Brasil tem nove casos suspeitos de coronavírus, um deles no Rio
29/01/2020 17:13 - Atualizado em 29/01/2020 22:18
Poluição
Poluição / Divulgação
 
O Brasil tem nove casos suspeitos e 33 notificações de coronavírus. São três casos em São Paulo, dois em Santa Catarina, e um nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná e Ceará. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira pelo Ministério da Saúde (MS). Os dados são referentes ao período de 18 a 29 de janeiro e, após testes e verificações, 24 pacientes foram descartados para coronavírus.
O caso do Rio foi o mais recente, anunciado pelo MS, mas nem o Mistério da Saúde nem a secretaria estadual de Saúde informaram de que município é o paciente e em que situação foi levantada a suspeita. No momento, apenas o primeiro caso suspeito, da estudante de Minas Gerais, está na etapa de teste para coronavírus. Segundo o MS, é possível que o resultado do teste seja conhecido na próxima sexta-feira. Na região, o Porto do Açu afirma seguir protocolos da Anvisa para bloqueio epidemiológico da transmissão.
Um caso é tratado como suspeito se a pessoa esteve na China nos últimos 14 dias e apresentou tosse e febre ao retornar. Neste caso, o paciente é colocado em isolamento e são realizados testes para checar, primeiro, se o que essa pessoa tem é influenza ou outra gripe. Caso os exames não acusem essa possibilidade, é feito o teste para coronavírus.
— Nenhum de nós tem possibilidade de dizer com que velocidade esse possível surto irá se desenvolver no país. No momento atual, faremos uma campanha de recomendações do mesmo modo que fazemos no caso da influenza — disse o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, acrescentando que não existe nenhuma decisão de interferência no carnaval devido ao vírus.
Na região - O governo federal informou que, por enquanto, não haverá bloqueio de passageiros da China nos aeroportos (cerca de 250 por dia). Há recomendações do governo chinês para que as pessoas não saiam de lá. Na região, a Prumo Logística, que administra um complexo portuário, informou, por nota, que já segue medidas preventivas, que são determinadas pela Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para efetuar a barreira epidemiológica do vírus.
“Os procedimentos para controle do coronavírus são os mesmos adotados para outras doenças, sendo, portanto, já estabelecidos e seguidos pelos portos brasileiros. O Porto do Açu atua em conformidade com os protocolos definidos pela agência reguladora, visando a segurança de suas operações e da comunidade local, e continuará acompanhando o assunto junto às autoridades responsáveis”.
Mortalidade - O diretor-executivo do programa de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Michael Ryan, disse que 2% dos casos do novo coronavírus confirmados até agora resultaram em morte. O órgão vai realizar uma nova reunião do seu comitê nesta quinta-feira para analisar se será declarado situação de emergência global para o coronavírus.
 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS