Pré-candidatura a deputado estadual em São Francisco
20/10/2017 | 11h05
São Francisco de Itabapoana já tem um pré-candidato a deputado estadual. Por meio das redes sociais, Renato Roxinho (PMDB) anunciou a pretensão de enfrentar novamente as urnas, desta vez em um pleito estadual. Mesmo sem mandato, ele teve bom desempenho no município, que conta com aproximadamente 35 mil eleitores. Na última eleição, por exemplo, perdeu a cadeira no Legislativo municipal no critério de desempate pela idade, que favorece ao mais idoso. Renato, na época com 38 anos, recebeu 826 votos, mesmo número alcançado pelo vereador Caboclo (PMDB), com 79 anos quando foi realizado o pleito. Em 2012, também não foi eleito por questões relacionadas ao sistema de legenda.
Da nova geração de políticos sanfranciscanos, ele leva na bagagem a tradição política da família, sendo filho Manoel Roxinho, ex-vereador e ex-vice-prefeito de São João da Barra na época anterior à emancipação de São Francisco.
Renato continua no PMDB, mas afirma que vem recebendo propostas de outros partidos.
Comentar
Compartilhe
Amigos raspam a cabeça em apoio a prefeita na luta contra câncer
27/03/2017 | 05h01
Montagem do site VNotícia
Em tratamento contra um câncer de mama, a prefeita de São Francisco de Itabapoana, Francimara Barbosa Lemos (PSB), tem recebido diversas manifestações de apoio nas redes sociais. As mais recentes são fotos de amigos e funcionários da Prefeitura com a cabeça raspada ou usando lenços.
Francimara já iniciou as sessões de quimioterapia para combater o câncer diagnosticado em outubro de 2016. “Somente com o apoio de todos iremos passar o quanto antes de tudo isso. Deus já me curou! Orgulhosa de todos vocês! Agora me digam uma coisa: qual ficou com look mais bonito? O meu e o de Frederico é surpresa, aguardem até quinta-feira!”, escreveu a prefeita em seu perfil no Facebook, ao agradecer as manifestações de solidariedade.
Comentar
Compartilhe
Mudanças polêmicas aprovadas em São Francisco de Itabapoana
21/01/2017 | 12h37
Polêmica em São Francisco
Com maioria na Câmara, a prefeita de São Francisco de Itabapoana, Francimara Barbosa Lemos (PSB), conseguiu anular e alterar leis importantes. As mudanças, porém, são cercadas de polêmicas. Ela anulou a lei que trata de eleições diretas para diretores de escolas com mais de 100 alunos. A medida foi sancionada pelo ex-prefeito Pedrinho Cherene (PMDB) ao apagar das luzes do governo, em dezembro do ano passado. Essa não foi a polêmica que ganhou mais destaque. A prefeita ainda alterou a chamada lei da “ficha limpa” municipal. Com a medida, pode nomear um assessor que tem antecedentes criminais e poderá ter em seu secretariado o marido dela, o ex-prefeito Frederico Barbosa Lemos, que está inelegível por ter tido a prestação de contas reprovada pelo legislativo municipal.
Verão
Os shows de Imaginasamba, neste sábado (21) às 19h, e da Banda Jamz, domingo (22) no mesmo horário, abrem a programação de verão no Balneário de Atafona. A realização é da iniciativa privada, sem recursos da Prefeitura.
Em SFI
As praias de São Francisco de Itabapoana também terão shows na alta temporada. O início da programação, previsto para este fim de semana, foi adiado para o próximo mês.
Repleto
O Diário Oficial de SJB, ontem, estava repleto de nomeações. Uma foi a da subsecretária de Educação Denise Machado, esposa do vereador Ronaldo Gomes (Pros). A maior parte dos 42 nomeados são conhecidos, ao menos pela postura atuante nas redes sociais durante a campanha.
Tributo
O Cine Teatro São João reabre as portas hoje, às 20h, com o espetáculo “Tributo a Cazuza”. Dirigido por Kadinho Laranjeira, artista sanjoanense, o musical é uma homenagem ao eterno ídolo do rock nacional. A entrada é franca.
Sem resposta
Passados mais de dois terços do mês, a Prefeitura de SJB ainda não resolveu a questão do vale transporte do servidor. As reclamações, justas, por sinal, são constantes.
Calendário
Correm boatos sobre uma possível mudança no calendário escolar de SJB. A medida adiaria o início do ano letivo. Sem confirmar, nem desmentir, a Prefeitura informou que se posicionará na próxima semana.
Oposição
Opositor da prefeita Carla Machado (PP) no mandato de 2009 a 2012, o vereador Franquis Areas (PR) mantém a mesma postura na legislatura que se iniciou neste ano, com Carla de volta à Prefeitura.
Contesta
Na última sessão extraordinária da Câmara, Franquis contestou projeto do governo que, segundo texto, anulou e criou cargos sem onerar os cofres públicos. Para ele, seria uma farsa, já que em um dos capítulos coordenadores de algumas secretarias são equiparados a secretários e subs.
Publicado na edição deste sábado (21) da Folha da Manhã
Comentar
Compartilhe
Francimara quer reeditar "ficha limpa" e anular leis de Cherene
18/01/2017 | 07h15
FrancimaraA Câmara de São Francisco de Itabapoana realiza sessão extraordinária nesta quinta-feira (19), às 10h. O objetivo é apreciar cinco matérias enviadas pelo poder Executivo. Entre os projetos, a prefeita Francimara Barbosa Lemos (PSB) pede a revogação de duas leis aprovadas ao apagar das luzes do governo passado, que teve à frente seu adversário nas urnas, Pedrinho Cherene (PMDB). Um deles dispõe sobre a eleição para diretores de escolas acima de 100 alunos. Outro trata sobre a incorporação de cargos de comissão. A prefeita ainda solicita autorização para contratação temporária de pessoal e a concessão de descontos para pagamento de créditos em favor do município. O último projeto enviado dispõe sobre a reedição das normas para investidura de cargos na administração direta e indireta. A lei a ser reeditada é uma espécie de “ficha limpa” municipal, que impede a quem não pode ser candidato por pendências judiciais de exercer cargos de secretários e outros na administração pública. O blog não teve acesso ao projeto de reedição da lei municipal, mas cabe salientar que o marido da prefeita, Frederico Barbosa lemos, teve sua prestação de contas reprovadas e, consequentemente, direitos políticos cassados. Frederico, eleito vice em 2008, assumiu a Prefeitura em 2012, após a cassação de Beto Azevedo. A prestação de contas dos meses em que ele esteve à frente do Executivo foram reprovadas pela Câmara. O papel de Frederico na gestão da esposa sempre foi alvo de questionamentos. Em entrevista, já eleita, questionada sobre o assunto, Francimara declarou que “ele será fundamental, mas já teve o seu momento, agora chegou a vez da mulher governar”.
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Arnaldo Neto

[email protected]