Criadas Áreas de Proteção ao Ciclista de Competição - APCCs
21/10/2020 | 21h04
<div style="text-align: center;">Projeto de Lei que foi sancionado pela C&acirc;mara Municipal de Campos e que &eacute; extremamente importante para todos nos que temos na bicicleta uma meio sa&uacute;de, bem estar, alegria e companheirismo.</div> <div style="text-align: center;">&nbsp;</div> <div>PROCESSO N&deg; 1060/2020/SEC/CMCG</div> <div>PROJETO DE LEI N&deg; 0075/2020</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>D&aacute; nova reda&ccedil;&atilde;o ao Art. 1&ordm;, ao Paragrafo &Uacute;nico do Art. 2&ordm; e ao Art. 4&ordm; da Lei n&ordm;. 8.719/ 2016.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>A C&Acirc;MARA MUNICIPAL DE CAMPOS DOS GOYTACAZES</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>R E S O L V E:</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Art. 1&deg; - D&aacute; nova reda&ccedil;&atilde;o ao Art. 1&ordm; da Lei Municipal n&ordm;. 8.719/2016</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>com o seguinte teor:</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>&ldquo;Art. 1&ordm; - Ficam criadas as &Aacute;reas de Prote&ccedil;&atilde;o ao Ciclista de Competi&ccedil;&atilde;o &ndash; APCCs em n&uacute;mero n&atilde;o inferior a 1 (uma), nos limites urbanos do Munic&iacute;pio&rdquo;</div> <div>Art. 2&ordm; - O Paragrafo &Uacute;nico do Art. 2&ordm; da Lei Municipal n&ordm;. 8.719/2016 ter&aacute; a seguinte reda&ccedil;&atilde;o:</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>&ldquo;Paragrafo &Uacute;nico - Os hor&aacute;rios e dias de funcionamento ser&atilde;o definidos pelo &oacute;rg&atilde;o incumbido de sua institui&ccedil;&atilde;o, na forma do caput, observado o n&uacute;mero m&iacute;nimo de 04 (quatro) dias semanais e 01:30 (uma hora e trinta minutos) de dura&ccedil;&atilde;o por dia, a fim de se permitir o estabelecimento de planejamento de treino minimamente adequado aos praticantes&rdquo;.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Art. 3&ordm; - O Art. 4&ordm; da Lei Municipal n&ordm;. 8.719/2016, ter&aacute; a seguinte reda&ccedil;&atilde;o:</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>&ldquo;Art. 4&ordm; - O Poder Executivo regulamentar&aacute; em 60 (sessenta dias), o valor da multa aplic&aacute;vel em raz&atilde;o de seu descumprimento, fixando inclusive a operacionaliza&ccedil;&atilde;o da seguran&ccedil;a de trafego.&rdquo;</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Art. 4&deg; - Esta Lei entra em vigor na data de sua publica&ccedil;&atilde;o.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Sala das Sess&otilde;es, 05 de outubro de 2020, 343&ordm; da Vila de S&atilde;o Salvador dos Campos, 185&ordm; da Cidade de Campos dos Goytacazes e 368&ordm; de cria&ccedil;&atilde;o da C&acirc;mara Municipal de Campos dos Goytacazes.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>LUIZ ALBERTO OLIVEIRA DE MENEZES</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>- Vereador &ndash;</div> <div>J U S T I F I C A T I V A</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>A singularidade, longevidade e versatilidade da bicicleta, s&atilde;o os principais atributos que fazer com que h&aacute; mais de dois s&eacute;culos seja utilizada como meio de transporte sustent&aacute;vel simples, acess&iacute;vel, confi&aacute;vel, limpo e ambientalmente adequado. Ultrapassa, contudo, a sua natureza de meio de transporte, e serve como uma ferramenta para o desenvolvimento humano e social e como acesso &agrave; educa&ccedil;&atilde;o, sa&uacute;de e esporte, e a promo&ccedil;&atilde;o de sua utiliza&ccedil;&atilde;o constitui dever do Estado.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Adicione-se a isso, que, no contexto espa&ccedil;o temporal, as Olimp&iacute;adas pr&oacute;ximas de T&oacute;quio/Jap&atilde;o, acontecer&aacute; com a estreia de v&aacute;rias modalidades, dentre elas destacamos o Triathlon, que acabar&aacute; certamente por promover o crescimento de sua pr&aacute;tica pelos nacionais, e em especial, os nossos mun&iacute;cipes.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Apesar de representar um fato nacional e mundialmente j&aacute; reconhecido, o crescimento de modalidades esportivas como o Triathlon e o Ciclismo &eacute; ainda mais not&oacute;rio nas ruas de nossa cidade de Campos dos Goytacazes.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>No contexto da Pandemia (COVID-19) Mundial, dados cient&iacute;ficos demonstraram a fragilidade do corpo humano, em espec&iacute;fico para enfrentar essa classe de v&iacute;rus, em especial daqueles indiv&iacute;duos sedent&aacute;rios ou que possuem h&aacute;bitos de vida &ldquo; n&atilde;o saud&aacute;veis&rdquo;, tais como tabagismo, dentre outros.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>A pandemia tamb&eacute;m nos obrigou a experimentar do isolamento social at&eacute; o Lockdown, e daqui em diante vai nos exigir, enquanto sociedade, comportamentos sanit&aacute;rios mais espec&iacute;ficos, como distanciamento f&iacute;sico entre os praticantes esportivos, quando poss&iacute;vel, at&eacute; atos de higiene simples que se pensavam, at&eacute; ent&atilde;o, desnecess&aacute;rios. Neste ambiente amedrontador e inspirador, &eacute; palp&aacute;vel a possibilidade do surgimento de novas gera&ccedil;&otilde;es de atletas de alta performance assim como de praticantes de forma recreativa, mas sempre com um vi&eacute;s competitivo.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Por outro lado, o crescimento normal das cidades, n&atilde;o sendo diferente com a nossa, promove o crescimento do n&uacute;mero de ve&iacute;culos, impondo ao Poder P&uacute;blico, a necessidade de cria&ccedil;&atilde;o de modais alternativos de transporte com maior efic&aacute;cia, aumento e alargamento das vias, etc.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Nesse interim, apesar do crescimento da malha ciclovi&aacute;ria em nossa cidade, ainda muito aqu&eacute;m da ideal, n&atilde;o dispomos de nenhum espa&ccedil;o f&iacute;sico urbano adequado para a pr&aacute;tica do ciclismo esportivo.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>A sua pr&aacute;tica em ruas, avenidas e estradas, disputando espa&ccedil;o com autom&oacute;veis, caminh&otilde;es ou &ocirc;nibus, com total desvantagem e perigo para o ciclista, tem levado o ciclismo a ostentar, mundialmente, o esporte com mais v&iacute;timas fatais.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>A realidade municipal tem incont&aacute;veis hist&oacute;rias de acidentes ao longo dos anos que ceifaram ou prejudicaram a vida de verdadeiras promessas no esporte, como tamb&eacute;m de profissionais liberais, estudantes, donas de casa e empres&aacute;rios que t&ecirc;m a atividade esportiva como instrumento de qualidade de vida.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>S&atilde;o as principais raz&otilde;es para cria&ccedil;&atilde;o de &Aacute;reas de Prote&ccedil;&atilde;o ao Ciclista de Competi&ccedil;&atilde;o (APCCs) em vias p&uacute;blicas no Munic&iacute;pio de Campos dos Goytacazes, como forma de fomentar o esporte e preservar vidas ambos, deveres do Estado.</div> <div>Assim conclamo os nobres Pares a aprova&ccedil;&atilde;o desta Lei.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Sala das Sess&otilde;es, 05 de outubro de 2020, 343&ordm; da Vila de S&atilde;o Salvador dos Campos, 185&ordm; da Cidade de Campos dos Goytacazes e 368&ordm; de cria&ccedil;&atilde;o da C&acirc;mara Municipal de Campos dos Goytacazes.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>LUIZ ALBERTO OLIVEIRA DE MENEZES</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>- Vereador</div>
Comentar
Compartilhe
GUIA TRIATHLON BRASIL DE PREVENÇÃO A COVID-19 PARA ORGANIZADORES DE EVENTOS DE TRIATHLON
19/10/2020 | 20h38
