Que venha 2018!
31/12/2017 | 13h17
O ano de 2017 vai ficando no passado, deixando momentos de alegrias na memória, de tristeza também, e com a certeza de que não foi um ano fácil para quase ninguém. Quando chegar à meia-noite, somente pensamentos positivos. A esperança é que no Ano Novo tudo dará certo, que será de muitas alegrias e conquistas. No entanto, é bem verdade, é apenas uma mudança no calendário, não haverá mudanças se você não mudar. Receba este primeiro de janeiro como um livro seu, em branco. Só transcreva deste ano que está terminando aquilo que lhe deu prazer, trouxe alegria. Deixe tudo que lhe causou tristeza e decepções para trás. Para 2018, espero que seu livro novo tenha mais histórias felizes do que tristes. Que ao fim de 2018, quando for “ler” sua história, que começa ser rascunhada daqui a algumas horas, tenha orgulho e satisfação.
A você, leitor, que ao longo dos anos se torna amigo, a certeza de um 2018 mais empolgante, cheio de notícias — principalmente da política local, regional e nacional. É ano eleitoral, um pleito totalmente diferente devido a tantos escândalos de corrupção que passaram a ser de conhecimento do público a partir da operação Lava Jato. Para “amenizar”, antes tem Copa do Mundo, fazendo com que a fria Rússia seja alvo de olhares do mundo todo, inclusive dos mais quentes torcedores brasileiros.
No blog, o compromisso continua sendo de levar informações rápidas, precisas, pautadas por princípios éticos e na tentativa diária da imparcialidade.
Feliz Ano Novo! Paz, saúde, amor, felicidades e dinheiro honesto, que não faz mal a ninguém!
Comentar
Compartilhe
SJB anuncia festa de Réveillon no Açu
29/12/2017 | 10h35
A festa de Réveillon em São João da Barra promete animar, também, moradores, veranistas e turistas do quinto distrito de São João da Barra, que poderão curtir as atrações musicais no dia 31, a partir das 23h. A primeira a subir ao palco será cantora Cacá Morsh e Banda. À meia-noite, acontece a queima de fogos para saudar o ano de 2018, e em seguida, a cantora retoma a apresentação; encerrando a noite, tem a Banda Free Samba.

Na sede do Município, a partir das 23h, o cantor Dom Américo vai animar o público até a meia-noite, quando haverá queima de fogos comemorando a chegada de 2018. Na sequência, o cantor volta a se apresentar e, fechando a noite, tem a banda TB-6.

A prefeitura, por meio da secretaria de Turismo, Esporte e Lazer, preparou uma programação com shows locais e regionais, no intuito de prestigiar os artistas e fortalecer o comércio e o turismo da região.

– Estamos trabalhando para proporcionar momentos felizes nesta virada de ano, mesmo em tempos de crise, quando a parceria torna-se fundamental. Queremos agradar aos turistas, e encantar os moradores, por isso, primamos pela qualidade dos eventos – pontuou o secretário de Turismo, Analiel Vianna, destacou ainda o fomento à economia local neste período.
Comentar
Compartilhe
Com verão divulgado, SJB começa a planejar carnaval
28/12/2017 | 15h18
Bloco das Piranhas arrastou multidão no Açu neste ano
Bloco das Piranhas arrastou multidão no Açu neste ano / Foto: Secom/SJB
A Prefeitura de São João da Barra já divulgou a empresa que será responsável e quais serão as atrações nacionais no verão 2018, a programação esportiva também já é conhecida e a grade de atrações locais deve ser divulgada em breve. Agora, a administração municipal começa a planejar as atividades do carnaval, considerado pela organização o maior do interior do Rio de Janeiro. No Diário Oficial desta quinta-feira (28), os secretários municipais de Turismo, Analiel Viana, e Planejamento, Sávio Saboia, convocam os representantes dos blocos e manifestações culturais que desfilam no carnaval sanjoanense para uma reunião no dia 4 de janeiro, com objetivo de reorganizar a grade de apresentações. O encontro será no auditório municipal, às 15h.
Termo de fomento — Para as tradicionais escolas de samba Chinês e Congos o carnaval 2018 já começa diferente, já que a subvenção de R$ 234 mil que a Prefeitura concede a cada agremiação não vai chegar em cima da hora. Com o termo de fomento firmado neste ano, uma parcela já foi repassada para as escolas de samba e a expectativa é que a segunda seja depositada ainda este ano, facilitando o planejamento para os desfiles.
Comentar
Compartilhe
Programação esportiva diversificada no verão 2018 em SJB
28/12/2017 | 15h11
Modalidades variadas compõem a programação esportiva do verão 2018 em São João da Barra, promovida pelo Departamento de Esportes sempre aos sábados e domingos. Com início no dia 6 de janeiro e prosseguindo até o primeiro final de semana antes do carnaval, os eventos acontecem em Açu, Atafona, Grussaí e na sede do Município, proporcionando lazer e entretenimento a moradores e visitantes e prestigiando os desportistas locais e da região.

No dia 6 de janeiro, às 8h, o 2º Desafio das Dunas, com saída e chegada no Balneário, em Atafona, abre a programação. No dia 7, também no Balneário, a partir das 8h30, acontecem a Copa Verão de Futebol Society Feminino e Infantil e a Copa Verão de Vôlei de Praia.

No segundo final de semana de janeiro, têm Aulão de Ginástica e Copa Verão de Futevôlei, no dia 13, a partir das 8h, no Balneário, em Atafona. No mesmo dia, Copa Verão de Beach Soccer, no Açu, às 9h30, e Copa Verão de Barco a Vela, às 10h30, na sede do município. No dia 14, às 9h, competição de ciclismo na sede do município.

Dia 20 de janeiro, será realizada no Balneário, em Atafona, a partir das 8h30, a primeira fase da Copa Verão de Futebol Society Masculino. Ainda no dia 20, tem a Copa Verão de Vôlei de Praia, às 9h, no Açu, e o Kite Fest São João da Barra, em Grussaí, às 11h. Fechando o final de semana ,no dia 21, às 8h30, segunda fase da Copa Verão de Futebol Society Masculino, no Balneário.

No último final de semana de janeiro o Balneário recebe a Copa Verão de Beach Soccer, às 8h30. Em Grussaí, às 8h, tem o Bodyboard Fest Grussaí e, na sede do Município, ao lado do Ministério Público, será promovida a 2ª Corrida e Caminhada Ecológica. No dia 21, 1º Desafio Verão, com natação no rio Paraíba do Sul e corrida pelas ruas centrais da cidade de São João da Barra.

As atrações esportivas no mês de fevereiro têm início no dia 3, com Surf Fest do Açu, às 8h, Copa Verão e Basquete 3x3 e 1º SJB Open de Skate, no Ciep. Fechando os eventos do verão 2018, no dia 4, Trilha de Mountain Bike, às 8h, na sede do município, e Copa Verão de Futevôlei, no Açu.
Fonte: Secom/SJB
Comentar
Compartilhe
Decoração de Natal em SJB é alvo de vandalismo
28/12/2017 | 11h22
Parte da decoração de Natal na principal rua de São João da Barra foi alvo de vandalismo na madrugada desta quinta-feira (28). Já pela manhã, uma equipe da Prefeitura, que foi responsável pela ornamentação, fazia o trabalho de recuperação. Além dos adereços natalinos, luminárias da praça do padroeiro São João Batista também foram danificadas. Câmeras de segurança dos comércios da região podem ser utilizadas para descobrir o autor. Nas redes sociais, a ação foi criticada por vários sanjoanenses.
O repórter fotográfico da Folha da Manhã Paulo Pinheiro registrou o resultado da ação de vandalismo em seu perfil no Facebook:
Comentar
Compartilhe
Verão de SJB com programação definida
27/12/2017 | 17h18
A Prefeitura de São João da Barra decidiu nesta quarta-feira (27) qual a empresa será responsável pelos eventos e atrações do verão no Balneário de Atafona em 2018. Foi apresentada apenas uma proposta, da  3L Produções. A grade de shows com artistas de projeção nacional, sem despesas de cachês para o município, terá início no primeiro sábado do próximo ano, sempre às 19h. Confira as atrações:
06/01 - Mumuzinho 
07/01 - Melim
13/01 - Pique Novo e Promessa do Samba
14/01 - Tuca Fernandes
20/01 - Rodriguinho
21/01 - Onze vinte
27/01 - Imaginasamba
28/01 - Carrossel de Emoções
03/02 - Ferrugem
04/02 - Glauco Zulo; Ana e Saulo; Léo Manhães
– Vivemos ainda um momento de crise financeira e, repetindo o sucesso do verão 2017, estamos mais uma vez lançando mão da parceria com a iniciativa privada para que tenhamos um verão de qualidade, promovendo entretenimento e lazer aos frequentadores do município na alta temporada com custos reduzidos para o poder público – destacou a prefeita Carla Machado.
No Diário Oficial de 16 de dezembro foi publicado o aviso do processo seletivo público para escolha da empresa interessada em utilizar a área do Balneário de Atafona na realização da programação do verão 2018. A experiência de parceria com a iniciativa privada, visando oferecer opções de lazer e entretenimento a moradores e visitantes com custo mínimo para o município, foi posta em prática com sucesso em 2017. Apesar do sucesso, como destaca a administração municipal, as críticas e polêmicas deste ano são as mesmas do ano passado: o curto espaço de tempo para empresas captarem patrocínios e montarem a programação para o verão.
Réveillon — Conforme já divulgado pela secretaria de Turismo, a festa da virada do ano no município será na sede, na avenida Joaquim Thomaz de Aquino Filho. Dom Américo e a banda TB-6 darão as boas vindas ao ano de 2018.
Comentar
Compartilhe
Temer destaca parcerias ao criar ZPE do Açu
27/12/2017 | 16h00
O presidente Michel Temer (PMDB) assinou nesta quarta-feira (27) o decreto que cria a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do Açu, localizada no Distrito Industrial de São João da Barra. A cerimônia foi realizada no Complexo Portuário do Açu e contou com a presença dos ministros da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, e da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, além do governador do Estado do Rio Janeiro, Luiz Fernando Pezão, e de deputados e autoridades locais. “Estamos vendo, nesse momento, uma união de esforços dos governos federal e estadual pelo desenvolvimento. A região vai ganhar grande progresso com a ZPE. Esse empreendimento é de enorme potencialidade por conectar o capital nacional ao estrangeiro com muito sucesso”, destacou Temer.
Com área de 2 km², a ZPE estará localizada a 10 km do Terminal Multicargas (T-MULT) do Porto do Açu e contará com infraestrutura viária terrestre para o transporte de diferentes tipos e tamanhos de cargas. Atualmente com 500 metros de cais e aproximadamente 200 mil m2 de área alfandegada, o terminal está em operação desde 2016 e pode movimentar granéis sólidos, cargas de projetos, veículos e contêineres, entre outros.
— A expectativa é de que a ZPE do Açu gere investimentos aproximados de R$ 40 milhões em infraestrutura local somente na sua primeira etapa de implantação. Não se trata de impulsionar apenas as exportações brasileiras, o que já é extraordinário, mas de estimular também o desenvolvimento de segmentos produtivos locais e regionais. O Porto impulsiona a produção brasileira, agrega valor à base exportadora, promove a difusão tecnológica do Brasil e, principalmente, gera empregos em uma cadeia produtiva gigantesca — ressaltou Marcos Pereira, ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.
O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), agradeceu aos empreendedores presentes na região: “O Açu é, hoje, um oásis no Brasil”.
Outro diferencial do Porto é a implantação do Açu Gas Hub, que contará com 2 termelétricas com geração de 3 GW e terminal de regaseificação com capacidade para 42 milhões m³/dia. Com investimento previsto de R$ 7 bilhões, o Hub é mais um atrativo para as empresas que usam gás como matéria-prima se instalarem na ZPE do Açu.
Além disso, o Porto do Açu contará com um ramal ferroviário que ligará o empreendimento às cidades do Rio de Janeiro e Vitória. A ferrovia, de alta capacidade, possibilitará o transporte de diversos produtos, como granéis, rochas ornamentais, grãos e entre outros.
— Estamos fechando 2017 com chave de ouro. Mais uma vez, comemoramos aqui no Porto o Brasil que dá certo. O Complexo Portuário do Açu será o maior polo logístico e industrial do país. E um dos maiores polos industriais do mundo. Todas as características do Açu nos levam para um desenvolvimento socioeconômico com sustentabilidade — celebrou José Magela, presidente da Prumo Logística, empresa que desenvolve e opera o Porto do Açu.
A prefeita de São João da Barra, Carla Machado (PP), avalia que o Açu é um empreendimento único no Estado: “A ZPE vai alavancar a vinda de indústrias para a região, gerando mais emprego e renda”.
ZPE
A ZPE do Açu será a primeira da região Norte Fluminense e a 26º do País, sendo que apenas uma está em operação. A previsão é que a ZPE do Açu esteja em operação em 24 meses.
As ZPE’s são áreas de livre comércio, destinadas à instalação de empresas, com 80% de sua produção voltada para a exportação. As empresas localizadas em uma ZPE são beneficiadas com incentivos fiscais, como a isenção de impostos federais, entre eles o Imposto de Importação (II), Imposto sobre Produtos Fabricados (IPI), contribuição Social sobre Receita Bruta (PIS), Contribuição Social - Lucro Presuntivo Tributário (Cofins), e Taxa adicional de frete para a renovação da Marinha Mercante (AFRMM).
Fonte: Ascom/Prumo
Comentar
Compartilhe
SJB: perspectiva de aumento da pobreza?
27/12/2017 | 15h05
A Prefeitura de São João da Barra publicou no Diário Oficial desta quarta-feira (27) um cronograma aprovado para o Plano Plurianual (PPA), com relação a programas e ações que deverão ser desenvolvidas nos próximos quatro anos. Muitas questões necessárias, diga-se de passagem. Porém, chama atenção um ponto da Assistência Social: a previsão de crescimento dos beneficiários do programa de transferência de renda Cartão Cidadão (entre outros programas assistenciais). Suspenso desde o ano passado pelo ex-prefeito Neco (PMDB), o programa foi cancelado na Câmara, por lei, a pedido da atual prefeita Carla Machado (PP) em julho deste ano. Agora, o planejamento é de retomada no ano que vem (e vale abrir um parêntese para lembrar que é ano eleitoral) com mil beneficiários. Em um município na contramão dos demais da região, como salientou a própria prefeita em discurso no Porto do Açu, causa estranheza o acréscimo (ou a previsão de evolução) de mil beneficiários a cada ano até 2021. Os programas sociais deveriam desenvolver um papel paliativo, até que se consiga tirar as famílias da situação de vulnerabilidade, diminuindo os beneficiários gradativamente. Mas será que em SJB a tendência é ter mais pessoas pobres a cada ano? Não é um contrassenso para uma cidade com tanta expectativa de crescimento?
Não há oposição quanto à retomada dos programas de transferência de renda. Pelo contrário, a cobrança é até pelo fato de não ter sido feito antes, embora seja compreensível que o primeiro ano de gestão tenha sido, como disse a prefeita nas redes sociais, para “arrumar a casa”. Mas há de se salientar, também, que é muito, muito estranha a aposta numa vertente crescente de beneficiários do programa de transferência de renda municipal. Quais seriam os critérios adotados? Qual seria a justificativa para saltar de nenhum beneficiário em 2017, primeiro ano da gestão, para três mil em 2020, (ano do pleito municipal), conforme a previsão? E como chegaremos a quatro mil beneficiários em 2021? Mais de 10% da população sanjoanense estará em situação de vulnerabilidade? Este é o planejamento, com perspectiva de aumento da pobreza?
Tudo isso ocorre mediante a um cenário de boas novas para o município, alavancado pelo desenvolvimento do Porto do Açu. Para os próximos anos, num futuro bem próximo, estão previstas duas termelétricas, sem falar no pleno funcionamento da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) e o aumento no movimento de cargas no terminal, que, inclusive, terá o pátio ampliado. Este é o contrassenso: da cidade que cresce, mas a população, ao menos no papel, empobrece.
É claro que o PPA é apenas um norteador, que pode ser alterado a qualquer momento. Mas é o parâmetro utilizado como norte que assusta. E o pior disso tudo e que nesta quarta vai ser divulgada a competente empresa que conseguiu, em seis dias úteis, cumprir com todas as exigências e vai realizar o “verão Balneário 2018“. Serão 10 shows de artistas com projeção nacional, entre os dias 6 de janeiro e 4 de fevereiro. Nas redes sociais, terreno “fértil” para as discussões sanjoanenses, os shows estarão em destaque. Já o que foi debatido aqui, bem como já dizia Rita Lee com relação ao “prometido e não cumprido”, “tudo vira bosta...”
Em tempo — Aos citados, leia-se prefeita, secretários ou Prefeitura (por meio de suas secretarias), está aberto, como sempre, espaço para o contraditório.
Comentar
Compartilhe
Temer no Açu para criação da ZPE
27/12/2017 | 11h35
O Porto do Açu recebeu nesta quarta-feira (27) o presidente da República, Michel Temer (PMDB). Ele vai assinar do decreto que cria a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) no complexo. Também estiveram no Porto o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marco Pereira, o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), a prefeita de São João da Barra, Carla Machado (PP), o prefeito de Campos, Rafael Diniz (PPS), e outras autoridades. O blog fez a transmissão ao vivo, por meio da NBR, dos discursos e a assinatura do decreto da ZPE no Açu. 
Já aprovada no último dia 6, pelos ministros que compõem o Conselho Nacional das Zonas de Processamento de Exportação, a ZPE no Porto do Açu será a 26ª a ser criada no país por meio de decreto, mas apenas uma delas, a de Pecém no Ceará, está funcionando efetivamente. No estado do Rio, só existe uma, criada ainda em 1988, em Itaguaí, mas que também não está em operação.
A expectativa é que após a assinatura do decreto, o Governo do Estado abra um processo de licitação para contratar uma empresa que administre a Zona. A previsão é que o processo seja concluído ainda no primeiro trimestre do próximo ano. Já o funcionamento efetivo da ZPE, com a instalação de empresas interessadas na exportação de seus produtos, deve acontecer ente dois e três anos.
Comentar
Compartilhe
Dom Américo e TB-6 na festa da virada em SJB
26/12/2017 | 17h05
A festa de Réveillon em São João da Barra terá muita música na avenida Joaquim Thomaz de Aquino Filho, na sede do Município. A partir das 23h30 do dia 31, o cantor Dom Américo irá animar o público até a meia-noite, quando haverá queima de fogos saudando a chegada de 2018. Na sequência, o cantor volta a se apresentar e, fechando a noite, tem a banda TB-6. Já nesta quarta-feira (27), a Prefeitura vai definir a empresa responsável pelos shows do verão no Balneário de Atafona.
A programação, elaborada pela Prefeitura de São João da Barra, por meio da secretaria de Turismo, visa manter a tradição dos festejos de ano novo no município oferecendo a moradores e visitantes uma programação de qualidade e prestigiando os talentos regionais e locais.
— Será um réveillon à altura de São João da Barra, oferecendo ao público toda a segurança e comodidade por meio do trabalho em conjunto dos diversos setores da administração municipal, seguindo a determinação da prefeita Carla Machado de realizar a festa dentro das condições financeiras do município e aliando a oferta de entretenimento com a geração de renda e movimentação do comércio município —destacou o secretário de Turismo, Analiel Vianna.
Verão 2018 — A Prefeitura de SJB publicou no Diário Oficial de 16 de dezembro o aviso do processo seletivo público para escolha da empresa interessada em utilizar a área do Balneário de Atafona na realização da programação do verão 2018. A sessão pública para recebimento, análise e julgamento das propostas será nesta quarta-feira, 27 de dezembro, no auditório municipal. A proposta analisada deverá conter, no mínimo, 10 shows de artistas com destaque no cenário nacional, que se apresentarão aos sábados e domingos entre os dias 6 de janeiro e 4 de fevereiro.
Fonte: Secom/SJB
Comentar
Compartilhe
Carla Machado convoca 10 concursados da Saúde em SJB
22/12/2017 | 09h25
Divulgação
A Prefeitura de São João da Barra convocou, no Diário Oficial desta sexta-feira (22), 10 aprovados no concurso da Saúde de 2015, para ocupar 10 cargos distintos, e efetivos, na administração municipal. Eles deverão apresentar a documentação exigida em edital na próxima terça-feira (26), na secretaria de Administração, às 15h.
Na última sessão da Câmara de SJB neste ano, dia 13 de dezembro, foi aprovado um projeto enviado pela prefeita Carla Machado (PP) que abre vagas para cargos de provimento efetivo referentes ao último concurso da Saúde. A medida visava convocar candidatos que foram aprovados no certame, nas funções de: enfermeiro, técnico em enfermagem, farmacêutico, médico socorrista e médico de segurança do trabalho.
O concurso foi realizado em 2015, durante a gestão do ex-prefeito Neco (PMDB), inicialmente com 60 vagas, para 60 cargos. No fim do seu mandato, Neco prorrogou a validade do certame até 2019.
Confira a relação dos convocados:
Comentar
Compartilhe
Potência termelétrica no Açu: avanços para duas unidades no complexo
20/12/2017 | 15h04
A Prumo Logística recebeu da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) a aprovação necessária para a transferência da autorização para a construção e operação da termelétrica Novo Tempo no Porto do Açu, em São João da Barra, informou a empresa em fato relevante nesta quarta-feira (20). Também nesta quarta, a Prumo ganhou um leilão para outra unidade, ainda maior, no complexo portuário — como já havia antecipado à imprensa, na semana passada, o presidente da companhia, José Magela. Em seu perfil no Facebook, a prefeita Carla Machado (PP) comemorou as notícias, afirmando que “o Porto do Açu se tornará o maior Parque Termoelétrico da América Latina”.
No caso da primeira térmica, com previsão de ter obras iniciadas no próximo ano, a agência reguladora também permitiu a transferência dos 37 contratos de comercialização de energia fechados pela usina junto a distribuidoras de eletricidade. A unidade terá 1.238 gigawatt de capacidade instalada, cujos contratos foram selados em um leilão de energia em 2014, foi adquirida em junho deste ano junto à Bolognesi Energia, que não teve recursos para a construção.
A publicação dessa autorização, frisou a Prumo no comunicado, viabiliza a implantação da primeira usina termelétrica no Porto do Açu, contribuindo para o desenvolvimento do Açu Gas Hub.
Já no leilão desta quarta, o novo projeto do Porto do Açu, com previsão de iniciar a operação em janeiro de 2023, terá potência de 1,672 MW. As termelétricas vão atender às demandas do próprio complexo, diminuindo custos das operações, e a energia excedente será comercializada. Para Carla Machado, que ainda destacou licenciamento do Terminal GNL (Gás natural liquefeito) que dará suporte as térmicas, são grandes passos “na atração de novas empresas para SJB”.
Atualizado às 19h2 — Inclusão da informação sobre o leilão e mudança no título
Com informações do jornal Extra
Comentar
Compartilhe
Carla Machado: Conseguimos 'arrumar a casa'
20/12/2017 | 12h39
Divulgação
A poucos dias do fim do seu primeiro ano da terceira gestão como prefeita de São João da Barra, Carla Machado (PP) fez uma publicação em seu perfil na rede social Facebook com um breve balanço. Ela destacou que apesar de o município “ter passado por um ano difícil devido ao descaso do governo anterior, conseguimos 'arrumar a casa'”. Carla ainda salientou que “se Deus quiser a partir do próximo ano restabeleceremos alguns Programas e Ações de Governo que irão ao encontro das necessidades do nosso povo”.
Ainda de acordo com a prefeita, nessa terça-feira (19) foram resolvidas as pendências do município, que fechará o ano de 2017 com “as contas totalmente ajustadas, pois a despesa executada foi compatível com a receita arrecadada. Somente 20% dos municípios do Estado do RJ estão adimplentes junto ao Tesouro Nacional”.
Carla agradeceu ao companheiros de trabalho, ao povo sanjoanense e fez uma lista de algumas ações solucionadas: “Acertamos a Previdência Própria que só havia sido paga uma única parcela em 2016 (inauguração em abril) e conseguimos pagar a parte do funcionário que havia sido apropriado indebitamente ano passado. Refinanciamos os débitos da Previdência Geral e encaminhamos todos os relatórios que desde o 1º bimestre de 2016 não eram cumpridos. Multas, Precatórios, Salários de 2016 atrasados quitados, 13º de 2016/2017 já pagos, Salários rigorosamente em dia”.
Cortes em 2017 — A gestão da prefeita Carla Machado suspendeu, por lei, o Cartão Cidadão (transferência de renda), Cartão Alimentação do servidor, vale-transporte, passe e bolsa universitárias, reduziu o programa aluguel social e repasses para entidades como a Apae e Retiro São João Batista entre outras ações. A expectativa é pelo retorno de algumas dessas ações, após a declaração da prefeita.
 
 
Comentar
Compartilhe
Cabral é condenado a mais 15 anos de prisão; quatro penas somam 87 anos
19/12/2017 | 12h38
O ex-governador Sérgio Cabral foi condenado nesta terça-feira (19) pela quarta vez na Operação Lava Jato. No âmbito da operação Eficiência 2, o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, o sentenciou a mais 15 anos de prisão.
Cabral havia sido condenado a 72 anos em outros três processos. As penas agora chegam a 87 anos, em quatro ações: três com Bretas, no Rio, e uma com o juiz Sérgio Moro, no Paraná.
Além de Cabral, foram condenados nesta terça mais 10 réus, incluindo a mulher dele, Adriana Ancelmo. A condenação ocorre no mesmo dia em que ela deixou a prisão em Benfica, após o ministro Gilmar Mendes, do Superior Tribunal Federal (STF), decidir na segunda-feira pelo retorno da ex-primeira dama do estado à prisão domiciliar.
Foram condenados:
Sérgio Cabral
Adriana Ancelmo
Wilson Carlos
Carlos Miranda
Luiz Carlos Bezerra
Sérgio de Castro Oliveira
Ary da Costa Filho
Thiago Aragão
Álvaro Novis
Renato Chebar
Marcelo Chebar
Réu pela 17ª vez
Um dia antes da condenação, o juiz Marcelo Bretas aceitou nova denúncia contra Cabral, que passa a ser réu em 17 processos. Desta vez, a denúncia envolve o pagamento de R$ 18.117.824,36 em propinas em contratos com a Fundação Departamento de Estradas e Rodagem do Rio (Funderj). Os repasses teriam sido feitos entre janeiro de 2007 e setembro de 2014.
Fonte: G1
Comentar
Compartilhe
Terceirizados da PortLimp, no governo Neco, recebem a partir desta quarta
19/12/2017 | 09h54
Os ex-funcionários da empresa PortLimp — que trabalharam como terceirizados na Prefeitura de São João da Barra durante a gestão do ex-prefeito Neco (PMDB) — enfim receberão, a partir desta quarta-feira (20), os valores referentes às multas rescisórias e a de 40% do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). De acordo com o Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação de Campos, os trabalhadores deverão comparecer à agência do Banco do Brasil na Praça São Salvador, em Campos. É obrigatória a apresentação da carteira de identidade e do CPF. O dinheiro será liberado para os ex-funcionários por ordem alfabética, seguindo a seguinte escala:
20/12 (quarta) - Nomes iniciados pelas letras A, B e C;
21/12 (quinta) - Nomes iniciados pelas letras D, E, F, G, H, I e J;
22/12 (sexta) - Nomes iniciados pelas letras K, L, M, N, O, P, Q e R;
26/12 (terça) - Nomes iniciados pelas letras S, T, U, W, X, Y e Z;
Os terceirizados da PortLimp, assim como os das demais empresas contratadas pela gestão Neco, foram dispensados sem aviso prévio no decreto de emergência econômica que o então prefeito baixou em maio do ano passado. Desde então, foram necessários processos, inclusive com acordos com a Prefeitura já na gestão da prefeita Carla Machado (PP), para receber todos os direitos dos trabalhadores.
No caso da empresa terceirizada Átrio Rio, não houve acordo e, consequentemente, não há solução .
Comentar
Compartilhe
Verão 2018 em SJB: programação será definida dia 27
18/12/2017 | 20h54
A Prefeitura de São João da Barra publicou no Diário Oficial do último sábado (16) o aviso do processo seletivo público para escolha da empresa interessada em utilizar a área do Balneário de Atafona na realização da programação do verão 2018. A sessão pública para recebimento, análise e julgamento das propostas será no dia 27 de dezembro, no auditório municipal. A experiência de parceria com a iniciativa privada, visando oferecer opções de lazer e entretenimento a moradores e visitantes com custo mínimo para o município foi posta em prática com sucesso em 2017 e a meta da secretaria de Turismo é repeti-la nesse ano. Apesar do sucesso, as críticas e polêmicas deste ano são as mesmas do ano passado: o curto espaço de tempo para empresas captarem patrocínios e montarem a programação para o verão do próximo ano.
Os interessados em participar – pessoas jurídicas – já podem retirar o edital junto à Comissão Permanente de Licitações, situada no prédio da Prefeitura, rua Barão e Barcelos, nº 88, a partir das 9h. A sessão pública para recebimento, análise e julgamento das propostas será no dia 27 de dezembro, no auditório municipal.
O processo seletivo público tem base na Lei Municipal 486/2017 e prevê a realização, por parte da iniciativa privada, no espaço público do Balneário, de eventos culturais, de lazer e entretenimento nos finais de semana (sábados e domingos), no período de 6 de janeiro a 4 de fevereiro de 2018, no evento “Verão Balneário 2018”.
— Mais uma vez buscamos a parceria com a iniciativa privada como alternativa para a realização da programação de verão em nosso Município. As dificuldades financeiras ainda existem, mas é necessário fomentar o turismo, proporcionando opções de lazer de qualidade ao grande número de pessoas que frequenta São João da Barra no período da alta temporada e aquecer a economia — ressaltou o secretário municipal de Turismo, Esporte e Lazer, Analiel Vianna.
Polêmica — Apesar de toda a economia que traz, segundo as informações oficiais, a parceria com a iniciativa privada não foge das críticas e polêmicas em SJB. Somente no último dia 6 a Câmara aprovou o projeto para uso do espaço no Balneário pela iniciativa privada. Daí, somente 10 dias depois, a Prefeitura publica o aviso do processo seletivo. Empresários questionam se as empresas teriam como conseguir patrocínio e fechar com artistas de destaque no cenário nacional no curto espaço de tempo. Cabe lembrar que são apenas seis dias úteis entre a publicação do edital e a apresentação das propostas.
Com informações da Secom/SJB
Comentar
Compartilhe
Clima de Natal e letreiro turístico inaugurado em SJB
18/12/2017 | 20h49
A Prefeitura de São João da Barra inaugurou nesse domingo (17) a decoração natalina na sede do município — na praça do padroeiro São João Batista e seu entorno. Nos distritos de Atafona e Grussaí, as comunidades foram responsáveis pelas ornamentações, inclusive com festa e distribuição de brinquedos no sábado (16) na mais tradicional praia sanjoanense. Outro destaque do último fim de semana foi a inauguração do letreiro turístico intitulado “Eu amo São João da Barra”, que está localizado no Largo Mariquinha Salva (Orla do Rio Paraíba do Sul).
Em Atafona, a festa de Natal foi idealizada pelo já tradicional bloco de carnaval “Borracha Fraca”, fundado há 13 anos e que no carnaval de 2018 volta para o comando do Daltinho. No “trevo do Cuíca, uma árvore feita com rede de pesca foi inaugurada em novembro. A decoração lembra também o avanço do mar em Atafona, com a representação da antiga capela de Nossa Senhora dos Navegantes — levada pelo mar há quase três décadas — e do antigo Farol. A festa teve apoio de comerciantes e da Prefeitura de SJB.
No domingo (17), a prefeita Carla Machado (PP) inaugurou o letreiro turístico. Aproveitou para fezer fotos com as crianças que estavam na praça, e mostrou à população o objetivo do marco: interagir com outras pessoas e registrar, por meio de fotos, as belezas da cidade. A peça foi criada pelo artista plástico sanjoanense Thiago Araújo, e confeccionada em concreto armado, com 7 metros de comprimento e 1,40 de altura.
Já o vice-prefeito, Alexandre Rosa (PRB) fez a inauguração da decoração de Natal. A noite contou com concerto com a centenária Banda União dos Operários e a programação prossegue até o dia 25 de dezembro.
Programação continua
A programação de Natal em SJB prossegue nesta segunda-feira (18), com o lançamento do CD “Um Milagre”, de Markim Balutelli, no Cine Teatro São João, a partir das 19h, com a participação dos cantores Charles Henrique, Camila Mello, Dirceu Cândido, Cia Salt e Mari Borges.
Na terça (19), tem o “Cine Natalino”, com apresentação do filme, “O Expresso Polar”, no Cine Teatro São João. A entrada é um 1 kg de alimento não perecível e os produtos arrecadados serão revertidos para o Grupo Jovens Solidários. No dia 20 acontece o “Sarau Cultural de Natal”, a partir das 20h, na Praça São João Batista. O evento reúne dança música, pintura, poesia e teatro.
Nos dias 21 e 22, será apresentada a montagem teatral com 36 atores em cena, baseada no conto de Charles Dickens, “Scrooge - Um Conto de Natal” (Teatro), às 20h30, no Cine Teatro São João. No dia 23 o Grupo Jovens Solidários realizará a entrega de alimentos e brinquedos em distritos do município a partir das 9h.
Um dos momentos mais esperados é a Parada de Natal, que acontece no dia 23, na Avenida Joaquim Tomaz de Aquino Filho, às 20h30, com a participação de atores, bailarinos e músicos, distribuídos em cenas, alas e tripés alegóricos, em um espetáculo para a população e visitantes.
No dia 24, a noite será marcada pela missa “Véspera de Natal”, às 19h. No dia 25 de dezembro, a tradicional, Missa de Natal, também às 19h, as duas celebrações acontecem na na Igreja Matriz São João Batista. Encerrando as celebrações, partir das às 20h30, Parada de Natal, e em seguida, às 21h30h, apresentação do Coral Municipal de São João da Barra e Reisado das Pastorinhas, na Praça São João Batista.
Com informações e fotos da Secom/SJB
Comentar
Compartilhe
SJB é a cidade com o maior PIB per capita do Rio e a 9ª no país
15/12/2017 | 21h16
São João da Barra ficou em 1º lugar no ranking das cidades com maior PIB per capita do estado do Rio, pelo segundo ano consecutivo. Os dados foram divulgados nessa quinta-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O levantamento é referente ao ano de 2015. Ainda segundo os dados do IBGE, SJB conseguiu a 9ª colocação no ranking nacional, sendo a única cidade do estado entre as 20 mais ricas do país.
O PIB per capita é o produto interno bruto dividido pela quantidade de habitantes, e é utilizado para analisar a qualidade de vida de um país, estado ou cidade.
O indicador mostrou que, para cada morador da cidade, é gerada riqueza de R$ 211,9 mil. Quissamã, também no Norte Fluminense, é a 4ª colocada, com R$ 106,4 mil.
Varre-Sai, no Noroeste Fluminense, e Conceição de Macabu, no Norte, estão entre os últimos colocados. As duas cidades ficaram em 88º e 89º lugar com R$ 14,06 mil e R$ 13,6 mil, respectivamente, entre as 92 cidades do estado do Rio de Janeiro.
Com informações do G1
Comentar
Compartilhe
Carla Machado antecipa pagamento de dezembro dos servidores municipais
15/12/2017 | 14h41
Divulgação
A Prefeitura de São João da Barra vai antecipar o salário de dezembro de todos os seus servidores. No dia 20 de dezembro, a previsão é que a administração municipal quite a segunda parcela do 13º salário dos seus comissionados, que não receberam junto com os efetivos em novembro. Já no dia 22 de dezembro, a próxima sexta-feira, serão depositados os proventos do mês trabalhado de todos os servidores. No mesmo dia 22, não 20 como chegou a ser divulgado, os efetivos receberão o abono natalino no valor de R$ 250. As informações foram confirmadas com o secretário de Administração de SJB, José Antônio Fonseca.
A prefeita Carla Machado (PP) iniciou o ano, primeiro da sua atual gestão, pagando aos funcionários até o 5º dia útil do mês subsequente ao trabalhado. A partir de julho, ela anunciou que o pagamento voltaria a ser efetuado dentro do período trabalhado, tendo como limite o último dia útil do mês.
Comentar
Compartilhe
Prefeitura de SJB inicia processo para novo concurso público
15/12/2017 | 13h00
Prefeitura de SJB
Prefeitura de SJB / Folha da Manhã
A Prefeitura de São João da Barra publicou no Diário Oficial um aviso de licitação para contratação de empresa para serviços de planejamento, organização e realização de concurso público “para o provimento de diversos cargos efetivos”. Este é o primeiro passo para realização de mais um concurso no município. As propostas serão apresentadas no dia 27 de dezembro. A tendência é que a Prefeitura realize o certame no próximo ano.
Vale lembrar que a prefeita Carla Machado (PP) chegou a falar no início do governo sobre a necessidade de um concurso para contratação de fiscais. Além disso, estão em vigências outros dois realizados na gestão do ex-prefeito Neco (PMDB): o da Educação (que tem validade até 7 de março 2019) e o da Saúde (com validade até 10 de junho de 2019) e . Na última sessão da Câmara, a prefeita enviou ao Legislativo um projeto, já aprovado, que autoriza a contratação de mais concursados da Saúde.
A portaria para o pregão presencial foi publicada no DO dessa quinta-feira (14).
Comentar
Compartilhe
Brasil ou 1001? Veja qual empresa atenderá cada localidade de SJB
14/12/2017 | 12h27
No mesmo decreto em que o Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) suspende a empresa Sanjoanense Campostur das linhas entre Campos e São João da Barra, determina que o serviço seja assumido emergencialmente, a partir de segunda-feira, 18 de dezembro, pelas empresas Brasil e 1001. O número de veículos, contudo, parece bem reduzido. As empresas deverão divulgar, em breve, os horários de atendimento aos usuários.
Veja na tabela abaixo quais empresas serão responsáveis por atender cada localidade:
Cabe salientar que a portaria do Detro deixa claro que a Campostur está em situação irregular. Caso busque a regularização, a intervenção poderá ser revista.
Comentar
Compartilhe
Detro suspende ônibus da Campostur das linhas entre Campos e SJB
14/12/2017 | 10h46
A secretaria de Transportes do Estado do Rio de Janeiro, por meio do Departamento de Transportes Rodoviários (Detro), suspendeu os serviços prestados pela empresa Sanjoanense Campostur nas linhas entre os municípios entre Campos e São João da Barra. A intervenção passa a valer a partir da 0h de segunda-feira, 18 de dezembro. O Detro considerou diversas irregularidades, mas salienta na mesma portaria que caso a situação seja regularizada, a medida pode ser reavaliada.
As empresas Brasil e 1001 vão assumir o serviço emergencialmente, com o mesmo valor da tarifa cobrado pela Campostur, pelo prazo de um ano. Poderão sair antes, caso o Detro consiga realizar a licitação das linhas. 
Nos “considerandos” do Detro para intervenção nas linhas estão “as inúmeras reclamações quanto à qualidade do serviço prestado pela Empresa de Ônibus Sanjoanense Campostur LTDA., destacando a falta de ônibus, o descumprimento de horários e o péssimo estado de conservação dos veículos“, a irregularidade da frota junto à autarquia, não regularizadas nem mesmo, segundo o Detro, após várias oportunidades.
O blog tenta, sem sucesso, contato com a empresa Sanjoanense Campostur.
Em março deste ano o blog fez uma análise quanto as serviço prestado pela empresa:
Comentar
Compartilhe
IPTU, nova secretaria e abono na extensa pauta da Câmara de SJB
13/12/2017 | 16h49
A Câmara de São João da Barra encerrou os trabalhos do ano com uma sessão extensa — e também com algumas questões polêmicas. Os vereadores aprovaram o projeto de lei encaminhado pelo Executivo que visa atualizar a planta genérica do município o que, consequentemente, vai acarretar no aumento do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU). A tabela com o percentual de aumento para cada localidade ainda não foi divulgada. O vereador Franquis Areas (PR), da bancada de oposição, foi o único a votar contra o reajuste que considera absurdo. Eziel Pedro (PMDB), também da oposição, não esteve na sessão. Com o claro (e justo) objetivo de amenizar o impacto do reajuste na vida do contribuinte, os vereadores apresentaram uma emenda para que o reajuste seja feito de forma gradativa e proporcional nos próximos cinco anos, a partir de 2018. Conforme informado no release da Câmara, o reajuste do IPTU visa cumprir “exigência feita pelo Tribunal de Contas do Estado”. Completa na sessão deste quarta, a base governista — Aluizio Siqueira (PP), presidente da Casa; Alex Firme (PP); Caputi (POD); Elisio Rodrigues (PDT); Gersinho (SD); Ronaldo da Saúde (Pros) e Sônia Pereira (PT) — votou pela aprovação. Esse, porém, não foi o único assunto que movimentou a sessão.
Os parlamentares, exceto o vereador de oposição, ainda aprovaram mais um projeto do Executivo, que dispõe sobre a criação na estrutura organizacional do município da secretaria municipal de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico. Franquis criticou a criação da pasta: “A Prefeitura alega não ter dinheiro e suspende benefícios dos servidores, a transferência de renda para população e agora, no fim do ano, vem criar essa secretaria. São 33 novos cargos comissionados”.
Foi aprovado o projeto do Executivo que concede um abono natalino de R$ 250 aos servidores públicos ativos, exceto aos comissionados e contratados temporariamente, como já havia sido antecipado pela própria prefeita Carla Machado (PP) em outubro. O depósito será efetuado no próximo dia 20. De autoria dos vereadores, três requerimentos ligados ao funcionalismo público foram encaminhados à análise do Executivo. No primeiro, Alex e Aluizio requereram à Secretaria de Administração que faça um estudo a fim de elaborar e implantar o Plano de Cargos, Carreira e Salários para os concursados do Programa de Saúde da Família (PSF), Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS), Especialista em Saúde Bucal (ESAUB) e Programa de Agentes de Combate às Endemias (PACE).
 
No segundo requerimento, Alex, Aluizio e Sônia solicitaram à Administração e à Procuradoria que realizem um estudo técnico para correção no enquadramento salarial dos servidores que exercem as funções de auxiliar e agente administrativo na Prefeitura. A terceira matéria, proposta por Aluizio, Gersinho e Caputi, foi requerida a adequação do cargo de motorista de ambulância para condutor de ambulância, com novo piso salarial baseado na Lei 1.459/16.

Parceria com a Apae e novas vagas para concursados

Ainda nesta quarta, os vereadores aprovaram o projeto que abre vagas para cargos de provimento efetivo referentes ao último concurso público, realizado pela Prefeitura na área da saúde. Desse modo, será permitindo convocar candidatos que foram aprovados no certame, nas funções de: enfermeiro, técnico em enfermagem, farmacêutico, médico socorrista e médico de segurança do trabalho.
Outro projeto importante visa autorizar o município a formalizar termo de colaboração ou fomento com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de São João da Barra (Apae) para desenvolver projetos relacionados ao atendimento para habilitação e reabilitação das pessoas assistidas pela associação. Outra novidade é o projeto de lei que visa conceder incentivos fiscais à iniciativa privada para a realização de projetos educacionais, esportivos e culturais.
Os vereadores aprovaram ainda o projeto a criação da Escola Municipal Doutor Newton Alves, que vai funcionar em salas cedidas pelo Estado, em Atafona, no Colégio Estadual que também homenageia o advogado que doou a área para construção da escola.
Atualizado às 19h01 de 14/12 — Alterações de informações envidas de forma equivocada pela assessoria da Câmara quanto às pautas relacionadas aos servidores. 
Comentar
Compartilhe
Candidatura de Denise Frossard ao governo estadual é tida como certa
13/12/2017 | 15h03
O PPS tanto insistiu que já está quase certa a candidatura de Denise Frossard ao governo do estado. Na semana passada, a juíza aposentada e ex-deputada federal esteve na votação para presidente do diretório do partido. Inicialmente, ela se colocou à disposição para a disputa no Senado.
Mas o partido a quer como postulante ao governo estadual, com apoio do PSDB. Se baterem o martelo, esta será a segunda vez que Frossard concorrerá ao cargo de governadora. Em 2006, candidatou-se à sucessão de Rosinha Garotinho. No segundo turno, foi derrotada por Sérgio Cabral, que chegou a chamá-la de blefe. Hoje, ele está preso. E Rosinha em prisão domiciliar.
Nome de peso
A parceria já está sendo comemorada por integrantes de ambos os partidos, que acreditam que a ex-juíza, responsável pela prisão dos chefões do jogo do bicho na década de 90, seja um nome de peso. “Acho importante que a Denise concorra a governadora. Num momento de extrema crise ética, com a política tão contaminada pela corrupção, ela é uma excelente opção, vai dar um gás à disputa”, afirmou a vereadora Teresa Bergher, presidente do diretório municipal do PSDB na capital fluminense.
Fonte: Informe/O Dia
Comentar
Compartilhe
Abono do servidor de SJB também na pauta da Câmara desta quarta
13/12/2017 | 09h10
Prefeitura de SJB
Prefeitura de SJB / Folha da Manhã
Além da revisão de valores da planta genérica do município, que altera o valor do IPTU, como informei aqui, a Câmara de São João da Barra também vai votar aprovar nesta quarta-feira (13), última sessão ordinária deste ano, o abono natalino de R$ 250 para os servidores da administração municipal. Conforme anunciado desde outubro pela prefeita Carla Machado (PP), o valor será pago no dia 20 de dezembro, data para a qual também está sendo especulado — ainda sem confirmação oficial — o pagamento referente ao mês trabalhado.
Comentar
Compartilhe
Câmara de SJB vota aumento do IPTU nesta quarta
12/12/2017 | 21h30
Está prevista para esta quarta-feira (13), na Câmara de São João da Barra, a votação de um projeto de lei que vai alterar o valor do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU). Há três anos, em dezembro de 2014, na gestão do ex-prefeito Neco (PMDB), a Casa reprovou, por unanimidade, o projeto que tinha por objetivo instituir a nova planta genérica do município. À época, chegou a circular na cidade a informação de que o aumento seria de mais de 500% no imposto em algumas localidades e em outras poderia chegar a 1000%. Neste ano, já na gestão Carla Machado (PP), existia a expectativa de a votação ocorrer desde o mês passado. Os valores também são considerados “salgados”. Chegou a ser discutido entre os vereadores um escalonamento, mas o percentual ainda não foi divulgado.
Dos nove vereadores que atuavam na legislatura anterior e reprovaram o aumento — coincidentemente na mesma época em que Campos reajustava o imposto — sete continuam com mandato: Aluizio Siqueira (PP), Alex Firme (PP), Elísio Rodrigues (PDT) Eziel Pedro (PMDB), Franquis Areas (PR), Ronaldo Gomes (Pros) e Sônia Pereira (PT). Em 2014, a matéria teve parecer contrário das Comissões de Justiça e Redação e Finanças e Orçamento. Em conjunto, os vereadores indicaram o recadastramento imobiliário para correção de possíveis distorções, como explicou o então presidente da Casa, que continua o mesmo, Aluizio Siqueira.
Também terão direito a voto na sessão desta quarta os vereadores Gersinho (SD) e Caputi (POD).
A revisão da planta genérica do município não acontece desde 1978. O aumento, alguns parlamentares garantem, será inevitável. Já qual será o percentual, só na sessão para conferir!
Comentar
Compartilhe
Chequinho: TRE julga Kellinho e Miguelito nesta quinta
12/12/2017 | 20h30
Documentos foram apreendidos durante período eleitoral
Documentos foram apreendidos durante período eleitoral / Folha da Manhã
A semana está movimentada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com relação aos processos originados da operação Chequinho, deflagrada na eleição do no ano passado em Campos, e que apontou a troca do programa Cheque Cidadão por votos em Campos. Na segunda-feira (11), a Corte negou o recurso do vereador Thiago Virgílio (PTC) e desproveu os embargos de declaração do parlamentar Jorge Rangel (PTB). Nesta terça (12), o recurso eleitoral também foi negado à vereadora Linda Mara (PTC). Nesta quarta (13), quem está com recurso em pauta é o vereador Ozéias (PSDB). Já na quinta-feira (14), a Corte estadual vai analisar os recursos dos vereadores Kellinho (PR) e Miguelito (PSL).
Com as decisões proferidas até o momento, Rangel deverá ser afastado da Casa primeiro, como já ocorreu com Jorge Magal (PSD) e Vinicius Madureira (PRP). Linda Mara e Thiago Virgílio ainda poderão apresentar os embargos de declaração em segunda instância antes de o caso subir para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Também poderão apresentar os embargos, caso sejam mantidas as condenações de primeira instância, Ozéias, Kellinho e Miguelito.
Condenações em ações penais — Além das condenações na esfera eleitoral, Jorge Rangel, Kellinho, Linda Mara, Ozéias, Miguelito e Thiago Virgílio foram condenados, em ações penais, à prisão em regime semiaberto por participação no “escandaloso esquema” de troca de Cheque Cidadão por votos na última eleição municipal, além da persa dos respectivos mandatos. Ainda cabe recurso.
O primeiro caso sentenciado na esfera criminal foi o do ex-governador Anthony Garotinho (PR), condenado a quase 10 anos em regime fechado por liderar o “escandaloso esquema”. Ele chegou a ficar em prisão domiciliar após a sentença, mas a medida foi revogada pelo TSE. Atualmente, Garotinho está preso em Bangu, mas como desdobramento da operação Caixa d'água.
Comentar
Compartilhe
Prefeitura de SJB contemplada com recurso da Funasa
11/12/2017 | 15h35
São João da Barra está entre os cinco municípios do Estado do Rio de Janeiro selecionados pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa), que apresentaram propostas de ação de implantação, ampliação ou melhoria de sistemas de abastecimento de água em áreas rurais e comunidades tradicionais por meio da Portaria nº 973, de 13 de julho de 2017.
O município receberá da instituição recurso de R$ 785.717,45. “O valor será utilizado para a construção de poço artesiano em Bajuru, no 5º Distrito, e atenderá não só essa comunidade, como também o seu entorno”, destacou a prefeita Carla Machado, que discutiu os trâmites para o recebimento do recurso — acompanhada da subsecretária de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Joice Pedra — em reunião com o superintendente estadual da Funasa, Carlos Henrique Netto Vaz.
Na oportunidade também foram apresentadas ao superintendente estadual outras demandas do Município referentes a programas de saneamento básico, incluindo abastecimento de água potável; esgotamento sanitário; manejo de resíduos sólidos e drenagem e manejo das águas pluviais. “É papel do Município buscar recursos que garantam o saneamento básico necessário para viabilizar a segurança e a qualidade de vida da população”, ressaltou, Joice Pedra. 
Reunião — A secretaria de Meio Ambiente foi convidada para participar, no dia 20 de dezembro, da reunião técnica com a Funasa, na Seção de Controle de Qualidade da Água (SACQA), em Barra do São João, para apresentação da Solução Coletiva de Tratamento de Água (SALTA-z), para comunidades rurais ou tradicionais.
Fonte: Secom/SJB
Comentar
Compartilhe
Chequinho: Linda Mara com data para julgamento no TRE
07/12/2017 | 19h50
Linda Mara
Linda Mara
A próxima semana será de decisões no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em ações eleitorais originadas das investigações do “escandaloso esquema” da troca de Cheque Cidadão por votos. Após a divulgação que nesta segunda-feira (11) os embargos de declaração do vereador Jorge Rangel (PTB) e o recurso do vereador Thiago Virgílio (PTC) estavam em pauta (confira aqui), agora a Corte agenda para a sessão de terça-feira (12) o julgamento do recurso da vereadora Linda Mara (PTC).
A situação de Linda Mara no TRE é a mesma do seu companheiro de partido Thiago Virgílio — ambos condenado em primeira instância. Eles terão seus recursos analisados pela Corte, conforme previsão, na segunda (Thiago) e na terça (Linda). Caso as condenações sejam mantidas, eles não perderão o mandato imediatamente. Poderão entrar com os embargos de declaração em segunda instância.
Já no caso de Rangel, na pauta de segunda, o TRE já manteve o afastamento do parlamentar e a inelegibilidade por oito anos, conforme decidido pelo juízo de Campos no início do ano. Caso os embargos sejam desprovidos, a tendência é que ele deixe o parlamento campista imediatamente — consequentemente sendo substituído pela suplente Joilza Rangel (PSD).
No primeiro semestre, o TRE manteve as condenações dos vereadores eleitos Jorge Magal (PSD) e Vinicius Madureira (PRP). Os dois foram afastados e recorrem, fora do cargo, ao Tribunal Superior Eleitoral.
Condenação em ação penal — Além das condenações na esfera eleitoral, Linda Mara, Thiago Virgílio e Jorge Rangel foram condenados a 5 anos e 4 meses de prisão em regime semiaberto por participação no “escandaloso esquema” de troca de Cheque Cidadão por votos na última eleição municipal. Ainda cabe recurso. Na mesma ação foi condenado o parlamentar Kellinho (PR). Em outra ação penal, mais vereadores condenados: Ozéias (PSDB) e Miguelito (PSL), além da ex-secretária de Desenvolvimento Humano e Social Ana Alice Alvarenga e a ex-coordenadora do Cheque Cidadão Gisele Kock.
O primeiro caso sentenciado na esfera criminal foi o do ex-governador Anthony Garotinho (PR), condenado a quase 10 anos em regime fechado por liderar o “escandaloso esquema”. Ele chegou a ficar em prisão domiciliar após a sentença, mas a medida foi revogada pelo TSE. Atualmente, Garotinho está preso em Bangu, mas como desdobramento da operação Caixa d'água.
Comentar
Compartilhe
Ministro do STF quebra sigilo bancário de Aécio e Andréa Neves
07/12/2017 | 19h36
O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a quebra do sigilo bancário do senador Aécio Neves (PSDB-MG), de sua irmã, Andréa Neves, e de seu primo Frederico Pacheco. Ele atendeu a pedido do Procuradoria-Geral da República (PGR).
Na decisão, divulgada nesta quinta-feira (7), o ministro também retirou o sigilo bancário do ex-assessor parlamentar do senador Zezé Perrella (PMDB-MG) Mendherson de Souza Lima e das empresas Tapera Participações e Empreendimentos Agropecuários Ltda. e ENM Auditoria e Consultoria, ligadas a ele.
Aécio, sua irmã, seu primo e o ex-assessor parlamentar foram denunciados pela PGR por corrupção passiva, lavagem de dinheiro, associação criminosa e tentativa de obstruir investigações.
O inquérito é decorrente da delação premiada de Joesley Batista, um dos donos do grupo J&F. O empresário relatou ter pagado, entre 2011 e 2014, pelo menos R$ 60 milhões a título de propina. Entre outras coisas, o dinheiro teria sido utilizado para pagar partidos da coligação do senador em sua campanha presidencial de 2014.
“Consoante apontado pela Procuradoria-Geral da República, faz-se indispensável o acesso a dados bancários e fiscais de pessoas naturais e jurídicas relacionadas às investigações, no período de 1º de janeiro de 2014 a 18 de maio de 2017, a fim de rastrear a origem e o destino dos recursos supostamente ilícitos”, determinou Marco Aurélio Mello.
Em outra decisão divulgada nesta quinta, Marco Aurélio revogou a prisão domiciliar e outras medidas cautelares que pesavam sobre Andréa Neves, Frederico Pacheco e Mendherson de Souza Lima.
Defesa
Em nota, a defesa do senador considerou a decisão do ministro do STF uma medida “natural” e reafirmou que Aécio Neves não cometeu nenhum ato ilícito. Segundo o advogado Alberto Zacharias Toron, os dados bancários e fiscais do parlamentar “sempre estiveram à disposição da Justiça”.
“Desde outubro, quando essa decisão foi tomada, a defesa reitera que é uma medida extremamente natural e salutar para confirmar a absoluta correção dos seus atos”, diz a nota.
Fonte: Agência Brasil
Comentar
Compartilhe
Chequinho: Thiago Virgílio e Jorge Rangel na pauta do TRE
06/12/2017 | 19h23
Mais duas ações eleitorais originadas das investigações do “escandaloso esquema” da troca de Cheque Cidadão por votos estão na pauta de julgamento no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) nesta segunda-feira (11), mas em situações distintas.
O primeiro caso é do vereador Jorge Rangel (PTB), no qual serão apreciados os embargos de declaração. A Corte já decidiu pelo afastamento do parlamentar e a inelegibilidade por oito anos, conforme decidido pelo juízo de Campos no início do ano. Caso os embargos sejam desprovidos, a tendência é que Rangel deixe o parlamento campista imediatamente — consequentemente sendo substituído pela suplente Joilza Rangel (PSD).
Já o vereador Thiago Virgílio (PTC) — também condenado em primeira instância — terá seu recurso analisado pela Corte, conforme previsão. Caso a condenação seja mantida, Virgílio não perde mandato imediatamente. Terá ainda o recurso dos embargos de declaração em segunda instância.
No primeiro semestre, o TRE manteve as condenações dos vereadores eleitos Jorge Magal (PSD) e Vinicius Madureira (PRP). Os dois foram afastados e recorrem, fora do cargo, ao Tribunal Superior Eleitoral.
Condenação em ação penal — Além das condenações na esfera eleitoral, Thiago Virgílio e Jorge Rangel foram condenados a 5 anos e 4 meses de prisão em regime semiaberto por participação no “escandaloso esquema” de troca de votos por Cheque Cidadão na última eleição municipal. Ainda cabe recurso. Na mesma ação foram condenados  os parlamentares Linda Mara (PTC) e Kellinho (PR). Em outra ação penal, mais vereadores condenados: Ozéias (PSDB) e Miguelito (PSL), além da ex-secretária de Desenvolvimento Humano e Social Ana Alice Alvarenga e a ex-coordenadora do Cheque Cidadão Gisele Kock.
O primeiro caso sentenciado na esfera criminal foi o do ex-governador Anthony Garotinho (PR), condenado a quase 10 anos em regime fechado por liderar o “escandaloso esquema”. Ele chegou a ficar em prisão domiciliar após a sentença, mas a medida foi revogada pelo TSE. Atualmente, Garotinho está preso em Bangu, mas como desdobramento da operação Caixa d'água.
Comentar
Compartilhe
Conselho aprova criação de ZPE do Açu em SJB
06/12/2017 | 17h37
O Estado do Rio de Janeiro ganhará uma Zona de Processamento de Exportação (ZPE). Nesta quarta-feira (6), o Conselho Nacional das ZPEs aprovou a criação da área de livre comércio no Distrito Industrial de São João da Barra. A ZPE irá ser submetida à sanção presidencial visando a promulgação do decreto de criação, o que deve ocorrer ainda este ano. Após a criação, o Governo do Estado do Rio de Janeiro lançará edital para selecionar uma empresa para implantar e administrar a ZPE.
A área destinada à ZPE é formada por terrenos da Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio de Janeiro (Codin) e tem, no total, 185 hectares. A escolha da região se deve à sua proximidade com o porto e porque a área já dispõe de infraestrutura (energia, saneamento etc) necessária para a implantação. Inclusive, já há uma empresa, de rochas ornamentais, interessada em se instalar na área.
O secretário de Estado da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico em exercício, Alberto Mofati, comemorou a notícia e destacou o momento de virada econômica na atração e implantação de novos empreendimentos para o Estado.
— O Governo do Estado está empenhado na criação da ZPE que contribuirá ainda mais para o desenvolvimento da região Norte Fluminense. É uma oportunidade de retomar a atração de investimentos e gerar emprego industrial no Estado, além de contribuir para o fortalecimento econômico da região — destaca Mofati. O secretário salienta ainda que, com a instalação da ferrovia Rio-Vitória solicitada pelos Governos do Rio e do Espírito Santo, a logística da ZPE beneficiará a atração de empreendimentos para a área.
Sobre ZPE
As ZPEs são áreas de livre comércio com o exterior destinadas à instalação de empresas voltadas para a produção de bens. As empresas localizadas na ZPE têm que destinar, pelo menos, 80% da produção para o mercado externo, podendo comercializar internamente os 20% restantes, desde que paguem impostos. Entretanto, tramita no Congresso um projeto de lei para aumentar para até 40% a cota de mercadorias oriundas das ZPEs destinadas ao mercado nacional. Atualmente há 25 ZPEs com instalação autorizada no Brasil.
Fonte: Ascom
Comentar
Compartilhe
SJB: Verão 2018 será em parceria com a iniciativa privada
06/12/2017 | 10h56
Quem já está ansioso quanto à programação de verão no litoral de São João da Barra no próximo ano, tem agora um indicativo de como os eventos vão ocorrer. A Câmara aprovou na manhã desta quarta-feira (6) um projeto de lei que permite o uso pela iniciativa privada, de espaços públicos municipais para a realização de eventos culturais, de entretenimento e lazer, praticamente no mesmo modelo que foi adotada no ano passado.
O projeto segue para sanção do Executivo e, posteriormente, deverá ser aberta concorrência para empresas interessadas. Já existia a expectativa de o modelo com permissionários ser adotado novamente, como no verão passado — quando todos os eventos ocorreram no Balneário. A diferença entre o trâmite deste ano, com o do ano passado é a antecedência na aprovação da lei, já que em 2017 foi aprovada em 10 de janeiro.
Comentar
Compartilhe
Câmara de SJB se reúne com Enel por melhorias no fornecimento de energia
05/12/2017 | 15h32
Os vereadores de São João da Barra se reuniram nesta terça-feira (5) com representantes da Enel Distribuição Rio para expor as demandas recebidas da população sobre o fornecimento de energia elétrica no município. Segundo o presidente da Casa, Aluizio Siqueira (PP), a reunião foi solicitada pela Câmara, por meio de ofício, expedido na última semana, com o objetivo de saber os motivos que têm ocasionado a baixa tensão de energia elétrica no município e as providências que serão tomadas.
— Essa reunião foi muito produtiva, pois pudemos passar situações pontuais que a população tem cobrado, como por exemplo: postes que estão no meio de ruas e que precisam ser deslocados, postes de madeira que precisam ser trocados, picos de energia e variação de tensão que têm ocorrido principalmente nas praias de Grussaí e Açu. Além disso, ouvimos os esclarecimentos da empresa em relação aos investimentos realizados — destacou Aluizio.
Representando a Enel, estiveram presentes: o especialista em Engenharia e Obras, Alessandro Bastos Machado; o executivo de clientes de governo, Rodrigo Rangel; a especialista em relações institucionais, Eveline Thomaz e o especialista em engenharia elétrica e manutenção, André Diniz.
Eles informaram que a empresa investiu R$ 24,5 milhões em 2017, na região de São João da Barra e arredores, visando à melhora da qualidade do serviço. Entre os novos investimentos está o Projeto Telecontrole, que consiste na automação da rede de média tensão, com equipamentos telecomandados a um sistema de gestão remota. Ele permite que a distribuidora identifique e isole, mais agilmente e à distância, falhas na rede. Em casos de interrupção, é possível reduzir o número de clientes afetados. Além disso, a Enel possui três centros-satélites funcionando parcialmente (um na sede e dois no Açu), que permitem diminuir a quantidade de clientes afetados em certas situações de interrupção do serviço. Outra ação adotada é a inspeção termográfica com helicóptero em 169 quilômetros da rede elétrica, que identifica e corrige possíveis equipamentos sobrecarregados.
Comentar
Compartilhe
Vereador Gersinho: SJB vive um colapso no transporte
05/12/2017 | 11h12
O transporte público municipal e intermunicipal intensificou o debate na Câmara de São João da Barra. Vereadores tanto da base governista, como os de oposição, não pouparam críticas ao setor, ao discutir um pedido de informações ao secretário de Transportes, Julinho Peixoto, aprovado nesta terça-feira (5). O município está com as linhas que faziam as ligações entre os distritos suspensas desde o fim de maio. A Prefeitura chegou a pedir autorização para contratar um empresa, o que foi aprovado pelo Legislativo, mas até hoje não houve posicionamento quanto ao retorno do serviço.
No momento, SJB só tem as linhas intermunicipais, sob responsabilidade da Campostur, e alvo de muitas reclamações. O transporte alterativo, pendente de regularizações, é o que socorre os munícipes. A preocupação aumenta com a proximidade do verão, período que a população flutuante aumenta consideravelmente no município. O vereador Gersinho (SD), da base governista, resumiu a situação:
— São João da Barra vive um colapso no transporte público municipal e intermunicipal.
Comentar
Compartilhe
De volta
05/12/2017 | 10h36
Após duas semanas sem atualizações, o “Blog do Arnaldo Neto” volta a ter publicações diárias nesta terça-feira (5), um dia após o previsto inicialmente. E olha que não foram duas semanas nada tranquila no noticiário político. Os ex-governadores Anthony e Rosinha Garotinho, ambos do PR, foram presos — sendo que a ex-prefeita de Campos conseguiu habeas corpus e teve a prisão substituída por medidas restritivas; além dos dois, a operação Caixa d'água também levou para a pisão os aliados Thiago Godoy e Suledil Bernardino; a Justiça Eleitoral de Campos ainda determinou o encarceramento do presidente nacional do PR, Antônio Carlos Rodrigues.
Ainda sobre prisões, mas em outra operação, na Cadeia Velha, os deputados estaduais Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi voltaram a ser presos. Integrantes da cúpula do PMDB no Rio e com forte influência no parlamento — Picciani é presidente da Casa, cargo que Melo também já ocupou e Albertassi era líder do partido — eles tinham deixado a prisão por decisão da maioria dos deputados, revogando no dia 17 de novembro a prisão decretada no dia anterior. Porém, na semana seguinte, o Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª região anulou a decisão da Alerj e os três voltaram para o presídio. Estão na mesma ala em que está o ex-governador Sérgio Cabral, no presídio de Benfica. Garotinho também passou por lá, mas foi transferido para Bangu. Disse que foi agredido e ameaçado dentro da cela. As imagens das câmeras de segurança, que estão sendo apuradas, não mostram movimentações suspeitas. O caso ainda está em investigação.
E por falar em Benfica, Rosinha, antes de conseguir o habeas corpus, ficou por lá. E poucos dias depois, passou a ter como companheira de cela Adriana Ancelmo, a esposa de Cabral. Ela cumpria prisão domiciliar, mas retornou à cadeia no último dia 23, por decisão também do TRF. Adriana já foi condenada a 18 anos e três meses de prisão por lavagem de dinheiro e associação criminosa.
Nesse período de folga, até a “Caravana do Lula em Campos”, que havia sido divulgada no blog, passou por mudança. Inicialmente anunciada para 6 de dezembro, a visita do ex-presidente será nesta terça, dia 5, com ato na praça do Liceu, às 19h. Ele ficará em Campos para um encontro na manhã desta quarta (6) com reitores do Instituto Federal Fluminense (IFF), Universidade Federal Fluminense (UFF) e Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), no campus Centro do IFF.
No tabuleiro político regional, quem ganhou fôlego, apesar da prisão dos pais, foi Wladimir Garotinho (PR). Pré-candidato a deputado, o filho dos ex-governadores foi absolvido em uma ação penal na qual era réu por suposta participação no “escandaloso esquema” da troca de Cheque Cidadão por votos. A decisão do juiz Ricardo Coimbra foi por falta de provas. Wladimir foi o primeiro réu absolvido nas ações penais da Chequinho. Antes, em junho, a denúncia contra Jorge Magal (PSD) — vereador eleito, afastado do mandato por condenação na esfera eleitoral da Chequinho — não foi aceita.
Já nas outras ações, Anthony Garotinho foi condenado a quase 10 anos de prisão. Os vereadores Jorge Rangel (PTB), Kellinho (PR), Linda Mara (PTC), Miguelito (PSL), Ozéias (PSDB) e Thiago Virgílio (PTC) foram condenados a cinco anos e quatro meses de reclusão em regime semi-aberto, além da perda dos mandatos. Como a decisão é de primeira instância, onde também foram condenadas a ex-secretária de Desenvolvimento Humano e Social Ana Alice Ribeiro e Gisele Koch, ex-coordenadora do Cheque Cidadão, todos recorrem em liberdade.
Em suma, mas muito bem resumido, foi o que aconteceu de mais quente na política da planície. Na Câmara de Campos o clima ficou quente mesmo foi na sessão que reajustou o valor da planta genérica do município e certamente trará aumento no carnê do IPTU do ano de 2018. Segundo a Prefeitura, a média da correção do imposto no próximo ano será de 19%, além da ampliação das isenções.
Já em São João da Barra, a violência, ou a já famosa sensação de insegurança, é que vem ganhando destaque. Nas últimas semanas, duas escolas foram alvos de criminosos, que arrombaram e depredaram os prédios — além, é claro, de levarem materiais. Nem os idosos estão escapando das ações dos criminosos, sendo um inclusive assassinado.
Ainda sobre a cidade sanjoanense, as fortes chuvas que caíram na região evidenciaram velhos problemas, com pontos históricos de alagamento pelo município. Apesar da água que, felizmente, caiu do céu, problemas de abastecimento continuam entre as principais reclamações dos munícipes. Outro problema, que com a chuva se agrava, é o de fornecimento de energia. Atafona continua sem resposta. As autorizações não andam e o mar, que deu uma trégua na região da foz do Paraíba, começa a dar sinais de avanço em outros trechos do litoral.
Para não falar que todas as notícias são ruins, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) voltou a atender no município. A expectativa é que no próximo ano o município firme um convênio com a instituição para ampliar e normalizar o atendimento. E por falar em repasse da Prefeitura, as escolas de samba Congos e Chinês tiveram os termos de fomento formalizados e passarão a receber com antecedência os R$ 234 mil a que cada agremiação tem direito para os desfiles no carnaval sanjoanense.
E vamos aguardar as próximas notícias!
Comentar
Compartilhe