Dedos nas novas e velhas feridas
17/06/2017 19:07 - Atualizado em 18/06/2017 11:53
Ponto Final
Ponto Final / Reprodução
Em duas páginas da edição da Folha da Manhã deste domingo (18), é possível ver que o vereador Thiago Virgílio (PTC) está mesmo disposto a partir para o ataque na Câmara, mas sabe que não encontrará um caminho fácil. Ele já sentiu o clima na chegada, quando na sua primeira sessão, viu que os vereadores da base do prefeito Rafael Diniz (PPS) também dispostos a exporem as feridas, que não são poucas, do grupo político, no qual o Pitbull Rosa sempre foi conhecido pela agressividade no discurso em defesa. O presidente da Câmara, Marcão Gomes (Rede), parece ser mesmo o principal alvo de Thiago, mas já avisou: “se bater vai apanhar”.
De volta aos cofres
A descoberta de um esquema fraudulento de compra e venda de créditos tributários pela Força Tarefa Arrecadatória da secretaria de Estado de Fazenda e Planejamento, possibilitará a recuperação de R$ 56 milhões desviados dos cofres públicos no período de junho de 2016 até abril deste ano. Com o resgate do dinheiro de 11 grandes empresas, de diversos setores, é possível pagar 28 mil servidores, com salário médio de R$ 2 mil.
Novo Tempo
Foram dois anos de negociação até que a Prumo acertasse a construção da termelétrica Novo Tempo no Porto do Açu e a previsão é que sejam gerados nas obras cerca de 5 mil empregos. O projeto já era previsto mesmo quando o controle do empreendimento ainda estava nas mãos do ex-bilionário Eike Batista. A celebração do contrato da Prumo com Bolognesi Energia, comunicada ao mercado, traz novos ares ao porto em São João da Barra, já que os investimentos previstos inicialmente são em torno de R$ 3 bilhões.
Charge do dia
/
Ponto estratégico
A previsão é que a termelétrica a gás ocupe uma área de 40 hectares e estará situada a 123 quilômetros da Bacia de Campos, o que a coloca em um ponto de interesse estratégico para diversas empresas. Também é previsto que o projeto tenha duas fases, levando cada uma 39 meses para ficar pronta. O Relatório de Impacto Ambiental (Rima) já foi apresentado em audiências públicas e desde 2015 em São João da Barra e Campos e já havia recebido licença prévia do Instituto Estadual do Ambiente (Inea).
Dimensão
O Porto de Açu, que fica em um lote de terra maior do que Manhattan, aos poucos vai se aproximando da grandiosidade do seu projeto inicial, lançado há dez anos. As suas dimensões foram reduzidas e são alvo de questionamentos na Justiça, quanto aos critérios de desapropriação utilizados pela Codin. Na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), deputados querem, inclusive, suspender as desapropriações do Açu. Parte das terras voltou a ser ocupada por pequenos produtores rurais.
“Chefe de quadrilha”
O presidente Michel (PMDB) Temer informou, em nota divulgada ontem (17), que vai protocolar, amanhã (19), ações civil e penal na Justiça contra o empresário Joesley Batista, um dos donos do grupo J&F. Em entrevista à revista Época, Joesley disse que Temer é “o chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil” Na entrevista, o empresário descreve a relação que mantinha com Temer, os pedidos de propina que teriam sido feitos pelo presidente e seu grupo político.
Mesa de diálogo
A Superintendência da Igualdade Racial realizará no próximo dia 30, às 19h, a mesa de diálogo “Campos e suas origens culturais”, na sede da Academia Campista de Letras, no Jardim São Benedito. O evento faz parte da programação da primeira edição da Feira dos Povos de Campos, e terá como tema principal os diversos grupos culturais que integram o município. A entrada é gratuita e não precisa de inscrição. No dia 1º de julho, a programação da Feira dos Povos acontecerá no Pq. Alberto Sampaio, de 9h às 21h, com várias atividades.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS