Macaé quer pagar 13º salário de PMs para evitar paralisação
10/02/2017 13:13 - Atualizado em 10/02/2017 19:01
Divulgação
Prefeito de Macaé/Divulgação
O prefeito de Macaé, Dr. Aluízio, enviou um ofício ao comando do 32º Batalhão da Polícia Militar (BPM), assumindo o compromisso de pagar o 13º salário dos cerca de 700 policiais do batalhão. No documento, o prefeito considera a situação da segurança no Espírito Santo e o risco de a população macaense sofrer com a instauração de situação semelhante no estado do Rio de Janeiro. Dr. Aluízio estima que o gasto seja de cerca de R$ 3,5 milhões.
/
No ofício, a Prefeitura se compromete a pagar a primeira parcela em até três dias úteis. “Queremos garantir a segurança do morador de Macaé. Só estou esperando o comandante entregar a folha de pagamento para fazer a transferência”.
Prefeito de Niterói garante auxílio a policiais
O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, anunciou em sua página no Facebook que o município realizará um convênio para viabilizar um auxílio de R$ 3.500 para todos os policiais que atuam na cidade. De acordo com o prefeito, a bonificação será paga no mês de fevereiro, em parcela única, e soma-se ao Programa Niterói Mais Segura.
Rodrigo afirmou que "a segurança pública é uma atribuição constitucional dos estados, mas é fundamental a cooperação com as forças policiais". O prefeito, revelou, ainda que reforçará o trabalho da Guarda Municipal, instituindo o auxílio fardamento através da lei e a inclusão da corporação no programa de metas.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    BLOGS - MAIS LIDAS