Eliana Ribeiro é a atração da Festa de São Fidelis
24/04/2018 | 13h00
Eliana Ribeiro
Eliana Ribeiro / Divulgação
A Cidade Poema está em festa para celebrar São Fidelis de Sigmaringa, seu padroeiro. A igreja completa 209 anos da inauguração. A programação religiosa começou às 5h, com a Alvorada, prosseguindo às 18h, com missa festiva celebrada pelo Bispo de Campos, Dom Roberto Francisco Ferreria Paz e concelebrada por Dom Fernando Rifan, natural da cidade. Logo após a missa será realizada a procissão, percorrendo as ruas de São Fidelis. Às 22h, na Praça Guilherme Tito de Azevedo, no palco oficial, se apresentará a cantora católica Eliana Ribeiro.
Eliana começou a carreira musical com 18 anos, após participar de um encontro de jovens em Vitória (ES), com a presença do Padre Léo (Comunidade Bethânia). Em 2002, gravou seu primeiro CD “Tempo de colheita”, onde mostra nas canções suas histórias pessoais. “Me engajei na paróquia, no grupo de oração, trabalhando com crianças. Após um ano fui convidada para o ministério de música, no qual fiquei até o ano de 1998 antes de entrar para a comunidade. Iniciei meu caminho vocacional à Canção Nova, e em 99 fiz o meu discipulado”, relata a cantora.
(colaboração Ricardo Gomes/Ascom/Diocese de Campos)
Compartilhe
O polêmico Mário Sérgio e as empadas de São Caetano
23/04/2018 | 10h38
Mário Sérgio
Mário Sérgio / foto: Carlos Oliveira/Gazeta Press
O futebol é um dos mananciais de histórias engraçadas, muitas delas reais, muitas delas folclóricas, criadas na cabeça dos amantes do esporte e eternizadas nas arquibancadas, nos programas de rádio e nas mesas de bar. Mário Sérgio Pontes de Paiva, ou simplesmente Mário Sérgio, foi um dos mais geniais e polêmicos jogadores do futebol brasileiro. Levou a genialidade e a polêmica impregnadas na pele também quando abandonou as chuteiras, passando às funções de treinador e comentarista esportivo. Faleceu aos 66 anos, no dia 28 de novembro de 2016, no acidente do vôo da Chapecoense, quando integrava a equipe dos canais Fox Sport e seguia para Medellín, onde comentaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana.
Mário treinou o São Caetano entre 2002 e 2003. Conta-se que, no dia de sua apresentação na equipe do ABC Paulista, foi levado a uma pequena e tradicional barraca de vendas de empadas na área externa do Estádio Municipal Anacleto Campanella, onde o atendimento era feito por um senhor acima dos 70 anos, simpático, contador de histórias e apaixonado pelo Azulão. Ele se orgulhava em dizer que fazia as melhores empadas do Brasil há mais de cinco décadas.
Acontece que, enquanto Mário Sérgio experimentava uma de suas empadas, o astuto senhor pegou um pedaço de papel e, nele, colocou os nomes de 11 rapazes, entrega-o ao treinador e dizendo: “Seu Mário, o time é esse aqui”. Grato, sem perder o bom humor, o treinador colocou o papel no bolso e despediu-se.
No dia seguinte, primeiro dedicado aos treinos de preparação para a próxima competição, Mário chegou ao Anacleto Campanella e seguiu direto para a barraca de empadas. Chamou o senhor pelo nome e entregou-lhe um papel, dizendo: “Trouxe-lhe uma receita de empada. Empada boa é essa que está aí no papel”
MORAL DA HISTÓRIA: Falar o que outro deve fazer, ou deixar de fazer, é fácil demais. Difícil é tomar atitude na sua barraquinha de empadas.
Compartilhe
Paróquia Nossa Senhora da Conceição leva celebrações à propriedades rurais de Italva
22/04/2018 | 10h26
Missa em propriedade rural
Missa em propriedade rural / foto: Ricardo Gomes
A Paróquia Nossa Senhora da Conceição, de Italva, já está realizando o projeto de missas e benção em propriedades rurais da cidade. Na última semana, foi celebrada a primeira missa. Empresário e proprietário rural, Amaro Aguiar falou da importância da Igreja Católica estar atenta às necessidades da sociedade, destacando que, a partir das visitas iniciadas no ano passado, logo vieram as chuvas para amenizar a seca na cidade e região. “Posso testemunhar que foi um milagre. Com a visita dos padres, rezamos e logo veio a chuva. Hoje rios e nascentes já voltaram ao normal. Foi um tempo de muitas preocupações com o rebanho que já estava sofrendo com a estiagem. O Rio Muriaé estava com o leito comprometido, mas a chuva veio, uma benção de Deus”, relata Amaro.
Impressionado com o testemunho, o Padre Maxiliano Barreto anuncia a criação de uma pastoral para a realização das missas nos sítios e outras propriedades rurais todos os meses. Segundo o sacerdote, a importância de uma igreja em saída é determinação do Papa Francisco. “Confesso que não esperava ver uma comunidade com tanta fé. Uma missa com tantos testemunhos. De um gesto simples, a realização de um projeto de igreja que vai até aqueles que moram distantes da matriz paroquial, surge a fé que supera dificuldades e a confiança em Deus. Estamos implantando a Pastoral do Povo da Roça, que preserva uma atividade importante, na agricultura e pecuária”, afirma Padre Maxiliano.
Compartilhe
Mistanásia em debate no Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
14/04/2018 | 07h18
Por Antunis Clayton e Ricardo Gomes
Dom Luiz Antônio Lopes Ricci, bispo auxiliar de Niterói, estará em Campos no próximo dia 30. No Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, às 18h, ele ministrará a palestra “A Morte Social”, autografando, em seguida, o livro “A Morte Social: Mistanásia e Bioética”, lançado pela Paulus, com apoio da Coordenação Nacional da Pastoral da Saúde. Dividida em cinco capítulos, a obra é resultado de pós-doutorado de Ricci. Nela, ele apresenta o conceito de mistanásia (morte social, precoce e evitável), pelo viés da bioética social, cotidiana, crítica, latino-americana e integrativa.
O encontro será aberto com uma missa celebrada pelo bispo de Campos, Dom Roberto Francisco Ferreria Paz. Os participantes receberão certificado.
— Mistanásia é um termo recente na bioética e representa um leque de atitudes que poderiam evitar a morte. Estamos convidando profissionais de saúde, estudantes de várias áreas de humanas. Um projeto de diálogo da Igreja Católica com os diversos segmentos da sociedade, oferecendo debate de temas importantes — destaca padre Maxiliano Barreto, da Pastoral da Comunicação.
LOCAL: Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (antigo Convento dos Padres Redentoristas)
INSCRIÇÕES: Livraria Diocesana (Praça Batalhão Tiradentes, nº 5)
INFORMAÇÕES: (22) 9-9913-0618
Compartilhe
Programa "Hora do Enem" estreia nova temporada na TV Escola
08/04/2018 | 08h04
TV Escola
Emissora vinculada ao Ministério da Educação, a TV Escola estreia amanhã (09/04), a nova temporada do programa “Hora do Enem”, única plataforma de preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) inteiramente gratuita, aberta, de conteúdo produzido por educadores, com base nas competências exigidas pelo exame. Apresentada por Land Vieira, a atração um dos produtos de maior audiência da TV Escola e vai ao ar diariamente às 7h, com reprises às 13h e às 18h.
Fernando Veloso, diretor-geral da emissora, ressalta que a atração é uma experiência muito bem-sucedida. “A cada ano ganha mais maturidade, cumprindo um papel relevante na vida de pessoas que querem mudar sua realidade, ingressando na faculdade”, avalia Veloso.
Composto por dois blocos, o programa, além do quadro negro que facilita a resolução das questões, terá no cenário uma TV que exibirá imagens e mensagens enviadas pelos telespectadores, possibilitando a interatividade com quem está assistindo. O primeiro bloco receberá sempre um professor convidado para resolver questões de provas anteriores do Enem. Alguns deles já são conhecidos dos estudantes, como Rômulo Bolívar (Redação), famoso por seus vídeos sobre redação publicados na internet. Já no segundo bloco, o apresentador entrevista profissionais de diversas áreas e segmentos.
O canal pode ser acessado por meio de satélite, parabólica, DTH, TV a cabo e TV digital, somando mais de 80 milhões de espectadores, além da web, presente em aplicativos para smartphones, tablets, smartTVs e computadores. São 12 milhões de usuários via web, mais de 370 mil seguidores nas redes sociais, 20 mil downloads do aplicativo para aparelhos de TV conectadas e mais de 180 mil downloads para smartphones.
Destaque na programação da TV Escola, o “Hora do Enem” pode ser assistido, a qualquer momento, na página da TV Escola e no Youtube.
Compartilhe
Barcelos celebra São Sebastião
20/01/2018 | 09h32
Por Antunis Clayton e Ricardo Gomes
Uma missa solene, às 19h30, seguida pela procissão, marcará hoje o Dia de São Sebastião em Barcelos. A programação religiosa, aberta no último dia 16, contou também com uma alvorada, nas primeiras horas da manhã de hoje. A devoção a São Sebastião no distrito sanjoanense está completando 70 anos e começou com os funcionários da usina.
Coordenador do Terço dos Homens, Carlos Augusto de Souza Barreto relata que o planejamento da festa se iniciou no ano passado, com ações para angariar fundos, além de reuniões para traçar a programação. “Festejar São Sebastião já faz parte da tradição religiosa de Barcelos. Devoção muito antiga que temos mantida com a participação da comunidade que, além de prestar as homenagens ao santo mártir, a cada ano agradece os favores alcançados no ano anterior”, destaca Carlos Augusto.
Para o padre Francisco de Assis Soares Cravo honrar o santo protetor é algo especial para as famílias cristãs de uma comunidade e em Barcelos não é diferente. “São Sebastião é o padroeiro secundário de Barcelos, intercessor das famílias. Sua celebração é a celebração dos frutos da Ressurreição através do seu testemunho, da sua coragem e da sua fé”, diz.
Compartilhe
Baixada Campista já celebra o Padroeiro Santo Amaro
06/01/2018 | 15h41
Na noite do dia 15, em louvor a Santo Amaro, muitos louvores na voz do Padre Max
Na noite do dia 15, em louvor a Santo Amaro, muitos louvores na voz do Padre Max
por Antunis Clayton e Ricardo Gomes
A Baixada Campista já está preparada para a Festa de Santo Amaro. A programação religiosa foi aberta neste sábado (dia 6) com o inicio do novenário. A tradicional Cavalgada da Fé será realizada amanhã (dia 7), com saída da localidade de Mussurepe. Já é grande, segundo Carla Cordeiro, organizadora da festa, a visitação de fiéis à Igreja do Padroeiro da Baixada.
A expectativa é de pelo menos 100 mil pessoas passem pelo distrito nos dias de festa.
A festa preserva tradições populares. O levantamento do mastro é um dos pontos altos da programação e acontece após a missa de encerramento do novenário, no dia 14. Miguel de Carvalho Gomes renova a cada ano o famoso laço de Santo Amaro, idealizado pelo seu pai Dalírio Pereira Gomes. Toda a estrutura é custeada pelo grupo de devotos. Jorge Bento Neves Pereira lembra a tradição familiar presente nos festejos. “A preparação do mastro é uma tradição de todas as famílias de Santo Amaro. Uma oportunidade para encontrar amigos que hoje moram em outras cidades, mas que voltam ao distrito para esse momento de fé”, ressalta Jorge Bento.
A Igreja de Santo Amaro, obra dos monges beneditinos é uma das referencias no turismo religioso na cidade. “Uma das principais festas religiosas do Norte Fluminense, constituindo uma experiência de fé caracterizada pela cruz, fonte de conversão e missão, a compaixão e a misericórdia, expressas nos milagres em benefício dos pobres e desamparados, além da paz com Deus, os irmãos e toda a criação. A cavalhada, como bem cultural, testemunha a importância do diálogo inter-religioso, em especial com o mundo islâmico. Como se pode apreciar, é uma festa que oportuniza um valioso espaço para a Nova Evangelização, agregando valores e movimentando o turismo religioso regional”, destaca Dom Roberto Francisco Ferreria Paz, bispo de Campos.
PROGRAMAÇÃO OFICIAL
De 06 a 14/01 – 19h – Missas do Novenário
Dia 07/01 – Tradicional cavalgada (saída às 9h de Mussurepe)
Dia 14/01 – 21h – Levantamento do mastro
Dia 15/01 – Dia de Santo Amaro
5h – Alvorada
3h, 5h, 7h, 9h, 11h, 13h e 17 h – Missas
18h30 – Procissão
21h – Show Padre Max e Banda
Compartilhe
Rodada de vitórias dos cariocas na Copinha
04/01/2018 | 08h30
Todos os clubes do Rio de Janeiro que fizeram seus jogos na primeira rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior venceram e lideram seus grupos. Nas partidas de ontem, 100% de aproveitamento para as equipes cariocas.
O Fluminense venceu o Mogi Mirim por 3 a 0 e lidera o Grupo 8 ao lado do Marília, que venceu o Tubarão por 4 a 3, ambos com 3 pontos ganhos. O Tricolor volta a jogar sábado, às 16h, enfrentando o Tubarão. Também com 3 pontos, o Madureira é líder isolado do Grupo 1, depois de vencer o Fernandópolis por 2 a 1. No outro jogo do grupo, Criciúma e Guarani empataram em 0 a 0. O próximo jogo do Madura será sábado, às 18h, contra o Criciúma.
O Botafogo, no Grupo 13, venceu o Velo Clube por 4 a 1 e lidera ao lado do River-PI, ambos com 3 pontos. O River bateu o Capivariano por 3 a 0. O Alvinegro volta a jogar sábado, às 11h, enfrentando o River. O Flamengo goleou o Ji-Paraná por 6 a 0 e está absoluto no Grupo 21, com três pontos. No outro confronto, Oeste e Aimoré empataram em 2 a 2. O Rubro-Negro volta a campo sábado, às 19h, para jogar contra o Aimoré.
Boavista e Volta Redonda estréiam hoje na competição. Pelo Grupo 6, que também conta com as equipes do Capital e Osvaldo Cruz (sede), o Boavista encara o Internacional, às 16h. O Voltaço está no Grupo 19, com sede em Itapira, e terá como primeiro adversário o Fortaleza, às 21h. O jogo do grupo será disputando entre Estanciano e Itapirense.
Compartilhe
Fogo, Fla e Flu estréiam hoje na Copinha
03/01/2018 | 12h52
Três grandes clubes do Rio de Janeiro fazem hoje suas partidas de estréia na Copa São Paulo de Futebol Júnior. O Fluminense joga às 15h30, contra o Mogi Mirim. No Grupo 8 também estão o Marília (sede) e o Tubarão. Pelo Grupo 11, o Botafogo joga às 21h, enfrentando o Velo Clube. Também fazem parte do grupo do alvinegro Capivariano (sede) e River-PI. Em Barueri, pelo Grupo 21, o Flamengo terá pela frente o Ji-Paraná, às 21h30. O grupo, com sede em Barueri, tem ainda Aimoré e Oeste.
O Vasco lidera o Grupo 26 com três pontos. Na estréia, os cariocas bateram ontem o Juventus por 2 a 0. No outro jogo do grupo Água Santa e Espírito Santo empataram em 2 a 2. O Vasco volta a jogar sexta-feira, às 16h, contra o Espírito Santo. O Volta Redonda está no Grupo 19 e estréia amanhã.
Compartilhe
Inscrições para o projeto "Câmara Mirim 2018" até 22 de janeiro
29/12/2017 | 17h02
Até o dia 22 de janeiro, os professores interessados em levar seus alunos ao programa “Câmara Mirim”, realizado pela Câmara dos Deputados, devem enviar, por email, a redação com o tema “Por que é importante que os estudantes participem do programa de simulação parlamentar Câmara Mirim 2018?”.
Os trabalhos serão analisados segundo critérios de adequação ao tema, correção ortográfica e gramatical. Podem participar professores regentes do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental em escola pública ou particular. A divulgação dos resultados se dará em 26 de janeiro de 2018. Os autores das 10 melhores redações levarão até 30 alunos para participar do evento, com atividades previstas para os dias 25 e 26 de outubro.
Todos os anos, em outubro, 400 estudantes vivem a experiência, em Brasília, de analisar, discutir e votar projetos de lei feitos por crianças e adolescentes de todo o país.
O portal Plenarinho tem outras informações.
Compartilhe
Sobre o autor

Antunis Clayton

[email protected]