Atrasar ou adiantar o relógio ?
17/02/2019 | 14h28
Amado por muitos e odiado por tantos outros termina neste domingo, 17, o horário de verão.
E dessa vez o término do horário diferenciado acontece a duas semanas do Carnaval quando milhares de foliões aproveitam as tardes nos blocos de rua.
Encurtado por meio de decreto presidencial para que não atrapalhasse as eleições de 2018, já que moradores de 10 estados e do Distrito Federal seriam afetados com a mudança, o horário de verão passou a vigorar a partir de 04 de novembro, quando em geral ocorre no terceiro domingo de outubro. 
Essa mudança na data de início do horário de verão chegou a causar transtornos a diversos usuários de telefone celular que tiveram o horário de seus aparelhos modificado automaticamente na data em que vigoraria anteriormente.
Portanto, vale o alerta! A zero hora desse domingo, ou se preferir, meia noite de sábado, todos devem atrasar os relógios em 1 hora e ficar atentos à configuração do celular.
Compartilhe
Lenita precisa de ajuda !
23/01/2019 | 23h13
Maria Clara
Hoje venho contar brevemente a história de Lenita, uma apaixonada por cães.
Na minha opinião, tem uma grande missão em vida: cuidar daqueles que foram abandonados. Mesmo sem condições, ela cuida com muito amor de todos os aumigos do seu abrigo.
São mais de 130 aumigos aos seus cuidados, tem de todos os tipos, dos menores aos maiores, os de raça e os carinhosos e inteligentes "vira-latas", mas todos eles cuidados com o mesmo carinho e atenção.
Devido ao grande número de aumiguinhos, ela se encontra com dificuldades para mantê-los, afinal ela os alimenta, cuida com remédios e vacinas, dar banhos, etc..
Sua sede fica na BR-101, do outro lado do Shopping Boulevard.
Ela precisa de ajuda com tudo praticamente, mas se você não puder doar algo material, doe seu tempo, sua atenção, mesmo que seja uma hora por semana ou menos, ajudar de bom coração é o fundamental.
 
Compartilhe
O mundo não é mais o mesmo
20/01/2019 | 23h12
Na verdade, o mundo está voltando a ser o que era. Muitas pessoas sempre reclamam falando que estamos vivendo uma crise. Ouço isso desde pequeno. Não houve um momento em que alguém verbalizasse que estamos melhores que antes.
Mas estamos sim!
Estamos voltando a ser o que éramos. E até melhor eu acho:
Graças aos avanços da medicina temos mais tempo de vida.
Com a tecnologia trabalhando por nós, abrimos o mercado mundial sobre tudo e todos.
A questão aqui é o foco que damos ao nosso dia a dia.
Podemos escolher crise ou fartura.
No entanto, quem qualifica a vida apenas pelos resultados financeiros, pode ter grande dificuldade de se encontrar vitorioso e feliz.
Compartilhe
Avenida Nilo Peçanha com luminárias de Led
04/01/2019 | 00h02
A Superintendência de Iluminação Pública que é coordenada por Daniel Duarte acaba de instalar seis luminárias de LED na Avenida Nilo Peçanha, como teste. A expectativa é que ainda neste mês, sejam instaladas um total de sessenta e nove luminárias na avenida, gerando uma economia de entorno de 40% neste trecho, também é possível notar maior uniformidade e fluxo luminoso.
Vale lembrar que a Arena Multiuso de shows no Farol, Lagamar e a Praça das Taças no centro já contam com as novas luminárias de LED.
Daniel Duarte
Compartilhe
Total, empenhado e pago de emendas parlamentares.
07/11/2018 | 15h04
Todas as emendas precisam passar pela análise da Comissão Mista de Orçamento para serem aprovadas. Também é necessário apresentar um projeto detalhado que justifique o uso dos recursos.
ANO 2018: QUANTIDADE DE EMENDAS: 97.195 / TOTAL EMPENHADO: 11,89 BILHÕES / TOTAL PAGO: 5,52 BILHÕES
ANO 2017: QUANTIDADE DE EMENDAS: 95.103 / TOTAL EMPENHADO: 13,08 BILHÕES / TOTAL PAGO: 3,60 BILHÕES
ANO 2016: QUANTIDADE DE EMENDAS: 119.959 / TOTAL EMPENHADO: 9,60 BILHÕES / TOTAL PAGO: 2,52 BILHÕES
ANO 2015: QUANTIDADE DE EMENDAS: 240.722 / TOTAL EMPENHADO: 7,85 BILHÕES / TOTAL PAGO: 1,18 BILHÃO
Compartilhe
Obter desconto sobre o valor de multas de trânsito
04/11/2018 | 22h57
Para obtenção do desconto de até 40% em multas por infração de trânsito, o proprietário do veículo deve se cadastrar no Sistema de Notificação Eletrônica - SNE. 
O SNE é um meio de comunicação virtual, disponibilizado pelo Departamento Nacional de Trânsito - DENATRAN, e permite o envio de notificações, comunicados e documentos em formato digital, relativos a infrações de trânsito.
Ao se cadastrar no SNE, o proprietário do veículo passa a ser comunicado eletronicamente acerca das notificações de autuação e penalidade interestaduais, de responsabilidade de órgãos de trânsito optantes pelo Sistema de Notificação Eletrônica.
O desconto de até 40% é válido até a data de vencimento da multa, caso o usuário opte por não apresentar defesa prévia, nem recurso, reconhecendo o cometimento da infração, conforme art. 284 e 282-A do Código de Trânsito Brasileiro - CTB.
O usuário poderá realizar o cancelamento da adesão do veículo ao SNE a qualquer tempo, voltando a ser comunicado de suas notificações de autuação e penalidades por via postal.
Fonte: Portal de serviços do Governo Federal
Compartilhe
Os intrigueiros de plantão
31/10/2018 | 12h05
Google
Ahhhhhh a política é um aprendizado a cada hora.
A vida adulta é conviver com todos os tipos de adversidades e essa enxurrada de informações que, muitas vezes, não condizem com a verdade. Com o fim da corrida eleitoral desse ano - que de passagem foi um novo aprendizado - começaram as fofocas sobre o futuro.
Tem muita gente com "poderes" de vidência, que não se contenta em apenas em pensar, tem que expor - e expõem - muita bobagem. Saber filtrar é fundamental para continuar a caminhar.
Mas temos que ter atenção com os intrigueiros, geralmente são aqueles que, primeiro, morrem de inveja de quem trabalha; segundo, não tem capacidade para colocar nada para frente e, terceiro e mais importante, são os politiqueiros; gente que não entendeu que a política está mudando e o coletivo está falando muito e, graças a Deus, mais alto.
Compartilhe
"Às vezes é só um mau pedaço de um bom caminho."
23/10/2018 | 16h13
Internet - Google
"O mundo lá fora não vai mudar antes que o mundo de dentro mude". (Deepak Chopra)
No mundo globalizado de hoje a quantidade de informação gerada dobra a cada dois anos e realmente torna-se difícil focar em um objetivo. E não é raro que seja um objetivo material, que não agrega valor algum.
Parte da sociedade está viciada em atos emergencias sem planejamento, muitas vezes sem buscar o bem comum, entrando num círculo vicioso sem encontrar a saída.
Uma sociedade forte depende de cada um: então faça a sua parte, diminua a procrastinação. Faça o que você pode, com o que você tem, aonde você está.
Pequenas mudanças, grandes resultados.
 #tomapostura
Compartilhe
Baile funk na política
17/10/2018 | 15h43
Internet - Google
Nesta campanha eleitoral, que começou bem antes do período determinado pelo TSE, chamou atenção uma certa polarização de favoritos e consequentemente de ataques, tanto dos candidatos quanto dos seus eleitores na internet, como uma espécie de Baile Funk dos anos 90: Lado A e Lado B.
Para quem não se lembra, a pista de dança ficava divida ao meio: de um lado ficava o lado A, do outro o B.
Quando a música tocava a briga era generalizada e só parava quando vinham aqueles seguranças, separando a confusão.
Consigo neste momento repetir mentalmente esta cena, só que no processo eleitoral: de um lado Jair Bolsonaro, do outro Fernando Haddad. A música toca, a eleição se inicia, a briga começa 24 horas por dia, sem tempo para respirar. Quando os ânimos se exaltam demais aí vêm os seguranças (TSE, Polícia Federal, MP) e acalmam os ânimos.
Comparações e brincadeiras à parte, nosso processo democrático eleitoral não pode ser deixado de lado por polarizações. É preciso diálogo, saber falar e principalmente saber ouvir, conquistando o voto com propostas coerentes e reais.
Que vença o melhor e que nossa democracia continue viva !
Compartilhe
A importância de se arriscar.
16/10/2018 | 12h31
Rir é se arriscar a parecer bobo.
Chorar é se arriscar a parecer sentimental.
Recorrer ao outro é se arriscar a se comprometer.
Expor os próprios sentimentos é se arriscar a desnudar seu verdadeiro eu.
Expor ideias e sonhos diante da multidão é se arriscar a perdê-los.
Amar é se arriscar a não ser correspondido.
Viver é se arriscar a morrer.
Ter esperança é se arriscar a se desesperar.
Tentar é se arriscar a fracassar.
Mas é preciso correr riscos, porque não existe risco pior na vida do que não arriscar nada. A pessoa que não arrisca, que não faz nada, que não tem nada… não é nada. Talvez evite o sofrimento e a dor, mas não aprenderá, não sentirá as mudanças, não crescerá nem viverá verdadeiramente.
Acorrentado ao medo, é um escravo que perdeu a liberdade. Só é livre quem corre riscos. O pessimista se queixa do vento; o otimista espera que ele mude; e o realista ajustas as velas.
 
Texto do Jornalista William Arthur Ward
Revista Reader´s Digest
Compartilhe
Sobre o autor

Victor Montalvão

[email protected]