Início do ano letivo na rede municipal é adiado
10/02/2017 14:11 - Atualizado em 11/02/2017 08:45
Rafael Peixoto/Supcom-Campos
Secretário Brand Arenari/Rafael Peixoto/Supcom-Campos
Um dia após o Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe) enviar um ofício pedindo o adiamento do início do ano letivo, a secretaria municipal de Educação de Campos anunciou, nesta sexta-feira (10), que as aulas voltarão apenas na próxima quarta-feira (15). De acordo com o secretário de Educação, Brand Arenari, o adiamento em dois dias se deve ao atraso na entrega das merendas.
— A maioria dos fornecedores é do Espírito Santo e o atraso na entrega de alguns alimentos aconteceu devido ao problema da instabilidade na segurança enfrentado atualmente pelo estado. Ainda não chegaram, por exemplo, o feijão e o leite em pó. Já conseguimos que alguns alimentos chegassem em prioridade às creches, mas não chegará para todas as unidades em tempo. Sendo assim, não arriscaremos retornar às aulas correndo o risco de alguns alunos ficarem sem a alimentação completa. Precisamos trabalhar com transparência e responsabilidade — afirma Brand.
No documento encaminhado à secretaria, o Sepe ainda relata problemas como a falta de vigias, auxiliares de serviços gerais, auxiliares de turmas, merendeiras e materiais de trabalho, “tornando impossível o início do ano letivo de forma digna e segura, tanto para os alunos como para os profissionais”.
No entanto, o secretário de Educação ressaltou que os funcionários estão preparando as unidades escolares desde a quarta-feira passada para a recepção dos alunos. “Queremos começar o ano letivo em perfeitas condições, sem nenhum transtorno para os alunos e para os profissionais”.
A secretaria informou também que em todas as unidades, equipes de limpeza concluem os trabalhos para receber os alunos na próxima semana. Professores e auxiliares também estão finalizando a arrumação das salas de aula. (A.N.) (A.S.)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    BLOGS - MAIS LIDAS