Descubra a beleza, os sabores e os aromas da Paisagem Cultural do Café da Colômbia
Filipe Aquino 23/03/2020 19:21 - Atualizado em 23/03/2020 19:22
Divulgação
A Colômbia é a terra do café, sendo por isso indispensável visitar a sua impressionante Paisagem Cultural do Café, que foi declarada património da humanidade pela Unesco.
Esta área, que atravessa os departamentos de Caldas, Quindío, Risaralda e o norte do Valle del Cauca, proporciona uma experiência única, que deverás percorrer por terra, pois as montanhas e as plantações de café oferecem autênticos postais que não se cansará de ver e de fotografar.
E isso não é para menos ,pois nestas montanhas nasce um café de excelente qualidade, reconhecido mundialmente e apreciado em todos os cantos do planeta. Assim, junta-te à experiência do café que, mais que um produto, é um símbolo da riqueza e da diversidade da cultura colombiana.
O que fazer na Paisagem Cultural do Café?
Sem qualquer dúvida, deverás viver ao máximo a experiência do café. Para isso, poderás visitar quintas e fazendas que te mostrarão como se cultiva, se torra e se prepara o grão de café.
O visitante poderá igualmente visitar o Parque del Café, um parque temático localizado no Quíndio, com diversões dedicadas a este importante produto colombiano.
É do mesmo modo recomendável que agarrar simplesmente numa viatura e percorrer os belos caminhos que fazem parte da Paisagem Cultural do Café. Isto, além de te mostrar a bela natureza da zona, te levará a cidades com grande encanto, tais como Pereira, Armenia e Manizales.
A cidade de Pereira, carinhosamente conhecida como “Muito Querida”, “Tresnoitadora e Morena”, a “Cidade sem Portas” e a “Pérola do Otún”, possui numerosos locais de interesse.
Um deles é a praça de Bolívar, também conhecida como a praça de los Mangos. Existem nesta praça edifícios administrativos com cafés e restaurantes. É um bom local de encontro podendo, a partir daqui, ser admiradas várias obras ou monumentos, tais como o Bolívar Desnudo e a Catedral de Nuestra Señora de la Pobreza.
Por seu lado, Armetia possui igualmente uma praça de Bolívar, onde se realçam a Catedral de la Inmaculada Concepción, o edifício do Governo do Quindío e o Monumento ao Esforço.
Dá também para desfrutar, na cidade, do Centro Comercial de Cielos Abiertos, também conhecido por Calle Real. Trata-se de um percurso pedonal rodeado de natureza e onde é possível encontrar todo o gênero de lojas.
Por fim, encontra-se Manizales, capital do departamento de Caldas, conhecida como a “Cidade das Portas Abertas” pela sua grande hospitalidade.
Nesta cidade não dá para perder o centro histórico, que é um bem de interesse cultural e monumento nacional da Colômbia.
No centro histórico, se encontram vários locais de interesse turístico, como a Arquidiocese de Manizales, o edifício Manuel Sanz, o Governo de Caldas e a praça de Bolívar. A praça é uma das zonas mais importantes da cidade, entre outras coisas porque na parte sul se localiza a icônica Catedral Basílica Nuestra Señora del Rosario de Manizales.
Também não podes passar por Manzanares sem entrar numa “fonda”. As “fondas” são restaurantes tradicionais que reúnem tudo o que existe de melhor na cultura do café, desde a gastronomia até fachadas e varandas enfeitadas com flores coloridas, passando por objetos que enfeitam os interiores como quadros de costumes, ponchos, carrieles (malas colombianas) e chapéus.
Por fim, não poderás deixar de visitar a famosa Praça de Touros, epicentro da tradicional Feira de Mazinales. Esta praça alberga corridas de touros assim como eventos musicais e culturais.
Experiências únicas
As cidades da Paisagem Cultural do Café são palco de importantes eventos dos quais o público pode desfrutar ao máximo.
Um dos eventos mais importantes é a reconhecida Feira de Manzanales, que acontece em janeiro e exalta a rica cultura da região. De igual modo, celebra-se na capital de Caldas o Festival Internacional de Teatro, nos meses de janeiro e setembro, reunindo os representantes mais importantes desta arte na Colômbia e no mundo.
Por sua vez, Pereira celebra as Festas da Colheita, conhecidas atualmente pelas Festas de Pereira, onde se evoca a importância da zona no cultivo e na cultura do café com eventos tais como a cavalgada, o desfile de automóveis antigos, o Festival Nacional de Trovas, o Reinado de Belleza, a Exposição Nacional de Orquídeas, entre outros.
Atividades que não poderá perder
Se percorrer, a Paisagem Cultural do Café não poderá perder o impressionante Parque Nacional Natural Los Nevados. Este parque é formado pelo Nevado del Ruiz, o Nevado de Santa Isabel e o Nevado del Tolima, bem como pelos Paramillos del Cisne, Santa Rosa e Quindío.
De igual forma, é muito recomendável visitar o Bio-parque Ukumarí, que é o maior do seu género na América Latina, com uma extensão de 820.000 metros quadrados.
Também se encontram nessa zona o Eco-parque Los Yarumos e Los Caracolíes, onde se pode apreciar a beleza natural e praticar esportes de aventura tais como o canopy, o rapel, a escalada e as caminhadas.
Além disso, em todos estes locais naturais o visitante vai encontrar ambientes ideais para o avistamento de aves.
Poderá igualmente seguir um roteiro que te levará pelas aldeias mais importantes da Paisagem Cultural do Café. Comece em Quimbaya, onde está localizada a Aldeia do Artesanato e um local onde é possível apreciar artesanato feito em bambu e outros materiais típicos.
A partir deste local, continue para Filandia, onde encontrará também belas peças de artesanato e onde não se deve perder a visita ao miradouro “La Colina Iluminada”, que oferece uma panorâmica completa das montanhas do café.
Chegará depois a Salento, uma povoação patrimônio caracterizada por uma arquitetura tradicional e colorida de enorme beleza.
Também poderá visitar Santa Rosa de Cabal, um departamento localizado em Risaralda, famoso por ser a entrada do Parque Nacional Natural Los Nevados e também pelas suas magníficas águas termais, que te permitirão fazer uma pausa no caminho e relaxar no meio das montanhas.
Outra bela povoação localizada em Risaralda é Marsella, que se destaca pelas suas casas de arquitetura antioquenha. Algumas dessas casas têm varandas cheias de flores e são o quadro perfeito para a praça Bolívar.
Não deverá também deixar de ir a Salamina, uma bela povoação patrimônio localizada no departamento de Caldas, que foi declarada monumento nacional em 1982 e onde ficarás deslumbrado com a sua coleção de casas de pau-a-pique e telhas de barro.
Por fim, poderá visitar o Valle de Cocora, um dos lugares naturais mais belos da Paisagem Cultural do Café pelas suas montanhas, os rios e as palmeiras. Neste local, são opções praticar a pesca desportiva, o trekking e montar a cavalo. É possível, inclusive, acampar neste local magnífico.
Indicações
•A temperatura na Paisagem Natural do Café é temperada e agradável; no entanto, nunca será demais levar um casaco para a noite.
•Cidades como Armenia e Pereira possuem aeroportos internacionais com ligações aos Estados Unidos e ao Panamá. No entanto, o mais recomendável é visitar o Parque Cultural do Café por terra, para se movimentar com liberdade e deslumbrar com as magníficas paisagens montanhosas.
•Nas cidades da Paisagem Cultural do Café, existem PITS (Pontos de Informação Turística) que te fornecerão todas as informações que precisar para a sua visita.
Com estas simples indicações, pode se preparar para sentir o ritmo da cultura do café, que constituiu um dos elementos mais importantes da identidade colombiana Embarque numa travessia pela maravilhosa Paisagem Cultural do Café. Vai adorar!
Fonte: colombia.travel
Divulgação

ÚLTIMAS NOTÍCIAS