Pode isso, Arnaldo?
31/10/2017 | 18h15
No seriado Malhação, que acontece nos fins de tarde, alunos do Colégio Grupo estão vestindo saias, que fazem parte do uniforme de meninas É a tentativa da TV Globo em promover a ideologia de gênero.
Comentar
Compartilhe
Rastro
31/10/2017 | 16h31
No dia seguinte a cada noite na Avenida Pelinca fica um rastro dos que fumam. É muita binga nas imediações dos bares, porque fumar dentro dos estabelecimentos não pode. É proibido.
Comentar
Compartilhe
Bernardinho admite candidatura ao governo do Rio
31/10/2017 | 11h56
Para uma plateia de empreendedores, Bernardinho assumiu, pela primeira vez, que leva a sério a candidatura ao governo do Rio de Janeiro. Questionado num evento promovido pela Endeavour, em São Paulo, sobre "quando teremos um governador empreendedor", o técnico Bernardinho fez como se jogasse a pergunta de volta para o público. E, apostando no vocabulário do vôlei, deixou claro:
 — Estou disposto a ir, mas preciso de algumas anuências para poder abraçar um desafio dessa natureza. Preciso que a equipe venha jogar junto, para que a gente possa fazer aquilo que a gente acredita, que é (investir em) educação, empreendedorismo, saúde e enfrentar o maior problema que a gente vive hoje, que é a segurança pública.
 Em determinado momento, perguntou para a plateia: "Tamo junto?". Ouviu um clamor positivo.
Fonte: O Globo (Blog do Lauro Jardim)
Comentar
Compartilhe
São Francisco de Itabapoana lucra com modismo carioca
31/10/2017 | 07h16
O consumo de tapioca, antes restrito às regiões Norte-Nordeste do país, conquistou de vez a preferência dos cariocas. É verdade que não compete com o pão no hábito alimentar. Mas a tapioca ganhou um status que é bom para São Francisco de Itabapoana. É que o município é o maior produtor de mandioca (raiz que dá origem à tapioca) do Estado do Rio. São 54 toneladas por ano; 3 mil hectares dedicados à cultura e mais de 300 produtores.
Comentar
Compartilhe
Gato por lebre
30/10/2017 | 20h23
Ricardo Amaral conta histórias de bêbados no seu livro “Vaudeville - Memórias”. Uma delas envolve um embaixador aposentado que foi ao Hippopotamus, onde conheceu uma moça muito bonita.
Acabou saindo com ela, dando uma grande e maravilhosa esticada. No dia seguinte, voltou felicíssimo. Chegou para Deolinda, a guardiã da recepção, e disse:
— Eu gostaria que você me desse o endereço daquela moça, para que eu possa mandar flores.
A moça era o travesti Bruna Jordan, um grande amigo que Ricardo Amaral adorava levar ao Hippo para se divertir.
Comentar
Compartilhe
Boatos
30/10/2017 | 16h21
Uma onda de boatos tem surgido em Campos. Há os que matam gente conhecida e querida. A rede social dissemina falsos óbitos.
Comentar
Compartilhe
JB de volta
30/10/2017 | 11h47
O “Jornal do Brasil” voltará às bancas em dezembro. Nelson Tanure sublicenciou a marca por 30 anos para o empresário Omar Peres, em contrato assinado há duas semanas, após sete meses de negociações.
Fonte: Lauro Jardim (O Globo)
Comentar
Compartilhe
Uma Campos encantadora.....
30/10/2017 | 10h32
A sensação que se tem, vendo fotos antigas de Campos, é que a cidade era outra. O estilo europeu dos seus prédios é encantador.
Comentar
Compartilhe
Memória de Campos
30/10/2017 | 08h30
Cine Goitacá - Fechado nos anos 1990. Hoje, abriga um templo da Igreja Universal do Reino de Deus.
Comentar
Compartilhe
Mania do campista
29/10/2017 | 16h32
Da série “Mania do Campista”: quando se depara com uma coisa, ou gente, muito feia, chamá-la de estrupício.
Comentar
Compartilhe
Tonico Pereira e o paumolismo
29/10/2017 | 10h37
O ator Tonico Pereira, campista que brilha no teatro, no cinema e na TV, comemora os 50 anos de carreira no melhor estilo. Vai autografar na terça-feira, no La Fiorentina, no Rio, o livro “Toniquices do Pereira”, que já lançou em Campos.
Tonico trata uma das crônicas no livro de “paumolismo”. E relata: “quando a mulher olha para o seu pau mole e sorri, certamente ela te ama. Cuidado. Não tente uma ereção precipitada, aproveite a ternura do momento”.
No livro, Tonico, que se denomina “o analfabeto que escreve”, solta algumas frases de que gosta. Uma delas: “Se existe uma coisa que me deixa gostoso é ver uma cara feliz recebendo um presente que eu pude dar!”.
Comentar
Compartilhe
Todo cuidado é pouco
28/10/2017 | 17h50
Afinal, choveu em Campos. São José ouviu as preces dos campistas. Ou São Judas Tadeu, no dia em que é celebrado. Mas a chuva, tão necessária, representa uma ameaça para quem cruza pela Praça do Santíssimo Salvador. O piso ali é altamente escorregadio quando está molhado. Qualquer vacilo, significa um tombo com consequências físicas imprevisíveis.
Comentar
Compartilhe
Oremos...
28/10/2017 | 07h43
Muitos campistas têm feito preces para São José — considerado pelos católicos o santo das chuvas. A chuva deu um sinal durante a semana. Mas foi só. E ela precisa chegar para ficar alguns dias. A seca na região é forte e faz um estrago grande na zona rural, afetando muito a agricultura e a pecuária. E como este sábado é o dia de São Judas Tadeu, que também se peça chuva ao chamado santo das causas impossíveis. Oremos...
Comentar
Compartilhe
PP de SJB faz convenção. Chapa liderada por Carla é eleita por aclamação
27/10/2017 | 16h32
O Partido Progressista (PP) de São João da Barra constituiu um novo diretório. A chapa liderada pela prefeita Carla Machado foi eleita por aclamação. A 1ª e 2ªVice Presidência ficou com Janaina Machado e com o Vereador Jonas, a Secretaria com Alexandre Estefan e Marcela Carvalhaes, a Tesouraria com o Vereador Aluizio Siqueira e Magno e a liderança do governo com o Vereador Alex Firme.
Comentar
Compartilhe
Garotinho busca versão para entrar no páreo de 2018
27/10/2017 | 06h59
Batido nas urnas em 2014, Anthony Garotinho quer novamente disputar as eleições para o governo do estado. O seu nome já foi inscrito no livro do PR, partido que preside. Ele é, portanto, pré-candidato ao Palácio Guanabara. Mas, para justificar a sua colocação no páreo sucessório, Garotinho busca uma versão.
Em entrevista ao Dia, disse que colocou o seu nome à disposição do PR “a pedido de setores do funcionalismo público”. O mote do seu projeto eleitoral visa, naturalmente, a revolta do servidor estadual com o atraso salarial do governo Pezão.
Na verdade, Garotinho não precisaria da roupagem de que decidiu ser candidato a governador “a pedido do funcionalismo público”. Pode ser que realmente um servidor ou outro lhe tenha feito tal pedido. Mas o rótulo é puro marketing.
Na fala ao Dia, Garotinho diz que não receia que a prisão domiciliar a que foi submetido o atrapalhe eleitoralmente. Ele, inclusive, fala que a Operação Chequinho representa uma vingança comandada pelo grupo do ex-governador Cabral.
Esperto, Garotinho que dar à decisão da Justiça de Campos uma dimensão estadualizada, originada no desejo do grupo de Cabral em persegui-lo. Na campanha eleitoral, vai levar tal discurso para o palanque.
Comentar
Compartilhe
Dá em morte...
26/10/2017 | 20h50
Turismo que explora as mazelas do Rio dá em morte. A Rocinha está em estado de guerra. Não dá para levar visitas à área de conflito.
Comentar
Compartilhe
Fechou as portas
26/10/2017 | 07h49
Na contramão da abertura em Campos de muitas casas que vendem caldos e sopas, o Jaiminho´s, na Rua 13 de Maio, fechou as portas.
Atualização às 9h29. Há informações de que Jaiminho´s fechou na 13 de Maio, mas abriu uma outra em Guarus, ao lado do Itaú.
Comentar
Compartilhe
Carla Machado festeja aprovação de MP em Brasília
25/10/2017 | 18h24
Pela rede social, a prefeita Carla Machado revela que, na audiência da Comissão que analisa a MP 789, São João da Barra conquistou ontem outra grande vitória com a aprovação de um percentual de 20% de compensação financeira sobre a exploração de minério de ferro para os municípios onde exista o transporte (mineroduto/linha férrea), armazenamento e exportação dessa riqueza.
Carla diz que apesar de não ter podido ir a Brasília, devido à compromisso já agendado no Rio, é grata aos colegas prefeitos que a representaram, em especial, ao deputado Júlio Lopes, que abraçou a causa sanjoanense.
Segundo Carla, se tudo continuar dando certo “conseguiremos já para o próximo ano mais essa fonte de receita para reconstruir o nosso município”.
Comentar
Compartilhe
À própria sorte
25/10/2017 | 17h00
Ontem, na Pelinca, um sinal luminoso na Voluntários da Pátria apresentou defeito. A Guarda Municipal, depois de um bom tempo, cuidou do trânsito. O detalhe é que, sem que o problema tivesse tido uma solução, as duas guardas foram embora. E os motoristas ficaram entregues à própria sorte.
Comentar
Compartilhe
Dia e noite
25/10/2017 | 16h00
A atuação de flanelinhas na área da Pelinca é grande. Junto à área de bares, a “olhada” é dia e noite.
Comentar
Compartilhe
Propaganda no grito
25/10/2017 | 11h33
A poluição sonora, que afeta a saúde física e mental da população, está forte em Campos — muito pelo ronco das motos com as suas descargas abertas. Mas avança a iniciativa de propaganda nas ruas via o uso de veículos de som.
A Divisão de Postura da prefeitura precisa agir. Do contrário, vai ter muita loja na cidade e outros segmentos do comércio fazendo propaganda através de alto-falante, querendo ganhar o cliente no grito.
A propósito, a Riocap é uma poluidora sonora. O seu caminhão roda o dia inteiro fazendo propaganda dos sorteios de seus prêmios. De quebra, espalha panfletos pelo chão, no melhor estilo dos (maus) políticos em dia de eleição.
Comentar
Compartilhe
Uma praga perturba os campistas
24/10/2017 | 13h53
A traça, praga doméstica, está infestando muitos condomínios em Campos.
Comentar
Compartilhe
Memória polÍtica
24/10/2017 | 08h05
Solenidade na Câmara Municipal de Campos nos anos 1970. Da esquerda para a direita, o deputado federal Alair Ferreira (ARENA), o presidente do PMDB-RJ, Ecil Batista, o prefeito Raul Linhares e o presidente do Legislativo local, Hélio Coelho.
Comentar
Compartilhe
Está vivo
23/10/2017 | 22h22
O jornalista Paulo Freitas, que reside em Niterói, está vivo. A sua morte foi noticiada em Campos pela Absoluta AM, no que se chama "barriga" em jornalismo. Freitas, que trabalhou em jornais e rádio daqui, minimizou o episódio. “Já fui a dois enterros de Brizola. Sou cascudo nisso, não noticio morte sem confirmar”.
Comentar
Compartilhe
Cabral vai ficar preso em presídio federal
23/10/2017 | 16h46
Após pedido do Ministério Publico Federal (MPF), o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, determinou hoje a transferência do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) para um presídio federal. De acordo com o procurador Sérgio Pinel, Cabral demonstrou no depoimento de hoje que está recebendo informações indevidas na cadeia. O ex-governador citou, por exemplo, que o marqueteiro Renato Pereira firmou acordo de delação premiada. Segundo o MPF, as "informações indevidas" prejudicam a instrução do processo.
 
Fonte: O Globo
Comentar
Compartilhe
Memória política
23/10/2017 | 15h17
O médico Lourival Beda e Zezé Barbosa. O dois foram eleitos em 1972 para a prefeitura de Campos. Zezé contou com Dr. Beda como o seu candidato a vice, quando conquistou o segundo dos seu três mandatos de prefeito — o primeiro foi em 1966 e o terceiro em 1982.
Comentar
Compartilhe
Mania do campista
23/10/2017 | 11h47
Da série “Mania do Campista”: lavar todos os dias a calçada de sua casa, por maior que seja a crise hídrica na região pela falta de chuva.
Comentar
Compartilhe
Nem aí...
22/10/2017 | 17h29
De forma unânime, os senadores do PSDB defenderam com veemência e votaram a favor de Aécio para permanência no cargo de senador. Estranho, logo após a votação, os mesmos senadores iniciarem uma forte pressão para Aécio renunciar à presidência do PSDB. Isso significa que o PSDB entende que o Aécio tem moral para representar o Brasil, mas não tem para representar o próprio partido. Esse é mais um exemplo de que os políticos não estão preocupados com o país.
(Sidney Martins - Folha de S.Paulo).
Comentar
Compartilhe
Declínio político
22/10/2017 | 09h42
Na eleição presidencial de 1989, a primeira após a redemocratização do país, todos os candidatos estiveram em Campos, fazendo campanha - caso de Lula e Collor, mostrados aqui em fotos da Folha da Manhã. Na eleição seguinte, em 1994, o município também foi incluído na agenda dos presidenciáveis. Já no pleito seguinte, Campos saiu da rota dos candidatos à Presidência da República. Um declínio político...
Comentar
Compartilhe
Solta a cachorrinha...
21/10/2017 | 18h49
Nos anos 1950, o telefone tilintou e Mário Manhães de Andrade, então gerente de A Notícia, atendeu. Era um comerciante sírio, contando uma “tragédia” em casa.
Sumira uma cadelinha e os filhos estavam inconsoláveis. Mário disse que não recebia anúncios pelo telefone. Mas o sujeito o venceu no cansaço. Os sinais da cadelinha foram passados e o preço, de três cruzeiros, por vez, combinado. O comerciante mandou colocar sete vezes, ao preço final de vinte cruzeiros.
O anúncio saiu um dia só e o telefone novamente tilintou. Por coincidência, o próprio Mário Manhães atendeu. O homem estava eufórico e desmanchou-se em elogios ao jornal, dizendo que logo apareceu uma pessoa com um exemplar de A Notícia e a cadelinha.
Em meio aos elogios, o sírio disse que mandaria pagar os três cruzeiros.
— Calma aí! Não são três cruzeiros. São vinte.
— Mas o anúncio só saiu uma vez!
— Mas o combinado foi para sair sete vezes!
Discute daqui, discute dali, até que Mário deu a solução:
— Se o senhor não está satisfeito, solte a cachorrinha e deixe o anúncio sair mais seis vezes.
Do outro lado do fio, o homem ficou em silêncio por uns 15 segundos. Depois explodiu uma gargalhada, vencido. E mandou pagar os 20 cruzeiros.
Comentar
Compartilhe
Cabral é condenado a 13 anos por lavagem de dinheiro
21/10/2017 | 07h57
O ex-governador Sérgio Cabral foi condenado ontem a 13 anos de prisão pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, no processo da Operação Mascate, que apurou a lavagem de dinheiro do esquema por meio de concessionárias e da compra de imóveis.
Essa é a terceira condenação do ex-governador na Lava-Jato. A primeira, de 14 anos e dois meses de prisão, foi dada pelo juiz Sergio Moro em Curitiba. A segunda sentença foi de Bretas e Cabral foi condenado a 45 anos e dois meses de prisão na Operação Calicute.
A nova condenação acontece um dia depois de o ex-governador virar réu mais uma vez, agora na investigação sobre a compra de votos para que o Rio sediasse a Olimpíada de 2016. Ao todo, Cabral responde a 13 ações em que não há sentença e três em que houve condenação. Ao todo, as penas já somam 72 anos e 4 meses de prisão.
Fonte: O Globo
Comentar
Compartilhe
Tá com medo da morte?
20/10/2017 | 17h38
A repórter do jornal alternativo puxava sua maconha e entrevistava Vinicius de Moraes, que já estava desenganado pelos médicos mas, do outro lado da mesa, puxava seu uisquinho.
— Diz aí, poeta, você tá com medo da morte?
A resposta de Vinicius:
— Tenho medo da morte, não, minha filha — começou a responder o poeta, arrematando:
— Diz aí no seu jornal que tenho é saudade da vida.
(Joaquim Ferreira dos Santos)
Comentar
Compartilhe
Garotinho aposta em 2018
20/10/2017 | 07h13
Presidente estadual do PR, Anthony Garotinho inscreveu-se ontem no livro do partido como pré-candidato a governador. Foi em ato no Clube Municipal, na Tijuca, no Rio. A questão é protocolar. Ninguém, na agremiação, seguirá o mesmo caminho, ousando medir forças com o seu representante máximo.
Oficiosamente, portanto, Garotinho está no páreo da corrida pela sucessão do governador Luiz Fernando Pezão. Falta homologar o nome na convenção partidária. Mas isto só ocorrerá em convenção em meio ao calendário eleitoral em 2018.
Mesmo com todo o desgaste político do seu nome, Garotinho insiste em voltar a ser governador. Já na eleição passada, em que estava melhor na fita, ele foi mal. Ficou fora do segundo turno e não venceu nas urnas sequer em Campos, a sua terra natal.
Garotinho tem consciência do desgaste do seu nome. Mas certamente está apostando que não há, entre os possíveis concorrentes, um nome forte eleitoralmente. Daí, acredita ser possível, sim, entrar com chances na disputa.
Um outro ponto de motivação para Garotinho é o fato de que o governo Pezão está muito mal diante da opinião pública. Isto quer dizer que o apoio da máquina, a um nome ou outro, não terá acolhida boa junto ao eleitorado.
Comentar
Compartilhe
Lotadas entre Campos-Rio aumentam
19/10/2017 | 05h42
As lotadas entre Campos-Rio estão aumentando, na medida em que pesa no bolso a diferença no preço da passagem cobra-da pela Viação 1001. A GloboNews abordou o assunto. Fez matéria no entorno da Rodoviária Novo Rio, mas não tocou no nome da empresa.
Para atrair as pessoas para as lotadas, existe os agenciadores. Eles anunciam as viagens para outras cidades, inclusive Campos. Tal prática é usual na Rodoviária Roberto Silveira.
Na rodoviária de Campos, os anunciadores trabalham abertamente junto aos guichês da 1001. Os carros das lotadas ficam na rua em frente. Não há fiscalização do Detro-RJ.
Comentar
Compartilhe
Associação de Imprensa Campista reage à posição da Educativa FM
18/10/2017 | 07h45
A defesa da volta dos militares ao poder, feita na Educativa FM (emissora da Uniflu), mereceu um posicionamento da Associação de Imprensa Campista —não de cerceamento da opinião de apresentadores do “Páginas Abertas”, que pregam uma intervenção militar no Brasil.
Contrária à posição do “Páginas Abertas”, a Associação de Imprensa Campista (AIC) produziu um spot de 30 segundos para rádios interessadas em veicular uma mensagem em favor da democracia.
A ideia da AIC é fazer uma ação educativa “em tempos em que surgem clamores por soluções autoritárias e banalizações sobre a possibilidade de uma intervenção militar no país”.
Comentar
Compartilhe
Saia justa
17/10/2017 | 15h29
Ano - 1964.
É o primeiro desfile de 7 de Setembro, após o golpe militar. No palanque das autoridades, o repórter José Salles quer saber do deputado Hélio Azevedo Gomes, o Lelé, o que ele acha do novo regime.
Lelé, longe de querer complicar a sua vida, mas sem deixar de dar uma resposta aos ouvintes da Rádio Cultura, chuta uma opinião qualquer para espanto de José Salles.
— As circunstâncias estão acima das perspectivas.
E mais não disse e nem lhe foi perguntado.
Comentar
Compartilhe
Passando da hora
17/10/2017 | 09h31
Titular do Sportv, o locutor Luiz Carlos Júnior fez a transmissão, pela Globo, do jogo Vasco x Avaí, na semana passada. É o melhor da emissora. Daí que está na passando da hora do Galvão Bueno, sempre muito chato, se aposentar.
Comentar
Compartilhe
Gasolina mais barata com pagamento cash
16/10/2017 | 19h04
Postos de combustíveis em Campos estão buscando atrair a clientela que está com dinheiro no bolso. Oferecem um preço menor no litro da gasolina, mas só com pagamento cash.
Comentar
Compartilhe
Uma decisão da justiça inacreditável
16/10/2017 | 14h48
Na área da Justiça há sentenças inacreditáveis. Uma decisão da 2ª Vara de Direito de Família de Niterói, confirmada pelo Tribunal de Justiça do Estado, condenou uma viúva a dividir parte da herança do marido -— um engenheiro, funcionário estadual — estimada em R$ 12 milhões, com a ex-amante dele.
A Justiça entendeu que a amante não sabia que o homem era casado. E os dois viveram uma relação extra conjugal por 17 anos. O resultado é que a ex-amante ficará também com metade de um prêmio da Mega Sena que o morto recebeu em 2010, mas não lhe comunicou.
O advogado da amante, Afonso Feitosa, explicou que sua cliente nunca teve conhecimento do casamento do engenheiro:
— Ela não sabia que ele era casado, ninguém no trabalho sabia. Ela agiu de boa-fé.
Fonte: O Globo
Comentar
Compartilhe
Em posições diferentes
16/10/2017 | 12h40
O horário de verão está vigorando desde ontem. Quem depende do relógio da Catedral Diocesana, não para acordar, mas para andar na hora certa, enquanto está no centro, perde tempo: o relógio, já faz ano, não funciona.
Por falar em relógio, a Igreja São Francisco, que fica na Rua 13 de Maio, adotou uma estratégia para não ter, todo ano, que alterar os seus quando da vigência do horário de verão: o localizado para a Rua 13 de Maio marca o horário de Brasília. Já o outro relógio, voltado para a Rua Siqueira Campos, está no horário de verão.
Comentar
Compartilhe
Carla Machado lembra os recursos deixados em caixa
15/10/2017 | 18h32
A prefeita de São João da Barra, Carla Machado, ao participar, na véspera do feriadão, da entrega da reforma da escola Chrisanto Henrique de Souza e do Posto de Urgência, no Açu, revelou que, ao finalizar sua última gestão, em 2012, deixou em caixa R$ 87 milhões, e deste valor, R$ 66 milhões eram destinados à conclusão de obras em curso, como a da escola Chrisanto, “o que não foi feito”.
Carla frisou que o seu compromisso é reconstruir São João da Barra e que a comunidade do Açu vai receber a obra de reforma da rodoviária, “que será entregue até o verão”.
Comentar
Compartilhe
Mania do campista
15/10/2017 | 16h30
Da série “Mania do Campista”: falar que chuva boa é a chuva criadeira — a que é fina e continuada, sendo boa para a lavoura por encharcar a terra.
Comentar
Compartilhe
Garotinho se defende de denúncia de Funaro
15/10/2017 | 07h25
O doleiro Lúcio Funaro falou que o esquema de desvio de dinheiro da Prece, o fundo de pensão da Cedae, operado por Eduardo Cunha (PMDB), foi planejado durante a campanha de Rosinha Garotinho (PR) para o governo do estado. Ele afirma que parte desse fundo ia para Anthony Garotinho (PR), que na época tinha um projeto de candidatura à presidência.
No seu blog, Garotinho se defende. Disse que Funaro tem ódio contra ele. E desafia que, além de palavras, o doleiro de Eduardo Cunha e boa parte do PMDB apresente qualquer prova contra a sua pessoa. "Seja uma conta no exterior, algum depósito no Brasil, algum bem adquirido, qualquer situação que comprove suas palavras".
 Garotinho ainda fala nas eleições de 2018. "Essa é mais uma mentirinha do PMDB com medo da minha volta ao governo do estado para colocar o restante de sua quadrilha na cadeia onde atualmente está Sérgio Cabral".
Obs: No seu blog, o jornalista Arnaldo Neto traz matéria. 
Comentar
Compartilhe
Quem escreve?
14/10/2017 | 17h34
A greve dos Correios suscitou uma situação curiosa. Um morador de um prédio residencial em Campos quis saber na portaria se o carteiro voltara a passar.
— Carteiro?
O porteiro não conhecia o termo. Efeito da tecnologia.
Comentar
Compartilhe
A política anda assim...
14/10/2017 | 08h36
Em Duque de Caxias, região do Grande Rio, o vereador Sebastião Ferreira, o Chiquinho Grandão, corre o risco de ser afastado. É que há um mandado de prisão contra ele, acusado de ligação com a milícia. Em 2010, Chiquinho foi preso na Operação Capa Preta, feita pela Polícia Civil.
O detalhe é que, caso Chiquinho Grandão seja afastado, a filha do traficante Fernandinho BeiraMar, Fernanda Costa, pode virar vereadora. Ela estreou na política em 2016, mas os 3.096 votos que recebeu só lhe garantiram uma vaga de suplente.
Comentar
Compartilhe
Não quer ser candidato
13/10/2017 | 14h41
Vereador no Rio, César Maia resiste à tentativa do DEM em transformá-lo candidato a governador nas eleições de 2018. Maia admite que, aos 72 anos, não se sente com vigor físico para encarar uma campanha em tal âmbito.
Comentar
Compartilhe
Dinheiro da Prefeitura fez mal às empresas de ônibus de Campos
13/10/2017 | 06h53
O dinheiro público muitas vezes faz mal quando é distribuído sem muito critério. O setor de transporte coletivo de Campos, antes de ganhar, a partir de 2009, uma injeção financeira com a adoção, no governo Rosinha Garotinho, da passagem a R$ 1, atendia, bem ou mal, a população. Mais bem do que mal. É ponto comum.
A partir do repasse de recursos municipais, as empresas de ônibus, ao invés de se fortalecerem, começaram a enfrentar problemas refletidos por sucessivas greves, o que era raro antes da vigência da passagem a R$ 1. O quadro no setor, atualmente, é o pior possível.
A prefeitura, na gestão de Rosinha, bancou, via o Fundecam, a compra de ônibus novos para várias empresas. O que se sabe é que algumas não estão com os compromissos, junto ao órgão, em dia. Não é surpresa. Se falta dinheiro para pagar a motorista, trocador...
Comentar
Compartilhe
A imprensa de Campos pelo avesso
12/10/2017 | 18h38
Anos 1970.
J. Porto, repórter de polícia do Monitor Campista, chega para o médico legista Nilson Cardoso e pergunta:
— Quantas autópsias o senhor já fez em pessoas mortas?
Pacientemente, Nilson responde.
— Todas as autópsias que eu faço são em pessoas mortas.
J. Porto gosta da conversa. E manda outra pergunta:
— A que horas o senhor começou a autópsia do cadáver de Seniltz Gomes da Paixão (comerciante assassinado, vítima da chacina da rua Dr. Beda)?
— Às 8 horas e 30 minutos.
— E Zeniltz já estava morto naquele momento?
— Não, senhor repórter. Estava sentado sobre a mesa e se perguntava o por que de eu estar lhe fazendo uma autópsia...
Comentar
Compartilhe
Telefone fixo dá chateação
12/10/2017 | 07h46
Linha fixa de telefone está virando um terminal de chateação. É muita gente ligando, oferecendo alguma coisa. Começa pelas próprias operadoras. A OI é uma delas.Aliás, a operadora Oi consegue manter uma clientela porque o telefone fixo é necessário para os serviços da Velox.
Mas uma das coisas que mais irrita quando toca o telefone fixo é a oferta, pelo telemarketing, por artistas como Ronnie Von e Moacyr Franco, e pela ex-jogadora de basquete Hortência (com o seu sotaque paulista), do produto Ômega 3.
O fixo também proporciona pedidos de dinheiro por entidades como a Legião da Boa Vontade (LBV). A chamada começa pela identificação do assinante pelo seu nome completo (obtido no catálogo). Aí vem a conversa...
Comentar
Compartilhe
Ficção e realidade
11/10/2017 | 18h42
Danúbia Rangel, a primeira-dama do tráfico da Rocinha, presa ontem no Rio. As fotos revelam uma ficção e uma realidade plástica da mulher do traficante Antônio Bonfim Lopes, o Nem.
Comentar
Compartilhe
Não é verdade
11/10/2017 | 12h54
Reza a lenda que campista nem fiado, nem à vista. A sentença, que já foi título de um livro lançado pelo saudoso advogado Yvan Senra Pessanha, não se refere, como muita gente pensa, à falta de credibilidade de nossa gente.
A pesquisadora Ana Paula Paiva revela que, ao contrário do que se pensa, a expressão “campista nem fiado, nem à vista” nasceu da recusa do nosso povo em vender terras para Joaquim Silvério dos Reis (o traidor de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes).
As terras seriam compradas com o dinheiro recebido da coroa portuguesa em troca da delação. Os campistas não aceitaram a transação de forma alguma, nem com o pagamento “fiado”, nem “à vista”.
Comentar
Compartilhe
População sofre com a greve dos rodoviários
11/10/2017 | 06h40
A população de Campos está sofrendo com a greve dos rodoviários. Mais uma. Anda e vira o setor de transporte público é paralisado. Salvo vans e lotadas, que, sem ter funcionários para pagar salários, lucram com a generalizada crise nas empresas de ônibus. As empresas culpam o poder público. Cobram a falta do repasse financeiro de quando ofereciam passagem a R$ 1, o que acabou há poucos dias. 
Presidente do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte, Renato Siqueira disse ontem que o que há em aberto é a segunda quinzena de dezembro e setembro. O mês de setembro será pago até o fim de outubro.
Comentar
Compartilhe
Viés politico
10/10/2017 | 15h14
Embate hoje entre a figura pública A e B, a um ano das eleições, não tem vencedor. Mas a cidade de Campos e o seu povo perdem. A greve dos rodoviários com certeza tem um viés político.
Comentar
Compartilhe
Uma dobrada em 2018
10/10/2017 | 06h31
O deputado Bruno Dauaire (PR) buscará a reeleição para a Assembléia Legislativa dentro do grupo liderado por Anthony Garotinho. Não será o único nome no âmbito do eleitorado cujo polo é o município de Campos. Mas já sai com uma vantagem sobre os aliados que vão estar na disputa eleitoral: a dobrada com Wladimir.
Na eleição passada, Wladimir se empenhou pela eleição de Bruno, enquanto Garotinho deu o seu apoio a Geraldo Pudim. Bruno se elegeu e os dois, ele e Wladimir, vão caminhar juntos novamente. Desta feita, com Wladimir buscando um mandato na Câmara Federal.
Comentar
Compartilhe
Pequenos negócios
09/10/2017 | 20h49
A Sociedade de Garantia de Crédito, criada em 2010 na Câmara de Dirigentes Lojistas de Campos para garantir o fomento de pequenos negócios, está viabilizada. É uma das primeiras do país.
Comentar
Compartilhe
Cada um tem um preço
09/10/2017 | 17h46
Conta a lenda que, ao nomear um velho amigo para chefiar a Alfândega, o presidente Getúlio Vargas fez uma advertência que era para o aliado cumprir ao pé da letra:
— Quando quiserem corromper você, avise.
Algum tempo depois, Getúlio recebeu um telegrama do velho amigo.
— Por favor, me demita urgente. Estão chegando no meu preço.
(Sebastião Nery)
Comentar
Compartilhe
Disputa pela vaga
09/10/2017 | 14h32
Há na Assembléia Legislativa uma disputa pela vaga aberta no Tribunal de Contas do Estado (TCE) com a aposentadoria de Joninhas Lopes de Carvalho. O TCE é considerado um paraíso. O salário é alto e as mordomias são muitas. Um bocão.
Comentar
Compartilhe
Fechou as portas
09/10/2017 | 10h45
Antes de os supermercados surgirem em Campos, no início dos anos 1970, prevalecia no comércio de secos e molhados na cidade as mercearias, os armazéns e as vendas, essas chamadas assim por serem de menor porte. E um dos últimos estabelecimentos do gênero fechou. Funcionava na rua Dr. Siqueira, esquina com a Barão de Miracema. Pela aparência pequena, era bem cara de venda — das legítimas, em que, em um espaço pequeno, oferecia uma variedade tão grande de mercadorias.
Comentar
Compartilhe
Com 81% de reprovação, Pezão diz que não liga para pesquisas
09/10/2017 | 06h32
O governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) minimizou ontem a baixa aprovação do seu governo, apurada por uma pesquisa do instituto Datafolha divulgada na noite de sábado. De acordo com o levantamento, 81% da população consideram seu governo ruim ou péssimo. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.
— Não ligo para isso, pois não corro atrás de popularidade. Não serei mais candidato, então, não preciso disso. Nem me preocupo — desdenhou ele, reticente, antes de ponderar: — Só me preocupo com os salários dos funcionários e servidores. Agora, vou correr atrás e fazer o que for necessário. Até o fim de minha gestão, vou colocar isso em dia. Depois que todas as pessoas virem suas contas ajustadas, os índices vão melhorar.
Fonte: O Globo
Comentar
Compartilhe
Hoje Pezão pede livros...
08/10/2017 | 18h05
O governador Luiz Fernando Pezão é amigo de seus amigos. Durante uma audiência formal, tratando de assuntos do Rio, pediu aos visitantes que fizessem doações de livros para a cadeia de Benfica, onde seu padrinho Sérgio Cabral trabalha como bibliotecário.
O juiz Marcelos Bretas fez bem ao Rio. Hoje o governador pede livros a quem vai tratar de negócios com ele.
(Elio Gaspari - O Globo)
Comentar
Compartilhe
Opiniões divididas
08/10/2017 | 15h30
A defesa da volta dos militares ao poder, feita por apresentadores do programa “Páginas Abertas”, da Educativa FM, repercutiu muito na rede social, sobretudo porque houve o uso do microfone de uma emissora do Centro Universitário Fluminense (Uniflu).
O fato, que merece reflexão, é que, foco sobre a Uniflu à parte, quanto à verdeira posição da instituição no que externa o principal programa de sua FM, é que as opiniões, quanto a volta ou não dos militares, se dividiram.
Comentar
Compartilhe
Mania do campista
08/10/2017 | 06h49
Da série “Mania do Campista”: quando pede que alguém guarde um segredo fala assim: ´boca-de-siri, não conta pra ninguém´.
Comentar
Compartilhe
César Tinoco é o nome de Rafael Diniz para a Câmara dos Deputados
07/10/2017 | 08h01
Coordenador da campanha de Rafael Diniz na eleição de vereador em 2012, e na sucessão de Rosinha Garotinho no ano passado, César Tinoco está com cotação alta no grupo politico do prefeito — vai ser o candidato de Rafael para a Câmara dos Deputados.
No tabuleiro político que Rafael Diniz projeta para 2018, é pule 10 uma dobrada César Tinoco/Marcão Gomes. O presidente da Câmara Municipal buscará um mandato na Assembléia Legislativa cacifado pelos mais de 5 mil votos que obteve na eleição de vereador.
César, cujo pai, o saudoso Carlos Tinoco, presidiu a Câmara Municipal, não entra em detalhes sobre os planos políticos que o envolve. Pondera que Rafael não está pensando nas eleições, já que se concentra no trabalho de recuperação de Campos.
O próprio César destaca que está empenhado neste processo, auxiliando Rafael na gestão de reconstrução da cidade. “Perdemos muito por conta de governos que antecipavam as discussões eleitorais. No momento certo o prefeito discutirá pré-candidaturas”.
Comentar
Compartilhe
Bernardinho entre o governo do Rio ou o Senado em 2018
06/10/2017 | 22h10
Bernardinho vestiu uma camisa polo, mas desta vez, no figurino de político. Em vídeo do Partido Novo, o ex-técnico de vôlei da seleção brasileira pela primeira vez faz um apelo claramente eleitoral.
Na peça, estimula os eleitores a se filiarem e se candidatarem para melhorar a política nacional. "É fundamental participar", vaticina. "A gente não pode ficar só reclamando. É fundamental assumir responsabilidade."
Ainda em dúvida se será candidato ao governo do Rio ou ao Senado, Bernardinho mirou o Legislativo na peça. "Aquilo que a gente tem visto lá certamente não agrada a todos nós, a nenhum de nós, provavelmente", lamentou.
Fonte: Folha de S.Paulo.
Comentar
Compartilhe
Péssima qualidade
06/10/2017 | 17h06
No rádio AM de Campos, e mesmo no FM, há comunicadores que compram horário. Pior para o ouvinte, que fica privado de um padrão mínimo de qualidade.
Comentar
Compartilhe
Os planos ousados de Garotinho
06/10/2017 | 06h49
Anthony Garotinho está longe de avaliar que ficou mal na fita politicamente. Os planos para 2018 são ousados. Ele quer voltar ao Palácio Guanabara. Vai lançar-se, portanto, candidato a governador. E colocará no palanque Clarissa e Wladimir na busca por mandatos à Câmara dos Deputados.
Clarissa, que é secretária do governo de Marcelo Crivella, irá trabalhar o eleitorado da região Metropolitana, enquanto Wladimir vai concentrar-se no interior, sobretudo em Campos. Pessoas ligadas ao grupo dizem que a meta de Garotinho, por aqui, é cacifar o seu filho para 2020.
Daí que tão logo saiu da prisão domiciliar que cumpriu por liderar o esquema Chequinho, Garotinho acenou para que correligionários dele fossem para a rede social projetar as eleições de 2018, de olho, também, na sucessão municipal de 2020, em que a bola da vez, no grupo, é Wladimir.
Comentar
Compartilhe
Lojistas retomam luta por monitoramento no centro
05/10/2017 | 17h09
A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) vai, junto com outras entidades, inclusive a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), retomar a luta para implantar um sistema de monitoramento no centro de Campos, hoje muito exposto à bandidagem.
Comentar
Compartilhe
Na boca do locutor
05/10/2017 | 12h23
Marco Aurélio Ribeiro, narrador do Jockey Club do Rio, viu-se em palpos de aranha, por causa do exótico nome de um cavalo, através do qual o proprietário decidiu homenagear a própria genitora, batizando-o de “Minha mãe”.
Inconformado com a possibilidade de ter que narrar algo como “Minha mãe corre em segundo, avança por fora e já livra cabeça e pescoço”, o locutor apelou: na hora do páreo, o bucéfalo virou “Mãe dele”. E tome “Mãe dele” corre em terceiro, agora em quarto, “Mãe dele” entra na reta final.
(Renato Maurício Prado)
Comentar
Compartilhe
Aos mentirosos de plantão...
05/10/2017 | 07h21
Um sujeito, desses que faz pregação religiosa pouco se importando se há pessoas ligadas ou não no que fala, tem ocupado o Calçadão, diante da agência da Caixa, com uma oratória bíblica.
Ontem, o pregador dizia que quem mente não entrará no reino do Céu. E mais: “Jesus Cristo disse que o diabo é mentiroso e é o pai da mentira”. O alerta vale para os mentirosos de plantão, alguns muito manjados...
Comentar
Compartilhe
Nova derrota na Justiça
04/10/2017 | 18h29
O Tribunal Regional Federal da 2ª Região negou, por unanimidade, pedido feito pela defesa do ex-governador Sérgio Cabral para que o juiz Marcelo Bretas fosse afastado dos processos da Operação Calicute.
Segundo os advogados, Bretas prejulgou os réus numa entrevista concedida ao jornal Valor Econômico em julho.
Segundo nota divulgada pelo Ministério Público Federal, Bretas julgará tecnicamente o caso a partir de provas produzidas pela procuradoria, ainda que tenha feito considerações genéricas sobre o caso.
Bretas já condenou o ex-governador a 45 anos de cadeia. A pena se divide em 24 anos pelo crime de corrupção passiva, 13 anos por lavagem de dinheiro e 8 anos e 2 meses por organização criminosa.
Fonte: Veja (Radar On-line)
Comentar
Compartilhe
João Peixoto preside sessão na Alerj
04/10/2017 | 16h10
O deputado João Peixoto, que está à frente da comissão de Agricultura na Alerj, presidiu, em sessão na Assembléia Legislativa do Rio, o lançamento do Censo de Agropecuária 2017. Em 2006, o estado do Rio de Janeiro possuía cerca de 58,5 mil estabelecimentos agropecuários, que ocupavam uma área de dois milhões de hectares. Destes, 70% estavam fora da Região Metropolitana.
Depois de mais de dez anos, o que mudou? Para responder perguntas como essa, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) irá realizar, em todo o país, o Censo Agropecuário, Florestal e Agrícola de 2017. A coleta de dados do censo será feita por 26 mil agentes em todo o país e será realizada até fevereiro de 2018. 
Comentar
Compartilhe
Na Educativa FM, a defesa da volta dos militares ao poder
04/10/2017 | 07h58
Ontem, no “Páginas Abertas”, da Educativa FM, houve a defesa da volta dos militares ao poder, como forma de acabar com a corrupção no Brasil e estancar a crise nas instituições. A colocação ecoou. Hoje, foi externado no programa que as opiniões manifestadas ali pelos apresentadores não reproduzem a opinião do Centro Universitário Fluminense (UNIFLU), entidade que detém o controle da emissora. Feito o esclarecimento, um dos locutores não deixou por menos. Alardeou que a repercussão do que foi colocado na véspera sinaliza "que a gente está sendo ouvido".
Comentar
Compartilhe
Morre Regina Sardinha, ex-diretora da Faculdade de Filosofia
03/10/2017 | 19h02
Morreu na tarde desta terça-feira a professora e ex-diretora da Faculdade de Filosofia de Campos, Regina Sardinha, de 68 anos. Regina, que era uma das educadoras mais conhecidas de Campos, lutava contra um câncer desde 2004. De acordo com amigos da professora, há alguns anos ela teve câncer de mama, fez cirurgia e se recuperou, fez viagens, mas o tumor retornou.
Regina estava internada na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital particular de Campos. Ainda não há informações sobre velório e sepultamento. Por causa da morte de Regina, as aulas no Centro Universitário Fluminense (Uniflu) foram canceladas.
Fonte: site Notícia Urbana
Comentar
Compartilhe
Mais empregos em São João da Barra
03/10/2017 | 15h01
O município de São João da Barra está sofrendo com os fortes impactos causados pela crise econômica e financeira que atinge todo o país. Na sessão ordinária desta terça (3), a Câmara aprovou uma indicação do vereador Aluizio Siqueira (PP) que pode ajudar a solucionar o problema.
Na matéria, ele sugere à prefeita Carla Machado, que crie por meio de portaria, uma comissão de licenciamento municipal, objetivando auxiliar nos processos de legalização de empresas que queiram se instalar no município.
O texto sugere que sejam submetidos ao tratamento da comissão, todos os empreendimentos que oferecerem no mínimo 20 empregos, sendo metade deste número aos munícipes de São João da Barra (não excluindo outros casos de relevância municipal).
“Se a empresa oferecer 100 empregos, por exemplo, 50 deles terão que ser para os nossos munícipes”, explicou o vereador. Outra orientação é para que todas as etapas pertinentes ao processo de legalização junto aos órgãos municipais sejam cumpridas no máximo em 60 dias.
Comentar
Compartilhe
Concorrência no trânsito
03/10/2017 | 12h02
Um dos sinais mais concorridos no trânsito de Campos, para venda/ou pedido de dinheiro, é o da Rua Marechal Floriano (antiga Ouvidor) com Saldanha Marinho. Em época de campanha eleitoral, muitos militantes se concentram ali para distribuir panfletos.
Atualmente, naquele ponto, estudantes pedem ajuda para formatura. Outros jovens vendem balas, sacos alvejados.
Comentar
Compartilhe
Perde o foro privilegiado
03/10/2017 | 07h53
Joninhas Lopes de Carvalho vai se aposentar. Se não terá perdas dos R$ 49.559,56 que recebe por mês do Tribunal de Contas do Estado (TCE), perderá o foro privilegiado por prerrogativa de função.
Joninhas estava afastado do TCE desde dezembro de 2016, quando foi conduzido coercitivamente à Polícia Federal para depor em investigação que apura suspeitas de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no órgão.
Comentar
Compartilhe
Tremenda enrabada
02/10/2017 | 22h07
A sensação que se tem, vendo mais um jogo de Vinicius Júnior (derrota do Flamengo para a Ponte Preta, por 1 a 0, em jogo encerrado agora há pouco), é que o presidente rubro negro, Eduardo Bandeira de Mello, de bobo só tem a cara. Vinicius Júnior, que, nem de longe, lembra Neimar ou Phliippe Coutinho, quando foram negociados para a Europa, foi vendido para o Real Madri pela bagatela de R$ 164 milhões. Uma enrabada sem tamanho nos espanhóis.
Comentar
Compartilhe
Repertório ruim
02/10/2017 | 19h29
Um trenzinho da alegria roda a cidade, especialmente nos fins de semana. O repertório (funk) não é nada infantil. Os tempos do trenzinho com músicas da Xuxa, da Angélica, da Turma do Balão Mágico eram melhores para as crianças.
Comentar
Compartilhe
Unidos em dupla cover, hoje desafetos
02/10/2017 | 14h39
Clarissa Garotinho e Gustavo Matheus, que regulam mais ou menos a mesma idade, são primos. Hoje, por conta da política, digladiam-se. O palco é a rede social. Mas já brincaram juntos. Quando crianças, faziam uma dupla cover: Clarissa, era a Sandy, enquanto Gustavo era o Júnior.
No fogo cruzado do momento, Gustavo não fala de quando os dois brincavam um como outro. Mas Clarissa mostra-se saudosa: “Época boa em que a gente não se preocupava com a política, essa que separa amigos e até mesmo parentes”, diz ela.
Comentar
Compartilhe
Garotinho quer reaver pendrives apreendidos pela Polícia Federal
02/10/2017 | 07h23
Anthony Garotinho protocolou um requerimento na Polícia Federal de Campos para reaver oito pendrives que, segundo ele, foram apreendidos na última vez em que foi preso, no dia 13 de setembro. Em matéria publicada hoje, na Folha de S.Paulo, Garotinho revela que os oito pendrives teriam sido apreendidos por um dos policiais que cumpriu o mandado de prisão contra ele. Garotinho conta que, na viagem entre Rio e Campos, a escolta parou para que ele pudesse usar um banheiro de um posto de gasolina e teria sido acompanhado pelo policial federal. De acordo com Garotinho, os dispositivos eletrônicos continham diversas gravações e documentos com denúncias a autoridades, como o ex-governador do Rio Sérgio Cabral e o ex-prefeito Eduardo Paes, entre outros.
"Ele já sabia que estava na minha pochete, ele aproveitou um local, dentro de um banheiro, que não tinha ninguém, que ninguém podia ver, para fazer a apreensão ilegal de um material. Por quê?", contou Garotinho.
Segundo o ex-governador, ele teria levado a pochete para o banheiro para poder tomar um calmante. Ao entrar, o policial teria insistido para que ele não fechasse a porta.
"Eu entro no banheiro, vou encostar a porta, aí ele diz: 'não, não fecha a porta'. (...) Acabei de urinar, peguei a pochete, abri para pegar mais quatro comprimidos de Rivotril. (...) Ele ficou olhando. Sabe aquele banheirinho que só tem um sanitário e uma pia? Ele ficou ali, ficou olhando", disse Garotinho, acrescentando que, em seguida, o policial pediu para ver a pochete e apreendeu os pendrives.
Comentar
Compartilhe
Carla Machado festeja aumento de serviços oferecidos no Porto do Açu
01/10/2017 | 18h08
A 14ª Rodada de licitações de petróleo e gás realizada na última quarta-feira confirmou que a Bacia de Campos ainda tem muito a produzir, o que aumentará a receita de royalties e de ISS do município de São João da Barra devido ao aumento dos serviços oferecidos no Porto do Açú. A prefeita Carla Machado comemorou a notícia.
Carla cita que devido a localização estratégica, segurança e eficiência do porto, a Petrobras passará agora a fazer 80% da sua movimentação através da B-Port. Na terça feira, a prefeita estará em Brasília para participar de uma audiência. Ela diz que vai lutar para a inclusão de São João da Barra na compensação sobre a exploração de minério de ferro.
Comentar
Compartilhe
Relato de uma decepção
01/10/2017 | 15h57
Já aconteceu de você, ao olhar para uma pessoa da mesma idade, pensar: "eu não sou assim tão velho".
O relato de uma amiga é muito divertido. Vamos lá:
"Estava sentada na sala de espera para a consulta com um novo dentista, quando observei o seu diploma na parede.
Li o seu nome e recordei de um moreno alto que tinha esse mesmo nome. Era da minha classe do colegial, uns 30 anos atrás e eu me perguntei: `seria o mesmo rapaz por quem eu tinha me apaixonado à época?` .
Entrei na sala de atendimento e, imediatamente, afastei esse pensamento. Esse homem grisalho, quase calvo, gordo, enrugado, era demasiadamente velho e desgastado pra ter sido o meu amor secreto.
De qualquer forma, depois que examinou os meus dentes, perguntei se ele tinha estudado no Colégio Santa Cecília.
— Sim — respondeu-me.
— Quando se formou? — perguntei.
— Em 1975. Por que a pergunta? — ele quis saber.
— É que... bem... você era da minha classe — exclamei.
E então aquele velho horrível, cretino, careca, barrigudo, flácido, me perguntou:
— A senhora era professora de quê?"
Comentar
Compartilhe
Mania do campista
01/10/2017 | 08h07
Da série “Mania do Campista”: em um dia é muito efusivo no cumprimento; em outro, mal fala.
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Saulo Pessanha

[email protected]