Vereador Leon Gomes fecha a semana do Folha no Ar
06/05/2021 | 18h32
 
O vereador Leon Gomes (PDT), primeiro secretário da Câmara, é o entrevistado desta sexta-feira (7) do Folha no Ar, da Folha FM 98,3, às 7h. Em pauta, a pandemia de Covid-19, sobretudo a análise conflitante de cientistas a partir de declarações dos vereadores, entre eles o próprio Leon, sobre as medidas de enfrentamento, como a Folha mostrou na edição desse sábado (confira no blog Opiniões). O vereador também comenta as principais ações do seu mandato, e avalia o início da legislatura, de maneira geral, e do governo Wladimir Garotinho (PSD). 
É possível acompanhar e interagir durante a entrevista pela live no Facebook, na página da Folha FM 98,3, além da transmissão pelo rádio.
 
 
Compartilhe
Bruno Dauaire anuncia parceria para levar programa de distribuição de refeições para Guarus
06/05/2021 | 16h03
Bruno Dauaire em reunião no Ministério da Cidadania
Bruno Dauaire em reunião no Ministério da Cidadania
Na véspera da inauguração do RJ Alimenta no Restaurante do Povo, em Campos, o secretário estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Bruno Dauaire, se reuniu em Brasília, nesta quinta-feira (6), com o ministro da Cidadania, João Roma, e anunciou a parceria com o prefeito Wladimir Garotinho (PSD), a Câmara de Vereadores e o governador Cláudio Castro (PSC) para levar o programa de distribuição de refeições para Guarus.
No encontro, Bruno e João trataram sobre programas nacionais e estaduais para aquisição de alimentos (PAA), além dos projetos RJ Alimenta, Restaurante do Povo e Rede Alimenta +, desenvolvidos pela secretaria. O ministro se colocou à disposição para colaborar com a ampliação das políticas de PAA no Rio de Janeiro.
Dauaire explicou que o objetivo é ampliar a rede de proteção alimentar em Campos em um momento de maior vulnerabilidade social por causa da pandemia de Covid-19. “Inicialmente, o RJ Alimenta vai funcionar nas instalações do Restaurante do Povo, que passa pelos últimos trâmites de licitação. Quando esse processo for finalizado, o Restaurante vai ofertar refeições a preço popular no Centro e estamos trabalhando nesta parceria para levar o RJ Alimenta para Guarus”, afirmou Bruno.
— O encontro com o ministro João Roma foi fundamental para ampliarmos nossas parcerias em busca deste objetivo que é alcançar cada vez mais as pessoas que precisam de assistência neste momento tão difícil. Ninguém fica feliz em ver que mais cidadãos estão em busca dos programas porque a fome tem sido cada vez mais uma realidade, mas nosso trabalho é de ajudar a todos — complementou o secretário.
Serão 1.500 refeições diárias, entre café da manhã, almoço e janta, distribuídos gratuitamente para população de vulnerabilidade social através do RJ Alimenta. “Nosso objetivo é que o Restaurante esteja funcionando plenamente o mais rápido possível, com a oferta de refeições a preço popular para todas qualquer pessoa que queira. Nosso compromisso sempre foi de levar as ações da secretaria também para o interior porque não vamos deixar ninguém para trás”, concluiu Dauaire.
A inauguração do RJ Alimenta no Restaurante do Povo de Campos acontece nesta sexta (7), às 10h, com a presença de Bruno Dauaire, do governador Cláudio Castro, do prefeito Wladimir Garotinho, dos ex-governadores Anthony e Rosinha Garotinho e outras autoridades. Em todo o Estado do Rio de Janeiro, o programa já distribuiu mais de 1 milhão de refeições e foi destaque na imprensa internacional.
Compartilhe
Morre Dircélia Cravo, primeira diretora da escola do Carrapicho, vítima da Covid
06/05/2021 | 09h56
A professora Dircélia Amaral Cravo, de 58 anos, é mais uma vítima da Covid-19, em São João da Barra (agora, são 112 desde o início da pandemia). Pessoa muito conhecida na cidade, ela foi a primeira diretora da Escola Municipal Amália Soares de Almeida, na localidade do Carrapicho, em Atafona, cargo em que ficou por muitos anos. Profissional da rede municipal desde 1986, mas tendo começado a trabalhar como professora desde 1981, chegou inclusive a lecionar na ilha da Convivência, quando o local ainda tinha muitos moradores e escola. Atualmente, estava na equipe da secretaria de Educação.
É mais uma perda lamentável. De uma família de 12 irmãos, ela tinha perdido um deles, Dirceu, também para a Covid no ano passado. Dircélia foi internada com falta de ar nessa quarta-feira (5), logo precisou ser intubada e acabou não resistindo nessa quinta-feira (6).
Dircélia era conhecida pelo seu jeito descontraído. Além das atividades relacionadas à educação, também era atuante na igreja de Nossa Senhora da Penha, na equipe de liturgia e auxiliando nos trabalhos durante os festejos, quase sempre atuando junto ao pessoal da cozinha e da barraca. Foi também "festeira", não só das festas realizadas na escola, como também em uma época das muitas homenagens a Santo Antônio no município.
Tenho relações pessoais com Dircélia. Prima de primeiro grau da minha mãe, que também é professora e diretora de escola, sempre foi uma figura muito presente e, como dito antes, sempre descontraída, irreverente. Depois, nosso contato ficou mais restrito à participação nas festas de Nossa Senhora da Penha e outras atividades religiosas. A última vez que conversamos foi em uma reunião no mês de janeiro, nos preparativos para um almoço para arrecadar fundos para a capela de Nossa Senhora dos Navegantes, também em Atafona. E como sempre, o riso rolou solto com as histórias que ela gostava de contar.
Ficam as lembranças e o desejo de conforto a todos os familiares, em especial aos filhos — Lucélia, Lucyanny e Lucian —, frutos do primeiro casamento, aos quatros netos (tendo o mais novo nascido há dois dias) e ao atual marido, Paulo, e à mãe, Elza Amaral.
Compartilhe
Vereador Nildo Cardoso no Folha no Ar desta quinta
05/05/2021 | 19h06
Nildo Cardoso
Nildo Cardoso / Divulgação
 
O vereador Nildo Cardoso (PSL) é o entrevistado desta quinta-feira (6) do Folha no Ar, da Folha FM 98,3, às 7h. Em pauta, a pandemia de Covid-19, sobretudo a análise conflitante de cientistas a partir de declarações dos vereadores, entre eles o próprio Nildo, sobre as medidas de enfrentamento, como a Folha mostrou na edição desse sábado (confira no blog Opiniões). O vereador também comenta as principais ações do seu mandato, especialmente o projeto de redução das cadeiras na Câmara campista, e avalia o início da legislatura, de maneira geral, e do governo Wladimir Garotinho (PSD). 
É possível acompanhar e interagir durante a entrevista pela live no Facebook, na página da Folha FM 98,3, além da transmissão pelo rádio.
 
 
Compartilhe
Vereador Rogério Matoso no Folha no Ar desta quarta
04/05/2021 | 18h47
Rogério Matoso no Folha no Ar
Rogério Matoso no Folha no Ar / Isaías Fernandes
O vereador Rogério Matoso (DEM) é o entrevistado desta quarta-feira (5) do Folha no Ar, da Folha FM 98,3,
às 7h. Em pauta, a pandemia de Covid-19, sobretudo a análise conflitante de cientistas a partir de declarações dos vereadores, entre eles o próprio Matoso, sobre as medidas de enfrentamento, como a Folha mostrou na edição desse sábado (confira no blog Opiniões). O vereador também comenta as principais ações do seu mandato e avalia o início da legislatura, de maneira geral, e do governo Wladimir Garotinho (PSD). 
É possível acompanhar e interagir durante a entrevista pela live no Facebook, na página da Folha FM 98,3, além da transmissão pelo rádio.
 
 
Compartilhe
Vereador Raphael Thuin no Folha no Ar desta terça
03/05/2021 | 16h19
Thuin no estúdio da Folha FM 98,3
Thuin no estúdio da Folha FM 98,3 / Isaías Fernandes
O vereador Raphael Thuin (PTB) é o entrevistado desta terça-feira (4) do Folha no Ar, da Folha FM 98,3, às 7h. Em pauta, a pandemia de Covid-19, sobretudo a análise conflitante de cientistas a partir de declarações dos vereadores, entre eles o próprio Thuin, sobre as medidas de enfrentamento, como a Folha mostrou na edição deste sábado (confira no blog Opiniões). O vereador também comenta as principais ações do seu mandato e avalia o início da legislatura, de maneira geral, e do governo Wladimir Garotinho (PSD). 
É possível acompanhar e interagir durante a entrevista pela live no Facebook, na página da Folha FM 98,3, além da transmissão pelo rádio.
 
 
Compartilhe
Vereador Helinho Nahim abre a semana do Folha no Ar
01/05/2021 | 15h11
Helinho Nahim
Helinho Nahim / Folha da Manhã
O vereador Helinho Nahim (PTC) é o entrevistado desta segunda-feira (3) do Folha no Ar, da Folha FM 98,3, às 7h. Em pauta, a pandemia de Covid-19, sobretudo a análise conflitante de cientistas a partir de declarações dos vereadores, entre eles o próprio Helinho, sobre as medidas de enfrentamento, como a Folha mostrou na edição deste sábado (confira no blog Opiniões). O vereador também comenta as principais ações do seu mandato e avalia o início da legislatura, de maneira geral, e do governo Wladimir Garotinho (PSD). 
É possível acompanhar e interagir durante a entrevista pela live no Facebook, na página da Folha FM 98,3, além da transmissão pelo rádio.
 
 
Compartilhe
Aposta campista leva R$ 1 milhão na Lotofácil
01/05/2021 | 14h07
Site da Caixa
Site da Caixa / Reprodução
Uma aposta feita em uma das lotéricas de Campos levou o prêmio de R$ 1.044.027,90 ao acertar, nessa sexta-feira (30), as 15 dezenas do concurso 2.219 da Lotofácil. No jogo, o apostador marca entre 15 e 20 números, dentre os 25 disponíveis no volante, e fatura prêmio se acertar 11, 12, 13, 14 ou 15 números. No caso do campista, ele fez uma aposta simples, de 15 números, e pagou R$ 2,50. Acertando todas as dezenas, ele levou o prêmio máximo, junto com outras duas apostas da região Norte do país (uma de Canaã dos Carajás, no Pará; e a outra de Palmas, capital do Tocantins).
Compartilhe
Reordenamento deixa trânsito confuso no trevo do Cuíca, em Atafona
01/05/2021 | 09h33
O reordenamento do trânsito no conhecido “trevo do Cuíca”, na praia de Atafona, em São João da Barra, tem deixado os motoristas confusos. No mesmo local, uma placa sinaliza que o motorista deve virar à direita para retorno ou seguir para praias; enquanto outra indica proibição no mesmo sentido. A rotatória anterior não apresentava problemas e o tráfego seguia sem transtornos. Mas o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) resolveu fazer mudanças no trecho, que é o entroncamento da BR 356 com a rua Professora Carmelita de Moraes Nascife.
Se a intenção era facilitar, não deu muito certo. José Augusto Moreira, o “Cuíca”, que “batiza” o trevo, vê a intervenção como desnecessária. “O povo não está entendendo a sinalização, sem falar que tem placa que está errada. Eu até entendo o que eles tentaram fazer com essa sinalização, porque perguntei ao pessoal que veio colocar as placas. Mas já teve caminhão que tentou fazer contorno onde eles proibiram e acabou subindo no canteiro. Foi uma mudança que atrapalhou mais do que ajudou. E no verão, quando o movimento é bem maior, a situação será ainda pior se nada for feito antes”, afirmou.
A Prefeitura de São João da Barra, que acabou sendo responsabilizada indevidamente nas redes sociais, também acionou o Dnit para cobrar explicações. “Estamos em contato com o Dnit para que possamos auxiliar na nova sinalização, pois observamos algumas incoerências e a necessidade de correções”, informou o secretário de Transporte e Trânsito de SJB, Rodrigo Machado.
Ainda de acordo com a secretaria, uma visita técnica do Dnit foi realizada na última quinta-feira (28) e “algumas alterações foram realizadas em relação a placas de sinalização e a secretaria aguarda que as demais mudanças observadas sejam efetuadas. Novos contatos com o órgão federal serão mantidos na próxima semana”.
A Folha questionou o Dnit sobre os motivos das intervenções e a previsão quanto à correção dos erros da sinalização, mas não obteve resposta até a noite dessa sexta-feira (30).
A BR 356 corta São João da Barra e tem Atafona como ponto final. O trecho do entroncamento com a Carmelita de Moraes Nascife é um dos mais movimentados na área central do 2º distrito sanjoanense. O trânsito de veículos e pedestres é permanente e aumenta consideravelmente na alta temporada. 
*Publicado neste sábado (1º) na Folha da Manhã
Compartilhe
Câmara de Campos começa a discutir redução do número de cadeiras
27/04/2021 | 16h07
Câmara dos Vereadores de Campos
Câmara dos Vereadores de Campos
A Câmara de Campos começa a discutir nesta terça-feira (27) um projeto de emenda à Lei Orgânica, para alterar o número de cadeiras na Casa. A proposta, do vereador Nildo Cardoso (PSL), é passar dos atuais 25 para 21 representantes no parlamento municipal. Segundo ele, cálculos evidenciam uma redução de despesas no legislativo de R$ 20 milhões em quatro anos (período do mandato). O desfecho não acontece nesta terça, uma vez que o projeto não tramita em regime de urgência. Vale lembrar, ainda, que para alteração da lei orgânica é necessário quórum qualificado — dois terços dos vereadores (17, pela composição atual) devem votar a favor da mudança.
Nildo Cardoso
Nildo Cardoso / Divulgação
— A projeção é de economia de R$ 20 milhões em quatro anos. Não estou falando de cargos de governo, mas dos gastos com o legislativo. Isso inclui salários de vereadores e assessores, mobiliário, água, energia, papel, enfim, toda estrutura para gabinetes funcionarem. Nós tínhamos um orçamento de quase R$ 2,5 bilhões, que caiu em R$ 1 bilhão nos últimos 10 anos. Por que não reduzir os gastos da Câmara? É uma economia que, com certeza, vai ajudar o município  — pontuou Nildo Cardoso.
No papel, o projeto já conseguiu bastante apoio. Subscrevem o projeto com Nildo outros 14 vereadores: Abdu Neme (Avante), Álvaro Oliveira (PSD), Bruno Vianna (PSL), Beto Abençoado (SD), Fred Machado (Cidadania), o presidente da Casa, Fábio Ribeiro (PSD), Helinho Nahim (PTC), Maicon Cruz (PSC), Marcione da Farmácia (DEM), Marquinho Bacellar (SD), Juninho Virgílio (Pros), Raphael Thuin (PTB), Rogério matoso (DEM) e Thiago Rangel (Pros). Com apoio de mais dois, a fatura estaria liquidada.
Na prática, porém, o entendimento ainda precisa ser costurado. Campos, pelas regras vigentes, tem o número máximo de cadeiras para municípios com população acima de 450 mil e abaixo de 600 mil. O número mínimo, porém, não é fixado. A decisão cabe aos vereadores de uma legislatura e passam a valer na disputa para a próxima. Desde o pleito de 2012 a Câmara tem 25 cadeiras. 
Nildo afirmou que a medida visa auxiliar o município, que passa por uma crise econômica, e também coloca Campos em pé de igualdade com outras cidades de porte parecido, em termos de orçamento e população, mas que possuem número de vereadores abaixo do legislativo goitacá. “Tem cidade até com orçamento maior que o nosso e que tem número menor de vereador. Tudo está no projeto que começa a tramitar e vai ainda passar pelas comissões”, pontuou Nildo, citando como exemplos os municípios de Caxias do Sul (RS), Joinville (SC), São José dos Campos (SP), Vila Velha (ES) e Vitória, capital do Espírito Santo.
Veja os municípios que são citados no projeto (incluído às 16h23):
Compartilhe
Sobre o autor

Arnaldo Neto

[email protected]