Agricultura realiza levantamento de hortas comunitárias
20/03/2017 19:27 - Atualizado em 22/03/2017 13:34
Rogério Azevedo/Supcom-Campos
Horta comunitária em Campos / Rogério AzevedoSupcom-Campos
A superintendência de Agricultura de Campos iniciou o levantamento da situação das hortas comunitárias em todo o município. A intenção é constatar quantas das 149 unidades estão dentro dos critérios exigidos para permanecer no programa. As que não estiverem enquadradas nas exigências poderão ser descredenciadas.
— Temos denúncias de irregularidades dos mais diversos tipos. Muitas estão funcionando normalmente, mas outras não. Nessa quinta-feira já iniciamos o processo para descredenciar 11 dessas hortas. Acreditamos que das 149 cadastradas, cerca de 30% não terão condições de permanecer no programa — explicou o superintendente de municipal Agricultura, Nildo Cardoso.
Uma das irregularidades mais comuns, segundo Nildo, é o desvio da finalidade da água, que é paga pela Prefeitura. “Em muitos casos a água, que tem que ser usada exclusivamente para a irrigação da horta, é desviada para vizinhos. Temos denúncias das mais variadas e estamos visitando cada uma e checando tudo”, acrescentou Nildo.
Pelo programa, afirma Nildo, o dono do terreno onde funciona a horta fica isento do pagamento do IPTU. Já a pessoa responsável pelo plantio recebe uma cesta básica por mês e se compromete a doar 20% da produção para alguma entidade beneficente. Os outros 80% podem ser vendidos e o lucro fica com o cadastrado.
— Estamos convocando todos os donos de hortas por bairro. Até o final do mês, vamos nos reunir com todos eles e definir quem vai continuar ou não no programa. Já encomendamos sementes e os insumos necessários e, até o início do próximo mês, reiniciaremos os plantios — concluiu Nildo. (A.N.)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    BLOGS - MAIS LIDAS