Auxiliar de enfermagem de 64 anos será a primeira vacinada contra a Covid em São Fidélis
19/01/2021 | 22h13

Marilza será vacinada nesta quarta, às 10h
Marilza será vacinada nesta quarta, às 10h / Divulgação/PMSF

A auxiliar de enfermagem Marilza Garniel de Alvarenga, de 64 anos, será a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 em São Fidélis. Com 48 anos de serviços prestados na área da Saúde, ela trabalha atualmente no Hospital Armando Vidal, onde está há 25 anos e receberá nesta quarta-feira (20), às 10h, a primeira dose da CoronaVac aplicada no município. A informação foi divulgada pela Prefeitura.

São Fidélis recebeu na tarde desta terça (19) 410 doses da CoronaVac, direcionadas pelo Ministério da Saúde e encaminhadas pela secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro. Segundo a Prefeitura, nas próximas semanas devem ser entregues as outras 410 doses previstas para a fase inicial da vacinação, totalizando 820. Nesta fase, serão vacinados profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 e idosos residentes em instituições de longa permanência — em São Fidélis, são os casos do Lar dos Idosos e da Amar Obras Sociais.

— Graças a Deus, hoje nós recebemos aqui 410 doses da vacina. É uma quantidade pequena, mas as coisas grandes começam, às vezes, com um início pequenininho. Nós temos certeza absoluta que vamos conseguir vacinar e imunizar toda a população, com muita responsabilidade — disse o vice-prefeito José William de Oliveira (PL), citando o fato de a Prefeitura já ter manifestado ao Instituto Butantan o interesse de compras de doses futuras da CoronaVac. — Estamos bem colocados. Na hora que a vacina realmente estiver em quantidade que possa avançar no quantitativo da vacinação, São Fidélis já está à frente, já recebemos a confirmação de que receberemos a vacina adquirida pelo governo municipal — pontuou.

Ainda de acordo com a Prefeitura, a vacinação dos idosos será realizada nas próprias instituições onde residem. Um cronograma específico será montado para os profissionais da Saúde, com intuito de evitar aglomeração. Cada pessoa abrangida nesta primeira fase receberá duas doses da vacina produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac. A segunda aplicação se dará após intervalo de algumas semanas da primeira.

No último domingo (17), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou por unanimidade a aplicação da CoronaVac de modo emergencial no Brasil.

Compartilhe
Primeiras doses da CoronaVac destinadas a São Fidélis são retiradas em Campos
19/01/2021 | 12h02
Entrega das doses aconteceu em Campos
Entrega das doses aconteceu em Campos / Divulgação
Uma equipe da secretaria de Saúde de São Fidélis esteve no aeroporto Bartholomeu Lysandro, em Campos, na manhã desta terça-feira (19), para retirar as primeiras 410 doses da vacina CoronaVac, contra a Covid-19, direcionadas pelo Ministério da Saúde e pela secretaria estadual de Saúde ao município de forma emergencial. As doses chegarão a São Fidélis no início da tarde, no Centro de Diagnóstico e Imagem (CDI). O transporte de Campos é feito com escolta da Polícia Militar.
Segundo a Prefeitura de São Fidélis, nas próximas semanas devem ser entregues as outras 410 doses previstas para a fase inicial da vacinação, totalizando 820. Nesta fase, serão vacinados profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 e idosos residentes em instituições de longa permanência — em São Fidélis, são os casos do Lar dos Idosos e da Amar Obras Sociais. Os critérios foram estabelecidos pela secretaria estadual de Saúde do Rio de Janeiro.
 
Ainda de acordo com a Prefeitura, a vacinação dos idosos será realizada nas próprias instituições onde residem. Um cronograma específico será montado para os profissionais da Saúde, com intuito de evitar aglomeração. Cada pessoa abrangida nesta primeira fase receberá duas doses da vacina produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac. A segunda aplicação se dará após intervalo de algumas semanas da primeira.
No último domingo (17), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou por unanimidade a aplicação da CoronaVac de modo emergencial no Brasil.
Compartilhe
Americano confirma que mandará jogos em Cardoso Moreira na Seletiva
06/01/2021 | 12h48
Dirigentes de Americano e Cardoso Moreira firmaram acordo
Dirigentes de Americano e Cardoso Moreira firmaram acordo / Divulgação
Mais uma vez, o estádio Antônio Ferreira de Medeiros, em Cardoso Moreira, será a casa do Americano em uma competição. O clube anunciou no início da tarde desta quarta-feira (6) a confirmação de que o Ferreirão será o palco das suas partidas como mandante na Seletiva do Campeonato Estadual. A medida foi tomada um dia após o Conselho Deliberativo do Goytacaz vetar o aluguel do Aryzão, em Campos, ao rival.
O acordo para o Americano utilizar o Ferreirão na Seletiva foi firmado após encontro do presidente alvinegro, Vagner Xavier, e do vice-presidente Fábio Rangel com o presidente do Cardoso Moreira, Renato Jacinto. A estreia do Cano, no próprio estádio, está marcada para o próximo dia 16, um sábado, às 15h, contra a Cabofriense, sem presença das torcidas.
Compartilhe
Conselho Deliberativo do Goytacaz não libera aluguel do Aryzão ao Americano
05/01/2021 | 17h05
Em ofício datado desta terça-feira (5), o presidente do Goytacaz, Dartagnan Fernandes, e o presidente do Conselho Deliberativo do clube, Antônio Carlos Soares Amaral, comunicaram ao Americano a recusa da proposta para alugar o estádio Ary de Oliveira e Souza durante a Seletiva do Campeonato Estadual, que será disputada pelo Cano a partir do próximo dia 16.
Consta no ofício que, no entendimento da maioria do Conselho Deliberativo, os ataques e ofensas sofridos pela o Goytacaz e por seu estádio em comentários de postagens nas redes sociais do Americano, chamando o mesmo de "chiqueirão", representam fato "bastante lamentável para o momento em que se propõe uma cooperação entre os clubes pelo bem do futebol de Campos". A proposta de aluguel do Aryzão havia sido apresentada nessa segunda (4) pelo Americano.
O ofício do Goytacaz diz ainda que o diálogo segue aberto com o presidente do Cano, Vagner Xavier, e o diretor executivo alvinegro, Luciano Portela, "para posteriores frentes de trabalho em prol do futebol do interior". Mediada pela empresa G7, que atualmente administra o futebol do Goyta, a proposta de cooperação entre os rivais já foi defendida pelos presidentes de ambos em entrevista à Folha.
Uma nota oficial sobre o tema foi publicado pelo Americano no início da noite dessa terça. "O Americano Futebol Clube, representado pelo presidente Vagner Xavier Alves, agradece ao Goytacaz Futebol Clube, em especial ao presidente Dartagnan Fernandes, (e) ao vice-presidente do conselho, que nos receberam da melhor maneira possível para apresentar o estádio Ary de Oliveira e Souza e suas instalações, respeitando os poderes instituídos pelo clube, onde o Americano FC participa do espírito de cooperação para um novo modelo de futebol em nossa cidade", diz um trecho da nota. "Rebatemos também qualquer informação equivocada e acrescentamos que os únicos veículos de comunicação que respondem pelo clube são nosso site e redes sociais oficiais, locais onde sempre tratamos todas as instituições centenárias com o devido respeito. Reafirmamos que a rivalidade entre os clubes deve ficar para dentro das quatro linhas e que nesse momento de evolução e transformação não há espaço para decisões tomadas pela paixão", complementa.
Além do Aryzão, o Americano já trabalhava com a possibilidade de mandar seus jogos no estádio Antônio Ferreira de Medeiros, em Cardoso Moreira, ou no Cláudio Moacyr de Azevedo, em Macaé, este ainda precisando de liberação de laudos da prefeitura local.
Compartilhe
Paulo Roberto "Cabeção" é localizado após desaparecer por algumas horas em Guarapari
05/01/2021 | 15h16
Maior ídolo da história do Americano, o ex-atacante Paulo Roberto, hoje com 74 anos, "desapareceu" por algumas horas nessa segunda-feira (4) em Guarapari/ES, onde estava com familiares. Ele foi encontrado na própria segunda. Herói no eneacampeonato campista consecutivo, de 1967 a 1975, com gols marcados em todas as finais, Paulo sofre de Alzheimer e havia saído para caminhar sem comunicar aos parentes. Ele já está em Campos com a família.
Segundo informações publicadas por familiares nas redes sociais durante o período de desaparecimento, Paulo Roberto havia sido visto pela última vez na madrugada de segunda, às 4h55, no Centro de Guarapari. "Cabeção", como ficou conhecido na época de jogador, vestia uma camisa do clube local, cueca box e estava descalço.
Em julho de 2019, Paulo Roberto deu um susto em torcedores do Americano após ter sofrido com sintomas de uma fração de isquemia. Na ocasião, passou por exames e ficou internado no Hospital da Unimed em Campos.
Compartilhe
Prefeito de São Fidélis busca entendimento com Butantan por vacina contra Covid
30/12/2020 | 12h29
Amarildo já assinou ofício ao Butantan
Amarildo já assinou ofício ao Butantan / Divulgação/Facebook
O prefeito reeleito de São Fidélis, Amarildo Alcântara (SD), anunciou nesta quarta-feira (30) que o município busca entendimento com Butantan para aquisição de doses da vacina CoronaVac, de combate à Covid-19. Um ofício será encaminhado pela secretaria de Saúde ao instituto buscando mais informações, com objetivo de posterior assinatura de intenção e, após liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), aquisição das doses:
“Acabo de assinar um ofício que será encaminhado ao Instituto Butantan pela Secretaria Municipal de Saúde, para que possamos apresentar nossas intenções de aquisição das vacinas contra a Covid-19. Solicitamos informações importantes como valores, marca e logística para que São Fidélis possa adquirir o mais rápido possível”, escreveu o prefeito nas redes sociais.
Além de São Fidélis, no Norte Fluminense, Macaé, Quissamã, São João da Barra e Campos negociam com o Butantan a eventual compra da vacina.
Compartilhe
Ministério do Turismo destina R$ 579 mil para construção de portais nas entradas de São Fidélis
23/12/2020 | 16h07
Amarildo Alcântara entregou documentação à representante do DER no município
Amarildo Alcântara entregou documentação à representante do DER no município / Divulgação/PMSF
O município de São Fidélis foi contemplado com R$ 579 mil pelo Ministério do Turismo para que sejam construídos dois portais nas entradas da cidade. Segundo a Prefeitura, a verba encontra-se empenhada e será repassada após a aprovação do projeto pela Caixa Econômica Federal e a realização do processo licitatório.
Trata-se de uma verba espontânea oferecida pelo Ministério do Turismo a municípios com menos de 50 mil habitantes. Segundo a estimativa de 2020 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população fidelense atualmente é de 38.710 pessoas.
Por determinação do prefeito Amarildo Alcântara (SD), engenheiros e a equipe de Planejamento e Obras apresentaram o projeto aprovado em Brasília. Já foi entregue pelo prefeito reeleito a documentação à engenheira Walquíria Leonardo Bastos, diretora da 13ª Residência de Obras e Conservação (ROC), vinculada ao Departamento de Estradas e Rodagem do Estado do Rio de Janeiro (DER-RJ), visando a liberação dos trechos para a construção dos portais na RJ 158. Além de contribuir para o monitoramento nas entradas de São Fidélis, o objetivo é também de contribuir para a beleza da Cidade Poema.
Compartilhe
Americano faz 4 a 1 no Paduano em jogo-treino
23/12/2020 | 13h50
Partida aconteceu no CT Eduardo Viana
Partida aconteceu no CT Eduardo Viana / Divulgação/Americano
O Americano saiu vitorioso do primeiro jogo-treino da pré-temporada. Na manhã desta quarta-feira (23), o Alvinegro fez 4 a 1 no Paduano, em atividade disputada no Centro de Treinamento Eduardo Viana, em Campos.
Um dos destaques da partida foi o atacante Lucas Duarte, promovido do sub-20 ao profissional, com dois gols. Os outros foram dos atacantes Pedro, também oriundo da base, e Nathan, que retornou de empréstimo.
Após uma maratona de treinos diários, o elenco do Americano terá folga até a próxima segunda-feira (28). A estreia na Seletiva do Campeonato Estadual está marcada para o dia 17 de janeiro, como mandante, tendo como adversária a Cabofriense. Até lá, a expectativa é de que pelo menos outros dois jogos-treino sejam disputados pelo time treinado por Caé Cunha.
Compartilhe
Americano anuncia dois goleiros e dupla do Goytacaz
18/12/2020 | 14h32
Pepeu e Jordan já treinam no novo clube
Pepeu e Jordan já treinam no novo clube / Divulgação/Americano
Cresceu novamente a lista de reforços do Americano para a Seletiva do Campeonato Estadual. Na quarta-feira (16), o clube anunciou a chegada dos goleiros Hugo e Victor Brasil. Já nesta sexta (18), divulgou as contratações do zagueiro Jordan e do atacante Pepeu, que estavam no rival Goytacaz.
Entre os goleiros anunciados, Hugo, de 23 anos, disputou a segunda divisão do Campeonato Paulista pelo Bandeirante-SP, enquanto Victor Brasil, de 24, defendeu o Angra dos Reis na Série B1 do Estadual do Rio, além de ter passado recentemente pelo Resende.
— São dois ótimos goleiros e chegam com boas referências. Acompanhei os últimos trabalhos do Victor e tenho certeza que o Americano estará bem servido nesta posição no próximo Carioca — disse o preparador de goleiros Paulo Roberto Braz ao site oficial do Americano.
O zagueiro Jordan, de 22 anos, e o atacante Pepeu, de 21, foram outros que disputaram a Segundona do Rio, mas pelo Goytacaz. Pepeu, inclusive, é personagem do julgamento em que o Goytacaz foi absolvido duas vezes pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RJ) no caso de escalação irregular do atleta em partida contra o Serra Macaense. Na ocasião do confronto, Pepeu estava sem contrato, que foi posteriormente renovado.
— A diretoria do Americano sempre teve uma postura profissional nos últimos anos, e não seria diferente agora. São dois excelentes jogadores, que observamos na última competição em que se destacaram e vão se encaixar no sistema de jogo que é pensado pelo nosso treinador Caé Cunha — comentou o diretor executivo do Americano, Luciano Portela, ao site do clube.
Apesar de ter sido formado na base do Goytacaz, Pepeu revelou ter relação familiar com o Alvinegro. “Meu avô Jorginho é torcedor fanático do Americano e está muito feliz por ver o neto defendendo o time do seu coração. Quero honrar essa camisa alvinegra não só pela torcida, mas também pelo meu avô”, declarou.
No início da semana, o Americano já havia anunciado o lateral-direito Felipe Pacajus e os zagueiros Clemente e Weverton. Também foram contratados Paulo Vitor e Marcos Bahia, os volantes Anderson Domingues e Matheus Lira, os meias Santos e Ninho e os atacantes Kim, Rafamar e Jeffinho. Retornaram de empréstimos os atletas Paulo Vítor, Nathan e Dioguinho, e o atacante Lucas Duarte foi promovido do sub-20 ao profissional. Com treinos diários em seu Centro de Treinamento, o Americano se prepara para a estreia no dia 17, como mandante, contra a Cabofriense.
Compartilhe
São Fidélis avaliará possibilidade de bandeira vermelha na próxima quarta
17/12/2020 | 18h41
São Fidélis pode ter as medidas de enfrentamento à Covid-19 intensificadas a partir da próxima quarta-feira (23). Após ter informado na tarde desta quinta (17) que o município havia entrado em bandeira vermelha, o que representaria o fechamento do comércio considerado não essencial, foi emitida uma nota esclarecendo que qualquer alteração de limitação do comércio e de atividades só será revista na quarta. Até lá, continuarão valendo as normas municipais atualmente em vigor.
— A Prefeitura de São Fidélis informa que qualquer alteração de limitação de comércio e atividades só será revista no dia 23 de dezembro. Até a citada data, todas as normas municipais atualmente em vigor estão mantidas. Por isso, é inverídica a informação sobre o fechamento do comércio — diz a nota divulgada na noite desta quinta.
Na bandeira vermelha, cuja possibilidade ainda é estudada, ficaria suspenso o funcionamento de bares e lojas, além de academias, salões de cabelereiros, espaços culturais, escritórios e afins. Farmácias, supermercados e postos de combustível passariam a poder funcionar com 30% dos funcionários trabalhando em escala com horário reduzido. 
Para fábricas e indústrias, a norma passaria a ser de funcionamento com 20% dos trabalhadores no local, respeitando o distanciamento, usando máscara e álcool em gel, e também com redução no tempo de serviço. Em relação ao transporte coletivo, os ônibus municipais e intermunicipais poderiam ter no máximo 20% da capacidade total.
No caso de restaurantes, lanchonetes e padarias, o funcionamento teria horário reduzido e só com 25% dos funcionários atuando presencialmente, ficando permitido atendimento apenas nos formatos delivery (entrega em domicílio) e take away (retirada pelo cliente). Passaria a ser proibido o consumo no local. Bufês não poderiam abrir.
Compartilhe