Comum e visível
31/12/2016 | 12h11
[caption id="attachment_1559" align="aligncenter" width="300"]foto ilustrativa foto ilustrativa[/caption]   Os chamados “carrinhos”, que fazem o transporte de passageiros em Campos a R$ 2 por cabeça, têm um traço comum e visível. A frota de lotadas é composta por veículos velhos, movidos a gás. Os concorrentes são os ônibus e taxis. A frente da Catedral Diocesana é um ponto de parada. Para identificar os “carrinhos”, afora, digamos, o aspecto físico, basta observar que os passageiros, em sua maioria, quando descem, cada um toma um lado.
Comentar
Compartilhe
Só a partir de agora...
30/12/2016 | 17h32
download (3) Só com o fim do governo Rosinha Garotinho vai ser possível o campista se ver livre da presença do espalhafatoso carnavalesco Milton Cunha batendo ponto na cidade na coordenação, mediante o recebimento de alto cachê, de um desfile de carnaval fora de época e de propósito. O “Campos Folia” de 2016 foi o que resultou em maior fracasso de público na era do Cepop. O evento, promovido no mês de agosto, só foi realizado porque havia uma disputa pela Prefeitura em curso e o espaço, que custou milhões de reais, não poderia passar o ano em branco.
Comentar
Compartilhe
Posse de Rafael Diniz com transmissão pela TV
30/12/2016 | 09h25
download (2)   O prefeito eleito Rafael Diniz, a vice Conceição Santana e os vereadores eleitos vão ser empossados domingo, às 17h, no plenário da Câmara Municipal, com transmissão ao vivo através da TV Câmara Campos, pelo canal aberto digital 19.3, canal 152 da Ver TV, canal 2 da Blue TV e pelo site da Câmara www.camaracampos.rj.gov.com.br. A solenidade de posse será conduzida pelo vereador Marcão Gomes (Rede), o mais votado nas eleições do dia 2 de outubro. “Toda população poderá assistir. O plenário será aberto para convidados. O foyer contará com a transmissão ao vivo pela TV Câmara. E na parte externa será colocado um telão”, revelou Marcão.
Comentar
Compartilhe
Desempregado
29/12/2016 | 16h08
download (1)   Presidente Nacional do PDT, Carlos Lupi perdeu os seus dois empregos. O Diário Oficial da Prefeitura do Rio de Janeiro, desta quinta-feira, traz a publicação do decreto que o exonera do cargo de coordenador especial de articulação política na Secretaria da Casa Civil. Carlos Lupi, que circula bem entre alguns políticos de Campos, perdeu o seu outro emprego no último dia 8 de dezembro. A jornalista Berenice Seara revela no seu blog que o pedetista também foi exonerado da Câmara do Rio — era auxiliar de gabinete do correligionário Renato Moura.
Comentar
Compartilhe
Desfecho feliz
29/12/2016 | 09h43
images (1)   A propósito de nota veiculada aqui sobre o não funcionamento do relógio da Catedral Diocesana, o monsenhor Luiz Carlos Amorim, Vigário Geral da Diocese, sinaliza para um desfecho feliz. O vigário reconhece que o relógio, por ser muito antigo, de método manual, tem um defeito técnico que demandou dificuldade para encontrar um profissional capaz de consertá-lo. Mas um relojoeiro já fez a averiguação para a entrega de laudo pericial e o orçamento. Já o relógio da Igreja São Francisco, também parado, é da responsabilidade da Irmandade.
Comentar
Compartilhe
Alvo da Lava-Jato, Jonas Lopes de Carvalho sai de licença
28/12/2016 | 15h53
download (1)   O presidente do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, Jonas Lopes de Carvalho Júnior, campista, que foi para o TCE-RJ por indicação do então governador Anthony Garotinho, vai se licenciar do cargo por três meses. A informação foi publicada na edição do Diário Oficial desta quarta-feira e assinada pelo vice-presidente do TCE, Aloysio Neves Guedes. O Extra Online fez o registro. Procurado pelo Extra, o TCE não explicou os motivos da licença. Jonas é citado em delações de executivos da Andrade Gutierrez. O pedido de licença começará a contar a partir do dia 6 de março, na volta do recesso do tribunal.
Comentar
Compartilhe
Cargo de DAS criado por Rosinha faz lembrar a “República do Chuvisco”
28/12/2016 | 08h39
[caption id="attachment_1514" align="aligncenter" width="275"]Joilza Rangel Joilza Rangel[/caption] No apagar das luzes de sua administração, a prefeita Rosinha Garotinho (PR) regulamentou a criação da Agência Reguladora de Serviços Públicos (Arsep). O órgão atuará com dez cargos comissionados, todos com remuneração de Direção e Assessoramento Superior (DAS). Rosinha fez mais: nomeou Joilza Rangel, uma fiel escudeira, para presidir o Arsep, dando-lhe DAS-1. É que, pelo estatuto do órgão, a escolha de conselheiros (mandato de três anos) é feito pelo prefeito em exercício. A invenção de agência para abrigar aliados políticos não é coisa nova. Quando foi governador, Garotinho criou a Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos e botou Ranulfo Vidigal na presidência. Na época, a imprensa denominou o grupo de Campos de “República do Chuvisco”. Além de Ranulfo, o governo Garotinho tinha Carlos Augusto Siqueira (Emop), Alberto Gomes (Cedae), Jonas Lopes (Gabinete Civil) e outros conterrâneos. Atualização às 18h15 - Joilza Rangel, em e-mail enviado ao blog, faz o seguinte esclarecimento: “Fui convidada a ser uma das conselheiras da Agência Reguladora de Serviços Públicos (Arsep) com objetivo de fiscalizar e exigir o cumprimento dos acordos feitos pelas concessionárias de serviços públicos visando sempre a melhoria na qualidade dos serviços prestados junto a população de toda Campos. Como última conselheira nomeada para tal (e não presidente como afirma a matéria), em 10 dias de trabalho discuti junto aos outros membros o regimento interno, e tivemos encontros de apresentação com representantes das concessionárias. Ocupo o cargo de conselheira da Arsep com objetivo de contribuir em prol do bem público, e trabalhar de acordo com a legislação, exigindo o cumprimento dos acordos que beneficiam a população. Com meus quarenta e um anos de vida pública, levo além da minha experiência em administração pública, toda competência e honestidade associados ao meu nome enquanto ocupei secretarias municipais e direção de três escolas públicas. Não tenho dúvidas que a lembrança do meu nome para tal foi pautada em minha ilibada reputação e sucesso das gestões anteriores".  
Comentar
Compartilhe
TV Diário encerra atividades
27/12/2016 | 15h32
  1498167_1429968087220103_1570318750_o   A TV Diário, do grupo O Diário, que é capitaneado pelo jornal que leva o mesmo nome, encerrou hoje as suas atividades. Não foi emitido nenhuma nota oficial, apenas um comunicado para quem acessava o canal. O fato deixa ainda mais claro a crise que o grupo vem sofrendo. Além da TV, o site do jornal O Diário está fora do ar. E o jornal impresso só está tendo circulação de terça a domingo, sem tiragem às segundas-feiras. Fonte: Clik Campos
Comentar
Compartilhe
Cesta básica para professores aposentados
27/12/2016 | 07h21
download (12) Devido à falta de pagamento do mês de novembro e sem décimo terceiro salário, em que muitos professores e funcionários aposentados estão sem condições para suprir necessidades fundamentais, o Sepe Campos abriu uma campanha para arrecadar alimentos não perecíveis para montar cestas básicas para serem entregues à categoria. Os alimentos devem ser entregues na sede do Sepe, que situa-se no Edifício Ninho das Águas, sala 514, até às 16 horas desta quarta-feira. A entrega será feita no mesmo dia, às 17 horas.
Comentar
Compartilhe
Sem avacalhar
26/12/2016 | 16h51
download (11) O cais que cerca o Rio Paraíba do Sul recebeu um belo trabalho de grafiteiros, pelo lado da cidade. Felizmente, os pichadores não avacalharam com a obra de arte. Mas os pichadores cada vez atacam mais em Campos. Na Avenida Pelinca, na fachada de um prédio, está lá: respeito a pretos. Quem fez isso, deixou mal a raça negra.
Comentar
Compartilhe
Fogo amigo
26/12/2016 | 08h31
infochpdpict000063409187   O presidente da Assembléia Legislativa, Jorge Picciani (PMDB), em entrevista ao Extra, não fala abertamente, mas dá a entender que o governador Luiz Fernando Pezão, seu colega de partido, poderá sofrer um impeachment. Para Picciani, o início de 2017 será decisivo para o governo Pezão. “É preciso colocar a casa em ordem até abril, caso contrário não haverá como governar”. Caso haja o impedimento de Pezão, Picciani sinaliza o Palácio Guanabara para o tucano Luiz Paulo, também deputado. "Fora do parlamento, temos o Pedro Parente, o Armínio Fraga (ambos economista) e até o Eduardo Paes", disse.

Comentar
Compartilhe
Incrementar a vocação
25/12/2016 | 08h49
download (4)   O prefeito eleito de Campos, Rafael Diniz (PPS), tem planos para a Agricultura, de forma a incrementar a vocação rural do município. Para tanto, vai oferecer condições para o desenvolvimento das potencialidades de cada distrito. Rafael quer acabar com o conceito de quem reside no interior e se sente quase que em outra cidade. “Tem pessoa que mora em Dores de Macabu, por exemplo, e diz que vai a Campos. Na verdade, ela já está em Campos. Pode ir ao centro de Campos. Mas é Campos...”.
Comentar
Compartilhe
No livro dos heróis
24/12/2016 | 09h38
images (1) O deputado Chico D´Ângelo (PT-RJ) apresentou na Câmara um projeto para que o nome de Dom Paulo Evaristo Arns seja inscrito no Livro dos Heróis da Pátria, que se encontra no Panteão da Liberdade e da Democracia na Praça dos Três Poderes, em Brasília. Chico citou a história de vida de Dom Evaristo Arns. “Em tempos tão sombrios para a democracia brasileira, é importante lembrar de figuras que nos inspiram para seguir em frente. Dom Paulo enfrentou a ditadura militar sem temer. Foi uma inspiração para todos que não fogem da luta”.
Comentar
Compartilhe
Para encobrir o espanto
23/12/2016 | 20h43
download (9)   Cláudia Cruz, mulher do ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha, preso em Curitiba, fica melhor de óculos escuros. O acessório esconde o olhar espantado. Acusada de lavagem de dinheiro e evasão de divisas, Cláudia Cruz tirou a tarde de terça passada para ir às compras, com a filha Bárbara, no caríssimo Shopping Fashion Mall, no Rio.  A informação é do Ancelmo Gois, no seu blog. “Afinal de contas, ninguém é de ferro”, comentou o jornalista.
Comentar
Compartilhe
O Diário demite, mas não paga jornalistas
23/12/2016 | 07h46
13332862_1183926724972797_8297043619904528030_n   Colegas jornalistas que trabalham em O Diário divulgaram carta aberta à população para expor a difícil situação porque passam. A empresa demitiu, no dia 1º de dezembro, mais de 20 funcionários, alegando contenção de despesas. E até ontem, dia 22, não efetuou os pagamentos de outubro e novembro. O Diário também descumpriu a exigência feita por Lei e não pagou a primeira parcela do 13ª salário, o que deveria fazer até o dia 20 de novembro. A resposta do departamento de Recursos Humanos é sempre a mesma: “não há previsão quanto à data em que o pagamento será realizado”. Os funcionários revelam que se reuniram com o dono de O Diário. Mas, na carta aberta, não falam de quem se trata. Perderam uma boa oportunidade de quebrar o mistério. De qualquer forma, o “dono” revelou que a empresa não tem dinheiro para honrar suas dívidas (os atrasados nem a rescisão do aviso prévio) e que há apenas duas esperanças para viabilizar tal pagamento: a primeira seria receber R$ 350 mil de trabalhos realizados durante o período eleitoral, e a segunda seria vender uma máquina da gráfica da empresa. Na carta, é revelado que O Diário está desde setembro de 2015 sem depositar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) de todos os funcionários, tanto os demitidos, quanto os que ainda permanecem no trabalho, também sem receber desde outubro. O pessoal da redação (e de outros setores) já admite a possibilidade de paralisar as suas atividades. No seu blog, hospedado aqui na Folha Online,  jornalista Suzy Monteiro publica a carta na íntegra.
Comentar
Compartilhe
Boa gestora?
22/12/2016 | 12h15
15622362_1322148641139864_2289349767490828352_n É voz corrente que não fosse a antecipação de crédito dos royalties do petróleo, feito em três etapas, gerando recursos da ordem de R$ 1,3 bilhões, e a Prefeitura de Campos estaria entre as que não têm dinheiro sequer para pagar o seu funcionalismo. Por isto mesmo, é difícil aceitar a versão de capacidade de boa gestora que aliados da prefeita Rosinha Garotinho (PR) estão lhe atribuindo, tendo como referência a quitação da folha de dezembro e do 13º salário.
Comentar
Compartilhe
Ganham na marra
22/12/2016 | 06h59
download (8)   Feirantes que vendem frutas no Mercado de Campos estão ampliando na marra o espaço para expor as mercadorias, reflexo da falta administração naquele espaço municipal. O pior é que no avanço de tabuleiros e caixotes sobre a calçada que circunda o prédio principal do Mercado, os feirantes estreitam o espaço para que os consumidores circulem.
Comentar
Compartilhe
Flagrante do esperneio
21/12/2016 | 20h44
download (7)   O jornal O Globo publicou, na seção “O Globo por dentro”,  os melhores trabalhos de novembro, escolhidos pelos seus editores. A melhor fotografia do mês foi de Alexandre Cassiano, ao flagrar a reação do ex-governador Anthony Garotinho sendo transferido do Hospital Souza Aguiar para um presídio em Bangu.
Comentar
Compartilhe
Gostinho de quero mais
21/12/2016 | 17h06
download (6)   Caio Vianna não ganhou a eleição de prefeito em Campos. Mas fez um bom batismo nas urnas. No confronto particular com o deputado Geraldo Pudim, deu uma sova. Caio obteve 31.360 votos, enquanto Pudim somou 2.160 votos. O resultado do confronto teve um significado especial para Caio porque Pudim recebeu o apoio declarado de Arnaldo Vianna. E no racha político pai/filho, Caio levou a melhor. Caio sentiu o gostinho de quero mais e deve lançar o seu nome novamente nas urnas em 2018. Pela rede social, anuncia que está formulando uma plataforma de comunicação para interagir com a população.
Comentar
Compartilhe
Juiz dos juizes
21/12/2016 | 12h41
14332933_1769119590026020_5722382915487786944_n Ontem, no dia seguinte à decisão do juiz Ralph Manhães, que impediu que fosse diplomada vereadora, estava lá, na página do Faceboox de Linda Mara: “Deus é juiz dos juízes”.
Comentar
Compartilhe
Crivella tira o Garotinho de Clarissa
21/12/2016 | 06h47
  images   O prefeito Marcelo Crivella não apresenta a sua secretária de Emprego e Inovação pelo seu nome: Clarissa Garotinho. Filha do ex-governador Anthony Garotinho, preso e libertado mês passado, ela foi rebatizada: “Clarissa Matheus”. Quando a gente pensa que já viu tudo... A deputada Clarissa Garotinho fez discurso, ontem, da tribuna da Câmara com seu bebê (Vicente) no colo. Fonte: O Globo - Panorama Político (Ilimar Franco)
Comentar
Compartilhe
O mais brega
20/12/2016 | 17h10
download (3)   O SBT é imbatível em cafonice. No seu principal telejornal, exibido em horário nobre, a apresentadora Rachel Sheherazade se despede mandando beijinhos. Antes, ela dava tchauzinho. O dono do SBT, Silvio Santos, deve ter aprovado os beijinhos. Afinal de contas, quando Rachel dava opinião no telejornal, ele cortou a dela, dizendo que era para a apresentadora comprar uma emissora de TV se quisesse continuar fazendo comentários políticos.
Comentar
Compartilhe
Descanso das máquinas...
20/12/2016 | 07h12
download   No comércio, quando há economia de energia com a redução de lâmpadas acesas que dão luminosidade ao interior da loja, suspeita-se que as coisas não vão bem. Não é o caso do Banco do Brasil, que não vai mal das pernas. Mas a decisão do BB reduzir o horário de funcionamento da sala de autoatendimento da agência da Rua 13 de Maio, no centro de Campos, só pode passar pela economia de energia. Ou para o descanso das máquinas...
Comentar
Compartilhe
Descarta assumir o governo
19/12/2016 | 16h45
picciani   O presidente da Assembléia Legislativa, Jorge Picciani (PMDB), descartou a possibilidade de assumir o governo do estado em caso de impeachment do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB). Em coletiva dada hoje, o deputado deixou claro que, se os pares decidirem tirar Pezão do Palácio Laranjeiras, convocará eleições indiretas. Nesse caso, qualquer pessoa poderá se candidatar e os próprios parlamentares vão decidir o resultado.   Fonte: Blog Extra, Extra, de Berenice Seara
Comentar
Compartilhe
Justiça lenta
19/12/2016 | 06h48
download   A Justiça Eleitoral continua fazendo jus à pecha de que é lenta. Os vereadores eleitos em Campos, junto com o prefeito eleito Rafael Diniz, serão diplomados hoje, às 19h, no Teatro Trianon. Só que 11, dos 25 vitoriosos nas urnas, são réus no “escandaloso esquema” da troca de Cheque Cidadão por votos e o Ministério Público Eleitoral (MPE) pede a cassação dos diplomas. Já no dia 02 outubro, quando houve a eleição, os resultados das urnas foram conhecidos. Quase três meses depois e não se tem uma sentença sobre a acusação de abuso de poder político e econômico de tantos nomes eleitos para o Legislativo. O prazo final para a diplomação dos eleitos é nesta segunda-feira, mas, em 86 outros municípios brasileiros, a situação está indefinida porque a Justiça Eleitoral não julgou a tempo os recursos dos candidatos indeferidos que venceram a disputa por Prefeituras e Câmaras Municipais.
Comentar
Compartilhe
Garotinho pensa no Senado, mas teme perder espaço no PR
18/12/2016 | 07h48
  images   O ex-governador Anthony Garotinho se articula internamente para manter o comando do PR. Ele almeja uma candidatura ao Senado em 2018. A participação da deputada Clarissa Garotinho (PRB-RJ) no futuro governo de Marcelo Crivella é um fator importante no xadrez político. É o que revela matéria publicada hoje no Globo, na qual é exibida uma gravação telefônica interceptada pela Polícia Federal no dia seguinte à eleição de Marcelo Crivella (PRB) à prefeitura do Rio em que mostra a expectativa de Garotinho de que a filha seja nomeada no governo. Na conversa, Garotinho procura deixar claro para o comando nacional do PR que a legenda teve um bom desempenho no estado nas eleições municipais. Tudo porque uma das possibilidades avaliadas pelo comando da sigla é um convite ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), o que esvaziaria o seu poder. Em um trecho da conversa interceptada, Garotinho fala com Cleiton de Souza Rodrigues, assessor do PR na Alerj: “Minha preocupação, por exemplo, é que, porra, vamos lá que o Crivella cumpra (o acordo) e dê a Secretaria de Ação Social (para Clarissa)”, diz o ex-governador. “Vai dar, vai dar, vai dar”, responde Cleiton. “Vai dar, né? Ele vai dar?”, insiste Garotinho. “Ah, acho que vai, claro”, afirma o aliado. “Então, aí Clarissa pode montar um programaço, aproveitar aquele povo todo nosso na Zona Oeste, nosso colegas nas comunidades que estão tudo (sic) aí entregues às baratas, sofrendo e tal”, reforça Garotinho.
Comentar
Compartilhe
Distância dos desocupados
17/12/2016 | 18h01
  images (4) A Catedral do Santíssimo Salvador, já há algum tempo, cercou com grades a entrada. Dessa forma, impediu que as portas do templo servissem de abrigo noturno para mendigos e desocupados. A Academia Campista de Letras (ACL), com sede no Jardim São Benedito, gostou da ideia. E gradeou a entrada.
Comentar
Compartilhe
Sem revanchismo
16/12/2016 | 17h55
images (3)   O governo Rosinha Garotinho (PR) deve estar atento para as chuvas que estão caindo em Campos. O gosto amargo da derrota sofrida nas urnas não pode comprometer as ações que necessitam ser tomadas em defesa da população. A previsão é de mais chuvas para os próximos dias. E não só em Campos. Mas na região Sudeste, o que vai elevar em muito o nível do Rio Paraíba do Sul. A população ribeirinha já está sofrendo.
Comentar
Compartilhe
Gesto de independência
16/12/2016 | 11h17
images (2) Nem todos os vereadores do bloco governistas obedecem cegamente às orientações do "comandante". Na sessão que encontra-se suspensa na Câmara Municipal, para votar a venda de imóveis municipais para pagar o rombo na PreviCampos, Abdu Neme mostrou personalidade. Negou-se a fazer a leitura do projeto, mesmo com a insistência do presidente da Mesa-Diretora, Edson Batista. Abdu acabou deixando o posto de primeiro-secretário e a leitura foi feita pelo vereador Thiago Virgílio. Pelo seu gesto, Abdu foi parabenizado por vereadores da oposição ao governo Rosinha.
Comentar
Compartilhe
Na pressão popular, uma vantagem
16/12/2016 | 08h48
download (4)   O que poderia ser decidido ontem, ficou para hoje. A votação do projeto de lei 0101/2016, de autoria da prefeita Rosinha Garotinho (PR), ocorrerá na manhã desta sexta-feira, às 10h, na Câmara Municipal. O cenário será o mesmo. Mas com uma vantagem da oposição. É que cada adiamento da votação abre tempo para que o projeto ganhe visibilidade diante da opinião pública, sobretudo junto às redes sociais. E como a matéria contraria interesses da população, a pressão popular sobre os vereadores governistas aumenta. Hoje, portanto, eles devem ceder. Até porque não justifica que a Câmara aprove um projeto permitindo que todos os bens imóveis do município possam ser usados para pagar dívidas deixadas pelo governo Rosinha com a PreviCampos.  
Comentar
Compartilhe
Virou piada
15/12/2016 | 19h46
whatsapp-image-2016-12-15-at-17.13.16.jpeg   Já virou piada nas redes sociais o cartão de Natal que o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Jonas Lopes de Carvalho, enviou, como faz todos os fins de ano, aos funcionários da corte. Jonas foi levado anteontem pela Polícia Federal, sem direito de escolha, para depor sobre denúncias de que teria cobrado propina das empreiteiras nas obras do Maracanã e Linha 4 do Metrô. Ele nega as acusações, mas ficou quase 10 horas na superintendência da PF. Por essas e outras, virou motivo de chacota o cartão, onde ele diz que o "nosso trabalho tem contribuído para um estado melhor". Fonte: Extra, Extra - Blog de Berenice Seara
Comentar
Compartilhe
Fora do ar
15/12/2016 | 15h48
download (3) O site da prefeitura de Campos tem estado estranhamente fora do ar nos últimos dias. Quem o consulta muitas vezes está atrás dos atos do governo Rosinha Garotinho publicados no Diário Oficial, na sua edição online.  
Comentar
Compartilhe
O que está havendo com a TV Câmara?
15/12/2016 | 10h28
  download (2) O que está havendo com a TV Câmara, que faz a transmissão das sessões plenárias no Legislativo de Campos? Hoje, na abertura de uma reunião extraordinária com a pauta contendo projeto da prefeita Rosinha pelo qual todos os bens imóveis do município poderão ser usados para pagar as dívidas deixadas pelo seu governo com a PreviCampos, a TV veiculou imagens e áudio, o que é o correto. Depois, só áudio (quando foi possível ouvir na platéia gritos de Chequinho, referindo-se à Operação que investiga o uso do Cheque Cidadão na campanha eleitoral). Há instantes, só imagens, sem áudio. Neste momento, apenas um slide da TV. O grupo de oposição ao atual governo já ocupou os seus lugares. Junto de Rafael Diniz, Marcão Gomes, Fred Machado e Nildo Cardoso, estavam Gil Viana e Neném. O primeiro do grupo independente. Já Neném, até então governista. Atualização às 10h33 - Sessão iniciada, só com áudio na transmissão. Atualização às 10h36 - A TV Câmara suspende a transmissão. Atualização às 11h19 - A TV Câmara esclarece ao blog que suspendeu a transmissão porque a sessão foi suspensa.
Comentar
Compartilhe
O que está por vir
15/12/2016 | 08h49
download   Antigamente as pessoas comentavam em Campos que mangueiras cheias de frutos é sinal de muita chuva e enchente. As mangueiras neste final de ano estão carregadas, tem chovido na região e o Rio Paraíba do Sul está recebendo muita água. Segundo o Climatempo, a previsão é de chuva no município até sábado.
Comentar
Compartilhe
Clarissa volta a ser cotada para o governo Crivella
14/12/2016 | 16h36
clarissa-crivella.jpeg   A deputada Clarissa Garotinho deu a volta por cima e voltou a ficar cotada, desde que assinou a ficha de filiação ao PRB de Marcelo Crivella. Deve assumir a pasta responsável por Trabalho, Geração de Renda e Empreendedorismo. A prisão de Anthony Garotinho pela Polícia Federal tinha colocado em suspense a indicação da filha para uma secretaria. Antes, Clarissa era cotada para Assistência Social.   Fonte: Extra, Extra - blog de Berenice Seara
Comentar
Compartilhe
Garotinho diz que está sob forte ameaças
14/12/2016 | 10h00
  garotinho-mc3a3o-na-cabec3a7a   O ex-governador Anthony Garotinho utilizou o seu blog para fazer um alerta: está sob fortes ameaças. Não fala se é de morte. Mas diz que é praticamente impossível pedir segurança daqueles que denunciou, “afinal o que alguns desses denunciados querem é me tirar do mapa”. Para justificar o alerta de que corre risco de vida, Garotinho revela que há quase 10 anos vem denunciando uma quadrilha que faliu o Estado, “sob o comando de Sérgio Cabral”, em que, salienta, alguns já foram presos, “mas a maioria continua solta”. Garotinho afirma que não está preocupado com “denúncias plantadas” que possam surgir contra ele. “Estou preocupado com a minha integridade física. Não tenho medo, mas não duvido do que essa gente é capaz de fazer”.
Comentar
Compartilhe
Decoração pobre
14/12/2016 | 09h05
images (1)   Não se sabe se mais alguma coisa será feita. Mas já não era sem tempo. A decoração natalina na Praça do Santíssimo Salvador está muito pobre. O que se vê é um trenó de Papai Noel puxado por três renas e bastões de led nas palmeiras. Na história recente da cidade esta é a decoração mais sem graça. Tudo bem que os tempos estão bicudos. Mas a prefeitura poderia aproveitar o material utilizado nos anos anteriores (nas residências é assim) e ornamentar melhor a praça. É verdade que entidades ligadas ao comércio cobraram da Codemca uma decoração pronta no início de dezembro. Tudo para motivar a população às compras. Mas o governo, que se despede melancolicamente, não deu bolas para o pleito lojista.
Comentar
Compartilhe
Efeito da crise
13/12/2016 | 17h05
download (7) Em busca de um acordo com servidores da segurança pública, a Alerj adiou novamente a votação dos dois projetos mais polêmicos do pacote anticrise do governo estadual. Hoje os  deputados aprovaram aumento de impostos sobre gasolina, energia, cerveja e telecomunicações, entre outros. O aumento da contribuição previdenciária de 11% para 14% e o adiamento de reajustes dos servidores da segurança pública foram deixados para a próxima terça-feira. Fonte: Folha de S.Paulo
Comentar
Compartilhe
Quando quer, dá jeito
13/12/2016 | 07h10
download (5)   Na Câmara dos Deputados há um movimento para que seja fixado um limite de horário paras as votações. A ideia é que as sessões não passem da meia-noite. Com isto, evita-se o voto madrugada a dentro como o que desfigurou o pacote anticorrupção do MPF. No Legislativo de Campos há esse limite de horário. Tanto que, nos anos 1960, quando de uma sessão para votar o Orçamento, houve um alerta ao plenário de que a meia-noite estava se aproximando. Da tribuna, o vereador Nelson Martins ponderou que se não fosse votado logo, o Orçamento teria que ser repetido, porque a sessão não poderia invadir nem os primeiros minutos do dia seguinte. Diante do interesse dos vereadores em aprovar a matéria, houve a acolhida de uma proposta de Martins: o relógio do plenário foi atrasado em uma hora, tempo para arrematar as discussões e votar o Orçamento.  
Comentar
Compartilhe
Perdas por roubo de cargas dos Correios
12/12/2016 | 14h56
  download (4) O publicitário e pesquisador Genilson Soares está indignado com as suas perdas geradas por roubo de cargas no transporte dos Correios para Campos. Só no atual semestre foram quatro objetos. Todos de muito valor. Genilson perdeu fotos, documentos e livro raros sobre Campos. “É diferente de um eletrônico, que você pode ser ressarcido. Trabalho com pesquisa e perco material que são peças únicas”, diz ele, acrescentando: “Costumo dizer que o slogan correto seria: SEDEX, mandou, rezou!” Na remessa das correspondências, Genilson faz seguro. Mas ele diz que o dinheiro não repõe o material raro que consegue sobre o município de Campos. O que se sabe é esses roubos passam pela eliminação de malotes de documentos do Judiciário.
Comentar
Compartilhe
Delator diz que Jonas Lopes de Carvalho pediu dinheiro
12/12/2016 | 07h22
Jonas Lopes O ex-diretor de Contratos da Odebrecht Leandro Azevedo cita em acordo de delação premiada Jonas Lopes de Carvalho, o atual presidente do TCE-RJ – órgão encarregado de fiscalizar os gastos do governo do Estado do Rio. Segundo o executivo da Odebrecht, Lopes pediu dinheiro para aprovar o edital de concessão do estádio do Maracanã e o relatório de contas da linha 4 do metrô do Rio. Em um dos trechos do acordo assinado com o Ministério Público Federal, Leandro Azevedo diz que, em 2013, Wilson Carlos, então secretário de Governo de Sérgio Cabral mandou um recado à empreiteira dizendo que o edital de concessão do estádio do Maracanã já tinha sido enviado ao Tribunal de Contas do Estado e que a empresa deveria procurar o presidente do TCE, Jonas Lopes. Leandro Azevedo conta que procurou Jonas Lopes e acertou o pagamento de R$ 4 milhões em quatro parcelas de R$ 1 milhão, que seriam pagas de seis em seis meses. Ele diz que quando esteve com Jonas Lopes, o presidente do TCE já sabia qual era o valor que tinha sido acertado. O ex-diretor da Odebrecht afirma que a "contrapartida era absolutamente clara”. Em troca do pagamento, o TCE aprovaria o edital da concessão do Maracanã. A primeira parcela, segundo o executivo, foi paga em 10 de fevereiro de 2014. Mas, segundo ele, os outros pagamentos não foram feitos em razão da Operação Lava Jato, deflagrada em março daquele ano. Leandro Azevedo afirma que o valor de R$ 1 milhão foi entregue ao filho de Jonas Lopes, Jonas Lopes de Carvalho Neto, no escritório de advocacia dele, no Centro do Rio. Fonte: G1
Comentar
Compartilhe
Torcida por renúncia
11/12/2016 | 18h15
download (3) A maioria da população brasileira (63%) é favorável à renúncia do presidente Michel Temer (PMDB) ainda neste ano para que haja eleição direta, apontou a pesquisa do Datafolha. Segundo o levantamento, 27% dos entrevistados se disseram contra a saída do peemedebista para esse fim, 6% se declararam indiferentes e 3% não souberam responder. Para que a população vá às urnas e escolha um novo presidente para o mandato-tampão, seria necessário que Temer deixasse o cargo até 31 de dezembro. Segundo o artigo 81 da Constituição Federal, um novo pleito direto deve ser convocado em 90 dias se os cargos de presidente e vice-presidente ficarem sem titulares. Do contrário, a eleição é indireta. "Ocorrendo a vacância nos últimos dois anos do período presidencial, a eleição para ambos os cargos será feita 30 dias depois da última vaga, pelo Congresso Nacional", determina o texto constitucional. Fonte: Folha de S. Paulo
Comentar
Compartilhe
Garotinho não disse
10/12/2016 | 17h35
veja_2508 A revista Veja traz em sua edição desta semana detalhes da delação de executivos da Odebrecht, que relataram à Procuradoria Geral da República (PGR) o pagamento de propina a muitos políticos do país. Incluído na relação dos que receberam propina da Odebrecht, Anthony Garotinho usou o seu blog para se defender, ele que, segundo a Veja, reclamava pessoalmente quando havia atraso no repasse da grana. Garotinho provocou o delator a provar em que banco e qual o número da conta que ele teria feito os tais depósitos. No caso, pelo que expôs, o dinheiro só poderia entrar via banco e não informalmente, como é comum nesses casos - o chamado dinheiro vivo. De quebra, Garotinho, para se defender, ainda teve fôlego para alfinetar um desafeto. Palavras dele: “Querer me comparar a Sérgio Cabral ou outros políticos que usam o governo para enriquecimento pessoal não é justo, nem muito menos verdadeiro”. O que Garotinho não disse, contrariando uma linha de argumentos que sempre usa, quando o assunto é dinheiro ou o patrimônio que acumula, é que só possui uma casinha na Lapa, fruto de herança.
Comentar
Compartilhe
Fora do ar
10/12/2016 | 10h22
download (2)   O programa “Entrevista Coletiva” apresentado aos sábados, entre 9h e 12h, na Diário FM, já não vai ao ar — coincidentemente desde a prisão do ex-governador Anthony Garotinho, que tinha cadeira cativa ali, sempre concedendo longas entrevistas. A prefeita Rosinha não tinha o protagonismo de Garotinho, mas também ocupava com frequência o “Entrevista Coletiva”. Por sinal, programas que exibiam os dois como centro das atenções, agregando aliados políticos do casal, foram retirados da grade da Diário FM.
Comentar
Compartilhe
Sérgio Cabral será transferido para Curitiba
10/12/2016 | 06h42
download (1) O ex-governador Sérgio Cabral será transferido do Complexo de Gericinó, na zona oeste do Rio, para Curitiba A ordem é do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, e já foi recebida pelos agentes da Polícia Federal. Cabral está preso desde o dia 17 de novembro. Ele vai dividir a cela com outros três presos na unidade da Polícia Federal da capital paranaense. A prisão do ex-governador é parte da Operação Calicute, da Polícia Federal e do Ministério Público Federal. As investigações apuram desvios em obras do governo estadual, com prejuízo que passa dos R$ 220 milhões. Além de Cabral, outras dez pessoas foram presas, entre elas, a advogada Adriana Ancelmo, mulher dele. Fonte: Extra
Comentar
Compartilhe
Fred Machado homenageado
09/12/2016 | 16h31
sessao especial drogas_4510 Fred Machado   O vereador Fred Machado (PPS) foi alvo de homenagens na Câmara Municipal por estar aniversariando. Eleito prefeito, Rafael Diniz usou a tribuna e enalteceu o caráter do seu colega de partido. Rafael lembrou episódio ocorrido lá atrás, quando estava só com 3% nas pesquisas para a sucessão de Rosinha Garotinho. Fred o procurou para entrar no PPS, dizendo que venceriam as eleições juntos. “É no momento de dificuldade que se vê quem acredita na gente”, disse Rafael. Na sessão plenária, Marcão Gomes (Rede) também fez uma homenagem. Falou do seu orgulho em dividir a bancada de oposição com o aniversariante. “Posso dizer que Fred orgulha a todos nós. Ele é muito empenhado na defesa dos interesses do nosso povo”.
Comentar
Compartilhe
Sem o terno de posse
09/12/2016 | 07h02
images   As eleições em Campos ocorreram no dia 2 de outubro. Mas os resultados para uma boa parte dos vereadores eleitos ainda estão pendentes. O prazo para a diplomação está se aproximando. A data definida pela Justiça Eleitoral é a do dia 19, com a posse programada para 1º de janeiro. O julgamento das Ações de Investigação Judicial Eleitoral (Aijes) de 11 vereadores eleitos, que são réus nas ações da troca de Cheque Cidadão por votos, já foi concluído. Há uma expectativa agora pela sentença, com a torcida para que saia antes da diplomação. Por ora, o quadro de como ficará o tabuleiro dos vereadores eleitos está turvo. Até porque há dúvida se em caso de condenação os votos serão anulados ou se ficarão para a coligação. Daí que tem vereador eleito que ainda não fez o terno para a posse.
Comentar
Compartilhe
Uber discutido na Câmara Municipal
08/12/2016 | 18h22
download (1) Durante audiência pública para debater o uso de carros particulares cadastrados em aplicativos para o transporte de pessoas em Campos, através de aplicativos como Uber, realizada hoje, na Câmara de Vereadores, o presidente da Mesa-Diretora, Edson Batista (PTB), afirmou que o projeto de lei que proíbe este serviço, de autoria de José Carlos Monteiro (PSDC), será colocado na pauta da próxima semana. Na audiência, o representante da Associação dos Taxistas de Campos, Eduardo Augusto da Costa, disse que a classe está muito preocupada com a possibilidade do Uber se estabilizar em Campos. “Estamos vivendo uma crise financeira e este aplicativo fazendo nosso serviço, só vai atrapalhar a nossa classe. Tudo que é controverso e não é legalizado não pode continuar”, revelou Eduardo. A audiência não contou com a presença de representantes do Uber.   Fonte: Ascom/Câmara
Comentar
Compartilhe
Abuso de poder
08/12/2016 | 08h01
gelsimar-gonzaga-itaocara O prefeito de Itaocara, Gelsimar Gonzaga, o único do PSOL no estado do Rio, foi condenado por abuso de poder econômico e político e está inelegível por oito anos. A 106ª Promotoria Eleitoral também condenou o secretário municipal de Agricultura, Rildo Correa Arruda. Os dois são acusados de autorizar o uso de máquinas, caminhões e servidores da prefeitura para fazer melhorias em propriedades rurais particulares, em junho e julho deste ano. O objetivo, segundo o Ministério Público (PMP) estadual, era "angariar votos em propriedades de prováveis eleitores". Fonte: Extra - Blog de Berenice Seara
Comentar
Compartilhe
Tal e qual
07/12/2016 | 18h59
adriana-cabral Adriana Ancelmo deixou para trás as joias caras e roupas de marca que marcaram sua vida como primeira-dama do Estado do Rio de Janeiro. Presa no presídio Joaquim Ferreira, acusada de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa pela força-tarefa da Lava-Jato no Rio, ela foi obrigada a adotar o uniforme padrão das detentas da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), um conjunto verde muito parecido ao usado pelo marido, o ex-governador Sérgio Cabral. Nas imagens, Adriana aparece de cara lavada, com os cabelos presos para trás. Fonte: Extra  
Comentar
Compartilhe
Autoelogios no “Página Aberta”
07/12/2016 | 06h35
download (2)   Até pelo seu caráter didático, a Educativa FM, emissora do Uniflu (Centro Universitário Fluminense), poderia mudar a introdução do “Página Aberta”, programa veiculado pela manhã, com a leitura de jornais de Campos e do Rio. O “Página Aberta” rasga autoelogios. Exalta sua imparcialidade, seu compromisso com a verdade, seu jornalismo com credibilidade. Melhor seria que tal avaliação partisse dos ouvintes.
Comentar
Compartilhe
Câmara convoca concursados em 48h
06/12/2016 | 17h50
Edson   O presidente da Câmara Municipal de Campos, Edson Batista (PTB), anunciou agora há pouco, na abertura da sessão plenária, que a Mesa-Diretora estará convocando em 48 horas os concursados aprovados em 2012. Edson revelou que o afastamento do pessoal contratado, que ocorreu recentemente, é que permitirá ter recurso financeiro para a convocação dos concursados, o que vai gerar um custo da folha de pagamento da ordem de R$ 140 mil mensais. O blog do jornalista  Arnaldo Neto registra o assunto.
Comentar
Compartilhe
Desagravo ao juiz Glaucenir de Oliveira
06/12/2016 | 12h04
download (1)   A Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj) realiza hoje, às 14h, no Fórum de Campos, um ato de desagravo em favor do juiz Glaucenir Silva de Oliveira, que vem sendo alvo de acusações feitas pelo ex-governador Anthony Garotinho, após ter decretado a sua prisão preventiva. Segundo a Amaerj, desde então, “acusações sem fundamento sobre o juiz, com insinuações de suspeição”, foram destacadas por Garotinho em blogs e redes sociais com o objetivo de denegrir sua imagem. A Ameerj considera que o magistrado exerceu sua função de acordo com a lei, “em atuação isenta e firme”.
Comentar
Compartilhe
Desvia o foco
05/12/2016 | 22h14
[caption id="attachment_1242" align="aligncenter" width="300"]Foto Campos 24 horas Foto Campos 24 horas[/caption]   Na entrevista dada à Folha de S. Paulo, o ex-governador Anthony Garotinho revelou que entrou com representações contra os responsáveis por sua detenção. O que chama a atenção no que disse Garotinho é que ele procura desviar o foco de que foi preso pela PF como um dos investigados na Operação Chequinho, que apura o uso do Cheque Cidadão na campanha eleitoral. Para fugir do varejo do trabalho que fez para vencer a eleição em Campos, Garotinho deu um toque de notoriedade à sua prisão. Disse que ela não tem nada a ver com Cheque Cidadão. “Foi o pretexto”, frisou.
Comentar
Compartilhe
Sem cargo
05/12/2016 | 15h19
Sérgio-Mendes   Presidente do PPS de Campos, Sérgio Mendes tem sido questionado por muita gente sobre a sua participação no governo de Rafael Diniz. O ex-prefeito informa que não ocupará nenhum cargo. Quando dá essa resposta, admite Sérgio, as pessoas ficam surpresas. Pela rede social, Sérgio abordou o assunto. Diz que Rafael Diniz e sua equipe representam um novo tempo, uma nova forma de fazer política, com P maiúsculo. “Para mim é o bastante. Estou plenamente representado por essa nova geração”.
Comentar
Compartilhe
Enxugamento de despesas
05/12/2016 | 07h09
download   O Banco do Brasil já está implementando em Campos um plano de enxugamento de despesas, que vai além do fechamento de agência na área da Pelinca: limita horários e os dias de funcionamento das salas de autoatendimento. Na agência da 13 de Maio, por exemplo, os terminais que ficam no térreo, para que os clientes façam o autoatendimento, só estão disponíveis das 9 às 18h — antes o setor abria às 8h. E ficará fechado aos sábados, domingos e feriados.
Comentar
Compartilhe
Garotinho diz que não é homem-bomba; Rosinha diz que sim
04/12/2016 | 08h56
download (3) Em entrevista à Folha de S. Paulo, publicada ontem, o ex-governador Anthony Garotinho, que permanece no Rio, ao lado de Rosinha, em um apartamento do casal, no Flamengo, revelou que é um exagero ser chamado de “homem-bomba”, rótulo que ele mesmo se deu durante o programa “Conexão Repórter”, no SBT, por, segundo disse, “poder derrubar muita gente poderosa”. Ao lado de Garotinho, junto à repórter da Folha, Catia Seabra, Rosinha o interrompeu: "Eu que falei isso. Ele é homem-bomba, sim. E a Justiça deveria protegê-lo".
Comentar
Compartilhe
Mudou de lado
03/12/2016 | 07h20
download (2) O vereador Miguel Ribeiro Machado, o Miguelito (PSL), da base aliada da prefeita Rosinha Garotinho (PR), sempre sentou-se, no plenário da Câmara Municipal, entre os colegas governistas. Mas, na sessão de quarta-feira, mudou de lado. Ficou em uma fileira de cadeiras perto de Rafael Diniz (PPS), o prefeito eleito.
Comentar
Compartilhe
Operação em Campos
02/12/2016 | 16h36
images   O Conselho Regional de Educação Física deflagrou operação para coibir o exercício ilegal da profissão e averiguar irregularidades na região Norte-Noroeste do RJ. Das 11 incursões, fiscais flagraram um leigo ministrando aula de Jump em uma academia de Quissamã, que foi encaminhado à delegacia e irá responder junto ao Ministério Público por atuar ilegalmente na área, segundo o art. 47 da Lei de Contravenções Penais. Em Campos, foi encontrada uma sala desprovida de profissional, um estabelecimento sem registro e dois sem nomeação de responsável técnico, além de um profissional fora da área de habilitação.
Comentar
Compartilhe
Sangue nos olhos
02/12/2016 | 06h43
download (1)   A eleição em Campos terminou no dia 2 de outubro, uma vez que as urnas bateram um resultado definidor já no 1º turno. Mas o grupo derrotado não dá trégua. No âmbito da Câmara Municipal, onde tem a maioria, age para engessar a administração de Rafael Diniz (PPS), o prefeito eleito. Líder da oposição ao governo Rosinha na Câmara, Nildo Cardoso (DEM) usa a expressão “sangue nos olhos” para definir o comportamento dos vereadores liderados pela prefeita quando têm que votar matérias de interesse do próximo governo. Uma delas é emblemática, na avaliação de Nildo, quanto à intenção de dificultar o governo de Rafael. É a emenda modificativa ao Orçamento de 2017, que reduz para 15% o valor da suplementação, depois que Rosinha usou 50% nos seus dois mandatos.
Comentar
Compartilhe
Na presidência do TCE, sai Jonas Lopes e entra Aloysio Neves
01/12/2016 | 18h04
[caption id="attachment_1217" align="aligncenter" width="238"]Jonas Lopes Jonas Lopes[/caption]   O plenário do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) elegeu hoje, por unanimidade, o conselheiro Aloysio Neves para a presidência da Corte de Contas no biênio 2017/2018. Também foram escolhidos o vice-presidente e o corregedor-geral do TCE-RJ, respectivamente, Domingos Brazão e Marianna Montebello Willeman. O presidente Jonas Lopes de Carvalho Júnior chega ao final de seu terceiro mandato. A sessão solene de posse foi marcada para o dia 10 de janeiro, às 11h, no auditório do Tribunal.
Comentar
Compartilhe
Clarissa Garotinho e o seu voto a favor do crime de abuso de autoridade
01/12/2016 | 07h18
  images   A deputada Clarissa Garotinho (sem partido) fez, pela rede social, uma justificativa do seu voto a favor da previsão de tornar crime o abuso de autoridade de juízes, promotores e procuradores. Ela ressalta que a Lava Jato é conduzida pelo juiz Sérgio Moro e por procuradores “que ganharam nossa admiração e respeito pelo trabalho que estão fazendo, mas nem todos os juízes e procuradores são como eles”. Clarissa admite que a maioria de juízes realiza com muita correção os seus trabalhos mas, como em qualquer categoria, nem todos. “Atualmente, a pena máxima para juízes que cometerem abuso de autoridade é a aposentadoria integral. Isso é punição para alguém?” Clarissa disse mais: — Com a medida, estamos modernizando uma legislação de 1965, do tempo da ditadura, e dando sequência a um debate que acontece há muito tempo, desde 2009. Se queremos lutar contra a corrupção, não podemos proteger nenhuma categoria. A emenda do PDT não tem nenhum objetivo de atrapalhar investigação alguma, muito menos a Operação Lava Jato, que está passando o Brasil a limpo. Essa é a verdade!"
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Saulo Pessanha

[email protected]