Museu abre inscrições para nova exposição
Jhonattan Reis 19/02/2018 17:21 - Atualizado em 22/02/2018 13:27
Museu Histórico de Campos
Museu Histórico de Campos / Antônio Leudo
Estão abertas as inscrições para a exposição “No Trilho da História”, que estará no Museu Histórico de Campos (MHC) a partir do dia 20 de março. Podem se inscrever tanto escolas que queiram agendar visitas de alunos quanto outras pessoas. Atualmente, o espaço conta com a exposição “A Fé Não Costuma Falhar”, sobre a Cavalhada e a Festa de Santo Amaro, tradicional na Baixada Campista. O museu está localizado na rua Paul Percy Harris, 40, em frente à praça do Santíssimo Salvador, no Centro. Até o dia 3 de março, fica aberto das 10h às 17h, de segunda a sexta-feira — depois disso, retornará ao horário normal, funcionando de terça a sexta-feira, das 10h às 17h, e aos sábados e domingos, das 9h às 14h.
— “No Trilho da História” será uma exposição bem lúdica que vai homenagear o aniversário de elevação de Campos à categoria de cidade, no dia 28 de março. Será um jogo de tabuleiro em que as pessoas do público serão os pinos. A cada pergunta sobre a história da cidade, a pessoa andará uma casa, até terminar o jogo. Pretendemos falar desde os primeiros habitantes, o povoado e a ocupação dos portugueses aqui, passando pelo desenvolvimento do lugar, quando se torna a Vila de São Salvador, e, posteriormente, a cidade de Campos — explicou a gerente do Museu Histórico, Graziela Escocard.
O objetivo do jogo de tabuleiro é abordar a história de Campos de forma interativa e lúdica.
— Mostraremos que Campos tem muito tempo de existência, e não só o tempo que ela tem de emancipação. A nossa história é muito vasta e vamos falar sobre isso, além de contar em relação à nossa cultura, nossas lendas e outras questões.
Graziela explicou, ainda, que qualquer pessoa pode participar da mostra. Porém, para o primeiro dia de mostra, 20 de março, a agenda é direcionada às escolas, sobretudo as municipais.
— A gente pretende receber seis escolas por dia, em vários horários durante os turnos da manhã e da tarde. Todos os nossos funcionários já estão se preparando para isso — comentou ela, que deixou contato para quem quiser entrar em contato com o museu para garantir uma visita à exposição. O público poderá contatar o espaço por meio do telefone (22) 98175-0616 ou através do e-mail [email protected]
Também segundo Graziela, o objetivo é que o tabuleiro da exposição “No Trilho da História” — que está sendo preparada — seja feito com lonas.
— Isso para que possa futuramente se tornar uma exposição itinerante. Então, escolas que não puderem fazer a visita no museu vão poder, nesse caso, receber as lonas e o manual do jogo e aplicá-lo em suas unidades escolares. O jogo poderá ser levado para outros locais — disse.
Além do tabuleiro, haverá imagens complementares nas paredes para ilustrar as histórias que serão contadas.
Outra — Já a exposição “A Fé Não Costuma Falhar”, que aborda a tradicional Festa de Santo Amaro, na Baixada Campista, e a Cavalhada, está aberta desde o início de janeiro. “Esta mostra teve o objetivo divulgar a história da festa e trazê-la para perto do público”, comentou Graziela.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS