Polícia Militar "cerca" bairros de Guarus em operação de combate à criminalidade
Verônica Nascimento e Jonatha Lilargem 12/07/2018 09:38 - Atualizado em 13/07/2018 13:12
  • Operação em Guarus (Foto: Antônio Leudo)

    Operação em Guarus (Foto: Antônio Leudo)

  • Operação em Guarus (Foto: Antônio Leudo)

    Operação em Guarus (Foto: Antônio Leudo)

  • Operação em Guarus (Foto: Antônio Leudo)

    Operação em Guarus (Foto: Antônio Leudo)

  • Operação em Guarus (Foto: Antônio Leudo)

    Operação em Guarus (Foto: Antônio Leudo)

Mais de 100 policiais militares estiveram nesta quinta-feira (12) nas principais entradas do Parque Prazeres, em mais um dia de operação em Guarus para apreender armas, drogas e veículos irregulares. Além de reduzir a criminalidade, a operação teve o objetivo de passar a sensação de segurança a moradores de regiões de Guarus, que, devido a confrontos entre facções do tráfico de drogas, estão entre as áreas mais perigosas do interior fluminense. A região, que já foi conhecida como 'Faixa de Gaza' entre policiais, hoje começa a ser comparada até com a Síria”.
A ação foi desenvolvida por equipes fixas em determinados pontos e outras patrulhando a área em motos e viaturas. Em menos de 30 minutos de operação, um homem foi conduzido para a 146ª Delegacia de Polícia (Guarus) por estar com uma motocicleta com o chassi raspado. A operação aconteceu também, esta semana, nos parques Eldorado e Santa Rosa.
Na ação desta quinta-feira, foram 20 veículos apreendidos - sendo 13 motocicletas e sete carros - e 11 multados. Também foram apreendidos uma pistola de calibre 9mm, 15 munições e um carregador também de calibre 9mm, seis cigarros de maconha e 50 gramas da mesma droga. Uma moto furtada foi recuperada.
No Parque Santa Clara, bairro vizinho ao Parque Prazeres, três suspeitos foram detidos e material apreendido, como cinco cigarros de maconha, uma certa quantidade da droga não embalada, um triturador e quatro celulares, que, segundo a polícia, continham mensagens do tráfico de drogas. Outras duas pessoas também foram detidas, uma por porte ilegal de arma de fogo e outra por receptação de veículo furtado.
— O objetivo é combater delitos como roubos, tráfico de drogas, homicídios e tentativas. Estamos abordando automóveis e verificando se há alguma irregularidade nos veículos. É mais uma ação da Operação Ressonância. São 135 policiais militares envolvidos na ação — ressaltou o comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM), Fabiano Santos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS