Expectativa intensa pelo concurso da PRF
- Atualizado em 08/06/2019 18:03
O concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF) é o maior de todos da área policial. No concurso PRF 2018/2019 foram quase 130.000 inscritos disputando 500 vagas distribuídas por todo o Brasil, o que significa uma concorrência de 260 candidatos por vaga.
A assessoria de Imprensa da PRF confirmou o envio de uma solicitação de novo concurso com 4.435 vagas, distribuídas entre os cargos de Policial Rodoviário Federal (4.360) e Agente Administrativo (75). Além disso, o Presidente Jair Bolsonaro autorizou a convocação de mais 1.000 candidatos aprovados no concurso de 2018/2019.
Ser aprovado no concurso PRF é algo, todavia, que está ao alcance de qualquer pessoa que tenha dedicação e força de vontade. Para conquistar esse objetivo, é necessário, entretanto, que o candidato se prepare com o máximo de antecedência.
O cargo de policial rodoviário exige nível superior em qualquer área de formação. A remuneração é na forma de subsídio. No início de carreira, recebe o subsídio de R$ 9.899,88. As vagas são distribuídas para diferentes estados do país.
Um novo concurso PRF pode ser autorizado nos próximos meses: a Assessoria de Imprensa da Polícia Rodoviária Federal confirmou o envio de um pedido de concurso com 4.435 vagas.
A solicitação de autorização de um novo certame foi enviada ao Ministério da Economia seguindo os novos procedimentos previstos no Decreto 9.739/2019, que disciplina a autorização de concursos públicos.
Segundo a PRF, 4.360 vagas serão destinadas a novos Policiais Rodoviários Federais e 75 vagas para Agente Administrativo, cargo da carreira de apoio da corporação.
Anteriormente, o Ministro Sérgio Moro já havia declarado a intenção de aumentar o número de convocações na PRF, assim como foi feito no concurso da Polícia Federal
Tradicionalmente, o concurso PRF sempre abre muitas vagas. Em 2004 e 2013, o número foi bem grande. Detalhe adicional: no concurso PRF 2013, vários excedentes foram convocados.
Com a priorização que a segurança pública vem recebendo nos últimos anos, espera-se que os excedentes no concurso também sejam convocados.
A aposta dos especialistas é de que um novo concurso será possível já a partir do final de 2019 ou início de 2020. Lembro que, em novembro de 2018, o então Diretor-Geral PRF, Renato Dias, confirmou que haveria um novo concurso em 2019.
O curso de formação da PRF tem caráter eliminatório e classificatório. O candidato matriculado no curso de formação fará jus, a título de auxílio financeiro, a 50% do subsídio da classe inicial do cargo de PRF. Caso o candidato possua cargo ou emprego público, poderá optar, durante o curso de formação, por receber a remuneração do órgão ou entidade de origem. (A.N.)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS