Programa Municipal de Apoio a Startups com inscrições abertas
04/11/2019 20:53 - Atualizado em 11/11/2019 15:28
Lançado pelo prefeito Rafael Diniz, na última sexta-feira (01), na Uenf, o Programa Municipal de Apoio a Startups já está com suas inscrições abertas para os bolsistas. O programa é uma iniciativa que visa ao crescimento de novos negócios de tecnologia e inovação no município. O edital está disponível no Diário Oficial do município e pode ser acessado através do Portal da Prefeitura de Campos. As inscrições devem ser feitas até o dia 24 de novembro.
Os interessados devem encaminhar propostas para a Superintendência Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação no endereço eletrônico [email protected]
Para o lançamento do Programa, um termo de cooperação técnica foi assinado entre Fundecam (Fundo de Desenvolvimento de Campos) e Tec Campos para o processo de incubação de empresas e transformação de resultados de pesquisa em potenciais negócios.
De acordo com o edital, serão analisadas propostas sobre tecnologia de informação e comunicação, energia, saúde, educação, transporte, segurança e economia criativa. Serão selecionados até 12 projetos na primeira etapa para seis meses de incubação na Tec Campos. A bolsa será no valor de um salário mínimo, após esse período, atendendo aos requisitos e dando segmento ao projeto a bolsa passa a ser de dois salários. Em casos de equipe, são aceitos até 5 componentes e a bolsa de um ano será paga para, no máximo, dois participantes por projeto.
A previsão é que as atividades na Tec Campos iniciem em janeiro de 2020 e os projetos selecionados terão suporte técnico e orientação para Plano de Negócios. Além de estudos de viabilidade técnica e econômica de produtos, processos ou serviços de base tecnológica ou de economia tradicional, com base na inovação.
Durante o lançamento do edital, o prefeito Rafael Diniz enalteceu a criação do Programa e destacou a importância de alternativas que possibilitem a diversificação da economia.
— Vivemos um momento de escassez. Melhoramos a arrecadação Municipal, mas não o suficiente para cobrir a dependência de royalties. Esse, é um momento revolucionário e muito importante. Temos mentes capacitadas para produzir e podemos fazer da nossa cidade um “Vale do Silício” — destacou.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS