Americano aguarda liberação da Prefeitura para retomar treinos e testar jogadores nesta sexta
Matheus Berriel 18/06/2020 10:18 - Atualizado em 18/06/2020 10:41
Vagner Xavier, presidente do Americano
Vagner Xavier, presidente do Americano / Reprodução/Facebook
Com seu último jogo no Grupo Z do Campeonato Estadual previsto para acontecer na próxima quinta-feira (25), o Americano aguarda liberação da Prefeitura de Campos para que os treinos sejam retomados no Centro de Treinamento Eduardo Viana, em Guarus. Entrevistado na primeira edição desta quinta (18) do Folha no Ar, na Folha FM 98,3, o presidente alvinegro, Vagner Xavier, disse estar confiante para que o aval seja dado nas próximas horas pelo poder público municipal, após negociações feitas com o prefeito Rafael Diniz e o subsecretário de Governo, Fábio Bastos.
— A gente apresentou à Prefeitura o protocolo Jogo Seguro (elaborado pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro), adaptado à realidade do Americano. Ontem (quarta-feira, 17), tivemos uma reunião da diretoria e, logo após, tive uma reunião com o Fábio Bastos, em que ele colocou quais eram as exigências que a gente tinha que cumprir dentro do protocolo, algumas dúvidas que a gente precisava esclarecer a ele dentro do protocolo. Essas dúvidas já foram esclarecidas, e a gente acredita que hoje haja essa liberação. Estamos aguardando a formalização, provavelmente, dessa liberação — afirmou Vagner Xavier.
Caso a permissão para retomada dos treinos saia mesmo nesta quinta, a diretoria do Americano tentará alinhar com a Ferj para que o elenco seja testado para Covid-19 na sexta-feira (19). 
— Após a liberação, a gente vai convocar os jogadores que irão participar, será um número reduzido, para fazer os testes. A Ferj disponibilizou para a gente 40 testes e, se houver necessidade, pode chegar a 45. Eles virão aqui, vão testar jogadores, dirigentes e os funcionários que trabalham no CT. Todos serão testados e se, por ventura, vier aparecer alguma alguma contaminação, serão afastados. A partir daí, todos vão para o CT e ficam até o jogo — disse Vagner Xavier. — Hoje, provavelmente, a gente já deve começar a contactar, saber a possibilidade de a Ferj vir, talvez, na sexta-feira fazer os exames. Nosso técnico Rafael Soriano está em Bauru, a gente tem alguns jogadores que moram no interior e vão ter que vir. Então, a partir do OK da Prefeitura, a gente vai começar movimentando essa parte — pontuou o presidente do Americano.
Uma das indefinições é sobre o local da partida contra o America, a última do Americano na temporada. Antes da parada do Estadual, o clube mandava seus jogos no estádio Antônio Ferreira de Medeiros, em Cardoso Moreira. Porém, para enxugar os gastos no retorno após a pandemia, existe a possibilidade de o jogo agendado para a próxima quinta acontecer no estádio Ângelo de Carvalho, do Campos Atlético Associação.
— A gente também ainda não sabe como está a questão sanitária em Cardoso. Ontem, na reunião (da diretoria), eu falei para viver um dia de cada vez, porque a gente não tem todas as soluções na mão de uma vez só. No dia de hoje, há a expectativa pela liberação da Prefeitura — ressaltou Vagner. — Possibilidades existem de poder jogar, em Cardoso ou, talvez, aqui em Campos, no próprio Campos. Mas, isso depende de autorização das autoridades municipais. E a gente sabe que é um momento delicado, a cidade está em lockdown (parcial). A nossa primeira vitória é voltar a treinar — complementou.
Na volta dos treinos, será permitido que apenas 25 pessoas estejam no CT, incluindo jogadores, membros da comissão técnica e demais funcionários. De acordo com o presidente, cada pessoa ficará hospedada em um quarto. Em espaços compartilhados, será obrigatório o uso de máscara, respeitando o distanciamento social. Para os treinos, a ideia é de implementar um modelo que diminua o contato físico entre os atletas.
Com nove pontos, o Americano é o líder isolado do Grupo Z e já tem vaga garantida na Seletiva do Estadual em 2021. Cumprindo tabela contra o America, que luta contra o rebaixamento junto ao Nova Iguaçu, o Alvinegro terá em campo uma equipe jovem, incluindo alguns jogadores da categoria sub-20.
Poder público — Está em vigor atualmente o "Campos Daqui para frente", plano de retomada de atividades econômicas e sociais lançado pela Prefeitura. Em nota, na noite de quarta-feira (17), a superintendência de Comunicação ressaltou que "o modelo de transição gradual das medidas de isolamento social no município, frente à pandemia da Covid-19, segue na fase Laranja, a segunda mais grave. Este tipo de atividade (treinos de futebol) ainda não foi liberada. O lockdown parcial continua e a recomendação é que, quem puder, fique em casa. O objetivo é reduzir a incidência da doença no município, onde já há mais 1.449 casos confirmados".
Confira a entrevista:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS