Mania do campista
30/07/2018 | 15h15
Da série "Mania do Campista: chamar de pilorda uma coisa sem muito valor e que já não funciona.
Comentar
Compartilhe
Efeito da crise
26/07/2018 | 12h37
Em tempos de crise e de crédito mais escasso, pedir o nome emprestado para realizar compras no comércio é a saída que muita gente encontra para não deixar de consumir.
 Tal prática é usada também em Campos, engrossando, assim, estatística que mostra que de cada 10 brasileiros, quatro já pediram o nome emprestado a outras pessoas para fazer compras a crédito.
Comentar
Compartilhe
Um nome para levar votos de Campos
25/07/2018 | 06h48
Um nome deve penetrar forte em Campos nas eleições do dia 7 de outubro, embora talvez nem conheça a cidade. É Marcelo Hodge, filho de Crivella, prefeito do Rio. Candidato a deputado federal, Hodge certamente contará com amplo apoio da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd).
 O plano de Marcello Crivella é fazer do filho o mais votado do PRB fluminense, de forma a puxar outros candidatos do partido à Câmara dos Deputados.
 Para se ter ideia da força da Igreja Universal, nas eleições de 2014 o seu candidato a deputado federal Roberto Sales, hoje no DEM, mas então no PRB, obteve 8.819 votos em Campos.
 Na mesma eleição, mas para a Assembléia Legislativa, a Igreja Universal deu a soma de 7.870 votos nas urnas do município ao bispo Carlos Macedo.
 Carlos Macedo tem a sua base eleitoral em São João de Meriti. Mas recebeu mais votos em Campos do que nomes daqui como Erick Schunk e Odete Rocha.
Comentar
Compartilhe
Quem é quem
21/07/2018 | 06h22
O resultado sobre a votação das contas de Rosinha Garotinho, em que 15 dos 25 vereadores votaram a favor do parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE), rejeitando as contas da ex-prefeita, dá a dimensão sobre quem é governo e oposição na Câmara Municipal. A dúvida fica por conta de Joilza Rangel, que não apareceu na sessão realizada na quarta-feira. Alegou problemas de saúde.
Comentar
Compartilhe
É de Campos o novo superintendente regional do IPEM-RJ
18/07/2018 | 15h15
O campista Thiago Rangel, que já foi Diretor do Detro-RJ, assume a Superintendência Regional do IPEM-RJ, órgão fiscalizador de metrologia oficial do Governo do Estado do Rio de Janeiro, e correspondente do INMETRO no Estado.
O Instituto de Pesos e Medidas é responsável pela aferição de taxímetros, balanças comerciais e industriais e bombas de combustível. Thiago já esteve à frente da autarquia de trânsito, atuando na regulamentação das vans intermunicipais do norte e noroeste do Estado. 
Comentar
Compartilhe
Polícia na política gera surpresas
17/07/2018 | 07h48
Ao que parece o quadro na Câmara Municipal ficou definido, depois de idas e vindas de um leque de vereadores envolvidos no esquema do Cheque Cidadão. O dentista Ivan Machado assumiu a cadeira de Thiago Ferrugem, o último punido com a perda do mandato.
Ao término da apuração da eleição de 2016, em que somou apenas 782 votos, Ivan Machado, e nem os mais otimistas dos seus correligionários, poderiam imaginar que ele poderia ainda alcançar o mandato.
Mas quando a política possui relações com a polícia, tudo é possível. Em 1996, o engenheiro Carlos Faria, o Café, ficou na suplência na eleição de vereador. Mas levou a vaga de forma um tanto inusitada.
Tudo porque o comerciante José de Almeida Rangel, o “Zezinho de Travessão”, também suplente, assassinou o vereador Sérgio Luiz Paes da Silva, o Lilico, para ficar com a sua vaga.
Com a morte de Lilico e a prisão de Zezinho, o mandato de vereador caiu no colo de Carlos Faria, dono de 1.311 votos e eleito segundo suplente do PMN.
Comentar
Compartilhe
Mania do campista
15/07/2018 | 17h25
Da série “Mania do Campista”: chamar o pão francês de pão-de-sal.
Comentar
Compartilhe
Péris Ribeiro diz que decisão da Copa será duelo de opostos
14/07/2018 | 09h05
O jornalista e escritor Péris Ribeiro — já escreveu três livros, incluindo "Didi - o gênio da folha-seca", um dos mais vendidos no país no gênero da literatura esportiva — dá a sua opinião para o blog sobre a decisão  da Copa na Rússia.
Na avaliação de Péris, o jogo deste domingo entre França e Croácia será um duelo de opostos: 
"Desta vez, nada de Espanha, Brasil, Alemanha ou Argentina. É que, depois de alguns bons anos, a nova ordem do futebol mundial nos porá diante de uma autêntica decisão de opostos. De um lado, uma França talentosa e rápida. Que procura imprimir, desde o início, o seu estilo vibrante na busca pelo gol. De outro, uma Croácia que se propõe ao toque de bola, sempre regido por três ou quatro talentosos jogadores. É assim que, com um time mais experiente, espera a sua hora e vez de decidir o jogo.
Então, por tudo isso, pode muito bem ter chegado a vez dessa Croácia. Um país com menos de 30 anos de vida - e com apenas duas décadas de Copas do Mundo no currículo. Mas também pode, perfeitamente, ser um momento único para a França. Capaz de maturar a sua jovem e brilhante geração, em plena linha de fogo dos duelos decisivos desta Copa. Uma França pronta a ganhar a sua segunda medalha de ouro, na história dos Campeonatos Mundiais.
Aliás, também haverá um duelo à parte entre os franceses Paul Pogba e Kylian Mbapé, e os croatas Luka Modric e Ivan Rakitic, pela coroa de Maior Jogador da competição. Uma atração e tanto, nesta decisão que confrontará escolas de estilos tão diferentes.
Portanto, em um Mundial que teve uma organização exemplar, o que esperamos é que a aguardada final de Moscou nos reserve novas grandes emoções. A alegre Rússia do czar Wladimir Putin merece - e bem merece! -, essa benção especial dos Deuses da Bola".
  
 
 
Comentar
Compartilhe
Posse tardia
13/07/2018 | 06h47
O dentista Ivan Machado, que obteve 782 votos nas eleições de 2016, abrigado no PTB, tomou posse na Câmara de Vereadores, um ano e oito meses depois que colocou o seu nome nas urnas. Ivan certamente estava na expectativa de que, ainda na atual legislatura, assumiria o mandato.
 É que Ivan, como toda a sociedade, vivia acompanhando as punições da Justiça aos eleitos por força do uso do Cheque Cidadão. Daí que, mesmo demoradamente, um a um dos vereadores envolvidos na “Operação Chequinho” foram sendo afastados.
 E o leque dos punidos foi de tal ordem que Ivan, mesmo recebendo uma quantidade pequena de votos, acabou ganhando uma cadeira na Câmara Municipal. O mandato, registre-se, será exercido por ele — pessoa correta, que valorizará o Legislativo — em igualdade de condições com todos os 21 colegas.
Comentar
Compartilhe
Cada vez mais adeptos
12/07/2018 | 06h38
O airsoft, esporte de ação que simula situações de operações policiais e militares ou de mera recreação, vai aumentando o número de adeptos em Campos. O jogo é popular em países asiáticos, como o Japão, China, Taiwan, Macau, Coreia do Sul e Filipinas.
As armas para a prática do airsoft são réplicas externas de armas de fogo reais que disparam bolinhas de plástico, limitadas a 6 mm. Um mecanismo interno impossibilita qualquer conversão para o uso com munição real. Um dos cenários para a prática do esporte é o parque industrial desativado da Usina São João, em Guarus. 
O pilar principal do airsoft é a honra dos participantes. Assim, quando um jogador é atingido, imediatamente ele acusa o acerto e sai do jogo. A honestidade dos jogadores é fundamental para o desenrolar do esporte.
Comentar
Compartilhe
Mania do campista
10/07/2018 | 06h32
Da série “Mania do Campista”: quando avalia que alguém quer fazer corpo mole sugere que corra atrás de Michel Haddad.
O saudoso Michel, para quem não sabe, foi o primeiro camelô em Campos. Pelo excesso de peso, locomovia-se lentamente.
Comentar
Compartilhe
Garotinho faz pajelança em Campos
09/07/2018 | 09h31
Hoje à noite, no Clube de Regatas Rio Branco, o pré-candidato a governador Anthony Garotinho realizará uma reunião, quando vai expor planos para a campanha e cobrar uma efetiva participação dos correligionários. Por sinal, as ausências vão ser observadas e anotadas.
 Sabe-se que Garotinho está contrariado com determinados nomes do seu grupo que vem “costeando o alambrado”, expressão usada pelo saudoso Leonel Brizola para se referir a um político que estaria prestes a pular a cerca e passar para o outro lado.
 Hoje, no grupo de Garotinho, alguns nomes (incluindo ex-vereadores, punidos pela Justiça pelo envolvimento com a Operação Chequinho) estão propensos a apoiar candidaturas não afinadas com o projeto eleitoral do ex-governador.
 Daí que a reunião de hoje servirá para aparar feridas e afinar o grupo rumo às eleições de outubro.
Comentar
Compartilhe
Bela história no magistério
08/07/2018 | 08h24
Ontem transcorreram os 40 anos do falecimento de Heloísa Monteiro Paixão. Esposa de José Avelino Paixão, e mãe de cinco filhos, ela faleceu muito nova. Mas o seu tempo de vida foi repleto de realizações.
 Junto com Conceição Muniz, Heloísa Paixão fundou a primeira faculdade federal em Campos de Serviço Social. Também participou ativamente da Pastoral Carcerária.
 Pelo que fez pela comunidade, Heloísa Paixão virou nome de rua no Parque Santo Amaro. Também foi homenageada com o seu nome dado a uma creche escola em Guarus.
Comentar
Compartilhe
Verdadeiro teste nas urnas
06/07/2018 | 07h22
Vice prefeito de Campos por duas vezes, o médico Chicão Oliveira será novamente testado nas urnas. Em 2016, como candidato a prefeito, foi derrotado. Mas, nas eleições anteriores, ganhou na garupa de Rosinha Garotinho. Para o Legislativo, faz agora o debut.
 
Ao se lançar candidato à Câmara dos Deputados, pelo Solidariedade, Chicão Oliveira vai enfrentar as urnas focado tão somente no seu cacife eleitoral. A iniciativa valerá para se saber o quanto ele foi importante para Rosinha se eleger prefeita.
 
Caso Chicão tenha uma votação expressiva, será possível avaliar que ele, efetivamente, teve peso nas duas vitórias de Rosinha. Se for mal nas urnas, entrará no rol dos políticos sem votos que lograram obter cargos como suplentes.
Comentar
Compartilhe
Funk na Expoagro Campos
05/07/2018 | 14h58
A programação de shows da 59ª edição da Exposição Agropecuária e Industrial do Norte Fluminense (Expoagro) começa nesta quinta-feira e vai até domingo, com a apresentação de artistas como Ludmilla e... Jojo Todynho.
Comentar
Compartilhe
Juntos, na disputa eleitoral
03/07/2018 | 07h40
No futebol, a convivência entre Romário e Edmundo nunca foi muito amistosa. Os dois disputaram o protagonismo, sobretudo no Vasco. As alfinetadas eram públicas. Jogaram juntos também no Flamengo — no ataque dos sonhos, junto com Sávio — e no Fluminense.
 Anos após pararem com o futebol, Romário e Edmundo vão estar juntos na eleições. Filiados ao Podemos, buscarão um mandato sob o mesmo teto partidário. Romário se coloca como candidato a governador. Já Edmundo quer se eleger deputado federal.
Comentar
Compartilhe
Cada eleição, é uma eleição...
01/07/2018 | 07h06
Há uma enxurrada de pré-candidatos à Câmara dos Deputados na região. A maioria só valoriza o nome. Na época das convenções, cai fora. A propósito, reza a lenda que, na política, cada eleição é uma eleição. O comunicador Tô Contigo obteve, apenas em Campos, na disputa de 2014, um total de 20.794 votos para deputado federal. Tô Contigo não se elegeu. Em 2016, cogitou disputar a prefeitura. Mas buscou mesmo a reeleição de vereador. Foi derrotado. Somou tão somente 1.815 votos.
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Saulo Pessanha

[email protected]