Adolescente e jovem matam oito pessoas em escola de SP e depois se matam
13/03/2019 11:31 - Atualizado em 13/03/2019 22:05
Reprodução vídeo G1
Nesta quarta-feira, um adolescente, identificado como Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e o jovem Luiz Henrique de Castro, de 25, encapuzados, mataram oito pessoas e deixaram outras 25 feridas na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP). Em seguida, segundo a polícia, Guilherme matou Luiz Henrique e cometeu suicídio. Cinco alunos do ensino médio e duas funcionárias da escola estão entre as vítimas. O tio de Guilherme, o comerciante Jorge Antonio de Moraes, morreu no hospital após ser baleado pelo sobrinho em seu estabelecimento, que fica próximo da unidade escolar. O ataque ocorreu por volta das 9h30. Os atiradores eram ex-alunos da escola. O motivo do ataque ainda não é conhecido.
Com os atiradores foram encontrados um revólver calibre 38, quatro jet luders (instrumentos usados para recarregamento de arma), uma besta (tipo de arco e flecha que dispara na horizontal), um machado, além de um arco e flecha tradicional e coquetéis molotov. A dupla ainda carregava uma mala com fios, simulando uma bomba. Contudo, o esquadrão antibombas logo descartou os riscos do objeto explodir.
As vítimas foram os alunos Pablo Henrique Rodrigues; Clayton Antônio Ribeiro; Samuel Melquíades Silva de Oliveira; Douglas Murilo Celestino e Caio Oliveira; além dos funcionários Marilena Ferreira Vieira Umezo, coordenadora pedagógica da escola, e Eliana Regina de Oliveira Xavier.
Reprodução/Vídeo G1
De acordo com o secretário de Segurança Pública, João Camilo Pires de Campos, Guilherme deixou a escola no ano passado após "problemas" - o secretário não foi claro se ele foi expulso ou se saiu por conta própria.
O coronel Salles, comandante-geral da PM, disse à imprensa que, antes de entrar na escola, os atiradores balearam um homem em um comércio próximo. Mais cedo, um carro da polícia estava a caminho desse comércio, quando passou perto da escola e ouviu gritos dos alunos. "Policiais estavam indo para esse primeiro chamado e ouviram gritos das crianças. Foram então até a escola, onde os dois criminosos acabaram se matando", disse ela.
Vídeo mostra desespero - Um vídeo feito no interior da escola mostra a correria de alunos e funcionários logo após o início do tiroteio.
O vídeo mostra os corpos das vítimas no saguão e perto de uma escada. Crianças e adolescentes correm e gritam, desesperadas. O crime aconteceu por volta das 9h30.
Guilherme Taucci Monteiro e Luiz Henrique de Castro
Guilherme Taucci Monteiro e Luiz Henrique de Castro
Relato de estudante - O estudante Rosni Marcelo Grotliwed, de 15 anos, disse que o ataque ocorreu durante o intervalo e que um dos criminosos tinha uma arma e outro, uma faca. “A gente estava na merenda e comendo normal e escutamos 'três pipocos' nisso tentamos correr para pular o muro do CEL. Os caras vieram atrás de nós e começou a matar muita gente. Mas o pente dele descarregou e foi na hora que a gente correu."
Segundo ele, um dos garotos passou com faca ao seu lado, mas ele conseguiu desviar. "Fui para a diretoria e tinha muita gente morta no chão. Eles gritavam, mas eu não entendi o que era.", contou. "Meu amigo levou facada no ombro e outro levou um tiro. Fugi com um amigo para minha casa e voltei para buscar um amigo”, acrescentou.
Reprodução/Vídeo G1
O Corpo de Bombeiros e equipes do Samu estiveram no local. Bombeiros de Mogi das Cruzes também foram chamados, às 9h50, para apoiar o atendimento. O helicóptero Águia, da PM, sobrevoou a escola. Toda a polícia de Suzano esteve mobilizada no caso.
"Cena mais triste que assisti em toda a minha vida", diz Doria - O governador João Doria (PSDB) visitou a Escola Estadual Raul Brasil."Estou consternado, chocado", disse o governador, que cancelou as agendas da tarde e seguiu de helicóptero até a escola, acompanhado do secretário da Educação, Rossieli Soares, e do comandante da Polícia Militar, coronel Marcelo Vieira Salles.
Segundo o Censo Escolar de 2017, a instituição possui 358 alunos da segunda etapa do fundamental (6º ao 9º ano) e 693 estudantes do ensino médio.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS