O verdadeiro jornalismo está morrendo
02/08/2017 22:09 - Atualizado em 02/08/2017 22:11
O DESABAFO DE UMA JORNALISTA 
Por BIANCA MARQUES
O jornalismo está tão banalizado que os próprios "profissionais", entre aspas mesmo, esqueceram do juramento que fizeram e o exercício prático da profissão que a cada dia está perdendo espaço pros que se aventuram nas brincadeiras entre linhas, letras desenhadas e prostituição no mercado financeiro e publicitário.
Realmente, o jornalismo está acabando. As pessoas não se interessam mais por um bom produto, de qualidade, querem ver sangue manando memórias e gamelas fazendo histórias e os que brincam por não terem encontrado outra diversão para "lucrar", simplesmente magnetizam ibope. E os palhaços acabam sendo aqueles que um dia acreditaram que a profissão seria igual à todas as outras que necessitam de muita leitura, muito estudo e investimento.
Cadê o jornalismo investigativo? Cadê o jornalismo por amor? Cadê os jornalistas que falam tanto de justiça e direito, contam histórias como se estivessem em suas próprias razões, defendem os menos favorecidos e na hora de gritar pelos próprios direitos se escondem nas imposições dos grandes. Na atual realidade do Brasil, o medo de perder o emprego já tomou conta, fora aqueles que já não querem mesmo perder tempo contando histórias num país que vive estagnado onde o filme já não vai fazer diferença, a foto linda e colorida está dando mais efeito, e que se dane a história, a realidade e necessidade. Eles já não acreditam mais em mudança, melhorias ou até mesmo em Deus.
Histórias como a de Mayara já estão tão comuns que juntando a banalização da profissão, a prostituição do veículo e do trabalho com a falta de estímulo, já não rendem uma boa pauta. Basta colocar uma foto com bastante sangue ou a família chorando ou uma fala do delegado, que está bom!-
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Artigo inspirado no Caso Mayara Amaral( foto abaixo)- Confira matéria  AQUI.cujo corpo foi encontrado carbonizado dias depois de assassinada.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS