Pacote de obras no 2º semestre
Arnaldo Neto - Atualizado em 15/06/2019 18:24
Entrega do Complexo Municipal em Mato Escuro
Entrega do Complexo Municipal em Mato Escuro / Divulgação
Um pacote de obras será iniciado em São João da Barra a partir de julho. A prefeita Carla Machado (PP) afirmou que não quer criar expectativas sobre quais serão as iniciativas, mas informou que vai manter como prioridade as áreas da saúde e da educação. No início deste mês, foi inaugurado um Complexo Municipal na localidade de Mato Escuro, composto pelo primeiro Centro Municipal de Educação Avançada (Cemea) e posto do Centro de Referência em Assistência Social (Creas), além de reforma na Creche Floriano Azeredo Siqueira e do posto Estratégia Saúde da Família (ESF). A partir daí vem a perspectiva de novas medidas.
Entre as prioridades já anunciadas está o retorno do atendimento do Centro de Emergência Pedro Otávio Enes Barreto. A unidade ainda passará por ajustes antes de reabrir. E mudará seu perfil, já que ficará com atendimentos ambulatoriais, por 24 horas, em uma espécie de triagem, com “emergências mais brandas, como definiu a prefeita, enquanto o atendimento efetivamente de emergência, com cirurgias de baixa e média complexidade, ficará no único hospital em funcionamento no município, a Santa Casa de Misericórdia.
Outra obra já certa para ser realizada é a de reparos no parque de exposições do município. A informação foi confirmada pelo secretário de Obras do município, Alexandre Magno, após o conselho de Turismo revelar que a Expobarra, exposição agropecuária do município, será realizada entre 29 de agosto e 1º de setembro. O espaço foi inaugurado, ainda sem conclusão, no ano de 2012. Em 2013, o ex-prefeito Neco (MDB) passou a contestar as obras do parque de exposições, não retomou as obras e, consequentemente, não utilizou mais o espaço.
Nos últimos anos, disse Alexandre, foi exigida a garantia junto à empresa responsável pela obra do parque de exposições para que o muro de toda a área fosse reforçado, evitando as constantes quedas, e sem custos para a municipalidade. “Acabou aquele mistério de amanhecer pedaço de muro caído”, afirmou o secretário. Segundo Alexandre, as novas obras já estão em fase de planejamento:
— Nossa equipe já está fazendo levantamento, estudando as possibilidades para apresentarmos à prefeita.
Durante a inauguração do Complexo Municipal em Mato Escuro, a prefeita Carla Machado chegou a citar ter cerca de R$ 90 milhões em caixa, o que facilitaria o início de obras no município. Ela destaca que primeiro precisou colocar as contas em dia. “Foram dois anos de austeridade para conseguirmos equilibrar as finanças. Ainda assim conseguimos reformar dezenas de praças, algumas unidades de saúde, estamos com escolas sendo reformadas. Isso sem falar na entrega do Complexo Municipal em Mato Escuro. E, agora, com as finanças equilibradas, podemos projetar muitas ações”, explicou a prefeita.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS