Projeto Black e Cia. abre novas inscrições
Matheus Berriel 11/02/2017 11:00 - Atualizado em 15/02/2017 12:37
Divulgação
Projeto / Divulgação
O projeto Black e Cia, paralelo à roda de conversa Arte e Prosa, está com inscrições abertas para oficinas de criação, teatro, dança, movimentação em passarela, malabares e recreação infantil. De acordo com a coordenadora do projeto, Cida Chagas, estão sendo disponibilizadas 20 vagas para cada modalidade, dividas por faixas etárias. As oficinas têm objetivo de elevar a autoestima das pessoas e lutar pela igualdade racial e social.
“A questão da autoestima não é atribuída à cor de pele; ela está presente no ser humano, independente da cor, do status social. Falamos do empoderamento não como mero poder, mas, pegando carona com o educador Paulo Freire, um empoderamento onde a pessoa se valoriza como pessoa, se conscientiza que tem que se posicionar diante do preconceito, entender seu valor”, disse Cida, que é professora de educação infantil, está cursando Psicologia na Universidade Federal Fluminense (UFF) e desde 2014 tem um grupo no facebook onde compartilha histórias da luta dos negros por igualdade e oportunidade ao longo do tempo.
“Vi a importância de criar esse projeto quando comecei a observar o excesso do comércio e o despertamento de uma indústria de cosméticos para um público que antes não era notado. A importância desse projeto é justamente incentivar a autoestima das pessoas, sem se basear na moda, no estilo ou no excesso de consumo de cosméticos como fórmulas mágicas para ter o mais belo cabelo ou como único meio de bem estar. O empoderamento estético é importante, porém não pode abrigar uma qualidade de vida desvinculada da saúde corporal, psicológica e social”, completou.
Crianças a partir de seis anos podem fazer a oficina “Black Kids”, voltada exclusivamente para o público infantil. A oficina de malabares é destinada a crianças e adolescentes a partir de 10 anos. A de teatro e a de dança, a partir de 13 anos. A de criação e a de movimentação em passarela, a partir de 15 anos. As inscrições seguirão abertas até a próxima quarta-feira (15), das 14h às 16h, na Vila Olímpica Lulu Beda, no Jardim Carioca, situada ao lado da praça São Cristóvão. No mesmo local acontecerão as oficinas, a partir de março. No ato da inscrição é necessário apresentar os documentos de identidade do interessado e do responsável, além de duas fotos 3 x 4.
“Acredito que todas as vagas serão preenchidas, até porque fazemos um grande trabalho de divulgação nas redes sociais. Temos algumas oficinas que já foram realizadas no projeto, além de algumas que serão feitas pela primeira vez, casos das de malabares, teatro e criação. Cada oficina terá um professor próprio. Já vínhamos recebendo uma procura por e-mail. As inscrições foram abertas no dia 08, e só no primeiro dia foi preenchida metade das vagas de cada modalidade”, finalizou Cida.
As atividades do projeto Black e Cia no Jardim Carioca começaram a ser realizadas em setembro do ano passado. Entre as oficinas oferecidas na ocasião, teve grande destaque a “Cuidados de Mulher”, que deu dicas sobre cuidados necessários com o corpo e com as emoções. Em outubro, foi realizado um desfile com o tema “Um amor de Primavera desfilando estilo”. Já em dezembro, foi feito um workshop de tranças, que atraiu grande presença do público jovem.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    BLOGS - MAIS LIDAS