A visão de um publicitário sobre caixas de som em portas de lojas
31/01/2018 | 17h03
A propósito da proliferação de caixas de som em portas de lojas em Campos, contrariando o Código Municipal de Postura, o publicitário Gustavo Oviedo fez uma postagem sobre o assunto no blog Opiniões, do jornalista Aluysio Abreu Barbosa, hospedado aqui na Folha1.
Oviedo diz que não deve existir um tipo de violência mais dissimulada do que obrigar o próximo a ouvir aquilo que não quer. “Trata-se de prepotência fantasiada de falso entusiasmo musical”. Também advogado, Oviedo duvida da eficiência dos aparelhos de som como instrumento de marketing. “Eu, ao menos, costumo fugir de loja que tenha som na porta”, diz.
Sobre o assunto, a Superintendência Municipal Postura, em nota, informa que atua diariamente com fiscais no centro para coibir práticas contrárias ao que determina a legislação.
Comentar
Compartilhe
Lula e Garotinho - tal e qual
31/01/2018 | 09h10
Lula e Garotinho têm pontos comuns. Os dois militam há anos na política e exerceram diferentes mandatos. Poderiam, portanto, apenas pelos salários, e outros benefícios proporcionados pelos cargos de um e do outro, terem patrimônio razoável.
O ex-presidente Lula, segundo o instituto que leva o seu nome, entrou e saiu do governo com o mesmo patrimônio imobiliário que tinha antes de ser presidente da República. Enquanto Lula desafia que provem que o sítio de Atibaia e o tríplex em Guarujá é dele, Garotinho assegura que só possui a “casinha da Lapa”, fruto, segundo o ex-governador, de uma herança familiar.
Garotinho já divulgou carta pública assegurando que leva uma vida limpa e honrada e este é o seu patrimônio. “Desafio qualquer um a provar o contrário! Minha vida política e pessoal já foi revirada dezenas de vezes e nada foi achado”.
Comentar
Compartilhe
Perdeu o sono
30/01/2018 | 06h41
O ex-presidente da Câmara Municipal de Campos, Nelson Nahim (PSD), suplente de deputado federal, estando na espera da posse de Cristiane Brasil no comando do Ministério do Trabalho para assumir a vaga dela na Câmara dos Deputados, certamente perdeu o sono esta noite.
O vídeo que circula nas redes sociais, gravado em um barco, em que Cristiane diz jurar que não achava que "tinha nada para dever" aos dois ex-motoristas que a processaram na Justiça Trabalhista, deve ser a gota d´água para que seja, de vez, defenestrada da equipe do Michel Temer — não por vontade do presidente, mas por decisão da Justiça.. 
Comentar
Compartilhe
Memória de Campos
29/01/2018 | 19h58
Mercado Municipal
Comentar
Compartilhe
Uso do próprio nome
29/01/2018 | 16h50
Anos 50. O médico e jornalista Barbosa Guerra decide ser galã de novela, atuando ao lado de Prisco de Almeida, José Honório de Almeida e Bueno Braga.
Quando de sua estréia, o próprio diretor da Rádio Cultura, Mário Ferraz Sampaio, preocupado naturalmente com a sua posição social, já que não é comum um médico fazer novela, pergunta:
— Qual o pseudônimo que você vai adotar, doutor Guerra, para que eu possa anunciar?
A resposta de Barbosa Guerra:
— Pseudônimo, coisa nenhuma! Eu quero ficar famoso utilizando o meu próprio nome...
 
Comentar
Compartilhe
Predadores do patrimônio público
29/01/2018 | 07h44
O grande predador de praças públicas de Campos é o próprio frequentador. Nem o Jardim São Benedito, com a sua quadra para vôlei e a prática de outros esportes, escapa. Recentemente, vândalos, porque não podem ser chamados de atletas, rasgaram telas de arame que protegem o espaço e quebraram parte da grade que cerca o jardim.
O rasgo nas telas e na grade, pelo lado da Rua do Príncipe, ocorre simplesmente para que os “atletas” possam ganhar a rua mais rapidamente, sem precisar andar um pouco para sair pelo portão de acesso. Um absurdo.
Comentar
Compartilhe
Vai sendo deixado de lado
28/01/2018 | 18h03
O telefone fixo vai escasseando nas residências de Campos. Aliás, tal escassez avança de uma maneira geral. O celular ocupou o lugar. O fixo demanda um gasto quase que desnecessário. E a crise não permite desperdício de dinheiro.
As ligações hoje, em sua grande maioria, são via celular ou WhatsApp. Há quem ainda mantém a linha fixa por causa da internet. É que nem todas as operadoras disponibilizam o serviço sem o fixo.
A propósito, a operadora Oi tem atualmente 9,3 milhões de linhas fixas. Entre 2012 e 2017, o número de telefones fixos da empresa caiu 33%.
Comentar
Compartilhe
Memória de Campos
27/01/2018 | 19h17
Praça do Santíssimo Salvador - anos 60.
Comentar
Compartilhe
Arrecadação sobe e alivia Pezão
26/01/2018 | 18h36
O governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) tem divulgado a interlocutores que houve incremento de 9% na arrecadação de ICMS em janeiro de 2018, na comparação com o mesmo mês do ano passado.
 
A subida representa R$ 250 milhões a mais para os cofres públicos. Pezão credita a recuperação econômica à normalização do pagamento de salários dos funcionários públicos.
 
Fonte: Veja (Radar on-line)
Comentar
Compartilhe
Memória de Campos
26/01/2018 | 15h18
Av. 15 de Novembro - enchente de 1944.
Comentar
Compartilhe
Pretensões de Garotinho e de Pudim
26/01/2018 | 07h47
Anthony Garotinho e Geraldo Pudim, antigos aliados, hoje desafetos, têm pretensões elevadas nas eleições de outubro. O primeiro quer voltar a ser governador, enquanto Pudim pensa em retomar um mandato na Câmara dos Deputados. A empreitada para ambos não é fácil.
Até porque Garotinho e Pudim foram muito mal nas últimas eleições. O primeiro ficou fora do segundo turno na disputa de 2014, quando fez uma tentativa para retomar a cadeira no Palácio Guanabara. Até nas urnas de Campos não se houve bem.
Quanto a Pudim, foi sofrível a sua participação na eleição de prefeito, no ano passado. Não obteve um quantitativo de votos sequer para se eleger vereador, mesmo contando com o apoio eleitoral do ex-prefeito Arnaldo Vianna ao longo da campanha.
O curioso, sobre a pretensão de Pudim, é que, em tese, a tarefa de se eleger deputado federal é muito mais árdua do que a busca de um mandato na Assembléia Legislativa. No caso, Pudim teria que estar bem cacifado para se envolver em uma empreitada mais difícil.
Já o projeto de Garotinho, ele que está sem partido, e com pendências jurídicas, ocorre porque se coloca como um franco atirador. Vai se lançar candidato a governador, mas estará mesmo de olho nas eleições para a Câmara dos Deputados, em que o filho, Wladimir, precisa vencer. E muito bem.
Garotinho apostará suas fichas em uma “bela vitória” de Wladimir porque quer fazer dele prefeito de Campos, em 2020. E considera que o primeiro passo é suplantar, em muito, os votos que o candidato de Rafael Diniz receberá para deputado federal.
No tabuleiro de Rafael, o nome do seu assessor especial, César Tinoco, é dado como pule 10 para receber o seu apoio na eleição para a Câmara dos Deputados.
Comentar
Compartilhe
Prefeitura faz esclarecimento sobre poluição sonora causada por lojistas
25/01/2018 | 16h00
Caro Saulo Pessanha
Em esclarecimento às notas publicadas em sua coluna publicada no jornal Folha da Manhã, na edição do dia 24 de janeiro, e em seu blog hospedado no site Folha 1, a Superintendência Municipal de Postura informa que atua diariamente com seus fiscais no Centro de Campos, para coibir práticas contrárias ao que determina a legislação sob vários aspectos da organização pública que compete à fiscalização da Superintendência.
A direção do órgão ressalta que não há omissão por parte de seus agentes na fiscalização, por exemplo, quanto à poluição sonora provocada por alguns comerciantes que eventualmente infringem o que prevê a lei municipal 7921/2007 e o Decreto 258/2010.
Esclarece ainda que a legislação autoriza ao estabelecimento uso de som ambiente e em caso de desacordo com a norma, que cause incômodo a outros lojistas e transeuntes, é emitida notificação para que a irregularidade seja cessada no ato e o comerciante se adeque a legislação.
Comentar
Compartilhe
Não precisa de dinheiro
25/01/2018 | 06h42
A prefeitura de Campos vai mal de finanças. Todo mundo sabe. Mas a população pode ser protegida em coisas simples, que não envolve gastos financeiros. É só uso de mão de obra de quem já recebe do poder público municipal.
O alerta já foi dado aqui. Mas a prefeitura não age. Daí que, no centro da cidade, evolui a moda de lojistas colocarem aparelhagem de som na porta para propagar o que vendem. Um varejo sem igual.
A tarefa para coibir tal prática cabe à Superintendência Municipal de Postura. Mas o órgão tem feito vista grossa. O abuso envolve ramos de ótica, farmácia, confecção.
O detalhe é que uma das atribuições da Superintendência de Postura é fiscalizar e cobrar tipos de publicidades. E propaganda própria é o que fazem as lojas com o som.
A propósito, o Código de Postura, no artigo 162, estabelece que a propaganda falada em lugares públicos, por meio de megafones ou amplificadores de voz, só será admitida mediante autorização prévia da prefeitura.
Pela omissão da Postura, pergunta-se: a prefeitura autoriza a barulheira?
ATUALIZAÇÃO ÁS 15h50 - Caro, Saulo Pessanha
 Em esclarecimento às notas publicadas em sua coluna publicada no jornal Folha da Manhã, na edição do dia 24 de janeiro, e em seu blog hospedado no site Folha 1, a Superintendência Municipal de Postura informa que atua diariamente com seus fiscais no Centro de Campos, para coibir práticas contrárias ao que determina a legislação sob vários aspectos da organização pública que compete à fiscalização da Superintendência.
 A direção do órgão ressalta que não há omissão por parte de seus agentes na fiscalização, por exemplo, quanto à poluição sonora provocada por alguns comerciantes que eventualmente infringem o que prevê a lei municipal 7921/2007 e o Decreto 258/2010.
 Esclarece ainda que a legislação autoriza ao estabelecimento uso de som ambiente e em caso de desacordo com a norma, que cause incômodo a outros lojistas e transeuntes, é emitida notificação para que a irregularidade seja cessada no ato e o comerciante se adeque a legislação.
Comentar
Compartilhe
Não é fato novo
24/01/2018 | 07h42
A falta de luz em Atafona e Grussaí, ocorrida de sexta-feira para sábado, não é fato novo. Sempre nas temporadas de veraneio, quando aumenta o consumo nas duas praias, a energia sofre piques — com mais, ou menos horas de interrupção.
A responsabilidade é única da Enel, que sucedeu a Ampla. E qual é a versão da concessionária? Houve falha numa linha de transmissão. Mas o consumidor paga a conta do prejuízo?
É certo que a interrupção do fim de semana gerou dano material para muita gente. Mas a Enel, se não for cobrada, inclusive judicialmente, ficará na dela.
Comentar
Compartilhe
Memória social
23/01/2018 | 10h14
Em 1971, então repórter de A Notícia, entrevistei o cantor campista José Barbosa. O maior sucesso dele foi o hino do Goytacaz, cuja letra é de sua autoria.Também fez jingles, como o de abertura do programa do saudoso radialista Olavo Cardoso. A partir dos anos 80, José Barbosa virou José Guilherme para que o seu nome não fosse confundido com o do político José Barbosa — uma ideia do deputado federal e patrão do cantor Alair Ferreira, que foi dono de emissoras de rádio e da TV Norte Fluminense.
Comentar
Compartilhe
Contagem regressiva
22/01/2018 | 10h59
Alô, prefeitura! Falta pouco para que o sinal na esquina da Ouvidor com Saldanha Marinho seja todo encoberto por ervas de passarinho que estão tomando conta de árvores centenárias do Jardim São Benedito.
Atualização: A secretaria municipal de Desenvolvimento Ambiental informa que na tarde desta segunda-feira (22) foi realizada a poda da árvore na calçada do Jardim São Benedito, no cruzamento das Ruas Marechal Floriano (Ouvidor) e Saldanha Marinho. O trabalho realizado em parceria com o Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) foi acompanhado pelo vice-presidente do instituto, Acyr Bueno. Outras intervenções estão programadas para esta semana.
 
Informações e solicitações de poda podem ser feitas através do telefone (22) 981689588, no Setor de Arborização. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
Comentar
Compartilhe
Ministra Cármen Lúcia suspende posse de Cristiane Brasil
22/01/2018 | 05h50
A presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Cármen Lúcia, suspendeu a posse marcada para esta segunda-feira (22) da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o comando do Ministério do Trabalho.Em despacho na madrugada, durante o plantão judiciário, ela acolheu "parcialmente" reclamação apresentada pelo Movimento dos Advogados Trabalhistas Independentes (Mati).
O pedido era para derrubar decisão do vice-presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), Humberto Martins, que suspendeu os efeitos de liminar concedida pelo juiz Leonardo da Costa Couceiro, da 4ª Vara Federal de Niterói, que impedia a posse.
A equipe do presidente Michel Temer avalia agora se irá recorrer da decisão da ministra ou se pedirá ao PTB que indique um novo nome para o cargo.
A posse de Cristiane Brasil seria para poucas pessoas, na sala de audiências, local onde não é permitida a entrada da imprensa, de forma atípica.
(Fonte: Folha de S.Paulo).
Comentar
Compartilhe
Mania do campista
21/01/2018 | 08h06
Da série “Mania do Campista”: dizer que está com gastura quando alguma coisa o incomoda.
Comentar
Compartilhe
Posse de Cristiane Brasil vai ser logo, para evitar suspensão
20/01/2018 | 16h34
O vice-presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Humberto Martins suspendeu neste sábado (20) a liminar que impedia a posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o comando do Ministério do Trabalho. A cerimônia foi marcada para segunda-feira (22), às 9h, no Palácio do Planalto. Ela será realizada pela manhã para evitar que uma nova decisão suspenda a posse. A informação é da Folha de S.Paulo. Com a ida de Cristiane Brasil para o governo Temer, Nelson Nahim assumirá a cadeira dela na Câmara dos Deputados.
Comentar
Compartilhe
Mais traições
20/01/2018 | 10h02
O médico Alexandre Campello traiu Júlio Brant e se elegeu presidente do Vasco. Agora é torcer para que faça mais traição. A bola da vez é o nefasto Eurico Miranda, que está se vangloriando de ter lhe dado o mandato. 
Comentar
Compartilhe
Farmácias não vivem crise
20/01/2018 | 06h06
A Droga Raia, rede de farmácias, com sede em São Paulo, abrirá, na Rua Rocha Leão, a sua quinta filial em Campos. A primeira delas na cidade surgiu há três anos. A propósito, o faturamento do setor de farmácia do país cresceu 8,8% no acumulado de janeiro a novembro de 2017. É um segmento sem crise.
Comentar
Compartilhe
Memória de Campos
19/01/2018 | 16h15
Praça Prudente de Moraes
Comentar
Compartilhe
Duplicação da BR 101 avança, mas falta o contorno de Campos
19/01/2018 | 10h47
A obra na BR 101, de duplicação da pista, avançou. Mas a classe empresarial critica a Autopista Fluminense pelo fato de o contorno de Campos não ter saído do papel. No ano passado, ficou acertado que o contorno seria na altura do Km 51 e não mais no Km 45 da rodovia
Fernando Aguiar, presidente da Firjan-NF, admite que a modificação travou tudo. “Nada foi autorizado, nada foi licenciado, e isso correspondia a menos de 20% do trecho”.
Comentar
Compartilhe
O prejuízo é maior para Nelson Nahim
19/01/2018 | 07h14
O juiz federal Vladimir Vitovsky negou mais um recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) para derrubar a liminar que impede a posse da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho. Pode parecer estranho, mais a decisão traz mais prejuízo ao suplente Nelson Nahim (PSD).
È que caso não possa assumir o Ministério do Trabalho, Cristiane continuará a exercer o seu mandato em Brasília. Já Nahim perderia a chance de ganhar uma cadeira na Câmara dos Deputados, o que, afora o aspecto político, haveria a importância pessoal em tal conquista, segundo palavras dele próprio.
Nahim procura, inclusive, resolver pendências na Justiça que possam inviabilizar a sua posse, caso Cristiane Brasil resolva as delas e se torne ministra. O ex-vereador não quer ser surpreendido com a hipótese de ganhar e não levar o mandato.
Comentar
Compartilhe
Falta estilo
18/01/2018 | 18h15
A jornalista Natuza Nery, que tem comandado o “Jornal das 10”, da GloboNews, precisa ter estilo próprio. Ela usa até expressões de Renata Lo Prete, a antecessora no horário, hoje âncora no "Jornal da Globo".
Comentar
Compartilhe
Tal e qual
18/01/2018 | 15h17
Eurico Miranda esperneia para deixar a presidência do Vasco. Pelo mimimi, lembra um político local após o revés nas urnas em 2016.
Comentar
Compartilhe
Fechou as portas
17/01/2018 | 22h48
A Eletrocenter Móveis e Eletrodomésticos, localizada na Rua 13 de Maio, fechou as portas. Mas a filial na rua Teotônio Ferreira de Araújo (antiga Barão de Cotegipe) continua a pleno vapor.
Comentar
Compartilhe
Entidades de classe vão discutir com Rafael taxa de iluminação pública
17/01/2018 | 17h38
Presidentes de entidades representativas de classe de Campos terão nesta sexta-feira, às 18hs, na prefeitura, uma reunião com Rafael Diniz, quando estará em pauta o polêmico aumento da contribuição da iluminação pública, cobrada simultaneamente, no mesmo boleto, com o consumo individualizado pela concessionária ENEL. Hoje, representantes de segmentos produtivos discutiram o assunto.
Houve um consenso de que o reajuste está fora dos parâmetros e que foi mal recebido não só pelos empresários, mas pela população em geral.
- É lógico que qualquer reajuste não é bem recebido. Mas alguns são compreensíveis e queremos compreender esse aumento tão robusto da iluminação pública. Nosso objetivo é mostrar ao prefeito o grande descontentamento de todos com esse aumento e se possível ajudá-lo a encontrar uma solução para esse problema- disse o presidente da CDL, Joilson Barcelos.
Comentar
Compartilhe
Afeta a imagem
17/01/2018 | 15h19
O trecho entre Guaxindiba-Buena está péssimo. Buracos na estrada (muitos) deixam mal a imagem da prefeita Francimara Barbosa Lemos.
Comentar
Compartilhe
Bispo chama a atenção para voto nas mulheres
17/01/2018 | 06h46
Ao final da missa solene que celebrou em Santo Amaro, o bispo da Diocese de Campos, Dom Ferreria Paz, falou da necessidade dos eleitores estarem focados para uma “boa escolha” nas eleições de outubro.
Por sinal, Dom Ferreria chamou a atenção para o fato de que haverá mulheres disputando as eleições e que é importante o aumento da representação feminina no Executivo e nas casas legislativas.
Comentar
Compartilhe
No caminho da Folha da Manhã, o Bar Doce Bar
16/01/2018 | 07h07
Minha história com a Folha da Manhã é antiga. Não tem os 40 anos de idade do jornal. Mas está perto disso. Imagino que alcance 38 anos — leia-se do ponto de partida, ou seja, de quando a Folha surgiu aos dias atuais. Sim, porque não fui do grupo pioneiro na redação. Vim depois. No início de 1978, quando a Folha foi às bancas, eu concentrava forças para tão somente tocar o Bar Doce Bar, então no auge da noite de Campos.
O Doce Bar (que montei com o amigo José Carlos Azevedo) tinha uma clientela refinada. Era frequentado por boêmios, universitários, intelectuais, jornalistas. Muitos. Abria por volta das 19h e tocava, quase sempre, até o surgir do sol. E eu virava a noite junto. Bebia com a clientela, trabalhando sobretudo a parte musical — de muita música popular brasileira, indo de Cartola a Mário Reis, passando por Caetano Veloso, Chico, Edu Lobo, Paulinho da Viola, Gonzaguinha. Eu cuidava da música porque o bar tinha a parte de atendimento ao público entregue a Edmur, uma figura extremamente querida e competente, que, por sinal, era um compositor de mão cheia. Foi campeão de alguns carnavais em Campos, fazendo samba enredo.
Ainda houve uma época que conciliava o comando do Bar Doce Bar com o trabalho em A Notícia. Mas ficou puxado. Daí que dei um tempo na profissão de jornalista. Virei dono de bar. Mas não por muito tempo. Em 1980, já casado, e sem estar atrelado ao comando do Bar Doce Bar, atendi a convite, já feito antes, de Aluysio Cardoso Barbosa. E ingressei na Folha. Não tinha como recusar o chamamento.
A minha relação pessoal e profissional com Aluysio era ótima. Retroagia aos fins dos anos 1960, quando, aos l9 anos, ingressei em Notícia, então propriedade de Hervé Salgado Rodrigues. Ali, na redação comandada por Aluysio, com a militância de Prata Tavares, Eduardo Augusto, Péris Ribeiro, Moacir Fonseca, José Cunha Filho, comecei a carreira de jornalista. Mas tarde, a redação ganhou Ângela Bastos, Celço Cordeiro, Sérgio Escovedo (Sergei), Elmar Martins, José Amado Henriques, Moacir Cabral, Martinho Santafé, Maurício Guilherme, Edmilson Borges, Joel Melo, Júlio Luiz Guiton, Paulo Pires, Ricardo André Vasconcelos, Ricardo Tavares (Pratinha),Francisco Alves (Chicão) e muitos outros companheiros ao longo dos anos.
Na Folha da Manhã, tive idas e vindas, por motivações diversas. O meu retorno ocorreu em 1988. Voltei para retomar o projeto “Folha Rural”, um sucesso editorial nos primeiros anos do jornal. Mas acabei na Editoria de Política porque o ano era de eleição municipal. A troca, a partir do acompanhamento das ocorrências paroquiais, possibilitou que lançasse dois livros sobre causos envolvendo políticos e afins. E muitas dessas histórias, como tantas outras que me chegam, sobre o lado cômico dos nossos representantes no Executivo e no Legislativo, vão sendo publicadas nas colunas que faço
Comentar
Compartilhe
Romaria de políticos em Santo Amaro
15/01/2018 | 08h59
O número de pré-candidatos a deputado federal e estadual em Campos é maior do que se imagina. Candidaturas mesmo só após as convenções partidárias no início de agosto. Mas um leque grande de políticos e afins já se coloca no páreo.
Muitos dos pré-candidatos querem valorizar politicamente o nome. A motivação é até de ordem financeira. Há aqueles que desistem depois do projeto eleitoral em troca de algum ($).
E como o ano é de eleição, hoje, no dia dedicado a Santo Amaro, o distrito do mesmo nome registrará uma romaria, inclusive de políticos. Quem quiser encontrar muitos deles deve visitar a Igreja matriz na missa de daqui a pouco, às 10h.
Comentar
Compartilhe
Memória social
14/01/2018 | 18h05
Na minha trajetória profissional, atuei em A Notícia, nos bons tempos do jornal, então propriedade de Hervé Salgado Rodrigues e com a redação comandada por Aluysio Cardoso Barbosa. Esta foto foi tirada em 1973, quando fazia uma matéria com o diretor comercial da extinta Telerj, Adolfo Peixoto do Vale, pessoa da maior qualidade. Bons tempos...
 
Comentar
Compartilhe
Mania do campista
14/01/2018 | 07h09
Da série “Mania do Campista”: no trânsito, só liga a seta do carro quando já está dobrando. (De Sávio Roberto).
Comentar
Compartilhe
Em busca de um amor na terceira idade
13/01/2018 | 06h59
Os classificados da Folha da Manhã trouxeram, dia desses, uma publicação interessante. É o registro de uma contadora aposentada, chamada Ieda, que pretende conhecer alguém para “um compromisso sério”.
Ieda quer se relacionar com senhores responsáveis, de grau de instrução compatível ao grau de instrução dela. Revela que pode ser um bancário ou empresário, viúvo ou divorciado, com idade entre 78 e 80 anos.
Comentar
Compartilhe
Território livre para escrever bobagens
12/01/2018 | 19h30
Do jornalista Roberto Assis, sobre as redes sociais: “O Instagram é como a antiga revista Manchete, que as pessoas só abriam para olhar fotos. Prefiro o Facebook, porque, além das fotos, é território livre para todos lerem e escreverem bobagens e até coisas importantes”.
Comentar
Compartilhe
Memória de Campos
12/01/2018 | 16h23
Terminal ferroviário da Leopoldina, conhecido como Estação do Saco - anos 50.
Comentar
Compartilhe
Na garupa de Cristiane Brasil, a incerteza de Nahim
12/01/2018 | 07h16
Nelson Nahim vive um momento de expectativa. Deve estar mesmo angustiado para ter logo a definição se assumirá ou não um mandato na Câmara dos Deputados. A incerteza é a mesma da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ). Ela quer ser ministra. E Michel Temer quer fazê-la ministra. Mas depende da Justiça.
O ganho de um mandato em Brasília é tudo que Nahim poderia desejar agora, por ene motivos. Na rede social, ele já colocou que, exercendo o mandato de deputado, vai mostrar ter sido injustiçado no episódio que ficou conhecido como “Meninas de Guarus”.
Nahim já disse que disponibilizará em cada gabinete parlamentar acesso a cópias dos documentos “da grande e absurda injustiça” que diz terem feito contra ele no processo em que foi condenado. Nahim, portanto, tem motivação pessoal e político para assumir o mandato.
O problema é que, justo pelas acusações que pesaram contra ele, Nahim, além de aguardar a definição da situação de Cristiane Brasil, ainda terá que contornar a sua própria. O Movimento Brasil Livre (MBL) protocolou ação popular para impedir a sua posse.
Comentar
Compartilhe
Bingo!
11/01/2018 | 18h22
Virou moda. Muitas famílias estão se divertindo nas praias de Grussaí e Atafona fazendo um bingo dentro de casa, em que até crianças participam.As prendas geralmente são guloseimas, tipo barras de chocolate. No final, rola até um dinheirinho.
Comentar
Compartilhe
Um presentaço do poder público
11/01/2018 | 07h21
Na reformulação implementada pelo governo Rosinha Garotinho no centro histórico, a chamada Pracinha do Chá-Chá-Chá ganhou algumas melhorias. A população lucrou. Mas melhor mesmo ficou para os proprietários de um bar instalado ali.
A praça minguou para a ampliação do espaço destinado ao bar, o que permitiu a colocação de mais mesas e toda infra-estrutura para o seu melhor funcionamento. Um presentaço do poder público para os concessionários.
O detalhe é que o jardim que cerca o bar e o que restou da praça não recebe a atenção devida — nem dos donos do estabelecimento. O mato enfeia o local.
Comentar
Compartilhe
Há quem pague
10/01/2018 | 19h59
O ingresso para uma palestra do técnico da seleção brasileira, Tite, amanhã, no Vogue Square, no Rio, vale R$ 340. Há quem pague.
Comentar
Compartilhe
Memória de Campos
10/01/2018 | 15h43
Jockey Club de Campos
Comentar
Compartilhe
Fechou as portas
10/01/2018 | 06h56
Efeito da crise. A Casa do Pão de Queijo, localizada no Boulevard Shopping, fechou. Um aviso foi colocado num tapume de plástico que faz o papel de porta.
Comentar
Compartilhe
Garotinho convoca militância
09/01/2018 | 19h17
O ex-governador Anthony Garotinho está convocando, no seu blog, a militância que o acompanha para participar de uma reunião política nesta quinta-feira. Solto por decisão do ministro do STF, Gilmar Mendes, Garotinho estará em Campos para comandar o encontro no Clube de Regatas Rio Branco. Na convocação, não houve menção sobre a pauta. Mas é previsível que a eleição deste ano estará na ordem do dia.
Comentar
Compartilhe
Memória de Campos
09/01/2018 | 15h20
Rodoviária Roberto Silveira - Anos 60.
Comentar
Compartilhe
Mania do campista
07/01/2018 | 07h07
Da série “Mania do Campista”: quando está no Rio, usa sandálias de dedo — as havaianas. Mas não faz o mesmo na área da Pelinca.
Comentar
Compartilhe
Festa de Santo Amaro é aberta hoje
06/01/2018 | 17h13
A Baixada Campista inicia neste sábado a Festa de Santo Amaro. O santo é comemorado em cinco comunidades do interior:o bairro de Donana, nos distritos de Tocos e Santo Amaro, localidade de Beira do Taí, além da localidade de Xexé, na Praia do Farol. Integrando o circuito religioso da caminhada da fé, a Capela de Santo Amaro, no bairro de Donana, iniciou o novenário de preparação para a festa, no dia 15 de janeiro.
 No distrito que leva o nome do padroeiro, a festa chega a 275ª edição. A expectativa é de que pelo menos 100 mil pessoas visitem o Santuário Diocesano de Santo Amaro, durante os 10 dias de programação.
A Igreja de Donana preparou uma programação extensa e celebração para marcar o dia do glorioso padroeiro”, afirmou Diácono Márcio Fernandes, organizados do novenário no bairro de Donana.
Comentar
Compartilhe
Memória de Campos
06/01/2018 | 06h17
Cine São José - Av. 28 de Março, no Turf Club - ano 1948
Comentar
Compartilhe
Sopro político
05/01/2018 | 07h08
Ex-presidente da Câmara Municipal, Nelson Nahim (PSD) inicia o ano de 2018 ganhando uma cadeira de deputado federal. Passa a ocupar a vaga de Cristiane Brasil (PTB), a nova ministra do Trabalho. É um presentaço, porque, além de disponibilizar um mandato em Brasília, Nahim recebe uma espécie de sopro político para continuar na vida pública.
A partir do exercício do mandato, Nahim certamente buscará a permanência na Câmara dos Deputados nas eleições de outubro. No caso, vai travar um novo embate nas urnas com parentes próximos: talvez os sobrinhos Clarissa e Wladimir Garotinho, ambos filhos do irmão Anthony — por sinal, seu desafeto.
Um embate eleitoral de Nahim com os sobrinhos é possível, sim. Os planos dos Garotinho é trabalhar pela eleição dos dois, com Wladimir caindo em campo aqui pela região, e Clarissa trabalhando o seu nome junto ao eleitorado do Grande Rio.
Comentar
Compartilhe
Caíram na internet
04/01/2018 | 18h14
Márcio de Aquino observou que na homenagem feita ao cantor e compositor Caetano Veloso, domingo, no Faustão, as três fotos exibidas no programa são do seu acervo.
As fotos foram digitalizadas por Márcio e caíram na internet porque ele as colocou no seu blog Tarati-Taraguá.
 
 
Comentar
Compartilhe
Histórias de Atafona
04/01/2018 | 15h28
José Clemente Pereira, o Monsierur Pavoné, boêmio inveterado, era um frequentador do Bar do Jorge (Garra de Ferro) Nascif, na praia de Atafona.
Ali, Pavoné passava horas, cercado por um grupo grande de amigos, que se divertiam com as suas histórias. E Pavoné sempre exagerava incidentes provocados pelo fato de ser colored. Ele contava vitórias e derrotas. Uma das derrotas foi essa:
"Eu estava no Bar Cruz de Malta tomando uns aperitivos com os playboys da época, todos solteiros, gente como Orencinho Aquino, Gilberto Cruz, Cristóvão Lyzandro Gomes, Geraldo Guzzo e por aí vai.
Eis que aparece uma doméstica, jambete recortada e rebolativa. Cada um dos meninos ricos joga o seu charme e ela na dela.
Na mesa concorrida, o olhar dela passa por todos e recai em mim. Lógico que eu levantei cheio de amor para dar.
A jambete não esperou que eu a abordasse. Aproximou-se da mesa e foi incisiva:
— É o seguinte: o homem que toca a bomba da caixa d`´agua lá
em casa sumiu e a patroa pediu para eu arranjar alguém para esta empreitada. Você topa?"
Comentar
Compartilhe
Memória de Campos
04/01/2018 | 07h27
Praça do Santíssimo Salvador - Ao fundo, o prédio da Associação Comercial e Industrial (AIC) - o primeiro da esquerda para a direita.
Comentar
Compartilhe
Crise?
03/01/2018 | 21h24
Crise? O que se viu de campistas em Búzios na virada do ano... A opção pela praia reflete que as coisas ($) estão sendo ajustadas.
Comentar
Compartilhe
Sofre porque merece
03/01/2018 | 18h13
Anda e vira, aparece alguém para pregar a palavra de Cristo, no Calçadão, centro de Campos. Hoje, uma senhora soltava a voz ali, ostentando uma Bíblia. Em uma de suas falas, dizia: "Sofro porque mereço... Mas Cristo vai voltar para nos salvar.".
Comentar
Compartilhe
Corredor ferroviário contemplando o Porto do Açu
03/01/2018 | 07h08
A construção de um corredor ferroviário entre os Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, envolvendo o Porto do Açu, é inadiável. É fato que, mais cedo ou mais tarde, o projeto EF-118 sairá mesmo do papel. Mas, pelo custo, da ordem de R$ 5,5 bilhões, está parado no Ministério dos Transportes.
Inicialmente orçado em R$ 7,6 bilhões, o projeto teve o investimento revisto para baixo após estudos de viabilidade e de demanda de carga feitos pela Prumo Logística, dona do Porto do Açu, e pelo Porto Central.
A facilidade de execução do projeto é que o trecho ferroviário já existiu. Cerca de 150 quilômetros do traçado da ferrovia seriam reaproveitados. E desapropriações já foram feitas.
Viabilizando-se, o projeto deve abranger um corredor de uso múltiplo, operando carga e passageiros em todo o percurso e incorporando trechos próximos às áreas populosas à mobilidade urbana local.
Comentar
Compartilhe
Glaucenir Oliveira versus Gilmar Mendes
02/01/2018 | 16h13
Dez ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) se posicionaram no episódio em que o juiz Glaucenir Oliveira insinuou, através das redes sociais, que Gilmar Mendes recebeu dinheiro para conceder habeas corpus ao ex-governador Anthony Garotinho.
Os ministros do STJ, em nota pública, revelam que tal episódio receberá o exame devido pelos órgãos competentes, “mas representa perigoso precedente contra toda a magistratura e todos os fundamentos do Estado democrático de Direito”.
A propósito, e também nas redes sociais, Agenor Magalhães observou: “Não é de hoje que corre na boca do povo que sentenças são vendidas e habeas corpus são comprados. Glaucenir chutou o pau da barraca e foi para a praia esperar o verão passar”.
Comentar
Compartilhe
Mania do campista
02/01/2018 | 07h07
Da série “Mania do Campista”: dizer que vai ao centro, quando sai de casa para visitar o comércio lojista.
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Saulo Pessanha

[email protected]