Indústrias da Codin debatem segurança
Paulo Renato Porto 10/02/2020 22:09 - Atualizado em 11/02/2020 11:50
O Distrito Industrial da Codin (Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio de Janeiro) em Campos conta com 14 empresas em seu espaço, em Guarus, projeta crescer nos próximos anos, mas carece de alguns itens para readquirir força, entre eles a segurança. Hoje, os empresários recebem, às 10h, na sede da Isocamp, o comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar, o tenente-coronel Luiz Henrique Barbosa e o delegado Pedro Emílio (DP de Guarus) para efetivar o projeto Codin Segura, a fim de reduzir os índices de roubos na área.
— Não são casos assustadores de violência, mas furtos de fios de cobre de empresas, entre outros materiais, que tem prejudicado as empresas. Só a divulgação dessas medidas já inibe a incidência desses delitos, mas vamos também contar com grupo de WhatsApp que permitirá a termos acesso a ele próprio e ao seu chefe de operações — afirmou Lucas Vieira, presidente da Associação das Indústrias da Codin e de Guarus.
Lucas admite que o problema influencia no ânimo de empresas com interesse em se instalar na Codin. “É um projeto que vai atender as empresas que lá estão e permitirá que tenhamos melhores condições de atrair outras indústrias”.
Para Lucas há uma tendência que aponta para o crescimento do Distrito Industrial, até pela legislação que restringe a instalação de indústrias em zonas residenciais na área urbana de Campos.
— Empresas que gerem poluição não poderão se instalar agora na área urbana porque, pelo Plano Diretor, não irá conseguir o alvará. Então, há uma tendência natural de crescimento com a vinda de novas empresas para cá”, acrescentou ainda o presidente da Aic/Guarus.
Além de empresários e autoridades da área de segurança, o encontro terá também as presenças do presidente da Codemca (Companhia de Desenvolvimento de Campos), Vinicius Viana; do presidente da Acic, Leonardo Abreu.
— O Distrito tem todas as condições de crescer. Está situado próximo do aeroporto, da BR 101, mas precisamos também de obras no acesso, de uma operação tapa-buracos e outras medidas para que possamos alavancá-lo e atrair a presença de novas empresas — concluiu Lucas.
A propósito, o site do governo estadual informa que os Distritos Industriais do Estado receberão nos próximos meses intervenções em suas infraestruturas, através de convênio entre a Codin e a Fundação DER-RJ que prevê implantação e restauração de pavimentos, melhorias nas redes de drenagem de saneamento, na iluminação e sinalização das rodovias. 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS