Retrato em branco e preto
10/08/2022 | 19h05

Ano: 1946. Greve dos bancários. A categoria, pacificamente, se concentra na frente da antiga agência do Banco do Brasil, à época localizada onde, hoje, é o Edifício Cidade de Campos. O BB no município é o quinto em antiguidade no país.
Compartilhe
Hoje é o Dia D para Garotinho garantir nome nas urnas
10/08/2022 | 11h09
A presença de Anthony Garotinho como candidato a deputado federal nas eleições do dia 2 de outubro, já projetada pelo União Brasil, o seu partido, com a homologação do nome dele, em convenção, pode ser finalmente sacramentada hoje.

É que o Supremo Tribunal Federal (STF) retoma nesta quarta-feira a votação sobre a constitucionalidade das alterações promovidas na Lei de Improbidade Administrativa.

O resultado do julgamento terá impacto direto nas candidaturas de políticos que foram beneficiados pelas mudanças e liberados para concorrer às eleições de outubro. É o caso de Garotinho.

O primeiro voto do julgamento foi proferido na última quinta-feira (4) pelo relator, Alexandre de Moraes. Para o ministro, a lei não retroage para beneficiar condenados definitivamente.

O ministro André Mendonça também votou. Ele seguiu o relator, em parte. Mas defendeu que os prazos prescricionais da lei possam retroagir para não ocorrer soma de penas.

Após os dois votos, a sessão foi suspensa, faltando o posicionamento dos demais ministros. Caso haja a retroatividade, a mudança beneficiará, além de Garotinho, o ex-governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (PL).

Compartilhe
Piccadilly de volta na noite de Campos
09/08/2022 | 07h03
Um endereço nobre na noite de Campos, sucesso por mais de 30 anos, o bar e restaurante Piccadilly vai reabrir as portas em fins de setembro. Viva!
A informação está no prestigiado blog “Ponto de Vista”, de Christiano Abreu Barbosa, hospedado aqui, no site Folha1.
O Piccadilly retomará as atividades no mesmo endereço que o fez ter uma clientela numerosa e fiel: Rua Conselheiro Otaviano, área onde reina o Hospital Dr. Beda, clínicas e consultórios médicos.
Pelo menos em Campos é um feito um bar durar três décadas. Muitos dificilmente chegam a completar maioridade. Mas o Piccadilly foi longe. E está retomando fôlego para pontuar novamente na noite.
Compartilhe
Retrato em preto e branco
08/08/2022 | 17h52

Esse prédio representa muito para Campos. No Instituto de Educação Professor Aldo Muylaert, chamado carinhosamente por IEPAM, ocuparam as suas carteiras gerações de estudantes, que depois inverteram os papéis, passando eles a serem os mestres nas salas de aula. A foto é um mergulho no tempo. Nela, o IEPAM exibe toda a beleza de suas linhas arquitetônicas.
Compartilhe
Isenção de taxa de iluminação em casos especiais
08/08/2022 | 07h29
O vereador Thiago Rangel, que é um dos pré-candidatos na Câmara Municipal de Campos a deputado estadual, tem projeto em tramitação que solicita a isenção da taxa de iluminação para pessoas que tenham em sua residência aparelhos indispensáveis a manutenção da vida, como casos de pacientes em home care.
— É um alívio financeiro para que essas famílias possam ter mais recursos para investir em medicamentos, alimentação e outras necessidades — justifica Rangel.
Compartilhe
Tom professoral de Alair Ferreira faz jornalista acabar com entrevista
07/08/2022 | 07h11
Ano – 1975. Um grupo de jornalistas espera no Aeroporto Bartolomeu Lyzandro o ministro das Minas e Energia, Shigeaki Ueki, para uma coletiva sobre descobertas na bacia petrolífera de Campos.
Shigeaki Ueki veio ao município acompanhado de Alair Ferreira, deputado federal da Arena, membro ativo da base de apoio do governo Ernesto Geisel.
Aluysio Barbosa, correspondente do Jornal do Brasil, resolveu colher um depoimento do parlamentar governista.
Ocorre que Alair, já na resposta da primeira pergunta, decide, não se sabe por que, fazer recomendações ao repórter sobre pontuação. Ora dita a colocação de vírgula, ora de ponto final.
Aluysio não gostou do tom professoral de Alair e cortou-lhe a falação:
— Deputado, não se preocupe com as vírgulas e os pontos porque vou saber colocá-los...
A entrevista, por iniciativa do jornalista, acabava ali.
Compartilhe
Flagrante da vida real no centro de Campos
06/08/2022 | 07h40
A cena não é comum no centro de Campos. Mas este jovem, exibindo a sua veia artística no Calçadão, chama a atenção. É um artista de rua que se apresenta em locais públicos para levar entretenimento com o seu violino — instrumento que encanta e emociona. E as pessoas que querem, e podem, colaboram com a caixinha.
Compartilhe
Não há verde na Avenida Pelinca
05/08/2022 | 09h19
A área nobre da cidade de Campos é a Pelinca. Mas falta verde nas suas ruas. Confiram na foto da avenida que corta o bairro. O saldo não pode ser outro: menos qualidade de vida.
É pena. Mas entra governo e sai governo e as consequências negativas para o meio ambiente urbano vão sendo refletidas na falta de arborização na cidade.
Compartilhe
Quando se fala em fraude em eleição, não se pode esquecer a de 1994
04/08/2022 | 17h54
O saudoso deputado João Peixoto costumava dizer que foi recordista no Norte do RJ em mandatos na Assembleia Legislativa. E citava que, na conquista de um deles, foi preciso que vencesse a eleição duas vezes.

João Peixoto se reportava à eleição de 1994, cuja fraude, na contagem de votos pelo processo manual, provocou uma nova ida dos eleitores às urnas. Daí que Peixoto foi novamente testado no novo pleito e se elegeu.

A eleição de 1994 foi o primeiro dos mandatos conquistados por João Peixoto na Assembleia Legislativa, ele que se tornou vereador em Campos no ano de 1992. Ao longo da carreira, foi eleito seis vezes como deputado estadual.

O último mandato foi obtido em 2018, com a soma de 23.951 votos. Peixoto faleceu no dia 30 de setembro de 2020, vítima da Covid-19. Ligado à categoria de taxistas, foi o autor do projeto que trouxe o GNV para a região.
Compartilhe
Eber Silva vai colocar nome nas urnas incentivado por Eduardo Paes
04/08/2022 | 07h52
O pastor Eber Silva, ex-deputado federal, também estará na disputa eleitoral do dia 02 de outubro. Eber cita que foi convocado pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), e vai tentar retornar à Câmara Federal.

Eber Silva foi pastor presidente da Segunda Igreja Batista em Campos por mais de 30 anos e já presidiu a Ordem dos Pastores Batistas do Brasil. Ele e Eduardo Paes foram colegas na legislatura que se encerrou em 2002.
— Temos um carinho fraternal e a convocação do Paes foi irrecusável. Fico feliz em estar empenhado na missão de voltar para a Casa legislativa que já estive e ter a oportunidade de representar a luta contra a intolerância religiosa, a alta carga tributária, a doutrinação das crianças na escola e dar voz em Brasília ao Norte Fluminense.


Compartilhe
Sobre o autor

Saulo Pessanha

[email protected]