Espetáculo de cores e fé pelas ruas de Campos
Jane Ribeiro e Matheus Berriel 15/06/2017 10:26 - Atualizado em 17/06/2017 14:54
Procissão de Corpus Christi
Procissão de Corpus Christi/Antônio Leudo
Diversas ruas da área central de Campos foram interditadas, nesta quinta-feira (15), para receberem os tapetes confeccionados em virtude do feriado de Corpus Christi. Pela manhã, alunos das escolas campistas e também membros das pastorais da Diocese de Campos se reuniram para a confecção de dezenas de tapetes no entorno da Praça do Santíssimo Salvador, na avenida Alberto Torres, na rua Tenente Coronel Cardoso, em frente ao Colégio Eucarístico e na rua Barão de Miracema. O trajeto foi por onde passou, no final da tarde, a procissão de Corpus Christi, que reuniu milhares de fiéis, com início no Santuário de Adoração, na rua Carlos de Lacerda, às 16h, e término com uma missa na praça principal da cidade.
O dia ainda estava clareando e muitos jovens já estavam reunidos para manterem a tradição católica. O grupo da Pastoral Jovem de Colisão, da Igreja Sagrado Coração de Jesus, foi um dos que colocou a mão na massa logo pela manhã. Para os jovens do grupo, a data é importante porque demonstra a adoração a Jesus. "Chegamos aqui antes das 8h da manhã para preparar os tapetes e fazer com que o nosso trabalho fique perfeito. Estamos utilizando material reciclável", disse Carlos Luciano Soares dos Santos Filho, um dos membros do grupo.
  • Confecção de tapetes no Centro de Campos

    Confecção de tapetes no Centro de Campos

  • Tapete de Corpus Christi

    Tapete de Corpus Christi

  • Confecção de tapetes no Centro de Campos

    Confecção de tapetes no Centro de Campos

  • Confecção de tapetes no Centro de Campos

    Confecção de tapetes no Centro de Campos

  • Confecção de tapetes no Centro de Campos

    Confecção de tapetes no Centro de Campos

  • Confecção de tapetes no Centro de Campos

    Confecção de tapetes no Centro de Campos

  • Confecção de tapetes no Centro de Campos

    Confecção de tapetes no Centro de Campos

  • Fiéis confeccionam tapetes no Centro de Campos

    Fiéis confeccionam tapetes no Centro de Campos

  • Fiéis confeccionam tapetes no Centro de Campos

    Fiéis confeccionam tapetes no Centro de Campos

Um dos principais cuidados na decoração dos tapetes foi a escolha das tintas — nenhuma delas tóxica, para não prejudicar a reutilização dos produtos como adubo. Além da tinta, também foram usados areia, dolomita e diversos tipos de produtos recicláveis. Cada tapete teve a medida de 5x3 metros e, entre eles, foi feita uma passarela ornamentada, de 8 a 10 metros de comprimento.
Na praça do Santíssimo Salvador, a Pastoral da Terra e Agricultura Familiar montou um mosaico com produtos da agricultura familiar. Alimentos como aipins, batatas, cenoura e folhagens, foram utilizados para a confecção do mosaico chamado de “Passarela do Amor”, inspirado na Campanha da Fraternidade deste ano: "biomas brasileiros e defesa da vida", e no lema "Cultivar e guardar a criação".
Todo cuidado na preparação foi recompensado quando a procissão passou. No meio do público, muitos fiéis que sempre marcam presença, além de outras pessoas que acompanharam o evento em Campos pela primeira vez. Este é o caso de Lucia Coelho, 48 anos, que ficou encantada com a demonstração coletiva de fé. "Eu acho muito bonito. É uma fé que todos nós temos e precisamos colocá-la em prática. A religião católica é muito bonita e tem suas tradições a serem seguidas", disse. A campista Sônia Moté, 60 anos, seguiu a mesma linha: "É muito importante ter a procissão. Durante todo o ano, a gente participa das missas e celebrações. Então, esse é um dia para levar a fé pra rua", afirmou.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS