Denúncia de home care viraliza na rede
Jane Ribeiro - Atualizado em 31/10/2017 22:03
Uma denúncia supostamente envolvendo a empresa que presta serviço de home care a dezenas de pacientes de Campos viralizou nas redes sociais. Marcos Lucas, pai do pequeno Matheus, postou um vídeo nas redes sociais denunciando que uma representante da Ed Care teria ido a sua casa com um carro não oficial para uma vistoria e, dentro dele, flagrou sacos de lixo junto com insumos. A visita da profissional, segundo ele, teria ocorrido para a possível substituição da atual empresa que atende ao filho, por uma ordem judicial, pela recém-contratada pela Prefeitura. O assunto foi abordado pelo Blog Na Curva do Rio, da jornalista Suzy Monteiro, hospedado no site Folha 1.
Marcos filmou um veículo, que disse ser da representante da empresa, dentro, na parte traseira, havia bolsas de insumos e medicamentos no mesmo espaço que sacos de lixo. O pai de Matheus revelou preocupação e indignação com o caso, porque o filho é um bebê com dois anos e meio e que precisa de cuidados especiais desde que nasceu. Ele ganhou na justiça o direito do filho ser cuidado por uma empresa particular exclusiva. E agora teme perder o benefício.
— Tenho certeza que a empresa que atende a Prefeitura não tem competência para dar assistência ao meu filho. Ele precisa de bons aparelhos, bons profissionais e a que atende a Prefeitura não tem. Estou entrando com pedido na Defensoria Pública para que o Ministério Público seja informado da situação. Hoje quem banca o home care do Matheus é o SUS e não a Prefeitura, não vejo porque essa interferência — disse Marcos.
Em nota, a assessoria da Prefeitura informou que a empresa de home care que atende ao município desconhece o carro mencionado no vídeo em questão. Todos os veículos que realizam a distribuição de insumos e medicamentos da Ed Care são brancos, devidamente identificados com o nome da empresa. No momento da visitação do profissional de enfermagem, são realizados levantamentos das necessidades do paciente que, em um segundo momento, recebe nova visitação através de veículo identificado, para recebimentos dos materiais. A secretaria de saúde, inclusive, alerta aos assistidos para a identificação do veículo da empresa Ed Care, no momento do recebimento destes materiais.
Quanto à mudança de empresa para o atendimento ao Matheus, a assessoria informou que a empresa que presta serviço de home care à prefeitura é a Ed Care, que venceu processo licitatório, cumprindo todas as exigências previstas na legislação. A empresa atende às demandas que chegam à Secretaria de Saúde e comprovam, através de laudos, a necessidade do atendimento domiciliar de alta complexidade e, também, demandas judiciais, como foi o caso do paciente em questão. 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS