Vai faltar luz em Atafona e Grussaí no Carnaval?
28/02/2019 | 07h10
Moradores e veranistas de Atafona e Grussaí estão vivendo a expectativa gostosa da chegada do Carnaval. Mas estão preocupados com um problema que tem sido recorrente nas praias de São João da Barra: a falta de luz.
Os piques de energia nas duas praias, e também em Chapéu do Sol, têm sido frequentes desde antes do início da temporada de veraneio, o que não é novidade. Ocorre em um verão sim, no outro também. A Enel nem se pronuncia mais.
 A preocupação com a falta de luz no Carnaval existe sobretudo porque, no período, quando o consumo de energia aumenta muito, é comum o desarme da linha de transmissão da concessionária.
O desarme, registre-se, sempre consta da versão da Enel após os apagões. É verão após verão e os seus equipamentos repetindo problemas. Uma vergonha.
Comentar
Compartilhe
Anedotário Político
27/02/2019 | 15h49
Radialista, ex-deputado e ex-prefeito de São Francisco de Itabapoana, Barbosa Lemos é um católico praticante, devoto de Nossa Senhora Aparecida.
Na exposição agropecuária de Praça João Pessoa, Barbosa perdeu um molho de chaves. Depois de muita procura, sem sucesso, ele apelou para a padroeira do Brasil.
— Nossa Senhora, se as minhas chaves aparecerem, prometo erguer aqui uma capela.
Oração feita, Barbosa Lemos, um pão duro assumido, dá alguns passos e encontra as chaves.
De pronto, olha para o céu e diz, em voz alta:
— Nossa Senhora Aparecida!!! Também não precisava me atender tão rápido...
Comentar
Compartilhe
Wladimir Garotinho anuncia hoje a sua ida para o PSD
26/02/2019 | 07h17
Deputado federal em primeiro mandato, Wladimir Garotinho anuncia hoje a sua ida para o PSD. Ele deixa o PRP por causa da cláusula de barreira. Segundo o jornalista Lauro Jardim, a articulação foi comandada pelos deputados Hugo Leal, Alexandre Serfiotis, Flordelis e pelo senador Arolde de Oliveira.
Comentar
Compartilhe
Golpe financeiro no Rio repete golpe aplicado em Campos
25/02/2019 | 07h01
Uma leitura nos jornais nos últimos dias e muitos campistas reviveram o drama que enfrentaram há alguns anos quando investiram as suas economias e foram lesados por uma corretora local, de propriedade de pessoas conhecidas na cidade.
As perdas, geradas na época em Campos, e agora, no Rio, alcançaram muitos milhões de reais. A lição que fica é que oferta de dinheiro fácil envolve risco alto de perda.
A JJ Invest, a corretora no Rio, acusada de estelionato, seduzia aplicadores com retorno entre 5% e 10% ao mês, quando o rendimento da poupança é de apenas 4,55% ao ano.
Comentar
Compartilhe
Anedotário político
23/02/2019 | 07h34
Ano: 1988.
Na elaboração da nova Lei Orgânica de Campos, o vereador Ruço Peixeiro orientou-se com o professor Aristides Soffiati sobre o capítulo de Meio Ambiente.
Para justificar a mudança da redação de um item da legislação que estava em vigor, Ruço usou a tribuna.
Começou a falar, mas perdeu-se no tema, de características técnicas.
Sem titubear, Ruço gritou para o ecologista, que estava no plenário.
— Como é mesmo, Soffiati?
Comentar
Compartilhe
Eleições de 2020 darão a partida após o Carnaval
22/02/2019 | 07h36
O ano caminha para o final de fevereiro, mas, pelo menos no plano político, só vai deslanchar mesmo após o Carnaval. A partir daí, as atenções começarão a estar voltadas para a sucessão do prefeito Rafael Diniz (PPS), em que, ele próprio, estará no páreo.
Rafael, em entrevista dada ao jornalista Aluysio Abreu Barbosa, publicada no dia 30 de dezembro na Folha da Manhã, revelou que é candidato à reeleição. Mas preferiu não se aprofundar sobre tal projeto político.
Entre os possíveis candidatos a prefeito de Campos em 2020 fala-se em Carla Machado, Wladimir Garotinho, Rodrigo Bacellar, Gil Vianna, Coronel Paulo Rodrigues, Rosinha Garotinho, Caio Vianna, Joilson Barcelos, Jefferson Manhães de Azevedo, nomes que Rafael prefere não comentar.
Para Rafael, antecipar o debate sobre 2020 é desviar o foco do que realmente importa, que, salienta, é o desenvolvimento dos municípios. “Hoje, a antecipação do debate eleitoral só interessa aos políticos que ignoram suas cidades e pensam apenas em eleição”.
Comentar
Compartilhe
Vai deixar morrer?
21/02/2019 | 07h19
O Centro Universitário Fluminense (Uniflu) ocupa uma área grande, na Rua Tenente Coronel Cardoso com a Rua Marechal Deodoro. No terreno há uma mangueira. Mas a fruteira está tomada parcialmente por erva de passarinho. Se não houver uma poda dos galhos infestado é morte certa da árvore.
Comentar
Compartilhe
Piratas?
20/02/2019 | 07h03
A quantidade de emissoras FMs que transmitem em Campos impressiona. É possível que muitas sejam piratas.
Comentar
Compartilhe
Figuração
18/02/2019 | 11h07
Quem assistir “Órfãos da Terra”, a próxima novela das 18h, na Globo, com cenas em Arraial do Cabo, poderá conferir a atuação de José Maria Mattar entre os figurantes. Mattar vive cenas de uma fuga da Síria para a Grécia, usando bote.
"Órfãos da Terra" promete mostrar um pouco da cultura e dos costumes árabes. A trama vai apresentar a história de Laila (Julia Dalavia) e Jamil (Renato Góes), que fogem da Síria para viver um grande amor em terras brasileiras.
 
 
 
 
Comentar
Compartilhe
A lama do pecado?
17/02/2019 | 08h25
O bispo Dom Fernando Rifan está solidário com os bispos de Minas Gerais, suas dioceses e o povo mineiro pela tragédia em Brumadinho. Ele reza por todas as vítimas e pelos feridos, exprimindo o seu afeto e proximidade espiritual às suas famílias.
Rifan avalia que o desastre ambiental, com sintomas de crime, o leva a reflexões. “A lama muitas vezes é tomada na Sagrada Escritura como símbolo do pecado. Será que essa de Minas não aponta pecados graves de omissão dos responsáveis?”.
Comentar
Compartilhe
Qual o vereador que também é empreiteiro?
16/02/2019 | 11h13
As redes sociais são perigosas no tocante à formulação de denúncia. O conteúdo é levado a leitores de toda ordem. O vereador Jorginho Virgílio, por exemplo, fez um registro que está lhe dando dor de cabeça.
Virgílio colocou que um certo colega de parlamento precisa definir se é político ou empresário. Não deu nome. Ocorre que alguém leu a postagem e fez uma representação junto ao Ministério Público para que Virgílio fale de quem se trata.
O que suscitou maior tititi na postagem de Virgílio foi o fato de ele ter dito que o tal vereador, não nominado, “anda tendo relações próximas com a atividade de empreiteiro na Prefeitura de Campos”.
Comentar
Compartilhe
Cidade de Campos avança na violência
15/02/2019 | 07h39
As manchetes diárias da Folha da Manhã mostram o quanto a violência cresce em Campos. É homicídio quase todos os dias. E assaltos ao comércio e a residências, para não falar em outros delitos que atingem a população. O detalhe é que a perspectiva é do ruim para o pior.
A área de Guarus é a mais exposta à ação da bandidagem, que vai se reforçando no armamento. Na quarta-feira, felizmente, a Polícia Militar prendeu três homens. Com os suspeitos, a PM encontrou submetralhadora, munição e rádio de comunicação.
A sofisticação de armamento mostra que a bandidagem no município ganha força para avançar nas suas ações contra a sociedade. Afinal, não é qualquer malandro pé de chinelo que pode dispor de uma submetralhadora de calibre 9 mm.
Comentar
Compartilhe
Estelionato
14/02/2019 | 15h41
As igrejas evangélicas, que vão se multiplicando, são beneficiárias da legislação de telecomunicação que permite o aluguel de horários no rádio e na TV.
Há quem considere que muitas denominações religiosas fazem nesses veículos um autêntico estelionato. A encenação diária de milagres é de doer.
A teologia da prosperidade é amparada no é dando que se recebe — em que as igrejas (sempre) lucram em forma de doação e dízimos.
Comentar
Compartilhe
Menos humor no rádio de Campos
13/02/2019 | 07h57
O rádio de Campos perdeu Antônio Vasconcellos, o Marquês da Madrugada, 89 anos. Marquês teve programas de músicas da velha guarda. E muitas vezes, entre uma canção e outra, conversava no ar com ouvintes, quando fazia inusitados pedidos.
Brincalhão, Marquês, comandando um programa noturno na extinta Rádio Cultura, mandava um recado pelo microfone: “Me mandem tortas, salgadinhos, doces. Eu tenho que me alimentar...”.
Os ouvintes o atendiam. Só que o pessoal da portaria da rádio comia as guloseimas. Só uma ou outra chegava ao Marquês, o Galã, como gostava de ser chamado.
Comentar
Compartilhe
Mania do campista
12/02/2019 | 11h10
Da série “Mania do Campista”: dizer que faz caminho fundo quando usa um mesmo itinerário por muito tempo.
Comentar
Compartilhe
Ingerência forte
10/02/2019 | 18h52
A realização de clássicos aos sábados, e não aos domingos, nos campeonatos estaduais, tem uma motivação econômica, que contempla a TV Globo.
A Globo quer ganhar em cima do Pay-Per-View nos canais do SporTV, restritos a assinantes — o chamado Premiere.
Daí que agendou com as federações de futebol do Rio e de São Paulo, e outras mais, a realização de clássicos aos sábados. Aos domingos, transmite (ela, a Globo) um jogo de um grande e um pequeno.
Ontem, por exemplo, pela semifinais da Taça Guanabara, seria realizado o Fla-Flu, adiado pela tragédia que se abateu sobre o futebol carioca. Hoje, seria Vasco e Resende.
As semifinais ficaram para o meio de semana. O Fla-Flu, o jogo de mais apelo, será na quinta-feira, com transmissão só pelo Premiere, do SporTV. Na quarta-feira, jogam Vasco e Resende, que a Globo mostra.
Comentar
Compartilhe
Um oásis no centro de Campos
09/02/2019 | 07h54
A falta de sombra é tamanha em Campos que o advogado Elmar Martins, caminhando dia desses no centro da cidade, festejou a descoberta de uma árvore que o abrigou do sol.
Pela rede social, Elmar teceu loas à árvore, que fica na esquina da rua do Sacramento, ângulo com a Catedral Diocesana. “É um oásis. É o lugar mais fresco do mundo”, louvou.
De paletó e gravata, Elmar Martins achou a árvore quando, incendiado sob o sol, buscava sombra.
“É a sombra de uma árvore que escapou à fúria desmatadora que reformou, em requintados moldes europeus, nossa praça, substituindo as árvores por esquizofrênicas palmeiras sem sombra”, assinalou Elmar.
Comentar
Compartilhe
Memória de Campos (1)
08/02/2019 | 18h28
  Praça do Santíssimo Salvador
Comentar
Compartilhe
Não quer ouvir falar em eleição
08/02/2019 | 10h07
O ex-governador Luiz Fernando Pezao está preso por corrupção. Não tem mesmo pretensão de colocar novamente o seu nome como candidato a qualquer cargo público. Aliás, antes de ser preso, Pezão já dizia isso. Agora então, que está no xadrez, é que não quer nem ouvir falar em eleição.
De qualquer forma, o TRE-RJ (Tribunal Regional Eleitoral) tornou Pezão inelegível até 2022. A decisão do colegiado foi unânime, tomada a partir de um processo movido pelo então deputado estadual Marcelo Freixo (PSol).
Pezão foi condenado por abuso de poder político e econômico por conceder benefícios financeiros a empresas como contrapartida a doações para a campanha eleitoral de 2014, quando se elegeu governador.
A inelegibilidade de Pezão ocorre pelo estrito cumprimento da lei. Sim, porque já foi condenado pela opinião pública. Se fosse candidato, dificilmente seria eleito em qualquer disputa.
 
 
Comentar
Compartilhe
Não perde a vez
07/02/2019 | 07h08
A vodca deu as cartas por um bom tempo. Mas a bebida da moda, entre os destilados, é o tradicional gim. A bebida, que nasceu na Holanda, feita pela infusão de zimbro em álcool, é base de drinques clássicos, como dry martini e gim tônica.
Tudo bem que o gim esteja em alta. Mas, lá por Atafona, Grussaí, o consumo dessa destilada vai bem na noite. Durante o dia, a brasileiríssima cachaça é tope diante de caranguejadas, peixadas. Ou não?
Comentar
Compartilhe
Sem vexame
06/02/2019 | 09h45
A Faculdade de Medicina de Campos (FMC) está acolhendo os novos estudantes (que inclui os de Farmácia), de forma humanística, com ações solidárias. Até o dia 11, realiza campanhas de arrecadação de alimentos e de doação de sangue.
A FMC está completando 10 anos de proibição de trotes vexatórios. Desde 2009, realiza uma recepção diferenciada dos calouros, sempre em busca de uma educação em saúde focada no humanismo.
O trote, antes composto de brincadeiras insalubres, envolve hoje palestras, gincanas, visitas a entidades assistenciais e campanhas solidárias.
A FMC proibiu as brincadeiras que resultem em humilhações psicológicas, danos físicos ou danos materiais aos calouros, sob pena de expulsão do aluno que infringir a decisão institucional.
Comentar
Compartilhe
Morre o jornalista Martinho Santafé
05/02/2019 | 17h13
Faleceu agora à tarde o jornalista Martinho Santafé. Profissional correto, competente, dignificou a imprensa de Campos, de Niterói e de Macaé, cidade que morou nos últimos 30 anos. Martinho foi vencido pelo câncer. Trabalhamos juntos em A Notícia e na Folha da Manhã nos anos 70/80. Martinho foi um vitorioso na profissão, mas sobretudo na vida. Era um fazedor de amigos.
O corpo vai ser velado na Capela da Santa Casa, em frente ao Cemitério do Caju, onde será sepultado amanhã. A família ainda não definiu o horário.
Comentar
Compartilhe
Morre o jornalista Martinho Santafé
05/02/2019 | 17h11
Faleceu agora à tarde o jornalista Martinho Santafé. Profissional correto, competente, dignificou a imprensa de Campos, de Niterói e de Macaé, cidade que morou nos últimos 30 anos. Martinho foi vencido pelo câncer. Trabalhamos juntos em A Notícia e na Folha da Manhã nos anos 70/80. Martinho foi um vitorioso na profissão, mas sobretudo na vida. Era um fazedor de amigos.
O corpo vai ser velado na Capela da Santa Casa, em frente ao Cemitério do Caju, onde será sepultado amanhã. A família ainda não definiu o horário.
Comentar
Compartilhe
Morre o jornalista Martinho Santafé
05/02/2019 | 17h09
Faleceu agora à tarde o jornalista Martinho Santafé. Profissional correto, competente, dignificou a imprensa de Campos, de Niterói e de Macaé, cidade que morou nos últimos 30 anos. Martinho foi vencido pelo câncer. Trabalhamos juntos em A Notícia e na Folha da Manhã nos anos 70/80. Martinho foi um vitorioso na profissão, mas sobretudo na vida. Era um fazedor de amigos.
O corpo vai ser velado na Capela da Santa Casa, em frente ao Cemitério do Caju, onde será sepultado amanhã. A família ainda não definiu o horário.
Comentar
Compartilhe
Fogos hoje cedo para comemorar
05/02/2019 | 08h08
Houve um espocar de fogos agora há pouco em Campos. Se não há notícia de cassação de mandato de algum político, não estamos em período de festas juninas e ninguém inaugura loja antes das 8h, o motivo para os fogos é um só: a mudança do tempo.
Choveu à noite e no início da manhã. A previsão é que tempo permaneça assim até sexta-feira. Viva! Vê-se que o motivo dos fogos é plenamente justificável.
Comentar
Compartilhe
O que o avô fez o neto ignora
03/02/2019 | 10h02
Há muitos anos o campista não vive um verão com temperatura tão alta. Os que circulam pela cidade, especialmente a pé, ressentem-se da falta de árvores. O plantio delas passa longe de interesses do poder público.
Na história recente de Campos, o prefeito que mais plantou árvores foi Zezé Barbosa nos seus três mandatos — o último entre 1982-1988. A prática não é seguida pelo neto Rafael Diniz, hoje no poder. É pena.
Atualização: A Comunicação da Prefeitura mandou a seguinte nota:
De janeiro de 2017 a janeiro de 2019, a Prefeitura de Campos, através da Secretaria de Desenvolvimento Ambiental, plantou 1.184 árvores em várias regiões do município e outras 8,3 mil foram doadas tendo sido plantadas diretamente pelos cidadãos que receberam, de forma voluntária. No ano passado, foi lançado o Projeto Adote uma Árvore que, com planejamento, reduziu de 90% para 10% a perda de mudas plantadas, já que o adotante quer e cuida das árvores em áreas e vias públicas. São milhares de mudas de espécies nativas e frutíferas de vários tamanhos produzidas no Centro de Educação Ambiental (CEA).
As nativas são utilizadas em reflorestamento nas APAs e reservas ambientais (Lagoa de Cima Itaóca, Rio Preto, outras áreas), como: pau ferro, sapucaia, leiteiro, tapiá, pitomba, pau de alho, saboneteira, entre outras.
— Criamos Bosques Urbanos em áreas onde antes era, indevidamente, jogado lixo. Concluímos um mapeamento de áreas do município, identificando esses espaços e as espécies que melhor se adaptam a estes locais. Este ano, vamos lançar um grande plano de arborização urbana com parceiros, como a sociedade civil e instituições de ensino. Para isso, foi preciso realizar planejamento — frisou o secretário de Desenvolvimento Ambiental, Leonardo Barreto.
Ressaltamos ainda que a superintendência de Agricultura e Pecuária, durante o mesmo período, doou mais de 17 mil mudas frutíferas, com plantio, inclusive, em área de nascentes. A doação é feita diretamente na sede da superintendência (nas dependências do Horto Municipal) e no Projeto Feira da Roça. A grande procura levou a Prefeitura a implantar mais uma Central de Mudas, nas dependências do Colégio Agrícola, composta por dois viveiros. No local, são mais de 20 espécies, a maioria frutíferas. 
Comentar
Compartilhe
Wladimir Garotinho, se quiser, pode trocar de partido
01/02/2019 | 07h24
A hipótese de Wladimir Garotinho, que será empossado hoje na Câmara dos Deputados, trocar o PRP, partido em que foi eleito, pelo PSC, acolhendo convite do governador Wilson Witzel, pode ser tornar possível sem risco de enfrentar problemas de fidelidade partidária.
Nos últimos dias, surgiram muitas especulações de troca-troca no Congresso porque deputados que se elegeram por siglas que não obtiveram um desempenho mínimo nas urnas (a chamada cláusula de barreira) podem mudar de legendas.
A troca de partido ocorreria com o deputado não se expondo à situação de infidelidade. Daí que a dança de cadeiras está em cena. No caso de Wladimir, a boa relação dele com o governador Witzel deve levá-lo para o PSC, legenda que passaria a ter o seu comando em Campos.
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Saulo Pessanha

[email protected]