Sem clima
31/08/2018 | 06h35
Clima de campanha eleitoral em Campos não existe. O que se viu, até agora, foi a passagem discreta de candidatos ao governo do estado — um deles foi Romário, do Podemos. É verdade que, o que não falta, é candidato à Assembleia Legislativa e à Câmara dos Deputados. Mas, mesmo eles, estão longe das ruas.
 É possível que a campanha ganhe contornos a partir desta sexta-feira, quando começam os 35 dias de propaganda eleitoral no rádio e na TV. O horário gratuito dará visibilidade aos candidatos, sobretudo via os anúncios pulverizados na grade de programação.
 O horário gratuito no rádio e na TV tem se tornado, a cada eleição, em armas importante de campanha. Por isto mesmo, muitos candidatos vão se limitar quase que a aparição na TV aberta. E explorando a força da internet.
 Para as eleições deste ano, em que a carência de recursos financeiros é grande, e o tempo de campanha curto, a maioria dos candidatos ao pleito proporcional vão se tornar mais conhecidos do eleitorado justo a partir do horário do TRE.
O horário eleitoral vai até 4 de outubro – três dias antes do primeiro turno de votação. A divisão do tempo de TV e rádio é feita de acordo com o tamanho das bancadas na Câmara dos partidos que compõem a coligação de cada candidato.
Comentar
Compartilhe
Fechará as portas
29/08/2018 | 11h17
A Puffy, tradicional loja de presentes no centro histórico de Campos, localizada na Rua 13 de Maio, faz liquidação de estoque. É que vai fechar as portas. As atividades de suas lojas nos shoppings serão mantidas. 
Comentar
Compartilhe
Peixe fora dágua
28/08/2018 | 16h16
E o Romário, hein? Fez forfait. Não foi ao debate promovido hoje pelo jornal O Globo. Na hora de confrontar ideias e projetos, o Peixe se sente fora d´água.
Comentar
Compartilhe
Olhares redobrados
26/08/2018 | 11h10
O ano é de eleição e o presidente da Câmara Municipal de Campos, Marcão Gomes (PR), é candidato a deputado federal. Por isso mesmo, a responsabilidade dele, na direção do Legislativo municipal, aumenta. Até porque os olhares ao seu trabalho estão redobrados.
 Por esta ótica, uma pergunta é pertinente: qual vai ser a aplicabilidade da grana que a Câmara Municipal receberá, antes das eleições, com a venda da folha de pagamentos dos servidores/funcionários ativos, inclusive, vereadores, servidores efetivos, servidores comissionados, empregados públicos e eventuais, prestadores de serviços?
 É sabido que o custeio da Câmara Municipal é repassado pela Prefeitura. É dinheiro certinho, e não é pouco — são muitos milhões de reais. Com a venda da folha, para um banco do porte, por exemplo, do Santander, vai entrar uma grana altíssima nos cofres da Câmara. A pergunta que não quer calar se repete: o dinheiro vai ser aplicado em quê?
Comentar
Compartilhe
Desistiu de concorrer
25/08/2018 | 10h39
O médico Makhoul Moussallém, por vontade própria, não concorreu este ano à eleição do Cremerj (Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro) após fazer parte como conselheiro das últimas cinco diretorias. Makhoul atuou por 25 anos no Cremerj. Não buscou a permanência por considerar cumprida a sua missão enquanto conselheiro e coordenador da seccional do órgão em Campos.
Comentar
Compartilhe
Liderança de Eduardo Paes não surpreende
24/08/2018 | 07h45
A pesquisa divulgada pelo Datafolha mostra Eduardo Paes liderando a intenção de votos para governador. Com 18%, e mesmo tecnicamente empatado, Paes está à frente de Romário, com 16%. O resultado, com a melhor pontuação do ex-prefeito do Rio, não traz surpresa.
 Eduardo Paes disputa a sucessão de Pezão amparado por um arco de alianças grande. Entre os prefeitos, é o candidato preferido. Da mesma forma que recebe o apoio de grande parte dos deputados estaduais e federais que buscam a reeleição.
 A favor de Paes, também pesa o apoio da máquina do governo do estado. Mesmo que não esteja muito azeitada, ajuda em muito uma candidatura. E o ex-prefeito não terá a presença de Pezão no palanque, o que é importante pelo desgaste do governador.
 Para Eduardo Paes, quanto mais Pezão estiver longe de sua campanha, melhor. A pesquisa mostra que 86% não votariam num candidato apoiado pelo governador. Apenas 3% escolheriam o nome indicado por ele, enquanto 9% talvez optassem por seus indicados.
 
 
Comentar
Compartilhe
Sob nova direção
23/08/2018 | 11h33
O Posto Central, que, por muitos anos, funcionou na esquina da Barão de Miracema com Alberto Torres, de propriedade da família Arêas, já não existe. O prédio foi demolido. No local, surgirá um novo posto de combustível, agora da Rede Mariana.
Comentar
Compartilhe
Pesquisas em Campos não divulgadas
22/08/2018 | 05h35
Nenhuma pesquisa de intenção de voto feita em Campos nestas eleições se tornou pública. É verdade que as preferências da população estão sendo monitoradas. As pesquisas se tornaram, ao longo dos anos, num instrumento de campanha importante — indispensável mesmo.
É fato que estando em foco uma eleição de caráter amplo, em que se escolhe até o presidente da República, pesquisa no município não sinaliza para resultado nenhum quando o trabalho de consulta é a disputa majoritária.
Mas pesquisas para as eleições proporcionais (deputado estadual e federal) podem dar uma sinalização, pró ou contra, quando se avalia o potencial de votos dos nossos candidatos.
Comentar
Compartilhe
Fechou as portas
21/08/2018 | 07h18
Efeito da crise. A escassez de alunos nos cursos do Uniflu (Centro Universitário Fluminense) gerou o fechamento de uma lanchonete localizada na Rua Tenente Coronel Cardoso (Formosa) que, há anos, funcionava ali.
 O detalhe é que os melhores dias do estabelecimento — que disputava alunos com o bar 5ª Aula, que fechou antes — foram vividos à época em que o prédio em frente abrigava apenas a Faculdade de Direito de Campos (FDC).
Comentar
Compartilhe
Corruptos e corrompidos
20/08/2018 | 07h06
Ao ensejo do início da campanha eleitoral, que envolve a disputa da Presidência República, e a preocupação em se escolher um candidato que não seja corrupto, vale lembrar palavras do Bispo Dom Fernando Rifan em artigo que publicou na Folha da Manhã.
 Fernando Rifan assinala que são chamados de corruptos os políticos, “mas é bom não esquecer de que corrupto é alguém que é corrompido por outro”.
 Rifan revela que esse outro que corrompe os políticos acaba sendo o povo que o elege, pois elege por interesse, elege o que o beneficia ou poderá beneficiar, votando quando vai lucrar alguma coisa.
Comentar
Compartilhe
Repetição exaustiva
17/08/2018 | 15h54
Do jornalista Péris Ribeiro: 
A Copa do Mundo se foi, fazendo da França a sua campeã, e os grandes clubes da Europa já deram o pontapé inicial, visando a uma nova temporada de muitas competições. Então, em meio a vários questionamentos, o principal deles diz respeito ao que se pode esperar para 2018 / 2019. Na verdade, a pergunta é: o que será visto como novidade nos campos do Velho Mundo?
 Pelos exemplos deixados na Copa da Rússia, a expectativa não é lá das mais promissoras. E, ao que tudo indica, teremos a exaustiva repetição de tudo o que já vimos nestes últimos anos. A monotonia da posse de bola, inaugurada pela Espanha em 2008 - e que a levou a ser campeã jogando assim, na Copa do Mundo da África do Sul -, já deu o que tinha de dar. E a maioria dos times, usando esquemas fechados e querendo decidir os jogos nos contra-ataques, não mostram a eficiência por eles imaginada.
 Então, a esperança recai numa expectativa tão antiga quanto o futebol: o craque! Afinal, nos chamados momentos críticos, era o craque que ia lá e decidia. E não só os jogos decisivos, mas os próprios campeonatos. Só que, agora, grandes jogadores andam escassos - e o craque se insere aí, como um personagem raro; quase em extinção.
 Segundo o meio-campista Xavi, parceiro de Messi naquele Barcelona multicampeão de Pep Guardiola, a tecnologia bem que tentou de tudo nos últimos tempos. "Avançou aonde pôde, mas não conseguiu produzir nos laboratórios um super craque. Muito menos um gênio, como Lionel Messi".
 Que nos preparemos, pois, para ver muita correria desenfreada por aí. E um calendário cada vez mais desumano, asfixiando os jogadores em competições praticamente todos os dias.
 Quanto à qualidade...
 
 
 
 
Comentar
Compartilhe
Câmara Municipal vai vender a folha de pagamento
15/08/2018 | 11h18
O presidente da Câmara Municipal de Campos, Marcão Gomes (PR), decidiu vender a folha de pagamentos dos servidores/funcionários ativos, inclusive, vereadores, servidores efetivos, servidores comissionados, empregados públicos e eventuais, prestadores de serviços, bem como aqueles admitidos durante o prazo de execução do contrato.
O aviso de licitação na modalidade pregão presencial nº 020/2018, do tipo maior lance ou oferta, está publicado na edição de hoje do Diário Oficial.
Comentar
Compartilhe
Rafael Diniz sem oposição na Câmara?
13/08/2018 | 10h01
No seu último mandato como prefeito de Campos, Zezé Barbosa recebeu da Câmara Municipal o apoio de 20 dos 21 vereadores. Apenas Benedito Marques lhe fazia oposição quando o governo se expirou em fins de 1988, após seis anos de vigência.
 Hoje, Rafael Diniz caminha para ter o apoio dos 25 vereadores, superando a marca do avô? É possível. Pelo menos a unanimidade foi alcançada na eleição de Fred Machado, aliado do prefeito, para a presidência da Mesa-Diretora da Câmara.
 É verdade que Fred fez um bom trabalho de articulação nos bastidores, juntos aos colegas de parlamento. Mas pesou mesmo o pragmatismo político — vereador longe do governo perde eleitor.
Comentar
Compartilhe
Segue o líder
11/08/2018 | 19h09
Eduardo Bandeira de Mello, o presidente do Flamengo, viveu momentos de vice de Marina e hoje é vice do São Paulo. Coisas da política e do futebol...
Comentar
Compartilhe
O perigo ronda o Jardim do Alah
10/08/2018 | 06h07
Não está nada fácil a vida dos moradores e de quem tem negócios em torno do Jardim do Alah, situado na Avenida José Alves de Azevedo (Beira-Valão). A iluminação pública na área é precária, o que favorece a prostituição e a atuação de marginais no uso e venda de drogas.
 O detalhe é que, durante o dia, parte da clientela dos traficantes é formada por estudantes trajando uniformes de tradicionais colégios particulares e de escolas públicas.
Comentar
Compartilhe
No ar
08/08/2018 | 07h37
A Educativa FM já aceita locação de horário até de pastores evangélicos e políticos. O vereador Cláudio Andrade, por exemplo, está com programa aos sábados.
Comentar
Compartilhe
Itaperuna detém o melhor índice de desenvolvimento do RJ
06/08/2018 | 08h28
A cidade de Itaperuna detém o melhor índice de desenvolvimento socioeconômico do estado. É o que aponta o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal, divulgado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro com base em dados oficiais do ano de 2016, últimos disponíveis.
 O município de Campos, o maior das regiões Norte e Noroeste Fluminense, caiu duas posições do ranking, passando da 26ª, na edição anterior, para a 28 ª posição entre os municípios do estado.
 A pesquisa aponta que o crescimento da renda foi a principal causa da cidade de Itaperuna subir da 6ª colocação, na edição anterior do índice (2013), para o 1º lugar. Além de Itaperuna, apenas Nova Friburgo foi classificada como alto desenvolvimento em todo o estado.
Comentar
Compartilhe
Tititi político
04/08/2018 | 11h31
A campanha para as eleições deste ano juntará em Campos, em torno da candidatura de Eduardo Paes ao governo do estado, políticos que não se bicam e que, na disputa da prefeitura em 2020, estarão em palanques contrários.
 As eleições de outubro, diferentemente das de prefeito e vereador, são mais abrangentes e as alianças, por serem no plano regional, estão distantes de situações paroquiais. Daí que há, por exemplo, o caso do médico Edson Batista. Ele é candidato a deputado estadual pelo PTB, que fechou com Eduardo Paes, do DEM.
 Batista é um aliado de primeira hora de Anthony Garotinho, que fará nova tentativa de voltar ao Palácio Guanabara pelo PRP. O que se pergunta, então, é o seguinte: o ex-vereador pedirá voto para qual candidato ao governo?
  Pelo que se conhece de Edson Batista, é improvável que faça a sua campanha pedindo voto na eleição de governador que não seja para Garotinho. De qualquer forma, o ex-vereador já antecipou que só vai se pronunciar após o prazo de convenção.
Comentar
Compartilhe
Biografia
02/08/2018 | 18h33
Para celebrar os 50 anos de carreira, a nossa versátil Zezé Motta vai lançar até o fim do ano a sua biografia pela Companhia Editora Nacional. O livro traz histórias amorosas da atriz, que foi casada cinco vezes e hoje está solteira.
 
O livro revela, por exemplo, que Zezé Motta perdeu a virgindade com o ator Antônio Pitanga e que precisou de tratamento psicológico ao virar símbolo sexual por conta do filme “Xica da Silva”.
 
Zezé conta que todo mundo cismou de querer transar com ela. “As pessoas tinham expectativa de que eu ia dar um show na cama, eu me sentia no dever de ser maravilhosa e esquecia o meu próprio prazer”.
Comentar
Compartilhe
Viagem entre Campos-Rio mais demorada
01/08/2018 | 08h49
O tempo de viagem de ônibus da Viação 1001 entre Campos-Niterói-Rio de Janeiro tem ganhado, muitas vezes, alguns minutos para mais, o que é ruim para o usuário da empresa que detém o monopólio da linha.
 
A demora ocorre porque ônibus de carreira, e não apenas os que fazem transporte turístico, e que, em tese, levam mais bagagem, têm que acessar o posto de pesagem da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANPP), aberto recentemente em Tanguá.
O problema é que nem sempre a sinalização funciona corretamente, permitindo que os veículos que fazem a pesagem ganhem novamente a rodovia BR 101, sem delongas.
 
No fim de semana, um dos ônibus da 1001 foi obrigado a passar quatro vezes pela balança, até ser liberado. Cada passagem demandou mais tempo de viagem pela necessidade do veículo fazer o contorno para a reentrada no posto da ANPP.
 
Pelas idas e vindas, muitos passageiros se irritaram. Um deles, mais humorado, gritou de sua cadeira: “Está certo que eu engordei. Mas será que foi tanto assim para dar pane à balança?!”.
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Saulo Pessanha

[email protected]