<h5 style="text-align: justify;"><span style="text-decoration: underline;"><strong>Por <a href="http://www.cbtri.org.br/wp-content/uploads/2020/06/guia_triathlon_brasil_de_prevencao_a_covid-19_para_organizadores_de_eventos_de_triathlon-1.pdf">aqui</a>, guia do&nbsp;TRIATHLON BRASIL DE PREVEN&Ccedil;&Atilde;O A COVID-19 PARA ORGANIZADORES DE EVENTOS DE TRIATHLON que se fazem muito importante diante do novo normal da vida cotidiana e esportiva. </strong></span></h5> <h5 style="text-align: justify;"><span style="text-decoration: underline;"><strong>O Guia foi elaborado com base noGuia da Uni&atilde;o Internacional de Triathlon (ITU) e Recomenda&ccedil;&otilde;es da Organiza&ccedil;&atilde;o Mundial de Sa&uacute;de (OMS). </strong></span></h5> <h5 style="text-align: justify;"><span style="text-decoration: underline;"><strong>Eventos Internacionais realizados no Brasil devem utilizar o Guia da ITU. Este Guia serve de orienta&ccedil;&atilde;o para organizar eventos de Triathlon seguros enquanto houver risco de contamina&ccedil;&atilde;o por COVID 19, sempre respeitando as normas regidas pelo Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de, Secretarias de Sa&uacute;de Estaduais e Municipais. Bons treinos!&nbsp;</strong></span></h5>
Comentar
Compartilhe
Bom senso das damas e cavalheiros
18/10/2020 | 19h33
<div>Diante da falta de uma boa &aacute;rea de lazer em Campos para a pr&aacute;tica de esportes, dentre eles ciclismo, corrida e caminhada, com seguran&ccedil;a e em local amplo, a "pista do Damha" parece estar dominando a prefer&ecirc;ncia pelos desportistas da cidade (assessorias esportivas, grupos de ciclismo, caminhantes, corredores, motoqueiros, pessoas aprendendo a dirigir...).</div> <div>Importante frisar que esta &eacute; uma das nossas grandes defici&ecirc;ncias, de forma que um Parque Municipal seria muit&iacute;ssimo bem vindo por todos, mas que pelo visto, n&atilde;o me recordo de ter ouvido falar que est&aacute; presente como plano de campanha de nenhum candidato a prefeito (me corrijam se eu estiver errado).</div> <div>Fundamental neste momento, ao meu ver, seria tentar regulamentar de alguma forma esta via para que todos convivam em harmonia, sem causar preju&iacute;zos a outrem e o espa&ccedil;o de cada um seja respeitado.</div> <div>N&atilde;o tenho nada em mente para propor, al&eacute;m talvez, de uma divis&atilde;o entre ciclistas e demais (os ciclistas ficariam com a pista do lado esquerdo, liberando o lado direito para todos os outros que se encontram no local).</div> <div>&nbsp;Por estes dias mesmo, na ter&ccedil;a-feira (6/10), um acidente aconteceu por l&aacute;, uma casualidade que envolveu um corredor e um ciclista que s&atilde;o bem cuidadosos e experientes, mas que poderia ser ainda mais grave do que foi. N&atilde;o precisamos deixar que acidentes mais s&eacute;rios aconte&ccedil;am assim como algum tipo de desentendimento entre pessoas ocorra para arrumarmos uma solu&ccedil;&atilde;o, que talvez seja tardia.</div> <div>&nbsp;Sei que a &aacute;rea &eacute; p&uacute;blica e todos tem direito ao lazer, mas que isso seja feito sem precisar colocar a seguran&ccedil;a de outras pessoas em risco.</div> <div>&nbsp;Bons treinos!</div>
Comentar
Compartilhe
Esgotadas!
14/10/2020 | 19h30
<div style="text-align: justify;">Florian&oacute;polis (SC) - 14 de outubro de 2020 - A Unlimited Sports anunciou nessa quarta-feira, 14 de outubro, que as vagas para o Ita&uacute; BBA IRONMAN Brasil e Ita&uacute; BBA IRONMAN 70.3 Florian&oacute;polis est&atilde;o esgotadas para 2021. Confirmadas para o primeiro semestre do ano que vem, as provas celebrar&atilde;o os vintes anos da chegada da maior franquia de triathlon do mundo na capital catarinense.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>O Ita&uacute; BBA IRONMAN Brasil acontece no dia 30 de maio, com as tradicionais dist&acirc;ncias de 3.8 km de nata&ccedil;&atilde;o, 180 km de ciclismo e 42.2 km de corrida. J&aacute; o Ita&uacute; BBA IRONMAN 70.3 Florian&oacute;polis est&aacute; marcado para 25 de abril, abrindo o calend&aacute;rio de provas de 2021, nas distancias 1.9 km de nata&ccedil;&atilde;o, 90 km de ciclismo e 21.1 km de corrida.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>&ldquo;Os atletas est&atilde;o extremamente ansiosos para o retorno do nosso calend&aacute;rio de eventos. Com certeza ser&atilde;o provas que seguir&atilde;o todos os protocolos de sa&uacute;de e orienta&ccedil;&otilde;es de &oacute;rg&atilde;os governamentais, mas com a ess&ecirc;ncia que s&oacute; o IRONMAN traz. Florian&oacute;polis &eacute; a capital nacional do triathlon e celebrar vinte edi&ccedil;&otilde;es &eacute; algo que nos motiva e ao mesmo tempo mostra a import&acirc;ncia da prova para a cidade&rdquo;, avalia Carlos Galv&atilde;o, CEO da Unlimited Sports.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Desde 2001, o circuito IRONMAN se faz presente no calend&aacute;rio de eventos de Florian&oacute;polis, sendo considerado a maior competi&ccedil;&atilde;o esportiva do estado, movimentando o turismo e a cadeia de servi&ccedil;os. Somente em 2019, a prova movimentou cerca de R$50 milh&otilde;es em neg&oacute;cios na cidade.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>&ldquo;Florian&oacute;polis &eacute; um dos ber&ccedil;os da modalidade no pa&iacute;s. Desde 2001, somos muito bem recebidos pelo povo e pelas entidades locais que entendem a import&acirc;ncia da prova para a cidade. O circuito IRONMAN, al&eacute;m de movimentar o esporte, traz in&uacute;meros benef&iacute;cios para a capital catarinense, movimentando o turismo, a cadeia gastron&ocirc;mica e hoteleira. Nossa edi&ccedil;&atilde;o de vinte anos, com certeza, ser&aacute; um sucesso&rdquo;, finaliza Carlos Galv&atilde;o.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Calend&aacute;rio 2021:</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>Al&eacute;m das duas provas em Florian&oacute;polis, o Ita&uacute; BBA IRONMAN 70.3 Macei&oacute; tamb&eacute;m j&aacute; est&aacute; confirmado par ao dia 8 de agosto. A Unlimited Sports pretende anunciar nos pr&oacute;ximos dias as datas do Ita&uacute; BBA IRONMAN 70.3 de S&atilde;o Paulo e Rio de Janeiro.</div> <div>&nbsp;<br /></div> <div>O IRONMAN Brasil &eacute; organizado pela Unlimited Sports e realizado pela Associa&ccedil;&atilde;o Brasileira Esportiva Social e Cultural Endurance (ABEE). Conta com o patroc&iacute;nio de Ita&uacute; BBA, Track&amp;Field e Omint, apoio da Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cultura de Santa Catarina (Fundesporte), Governo do Estado de Santa Catarina, Prefeitura Municipal de Florian&oacute;polis e Funda&ccedil;&atilde;o Municipal de Esportes (FME/Fpolis).</div>
Comentar
Compartilhe
Bom senso das damas e cavalheiros
09/10/2020 | 19h41
<div style="text-align: justify;">Diante da falta de uma boa &aacute;rea de lazer em Campos para a pr&aacute;tica de esportes, dentre eles ciclismo, corrida e caminhada, com seguran&ccedil;a e em local amplo, a "pista do <strong>Damha"</strong> parece estar dominando a prefer&ecirc;ncia pelos desportistas da cidade (assessorias esportivas, grupos de ciclismo, caminhantes, corredores, motoqueiros, pessoas aprendendo a dirigir...).</div> <div style="text-align: justify;">Importante frisar que esta &eacute; uma das nossas grandes defici&ecirc;ncias, de forma que um <strong>Parque Municipal</strong> seria muit&iacute;ssimo bem vindo por todos, mas que pelo visto, n&atilde;o me recordo de ter ouvido falar que est&aacute; presente como plano de campanha de nenhum candidato a prefeito (me corrijam se eu estiver errado).</div> <div style="text-align: justify;">Fundamental neste momento, ao meu ver, seria tentar <strong>regulamentar</strong> de alguma forma esta via para que todos convivam em harmonia, sem causar preju&iacute;zos a outrem e o espa&ccedil;o de cada um seja respeitado.</div> <div style="text-align: justify;">N&atilde;o tenho nada em mente para propor, al&eacute;m talvez, de uma divis&atilde;o entre ciclistas e demais (<strong>os ciclistas ficariam com a pista do lado esquerdo, liberando o lado direito para todos os outros que se encontram no local</strong>).</div> <div style="text-align: justify;">Por estes dias mesmo, na ter&ccedil;a-feira (6/10), um acidente aconteceu por l&aacute;, uma casualidade que envolveu <strong>um corredor e um ciclista que s&atilde;o bem cuidadosos e experientes</strong>, mas que poderia ser ainda mais grave do que foi. N&atilde;o precisamos deixar que acidentes mais s&eacute;rios aconte&ccedil;am assim como algum tipo de desentendimento entre pessoas ocorra para arrumarmos uma solu&ccedil;&atilde;o, que talvez seja tardia.</div> <div style="text-align: justify;">Importante frisar que <strong>a &aacute;rea &eacute; p&uacute;blica</strong> e todos tem direito ao lazer, mas que isso seja feito sem precisar colocar a seguran&ccedil;a de outras pessoas em risco.</div> <div style="text-align: justify;">Bons treinos!</div>
Comentar
Compartilhe
Sobre o autor

Marcos Almeida

[email protected]