Prumo orienta sobre entrega de currículos
Julia Beraldi 29/01/2018 16:27 - Atualizado em 01/02/2018 15:48
Falso endereço foi indicado como escritório de empresa
Falso endereço foi indicado como escritório de empresa / Divulgação
A Prumo Logística, empresa que desenvolve e opera o Porto do Açu, alerta para a falsa informação sobre recebimento de currículos para vagas de emprego para a termelétrica do Açu, que está correndo as redes sociais. Nesta segunda-feira (29), algumas pessoas chegaram a se dirigir a um endereço que teria sido indicado como escritório da empresa Andrade Gutierrez — responsável pelas obras da termelétrica — na localidade de Cajueiro, em São João da Barra, após receberem a informação de que os currículos estariam sendo recebidos no local.
De acordo com o presidente do sindicato dos trabalhadores de Construção Civil de Campos, José Eulálio, um grupo teria chegado a protestar após ser informado de que as vagas poderão ser abertas no meio do ano e que os currículos só serão aceitos por e-mail. A informação sobre protesto, porém, foi desmentida pela assessoria do porto. Representantes da Andrade Gutierrez colocaram uma faixa no local para reforçar a informação de as contratações acontecerão, mas que currículos devem ser enviados por e-mail. 
O presidente do sindicato explicou como surgiu o problema: “A empresa Andrade Gutierrez, junto com a Prumo Logística, vai construir a termelétrica no Porto do Açu e vai precisar de no mínimo 800 pessoas iniciais e, no local, já passaram mais de cinco mil pessoas em busca dessa suposta contratação. É uma ansiedade compreensível do povo, mas é justamente para evitar tumulto que nós condicionamos que só serão recebidos currículos através do e-mail, que foi criado pelo sindicato e outro, criado pela própria empresa Andrade Gutierrez”, relatou ele.
Contatado pela equipe da Folha 1, o Porto do Açu, por meio de nota, reforçou que os e-mails oficiais para envio de currículos para as obras da primeira termelétrica do empreendimento são currí[email protected] e [email protected] “A mobilização dos trabalhadores está sendo feita pela Andrade Gutierrez, que não está recebendo currículos em papel, apenas online. As informações oficiais das empresas podem ser acompanhadas nos perfis de ambas nas redes sociais”.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS