado, mas está certo que isso acontecera nos próximos meses. Os secretários de Administração Alan Rios; Educação e Cultura Leide Cristina Soares Fernandes; o chefe e subchefe de Gabinete, Edson Jack Azevedo e José Vitor Silva; e de Comunicação Max Weber — todos representando o prefeito José Amaro Martins de Souza, Neco — receberam a comissão e responderam aos questionamentos. O secretário de Administração esclareceu aos candidatos do concurso que um estudo de impacto econômico já está em elaboração na prefeitura para a admissão de novos aprovados este ano. Alan destacou que esses cálculos levam em consideração a arrecadação do município e o limite de despesas com a folha de pessoal — 54% da Receita Corrente Líquida, conforme determina a Lei de Responsabilidade Fiscal. “Após esse estudo, o projeto de lei para abertura de novas vagas será encaminhado à Câmara de Vereadores. Fizemos concurso para uma vaga, vamos abrir um número muito maior que esse. Não podemos falar em números ainda, uma vez que teremos de aguardar a aprovação dos vereadores. A gente está aliando a necessidade com responsabilidade e com obediência à legislação com gasto pessoal”, esclareceu Alan. Para suprir as necessidades das escolas neste início do ano, foi enviado ao Ministério Público um pedido de prorrogação de um processo seletivo simplificado, uma vez que a realização do concurso público faz parte de um Termo de Ajustamento de Conduto (TAC) firmado entre o município e o MP. Há ainda a possibilidade de contratar o pessoal levando em consideração a ordem de classificação no concurso vigente. Na medida em que novas vagas para cargos efetivos forem criadas dentro das possibilidades financeiras e a necessidade da secretaria de Educação, os aprovados tomarão posse. — O levantamento realizado para abertura de novas vagas, leva em consideração a capacidade financeira do município, aliando recursos disponíveis e limite de gasto com despesa de pessoal, para a efetivação. Todo procedimento é discutido conjuntamente entre Educação, Administração, Procuradoria e Fazenda — explicou a secretária Leide Cristina. O diálogo tirou as dúvidas dos que estão na esperança pela convocação. A psicopedagoga Jaqueline Martins agradeceu pelos esclarecimentos e disse que as informações serão repassadas a todos que também estão na expectativa de possíveis convocações. “Muito triste é a gente vir e bater com a cara na porta, não ter ninguém para acolher nosso sofrimento. Agradeço a vocês por terem nos recebido, esse é o primeiro passo”. O resultado do concurso da Educação foi homologado (aqui) no dia 7 de março e tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período, para atender o interesse público da administração.
Comentar
Compartilhe
Terceirizados da Prefeitura de SJB com salários atrasados
13/01/2016 | 15h14
Prefeitura SJBOs prestadores de serviço das empresas terceirizadas pela Prefeitura de São João da Barra ainda não receberam os proventos referentes ao mês de dezembro. A situação estaria ocorrendo, de acordo com informações que chegaram ao blog na manhã desta quarta-feira (13), com a Átrio e Limport. Com relação a Limport há denúncias, inclusive, de atraso no pagamento do 13° salário. Por e-mail, já foi solicitado à Prefeitura um posicionamento sobre o caso. Ainda estamos tentando contato com a Átrio e a Limport.
Comentar
Compartilhe
Definida programação de mais um fim de semana do Verão SJB
12/01/2016 | 16h45
[caption id="attachment_4493" align="alignleft" width="300"]Artistas locais e regionais vão fazer o som deste fim de semana Artistas locais e regionais vão fazer o som deste fim de semana[/caption] São João da Barra se prepara para mais um final de semana de atrações em diferentes pontos do município, na programação musical elaborada pela secretaria municipal de Turismo, Esporte e Lazer. Os shows têm início na quinta-feira e prosseguem até domingo, animando moradores, veranistas e turistas na sede do município, em Barcelos e também no litoral. QUINTA-FEIRA - 14/01 Sede (Praça São Pedro): 20h – Carlos Victor e Cezinha; 22h – Banda Eclipse SEXTA-FEIRA - 15/01 Atafona (Trevo do Cuíca): 21h – Tadeu e Banda Barcelos: 21h30 – Psicologia do Samba Grussaí (do outro lado da Lagoa): 20h – Os Morenos do Forró; 22h – Banda Levada Mix Açu: 20h – Ministério de Louvor Ellen Hipólito e Banda; 22h – Ministério Irmão Ederson e Ministério de Adoração Adonai Sede (palco Oficial): 20h – Ministério Yavê Sabaoth Sede (orla do Paraíba): 22h – Edmar Ferreira e Banda SÁBADO - 16/01 Atafona (Trevo do Cuíca): 21h – Os manos do Forró; Grussaí (Palco oficial): 18h – DJ Carlos G-3; 19h – Apollo e Banda; 21h – Banda Pancada Baiana Açu: 18h – DJ MK; 20h – Jorge e Loran; 22h – Banda D’Boa Sede do município (Orla do Paraíba): 19h – Banda Quatro Compasso; Sede do município (Calçadão): 21h – Bandinha Suave Veneno; 23h – Vaval Ferreira e Sambeleza DOMINGO - 17/01 Atafona (Balneário): 17h – DJ Rafael Pereira; 18h – Charada Carioca; 20h – Banda Mistura Fina Grussaí (Palco oficial): 19h – Banda Axé 10 Açu: 19h – Banda Explosão da Luxúria Sede (Orla do Paraíba): 16h – Junior e seus Comparsas Sede (Cedae): 18h – Trio Bacamarte Sede (Praça São João Batista): 20h – Neiva Brasil Fonte: Secom/SJB
Comentar
Compartilhe
Caiu na Rede: Carnaval em SJB, escolha do povo
12/01/2016 | 14h11
Sem títuloCarnaval: escolha do povo A saída dos blocos de abadá, que são muitos, da Avenida do Samba em São João da Barra parece estar mais próxima do que nunca. Depois de o assunto voltar a circular nas redes sociais, o prefeito José Amaro Martins de Souza, Neco (PMDB), definiu que a Prefeitura fará uma enquete virtual para que a população opine sobre a mudança, prevalecendo, como sempre na democracia, a escolha da maioria. Levar os blocos de abadá para a Barão de Barcelos ou a Senhor dos Passos é algo inevitável. A Avenida do Samba não suporta mais tantos blocos. O que a Prefeitura tem de avaliar é se vale a pena, no atual cenário, gastar com estrutura para a Joaquim Thomaz e o circuito dos blocos. Ao jogar o direito de escolha para o povo, supõe-se que recurso para tal mudança exista. Silêncio Muito se discute sobre os blocos de abadá, mas poucos confirmaram sua edição em 2016, pelo menos em anúncios na mídia local. Como o ano é de crise, pode ser que aconteça uma redução forçada dos blocos “baianizados”. Polêmica Em entrevista à Folha da Manhã no último domingo, o presidente da Câmara de São João da Barra, Aluizio Siqueira (PMDB), fez declarações fortes sobre a gestão do prefeito Neco. Ele definiu a situação do município, de forma geral, como caótica. Futuro Aluizio deixou claro que vai sair do PMDB, partido no qual Neco é pré-candidato à reeleição, e vai para o PP. Carla Machado, pré-candidata pelo PT, já anunciou que o partido de Dornelles vai fazer parte da sua base de apoio neste pleito. Paz O verão de São João da Barra está muito tranquilo. E que continue assim! Nenhuma ocorrência grave foi registrada nos dois primeiros fins de semana do ano. Turistas circulam pela cidade e encontram a tranquilidade de outrora. Lotados Quem trem faturado com a não contratação de shows nacionais são os proprietários de restaurante. Em Atafona, em uma rua onde há várias opções de casa que servem frutos do mar, é difícil conseguir uma mesa livre. Posse Foram empossados no último domingo os cinco conselheiros tutelares de São João da Barra e os suplentes. Eles foram eleitos em outubro e ficarão no cargo por quatro anos. Resposta Depois de tantas denúncias de carros circulando em locais proibidos na orla de São João da Barra, uma blitz no último fim de semana autuou 40 veículos. A ação aconteceu entre o Pontal de Atafona e a lagoa de Grussaí. Se a fiscalização for efetiva, o número tende a ser muito maior. Rodovia O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, enfim, concluiu as obras na BR 356, no trecho entre Barcelos e Martins Lage. A obra passou do tempo esperado. O pior de tudo, durante todo esse período, foi a dificuldade para obter informações com o órgão federal. Impacto A Primeira Igreja Batista em São João da Barra realizou no último sábado, na área centra de São João da Barra o “Impacto Brilharei”. O encontro contou com teatro, dança de rua, louvor, adoração, flash mob, entre outras atividades.
Comentar
Compartilhe
Brasileiro Wendell Lira bate Messi, o Bola de Ouro, no Prêmio Puskás
11/01/2016 | 16h48
wendellWendell Lira, atualmente no Vila Nova, foi o grande vencedor do Prêmio Puskás, concedido ao autor do gol mais bonito do ano. Ele desbancou ninguém menos que o craque Lionel Messi, do Barcelona, e Alessandro Florenzi, da Roma. Desde a criação do Puskás, em 2009, o único brasileiro a vencer tinha sido Neymar, ainda pelo Santos, por um gol feito contra o Flamengo no Brasileirão de 2011. — Quero agradecer muito à minha família, e à nação brasileira que votou em mim. Minha mulher e minha filha são tudo na minha vida — disse o brasileiro, que encerrou o discurso lembrando a história de Davi e Golias. Quando emendou um lindo voleio e abriu o placar para o Goianésia diante do Atlético-GO, na noite do último dia 11 de março, Wendell não poderia imaginar o que o lance o proporcionaria. A pintura anotada no Serra Dourada, em jogo válido pelo Campeonato Goiano, fez com que o até então desconhecido atacante tivesse presença garantida na cerimônia de gala da Fifa e, mais que isso, saísse de lá como o grande consagrado. Bola de Ouro sem surpresas — Se deu o brasileiro com o gol mais bonito do ano, com relação ao principal prêmio da noite de gala do futebol mundial, não houve surpresa. Franco favorito, como apontado aqui, Messi venceu com 41.33% dos votos. Cristiano levou 27.76%. Neymar teve 7.86%. Foi a quinta vez que o argentino levou o prêmio. wendell-liragol
Comentar
Compartilhe
Carnaval de SJB deve passar por mudanças?
11/01/2016 | 11h36
[caption id="attachment_629" align="aligncenter" width="538"]Bloco do Flamengo arrasta multidão Carnaval de SJB. Bloco do Flamengo arrasta multidão Carnaval de SJB, assim como outros blocos[/caption] Ganha cada vez mais força a ideia de tirar os blocos de abadá de São João da Barra da Avenida do Samba neste Carnaval. O assunto é discutido há algum tempo, tanto em reuniões que envolvem agentes culturais do município, como nas redes sociais. Antes de o tema estar em voga, fiz uma publicação no meu perfil do Facebook (aqui), em fevereiro de 2012, incentivando a retirada dos blocos “baianizados” da Avenida. Citei as ruas Barão de Barcelos e Senhor dos Passos como alternativas à rua Joaquim Thomaz de Aquino Filho. No entanto, com o município pregando a economicidade, seria o momento ideal para esta mudança (que reitero pensar ser necessária)? Levar os blocos para a Barão de Barcelos demanda que a Prefeitura dote de estrutura a área. Para isso, seriam necessários mais banheiros químicos, mais seguranças, mais postes com iluminação especial e a tradicional decoração. O município, ainda, perderia a área que é usada para estacionamento atrás da rodoviária, além da inutilização da mesma nos cinco, se continuar sendo todos esses, dias de folia. São mudanças que demandam coragem administrativa, e também recursos. Disposição para modificações — e aqui não faço nenhum juízo de valor se certas ou erradas — o prefeito Neco (PMDB) já mostrou que tem, como recentemente fez ao cortar as atrações nacionais do verão sanjoanenese em pleno ano eleitoral. Se não há recursos, as mudanças para o Carnaval devem ficar para outro ano. Para 2016, pode começar a cortar trios elétricos, bandas ou DJs para os blocos. Já que pagamos para nos divertir neles, não faz sentido nada ser financiado com dinheiro público. Falava sobre isso, ainda no Facebook, desde 2012, o que prova que a prática é antiga. Outro ponto importante é redistribuir os blocos na grade de horários da Folia. Na capital fluminense, onde o Carnaval de rua ressurgiu de forma extraordinária nos últimos anos, tem bloco de manhã, à tarde e à noite. O que não pode continuar, e já passou da hora de mudar, é a sucessão de trios elétricos varrendo o povo da Avenida de hora em hora. Com isso, os tradicionais dominós estão sumindo e as críticas de Carnaval, também — ressalto aqui a resistência do amigo José Augusto Moreira, o Cuíca de Atafona. Em suma, com a “baianização”, as tradições do Carnaval sanjoanense foram se perdendo. Sim, medidas para recuperá-lo devem ser tomadas. No entanto, recurso para tal é necessário e só a Prefeitura pode dizer se o tem para tal. Afinal, não é jogar os blocos de em rua sem oferecer estrutura. O que se precisa fazer é preparar um espaço para receber esses blocos. E com isso, gastar mais. Em tempo — O site Parahybano está desde a última sexta-feira com uma enquete sobre a mudança dos blocos da Avenida do Samba para a Barão de Barcelos. Confira aqui. [caption id="attachment_4469" align="aligncenter" width="501"]Em 2012, antes da mudança de local para bloca de abadá ser tão comentada, falei sobre o assuntos nas redes sociais Em 2012, antes da mudança de local para blocos de abadá ser tão comentada, falei sobre o assunto nas redes sociais[/caption]
Comentar
Compartilhe
Fifa entrega Bola de Ouro nesta segunda
11/01/2016 | 11h06
[caption id="attachment_4463" align="aligncenter" width="640"]Mundo conhecerá hoje o melhor jogador de 2015. Arte: Eliabe de Souza Mundo conhecerá hoje o melhor jogador de 2015. Arte: Eliabe de Souza[/caption] Cristiano Ronaldo, Lionel Messi e Neymar. Os três são os finalistas da Bolas de Ouro, prêmio que a Fifa vai entregar ao melhor jogador do mundo em 2015. A cerimônia acontece em Zurique, na Suíça, nesta segunda-feira (11), a partir das 15h30 (de Brasília). O argentino Messi, dono de quatro troféus, é o franco favorito. A presença de Neymar representa mais um patamar atingido em sua carreira. Cristiano Ronaldo, três vezes eleito o melhor do mundo e ganhador dos dois últimos, finaliza a lista de artilheiros implacáveis, donos da excelência técnica e de recordes. No fim do ano passado, o jornal “The Guardian” elegeu seus três melhores, resultado considerado pela crítica esportiva uma “prévia” da final do prêmio Fifa: Messi, CR7 e Neymar, nessa ordem, foram escolhidos pelo corpo de avaliação da publicação. O jornal, no entanto, fez questão de salientar que o brasileiro certamente está “destinado a ser o melhor jogador do mundo, e ainda tem só 23 anos”. Brasileiro na disputa do Puskás Quando emendou um lindo voleio e abriu o placar para o Goianésia diante do Atlético-GO, na noite do último dia 11 de março, Wendell Lira, atualmente no Vila Nova, não poderia imaginar o que o lance o proporcionaria. A pintura anotada no Serra Dourada, em jogo válido pelo Campeonato Goiano, fez com que o até então desconhecido atacante tivesse presença garantida na cerimônia de gala da Fifa para premiar os melhores de 2015. Wendell disputará o Prêmio Puskás com Alessandro Florenzi, da Roma, e Lionel Messi. Ao contrário dos outros prêmios, o Puskás é escolhido por voto popular. Desde a criação do prêmio Puskás, em 2009, somente o brasileiro Neymar já venceu a categoria, com um gol feito pelo Santos contra o Flamengo no Campeonato Brasileiro de 2011. *Publicado na edição desta segunda-feira (11) da Folha da Manhã. Voce pode conferir a matéria completa (aqui) na Folha Online.
Comentar
Compartilhe
Blitz na orla de SJB multa 40 veículos
11/01/2016 | 09h04
[caption id="attachment_4461" align="alignleft" width="300"]Carros trafegando na orla foram denunciados pela Folha esta semana. Foto: Secom/SJB Carros trafegando na orla foram denunciados pela Folha esta semana. Foto: Secom/SJB[/caption] Em parceria com a Polícia Militar, as secretarias de Meio Ambiente, Transportes e Trânsito e Guarda Civil Municipal realizaram a primeira blitz punitiva contra o trânsito de veículos na faixa da areia das praias de Atafona e Grussaí. A ação aconteceu nesse final de semana, das 9h às 17h, na extensão do Pontal de Atafona até a Lagoa em Grussaí e deverá se repetir nos próximos finais de semana do verão. Na última semana, a Folha trouxe (aqui) denúncia sobre carros na orla sanjoanense. Logo depois, uma ação educativa (aqui) foi realizada e neste fim de semana, a blitz. A ação foi registrada com fotos e vídeos pela secretaria de Comunicação Social, teve o acompanhamento de perto da 3ª UPAM da Polícia Militar e foi muito elogiada pelos banhistas como a campista Lívia Azevedo, 32 anos. “São 18 verões que passo em Grussaí e tenho que dar os parabéns para essa ação. As pessoas vêm com crianças, tem idoso, tem gestantes e eles passam com carros em alta velocidade na areia, um perigo, fora a questão das tartarugas que têm por aqui”, pontuou. Durante a Blitz 40 veículos na areia foram autuados. Os condutores notificados deverão perder 4 pontos na CNH  com multa no valor de R$ 85,00. Há ainda a previsão dessa ação na orla da praia do Açu, que situa-se no 5º distrito do município. A abordagem está sendo realizada pela Guarda Civil Municipal com o apoio de quadricículos. Segundo o subsecretário de Meio Ambiente, Jorge Assumpção, já foram realizadas diversas campanhas educativas, inclusive em toda a extensão da orla, mas como a recorrência de casos de veículos em alta velocidade tem sido grande, essa foi a única solução encontrada. “Existe em primeiro lugar a preocupação com a segurança dos banhistas, dos veranistas, dos turistas que querem desfrutar de nossas praias e existe a questão ambiental que engloba a desova das tartarugas e o prejuízo que pode haver com a vegetação, que tem importante papel na fixação das dunas”, destacou. Fonte: Secom
Comentar
Compartilhe
Conselheiros tutelares de SJB são empossados
10/01/2016 | 21h40
[caption id="attachment_4457" align="alignleft" width="300"]Posse dos conselheiros aconteceu no Cine Teatro Posse dos conselheiros aconteceu no Cine Teatro[/caption] Durante solenidade na manhã deste domingo (10) no Cine Teatro São João, os cinco conselheiros tutelares eleitos pela população de São João da Barra, após terem sido aprovados por avaliação de conhecimentos específicos, realizaram o juramento de proteger e garantir os direitos das crianças e adolescentes de São João da Barra. Empossados, iniciaram o trabalho de imediato, como é assegurado através da portaria 029/2015 publicada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). Após a entrega dos certificados, a conselheira tutelar Jodilce Gomes da Silva, que está iniciando seu segundo mandato, falou em nome dos demais. “Estarei com o mesmo comprometimento e empenho na missão de assegurar a proteção e a garantia de direitos de nossas crianças e adolescentes e estou muito feliz por essa equipe maravilhosa com pessoas dedicadas e escolhidas pela população”, disse. O presidente do CDMCA, Edson Cláudio Machado, completou: “Essa solenidade é a posse oficial, mas o trabalho hoje já conta com plantão de dois conselheiros graças à publicação da portaria e só temos a desejar muito empenho e dedicação no trabalho, que não é fácil, mas é extremamente importante”, destacou. O mandato será de quatro anos e o trabalho é realizado diariamente por três conselheiros durante a semana das 8h às 17h e a noite e aos finais de semana com regime de dois plantonistas. A sede do Conselho Tutelar fica no centro de São João da Barra na rua São Benedito, nº 117, e o telefone para contato é o 2741-1160. Fonte: Secom
Comentar
Compartilhe
Aluizio Siqueira: “Já tivemos governos muito melhores que este”
10/01/2016 | 11h34
[caption id="attachment_4451" align="alignleft" width="300"]Presidente da Câmara não poupa críticas ao prefeito Neco, seu ex-aliado, e diz que principal crise do município é de gestão. Foto: Rodrigo Silveira Presidente da Câmara não poupa críticas ao prefeito Neco, seu ex-aliado, e diz que principal crise do município é de gestão. Foto: Rodrigo Silveira[/caption] Peemedebista a caminho do PP, o presidente da Câmara de São João da Barra, Aluizio Siqueira, credita ao prefeito José Amaro Martins de Souza, Neco (PMDB), a situação na qual o município se encontra, definida por ele como “caótica”. Em entrevista à Folha da Manhã, o vereador falou que a cidade vive uma crise de gestão, não financeira. Aliado de Neco nos dois primeiros anos de mandato, para Aluizio o racha aconteceu pelo não cumprimento das propostas de governo do prefeito. Ele revelou ainda que a prestação de contas do Executivo referente ao ano de 2014 teve parecer contrário a aprovação pelos técnicos do TCE e, posteriormente, isso foi modificado pelos conselheiros do órgão. O presidente da Câmara salientou a falta de investimentos em setores como saúde, educação, turismo e obras: “Já tivemos governos muito melhores”. Folha da Manhã – Você tem apontado em vídeos publicados nas redes sociais a falta de manutenção do poder público em várias ruas, praças e prédios do município. Hoje, como você define a situação de São João da Barra? Aluizio Siqueira – Caótica. O município que tem o nono maior PIB do Brasil, com orçamento milionário, ao invés de avançar, está regredindo na atual administração. Nossa São João da Barra, infelizmente, virou terra do “já teve”: já tivemos uma Saúde de excelência, já tivemos investimentos em infraestrutura na área da Educação, além de cartões universitários pagos em dia, já tivemos um time de futebol campeão estadual da série C e hoje está rebaixado, já tivemos uma cultura muito valorizada, onde foram recuperados diversos prédios históricos e grupos culturais valorizados, já tivemos parcerias importantes na área de segurança pública como por exemplo o Proeis/PMERJ, já tivemos um Turismo forte, com verões organizados, circuito junino de alto nível e exposição agropecuária, fomentando a economia local. Enfim, já tivemos governos muito melhores que esTe... Folha – Com relação à Saúde, há queixas em unidades sob gestão de todas as esferas administrativas. SJB não é diferente. No entanto, a secretária Denise Esteves afirmou recentemente que “a Saúde de SJB dá banho em muito plano”. Você vê da mesma forma? Por quê? Aluizio – Absolutamente não. Um município que tem aprovado um orçamento anual maior que R$ 125 milhões só para Saúde, orçamento este maior que do vizinho município de São Francisco de Itabapoana que arrecada em torno de R$ 110 milhões para todas as suas despesas e com uma população maior que a nossa, não pode deixar faltar remédios, ambulâncias (UTI móvel, que tínhamos quatro), energia elétrica nas unidades de emergências devido à falta de manutenção nos geradores, também não pode deixar de ter um aparelho de mamografia o que está gerando uma demanda reprimida em torno de mil exames, não pode deixar um equipamento de grande importância, como o de ultrassom, quebrado por mais de nove meses como ocorreu no ano passado, ainda, com tanto recurso, é inaceitável ter tantas dívidas com home care, clínicas (como a São Camilo de Lélis, em Itaperuna), fornecedores, prestadores de serviços, equipe de ortopedia, hospitais conveniados como a Santa Casa de São João da Barra e de Campos, Hospital Escola Álvaro Alvim, entre outros, que têm causado a paralisação de diversos atendimentos de grande importância, como: fisioterapia, cirurgias em geral – como as ortopédicas, pé diabético, entre outros. Folha – Você e o prefeito José Amaro Martins de Souza, Neco (PMDB), eram aliados políticos, tendo ele mesmo publicamente influenciado para sua reeleição à presidência da Casa. O que aconteceu para você sair da base governista? Aluizio – Ao contrário da sua afirmativa, o prefeito nunca influenciou em nenhuma das duas eleições para a Presidência da Câmara. Na primeira eleição, quem me ajudou participando da articulação foi a então prefeita Carla Machado. Já na reeleição, creio ter conquistado a confiança e o respeito dos nobres colegas devido ao trabalho sério e igualitário, o que resultou na minha reeleição por unanimidade, contrariando a vontade do Prefeito que no dia 31 de dezembro de 2013 — enquanto me encontrava na cidade do Rio de Janeiro acompanhando o tratamento de saúde do meu filho — procurou outro vereador da base aliada e o incentivou a lançar sua candidatura a Presidência da Câmara, fato que me causou estranheza. Já a minha saída da base governista, foi devido ao fato dele não estar cumprindo os compromissos de campanha assumidos com nossa população e nem ter dado continuidade as ações de um governo que fez muito por São João da Barra, deixando o município organizado e próspero, com uma aprovação popular de governo de quase 90% Folha – Quando o racha com Neco já era evidente, você evitava comentar o assunto. De um tempo pra cá, você assumiu um papel oposicionista. Hoje, você é ligado a algum grupo de oposição ou se apresenta como membro de um grupo “independente”? Aluizio – Sou ligado à maioria da população que hoje reprova, faz oposição e quer mudar este desgoverno. Folha – Desde que você começou a caminhar fora do grupo do prefeito, ele começou a “bater de frente”. Um dos questionamentos mais repetidos por Neco é com relação ao uso do recurso da Câmara, que, na visão dele, não é transparente. Como esse dinheiro é gasto? Aluizio – Neco, ao invés de cumprir o papel dele de prefeito, continua com comportamento e mentalidade de vereador, já que fiscalização é uma prerrogativa do Poder Legislativo. Ao contrário dele, minhas contas do TCE-RJ não chegam com determinações, ressalvas e mantenho atualizados os dados necessários no portal da transparência, como determina a lei. Cumpro com todas as obrigações patronais que hoje são pagas integralmente, salários dos servidores, todos os impostos, todos os fornecedores e prestadores de serviços em dia, inclusive nosso balancete para controle é enviado todo dia 10 para a Prefeitura, como determina a Lei Orgânica. Da Prefeitura para a Câmara não é enviado nenhum balancete. Quanto ao servidor, em minha gestão, implantamos o Plano de Cargos e Salários que está sendo pago, o Plano de Saúde, nosso cartão alimentação é 26,3% maior que os dos servidores da Prefeitura, pagamos abono natalino que não foi pago pela Prefeitura aos seus servidores, realizamos melhorias na estrutura física do prédio, instalamos o painel eletrônico de votação, estruturamos também o prédio anexo com gabinetes totalmente equipados para os vereadores, fizemos a aquisição de novos veículos, colocamos sistema de segurança, adquirimos novo mobiliário, equipamentos de informática de última geração para ambos os prédios, internet de fibra óptica para as transmissões em tempo real das Sessões e eventos, agora todos os vereadores têm assessoria, fizemos o trabalho de digitalização dos arquivos da Câmara, integramos a sociedade com a Casa de Leis com eventos como ’Medalha Narcisa Amália’, ‘Medalha Barão de Barcelos’, ‘Títulos de Cidadão Sanjoanense’, ‘Pai Talento’, ‘Noite da Melhor Idade’, ‘Parlamento Jovem’, ‘Câmara Cultural’ homenageando os Distritos durante os recessos do Legislativo, ‘Mostras Fotográficas’, ‘Lançamentos de livros’, e também está sendo escrito, pelo historiador e professor Fernando Antônio Lobato, um livro contando toda a história da Câmara. Está pronto o projeto para obra que vai dar acessibilidade ao plenário. Além disso, ao final do ano de 2013, foram devolvidos R$ 359.408,54 aos cofres da Prefeitura. Folha – Um dos episódios mais polêmicos do legislativo municipal em 2015 foi a aprovação da lei para antecipação dos royalties — também chamada na região de “venda do futuro”. O que gerou tanto impasse? Aluizio – O projeto era vago, não explicava o valor a ser contratado, também não mostrava de que forma seria contratada a instituição que faria o empréstimo, os juros e o prazo para pagamento. E essa “venda do futuro”, se infelizmente ocorrer, comprometerá as próximas gerações. É inadmissível que São João da Barra precise de empréstimo quando teve, nesses 03 anos, mais de um bilhão e duzentos milhões de reais de receita e apenas inaugurou semáforos e abrigos de passageiros. A crise não é financeira e sim de gestão. Folha – Na época em que o projeto para antecipação tramitava na Câmara, Neco extinguiu o “Cartão Cidadão” e tentou atribuir a culpa do fato a você, pois não poderia manter o programa de transferência de renda sem a autorização para o empréstimo —depois foi criado outro programa “Viver Melhor”. Você acha que essa estratégia deu certo? Aluizio – Essa prática que Neco tem usado para tentar justificar os seus erros, não tem tido êxito porque todas as vezes ele tem que culpar alguém para se defender dos seus erros e de sua incapacidade administrativa. A população já percebeu isso e acredito que somente alguns poucos continuam acreditando em suas promessas. O tempo é o senhor da verdade e as mentiras vão sendo desmascaradas no dia a dia, com relação ao Cartão Cidadão não foi diferente, mesmo contrariando a minha vontade, a Lei que autorizava a operação financeira foi aprovada e após isso, o prefeito não retornou à época esse benefício conforme havia prometido. Folha – Outro ponto polêmico foi o decreto da Prefeitura para expropriar a Cedae e tomar a administração do serviço. Você se posicionou claramente em defesa da Cedae. Você não acredita que o município tenha condições de gerir o serviço? Por quê? Aluizio – Não. Se hoje já falta capacidade administrativa para gerir os setores sob a responsabilidade do município, quanto mais para administrar um serviço de tamanha importância para a vida do ser humano que é água potável. Folha – No balanço das atividades da Câmara em 2015, foi divulgado a aprovação de 135 requerimentos, 268 indicações e 52 projetos de lei. Sem contar os projetos de autoria do Executivo, o que aprovado na Câmara saiu do papel? Ainda existe uma boa relação entre Legislativo e Executivo em SJB? Aluizio – Praticamente nada saiu do papel. Os nove vereadores cumprem as suas prerrogativas de assessorar o Executivo indicando obras para serem executadas e infelizmente a Prefeitura não corresponde à expectativa nem mesmo dos vereadores da base do Governo. Os requerimentos e indicações são encaminhados e nem resposta sequer a Câmara recebe. O grau de investimento é baixíssimo, segundo o TCE-RJ, no ano de 2014 o município de São João da Barra utilizou mais de 98% da sua receita e nos cerca de R$ 427 milhões para o custeio da máquina, não restando recurso para aplicar em obras de infraestrutura que os vereadores tanto solicitaram para as comunidades que representam. Folha – O ano de 2015 não foi fácil para o país, devido à crise nacional. A Prefeitura de São João da Barra fala em frustração orçamentária milionária. Como fiscalizador das contas públicas, como você avalia esse cenário? Aluizio – A crise é de gestão. Ao contrário dos outros municípios do país, São João da Barra caminha na contramão desta crise, tendo aumentado sua receita de ISS devido as obras e aos embarques de Bauxita e minério de ferro que passaram a ocorrer na atual gestão no Complexo Portuário do Açu, soma-se a isso o aumento na produção petrolífera que compensou grande parte da perda da receita de royalties em decorrência da diminuição do valor do barril de petróleo. O que existe hoje no município é uma má aplicação dos recursos existentes mostrando que se gasta mal o dinheiro público. Como sabemos, o orçamento é uma “peça fictícia”, o de 2015 aprovado pela Câmara deveria ter sido contingenciado, porque com a crise anunciada ele foi superestimado e o mesmo se repetiu no orçamento de 2016. O governo faz isso para ter discurso de frustração de receita justificando com isso a não realização das promessas. Folha – As contas da Prefeitura deste ano foram aprovadas no Tribunal de Contas do Estado, sem ressalvas, neste ano. No entanto ainda está longe dessas contas passarem pela aprovação da Câmara, uma vez que há relatórios da gestão anterior para serem analisados. Em sua opinião, como presidente da Casa, o parecer do relator do TCE condiz com o teor dos documentos de prestação de contas que chegaram à Câmara? Aluizio – O corpo técnico instrutivo do TCE-RJ emitiu parecer contrário a aprovação das contas de 2014 de Neco. Posteriormente esse voto foi modificado pelos conselheiros com várias ressalvas e determinações. Foi observado déficit financeiro, questão previdenciária, baixo investimento de capital, dentre outras observações. A meu ver, a administração incorre em sucessivos erros e na falta de transparência, mas a avaliação do TCE-RJ deve ser respeitada. Folha – Apesar da sua postura — e de outros três membros da Casa — de oposição, o projeto de Lei Orçamentária Anual foi aprovado da mesma forma que foi elaborado pelo Executivo, sem nenhuma emenda ou alteração. Por quê? Não tentar modificar o orçamento foi uma opção nossa, por saber que de nada adiantaria fazermos emendas, já que a base governista na Câmara votaria contrário e por serem maioria, prevaleceria o voto deles. Seria pura perda de tempo. Um exemplo foi a votação da LDO em junho do ano passado, onde nós vereadores da oposição apresentamos emendas aditivas pedindo investimentos em áreas importantes como: Saúde, Cultura e Segurança Pública. O resultado foi a reprovação por parte da bancada governista. Lembrando que nos três anos de governo, a Câmara aprovou autorização legislativa para remanejamento e suplementação de 50% do orçamento em todo o período, uma pena que quase nada que foi encaminhado no orçamento se transformou em realidade. Talvez por isso, as pesquisas de opinião recentes indicam baixíssimos índices de avaliação do governo, mostrando, portanto, que a maioria da população reprova a administração atual e é latente o desejo de mudança, Folha – Estamos em ano eleitoral e a janela partidária está aberta. Neco é pré-candidato à reeleição pelo PMDB. Logo, você deve mudar de partido para disputar o próximo pleito. Já há aproximação com alguma legenda? Você vai tentar o terceiro mandato na Câmara ou pretende alçar voos mais altos em 2016? Aluizio – Meu caminho é o PP do vice-governador Francisco Dornelles. Estamos trabalhando e até as convenções estaremos definindo a minha melhor posição para servir a minha querida São João da Barra. Aproveito, meus amigos e minhas amigas, para desejar um feliz 2016, de muita saúde, paz e que deu abençoe nossa São João da Barra. *Publicado na edição deste domingo (10) da Folha da Manhã e, posteriormente, na Folha Online (aqui).
Comentar
Compartilhe
Caiu na Rede: Ano ainda será de cortes
09/01/2016 | 18h01
Sem títuloCaiu na Rede: Ano ainda será de cortes Para a administração pública de São João da Barra, o ano de 2015 já não foi dos melhores na questão econômica. Para 2016 também não há boas previsões. Tudo indica que será um período de mais cortes, de cortar na própria carne. Quem faz parte do primeiro escalão do governo já se prepara para diminuição de salário, em algo entre 10% e 20%. A informação ainda não foi oficializada, mas já é dada como certa entre nomes ligados ao prefeito José Amaro Martins de Souza, Neco (PMDB). A meta, que deveria estar em desenvolvimento há muito tempo, é enxugar a máquina pública. Gordura para tirar, todo mundo sabe que tem. Necessário Regalias de alguns secretários deveriam ser cortadas. Não faz sentido usar veículo da Prefeitura para ir ao trabalho e voltar para casa. Ainda mais quando a residência é em outro município, o que configura quatro viagens ao dia. É tempo de economizar! Futebol Foi entregue ontem o prêmio dos melhores jogadores do Campeonato Amador de Futebol Sanjoanense. O evento foi realizado por Caniddia Silva, ex-jogador e apresentador de um programa de rádio esportivo. Durante o certame, Caniddia fazia vídeos das partidas e publicava nas redes sociais. Combate SJB inicia na segunda-feira a participação no Plano Nacional de Combate à Microcefalia. A ação substituirá os mutirões que seriam realizados a partir de ontem, em pontos estratégicos.   Mais um Outro nome para ser vice de Neco no próximo pleito circula nos bastidores da política sanjoanense. Desta vez, no entanto, há quem aposte que o nome foi ventilado como forma de “autopromoção”. Nada é oficial. Pratas da casa Os dois municípios da foz do Paraíba têm apostado em atrações locais para o verão deste ano. A medida foi uma das formas encontradas para economizar em período de crise. Açu Tradicional competição esportiva de SJB, a Copa Verão de Futebol Amador do Açu começou ontem. São 10 equipes, divididas em dois grupos. Os jogos acontecem às terças, quintas e sextas, sempre às 21h. A final será no dia 26 de fevereiro. Buracos... Um dos fatos mais comentados nesta semana em SJB nesta semana foi o vídeo do ex-presidente da Câmara Carlos Pereira tapando buracos, que circulou nas redes sociais e foi, inclusive, matéria na Folha da Manhã. ... e caminhão Em resposta, governistas gravaram um vídeo no qual o ex-vereador aparece usando um caminhão frigorífico da Prefeitura para transporte de pescado, que seria produção de um barco seu. Carlos nega a propriedade. Governistas apontam o fato como evidência de que não há perseguição no governo. *Publicado na edição deste sábado (9) da Folha da Manhã. 
Comentar
Compartilhe
Passagem mais cara entre Campos e SJB a partir deste domingo
09/01/2016 | 11h32
[caption id="attachment_4442" align="alignleft" width="300"]Linhas entre Campos e SJB tiveram autorização para reajuste de 10,48%, assim como em todo estado. Foto: Rodrigo Silveira Linhas entre Campos e SJB tiveram autorização para reajuste de 10,48%, assim como em todo estado. Foto: Rodrigo Silveira[/caption] A partir deste domingo, 10 de janeiro, a passagem entre Campos e São João da Barra vai estar mais cara. É quando a portaria do Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) que autoriza novas tarifas para o sistema rodoviário intermunicipal de passageiros do estado do Rio de Janeiro. O reajuste, determinado pela variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) dos últimos 12 meses, é de 10,48%. A Sanjoanense Campostur, única empresa que faz a linha entre Campos e SJB informou que elevará a tarifa, mas não cobrará o valor total autorizado pelo Detro. De acordo com a Campostur, o reajuste tem por objetivo diminuir os impactos causados com os aumentos dos insumos que são utilizados. A empresa ressalta que, mesmo com o reajuste, o valor cobrado fica bem distante dos valores autorizados. Caso a Campostur utilizasse as tarifas autorizadas pelo Detro nos dois últimos anos, a passagem de Campos para Atafona, atualmente cobrada a R$ 10, passaria a custar R$ 12,50. A partir de domingo o valor é R$ 11. Já para o Açu o aumento autorizado seria ainda maior, passaria dos atuais R$ 7,40 a R$ 16,05. No entanto, o valor cobrado a partir deste domingo será de R$ 8. Para Grussaí, a nova tarifa será de R$ 8,75. Já para a sede do município o valor será de R$ 9. A informação dos valores foi passada pela empresa. Para o litoral de São Francisco de Itabapoana também haverá reajuste, mas a Brasil não informou de quanto será. Confira os valores para as praias e a sede do município de SJB: Tabela A Folha da Manhã e a Folha Online (aqui) têm matéria completa sobre o reajuste para as prais da região.
Comentar
Compartilhe
Neco anuncia benefício para agentes comunitários de Saúde
08/01/2016 | 14h26
[caption id="attachment_4439" align="alignleft" width="300"]Reunião aconteceu na manhã desta sexta-feira Reunião aconteceu na manhã desta sexta-feira[/caption] O prefeito  Neco (PMDB) anunciou durante reunião nesta sexta-feira (8)  com os agentes comunitários de saúde, que antigas reivindicações da classe serão atendidas. Entre as quais, o pagamento de adicional de insalubridade e o incentivo financeiro do Programa de Melhoria do Acesso e Qualidade da Atenção Básica (PMAQ- AB). Além disso, Neco anunciou que a secretaria de Fazenda está realizando um estudo de impacto para passar os agentes comunitários do regime celetista para estatutário.  Ao todo, 89 agentes serão beneficiados com as novas medidas anunciadas pelo Executivo. “Vamos pagar 20% de insalubridade em relação ao salário mínimo. Conseguimos este benefício após atuação do Programa Saúde do Trabalhador que encontrou uma forma de adicionar mais este direito aos agentes, já que eles muitas vezes trabalham sob sol forte, chuva, entre outras situações”, ressaltou Neco. A prefeitura também regulamentou o incentivo financeiro do PMAQ-AB, de acordo com a lei nº 395/2015. Ficou definido que, ao receber do auxílio financeiro previsto no artigo 8º da portaria nº 1.654/2011, do Ministério da Saúde, 80% do montante que vier a ser efetivamente recebido será pago aos servidores municipais integrantes das equipes ESFs (Estratégia Saúde da Família) e os outros 20% serão aplicados pela prefeitura na Atenção Básica Municipal. O pagamento será efetivado em duas parcelas: março e setembro. — Vale destacar que outros municípios repassam apenas 50% do incentivo aos servidores. Mas, aqui em São João da Barra, o prefeito regulamentou que se repassasse 80%, para dar ainda mais qualidade ao serviço de excelência que é praticado pela nossa Atenção Básica. Este é mais um compromisso assumido e cumprido pelo prefeito Neco — disse a secretária de Saúde, Denise Esteves. Por fim, Neco revelou que está em curso um estudo de impacto para avaliar a passagem dos agentes comunitários de Saúde para o regime trabalhista estatutário. “Peço a vocês paciência porque é um estudo que precisa ser bem feito. Pretendo ainda este ano executá-lo para que vocês sejam incorporados ao regime estatutário”, finalizou. Fonte: Secom/SJB  
Comentar
Compartilhe
Campos tem primeiro caso de zika confirmado
07/01/2016 | 18h06
[caption id="attachment_4196" align="alignleft" width="300"]Dados são da secretaria de Saúde Dados são da secretaria de Saúde[/caption] Campos teve nesta quinta-feira (7) o primeiro caso de zika confirmado. A paciente já foi de 39 anos, apresentou coceira no corpo, olhos vermelhos, manchas avermelhadas no corpo, febre baixa, dor no corpo. Não houve comprometimento do fígado, exames negativos para dengue. O exame foi confirmado pela Fiocruz. A paciente já foi tratada, está em casa, assintomática, fora de perigo e passa bem. Há outros 45 suspeitos, sendo 35 gestantes. As informações são da secretaria de Saúde de Campos. Com relação a dengue, o órgão informou que foram 4.042 casos confirmados no município durante todo ano de 2015. O governo do estado divulgou (aqui) que quatro pessoas morreram em Campos, número menor apenas que em Resende, que teve oito. Já com relação à febre chikungunya subiu para cinco, sendo três  importados confirmados e 2 suspeitos ainda.
Comentar
Compartilhe
Caiu na Rede: Críticas não construtivas
07/01/2016 | 15h45
Sem título Críticas não construtivas São João da Barra já vive o clima acirrado do pleito municipal desde 2014. A tendência é que os embates fiquem cada vez mais ríspidos. No entanto, algumas pessoas que se dizem oposicionistas estão sendo incoerentes em suas colocações. Quando o prefeito José Amaro Martins de Souza, Neco (PMDB) decidiu cortar os shows nacionais do Verão 2016, criticaram, pois prejudicaria ambulantes e comerciantes. Agora, que Neco manteve no mesmo valor do ano passado as subvenções às escolas de samba do município, algumas dessas pessoas criticam o que chamam de “desperdício” de quase R$ 700 mil. Se houvesse corte, provavelmente diriam que o prefeito não valoriza a Cultura local. Oposição tem que criticar, mas tem de ser coerente! Vale? Outro ponto a ser debatido sobre as subvenções, mas sem víeis politiqueiro, é se todas as escolas apresentam um desfile à altura do que recebem. No Rio O prefeito Neco teve uma reunião com representantes do Detran no início da semana, na capital fluminense. Como resultado, a partir deste mês a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) poderá ser retirada em São João da Barra. Divulgação A programação do Verão 2016 em São João da Barra não está com divulgação como nos anos anteriores. Antes, o calendário de shows nacionais e locais era divulgado no mês de dezembro. Agora, só se sabe as atrações em cima da hora. A programação, com shows locais, de hoje a domingo só foi divulgada ontem. Nas ruas... O presidente da Câmara de SJB, Aluizio Siqueira (PMDB), está nas ruas quase todos os dias e divulga nas redes sociais vídeos de problemas encontrados na cidade, como buracos e falta de manutenção de obras públicas. ... na Câmara Quando o racha com o prefeito, também peemedebista, já era evidente, Aluizio preferia não comentar o assunto. Agora a mudança para uma postura de oposição está mais que oficializada. Tanto na rua, quanto em seus discursos na Casa. Equívoco Informei na coluna da última terça que o PR teve candidato a prefeito de SJB nos dói últimos pleitos, quando deveria dizer que o partido tem em seu quadro o candidato de oposição das últimas duas disputas, o ex-prefeito Betinho Dauaire. Em 2008, ele foi candidato pelo PDT.
Comentar
Compartilhe
SJB define programação de shows do fim de semana
06/01/2016 | 17h26
VerãoA Prefeitura de São João da Barra definiu a programação de shows para este fim de semana no município. Diferente do que era feito em anos anteriores, quando a grade de shows completa era divulgada antes do Réveillon, a Prefeitura tem divulgado a programação semanalmente. Neste ano o prefeito Neco (PMDB) tomou a decisão de não contratar shows nacionais para a alta temporada sanjoanense (aqui), devido ao período de crise. Segundo ele, com essa economia foi possível (aqui e aqui) entregar mil cartões do programa de transferência de renda “Viver Melhor” no último dia 23. Confira as atrações desta semana:
  • Quinta-feira - 7 de janeiro
Sede (Praça São Pedro): 20h - Ricardo Bessa; 22h - Jadson Loureiro
  • Sexta-feira - 8 de janeiro
Sede (orla do Paraíba): 20h - Netinho Leal e Banda; 22h- Banda Primeiro Plano Sede: 20h - Dirceu e Banda; 22h- Ministério Teu Querer Atafona (Trevo do Cuíca): 20h - Forró Muleke; 22h - Xandão do Forró Barcelos (praça Principal): 21h30 - Banda Código Inválido Grussaí (Trio do Outro Lado da Lagoa): 20h - Grupo TudoNosso.com; 22h - Argentino e Banda Açu – (Palco Oficial): 20h - Ministério Para Adorar e Banda; 22h - Ministério da PIB e Grupo Jovem Gideões dos 300
  • Sábado - 9 de janeiro
Sede (Orla do Paraíba): 17h30 - Grupo Free Samba;  19h30 - Grupo Deixa em Off Sede (Calçadão): 22h - Bandinha Pica Pau; 00h - Cacá Morsch e Banda Atafona (Trevo do Cuíca): 20h - Barca do Forró; 22h - Magrão e Banda Grussaí (Palco Oficial): 17h30 - Dj Lucas Gaia; 18h - Manuela e Banda; 20h - Copo Cheio; 22h - Regis e Nando e Banda Açu (Palco Oficial): 18h - Dj Coiote; 19h - Gil Paixão; 21h - Zé Carlos e Rogério
  • Domingo - 10 de janeiro
Sede (Orla do Paraíba - Cedae): - Trio Bacamarte;  17h - Zeca Ribeiro Sede (Praça São João): 20h - Geverson Nascimento Atafona (Balneário): 17h - Dj Mania; 18h - Felipe Tamy; 20h - Mauro e Léo Grussaí (Palco Oficial): 17h00 - Banda Atrassamba;  19h - Banda Os Piratas Açu – (Palco Oficial): 17h - Forroneja.com; 19h - Banda Cheiro de Mel.
Comentar
Compartilhe
Ex-presidente da Câmara de SJB faz “operação tapa-buracos”
06/01/2016 | 11h31
Ação chamou atenção de curiosos que passavam pelo trecho. reprodução de vídeo O ex-presidente da Câmara de São João da Barra Carlos Pereira resolveu tomar a iniciativa de tapar os buracos de alguns trechos da praia de Atafona. A ação foi filmada e divulgada nas redes sociais (aqui). Carlos, que foi vereador por três mandatos consecutivos — sendo o mais votados em um dos pleitos e presidente da Câmara por duas vezes —, fez críticas ao prefeito Neco (PMDB) e disse que tomou a iniciativa porque os buracos nas proximidades da igreja de Nossa Senhora da Penha ofereciam riscos a motoristas, além de ciclistas e pedestres. O trecho, entre a Avenida Nossa Senhora da Penha e a rua Carmelita Moraes Nascife, tem intenso movimento no fim de semana, já que por ali está a igreja da padroeira da praia, Nossa Senhora da Penha, o mercado de peixes, além de tradicionais bares e restaurantes de Atafona — como o do Ricardinho, por exemplo. Carlos usou cimento para tapar os buracos naquela região. Até o momento desta publicação, o vídeo já tinha mais de 3,5 mil visualizações e quase 100 compartilhamentos. Vale destacar que Carlos tem interesse de disputar uma cadeira na Câmara neste ano. Ao anunciar o desejo, ele iniciou a caminhada no grupo de apoio a Neco. Depois, ao sentir que teria pouco espaço, foi (aqui) para o grupo da ex-prefeita Carla Machado (PT). Em 2012, ele foi candidato a vereador pelo PC do B, que apoiou o então candidato do PR à prefeitura, Betinho Dauaire. Na reta final, Carlos abriu mão da candidatura para apoiar a irmã, Sônia Pereira (PT), que foi eleita. [caption id="attachment_504" align="alignleft" width="300"]"Operação" foi feita há um ano. Arquivo/Paulo Pinheiro "Operação" foi feita há um ano. Arquivo/Paulo Pinheiro[/caption] Neco já fez operação tapa-buracos No ano passado, que fez uma "operação tapa-buracos" nas ruas de Atafona foi o próprio prefeito Neco. Há um ano (aqui), no dia 6 de janeiro, ele acompanhou uma equipe da secretaria de Obras e “botou a mão na massa” . As fotos foram postadas no Facebook e geraram todo tipo de comentários: de elogios por ter saído do gabinete e encarar o trabalho de frente a críticas e cobranças por ações como essas em outros distritos.  
Comentar
Compartilhe
Estado divulga quatro mortes por dengue em Campos no ano de 2015
05/01/2016 | 20h06
[caption id="attachment_4196" align="alignleft" width="300"]Autoridades de Saúde de Campos descartam quarto caso divulgado pelo estado Autoridades de Saúde de Campos descartam quarto caso divulgado pelo estado[/caption] O boletim epidemiológico de dengue com os números finais de 2015 no estado do Rio de Janeiro apontou quatro mortes por dengue em Campos em 2015, uma a mais que o número divulgado na semana passada (aqui). Campos foi a cidade com o segundo maior número de mortes no estado durante o ano, atrás somente de Resende, com oito casos. No entanto, o diretor do Centro de Referência de Doenças Imuno-infecciosas (CRDI) Luiz José de Souza informou que desconhece esse quarto caso. Já o diretor de Vigilância em Saúde de Campos, Charbell Kury, afirmou que a informações discrepantes são naturais, uma vez que os casos ficam em aberto no sistema até março, enquanto as investigações continuam. — São quatro mortes: uma confirmada e três suspeitas de dengue. Para o sistema de notificação, os casos ficam pendentes até março. (Entre os casos suspeitos) um óbito é de Miracema e os outros estão em investigação — observou Charbell. Quanto ao aumento do número de casos e mortes suspeitas, Charbell assegura que não existe nenhuma correlação com atendimento ruim, pelo contrario. “Houve aumento porque Campos notifica muito, investiga os casos”, afirmou.
Comentar
Compartilhe
Caiu na Rede: Ano de clima quente
05/01/2016 | 15h59
Sem título Ano de clima quente Se o clima eleitoral já estava acirrado em 2015 nas redes sociais em São João da Barra, com certeza não será diferente em 2016. As trocas de farpas vão ser ainda mais intensas com a proximidade do pleito, já polarizado entre os grupos que apoiam a pré-candidatura do prefeito José Amaro Martins de Souza, Neco (PMDB), e a da ex-prefeita Carla Machado (PT). O clima de disputa pode até ser interessante, mas seria bom se todos evitassem ofensas pessoais. O povo de São João da Barra não precisa entrar nas redes sociais todos os dias e encontrar baixarias, sejam elas de qual grupo for. Que seja uma bela disputa, mas de argumentos e propostas, que visem o melhor para o município. Caberá ao povo escolher! Terceira via Na política sanjoanense ainda tem quem acredite no lançamento de uma candidatura de terceira via. O motivo é a indefinição do PR, que lançou candidato no último pleito municipal e tem em seu quadro o ex-prefeito Betinho Dauaire, candidato em 2008 (pelo PDT) e em 2012 (pelo PR). No entanto, até agora, o Partido da República não oficializou seu destino em 2016. Vice Ainda há que acredite que o PR pode compor com Neco e filiar em seu partido o vice da chapa. Nada confirmado até o momento. O presidente do diretório municipal do partido é o deputado estadual Bruno Dauaire (PR). Quem? Se já estão praticamente confirmados os dois nomes na disputa pela Prefeitura, seus vices ainda são desconhecidos. O grupo de Neco chegou a sondar nomes como os vereadores Kaká (PT do B) e Sônia Pereira (PT, mesmo partido de Carla). A empresária Odineia Pereira foi outra aposta até agora não consolidada. Do lado de Carla, o assunto só será debatido a partir de abril. Surpreendeu O movimento na região durante o Réveillon foi muito bom para um ano de crise e cortes nas atrações nacionais. No sábado também houve intenso movimento, mas as fortes chuvas que caíram pelos municípios da foz do Paraíba fez muita gente ficar em casa. Sucesso O Campeonato Sanjoanense de Futebol Amador de SJB teve excelente público e grande repercussão. Organizado pela Prefeitura em parceria com a Liga Sanjoanense de Desportos, teve a Chatuba recebendo o título pela primeira vez. Premiação Depois do sucesso da competição, o professor Caniddia Silva, que tem um programa esportivo na rádio comunitária Barra FM e acompanhou o certame com produção de vídeos divulgados nas redes sociais, vai promover a entrega do prêmio “Destaques do Futebol Sanjoanense 2015” nesta sexta, às 19h30, no Cine Teatro São João. Pontal Apesar das constantes mudanças ocasionadas pelo avanço do mar, o Pontal de Atafona ainda atrai muitos apaixonados. Prova disso foi o intenso movimento no último sábado. Também chamou atenção a falta de salva-vidas no local. Vivarte Realizado pela secretaria municipal de Educação e Cultura, o projeto itinerante Vivarte percorre, de quinta a domingo, das 18h às 21h, os espaços públicos de São João da Barra proporcionando lazer e entretenimento gratuito ao público infantil. O calendário está disponível no portal da Prefeitura. Cultura A elaboração do Plano Municipal de Cultura de São João da Barra, iniciado em 16 de dezembro com a participação do dinamizador da Secretaria de Cultura do Estado, Fernando Chagas, prossegue nesta semana com reuniões setoriais para debates e definições de ações e metas que constituirão o documento. Morno Se as articulações políticas em SJB estão quentes, em São Francisco de Itabapoana o cenário é morno. De certo, até o momento, a pré-candidatura de Pedrinho Cherene à reeleição. *Publicado na edição desta terça-feira (5) da Folha da Manhã. Atualizado às 18h20 — Correção na nota Terceira Via.
Comentar
Compartilhe
Neco: iniciamos 2016 trabalhando ainda mais
05/01/2016 | 10h30
[caption id="attachment_2629" align="alignleft" width="280"]Prefeito falou sobre ações na capital nessa segunda-feira, 4 Prefeito falou sobre ações na capital nessa segunda-feira, 4[/caption] O prefeito Neco (PMDB), de São João da Barra, publicou em seu perfil no Facebook os resultados de encontros que participou no primeiro dia útil de 2016 (segunda-feira, dia 4), no Rio de Janeiro. Ele informou que esteve na sede do Detran, onde teve uma reunião com diretores do órgão, para discutir antigas reivindicações dos sanjoanenses. “Já saímos com a resposta positiva de que teremos a retirada da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) no próprio Município por aqueles que já estão em processo de obtenção e ainda dos novos pedidos que vierem, a partir da segunda quinzena de janeiro de 2016”, escreveu o prefeito. Neco também relatou que esteve com secretário de Governo do Estado, Paulo Melo, para uma conversa sobre parcerias existentes entre município e Estado e a sua execução. “Iniciamos 2016 trabalhando ainda mais, e assim continuaremos durante todo o ano. Juntos somos mais”.
Comentar
Compartilhe
Ano novo, velhos problemas
04/01/2016 | 15h43
[caption id="attachment_3313" align="alignleft" width="275"]Todo começo de ano é a mesma história Todo começo de ano é a mesma história em SJB[/caption] Quem escolheu passar a virada de ano no litoral de São João da Barra teve de enfrentar velhos problemas. Piques constantes de energia, sinal de telefonia móvel sem funcionar, falta d’água em alguns pontos do município e congestionamento na BR 356. A diferença neste ano, e neste caso não há como evitar, foi a chuva, em forte intensidade, como o blog mostrou (aqui). Os problemas acontecem há anos e as empresas responsáveis pela prestação do serviço também sabem disso. Além disso, as reclamações não ocorrem somente na alta temporada, sim o ano todo. Com mais pessoas circulando pela praia, a situação só piora. Em nota, a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) informou que “apesar do alto consumo por conta do verão, o abastecimento no município está normal, ou seja, as pessoas que possuem sistemas de reserva (cisterna/caixa d’água) e façam uso racional da água não têm problemas”. A assessoria de imprensa informou ainda que em caso de problemas pontuais, o endereço deve ser enviado para que uma equipe seja encaminhada ao local. Já a Telefônica Vivo informou que "o serviço de telefonia prestado no município está intermitente devido à falta de energia em Sítio Freguesia, região onde está localizada a Estação Rádio Base (ERB) que atende a região. A empresa já entrou em contato com a concessionária de energia solicitando urgência no abastecimento de energia dos equipamentos. Neste momento, a operadora mantém a transmissão do sinal a partir do uso de baterias mas alguns clientes podem continuar a encontrar dificuldade". A Ampla, também atraves de nota, comunicou que "a forte chuva e os ventos que afetaram a região de Campos no último final de semana causaram a interrupção do fornecimento de energia em alguns pontos da cidade. Equipes já normalizaram 90% do serviço e trabalham para restabelecer o serviço por completo o mais rapidamente possível". O Dnit, contestado desde a semana passada, não se posicionou. Por telefone, funcionários do órgão informaram que o responsável por passar as informações vai se pronunciar nesta terça. Atualização às 16h02 — Inclusão da nota da Vivo. Atualização às 20h12 — Inclusão da nota da Ampla
Comentar
Compartilhe
Com fortes chuvas em SJB, shows estão suspensos
03/01/2016 | 16h00
[caption id="attachment_4399" align="aligncenter" width="933"]Palco do Açu sofreu com as fortes chuvas deste fim de semana. Foto: RadarOzk/Facebook Palco do Açu sofreu com as fortes chuvas deste fim de semana. Foto: RadarOzk/Facebook[/caption] A programação do primeiro fim de semanas no Verão de São João da Barra está suspensa. O motivo, segundo o secretário de Turismo do município, Jorge Ribeiro, foram as fortes que caíram no sábado (2) e persistem, em menor intensidade, neste domingo. Todos os shows foram suspensos. “Os eventos até começaram no sábado, tanto em Grussaí como no Açu, mas pararam na hora da forte chuva”, afirmou o secretário. As datas dos eventos que estavam programados para este fim de semana ainda serão definidas. Em novembro, o Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe) divulgou uma pesquisa apontado que o verão seria de fortes chuvas nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. [caption id="attachment_4403" align="alignleft" width="300"]Praça São Benedito, na sede do município, foi um dos pontos alagados na noite de sábado. Foto: Renato Timotheo/Parahybano Praça São Benedito, na sede do município, foi um dos pontos alagados na noite de sábado. Foto: Renato Timotheo/Parahybano[/caption] As chuvas no município causaram alguns estragos já nos primeiros dias do Ano Novo. O site Parahybano mostrou (aqui) que várias ruas da cidade ficaram alagadas na noite de ontem com a intensidade da chuva. Já a página na rede social Facebook Radar OZK (aqui), vinculada ao site Portal OZK, mostrou fotos de vários pontos do município após a chuva e como ficou o palco instalado no Açu para as atrações neste verão. As empresas responsáveis pelas estruturas já foram ao local para os devidos reparos. Felizmente, não há feridos. De acordo com o coordenador da Defesa Civil de São João da Barra, Adriano Assis, no sábado choveu 33mm e no domingo, 18mm. No primeiro dia, quatro casas na sede do município precisaram do auxílio da Defesa Civil para escoar a água, no domingo, houve apenas um atendimento. “Não foi preciso remover nenhuma família, os pontos de alagamentos já foram drenados pelas bombas fixas, em locais estratégicos. Agora estamos em estado de atenção, pois podemos ter pancadas de chuva forte em áreas isoladas”, informou Adriano. O coordenador da Defesa Civil alertou ainda que a população pode pedir auxílio do órgão através dos telefones 199 ou 2741-8370. Uma pesquisa do Inpe, divulgada em novembro último, apontou que o verão de 2016 terá mais tempestades e raios no Sul e Sudeste do Brasil. A previsão é que, nas duas regiões, os temporais aumentem em 20%. O motivo é o El niño, aquecimento anormal das águas do Oceano Pacífico. Quando a temperatura dos oceanos fica maior, muita água evapora. As nuvens que se formam, se deslocam e provocam chuva. Na maioria dos anos, o El Niño foi responsável por tempestades intensas e concentradas somente no sul do país. Mas no caso de um El Niño muito forte, como o de agora, essas chuvas sobem e também atingem o sudeste e parte do centro-oeste, principalmente o Mato Grosso do Sul. [caption id="attachment_4401" align="alignright" width="300"]Pontal de Atafona movimentado no sábado Pontal de Atafona movimentado no sábado[/caption] Calor e praias lotadas — Antes da chuva que pegou muita gente de surpresa não fim da tarde deste sábado, o movimento foi intenso nas praias do município. O Pontal de Atafona, mesmo com uma pequena faixa de areia e o cenário modificado quase sempre devido à força do mar, ainda é destino de centenas de turistas e sanjoanenses. O local, embora bastante movimentado, não contava com salva-vidas no sábado, o que deve ser providenciado pela Defesa Civil nos próximos dias. O movimento também foi grande em outros pontos de Atafona, Grussaí, Lagoa, Iquipari e Açu. Atualização às 23h50 — O coordenador da Defesa Civil entrou em contato com o blog, por volta das 22h, para passar informações sobre a intensidade da chuva e as ocorrências no município. Esses dados não constavam anteriormente, já que o blog não havia conseguido contato com ele.
Comentar
Compartilhe
Vícios politiqueiros têm de acabar
03/01/2016 | 12h51
ChargeeO ano de 2016 chegou com um desejo quase unânime: mudança. Sim, 2015 não foi um ano fácil. Crise política e econômica, estiagem, caos na saúde, problemas com transporte público, educação e diversos setores administrativos de todas as esferas governamentais. Vimos esse cenário confuso em Brasília, no Estado do Rio e no município no qual vivemos. Na demagogia politiqueira, pode se dizer que tudo faz parte da “conjuntura”. Mas, sabemos bem, não deve ser tratado assim. Um município como Campos, por exemplo, que por anos gozou de royalties polpudos e até hoje não viu investimentos que justifiquem o esvaziamento dos seus cofres, não pode se achar no direito de lamentar a “conjuntura” de crise como Belágua, no Maranhão, a cidade mais pobre do país de acordo com o último Censo. Por aqui faltou planejamento e gestão; por lá, recursos. Todos sabem que royalties do petróleo podem ter fim e deveriam ser usados para melhorias para o município devido ao impacto da exploração. No entanto, teve gente que usou esses recursos para outros fins, não o do interesse público. Houve erros, e muitos, em outras esferas governamentais? Não há dúvidas! Como também não as há com relação à falta de responsabilidade da gestão municipal à época das “vacas gordas”. Se hoje é fácil jogar na conta da atual “conjuntura” as obras paradas, faltam argumentos e explicações para o tempo pelo qual as mesmas perduram. A dinastia Garotinho não teve recurso suficiente para concluir (aqui) a promessa da matriarca, em campanha para o seu primeiro mandato, de concluir as 10 mil casas populares do “Morar Feliz”? E o importante Hospital São José, não foi concluído (aqui e aqui) por falta de recurso ou de vontade? Enquanto isso, fiquem felizes campistas, a administração gastou quase R$ 17 milhões seus para inaugurar (aqui) a “Disney goitacá”. Só não se iluda: tem que pagar para entrar e para estacionar seu veículo em lugar seguro. Um presentão de Natal para o povo. São necessários princípios para mudar uma cultura politiqueira na qual município está afundado há quase três décadas. E sugestões do que deve ser feito não são poucas. Faltam, apenas, aos interessados em assumir a gestão do município que se comprometam com tais propostas. O uso dos royalties para uma administração clientelista, encharcando a máquina pública como forma de barganha eleitoral ou em incontáveis aditivos para as obras intermináveis, sempre nas mãos de empresas que financiam suas campanhas, não dá mais certo. A política populista do pão e circo, também não. Programas assistenciais não são moedas de troca. Remédios distribuídos gratuitamente, também não. De nada adianta custear projetos paternalistas e depois mandar cobrar a conta com santinhos eleitorais e obrigação da colocação de placas de candidatos x ou y na frente da casa. Os programas governamentais têm que ser pensado para a gestão atual e, principalmente, para o bem comum. Não como forma de cobrança para o pleito seguinte. Mandar essa conta para o povo campista também não tem dado muito certo. Prova disso? O pleito de 2014, no qual teve coronel que viu a vaca ir para o brejo onde já foi seu curral eleitoral. Daí em diante, as cobranças pararam de ser eleitoreiras e simbólicas. Foi preciso “vender o futuro” (aqui) e, se ainda não bastasse, tirar mais do contribuinte (aqui) para tentar equilibrar as contas, indubitavelmente mal geridas em épocas de cofres cheios. Este ano é de reflexão, de escolhas. A contar de hoje (3 de janeiro de 2016), são 272 dias para pensar em quem escolher para planejar as ações do seu município pelos próximos quatro anos. Que seja alguém com princípios, com coragem para se desvencilhar dos vícios eleitoreiros tantas vezes repetidos por aqui. A escolha é sua, com o poder do voto! A conta a pagar por ela nos próximos quatro anos, essa será de todos! *Publicado na edição deste domingo (3) na Folha da Manhã.
Comentar
Compartilhe
Aposta nas pratas da casa em SJB para o fim de semana
02/01/2016 | 10h31
[caption id="attachment_4392" align="aligncenter" width="720"]O pagode do Swing Moleque deu as boas vindas a 2016 em Grussaí O pagode do Swing Moleque deu as boas vindas a 2016 em Grussaí[/caption] Assim como no Réveillon e no primeiro dia de 2016, o final de semana em São João da Barra segue com atrações locais e regionais como opção de entretenimento aos milhares de turistas que escolheram o município para passar a virada de ano e aproveitaram para esticar no final de semana. Neste sábado (2), a festa em Grussaí começa às 18h, com DJ e na sequência, às 19h, a banda "Me puxa". Ainda em Grussaí, a dupla Régis e Nando sobe ao palco às 21h. Nesse mesmo horário, a "Barca do Forró" se apresenta no trevo do Cuíca, em Atafona. No Açu, as atividades começam às 18h, com DJ e logo depois, às 19h, se apresenta a banda "Tribalaxé". Também na praia do 5º distrito, o grupo "Forronejo.com" continua a festa às 21h. Já na sede do município, o pagode do Free Samba começa às 19h, na Orla de Ritmos. Às 22h, o projeto "Caindo na Folia", no Calçadão, inicia o aquecimento para o Carnaval, com as marchinhas da "Bandinha São João". Ainda em ritmo de Carnaval, Vaval Ferreira se apresenta no projeto "Esquentando os tamborins". E no domingo ainda tem mais. No Balneário de Atafona, às 17h, já tem DJ para abrir a festa. Logo em seguida, "Dom Américo e banda" sobem ao palco oficial. A agitação no Balneário continua, às 20h, com a banda "Gaia na gandaia". Na sede do município tem "Banda deixa em Off" às 16h, próximo a Cedae, e Zeca Ribeiro, às 20h, na Praça São João Batista. Em Grussaí, quem se apresenta às 19h é a banda "Atrassamba". Já no Açu, também às 19h, é a vez do grupo "Tudo Nosso.com". Nos próximos dias, a Prefeitura deve divulgar as atrações das próximas semanas. Réveillon — Animação e público não faltaram no Réveillon em São João da Barra. Na sede do município e nas praias de Açu e Grussaí a chegada de 2016 foi saudada com queima de fogos e shows musicais com ritmos variados comandados por artistas da terra. Nenhuma ocorrência grave registrada pela Guarda Civil Municipal nos pontos de maior concentração de público. Grussaí, contou com os shows de "Swing Moleque" e "Swing do B". Na sede, a "Bandinha 2001" e "TB-6" agitaram a virada de ano. No Açu, a festa contou com "Cartão Postal" e "Arerê da Barra". Na sexta — O primeiro dia do ano contou com atrações diversificadas. Em Atafona, no trevo do Cuíca, se apresenta a banda “Conexão do Forró”. Em Barcelos, a atração foi o grupo “Pura Simpatia”. Alex do Forró, no outro lado da Lagoa, em Grussaí, banda “Catukaí” e Fabrício do Forró, no Açu, e banda “Via Aérea”, na Orla do Paraíba, sede do município, completaram os shows musicais do primeiro dia do ano. Nacionais — Os shows nacionais no Réveillon e no verão sanjoanense foram suspensos pelo prefeito Neco (PMDB) devido a crise econômica que atinge o município, principalmente com a queda brusca na arrecadação dos royalties. Para quem pode e tem interesse, casas noturnas confirmaram atrações nacionais em sua programação. É só conferir!
Comentar
Compartilhe