Mudança no secretariado de Carla Machado
17/02/2018 | 18h28
Mudança no governo de Carla Machado. Na área da Educação, a prefeita de São João da Barra trocou a secretária Lúcia Siqueira por Daniel Damasceno, que é professor de carreira. O anúncio foi feito por Carla em reunião que ela fez ontem com os diretores das escolas municipais. Na oportunidade, agradeceu a colaboração de Lúcia, que vai ajudá-la no governo em outra função.
Segundo Carla, a indicação de Daniel Damasceno para assumir a pasta daqui a alguns dias agradou os colegas presentes. "Estamos todos unidos e comprometidos para elevar cada vez mais a qualidade do ensino oferecido em nossas unidades escolares", frisou a prefeita.
Compartilhe
Virou um porre
17/02/2018 | 10h29
O apresentador de TV, Luciano Huck, já se colocou uma, duas, três vezes fora da eleição. Hoje, a Folha de S.Paulo volta a admitir a hipótese de ele se candidatar à Presidência da República. A insistência virou um porre. Falta ingrediente neste Caldeirão.
Compartilhe
Nelson Nahim vive um assume, não assume
17/02/2018 | 08h30
A investidura de Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho era tudo que o ex-presidente da Câmara Municipal de Campos, Nelson Nahim (PSD), queria. Na condição de suplente da vez da coligação PMDB-PP-PSC-PSD-PTB, Nahim assumiria a vaga da deputada no Congresso.
 Mas, a partir do momento em que Indio da Costa (PSD) deixou o governo Marcello Crivella, e reassumiu o seu mandato na Câmara dos Deputados, Nelson Nahim perdeu a vez de ocupar a cadeira de Cristiane, caso ela seja ministra de Michel Temer.
 O assume, não assume, foi ruim para Nahim. A visibilidade de sua situação pessoal, com a mídia rememorando o rumoroso caso “Meninas de Guarus”, era um preço que ele pagaria para ser deputado federal, mesmo que por alguns meses.
 Se tivesse assumido a vaga de Cristiane, Naim ficaria quatro meses em Brasília. Havia a expectativa de que só deixaria o mandato em abril. Mas ficou de fora e viu o seu lado pessoal exposto para todo o Brasil. O detalhe é que, na quarta-feira, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, manteve suspensa a posse de Cristiane no Ministério do Trabalho
 Mas Nahim, revela matéria da Folha da Manhã, mantém a esperança de assumir um mandato a partir da prisão do deputado Celso Jacob (PMDB-RJ), que teve recurso negado em segunda instância para sair do regime fechado.
Compartilhe
Eu apoiei este idiota
16/02/2018 | 18h32
Mais um antigo aliado de Marcelo Crivella (PRB) se voltou contra o prefeito nas redes sociais — que também amarga perda de apoio na Câmara do Rio.
 O senador Romário (Pode), que ainda não confirmou a candidatura ao governo do estado, ironizou o alcaide em seu perfil no Instagram, dizendo-se arrependido de ter apoiado a campanha do ex-companheiro de Senado.
 "E eu apoiei esse idiota", diz o ex-atacante da seleção, mostrando que a mira continua afiada.
 E ainda chamou o atual ocupante do Palácio da Cidade de "pior prefeito que nós tivemos", na legenda ao lado de um dos memes críticos à ausência de Crivella bem no meio do caos causado pelo temporal de ontem.
Fonte: Extra,Extra (Berenice Seara)
Compartilhe
Fidelense na Universidade de Coimbra
16/02/2018 | 16h53
Carla Mangueira, de São Fidélis, se inscreveu no Programa de Mobilidade Internacional da Universidade Federal Fluminense (UFF), que envia estudantes para o exterior, e foi aceita na Universidade de Coimbra, em Portugal. Mesmo com a concorrência, a fidelense foi selecionada para cursar seis meses de intercâmbio. O processo de mudança está sendo tranquilo. “Em Coimbra se encontra muitos brasileiros”, diz Carla.
Compartilhe
Não resolve
16/02/2018 | 12h05
Intervenção federal no Rio? Não acaba com a violência. O que é preciso é extremo rigor nas leis e menos consumo de drogas. É por aí...
Compartilhe
Eike Batista e o Porto do Açu
16/02/2018 | 07h17
Eike Batista deu entrevista ao Globo, em que assegurou ter construído o Porto do Açu com capital próprio e de estrangeiros. Negou que o ex-governador Sérgio Cabral tenha contribuído com algum recurso.
Eike revelou que Cabral não ofereceu nem redução de impostos. Lembrou que o Norte do RJ tem regra fiscal própria, porque o IDH da região é parecido com o do Nordeste do Brasil e os impostos já são mais baixos.
O Porto do Açu consumiu R$ 3 bilhões, tudo, segundo Eike, lastreado, com contratos de 20 anos junto ao BNDES. Eike, na entrevista, revelou que estuda ser candidato ao Senado nas eleições deste ano.
Compartilhe
Beija-Flor seria hoje uma escola de esquerda?
14/02/2018 | 20h05
Bernardo Araújo, analista dos desfiles no Rio para o Globo, colocou na edição de hoje: "Não deixa de ser irônico a escola de Nilópolis (Beija-Flor), afundada na contravenção até a alma (O.k., mas qual não é?) e com um currículo de exaltação a ditaduras nacionais e estrangeiras, dar-se ares de escola “de esquerda’’ a uma hora dessas. Mas os jurados não têm que avaliar o histórico da escola, apenas o desfile".
Os jurados, no caso levando em conta apenas o desfile, deram o título à Beija-Flor. Merecido? Há controvérsias, como diria o Ancelmo Gois.
Compartilhe
Memória Social
14/02/2018 | 11h40
Gilda Faria, escolhida uma das mais elegantes de Campos pelo cronista social Brummel - ano 1954.
Compartilhe
Carnaval imaginário
14/02/2018 | 10h34
O bispo Fernando Rifan gostaria que o Carnaval fosse uma festa pitoresca, de marchinhas engraçadas, de desfiles ornamentados. No imaginário de Rifan, o Carnaval poderia ser um folguedo popular, uma brincadeira de rua, “onde o povo extravasasse sua alegria”.
Mas, avalia Dom Rifan,o Carnaval tornou-se uma festa profana e nada edificante. “No carnaval campeia o despudor, as orgias, onde se pensa que tudo é permitido”.
Compartilhe
Sobre o autor

Saulo Pessanha

[email protected]