Febre Amarela: vacinação inicia na segunda-feira
Daniela Abreu 25/01/2017 20:01
Começa na próxima segunda a vacinação contra febre amarela para a população dos distritos da área norte de Campos. A ação faz parte do bloqueio epidemiológico coordenado pela Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (Ses), que enviou 5 mil doses para o início da imunização. Na primeira semana, moradores de Santo Eduardo receberão a vacina. Na semana seguinte, será a vez da população de Santa Maria, que receberá 4 mil doses extras, conseguidas após solicitação do prefeito Rafael Diniz, além das enviadas para a primeira etapa. Segundo regras traçadas pela Ses, será vacinada somente a população que se encontra próxima às divisas com Espírito Santo e Minas Gerais e para aqueles que vão viajar para os locais de circulação do vírus ou que retornam desses locais, no Centro do Viajante, na Secretaria Municipal de Saúde, em Campos.
Em entrevista nesta quarta, no programa Folha No Ar, na Plena TV, a diretora de Vigilância em Saúde de Campos, Andreya Moreira, disse que a ação envolverá diversas secretarias, além do ônibus de vacinação da Secretaria de Saúde, que passou por manutenção para atender à atual necessidade. Ela explicou que não há motivo para pânico no município e que a aplicação das doses seguem normas estabelecidas pelo Estado para o bloqueio preventivo.
Supcom-Campos
Diretora de Vigilância em saúde de Campos - Andreya Moreira / Supcom-Campos
– Atualmente, o Espírito Santo está fazendo o bloqueio em 23 municípios, assim como nós vamos fazer nesses dois distritos, eles já vêm fazendo. Uma dúvida que vem surgindo frequentemente nas filas na Secretaria de Saúde, é se há necessidade ou não de vacinar quem for para Guarapari. Guarapari não entra como área de risco até então – explicou a diretora.
Quem viajar de carro, ônibus ou estiver chegando de viagem, deverá apresentar, no Centro do Viajante, na Secretaria de Saúde, documentos como comprovante da residência, comprovante de reserva em hotel, bilhete de pedágio ou passagens compradas para receberem a vacina. O indicado é a vacinação com pelo menos 10 dias antes da viagem para que o organismo adquira imunidade.
O planejamento, as medidas já adotadas pelo Estado, além das próximas ações do bloqueio em municípios das regiões Noroeste, Norte, Centro Sul e Serrana do estado do Rio de Janeiro serão apresentados nesta quinta pelo secretário de Estado de Saúde, Luiz antônio Teixeira Jr. e pelo subsecretário de Vigilância em Saúde, Alexandre Chieppe.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    BLOGS - MAIS LIDAS