População define prioridades no Farol para orçamento de 2020
Supcom
A Prefeitura de Campos abriu, nesta semana, as audiências públicas da terceira edição do Orçamento Participativo para a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020. O primeiro encontro aconteceu na última terça-feira no Farol de São Thomé e recebeu cerca de 100 pessoas. Ontem, a reunião foi em Travessão e nesta quinta-feira (11), a partir das 18h, será na Escola Municipal João Borges Barreto, em Ururaí.
No Farol, a população elegeu os três principais pontos que precisam passar por investimentos na localidade: infraestrutura, Saúde e desenvolvimento econômico. O subsecretário adjunto de Planejamento e Orçamento da secretaria municipal da Transparência e Controle, Fernando Antônio Loureiro, ressaltou que a participação da população é primordial para o desenvolvimento da LOA 2020:
— Como em 2017 e 2018, começamos a série de audiências com o pé direito, debatendo em bom nível e com adesão muito positiva. Muito importante que a população entenda a importância dessa relação participativa entre sociedade civil e gestão municipal. Tivemos um encontro proveitoso, com a oportunidade de apresentar demandas que foram geradas de audiências e estão sendo atendidas e pensar da melhor forma as prioridades para o próximo ano — disse Fernando.
Entre as prioridades apontadas, foram escolhidas as principais. Em infraestrutura, os presentes definiram que a principal demanda ficará por conta da Empresa Municipal de Habitação (Emhab), com o saneamento básico para áreas rurais, urbanas e de interesse social. O presidente da Emhab, Carlos Nei, participou da conversa, apresentando iniciativas para melhorias na Vila dos Pescadores. Com a finalidade de projetar soluções imediatas para esta região, uma reunião com os moradores foi marcada para o próximo mês, após sugestão do próprio presidente da Emhab.
Durante a reunião também foi levantado o atendimento a demandas geradas em anos anteriores. O diretor de projetos da Superintendência de Igualdade Racial, Diogo Lima, anunciou que um curso preparatório para o Instituto Federal Fluminense (IFF) será ofertado pela Supir a 60 pessoas em Farol, e terá inscrições abertas nos próximos dias. O curso foi um pedido dos moradores na edição anterior do Orçamento Participativo. (A.N.)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS